FAPESP Logo

A ludicidade na educação infantil: uma abordagem histórico-cultural

Texto completo
Autor(es):

Pimentel, Alessandra [1]

Afiliação do(s) autor(es):

1 Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Programa de Estudos Pós-Graduados em Psicologia - Brasil

Tipo de documento: Artigo Científico
Fonte: Psicologia da Educação; v. 26, p. 109-133, jun. 2008.
Área do conhecimento: Ciências Humanas - Psicologia
Assunto(s):

Psicogênese

Jogos educativos

Memória cultural

Resumo
O artigo se reporta à teoria histórico-cultural para discutir o papel do jogo na educação formal, sobretudo nos primeiro anos da educação básica. Primeiro, conceitos como o de Zona de Desenvolvimento Proximal e internalização das funções psicológicas superiores são apresentados para, em seguida, implicá-los na definição vygotskiana de jogo. Depois, à luz das contribuições de Elkonin, o uso de atividades lúdicas no contexto educativo é ressaltado, tendo em conta os quatro princípios gerais propostos pelo autor para explicar a função desempenhada pelo jogo no desenvolvimento do psiquismo. (AU)

Processo FAPESP: 01/03643-2 - Jogo e aprendizagem escolar: análise de uma proposta de formação continuada de professores
Beneficiário:Alessandra Pimentel
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Doutorado
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP