site da FAPESP
 

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Bolsas
Área do conhecimento
Situação
Ano de início
1 resultado(s)
|

Desenvolvimento da criatividade por meio da língua inglesa em alunos com e sem superdotação

Processo:15/01065-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência: 01 de outubro de 2015 - 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia
Pesquisador responsável:Vera Lúcia Messias Fialho Capellini
Beneficiário:
Instituição-sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru, SP, Brasil
Assunto(s):AlunosLíngua inglesaLinguagemCriatividade
Resumo
O estudo a respeito de superdotação no Brasil vem crescendo nos últimos anos. Entretanto, ainda há muito para se conhecer e pesquisar a respeito do tema. Sabe-se que alunos com superdotação tendem a desenvolver mais algumas habilidades do que aqueles sem superdotação. Dentre essas habilidades estão a criatividade e a linguagem. Assim, esta pesquisa tem como objetivo avaliar e relatar se a criatividade em alunos com superdotação pode ser melhor desenvolvida por meio de um trabalho realizado com uma língua estrangeira, neste caso, o inglês. O estudo terá um grupo de alunos com superdotação e um grupo controle, sem. O primeiro grupo foi identificado previamente em um trabalho de mestrado do Grupo de pesquisa (intitulado "Identificação de alunos com altas habilidades/superdotação a partir de uma avaliação multimodal"), de 2013. Ambos os grupos serão compostos por alunos de 3º a 7º anos que estudam na mesma escola estadual e terão as mesmas aulas de língua inglesa oferecidas após o período escolar. As crianças serão submetidos a pré e pós-testes, avaliando-se sua aquisição de uma língua estrangeira (por meio do Quadro Europeu Comum de Referência) e sua criatividade (utilizando-se o Teste de Pensamento Criativo de Torrance - TTCT). Após o trabalho realizado em língua inglesa e as análises dos resultados, verificar-se-á se houve alteração significante ao se comparar pré e pós-teste, bem como possíveis diferenças entre os grupos. A partir da análise dos dados obtidos serão respondidas as questões centrais que norteiam este trabalho: "É possível ampliar o desenvolvimento da criatividade por meio da língua inglesa? Este processo ocorre de forma mais efetiva no grupo de alunos com superdotação?" (AU)
1 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s) | Limpar seleção
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP