Busca avançada
X

Criar um alerta por e-mail


Novos resultados para a sua pesquisa em seu e-mail, semanalmente.

Seu e-mail:

Tamanho do e-mail:



Seu endereço de e-mail não será divulgado.
Refine sua pesquisa
Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
Publicações acadêmicas
  • Auxílios à Pesquisa
  • Bolsas
  • Programas de Infraestrutura de Pesquisa
  • Área do conhecimento
  • Situação
  • Ano de início
Excel (CSV)Alerta por e-mail   RSS
49 resultado(s)
|
Resumo

Alterações cognitivas são frequentes em pacientes com epilepsia e podem ser agravadas por drogas antiepilépticas (DAEs), como o topiramato (TPM), que tem sido associado especificamente a alterações de memória e linguagem. Dificuldade para encontrar palavras é o efeito colateral mais comumente reportado (e estudado), podendo ocorrer em sujeitos com e sem epilepsia. Apesar das evidências que comprovam esses efeitos colaterais, os mecanismos fisiopatológicos ainda não foram completamente elucidados. O presente projeto pretende investigar os efeitos do TPM na linguagem através de testes cognitivos (será testada a linguagem com o teste de fluência verbal, a dominância manual com o inventário de lateralidade de Edinburgh e a memória com o teste de Dígitos Span) e ressonância magnética funcional a fim de detectar diferenças nos padrões de ativação/desativação cerebrais, bem como alterações da eficiência nas conexões entre regiões cerebrais (a partir da aplicação da teoria de grafos para avaliar conectividade cerebral durante tarefa de linguagem). Pretendemos comparar 3 grupos com um total de 80 sujeitos: 1) voluntários que não utilizam topiramato 2) pacientes com epilepsia que usam topiramato e 3) sujeitos com cefaleia que utilizam TPM. O terceiro grupo é essencial para evitar o viés da interação entre epilepsia x droga (presente no grupo 2). Aplicaremos testes de linguagem (fluência verbal e categórica) e realizaremos exame de ressonância funcional de linguagem (paradigma em bloco, alternando repouso, fluência categórica e verbal). As imagens serão analisadas com MATLAB/SPM12, inicialmente com extração de mapas individuais de ativação e desativação durante as tarefas; posteriormente realizaremos comparações entre grupos utilizando as ferramentas estatísticas do SPM12. As análises de Teoria de Grafos para conectividade serão executadas no MATLAB combinando softwares já disponíveis (Brain Connectivity Toolbox) com novas rotinas que serão desenvolvidas. Nossa hipótese é que o topiramato altere tanto os padrões de ativação quanto de desativação de forma semelhante em sujeitos com e sem epilepsia; além disso esperamos observar menor eficiência na conectividade cerebral desses grupos, em comparação aos voluntários sadios. (AU)

Resumo

O objetivo deste estudo é avaliar o efeito do ceticismo do consumidor sobre a lateralidade da mensagem nas propagandas e a relevância dos atributos utilizados na construção da mensagem bilateral. É esperado que consumidores com altos níveis de ceticismo façam avaliações mais negativas de propagandas unilaterais do que consumidores com baixos níveis de ceticismo. Espera-se também que consumidores com altos níveis de ceticismo avaliem melhor propagandas que utilizam mensagens bilaterais com atributos negativos relevantes enquanto que o consumidor cético fará avaliações mais negativas das mensagens bilaterais com atributos irrelevantes do que as unilaterais. As hipóteses serão testadas por meio de 2 experimentos. Serão utilizadas como estímulo marcas reais, porém desconhecidas do público alvo da pesquisa. O estudo contribui tanto para a literatura sobre ceticismo do consumidor em relação à propagandas quanto para a literatura sobre lateralidade das mensagens publicitárias. (AU)

Resumo

A fala é um processo complexo que envolve atividades sensoriais e corticais. O processamento auditivo está intimamente relacionado à fala e envolve habilidades tais como a atenção seletiva, detecção do som, discriminação, localização, reconhecimento, compreensão e memória. Apesar do processamento auditivo ser amplamente estudado, ainda não há um consenso sobre a influência das tarefas cognitivas (interações top-down) em tarefas sensoriais auditivas (bottom-up). Além disso, os aspectos maturacionais e sua relação com o desempenho dessas tarefas também divergem entre as pesquisas. Dessa forma, o presente estudo tem como objetivo investigar a influência das interações top-down na discriminação e identificação dos contrastes acústicos de estímulos de fala (tarefa bottom-up) e na atenção direcionada (tarefa top-down) no teste de escuta dicótica consoante vogal em adultos e crianças. Além disso, este estudo pretende verificar se há influência da maturação, tanto no desempenho quanto para o efeito de lateralidade. (AU)

Prevalência de discinesia ciliar primária em pacientes adultos com bronquiectasia de causa desconhecida

Processo:14/18049-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2015 - 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Thais Mauad
Beneficiário:
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesq. associados:

Mariangela Macchione ; Mary Anne Kowal Olm ; Paulo Hilário Nascimento Saldiva ; Rafael Stelmach ; Rodrigo Abensur Athanazio ; Samia Zahi Rached

Assunto(s):CíliosSíndrome de KartagenerPatologiaDiagnóstico clínico
Resumo

A discinesia ciliar primária é uma doença genética heterogênea, tipicamente autossômica recessiva, que se caracteriza por uma disfunção do cílio móvel, presente nas células ciladas do trato respiratório superior e inferior, e na cauda do espermatozoide (cílio modificado). A consequente alteração do clearance mucociliar pelo defeito ciliar causa um espectro de manifestações clínicas que incluem desconforto respiratório neonatal, infecções respiratórias de repetição, bronquiectasias, infertilidade masculina e defeitos de lateralidade visceral. Estima-se que a prevalência da discinesia ciliar primária ao redor do mundo seja em torno de 1: 15.000 a 1: 20.000 indivíduos, sendo que o baixo número de casos diagnosticados ao redor do mundo pode estar associado ao fato de que poucos centros possuem recursos adequados para a sua investigação. O presente estudo apresenta uma proposta diagnóstica de discinesia ciliar primária em uma população adulta com bronquiectasia de causa desconhecida. Inova ao introduzir o teste do óxido nítrico nasal como o teste de screening da doença. Padroniza o estudo da função ciliar, através do estudo de sua frequência de batimento, e da ultraestrutura ciliar, pela pesquisa dos defeitos ciliares na microscopia eletrônica de transmissão. As características da doença também serão estudadas após o seu diagnóstico, o que propiciará estudos de seguimento. A padronização da investigação diagnóstica da discinesia ciliar primária na Universidade de São Paulo representa uma inovação tecnológica e garante a acessibilidade ao diagnóstico da doença no país. (AU)

Resumo

Introdução: Transtorno de aprendizagem (T.A) é um diagnóstico diferencial da dislexia do desenvolvimento e da dificuldade de aprendizagem. De acordo com a literatura, 50% das crianças com problemas de aprendizagem apresentam déficits no desenvolvimento da coordenação motora, levando a alterações no desenvolvimento psicomotor. Diante do exposto, será que um programa de atividades poderia melhorar as habilidades psicomotoras de crianças com transtorno de aprendizagem? Objetivo: Verificar a eficácia de um programa de atividades para o desenvolvimento de habilidades psicomotoras em crianças com transtorno de aprendizagem. Método: Participarão da pesquisa 15 crianças com idade entre 6 e 10 anos com diagnóstico de transtorno de aprendizagem e que apresentem déficit nas habilidades psicomotoras. Os dados serão coletados por meio de avaliação psicomotora com utilização da Escala de Desenvolvimento Motor (Rosa Neto, 2002). As avaliações serão realizadas antes de iniciar o programa de intervenção e no encerramento do programa de intervenção. O programa de intervenção consistirá de atividades lúdicas para o desenvolvimento de motricidade fina, motricidade global, equilíbrio, esquema corporal, imagem corporal, ritmo, lateralidade e organização espaço-temporal, realizadas uma vez por semana por 30 minutos durante 16 sessões. Será realizada análise estatística descritiva para caracterização dos participantes do estudo. A verificação da normalidade dos dados será realizada por meio do teste de Shapiro-Wilk. Serão realizados testes estatísticos específicos para comparar a pontuação obtida antes e após a intervenção, adotando para todos os testes, o nível de significância de 5% de probabilidade para a rejeição da hipótese de nulidade. (AU)

Resumo

Pesquisas têm estudado o desempenho de indivíduos com gagueira em testes de escuta dicótica verbal com o intuito de investigar alterações relacionadas à dominância hemisférica para linguagem. Os resultados são controversos; alguns estudos demonstraram ausência de vantagem da orelha direita na situação de atenção livre, enquanto outros não encontraram diferenças entre o padrão de lateralização para este grupo e grupo controle. Diferenças metodológicas entre os estudos como parâmetros dos estímulos utilizados, tipo de tarefa e perfil dos participantes são citadas como justificativas para os resultados contraditórios. Baseados nesta diferenças, a presente pesquisa focará na investigação sobre de que forma diferentes parâmetros relacionados ao teste podem influenciar no desempenho de indivíduos com gagueira. Sendo assim, o objetivo da presente pesquisa é investigar o desempenho de indivíduos com gagueira e grupo controle em testes de escuta dicótica verbal, a partir de diferentes paradigmas: "tipo de estímulo (dígitos x sílabas)", "tipo de tarefa (atenção livre x direcionada)" e "demanda cognitiva (número de pares apresentados)". Espera-se que grupo de indivíduos com gagueira apresente desempenho diferente de grupo controle, em termos de lateralidade, e que estas diferenças sejam mais acentuadas para determinadas situações como as de maior demanda cognitiva ou atenção direcionada. (AU)

Resumo

Objetivo: Comparar a taxa de regressão tumoral associada a quimioterapia endovenosa (IVC) versus intra-arterial (IAC) como tratamento primário para pacientes com retinoblastoma virgens de tratamentoDesenho do estudo: estudo retrospectivo comparativoMétodos: Estudo retrospectivo comparativo no qual os autores analisarão os prontuários médicos de pacientes com retinoblastoma graus A, B, C, D e E que foram submetidos a quimioterapia endovenosa e intra-arterial e que foram seguidos por pelo menos 1 ano. Pacientes serão divididos em 2 grupos de acordo com a modalidade da quimioterapia: grupo de quimioterapia endovenosa (IVC) e grupo de quimioterapia intra-arterial (IAC). Os dados serão colhidos de maneira retrospectiva e incluirão idade ao diagnóstico, raça, sexo e padrão de hereditariedade (esporádico ou familiar). O olho será analisado com relação a lateralidade (uni ou bilateral), número de tumores por olho, e classificado de acordo com a classificação internacional de retinoblastoma. A principal variável a ser analisada será a taxa de regressão de tumor após 1 ano de seguimento, além de outras variáveis: 1) taxa de recorrência, definida como qualquer tipo de nova massa tumoral, ou fluido subretiniano, ou presença de sementes vítreas ou subretinianas; 2) Taxa de preservação do globo ocular, definida como manutenção do globo ocular, mesmo que em processo de atrofia; 3) Taxa de sobrevivência após 1 ano de seguimento (AU)

Resumo

Esta pesquisa visa analisar a diferença da atividade eletromiográfica dos músculos mastigatórios, força de mordidade e mobilidade mandibular de indivíduos que sofreram fratura de ângulo mandibular e fratura do complexo zigomático-orbitário em 1, 2 , 3 e 4 semanas após o tratamento cirúrgico reabilitador. Será realizada a captação dos registros eletromiográficos obtidos a partir dos músculos masseteres e temporais em repouso e condições excursivas mandibulares: abertura e fechamento da boca, lateralidade direita e esquerda, protrusão, apertamento dental com parafilme e contração voluntária máxima em máxima intercuspidação habitual. A força de mordida será registrada por meio de gnatodinamômetro na região dos molares do lado da fratura e contra-lateral e entre os incisivos centrais. A mobilidade mandibular será avaliada com paquímetro digital, com abertura bucal, lateralidade direita e esquerda, e protrusão mandibular, todos em amplitude máxima. Serão formados três grupos: GI - controle (n=10) com indivíduos saudáveis; GII - indivíduos com fratura de ângulo mandibular (n=10) e GIII - indivíduos com fratura do complexo zigomático-orbitário (n=10). Para todas as comparações será utilizado o SPSS versão 19.0 (SPSS Inc.; Chicago, IL, USA) e as diferenças serão consideradas significantes quando p d 0,05. Será realizada a análise pelo teste de Medidas Repetidas realizado ao longo do tempo e pelo teste t de Student. Os resultados desta pesquisa poderão contribuir para um tratamento cirúrgico mais adequado a uma diminuição do período da recuperação funcional. (AU)

Resumo

A força de preensão palmar é uma medida complexa influenciada por diversos fatores como sexo, idade, motivação, treinamento muscular, lateralidade, altura, peso, variáveis socioeconômicas e participação em esportes específicos ou profissões. Pode ser mensurado por meio da dinamometria, padrão - ouro de medição, ou por meio de medidores de tensão como as células de carga (strain gauges). Visto que a confiabilidade é um dos critérios de instrumentação fundamentais para a consistência da medida e habilidade do instrumento para mensurar o que lhe é designado. Deste modo, o objetivo deste estudo será o de avaliar a confiabilidade intra-examinador (teste-reteste) e inter-instrumento de uma célula de carga para medida da força de preensão palmar isométrica de dedos em indivíduos saudáveis e portadores de patologias da mão. Serão utilizados métodos padronizados e aleatorização da ordem das coletas. (AU)

Resumo

Introdução: A hipoglicemia está associada a um baixo nível de glicose no sangue. O conjunto de sintomas da alteração do metabolismo da glicose se caracteriza por manifestações cocleares e/ou vestibulares, sendo os sintomas auditivos mais comuns a hipersensibilidade a sons intensos, a ocorrência de zumbido, a perda auditiva de diversos graus e a plenitude auricular. Estudos indicam que durante o quadro de hipoglicemia ocorre variação negativa na amplitude das emissões otoacústicas - produto de distorção. Objetivo: O presente estudo tem por objetivo investigar a função coclear em indivíduos adultos com e sem hipoglicemia. Método: 40 adultos com idade entre 18 e 55 anos com e sem diagnóstico de hipoglicemia. Grupo estudo: 20 indivíduos, de ambos os sexos com diagnóstico de hipoglicemia. Grupo controle: 20 indivíduos, pareados por idade e sexo ao grupo estudo, sem hipoglicemia. Todos serão submetidos à avaliação audiológica utilizando-se um audiômetro clínico (marca Maico, modelo MA 41) e um imitanciômetro (marca Interacoustics, modelo AZ7). A acufenometria será realizada em pacientes que referirem zumbido, para investigação da lateralidade, identificação do pitch (sensação de frequência sonora) e loudness (sensação de intensidade) do zumbido. A pesquisa do nível de desconforto será realizada em todos os pacientes, a fim de se determinar o limite de tolerância ao som em cada frequência. A pesquisa das emissões otoacústicas evocadas por estímulo transiente e produto de distorção será realizada utilizando-se o programa ILO-V6 (marca Otodynamics), acoplado a um microcomputador, sendo o exame realizado em cabina acústica. (AU)

49 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s)
Marcar todos desta pagina | Limpar seleção