site da FAPESP
 

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
Bolsas
Programas voltados a Temas Específicos
Programas de Pesquisa direcionados a Aplicações
Programas de Infraestrutura de Pesquisa
Área do conhecimento
Situação
Ano de início
119.311 resultado(s)
|

Entre-culturas: escritas e conjunturas seiscentistas goesas nos manuscritos do fascículo 23 Vertenza COI chierici bramani do Archivium Romanum Societatis Iesu

Processo:16/19746-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência: 01 de maio de 2017 - 30 de abril de 2019
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Outras Literaturas Vernáculas
Pesquisador responsável:Adma Fadul Muhana
Beneficiário:
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/15657-8 - Pensando Goa - uma peculiar biblioteca de língua portuguesa, AP.TEM
Assunto(s):ManuscritosImpério Português
Resumo
O presente projeto tem como finalidade levantar, selecionar e analisar os manuscritos goeses escritos em língua portuguesa e inventariados, num fascículo único, pelo Padre jesuíta Pio Pecchai, em 1938-39, num volume denominado Vertenze coi chierici bramani (1646) e conservado no Arquivo Geral Romano da Companhia de Jesus, conhecido como Archivium Romanum Societatis Iesu (ARSI). Goa, antiga colônia de Portugal na Índia passou mais de quatro séculos (1510-1961) sob o domínio colonial e constitui um espaço histórico-cultural privilegiado, colocado entre duas culturas (portuguesa e indiana), rico e desfiante. O projeto visa à criação de um corpus de fontes primárias que, mediante a realização de uma ficha de identificação, facilitará o acesso aos manuscritos em língua portuguesa inseridos no fascículo 23 Vertenze coi chierici bramani (1646), por parte de estudantes, professores e investigadores; simultanemanete, o seu estudo contribuirá para a recuperação da génese da memória literária e linguística vivida nesse contexto original entre-culturas. A adoção de um método de análise transparente e escrupuloso, no qual a competência da intercompreensão linguístico-cultural desempenha um papel fundamental, é a base deste trabalho. Pretende-se contribuir, assim, para a organização de um sector literário dedicado às origens da Literatura Goesa em português, recuperando e reintegrando o número de obras escritas por goeses em língua portuguesa e demonstrando que a ação de oposição ao regime colonial por parte dos nativos goeses afunda as suas raízes no século XVII. Inclui-se ainda no âmbito deste trabalho a preparação de uma edição das fontes identificadas acompanhadas por uma reprodução fac-similada ou digital. (AU)

Análogos gravitacionais em matéria condensada e o efeito Unruh

Processo:17/02368-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência: 01 de maio de 2017 - 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física das Partículas Elementares e Campos
Pesquisador responsável:George Emanuel Avraam Matsas
Beneficiário:
Instituição-sede: Instituto de Física Teórica (IFT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São Paulo. São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/09357-9 - Física e geometria do espaço-tempo, AP.TEM
Assunto(s):Matéria condensadaGravitaçãoEfeito Fulling-Davies-Unruh
Resumo
A gravitação semiclássica tem se notabilizado por predições surpreendentes sendo que os efeitos Hawking e Unruh estão entre os mais paradigmáticos da área. Pretendemos nessa IC dar os primeiros passos rumo ao estudo de análogos do efeito Unruh em matéria condensada. (AU)

Federalismo fiscal e desigualdade territorial no Brasil

Processo:16/23215-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência: 01 de abril de 2017 - 31 de maio de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Políticas Públicas
Pesquisador responsável:Marta Teresa da Silva Arretche
Beneficiário:
Instituição-sede: Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07616-7 - CEM - Centro de Estudos da Metrópole, AP.CEPID
Assunto(s):Federalismo fiscal
Resumo
Parte importante da literatura sobre federalismo fiscal assume que arranjos institucionais centralizados - que concentram no âmbito federal autoridade sobre tributação e gastos - criam garantias que servem aos propósitos da eficiência na provisão de serviços públicos e da redistribuição de recursos entre territórios. Na prática, arranjos fiscais centralizados podem adotar mecanismos ineficientes de redistribuição de recursos entre regiões. O objetivo deste projeto de pesquisa é problematizar essa questão. Tendo como referência o caso brasileiro, pretende-se analisar de que modo a alocação do gasto das políticas centralizadas afeta o potencial redistributivo do arranjo político fiscal adotado na Constituição de 1988. Para tanto, serão analisadas diferentes políticas centralizadas divididas entre aquelas constitucionais obrigatórias (FPM, FPE, FUNDEB e SUS), constitucionais não obrigatórias (FNO, FNE e FCO), interpessoais constitucionais (BPC) e interpessoais não constitucionais (PBF). Pretende-se, dessa forma, contribuir para uma compreensão mais adequada dos efeitos induzidos pelo federalismo brasileiro. (AU)

Regulação da angiogênese acoplada à osteogênese pelo leucotrieno B4 na condição de artrite

Processo:15/25271-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência: 01 de abril de 2017 - 31 de março de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Cirurgia Buco-maxilo-facial
Pesquisador responsável:Rodrigo Cardoso de Oliveira
Beneficiário:
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru, SP, Brasil
Assunto(s):Fatores de crescimento do endotélio vascular
Resumo
A angiogênese e a osteogênese são processos interligados durante o desenvolvimento do esqueleto. Células endoteliais e ósseas secretam vários mediadores que auxiliam na comunicação entre essas células para estabelecer a homeostase óssea adequada. O leucotrieno B4 (LTB4) é um fator de degradação óssea, secretado na artrite em condições inflamatórias por vários tipos de células, incluindo as células ósseas tais como, osteoblastos e osteoclastos. Embora a maior parte do conhecimento baseia-se na atividade de reabsorção óssea mediada por leucotrieno, o mecanismo de ação do LTB4 a partir de osteoblastos para conduzir a osteoclastogênese é desconhecido, especialmente a contribuição de células endoteliais. As células endoteliais expressam o receptor de LTB4 (BLT1), e a sua ligação aumenta a angiogênese mediada pelo Fator de Crescimento Endotelial Vascular (VEGF). VEGF é um fator secretado também conhecido por induzir a diferenciação de osteoblastos e a expressão do ligante do receptor do ativador do fator nuclear kappa B (RANKL), além de induzir diretamente a osteoclastogênese. Nossa hipótese é que VEGF endotelial pode ser um alvo para os LTB4 derivados das células ósseas para aumentar osteoclastogênese na condição de artrite reumatóide. Assim, o objetivo deste estudo é avaliar o envolvimento do LTB4 na interligação entre as células endoteliais e células ósseas dependentes de VEGF durante esqueletogênese. Para isso, células endoteliais vasculares ósseas primárias serão tratadas com LTB4 e a expressão de VEGF será avaliada. Em seguida, o efeito direto ou indireto (dependente de osteoblastos) de VEGF secretado na osteoclastogênese será determinado. A contribuição de osteoblastos e osteoclastos como fonte de LTB4 para induzir a superexpressão de VEGF será também avaliada através de co-cultura. Os resultados de experimentos in vitro serão adicionalmente validados in vivo, usando um modelo animal de artrite. Após tratar os camundongos com artrite com o antagonista do receptor BLT1, os níveis de VEGF no vaso sanguíneo ósseo, os níveis do marcador de reabsorção óssea CTX e níveis de VEGF no soro serão quantificados. Estudando o novo papel do LTB4 na interligação entre células endoteliais e ósseas mediadas por VEGF poderá trazer novas perspectivas de alvos terapêuticos para a perda óssea em condições de artrite. (AU)

Medição embarcada do conjugado mecânico do motor sem escova para QuadRotor

Processo:16/21843-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência: 01 de abril de 2017 - 31 de março de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Medidas Elétricas, Magnéticas e Eletrônicas, Instrumentação
Pesquisador responsável:André Carmona Hernandes
Beneficiário:
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos, SP, Brasil
Assunto(s):TorqueRotaçãoSistemas embarcadosMotor de aeronavesSensoresControle de aeronavesVelocidade
Resumo
Em aplicações de robótica aérea, há muito o uso de motores sem escovas como forma de atuação. Estudos da literatura sugerem que as equações dominantes desse tipo de atuação se assemelham as equações dominantes de um motor com escovas. Assim, a potência de saída desse sistema de atuação depende da velocidade de rotação do motor e da corrente que ele consome. Assim, medir essa velocidade e corrente em voo permite fazer uma estimativa da potência e, portanto, do consumo. Além disso, as informações adicionais podem ser utilizadas para controlar a aeronave. Esse projeto de iniciação busca desenvolver um sistema de medição embarcada do conjugado mecânico (compreendido pela velocidade de rotação e pelo torque), sendo a velocidade medida de forma direta e o torque de modo indireto pela corrente. Será utilizado um sensor ótico para a medida de rotação, usando um par de emissor-detector de infravermelho, e os testes do mesmo compreenderá em variar a distância de detecção e o tamanho da faixa reflexiva, a fim de encontrar algum ponto ótimo de operação. Para o amperímetro será comparado um resistor de referência com um amperímetro de efeito Hall. Ambos os novos sensores serão feitos em bancadas com instrumentos comerciais para fins de certificação e calibração do sistema. (AU)

Palinologia em espécies de Machaerium Pers. (Fabaceae) nativas de fragmentos florestais remanescentes da região noroeste do estado de São Paulo

Processo:16/25414-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência: 01 de abril de 2017 - 31 de março de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Morfologia Vegetal
Pesquisador responsável:Eduardo Custódio Gasparino
Beneficiário:
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal, SP, Brasil
Assunto(s):PalinologiaLeguminosaeMachaeriumPólen
Resumo
O estudo da morfologia dos grãos de pólen de 12 espécies do gênero Machaerium Pers. (Fabaceae) nativas em remanescentes florestais do noroeste paulista será realizado com o objetivo de caracterizar a morfologia das espécies e contribuir com dados que possam auxiliar na sua taxonomia, ampliando os conhecimentos sobre a diversidade polínica do gênero e fornecendo subsídios para a manutenção da biodiversidade nestes fragmentos. Os grãos de pólen serão acetolisados, medidos, descritos e fotografados sob microscopia de luz para obtenção de dados quantitativos e qualitativos, e quando necessário, serão realizadas fotografias sob microscopia eletrônica de varredura para observação da ornamentação da exina. Os dados qualitativos serão utilizados para descrição dos tipos polínicos, enquanto os dados quantitativos receberão tratamento estatístico ideal ao tamanho das amostras. (AU)

Caracterização molecular e ocorrência de compostos orgânicos na fase gasosa e particulada do material atmosférico coletado no Pólo Petroquímico de Capuava (SP)

Processo:16/23339-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência: 01 de março de 2017 - 31 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Pérola de Castro Vasconcellos
Beneficiário:
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/21728-2 - Uso de modernas técnicas de autópsia na investigação de doenças humanas (MODAU), AP.TEM
Assunto(s):Química atmosféricaCompostos orgânicosPoluentes industriaisQualidade do arPolo petroquímicoCapuava (SP)
Resumo
O aumento do poder de compra dos brasileiros através de incentivos fiscais do governo federal ocasionou crescimento no número de veículos em São Paulo. Tal crescimento demanda uma maior produção de produtos petroquímicos, que emitem muitos compostos orgânicos responsáveis pelo alto nível de poluentes no ar. Compostos das classes do hidrocarbonetos policíclicos aromáticos foram encontrados em quantidades apreciáveis em material particulado coletado em túneis e áreas urbanas de São Paulo. A variabilidade da matriz de combustíveis utilizada no Brasil é bastante diversificada, o que dificulta a identificação de compostos emitidos majoritariamente por combustíveis fósseis. Já os hopanos são estudados majoritariamente em sedimentos e amostras de petróleo, estudos em amostras atmosféricas são poucos. O estudo dos compostos orgânicos voláteis em amostras atmosféricas também é pouco realizado no Brasil. Neste projeto pretende-se estudar a química atmosférica dos HPA, dos nitros e oxi-HPA, além de hopanos e COV na atmosfera do entorno do Polo Petroquímico de Capuava. Este trabalho terá um papel pioneiro e será de grande importância no estudo da qualidade do ar da região e da formação e emissão desses compostos para atmosfera. Será interessante encontrar marcadores orgânicos para a queima de combustíveis oriundos do petróleo, como gasolina e diesel e de compostos emitidos na obtenção de matéria-prima industrial. (AU)

Expansão do pool de células satélites no músculo esquelético adulto: papel das alterações bioenergéticas e mitocondriais induzidas pelo exercício físico aeróbio

Processo:16/18633-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência: 01 de março de 2017 - 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Alicia Juliana Kowaltowski
Beneficiário:
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07937-8 - Redoxoma, AP.CEPID
Assunto(s):Mitocôndrias
Resumo
A função de células-tronco musculares (células satélites) durante a regeneração está bem elucidada, contudo seu papel em resposta ao exercício físico aeróbio permanece ainda não esclarecido. Trabalhos têm demonstrado elevação do número de células satélites em resposta ao treinamento físico. Não obstante, ainda não foi estudado se o ganho de aptidão aeróbia e as alterações bioenergéticas e mitocondriais induzidas pelo exercício físico aeróbio (não lesivo) promovem a ativação e expansão do pool de células satélites no músculo esquelético adulto, nem o mecanismo de tal processo, se existente. Buscaremos no presente estudo: a) caracterizar o ganho de aptidão aeróbia induzida pelo exercício físico e a expansão de células satélites nos diferentes tipos de fibras (isoformas das MyHC musculares); b) verificar a expressão de marcadores bioenergéticos e mitocondriais, e de ativação da autorrenovação de células satélites em diferentes tempos de exercício; c) com base nos alvos investigados no item (b), camundongos serão submetidos ao exercício em diferentes condições (i.e. bloqueio farmacológico e knockdown gênico in vivo) para avaliação do efeito das alterações bioenergéticas e mitocondriais induzidas pelo exercício físico aeróbio sobre a ativação da autorrenovação de células satélites; d) isolar células satélites de camundongos exercitados e caracterizar a expressão de específicos marcadores bioenergéticos e mitocondriais, e de ativação da autorrenovação de células satélites in vitro. A ativação da autorrenovação de células satélites reflete a capacidade do músculo esquelético em se adaptar a agentes estressores, tais como lesões e desordens musculares (e.g. distrofia, sarcopenia e a caquexia). O papel do exercício físico aeróbio em elevar o conteúdo de células satélites, torna-o uma importante estratégia terapêutica contra a perda de função muscular. (AU)

Alívio de rajada 1-cosseno usando amortecedores magnetoreológicos

Processo:16/20617-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência: 01 de março de 2017 - 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Mecânica dos Sólidos
Pesquisador responsável:Douglas Domingues Bueno
Beneficiário:
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira, SP, Brasil
Assunto(s):Aeroelasticidade de aeronavesAerodinâmica de aeronaves
Resumo
Durante o desenvolvimento de aeronaves, engenheiros e analistas realizam análises de resposta a forças de rajadas, conforme exigido pelas agências de certificação. Em recentes projetos, como no caso do avião Boeing 787, têm sido incluídos sistemas para alívio de resposta aeroelástica devido a estas perturbações aerodinâmicas que podem comprometer o conforme e segurança durante o voo, bem como reduzir o tempo de vida operacional de aeronaves. Trata-se portanto de tema relevante especialmente para aplicações da indústria aeronáutica. Em particular, a presente proposta consiste do estudo do alívio de resposta aeroelástica devido a rajada 1-cosseno incluindo um amortecedor magnetoreológico (AMR) acoplado. Os AMRs têm sido utilizados para diversas aplicações que envolvem dissipação de energia, porém, ainda, com poucas aplicações para sistemas aeroelásticos envolvendo cargas de rajada. Assim, esta pesquisa apresenta potencial para contribuição tecnológica envolvendo AMR embarcados em aeronaves. (AU)

Alcalóides bromopirrólicos do microbioma cultivável da esponja marinha Tedania brasiliensis

Processo:16/16033-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência: 01 de março de 2017 - 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Roberto Gomes de Souza Berlinck
Beneficiário:
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos, SP, Brasil
Assunto(s):AlcaloidesBiossínteseMetabolômica
Resumo
A comunidade microbiana associada a esponjas marinhas é imensamente diversa, abundante e é fonte de significativa diversidade química. Alcaloides bromopirrólicos de esponjas marinhas apresentam diversas e potentes atividades biológicas, tendo sido encontrado exclusivamente em esponjas marinhas. Todavia, pirróis bromados também são produzidos in vitro por bactérias marinhas. O isolamento destes metabólitos a partir do meio de cultura de bactérias levanta o seguinte questionamento: seriam alcaloides pirrólicos polibromados isolados de esponjas produzidos por estes animais ou por micro-organismos associados? O objetivo deste projeto é isolar e identificar bactérias aeróbias associadas à esponja Tedania brasiliensis, bem como caracterizar o perfil químico de culturas das linhagens isoladas com intuito de identificar eventual micro-organismo(s) produtor(es) principalmente de alcaloides pirrólicos bromados previamente isolados de T. brasiliensis, e também outros metabólitos secundários produzidos em meio de cultivo. (AU)
119.311 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s) | Limpar seleção
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP