Busca avançada
X

Criar um alerta por e-mail


Novos resultados para a sua pesquisa em seu e-mail, semanalmente.

Seu e-mail:

Tamanho do e-mail:



Seu endereço de e-mail não será divulgado.
Refine sua pesquisa
Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Excel (CSV)Alerta por e-mail   RSS
4 resultado(s)
|
Resumo

A comunicação animal transmite informações utilizando diferentes tipos de sinais sensoriais (e.g., visuais, sonoros e olfativos). Esses sinais possuem diversos propósitos como atrair e cortejar potenciais pares, defender territórios, manter um grupo unido, e minimizar a predação. Em aves, os dois tipos de sinais sensoriais mais utilizados são os sinais acústicos e os visuais. De acordo com a hipótese do "Sensory drive", os sinais sensoriais sofrem uma pressão seletiva causada pelas variações nas condições físicas dos habitats. Além disso, esses sinais são pressionados pelas limitações energéticas na sua produção, predação, parasitismo e forças conflitantes entre seleção natural e sexual; tornando o investimento em mais de um tipo de sinal sensorial muito custoso para o organismo. Devido a esse alto custo, a Hipótese de Transferência (ou de "Trade-off") propõe a existência de um balanço evolutivo ("trade-off") entre os diferentes sinais sensoriais nos organismos. Os poucos estudos que testaram a Hipótese de Transferência em aves apresentaram resultados divergentes. Sendo assim, esse projeto propõe um estudo dos sinais acústicos e visuais nos thamnofilídeos do diverso clado da Tribo Formicivorini, a fim de avaliar a existência de um balanço evolutivo entre os dois tipos de sinais sensoriais (Hipótese de Transferência), que pode estar sendo influenciado pelas condições ambientais (Hipótese de "Sensory drive"), e também pelo comportamento de forrageio. A Tribo Formicivorini é um grupo adequado para esse tipo de estudo, pois apresenta uma grande diversidade de habitats de forrageio, variação no comportamento, na estrutura do canto, na plumagem e no dimorfismo sexual. (AU)

Resumo

O gênero Thraupis Boie, 1826 é atualmente composto por sete espécies, sendo considerado como monofilético com base em estudos moleculares e morfológicos. Por outro lado, dentro do gênero, só são conhecidas as relações filogenéticas de três das espécies: T. abbas é a espécie irmã do clado composto por T. ornata e T. palmarum. Das demais espécies, uma delas, T. glaucocolpa, nunca foi estudada, e outra, T. cyanoptera, possui posição incerta nas filogenias, suscitando dúvidas sobre a relação com as outras espécies do gênero. O único clado recuperado das quatro espécies é formado por T. episcopus - T. sayaca. Este clado possui um total de 17 subespécies (das quais apenas três foram incluídas em estudos prévios), apresenta uma grande variabilidade morfológica e uma grande distribuição geográfica, que inclui áreas de sobreposição entre T. episcopus e T. sayaca. Nestas áreas a identificação dos táxons é muito difícil. Além disso, há uma grande instabilidade taxonômica; prova disso são as múltiplas mudanças, em diferentes níveis: de um gênero para outro, de espécie a subespécie etc. Para a revisão do gênero será feita uma análise filogenética utilizando sequências dos genes mitocondriais (Cyt-b e ND2), além de três introns nucleares (intron 3 do gen MUSK, intron 5 do gen TGFB2 e um fragmento do intron 5 do gen Bf5). A extração será feita de amostras de tecidos originários de diferentes pontos da distribuição do clado T. episcopus - T. sayaca¸ depositados em diferentes coleções e abrangendo todos os táxons. Boa parte deste material já está coletado e disponível. Após a obtenção das árvores, as linhagens evolutivas recuperadas serão analisadas também do ponto de vista morfológico. Serão medidos o culmen total, narina-ponta, comprimento do tarso metatarso, da asa e da cauda. Os padrões de plumagem serão comparados utilizando-se guias de cores padrão. Os resultados esperados devem clarificar as relações filogéticas e taxonômicas, contribuindo também para propor uma classificação que represente a história evolutiva destas aves comuns, amplamente distribuídas na América do Sul mas, curiosamente, muito pouco estudadas. (AU)

Resumo

O Centro de Endemismo Pernambuco (CEP) é a região brasileira que mais sofreu com o desmatamento e a fragmentação. Entre seus táxons de aves endêmicos, muitos estão ameaçados de extinção e outros foram recentemente extintos. As relações biogeográficas do CEP com a Mata Atlântica Meridional e a Amazônia ainda são pouco compreendidas e dificilmente são alvo de estudos biogeográficos e filogeográficos. A compreensão dos mecanismos evolutivos geradores de diversidade tem especial relevância nesta região, em que seu esclarecimento é chave para a compreensão da evolução das biotas Amazônica e Atlântica. O modelo biogeográfico de Carnaval & Moritz (2008) propõe que o CEP foi uma área estável durante Pleistoceno e pode ter agido como refúgio durante o Último Máximo Glacial. Outros estudos sugerem que o CEP é mais próximo da Amazônia do que da Mata Atlântica Meridional e que poderia haver uma correlação entre a altitude em que uma espécie ocorre e sua origem. O advento do sequenciamento paralelo em massa (MPS) de Elementos Ultra Conservados (UCEs) revolucionou os estudos de genética comparativa, podendo-se adquirir dados de milhares de loci desvinculados e por serem polimórficos em uma escala de tempo evolutivo recente, tornaram-se um marcador efetivo para estudos filogeográficos. O objetivo deste projeto é realizar um estudo filogenômico comparado de 10 táxons de aves endêmicas do CEP para esclarecer a história biogeográfica da região. Dados do sequenciamento de UCEs serão utilizados para reconstruir as relações filogeográficas entre as populações e para estimar parâmetros de genética de populações. Estimando-se o tempo de divergência entre as populações do CEP, da Amazônia e da Mata Atlântica Meridional serão identificadas as populações ancestrais e quais foram os eventos de colonização das áreas do CEP, e assim serão testados modelos paleoambientais e paleoclimáticos capazes de esclarecer os cenários de diversificação encontrados. (AU)

4 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s)
Marcar todos desta pagina | Limpar seleção