site da FAPESP
URL curto
Foto do(a) Fernando Costa Mattos
Fonte: Currículo Lattes

Fernando Costa Mattos

Universidade Federal do ABC (UFABC). Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH)  (Instituição-sede da última proposta de pesquisa)
País de origem: Brasil
Apoio FAPESP em números
1Auxílio à pesquisa concluído 
1Bolsa no país em andamento 
4Bolsas no país concluídas 
2Bolsas no exterior concluídas 
8 Todos os Auxílios e Bolsas
*Quantidades atualizadas em 22/04/2017

Contate o Pesquisador

Fernando Costa Mattos é Professor de Filosofia na Universidade Federal do ABC, onde exerce atualmente o cargo de Pró-Reitor de Assuntos Comunitários e Políticas Afirmativas, depois de ter sido o primeiro coordenador do Programa de Pós-Graduação em Filosofia. É Pesquisador do CEBRAP, onde integra a Câmara de Pesquisadores e o Núcleo Direito e Democracia, e Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq (nível 2). Doutor em Filosofia pela Universidade de São Paulo (2007), fez também mestrado em Filosofia (2001) e graduação em Direito (1997) nessa mesma universidade. De 2007 a 2010, realizou pesquisa de pós-doutorado no CEBRAP, com bolsa da FAPESP, tendo feito, nesse período, dois estágios na Humboldt-Universität zu Berlin. É membro do Grupo de Pesquisas em Filosofia Crítica e Modernidade, sediado na USP, e da comissão editorial dos "Cadernos de Filosofia Alemã". Publicou os livros "Nietzsche, perspectivismo e democracia: um espírito livre em guerra contra o dogmatismo" (Saraiva, 2013) e "Da teoria à liberdade: a questão da objetividade em Kant" (AM Ed., 2009), bem como diversos artigos sobre Kant e Nietzsche. Além disso, traduziu do alemão para o português a "Crítica da Razão Pura" (Editora Vozes, 2012) e a "Crítica da Faculdade de Julgar" (Vozes, 2016), de Kant , além de outros livros (Habermas, Freud, Jhering) e vários artigos filosóficos. Na UFABC, leciona disciplinas nas áreas de Filosofia Moderna, Filosofia Contemporânea, Ética e Filosofia Política, e vem se ocupando ultimamente de uma pesquisa sobre a questão da ética em Martin Heidegger. (Fonte: Currículo Lattes)

Índices de citações (Fonte: Google Scholar 8 de Setembro de 2016 às 15:21)

TodosDesde 2011
Citações1916
Índice h33
Índice i1000
200720082009201020112012201320142015
X
Lista de publicações
Fonte: Google Scholar
* Para visualizar os dados atualizados: Clique Aqui

Auxílio à pesquisa concluído (mais recentes)

Bolsa no país em andamento (mais recentes)

  • O sentido da dialética entre crítica e crise, segundo Reinhart Koselleck, BP.IC

    Resumo

    A presente pesquisa tem por finalidade a análise da noção de dialética tal como se apresenta na obra de Reinhart Koselleck, Crítica e Crise. Nossa hipótese é a de que o autor apresenta uma visão original da dialética da modernidade, cujo sentido específico percorre toda sua tese e que a diferencia de outras interpretações dialéticas dos tempos modernos, seja hegeliana, marxista, ou a a...

Bolsas no país concluídas (mais recentes)

  • Moral e metafísica: uma relação ainda cogitável? Elementos para uma reflexão sobre essa questão a partir das filosofias críticas de Kant e Nietzsche, tendo em vista o panorama pós-metafísico, BP.PD

    Resumo

    O presente projeto delineia uma pesquisa cujo material primário seria as obras de Kant e Nietzsche, abordadas pelo candidato em suas pesquisas anteriores, e cujo objetivo mais geral seria o desenvolvimento de uma reflexão sobre a questão da relação entre moral e metafísica no universo desses dois autores, com o olhar voltado, ao mesmo tempo, às suas ressonâncias na cena contemporânea, ...

  • A questão da "glaube" em Nietzsche, BP.DR

    Resumo

    A proposta consiste em estudar o conceito de fé ou crença (Glaube) na obra de Nietzsche, partindo de uma distinção entre diferentes sentidos em que a palavra é empregada por Nietzsche, e focando sobretudo certo sentido positivo que lhe é dado quando associada à tipologia dos homens fortes e saudáveis. Tratar-se-ia, neste caso, de uma fé do indivíduo em si mesmo que já por isto se revel...

  • O estatuto do conhecimento prático kantiano, BP.MS

    Resumo

    Na 'crítica da razão pura', Kant afirma a impossibilidade de conhecimento para além da experiência, mas resguarda a possibilidade de pensar-se algo não dado aos sentidos. A idéia de liberdade, condição necessária da moralidade, apareceria então como mera hipótese, conforme afirma o próprio Kant na 'fundamentação' no prefácio à 2ª Ed. da C.R.P., contudo, e na 'crítica da razão prática',...

Ver todas as Bolsas no país concluídas

Bolsas no exterior concluídas (mais recentes)

  • Kant, Fichte e a metafísica da modernidade: repensando a importância da subjetividade, BE.PQ

    Resumo

    Tendo como ponto de partida a polêmica travada nos anos 1980 entre Jürgen Habermas e Dieter Henrich, acerca do pensamento pós-metafísico e da possibilidade de uma reflexão metafísica na atualidade, a pesquisa se propõe a investigar as obras de Kant e Fichte no que diz respeito à noção de subjetividade. Tal noção, segundo entendemos, seria central para a constituição do campo metafísico...

  • Reflexão sobre a relação entre metafísica e moral a partir de Kant e Nietzsche, BE.PQ

    Resumo

    O objetivo central da pesquisa ora proposta, a ser realizada durante um estágio de três meses em Berlim (dezembro a fevereiro), é colher elementos que possam enriquecer a reflexão que venho desenvolvendo em minha pesquisa de pós-doutoramento sobre moral e metafísica, também financiada pela FAPESP (processo 07/54279-5). Seja na pesquisa bibliográfica do acervo das principais bibliotecas...

Por favor, reporte erros na informação da página do pesquisador escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema: