Danos de frio e qualidade de frutas cítricas trata... - BV FAPESP
Busca avançada
Ano de início
Entree
(Referência obtida automaticamente do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores.)

Danos de frio e qualidade de frutas cítricas tratadas termicamente e armazenadas sob refrigeração

Texto completo
Autor(es):
Ricardo Alfredo Kluge ; Maria Luiza Lye Jomori ; Fernando Kazuhiro Edagi ; Angelo Pedro Jacomino ; Juan Aaavedra Del Aguila
Número total de Autores: 5
Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Revista Brasileira de Fruticultura; v. 29, n. 2, p. 233-238, Ago. 2007.
Resumo

No presente trabalho, foram aplicados tratamentos térmicos (condicionamento térmico e aquecimento intermitente) em laranja ´Valência´, tangor ´Murcott´ e lima ácida ´Tahiti´ armazenadas em baixa temperatura e avaliaram-se a incidência dos danos pelo frio e seus efeitos nas características físico-químicas das frutas. As frutas foram armazenadas durante 90 dias, a 1ºC, sendo avaliadas a cada 15 dias. A lima ácida ´Tahiti´ e o tangor ´Murcott´ suportaram até 90 dias de armazenamento, a 1ºC, com aquecimento intermitente, não apresentando danos pelo frio. No tratamento-controle (armazenamento contínuo a 1ºC), os danos pelo frio surgiram aos 30 dias de armazenamento para a lima ´Tahiti´ e aos 45 dias para o tangor ´Murcott´. Em laranjas ´Valência´, as injúrias pelo frio surgiram aos 45 dias de armazenamento, sendo significativamente menores no condicionamento térmico. O aquecimento intermitente é um tratamento que poder ser utilizado na conservação de frutas sem afetar suas características internas. (AU)

Processo FAPESP: 01/13433-5 - Envolvimento do etileno no desenvolvimento de resistência de frutos cítricos a baixa temperatura
Beneficiário:Ricardo Alfredo Kluge
Linha de fomento: Auxílio à Pesquisa - Regular