Busca avançada

X

Criar um alerta por e-mail


Novos resultados para a sua pesquisa em seu e-mail, semanalmente.

Seu e-mail:

Tamanho do e-mail:



Seu endereço de e-mail não será divulgado.

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
Publicações acadêmicas
  • Bolsas
  • Área do conhecimento
  • Situação
  • Ano de início
Excel (CSV)Alerta por e-mail   RSS
9 resultado(s)
|
Resumo

O estilo parental das mães e suas práticas parentais possuem uma função primordial no desenvolvimento das crianças e uma estreita relação com os seus repertórios comportamentais. O presente projeto tem como objetivo descrever e analisar os estilos e as práticas parentais de mães e o seu filho de até 12 meses de idade, correlacionando-os com variáveis como a idade e a escolaridade da mãe, o sexo e a idade do bebê. O estudo será realizado com 250 mães de bebês. Será aplicado o Inventário de Estilos Parentais para Mães de Bebês (adaptado de Gomide, 2006). A coleta de dados será realizada no Centro de Psicologia Aplicada, de uma universidade pública paulista, em horário previamente agendado. Os dados serão analisados através de descrições e análises comparativas entre os estilos e práticas parentais e as variáveis da mãe e do bebê. (AU)

Resumo

Nas últimas décadas, muitos estudos têm se dedicado ao entendimento das bases neurobiológicas do exercício físico em manter e melhorar as funções cerebrais em adultos e idosos. Embora os mecanismos de adaptação neurobiológica ao exercício no cérebro maduro sejam bem documentados, a influência do exercício durante o processo de desenvolvimento cerebral permanece pouco explorada. Estímulos que ocorrem durante o período pré-natal podem resultar em mudanças positivas ou negativas para o cérebro ao longo da vida. Neste sentido, o presente estudo tem como objetivo investigar a influência do exercício físico no desenvolvimento cerebral pré-natal. Para isso, serão analisadas em diferentes etapas do período pós-natal (P1, P7, P21 e P60) de filhotes de ratas submetidas ao exercício físico durante a gestação: a expressão cerebral de BDNF e seus receptores (receptor tropomiosina quinase B e neurotrófico p75), do receptor canabinóide subtipo1 (CB1), das conexinas Cx32, Cx36 e Cx43, da proteína de ligação ao elemento de resposta do AMP cíclico (CREB) e das vias de sinalização fosfoinositídeo 3-quinase (PI3K), quinase regulada por metiletilcetona-mitogénio (MEK), quinase regulada por sinal extracelular (ERK) e proteína quinase tipo 4 dependente de cálcio-calmodulina (CaMK4). (AU)

Resumo

O problema de estender os resultados clássicos em Combinatória extremal para a configuração aleatória tem atraído a atenção de muitos pesquisadores nas últimas duas décadas. Recentes avanços obtidos por Schacht e por Conlon e Gowers resolvem muitas questões de longa data que encontravam-se em aberto. No entanto, para a classe de problemas extremais degenerados, questões básicas ainda permanecem em aberto. Nós introduzimos alguns desses problemas e propomos atacá-los, estendendo o método de contagem de conjuntos independentes em hipergrafos uniformes localmente densos. Para os problemas extremais não-degenerados, esta abordagem tem sido bem sucedida, tendo sido aplicada por Balogh, Morris e Samotij e, independentemente, por Saxton e Thomason, para obter resultados semelhantes aos de Schacht e de Conlon e Gowers. No entanto, as suas implicações para problemas extremais degenerados são fracas. Para grafos, ou seja, hipergrafos 2-uniformes, esta abordagem tem sido utilizada com sucesso por Kohahyakawa, o autor e seus co-autores, para obter resultados justos para o caso degenerado. Uma extensão desses resultados para hipergrafos teria muitas aplicações. (AU)

Resumo

O objetivo desta pesquisa é estudar a demografia e o trabalho escravo nas fazendas cafeeiras de Bananal, entre 1830 e 1888. A partir dos inventários post mortem, pretende-se analisar os elementos constitutivos da produção cafeeira para examinar a exploração da mão-de-obra escrava nestas fazendas ao longo do século XIX. (AU)

Resumo

A exemplo do que ocorre em animais, peptídeos hormonais desempenham papéis importantes no crescimento, desenvolvimento e defesa de plantas. RALF é um peptídeo hormonal ubíquo em plantas que está envolvido com aspectos básicos da biologia celular, provavelmente regulando expansão celular. Dois dos genes RALF, AtRALF1 e AtRALF23, quando sob o controle do forte promotor constitutivo 35S, mostram um fenótipo semi-anão característico. Intrigante é o fato de somente a expressão do AtRALF23 ser influenciada por brassinosteróides. Estes fatos sugerem que peptídeos hormonais RALF, apesar de altamente conservados, apresentam uma interação com outros hormônios bastante complexa. Nosso objetivo maior é esclarecer a função dos peptídeos RALF em plantas e a inter-relação existente entre os peptídeos e os demais hormônios vegetais. Com base na semelhança e dessemelhança estrutural e também no padrão de expressão, selecionou-se para o presente projeto as isoformas AtRALF1 e AtRALF34. A obtenção de plantas silenciadas e com altos níveis de expressão para ambos os genes será a estratégia para avaliação da função primária dos mesmos. A análise de expressão gênica em larga escala destas plantas e testes de complementação hormonal seguidos da avaliação dos efeitos isolados dos demais hormônios vegetais, complementará o que acreditamos ser um conjunto de informações que ampliará nosso conhecimento sobre os peptídeos da família RALF. (AU)

Resumo

Carrapatos são ectoparasitas de mamíferos domésticos, silvestres e de humanos e estão entre os vetores de maior importância médica na transmissão de doenças, tornando-se um crescente problema de saúde pública. A região do Parque Nacional da Serra da Canastra (PNSC), MG, tem sofrido alta pressão antrópica através da pecuária extensiva e agricultura. De um lado, canídeos selvagens são freqüentemente encontrados circulando nas fazendas do entorno. Do outro, cães domésticos freqüentam a área do PNSC. A sobreposição de áreas facilita a transmissão dos parasitos entre espécies. Estudos anteriores demonstraram que lobos-guará podem ser acometidos por espécies de carrapatos características de cães domésticos. O objetivo principal deste trabalho é verificar a ocorrência de patógenos transmitidos por carrapatos em lobos-guará e cães domésticos do PNSC e arredores. Para tanto, utilizaremos testes sorológicos (Reação de Imunofluorescência Indireta) para verificar a soroprevalência de Ehrlichia spp. e Ehrlichia spp. e moleculares (Reação de Polimerase em Cadeia) para verificar a ocorrência de Anaplasma spp., Babesia spp., Ehrlichia spp., Hepatozoon spp. e Rickettsia spp. Ainda, as freqüências de cada espécie de carrapato, assim como as freqüências de positividade por patógenos transmitidos por carrapatos serão confrontados com o tipo de ambiente que o animal freqüenta (definido em um projeto paralelo que determina a área de vida dos lobos através de radiotelemetria) com o intuito de estabelecer relações significativas entre os parasitos em questão e o contato com ambientes silvestres ou domésticos. As informações obtidas servirão de subsídios tanto para saúde pública como para programas de conservação da espécie na região. (AU)

Resumo

O imprinting genômico, processo regulado epigeneticamente segundo o qual os genes se expressam de acordo com sua origem parental (paterna ou materna), está envolvido no desenvolvimento placentário. Na região cromossômica 11p15.5 encontram-se vários genes importantes para o desenvolvimento fetal e da placenta, os quais são regulados por duas principais regiões controladoras de imprinting (ICR1 e 2) onde se encontram as regiões diferencialmente metiladas KvDMR1 e H19DMR. O presente trabalho tem como objetivos verificar a influência da idade gestacional no perfil epigenético placentário, bem como a existência de mosaicismo em relação ao padrão de metilação dentro de uma mesma placenta. Serão selecionadas 35 placentas sendo 15 do terceiro trimestre de gestação, 15 do segundo e cinco do primeiro. Adicionalmente, serão avaliadas quatro regiões distintas de quatro placentas de gestações a termo. Após extração do DNA de tecido placentário, serão utilizadas técnicas de Biologia Molecular [Reação em Cadeia da Polimerase Específica para a Metilação (MS-PCR), Análise Combinada de Bissulfito e Restrição Enzimática (COBRA) e Método de Digestão Enzimática Sensível à Metilação Associada à PCR em Tempo Real] para o estudo do padrão de metilação da KvDMR1 e da H19DMR. Os resultados obtidos poderão fornecer informações sobre se a metilação do DNA apresenta variações durante a gestação, principalmente em relação a estágios precoces dos quais há poucos dados na literatura. Por outro lado, a pesquisa de mosaicismo na placenta auxiliará na forma de coleta futura de amostras e na verificação da ocorrência de erros em análises de um único fragmento. (AU)

Resumo

A natureza da alma (psyché) é o assunto central do estudo que propomos; a filosofia platônica, sua plataforma teórica. Procuraremos em primeiro lugar, com base na República e apoio no Fédon e no Banquete, introduzir separadamente as três modalidades principais nas quais a psyché se manifesta segundo o autor: a racional (logistikón, vinculada à razão), a irascível (thumoides, relacionada aos sentimentos ou emoções) e a apetitiva (epithymetikón, ligada aos desejos). A seguir, e com base exclusivamente na República, atenderemos à concepção platônica da relação entre as partes da alma e sua articulação na unidade. Estudaremos a "teoria da alma tripartida" procurando mostrar (i) o modo em que Platão estabelece e justifica a hierarquia interna das partes da psyché, coroada pela razão; (ii) os modos alternativos de organização das mesmas, dedicando especial atenção àqueles considerados "deficientes" ou conflituosos. Finalmente, (iii) investigaremos a possibilidade de defender a tese de que o conflito das partes da alma é próprio de sua natureza, estudando os tipos de conflito que Platão destaca, as possibilidades de resolução dos mesmos e os limites dessas possibilidades. (AU)

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo estudar fatores de risco e proteção para transtornos mentais em crianças e adolescentes vítimas de violência doméstica; e, sob a perspectiva da promoção da saúde, verificar propostas de encaminhamento em relação ao projeto terapêutico individual de cada criança, adolescente e sua família. Busca-se realizar uma caracterização e contextualização sócio-econômica e cultural dos sujeitos; conhecer o histórico de violência doméstica nas famílias das crianças e adolescentes estudados; conhecer a a relação existente entre o fenômeno da violência doméstica (nos seus diferentes tipos) e o aparecimento de sinais e sintomas que possam resultar em transtornos mentais na infância e adolescência; estimar a prevalência de transtornos psiquiátricos em crianças e adolescentes vítimas de violência doméstica de um Serviço Especializado no município de Campinas e apontar fatores de risco e proteção para transtornos mentais.Este estudo irá utilizar as abordagens quantitativa e qualitativa, sendo sujeitos desta pesquisa crianças e adolescentes vítimas de violência doméstica (de 4 a 16 anos de idade) e suas famílias, atendidos em um Serviço Especializado no atendimento de crianças e adolescentes vítimas de violência doméstica no Município de Campinas, além dos professores e profissionais que acompanham as famílias no Serviço Especializado (psicólogos e assistentes sociais). Para a coleta de dados, serão aplicados instrumentos e técnicas estruturadas, entrevista semi-estruturada e grupo focal. Ao levantar questionamentos sobre o presente tema, pretende-se contribuir com conhecimento ao campo científico e auxiliar os profissionais que atuam nas áreas de saúde e social. Espera-se também abrir espaço para buscar garantir a integralidade do cuidado e o avanço na efetivação dos direitos das crianças e adolescentes, principalmente visando o tratamento, a prevenção e a promoção de saúde. (AU)

9 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s)
Marcar todos desta pagina | Limpar seleção