FAPESP Logo

Habilidades pragmáticas, vocabulares e gramaticais em crianças com transtornos do espectro autístico

Título (Inglês): Pragmatic, lexical and grammatical abilities of autistic spectrum children
Texto completo
Autor(es):

Miilher, Liliane Perroud1; Fernandes, Fernanda Dreux Miranda

Afiliação do(s) autor(es):

1Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina.

Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Pró-Fono Revista de Atualização Científica; v. 21, n. 4, p. 309-314, 2009.
Área do conhecimento: Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Assunto(s):

Linguagem

Percepção da fala

Vocalização

Transtornos mentais

Autismo

Crianças autistas

Resumo
Evolução dos aspectos formais da linguagem de crianças do espectro autístico. Analisar a evolução dos aspectos funcionais e gramaticais em três momentos distintos: avaliação inicial, após seis meses de terapia e após doze meses de terapia. Participaram desta pesquisa dez crianças do sexo masculino, com idades entre 2:7 e 11:2 anos. Todos foram diagnosticados por médicos como portadores de transtornos do espectro autístico. Foram realizadas filmagens de 30 minutos de interação entre terapeuta e paciente, em três momentos diferentes (inicial, após 6 e 12 meses de terapia). Das filmagens, foram transcritos os 15 minutos iniciais para análise do perfil funcional da comunicação. Para a análise dos aspectos gramaticais foram transcritos 100 segmentos de fala, estes também foram utilizados como corpus de análise dos aspectos vocabulares. Os dados foram analisados quanto à funcionalidade, aspectos gramaticais e vocabulares e serão comparados entre si longitudinalmente. Não houve diferença estatisticamente significante entre as variáveis estudadas ao longo de 12 meses de terapia fonoaudiológica. Houve associações entre as variáveis entre si ao longo do período estudado. Há relação entre o desempenho gramatical e pragmático. (AU)
Resumo (Inglês)
Development of grammatical, functional and lexical aspects in the language of children with autism spectrum disorders. To analyze the development of grammatical, functional and lexical aspects in three different moments: initial assessment, after six and twelve months of language therapy. Participants of this study were ten boys with ages between 2:7 and 11:2 years, with psychiatric diagnosis within the autistic spectrum. Video recorded samples of a 30 minutes patient-therapist interaction were recorded in three different moments (therapy onset, after six and twelve months of therapy) for each subject. The first 15 minutes of each sample was transcribed for the analysis of the functional communicative profile. Grammatical and lexical aspects were analyzed through the transcription of 100 speech segments of each sample. All data were longitudinally compared within and between areas. There were significant associations between the studied variables but no statistically significant differences along the studied period of language therapy. There are associations between grammatical and pragmatic performances. (AU)

Processo FAPESP: 06/58556-0 - Linguagem nos transtornos do espectro autístico: relações entre uso, forma e conteúdo
Beneficiário:Liliane Perroud Miilher
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP