Busca avançada

X

Criar um alerta por e-mail


Novos resultados para a sua pesquisa em seu e-mail, semanalmente.

Seu e-mail:

Tamanho do e-mail:



Seu endereço de e-mail não será divulgado.

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
Publicações acadêmicas
  • Bolsas
  • Programas voltados a Temas Específicos
  • Programas de Pesquisa direcionados a Aplicações
  • Programas de Percepção Pública da Ciência
  • Programas de Infraestrutura de Pesquisa
  • Área do conhecimento
  • Situação
  • Ano de início
Excel (CSV)Alerta por e-mail   RSS
122.038 resultado(s)
|
Resumo

Fungos dimórficos do "complexo" Paracoccidioides causam a paracoccidioidomicose (PCM), doença primariamente pulmonar, potencialmente disseminável, com alta prevalência e morbidade na América Latina. A infecção inicia-se quando o homem inala conídios (forma fúngica infectante) e o desenvolvimento da doença depende essencialmente da conversão, nos alvéolos pulmonares, de conídios em leveduras (formas patogênicas do fungo) e da resposta imune do hospedeiro. Alguns componentes fúngicos são dotados de propriedades imunomoduladoras, dentre os quais a proteína bifuncional paracoccina (PCN), dotada de atividade lectínica (ligante de monômeros ou polímeros de N-acetilglicosamina) e de atividade enzimática (quitinase). A propriedade imunomoduladora de PCN foi demonstrada in vitro pelo estímulo a macrófagos de polarização M1 e de indução na produção de mediadores pró-inflamatórios (como IL-12). In vivo, demonstrou-se que a administração de PCN a camundongos infectados com P. brasiliensis confere proteção, associada à imunidade Th1. Quanto ao papel da PCN na biologia do fungo, sabe-se que sua expressão é 5 vezes superior em hifas do que em leveduras e é detectada em regiões de crescimento em ambas as formas fúngicas. A idéia de que PCN atue na biologia do fungo foi reforçada pelo prejuízo de crescimento de leveduras cultivadas na presença de anticorpos anti-PCN e por alterações de transição de fungos silenciados ou superexpressores de PCN. O objetivo desta proposta é avaliar o efeito da superexpressão de PCN por conídios de P. brasiliensis e P. lutzii, examinando sua transição para leveduras e as repercussões na infecção de camundongos com tais conídios. Alternativamente, o modelo de infeção de Galleria mellonella será utilizado. O estudo deverá contribuir para elucidar fatores determinantes da sobrevivência, do crescimento e da capacidade de transição do fungo, bem como da patogenia da micose por ele causada. (AU)

Resumo

Os transportadores OATP apresentam grande importância na clínica, uma vez que estão relacionados a diversas interações medicamentosas relevantes. Com isso, o presente estudo visa avaliar a influência da gravidez associada com HIV na atividade do transportador OATP em pacientes em tratamento com efavirenz (EFZ) através da administração do fármaco marcador rosuvastatina. O EFZ é metabolizado principalmente pela enzima CYP2B6, no entanto, outras rotas minoritárias de eliminação tornam-se importantes para indivíduos metabolizadores pobres desta enzima (alelos CYP2B6*6). Considerando que alguns trabalhos anteriores apontam para uma possível interação do EFZ com o transportador OATP, o presente trabalho também irá identificar o papel deste transportador na eliminação do EFZ em grávidas, empregando dados de estudos in vitro e a extrapolação in vitro-in vivo através do desenvolvimento de um modelo PBPK (do inglês, physiologically based pharmacokinetic model). As pacientes portadoras de HIV (n=12) sob uso crônico de EFZ (tratamento por pelo menos 1 mês) serão avaliadas em dois momentos distintos, durante o terceiro trimestre da gravidez e no pós-parto, nos quais serão administrados simultaneamente os fármacos marcadores rosuvastatina (OATP) e bupropiona (CYP2B6), doses únicas respectivas de 5 e 150 mg, via oral. Amostras de sangue serão coletadas no intervalo de dose do efavirenz nos tempos 0 (pré-dose); 0,5; 1; 2; 3; 4; 6; 8; 12 e 24 h. No momento do parto serão obtidas amostras do cordão umbilical e do sangue da mãe para estudo de transferência placentária. As concentrações dos fármacos marcadores e do EFZ serão avaliadas em amostras biológicas por cromatografia líquida de alta eficiência acoplada a espectrômetro de massas (LC-MS/MS). O perfil farmacocinético obtido será correlacionado com o genótipo das pacientes. Na segunda etapa do trabalho, o potencial do EFZ como um substrato/inibidor dos principais transportadores do OATP (OATP1B1, OATP1B3 e OATP2B1) será avaliado in vitro. Os dados obtidos Km e Vmax serão incorporados ao modelo PBPK que será desenvolvido a fim de identificar as fontes de variação na disposição do EFZ em população de grávidas. (AU)

Resumo

Meu projeto proposto visa investigar as preocupações de reputação das potências emergentes para analisar a natureza e extensão do desafio que elas representam para as instituições liberais de governança global. O conceito de reputação é ambíguo nas conceituações da teoria das Relações Internacionais (RI). Minha pesquisa visa corrigir esse problema investigando empiricamente a preocupação com a reputação do Brasil e da Índia na ordem humanitária e usando esta evidência empírica para melhorar a erudição sobre a reputação na teoria RI. Baseando-se RI construtivista crítico e levando a sério as dimensões normativas da reputação, o quadro analítico deste projeto examinará como os "marcadores" (scorekeepers) mantêm o controle das preocupações reputacionais dos Estados baseadas em interrogar os compromissos e os direitos (entitlements) dos atores envolvidos em práticas discônicas deônticas. Utilizando esse quadro analítico, o projeto investigará as preocupações de reputação do Brasil e da Índia em três casos: Kosovo 1999, Líbia 2011; e a não intervenção na Síria 2013. Os resultados do projeto terão importantes implicações teóricas e políticas para enfrentar os desafios emergentes da governança global e para a criação de interesses comuns com poderes emergentes para administrar a ordem liberal. (AU)

Resumo

Observações da radiação cósmica de fundo (CMB) e da estrutura de grande escala (LSS) do Universo nos permitem compreender melhor a física que guia a evolução da perturbação primordial para a distribuição de galáxias em larga escala que vemos atualmente, nos deixando, no entanto, importantes questões em aberto. Os últimos resultados do Planck, por exemplo, mostram que aproximadamente 4% de toda a densidade de energia total é composta por matéria bariônica. Os 96% restantes são desconhecidos, compostos de matéria não bariônica, 26% de matéria escura e 70% de energia escura.É impossível observar diretamente matéria escura, já que ela só interage gravitacionalmente. No entanto, é possível relacionar a distribuição de matéria visível (galáxias) com a distribuição total de matéria. Já que a distribuição das galáxias é a única observável em pesquisas fotométricas, precisamos conhecer tão precisamente quanto possível as propriedades estatísticas da distribuição da galáxia. É possível descrever a distribuição da galáxia como um campo tridimensional não gaussiano, onde a não-gaussianidade surge do processo de aglomeração altamente não linear, o que introduz o acoplamento não linear entre as diferentes escalas. Na primeira ordem, a distribuição da galáxia é analisada levando-se em consideração seu espectro de potências, isto é, a transformada de Fourier da função de correlação de dois pontos, que parametriza o excesso de probabilidade de encontrar duas galáxias em uma certa distância. Infelizmente a amplitude do espectro de potência (parametrizado pela amplitude das flutuações da matéria escura às 8h-1Mpc, Ã8 está degenerada com os parâmetros de deslocamento, levando a restrições fracas. Por essa razão, o biespectro é agora uma das ferramentas principais na restrição de parâmetros cosmológicos. Como o espectro de potências, o biespectro é a contrapartida de Fourier da função de correlação de 3 pontos, que parametriza o excesso de probabilidade de encontrar três galáxias em uma dada configuração triangular. A dependência dos parâmetros cosmológicos em uma configuração triangular em particular (equilátero, isósceles, etc) nos permite restringir diferentes parâmetros levando em consideração as distintas configurações do biespectro, removendo deste modo a degenerescência. Minha ideia é analisar a distribuição fotométrica das galáxias de modo a limitar seu espectro angular e o biespectro. Podemos de fato tratar a distribuição fotométrica da galáxia como um campo esférico, o que nos permite usar a estatística angular. Devido à sua capacidade de remover a degenerescência, em relação às pesquisas atuais e futuras tais como DES e Euclid, o espectro biangular provavelmente se tornará uma das ferramentas principais na análise fotométrica dos conjuntos de dados. A aplicação do meu estimador a conjuntos de dados reais poderá fornecer novas restrições a parâmetros cosmológicos, como por exemplo, o bias e fNL. Por causa disso, as pesquisas DES representam a melhor estrutura para introduzir o estimador que forneci, de maneira a obter restrições cosmológicas mais confiáveis estatisticamente quando comparada com a aproximação mais tradicional, mais utilizada atualmente. (AU)

Resumo

A tuberculose (TB) é uma doença infecciosa cujo principal agente causador é o Mycobacterium tuberculosis. Apesar da doença ter recebido avanços que promovam o seu controle e tratamento, a TB ainda é responsável por cerca de dois milhões de morte anualmente, índice maior que o HIV. Os altos índices deocorrência da doença são atribuídos em parte ao aparecimento de bactérias multirresistente (MDR) e extensivamente resistente aos medicamentos (XDR). Outro fator que contribui para esse problema é o fato de que aproximadamente um terço da população está infectada com o M. tuberculosis e cerca de 10%destes casos irá desenvolver as manifestações clínicas, principalmente quando co-infectados com o HIV. Diante das várias estratégias de pesquisas buscaremos aqui trabalhar com "reposicionamento de drogas" estudando ocomplexo metálico, tris- (1,10-fenantrolina)ferro(II) ([Fe(fen)3]2+). O ligante fenantrolina (fen) têm sido extensivamente estudadas por décadas por seremquimicamente versáteis, exibindo uma feliz combinação de propriedades estrutural e química. A fen é utilizada amplamente por apresentar alta capacidade de ligação com diferentes tipos de metais, e ([Fe(fen)3]2+) como precursor de uma série de reações químicas. Entretanto, tem sido observadoque ambos são capazes de perturbar o funcionando de uma grande variedadede sistemas biológicos além de serem de fácil obtenção e baixo custo. Nossoobjetivo nesse estudo será buscar novas aplicações desse complexo, comopotencial agente terapêutico contra M. tuberculosis, contribuindo para a pesquisade novos medicamentos que sejam eficazes e de fácil acesso para o tratamentoda tuberculose. Portanto, será determinada a atividade desse complexo frente acepas sensíveis e resistentes, em bactérias intracelulares e também em bacilos3que estejam no estado de latência. O estudo também irá investigar possíveismecanismos de ação, através de metodologias que permitam o isolamento esequenciamento genômico de mutantes espontaneamente resistentes, alémdisso avaliar se o complexo pode agir interferindo na síntese de parede celularou na síntese proteica da micobactéria, através de ensaios por cromatografia decamada delgada e o uso de micobacteriófagos, como também, analisar se essecomplexo possui a capacidade de inibir bombas de efluxo, através da avaliaçãode acúmulo de brometo de etídio em micobactérias (AU)

Resumo

O gene POU5F1 é responsável pela expressão da proteína OCT4, que é encontrada com expressão maior do que o normal em células tronco embrionárias e tumorais, e relacionada com a manutenção do estado indiferenciado. Nosso grupo detectou correlação entre aumento da expressão de POU5F1 e diminuição da sobrevida de pacientes com meduloblastoma, pelo aumento da agressividade do tumor por crescimento celular mais rápido, maior invasão celular, maior tumorigenicidade, e maior propensão a metástase. Observou-se também que a maior expressão dessa proteína afetou os níveis de outros transcritos como micro RNAs (miRNA), RNAs não codificadores de cadeia longa, RNAs nucleolares, e outras proteínas. Estudou-se melhor dentre esses transcritos o hsa-miRNA-367, que estava presente nas linhagens menos expresso do que o normal, e fez-se sua super-expressão in vitro e in vivo notando-se maior viabilidade nas células de meduloblastoma. Deduz-se, então, que os miRNAs encontrados com expressão afetada nas linhagens podem afetar a agressividade tumoral de meduloblastoma. Além disso carece informação sobre os mecanismos moleculares de atuação de OCT4 no aumento da agressividade de meduloblastoma na literatura. Assim surge a importância desse projeto, que pretende estudar, das implicações da concentração além do normal de OCT4, o hsa-miRNA-4719, o qual possui expressão menor do que o normal em linhagens de meduloblastoma, e sua relação com a nucleostemina, um possível alvo que encontra-se superexpresso nas mesmas linhagens, e que possui superexpressão também em outros tumores como glioblastomas e neuroblastomas, e em células tronco neurais, mas não na sua progênie diferenciada (TSAI; MCKAY, 2002). Caso o miRNA e a proteína não possuam relação direta pretende-se estudar os mecanismos da nucleostemina em meduloblastoma, pois há também chances de sua síntese ser controlada diretamente pelos transcritos do gene POU5F1. (AU)

Resumo

Trata de reconhecer e compreender os elementos arquitetônicos e artísticos do Santuário São Sebastião, em Porto Ferreira, cidade paulista nascida no final do século XIX, quando já instaurada a República e deliberada a laicização do Estado. Sua primeira igreja matriz, financiada sobretudo pela Companhia Paulista de Estradas de Ferro e pela Câmara Municipal de Descalvado (comarca a qual pertenceu a freguesia de Porto Ferreira até o ano de 1892), foi construída em 1886, há uma década da emancipação político-administrativa do município, tendo como orago São Sebastião. Esse primeiro templo durou 65 anos e abrigava pouco mais de 200 fieis. Foi demolido no início da década de 1950, quando o crescimento industrial e a decorrente chegada de migrantes conduziam o desenvolvimento da "Capital da Cerâmica", como é conhecida a cidade. Da velha igreja restou apenas a pia batismal de mármore e inúmeras imagens de santos, usadas ainda hoje em procissões e novenas. Substituindo-a, a Nova Igreja Matriz foi consagrada antes mesmo do fim de sua construção, em novembro de 1953, pelo bispo de Campinas, Dom Paulo de Tarso Campos. Com capacidade para 600 pessoas, três vezes maior que a anterior, e com projeto de Benedito Calixto de Jesus Neto, foi concluída em 1962, ao ser finalizada a pintura ao fundo do altar, obra do bolonhês Antonio Maria Nardi. Em novembro de 2013, a igreja foi elevada a Santuário por Dom Vilson Dias de Oliveira, bispo de Limeira, por sua riqueza artística e pelos relatos de graças obtidas por intercessão de São Sebastião. Bruno Zevi defende a descrição crítica dos monumentos precedida pelo estudo de quatro pressupostos: os sociais, os intelectuais, os técnicos e o figurativo/estético. Associados, um a um, à singularidade dos contextos, juntos formam o arcabouço que permite revelar significados para além da materialidade arquitetônica, arcabouço que fundamenta a análise subsequente - urbanística, volumétrica, dos elementos decorativos, da arquitetura e da escala. A partir desses elementos, pretende-se proceder à compreensão, ao levantamento, à análise do objeto, chegando-se às conclusões finais. (AU)

Resumo

Fenomenologia da matéria escura: Os limites competitivos das pesquisas em colisores, detecção direta e indireta transformaram a matéria escura em um quebra-cabeça tentador. A matéria escura ultraleve pode resolver o problema núcleo/cúspide, embora ainda seja necessária uma investigação das auto interações da DM escalar ultraleve e suas possíveis consequências. Gostaria, especificamente de calcular a abundância vestigial nesta situação e também explorar a possibilidade de multicomponentes da DM. Além disso, estou interessada em explorar o paradigma do setor escuro, onde as transições de fase de primeira ordem podem ocorrer. Tais modelos poderiam nos dar ligações úteis entre a DM e futuros detectores de ondas gravitacionais.Ressonâncias vetoriais e fermiônicas: a pesquisa pelas ressonâncias vetoriais na física além do modelo padrão (BSM) constitui uma porção significativa do programa de partículas exóticas das colaborações ATLAS e CMS. Gostaria de desenvolver descrições teóricas de campos efetivos para top partners e vetores pesados com o objetivo de visualizar em um contexto concreto o impacto das atuais pesquisas do LHC e fornecer estratégias alternativas para o futuro. Formalismo EFT e Higgs: Para testar a validade das extensões do modelo padrão, a precisão da fenomenologia de Higgs é de grande importância. A completa caracterização da produção e decaimento de Higgs e, desse modo, os acoplamentos de Higgs, são necessários. Existem diversas maneiras de se modificar o potencial de Higgs, como por exemplo, utilizando operadores não-renormalizáveis. Estou atualmente explorando regiões do espaço dos parâmetros consistentes com transições de fase de primeira ordem, que podem nos auxiliar na investigação dos auto acoplamentos de Higgs de terceira e quarta ordens. O estudo da física além do modelo padrão usando operadores de dimensão 6 pode ser uma área de pesquisa muito promissora e também é uma de minhas prioridades. Modelos holográficos - modelo de parede mole:estou interessada em compreender a contribuição que Higgs pode obter da quebra espontânea de invariância conforme se ela ocorre em escalas eletrofracas. No futuro, gostaria de entender como o vácuo se rearranja quando o sistema passa por uma transição de fase QCD. Seria certamente válido investigar as consequências fenomenológicas na física dos sabores Modelos holográficos - SUSY distorcida: parece provável que nem SUSY nem Higgs composto podem resolver completamente o problema da hierarquia em sua forma mais simples. Uma solução fenomenologicamente interessante pode ser um modelo da física em escala TeV que poderia incorporar a supersimetria e uma dimensão extra distorcida, plano que pretendo iniciar em breve. Esses modelos SUSY Randall Sundrum (RS) podem incluir a violação da paridade R, que pode gerar operadores notáveis que precisariam ser suprimidos. Seria também útil explorar métodos alternativos para suprimir o decaimento de prótons e como o problema do sabor pode ser resolvido aqui. (AU)

Resumo

O objetivo deste trabalho será avaliar o efeito do ácido butírico livre e protegido, associados ou não, em substituição aos antibióticos promotores de crescimento sobre o desempenho, turnover do carbono da mucosa intestinal, histomorfometria e escores de lesão do intestino delgado, além da contagem de oocistos das excretas de frangos de corte desafiados com Eimeria acervulina, E. maxima e E. tenella. Para isso, serão utilizados 1.200 pintos de corte machos, Cobb, distribuídos em um delineamento inteiramente casualisado, com cinco tratamentos e seis repetições. Os tratamentos consistirão de: T1 - ração basal; T2 - ração basal + antibiótico; T3 - ração basal + ácido butírico livre; T4 - ração basal + ácido butírico protegido; T5 - ração basal + ácido butírico livre + ácido butírico protegido. Após o alojamento, para avaliar taxa de turnover da mucosa, as aves receberão dietas predominantemente C3. Aos 16 dias de idade todas as aves de todos os tratamentos serão inoculadas oralmente e individualmente com oocistos de Eimerias e, a partir de 21 dias, para avaliar a taxa de turnover após desafio, as aves passarão a receber dieta predominantemente C4. Amostras de mucosa serão analisadas isotopicamente por espectrometria de massa antes a após desafio. Serão coletados dados de desempenho nos períodos acumulados de 1 a 14, 1 a 21 e 1 a 42 dias de idade. Para as análises morfométricas do intestino delgado, aos 14 e 21 dias de idade, serão colhidos segmentos do duodeno e do jejuno de seis aves por tratamento. Aos 5, 6, 7, 8, 9, 10, 12, e 19 dias após inoculação serão avaliados os escores de lesão do intestino delgado. Aos 4, 5, 6 e 7 dias após a inoculação, serão coletadas amostras de excretas de cada unidade experimental para contagem de oocistos. As análises dos dados serão realizadas com auxílio do SAS (2012) com critério de 5% de significância, e as análises de turnover de mucosa intestinal serão realizadas pelo método de regressão exponencial. Os tratamentos serão analisados por meio de contrastes ortogonais. Adicionalmente, poderá ser utilizado o teste de Tukey para fazer comparações de pares de médias. (AU)

Resumo

Com base em fundamentos teóricos da Retórica, segundo os quais o discurso compreende três pilares fundamentais para sua construção (ethos, pathos e logos), e debruçados em um acervo teórico musical, analisaremos a trilha sonora do filme Relatos Selvagens. Essa análise tem por objetivo observar as paixões evocadas no auditório pelo objeto de estudo em questão e, dessa forma, conduzir ao entendimento das possibilidades de inter-relação entre pathos e trilha sonora. Verificaremos, então, por meio da análise retórica (com base em Aristóteles, Meyer, Reboul, Ferreira e Abreu) aliada a conhecimentos advindos da teoria musical (Arakawa, Bennett e Copland), a forma com que a trilha sonora do filme, juntamente com os demais aspectos multimodais do gênero, desperta paixões no auditório, conduzindo-o a processos identitários e, por seguinte, persuasivos. Dessa forma, esperamos que esta pesquisa contribua para elucidar o papel da música nas construções persuasivas e possa também demonstrar a influência dessa instância do logos em gêneros midiáticos, como: peças teatrais, telenovelas, filmes, entre outros. (AU)

122.038 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s)
Marcar todos desta pagina | Limpar seleção