site da FAPESP
 

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Auxílios à Pesquisa
Área do conhecimento
593 resultado(s)
|

XXXVII congresso paulista de fitopatologia

Beneficiário:Marcelo Agenor Pavan
Instituição: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Marcelo Agenor Pavan
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Processo:13/20899-8
Vigência: 11 de fevereiro de 2014 - 13 de fevereiro de 2014
Assunto(s):FitopatologiaControleDoenças de plantasFitopatógenosResistênciaVetores

Recobrimentos em aços utilizando ligas metálicas de alta tendência de formação de fase amorfa

Beneficiário:Walter José Botta Filho
Instituição: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Walter José Botta Filho
Pesquisador visitante: Robert Schulz
Instituição do pesquisador visitante: Institut De Recherche D'Hydro-Quebec (Canadá)
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia Física
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Processo:13/17020-4
Vigência: 16 de novembro de 2013 - 30 de novembro de 2013
Assunto(s):Recobrimentos
Resumo
O Dr. Robert Schulz possui grande experiência em pesquisa na área de materiais avançados associados à energia, foco principal do seu trabalho há muitos anos.O Dr. Schulz pesquisa materiais metaestáveis, amorfos e nanoestruturados em conexão com a tecnologia para o desenvolvimento do uso do hidrogênio como vetor energético, além de temas associados a eletrolise, células combustíveis, etc. De fato ele possui um enorme número de publicações e patentes em áreas que são diretamente de interesse atual do nosso grupo de pesquisa, tais como materiais para armazenagem de hidrogênio, e diversos tipos de recobrimento para proteção e manutenção de componentes utilizados na indústria de energia. A atuação do pesquisador é na companhia canadense HydoQuebec, uma das mas importantes do setor energético a nível mundialAs atividades do Dr. Schulz no DEMa beneficiarão diretamente 03 projetos de pesquisa financiados pela FAPESP e CNPq em temas associados ao desenvolvimento e propriedades de ligas metálicas amorfas, metaestáveis e nano-estruturadas. Além destes benefícios, o Dr. Schulz também estará participando como conferencista convidado, do 1º Encontro de Ciência e Engenharia de Materiais: Energia, Sustentabilidade e Inovação (ECEM) a ser realizado na UFSCar, São Carlos, Brasil, de 27 a 29 de novembro de 2013 (http://www.demaex.org.br/ecem/. Neste encontro ele deverá ministrar a palestra Nanostructured Coatings for Improving Energy Efficiency. (AU)

Moduladores imunofarmacológicos salivares de artrópodes hematófagos

Beneficiário:Fernando de Queiroz Cunha
Instituição: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Fernando de Queiroz Cunha
Pesquisador visitante: Jose Marcos Chaves Ribeiro
Instituição do pesquisador visitante: National Institutes of Health (NIH) (Estados Unidos)
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Processo:13/09434-3
Vigência: 06 de novembro de 2013 - 05 de fevereiro de 2014
Assunto(s):Inflamação
Resumo
Nosso grupo de pesquisa vem desenvolvendo estudos sobre a fisiopatologia do processo inflamatório, tendo gerado uma vasta literatura sobre o tema nas últimas décadas e contando atualmente com o financiamento da FAPESP no âmbito de um Projeto Temático intitulado "Mecanismos envolvidos na fisiopatologia da artrite reumatóide, dor e sepse" (Processo 2011/19670-0). Nossa meta é desenvolver uma investigação translacional nessa área, sendo um de nossos alvos os potenciais efeitos imunofarmacológicos presentes na saliva de vetores hematófagos e sua caracterização bioquímica. Nesse contexto, encaminhamos a presente solicitação de Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante, para receber o Dr. José Marcos Ribeiro, chefe da Section of Vector Biology, National Institute of Allergy and Infectious Diseases (NIAID/NIH) por um período de 3 meses. O Dr. Ribeiro é uma liderança internacional na área de Entomologia Médica, com ênfase nas propriedades biológicas da saliva de artrópodes vetores. Seu grupo já publicou mais de 250 trabalhos e desenvolveu uma plataforma de bioinformática que, associada aos bioensaios desenvolvidos em nosso laboratório, pode gerar um banco de dados interessante com as atividades dos componentes salivares. Durante sua visita, o Dr. Ribeiro irá participar da criação de uma rede de interação entre os grupos nacionais e do NIAID/NIH cujo Protocolo de Intenções já foi assinado, auxiliar no estabelecimento de uma plataforma racional para purificação e caracterização das moléculas salivares, na capacitação de técnicos, pós-graduandos e pesquisadores em tecnologias e metodologias que não são de domínio comum no país e também ministrando um curso em nível de Pós-Graduação. Acreditamos que a presença desse renomado pesquisador será um diferencial importante para nosso grupo e para a Instituição, além de contribuir com os esforços de internacionalização da Universidade de São Paulo. (AU)

Anatomia ultraestrutural de ácaros de interesse agrícola e ambiental

Beneficiário:Elliot Watanabe Kitajima
Instituição: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Elliot Watanabe Kitajima
Pesquisador visitante: Antonella di Palma
Instituição do pesquisador visitante: Università degli Studi di Foggia (Itália)
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Processo:13/06668-3
Vigência: 01 de novembro de 2013 - 31 de janeiro de 2014
Assunto(s):Microscopia eletrônicaÁcaros
Resumo
Desenvolver pesquisas cooperativas sobre anatomia ultraestrutural de ácaros de interesse agrícola e ambiental (pragas, vetor de vírus de plantas, predadores, participantes de ecossistemas) com pesquisadores da ESALQ. Ministrar curso de treinamento sobre anatomia ultraestrutural de ácaros na ESALQ, a fim de promover esta linha de pesquisa no país. Seminários no curso de PG Entomologia e Acaroloagia da ESALQ. Visitas a instituições onde se desenvolvem pesquisas em acarologia. (AU)

Modelos animais para o estudo da metástase

Beneficiário:Márcia Regina Cominetti
Instituição: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Márcia Regina Cominetti
Pesquisador visitante: Normand Pouliot
Instituição do pesquisador visitante: Peter Maccallum Cancer Centre (Austrália)
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Processo:13/00719-5
Vigência: 24 de outubro de 2013 - 05 de novembro de 2013
Assunto(s):NeoplasiasMetástase neoplásicaEvasão tumoral
Resumo
O câncer é a segunda maior causa de mortes no mundo, precedida somente pelas doenças cardiovasculares. Neste sentido, estudos que visem compreender os mecanismos envolvidos com a formação dos tumores e o processo de metástase são de extrema importância. O câncer é uma doença progressiva e sua característica mais insidiosa é a propagação das células tumorais, com comprometimento de órgãos distantes através de um complexo processo conhecido como metástase. Está bem estabelecido que o desenvolvimento do câncer e a formação de metástases geralmente seguem um curso de progressão através de etapas cada vez mais agressivas e resistentes ao tratamento, as quais refletem o acúmulo de alterações moleculares e celulares. Enquanto que o início do desenvolvimento tumoral é reflexo de uma hiperproliferação celular, através de ativação direta da maquinaria do ciclo celular ou das vias de sinalização que diretamente regulam o ciclo celular, a progressão para malignidade é reflexo de mudanças na relação íntima entre as célula tumorais e o microambiente do hospedeiro. Por esta razão, modelos animais proporcionam um cenário fisiologicamente relevante para o estudo do processo metastático. As tentativas para modelar experimentalmente o processo metastático começam com ensaios in vitro concebidos para recapitular as fases individuais de tal processo, tais como a migração e a invasão celular. Entretanto, a natureza complexa do processo metastático exige sistemas experimentais mais fidedignos ao processo que ocorre fisiologicamente, in vivo. Em camundongos, vários ensaios experimentais são utilizados para modelar a metástase, há vantagens e desvantagens de cada um deles. O Dr. Normand Pouliot utiliza diferentes linhagens celulares de câncer de mama, provenientes de populações clonais derivadas de um carcinoma de mama espontâneo em camundongos BALB/cfC3H. Dentre essas linhagens derivadas, as células 66cl4 são pouco metastáticas, mas chegam a formar metástases pulmonares. O Dr. Normand estuda, dentre outros, a função da integrina beta3 e para tal, transfecta a linhagem 66cl4 com um vetor contendo o gene da subunidade beta3, sendo denominada 66cl4beta3. Estas células expressam a integrina beta3 e formam metástase óssea. Outra linhagem derivada é a 4T1, capaz de formar metástase em múltiplos órgãos. A partir dela, duas linhagens que apresentam maior agressividade foram isoladas, a linhagem 4T1.2 e 4T1BM2. Estas células chegam a formar metástases em tecidos moles e ossos. Essas últimas linhagens expressam as integrinas beta3 e beta4, relevantes para o estudo de suas funções durante os passos da metástase. Para um maior entendimento da função das integrinas tumorais e estromais na metástase, o laboratório do Dr. Normand possui as linhagens celulares 4T1.2 e 4T1BM2 e animais knockdown para a integrina beta3. A linhagem MDA-MB-231 também é utilizada por seu grupo de pesquisa, no mesmo modelo animal, mas utilizando camundongos imunocomprometidos, para verificar a função inibitória de proteínas específicas ou produtos naturais na formação de metástases. Todas as linhagens celulares são transfectadas com um plasmídeo contendo o gene da resistência à neomicina para que seja possível discriminar as células tumorais do tecido endógeno do camundongo através do ensaio de qRT-PCR. (AU)

Variedades Bethe e representações corespondentes

Beneficiário:Vyacheslav Futorny
Instituição: Instituto de Matemática e Estatística (IME). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Vyacheslav Futorny
Pesquisador visitante: Alexander Molev
Instituição do pesquisador visitante: University of Sydney (Austrália)
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Matemática - Álgebra
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Processo:13/01770-4
Vigência: 15 de agosto de 2013 - 14 de setembro de 2013
Assunto(s):Álgebras de Lie
Resumo
O objetivo principal do projeto é estudar as generalizações de matrizes de Manin e construções de vetores de Segal-Sugawara e seus autovalores em módulos de Wakimoto usando a técnica de $R$-matrizes, de variedade de Bethe e álgebras de vertex. Também, esta teoria será generalizada para o caso de superálgebras. (AU)

XVII encontro anual Arthromint

Beneficiário:Margareth de Lara Capurro Guimarães
Instituição: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Margareth de Lara Capurro Guimarães
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Processo:13/02682-1
Vigência: 31 de julho de 2013 - 03 de agosto de 2013
Assunto(s):Biologia molecularBioquímicaHelminthesInsetos

A multi-locus approach to barcoding in the Anopheles strodei subgroup (Diptera: Culicidae)

Beneficiário:Maria Anice Mureb Sallum
Instituição: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Maria Anice Mureb Sallum
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Processo:13/07121-8
Vigência: 01 de junho de 2013 - 30 de novembro de 2013
Assunto(s):Anopheles
Resumo
A capacidade de identificar com sucesso e incriminar vetores de patógenos é fundamental para controle de doenças de transmissão indireta com a participação de insetos vetores. Esta tarefa é confundida pela existência de complexos de espécies crípticas. Marcadores moleculares podem oferecer um meio muito eficaz para a identificação de espécies de tais complexos e são rotineiramente empregados no estudo de entomologia médica. Aqui podemos avaliar um sistema de multi-gênico para a identificação de potenciais vetores da malária no subgrupo Anopheles strodei.As larvas, pupas e mosquitos adultos (n = 61) do subgrupo Strodei foram coletados de 21 localidades em nove estados brasileiros e sequenciados para os genes COI, ITS2 e White. Uma abordagem filogenética Bayesiana foi usada para descrever as relações dentre os membros do subgrupo strodei . A utilidade dos marcadores COI e ITS2 foi avaliada.Os resultados das análises filogenéticas Bayesiana dos genes COI, ITS2 e Whitedemonstraram a presença sete agrupamentos dentro do subgrupo. Os códigos de barras COI e ITS2 foram individualmente avaliados em resolução e identificação de espécies do subgrupo. O COI não conseguiu resolver An. albertoi e An. strodei, enquanto que o código de barras ITS2 não conseguiu resolver An. arthuri , identificando com sucesso cerca de 60% de todas as espécies. A análise multiloci COI-ITS2, no entanto, permitiu recuperar todas as espécies.Nosso estudo confirmou a existência de An. albertoi, An. Forma CP e An. strodei como membros do subgrupo An. strodei e identificou quatro espécies que haviam sido confundidas com An. arthuri. Essas formas foram denominadas An. arthuri A-D. A utilização de um código de barras de multi-locus deverá ser proposta para a identificação das espécies, o poderá ter utilidade para a identificação correta e incriminação dos mosquitos vetores. Indivíduos previamente encontrados naturalmente infectados com Plasmodium vivax no sul da bacia Amazônica e relatado como sendo de An. strodei parecem ser susceptíveis à infecção por plasmódios humanos. (AU)

Investigação dos fatores que potencialmente afetam a suscetibilidade de populações nativas de Plutella xylostella (L.) (Lepidoptera: Plutellidae) a toxinas Cry de Bacillus Thuringiensis

Beneficiário:Ricardo Antonio Polanczyk
Instituição: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Ricardo Antonio Polanczyk
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:12/20519-8
Vigência: 01 de abril de 2013 - 31 de dezembro de 2013
Assunto(s):Controle fitossanitárioControle biológico de vetoresToxinas bacterianasPragas de plantasInsetos
Resumo
Plutella xylostella (L.) (Lepidoptera: Plutellidae) é a praga mais importante de crucíferas em todo o mundo e tanto inseticidas sintéticos e biológicos são utilizados no seu controle. Os biopesticidas mais comuns utilizados para controlar P. xylostella são baseados na bactéria entomopatogênica Bacillus thuringiensis (Bt), mas existem relatos de variações na suscetibilidade a Bt entre diferentes populações de P. xylostella e elevados níveis de resistência no campo e laboratório. Recentemente, pesquisadores têm destacado que a composição da flora do intestino médio pode afetar a suscetibilidade de insetos ao Bt e algumas dúvidas sobre o modo de ação desta bactéria surgiram devido ao novo modelo proposto para a interação inseto x Bt, possivelmente envolvendo o gene ABCC2 como transportador da toxina nas microvilosidades apicais das células do intestino médio do inseto. O objetivo desta pesquisa é obter informações sobre esses fatores recentemente identificados que podem afetar a suscetibilidade dos insetos ao Bt (bactérias do intestino médio e que o transportador ABCC2) e investigar possíveis correlações entre estes, outros parâmetros fisiológicos, e a susceptibilidade de lagartas de cinco populações brasileiras de P. xylostella a três toxinas Bt (Cry1Ac, Cry1Ie Cry2Aa e), que possuem diferentes receptores no intestino médio deste inseto. (AU)

Padronização de procedimento histológico para detecção de substâncias tóxicas por meio de imunohistoquímica em larvas de dípteros de importância forense

Beneficiário:Arício Xavier Linhares
Instituição: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Arício Xavier Linhares
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Processo:13/03237-1
Vigência: 01 de abril de 2013 - 30 de setembro de 2013
Assunto(s):Fixadores
Resumo
A técnica de imunohistoquímica é uma análise toxicológica alternativa para a detecção de drogas em insetos de importância forense, mas necessita de um processo histológico minucioso. Neste estudo nós testamos diferentes fixadores - paraformaldeído tampão fosfato 4% (PP), fluído de Carnoy (CF), solução de Kahle (KS), etanol em diferentes concentrações e etanol associado ao PP e CF - tempo de fixação e processos histológicos para tecidos larvais de dípteros, a fim de desenvolver um protocolo de preparação de amostras para a aplicação da técnica imunohistoquímica. A fixação mais adequada foi alcançada usando o PP por 12 e 24 h, o CF por 3h, o etanol 70%/CF por 2h/3h. A pós-fixação usando pressão negativa, duas imersões em xilol por 30 min cada e uma em xilol mais parafina por 45 min aumentaram a preservação dos tecidos. Um teste imunohistoquímico para a detecção de cocaína foi realizado usando anticorpo monoclonal de camundongo benzoilecognina, IgG anti-camudongo com peroxidase conjugada e visualizado pelo método de revelação com 3,3'-diaminobenzidina mostrou que os procedimentos histológicos feitos não comprometeram a antigenicidade. (AU)

Glytube: um alimentador artificial de sangue para o vetor de dengue Aedes aegypti, baseado em um tubo cônico e parafilme

Beneficiário:Margareth de Lara Capurro Guimarães
Instituição: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Margareth de Lara Capurro Guimarães
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Processo:12/23928-6
Vigência: 01 de março de 2013 - 31 de agosto de 2013
Assunto(s):Insetos vetoresAedes aegyptiDengue
Resumo
Aedes aegypti, o principal vetor do vírus da dengue, necessita de uma refeição de sangue para produzir ovos. Embora animais vivos ainda são a fonte de sangue principal para colônias de laboratório, muitos alimentadores artificiais estão disponíveis. Estes alimentadores também utilizados a infecção oral de Ae. aegypti com o vírus da dengue. No entanto, a maior parte deles são caros ou laboriosa de construir. Com base alimentador Rutledge, nos desenvolvemos um alimentador,utilizando um tubo cónico convencional, glicerol e Parafilm-M.A eficacia da alimentação sanguínea desse aparelho foi comparada a uma fonte de sangue de animais vivos (camundongos)sendo que nao foi observada diferenças significativas (p = 0,1189). Nos alimentados artificialmente (51, 3% de ingurgitamento) e ratos alimentados com grupos (40,6%). Assim, um alimentador fácil de montar e de baixo custo artificial, designado "Glytube" foi desenvolvido no presente trabalho. Este dispositivo de alimentação simples e eficiente pode ser construído com materiais de laboratório comuns para a investigação em Ae.aegypti. (AU)

RTI - 2010-2012 - plano anual de aplicação da parcela institucional da reserva técnica

Beneficiário:Horacio Manuel Santana Teles
Instituição: Superintendência de Controle de Endemias (SUCEN). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Horacio Manuel Santana Teles
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reserva Técnica para Infra-estrutura Institucional de Pesquisa
Processo:12/51554-3
Vigência: 01 de março de 2013 - 28 de fevereiro de 2014

Testes de hipótese em modelos de efeitos fixos e mistos e suas aplicações para preditores em ANCOVA e regressão não paramétrica

Beneficiário:Ronaldo Dias
Instituição: Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica (IMECC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Ronaldo Dias
Pesquisador visitante: Michael G. Akritas
Instituição do pesquisador visitante: Pennsylvania State University (Estados Unidos)
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Probabilidade e Estatística - Estatística
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Processo:12/22603-6
Vigência: 25 de fevereiro de 2013 - 18 de março de 2013
Assunto(s):Estimação não paramétricaAnálise de variância
Resumo
Seja X um vetor de variáveis preditoras disponíveis e Y a variável resposta. Sob o modelo não-paramétrico Y = m(X)+(X), Zambom e Akritas (2012) propuseram um teste baseado em técnicas de ANOVA de um fator quando o número dos níveis cresce para infinito. Além disso, utilizando os resultados deste teste de hipótese, Zambom e Akritas sugeriram um algoritmo de seleção de variáveis usando controle de nível FDR (False Discovery Rate). O algoritmo apresenta bons resultados em simulações, mas suas propriedades assintóticas ainda não foram exploradas. Portanto, o objetivo principal deste projeto é estudar a consistência teórica deste método. Outra proposta é estudar novas metodologias que permitam usar esse tipo de teste de hipótese e seleção de variáveis em modelos mistos. (AU)

Módulos irredutíveis sobre álgebras de Lie de campos vetoriais sobre torus

Beneficiário:Vyacheslav Futorny
Instituição: Instituto de Matemática e Estatística (IME). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Vyacheslav Futorny
Pesquisador visitante: Yuly Billig
Instituição do pesquisador visitante: Carleton University (Canadá)
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Matemática - Álgebra
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Processo:12/14961-0
Vigência: 12 de fevereiro de 2013 - 17 de abril de 2013
Assunto(s):Álgebras de Lie
Resumo
Trata-se um projeto de pesquisa de estudo de representações irredutíveis de álgebras de Lie de campos vetoriais sobre um torus. O objetivo principal e obter uma classificação de tais módulos usando a técnica de módulos conduzidos. (AU)

Seasonal population dynamics and the genetic structure of the mosquito vector Aedes aegypti in São Paulo, Brazil

Beneficiário:Paulo Eduardo Martins Ribolla
Instituição: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Paulo Eduardo Martins Ribolla
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Processo:12/18394-2
Vigência: 01 de outubro de 2012 - 31 de março de 2013
Assunto(s):Dengue
Resumo
Population genetic studies of insect vectors can generate knowledge to improve epidemiological studies focused on the decrease of pathogen transmission. In this study, we used 9 SNPs across the Aedes aegypti genome to characterize seasonal population variations of this important dengue vector. Mosquito samples were obtained by ovitraps placed over Botucatu SP from 2005 to 2010. Our data show that, regardless of the large variation in mosquito abundance (deduced from the number of eggs obtained from ovitraps) the effective population size remained stable over the years. These results suggest that Ae. aegypti is able to maintain a sufficiently large active breeding population during the dry season to keep genetic frequencies stable. These results open new perspectives on mosquito survey and control methods. (AU)

Caracterização do microbioma de pele de raças de bovinos geneticamente resistentes e Sucetíveis ao carrapato do boi, Rhipicephalus microplus

Beneficiário:Isabel Kinney Ferreira de Miranda Santos
Instituição: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Isabel Kinney Ferreira de Miranda Santos
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:12/13708-9
Vigência: 01 de outubro de 2012 - 30 de setembro de 2013
Assunto(s):Carrapatos
Resumo
Antecedentes: O carrapato do boi, Rhipicephalus microplus, apresenta uma enorme preferência por bovinos, mas raças zebuínas são altamente resistentes a infestações com esse parasita. A especificidade do vetor por hospedeiros é ditado pelo repertório de semioquímicos produzidos pelos hospedeiros e que pode diferir entre bovinos apresentando fenótipos contrastantes e herdáveis de infestações com carrapatos. Muitos semioquímicos são gerados por meio da ação da microbiota da pele sobre secreções dos hospedeiros. A diversidade e abundância da microbiota de nichos anatômicos de camundongos e humanos é determinado pela composição genética de indivíduos, é correlacionada com a expressão de diferentes peptídeos antimicrobianos e resulta em atratividade diferenciada a vetores. Resultados Preliminares: 1) genes que codificam peptídeos antimicrobianos são expressos diferencialmente entre pele de bovinos geneticamente resistentes ou suscetíveis ao carrapato; 2) a composição do microbioma fecal dessas raças apresenta diferenças significativas na abundância de certos gêneros; 3) esfregaços de pele das raças apresenta diferenças na atraentabilidade para R. microplus. Objetivos: Descrever o microbioma de pele de duas raças comerciais de bovinos que são geneticamente resistentes ou suscetíveis ao R. microplus. Métodos: Genes de rRNA 16S serão amplificados em DNA extraído de micróbios de pele empregando-se primers para as regiões V5-V6 16S RNA seguido de pirossequenciamento. Índices de diversidade e abundância microbiana serão extraídos. Posicionamentos taxonômicos serão atingidos em nível de filo, família e gênero. Analisaremos a literatura disponível para cada gênero representado diferencialmente a fim de determinar se há diversidade que possa gerar semioquímicos que afetam o comportamento de carrapatos. Resultados Esperados: Determinaremos se existem diferenças na composição do microbioma de pele de duas raças de bovinos que apresentam fenótipos contrastantes e herdáveis de infestações com carrapatos. (AU)

Vinda de pesquisador visitante - Diana Scorpio (Johns HOPKINS school of Medicine) - colaboração em projeto de pesquisa e em disciplina de pós-graduação

Beneficiário:Rosangela Zacarias Machado
Instituição: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Rosangela Zacarias Machado
Pesquisador visitante: Diana Gerardi Scorpio
Instituição do pesquisador visitante: Johns Hopkins School Of Medicine (Estados Unidos)
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Processo:12/07571-0
Vigência: 08 de setembro de 2012 - 21 de setembro de 2012
Assunto(s):Amblyomma cajennenseAnaplasma phagocytophilum
Resumo
O pesquisador visitante contribuirá no desenvolvimento do projeto de pesquisa intitulado "AVALIAÇÃO DA COMPETÊNCIA VETORIAL DE CARRAPATOS DAS ESPÉCIES Amblyomma cajennense, Amblyomma triste E Rhipicephalus (Boophilus) microplus NA TRANSMISSÃO DO AGENTE DA ANAPLASMOSE GRANULOCÍTICA (Anaplasma phagocytophilum) - Processo FAPESP número 2011/20501-9 " e na disciplina de Pós-Graduação intitulada "Reconhecimento das Riquetsioses do homem e dos animais: epidemiologia, diagnóstico e tratamento" (AU)

45th Annual Meeting of the Society for invertebrate pathology

Beneficiário:Carlos José Pereira da Cunha de Araújo Coutinho
Instituição: Superintendência de Controle de Endemias (SUCEN). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Carlos José Pereira da Cunha de Araújo Coutinho
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reunião - Exterior
Processo:12/13732-7
Vigência: 05 de agosto de 2012 - 09 de agosto de 2012

XVI encontro anual do grupo Arthromint

Beneficiário:Margareth de Lara Capurro Guimarães
Instituição: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Margareth de Lara Capurro Guimarães
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Processo:12/03716-4
Vigência: 01 de agosto de 2012 - 04 de agosto de 2012
Assunto(s):DengueHelminthesArtrópodesInsetosMalária

Análise de modulação de amplitude para diagnóstico semi-automático da Doença de Alzheimer baseado em EEG (título original: EEG amplitude modulation analysis for Semi-Automated diagnosis of Alzheimer's disease)

Beneficiário:Francisco José Fraga da Silva
Instituição: Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas (CECS). Universidade Federal do ABC (UFABC). Santo André, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Francisco José Fraga da Silva
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Bioengenharia
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Processo:12/14793-0
Vigência: 01 de agosto de 2012 - 28 de fevereiro de 2014
Resumo
Evidências experimentais recentes têm sugerido um défice neuromodulatório na doença de Alzheimer (DA). Neste artigo, apresentamos uma nova métrica com base no eletroencefalograma (EEG), para caracterizar quantitativamente a atividade neuromodulatória. Mais especificamente, a taxa de mudança na modulação de amplitude do EEG de tempo curto (isto é, a frequência modulante) é calculada para cinco sub-bandas de EEG. Para testar o desempenho da métrica proposta, foi realizada uma tarefa de classificação em um banco de dados de 32 participantes, dividido em três grupos de tamanho aproximadamente igual: idosos saudáveis (controle), pacientes diagnosticados com DA leve e outros idosos com os graus entre moderado e grave da doença. Para avaliar os benefícios do novo método, os resultados de desempenho foram comparados com os obtidos usando parâmetros espectrais (pico de espectro) do EEG, que recentemente têm se mostrado superiores a outros métodos convencionais de EEG quantitativo. Usando um algoritmo de seleção de atributos baseado na maximização da área sob a curva de distribuição dos dados e um classificador utilizando máquinas de vetores de suporte, os parâmetros propostos apresentaram ganhos de precisão, em relação aos parâmetros de pico espectral, de 21,3% para discriminar os três grupos e de 50% quando os dois grupos com DA (leve e moderada a severa) foram fundidos em um único grupo. Os resultados preliminares aqui relatados nos dão a promissora perspectiva de que ferramentas automatizadas podem ser desenvolvidas para ajudar os médicos no diagnóstico precoce da DA, bem como fornecer aos pesquisadores uma ferramenta para automaticamente caracterizar interações entre bandas de frequência do EEG e suas mudanças com a evolução da doença. (AU)

Mass production of RIDL Aedes aegypti for field releases in Brazil

Beneficiário:Margareth de Lara Capurro Guimarães
Instituição: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Margareth de Lara Capurro Guimarães
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Processo:12/11203-7
Vigência: 01 de agosto de 2012 - 31 de março de 2014
Assunto(s):Aedes aegyptiProdução em massa
Resumo
Para ocorrer a supressão de populações de Aedes aegypti utilizando a tecnologia RIDL, um grande numero de mosquitos precisam ser liberados. Para isso é necessário a criação da produção em massa assim como a otimização dos sistema para a obtenção do maior numero de machos de alta qualidade para a reprodução no meio ambiente. (AU)

64ª Reunião Anual da SBPC

Beneficiário:João Aristeu da Rosa
Instituição: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Pesquisador responsável:João Aristeu da Rosa
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reunião - Brasil
Processo:12/10186-1
Vigência: 22 de julho de 2012 - 01 de agosto de 2012
Assunto(s):EntomologiaRhodniusTriatominae

II curso de biologia de artrópodes vetores (II CBAV)

Beneficiário:Sirlei Daffre
Instituição: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Sirlei Daffre
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Processo:12/08719-1
Vigência: 15 de julho de 2012 - 14 de outubro de 2012
Assunto(s):ControleArtrópodes

Caracterização dos mecanismos moleculares do reparo de quebra de duplas fitas no DNA mitocondrial

Beneficiário:Nadja Cristhina de Souza Pinto
Instituição: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Nadja Cristhina de Souza Pinto
Pesquisador visitante: Carlos Torres Moraes
Instituição do pesquisador visitante: University of Miami (Estados Unidos)
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Processo:12/02339-2
Vigência: 16 de maio de 2012 - 19 de maio de 2012
Assunto(s):Recombinação genéticaDNA mitocondrialEstresse oxidativo
Resumo
Nosso grupo desenvolve um projeto em colaboração com o Dr. Carlos Moraes visando caracterizar bioquimicamente a via de reparo de quebras de fitas duplas em DNA em mitocôndrias de células de mamíferos. Para identificarmos as proteínas necessárias para essa via de reparo, estamos utilizando um desenho experimental em que uma única quebra de fita dupla é introduzida no DNA mitocondrial in situ, através da expressão controlada de uma enzima de restrição bacteriana que foi modificada para ser expressa corretamente em células de mamíferos, e que contém um peptídeo sinal para a localização mitocondrial. Esse sistema permite uma caracterização mais específica das proteínas que se ligam ao sítio da quebra, uma vez que sabemos exatamente em qual sequência de DNA a quebra foi introduzida. Essa endonuclease foi desenvolvida pelo grupo do Dr. Moraes, e o plasmídeo de expressão já foi enviado ao nosso grupo. A aluna Valquiria Tiago Santos está agora transferindo o gene da enzima para o vetor adequado para a expressão no nosso sistema celular. Durante sua visita ao laboratório, o Dr. Moraes irá trabalhar com a aluna para agilizarmos a introdução das quebras. No primeiro dia da visita, iremos discutir os resultados obtidos até agora e desenhar uma nova estratégia experimental para garantir a expressão adequada da enzima. No segundo e terceiro dia, eles irão realizar o experimento de indução da enzima e verificação da indução da quebra observando o padrão de migração do mtDNA em gel de agarose. (AU)

Tradução de consultas usando morfologia melhorada e técnicas semânticas em um sistema estatístico de tradução automática (MorSeM)

Beneficiário:Renata Wassermann
Instituição: Instituto de Matemática e Estatística (IME). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Renata Wassermann
Pesquisador visitante: Marta Ruiz Costa-Jussa
Instituição do pesquisador visitante: Barcelona Media (BM) (Espanha)
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Processo:12/02131-2
Vigência: 06 de maio de 2012 - 30 de novembro de 2012
Assunto(s):Processamento de linguagem naturalTradução automática
Resumo
A relevância da recuperação da informação multilingue reside na presença de mais emais línguas em diferentes plataformas. Torna-se mais comum que indivíduos para explorem conjuntos de textos multilingues. Esta área de pesquisa é chamada de Recuperação de Informação Cross-lingual (CLIR), que é a circunstância em que um usuário tentarecuperar informações em um conjunto de documentos escritos em uma linguagem através de uma consulta em outroidioma.No contexto CLIR, este projeto pretende investigar novos métodos lingüísticos paratradução automática estatística (SMT) que maximizam a qualidade da tradução da consulta.Este projeto seria desenvolvido no contexto do Projeto OnAir (FAPESP2010/19111-9), que se concentra em facilitar a tarefa de buscar informações em vídeos longos português ou em inglês.Por um lado, a natureza das consultas é significativamente diferente do paradigma textoque é o objetivo dos sistemas de tradução automática. A motivação para a tradução de consultaencontra-se na tradução de termos específicos do domínio e isolado. Ao traduzir consultas, temos pouca ou nenhuma informação adicional sobre o contexto. Assim, os métodos padrão de tradução automática podem produzir um desempenho ruim.Por outro lado, devemos levar em conta que a área de tradução automática é altamente interdisciplinar e multidisciplinar uma vez que é abordada a partir do ponto de vista de tradutores, engenheiros, cientistas da computação, matemáticos e linguistas. Portanto,aproveitando isso, o objetivo principal do projeto é explorar diferentestécnicas de linguística e estatística (dando ênfase à morfologia e semântica) para seremutilizadas em um sistema de tradução automática estatística do estado da arte, a fim de traduzir corretamente consultas.Um dos principais problemas na tradução automática é ser capaz de escolher o significado correto, que envolve um problema de classificação ou de desambiguação. Ao mesmo tempo,um dos aspectos mais importantes da tradução de consultas é para superar o aspecto semântico da tradução. Além disso, a morfologia pode ser uma barreira para desambiguação semântica. Portanto, neste projeto iremos introduzir ferramentas de morfologia para tentar lidar com esses desafios. A fim de melhorar a precisão, é possível aplicar um método para disambiguar significados diferentes de uma única palavra. Vamos estudar a melhor forma de introduzir um dicionário bilíngüe para resolver problemas de desambiguação. Então vamos testar a introdução da informação de contexto da origem da consulta, a fim de resolver problemas de desambiguação através de segmentadores estatísticos como dice score, modelagem de espaço vetorial ou análise semântica latente. Vamos avaliar e comparar nossas novasmetodogias em termos de qualidade tanto para tradução automática quanto para CLIR.Uma vez que a metodologia proposta é estudada, analisada e comparada aossistemas de tradução baseados em estatística, vamos escolher a combinação de técnicas que apresenta os melhores resultados para a integração com o projeto OnAir. O sistema será integrado e adaptado à plataforma OnAir e traduzirá consultas e documentos (se necessário). A tradução automática de consultas permitirá assistir vídeos em um idioma (inglês ou português) e fazer perguntas em outra língua (português ou inglês). (AU)

Semigupo de recobrimento para sistemas de invariantes em Grupos de Lie

Beneficiário:Eyüp Kizil
Instituição: Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Eyüp Kizil
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Matemática - Geometria e Topologia
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:11/17476-2
Vigência: 01 de maio de 2012 - 31 de julho de 2013
Assunto(s):Teoria de sistemas e controleGrupos de LieRevestimentos (topologia algébrica)Semigrupos topológicosHomotopia
Resumo
Sejam G um grupo de Lie com elemento neutro eG e £ um cone na álgebra de Lie g de G. Consideremos g como o conjunto de campos de vetores invarianes à esquerda em G e assumiremos que satisfaça a condição de posto de álgebra de Lie. Pretendemos usar um formalismo geral desenvolvido por Sussman, entre outros, para obter uma estrutura de caráter algébrica sobre o espaço de recobrimento “(£,x), xG, apresentado recentemente por Colonius-Kizil-San Martin. Esse formalismo fornece um grupo de Lie de séries exponenciais de Lie e um subsemigrupo S que parametriza espaço de controles com séries de Chen. O objetivo principal do Projeto é procurar obter o recobrimento monotônico “(£,x) como quocientes apropriados do semigrupo S via relações de congruência em semigrupos. (AU)

Representações de (super)álgebras de Lie de campos vetoriais

Beneficiário:Vyacheslav Futorny
Instituição: Instituto de Matemática e Estatística (IME). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Vyacheslav Futorny
Pesquisador visitante: Dimitar Grantcharov
Instituição do pesquisador visitante: University of Texas at Arlington (UT Arlington) (Estados Unidos)
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Matemática - Álgebra
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Processo:11/21621-8
Vigência: 20 de abril de 2012 - 19 de junho de 2012
Assunto(s):Representação
Resumo
O objetivo deste projeto é estudar a teoria de representações de álgebras e superalgebras de Lie de dimensão infinita de campos vetoriais usando a técnica de localização. Nós vamos considerar a categoria de módulos de peso de álgebra de Lie de campos vetorias sobre um torus de dimensão N. No caso N=1 esta álgebra de Lie é a álgebra de Virasoro sem centro cujas representações de peso foram classificadas por O.Mathieu em 1992. Planejamos estender alguns resultados do famoso artigo do Mathieu para o caso de campos vetoriais com N maior de 1. Nossas ferramentas principais são a técnica de localização desenvolvida por O.Mathieu, D.Grantcharov e V.Serganova, e tambem os resultados recentes de Y.Billig e V.Futorny sobre representações induzidas de álgebras de Lie de campos vetoriais. (AU)

Regularização, perturbação singular e método Averaging aplicados a campos de vetores suaves por partes

Beneficiário:Tiago De Carvalho
Instituição: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Tiago De Carvalho
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Matemática - Geometria e Topologia
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:12/00481-6
Vigência: 01 de abril de 2012 - 31 de março de 2014
Assunto(s):Equações diferenciais ordináriasTeoria qualitativa
Resumo
Neste projeto de pesquisa estaremosinteressados em estudar tópicos inéditos referentes à Teoria Qualitativa das Equações Diferenciais Ordinárias. Mais especificamente, estudaremos campos de vetores suaves por partes e aplicaremos a estes as técnicas conhecidas como\textit{Regularização}, \textit{Perturbação Singular} e\textit{Método Averaging} para obter propriedades qualitativas de tais sistemas dinâmicos. Destacamos que a linha de estudo proposta neste projeto de pesquisa está ligada a temas já abordados em artigos publicados ou submetidos para publicação pelo pesquisador responsável em anos recentes. Desta forma, esperamos que durante avigência deste projeto vários artigos sejam escritos e publicados em revistas matemáticas conceituadas. (AU)

Desenvolvimento de um novo ensaio fenotípico baseado na região C2-V3 da gp120 do Vírus da Imunodeficiência Humana tipo 1 (HIV-1) para a determinação do tropismo viral

Beneficiário:Ricardo Sobhie Diaz
Instituição: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Ricardo Sobhie Diaz
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:11/17334-3
Vigência: 01 de abril de 2012 - 31 de março de 2014
Assunto(s):InfectologiaHIV-1Receptores CCR5Tropismo viralGenótiposFenótipos
Resumo
A entrada do HIV-1 nas células hospedeiras é um processo complexo evolvendo as proteínas do envelope do HIV-1; gp120 e gp41, um receptor celular, CD4, e correceptores celulares, tanto CCR5 quanto CXCR4. Vários estudos têm associado diferentes regiões no gene env como determinantes do tropismo pelo correceptor. Porém, a região V3 da gp120 é a principal determinante da especificidade pelo correceptor. Novos medicamentos antirretrovirais direcionados contra diferentes mecanismos da entrada do HIV-1 foram recentemente aprovados. O Maraviroc é o único antagonista de CCR5 comercialmente disponível. Uma vez que a atividade antagonista do CCR5 tem sido apenas demonstrada em pacientes que exibem exclusivamente variantes R5, a determinação do tropismo viral tem sido amplamente recomendada antes da prescrição do antagonista de CCR5. Um novo ensaio fenotípico é aqui proposto baseado em 450pb da região C2-V3 da gp120 do envelope do HIV-1. Utilizando-se a técnica de mutagênese sítio dirigida, a região C2-V3 da gp120 do pNL4.3 será deletada para obter o vetor pNL4.3V3. Fragmentos de 750 pb serão amplificados de amostras de pacientes compreendendo a região C2-V3 deletada com aproximadamente 150 pb de extensão em ambos os lados para permitir a recombinação homóloga durante a transfecção. Amostras de pacientes amplificadas por PCR e pNL4.3V3 serão cotransfectadas em células T 293 para obter partículas virais recombinantes e então permitir infectar linhagens de células CD4.U373. MAGI expressando tanto CCR5 quanto CXCR4 para determiner tropismo. Este ensaio irá reduzir a região para determinação do tropismo fenotípico para 450 pb da região C2-V3 da gp120. O ensaio fenotípico TRT desenvolvido por Trouplin e colaboradores (2001) será também desenvolvido para validar nosso ensaio de tropismo. Regiões V3 de todos os pacientes também serão sequenciadas e algoritmos genotípicos serão utilizados para predizer o tropismo baseados em suas sequências. Resultados dos ensaios genotípicos e fenotípicos serão comparados a fim de correlacioná-los. (AU)

O regime jurídico societário e concursal das sociedades cooperativas no Brasil: uma análise jurídica da disciplina proposta e a promoção das cooperativas

Beneficiário:Emanuelle Urbano Maffioletti
Instituição: Faculdade de Direito de Ribeirão Preto (FDRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Emanuelle Urbano Maffioletti
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Direito - Direito Privado
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:11/18064-0
Vigência: 01 de abril de 2012 - 31 de março de 2014
Assunto(s):CooperativasLegislação trabalhistaRegime jurídico (administração pública)
Resumo
O tema da presente pesquisa terá como enfoque o direito brasileiro aplicável às sociedades cooperativas, considerando a natureza jurídica e particularidades destas, bem como as limitações legislativas existentes no direito brasileiro que impedem a evolução desse tipo societário, sendo a insuficiência de tratamento à crise econômico/financeira um dos vetores. Para tanto, o estudo será desenvolvido com base na disciplina das matérias respectivas previstas na Constituição Federal ("C.F."), no Código Civil ("C.C."), na Lei das Sociedades Cooperativas (Lei n. 5.764/71 - "L.Coop.Bras."), no Código de Processo Civil (rito de execução civil contra devedor insolvente) e na Lei n. 11.101/2005 (Lei de Recuperação e Falências - "L.R.F."), além da doutrina, projetos de leis e jurisprudência relacionada. Também será realizado o estudo do tema no direito estrangeiro, considerando as proposições e resultados de estudos realizados no âmbito da economia social pelos organismos ibero-americanos e internacionais, bem como as Declarações, Comunicados e Recomendações emitidas pelos mesmos órgãos, a exemplo de: i. Declaração sobre a Identidade Cooperativa, proferida pela Aliança Cooperativa Internacional ("ACI") em 1995; ii. Informe da Organização das Nações Unidas ("ONU") em 1996, com proposta do Secretário Geral em matéria de organização de promoção de cooperativas da elaboração de um projeto de promoção às cooperativas, o Relatório do Secretário Geral das Nações Unidas sobre "Cooperativas em Desenvolvimento Social" 2001/68 e a Resolução 56/114 - 2001, da Assembléia Geral da ONU, indicando aos governos a conveniência de promover o desenvolvimento das cooperativas; iii. Recomendação sobre a promoção das cooperativas, 2002, adotada pela Organização Internacional do Trabalho ("OIT"), em conferência realizada em 26 de junho de 2002; iv. Estatuto da Sociedade Cooperativa Européia (Regulamento CE 1435/2003 do Conselho, de 22 de julho de 2003 e Diretiva 2003/72/CE, de 22 de julho de 2003); v. Comunicação da Comissão ao Conselho, ao Parlamento Europeu, ao Comitê Econômico e Social Europeu e ao Comitê das Regiões, de 23 de fevereiro de 2004, relativa à promoção das cooperativas na Europa - "Com(2004)18"; vi. A Lei Marco de Cooperativas para a América Latina; e vii. Comunicações do Mercosul referentes à Cooperativa e Cooperativa Mercosul (Norma 1/2009).Por fim, para a análise do sistema jurídico concursal, contribuirão os estudos, relatórios e leis modelos formuladas por organismos e instituições internacionais, especialmente na parte em que envolver os tramites concursais aplicáveis às cooperativas em legislações europeias reformuladas a partir do Regulamento 1.346/2000 - Espanha, Portugal e Itália - e também Argentina, como paradigma dos países que integram o Mercosul. (AU)

Fibrados vetoriais em espaços projetivos

Beneficiário:Marcos Benevenuto Jardim
Instituição: Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica (IMECC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Marcos Benevenuto Jardim
Pesquisador visitante: Rosa Maria Miro-Roig
Instituição do pesquisador visitante: Universitat de Barcelona (UB) (Espanha)
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Matemática - Álgebra
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Processo:11/21565-0
Vigência: 20 de março de 2012 - 29 de março de 2012
Resumo
A Profa. Rosa Maria Miró-Roig participará de seminários de pesquisa com o beneficiário e seus alunos de pós-graduação, aprofundando projetos de pesquisa já em andamento. Ela também participará da defesa de tese de doutorado da aluna Daniela Moura Prata dos Santos. (AU)

Estudo da eficácia terapêutica de nanocápsulas de indometacina e éster etílico de indometacina: ensaios de microscopia intravital

Beneficiário:Sandra Helena Poliselli Farsky
Instituição: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Sandra Helena Poliselli Farsky
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Geral
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:11/19595-9
Vigência: 01 de março de 2012 - 28 de fevereiro de 2014
Assunto(s):NanotecnologiaNanopartículasMicroscopiaToxicidadeAntineoplásicos
Resumo
Nos últimos anos, a nanotecnologia tem se destacado como uma ferramenta importante para o desenvolvimento de novos produtos nas mais variadas áreas da academia e do setor privado, incluindo as de atuação farmacêutica. Dentre os produtos nanotecnológicos disponíveis na área farmacêutica, os sistemas nanoparticulados ganham destaque por proporcionar vetorização de forma sustentada e atuar como carreadores de fármacos, aumentando a eficácia terapêutica. Estas características são fundamentais para o tratamento de inúmeras doenças, dentre as quais, as neoplasias. Apesar das inúmeras vantagens dos nanofármacos anti-neoplásicos, os parâmetros farmacológicos e toxicológicos desta estratégia terapêutica precisam ser melhor compreendidos. Assim, o presente estudo visa implementar a metodologia de microscopia intravital para estudos nanotoxicológicos, ainda não abordados no Brasil, pelo estudo da atividade anti-carcinogênica e os efeitos tóxicos na microcirculação provocados pelas nanocápsulas de indometacina e de éster etílico de indometacina e de suas formulações usuais. Para tanto, ensaios serão realizados em camundongos fêmeas C57BL6, adultas, empregando nanocápsulas marcadas com fluoróforos. A distribuição das nanacápsulas e seus efeitos serão mensurados no tecido cerebral na vigência de formação de tumor cerebral induzido pela inoculação intracraniana de células da linhagem de glioma maligno GL261. Além da distribuição das nanocápsulas na microcirculação do tecido cerebral, serão analisados a interação leucócito-endotélio, leucócito-plaqueta e plaqueta-endotélio, formação de trombos e de áreas hemorrágicas em vasos da microcirculação cerebral. Complementando os ensaios de microscopia intravital, o efeito das nanocápsulas sobre a integridade da barreira hemato-encefálica será determinado em ensaio ex vivo (solução de Evans "blue") e a eficácia terapêutica dos compostos será avaliada pela mensuração da cinética de formação da massa tumoral no cérebro por meio de ensaios histológicos e por "western blot". Espera-se que a realização deste projeto proporcione um conjunto de estratégias in vivo e ex vivo para avaliação da atividade terapêutica e tóxica de nanocápsulas voltadas à vetorização de fármacos anti-neoplásicos, além de contribuir para os conhecimentos de ações tóxicas destas nanocápsulas na rede microcirculatória. Ainda, este projeto permitirá a implantação da metodologia de microscopia intravital em tecidos não-transiluminados, ainda não corrente em nosso laboratório, e não freqüente em pesquisas no Brasil. Neste contexto, outros projetos do laboratório, em andamentos, os quais visam a vetorização de outras nanocápsulas para o tecido hepático; a investigação de poluentes orgânicos persistentes sobre a microcirculação pancreática; além da ação de agonistas PPARs sobre a microcirculação gástrica na vigência de úlcera gástrica serão beneficiados. O projeto contará com a participação efetiva do Dr. Stephen de Paula Rodrigues, pós-doutorando em nosso laboratório, que adquiriu experiência científica e técnica em microscopia intravital durante o curso de doutorado sob a supervisão da Dra Zuleica Bruno Fortes, do Departamento de Farmacologia do Instituto de Ciências Biomédicas da USP, e durante o estágio de pós-doutoramento no Laboratório do Dr. Neils Granger, do Laboratório de Microcirculacão, LSU Health Sciences Center, Shreveport, LA, Estados Unidos. (AU)

Imunização de Camundongos BALB/c com a proteína recombinante A2 de Leishmania chagasi e estudo da resposta imune humoral e celular

Beneficiário:Rosangela Zacarias Machado
Instituição: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Rosangela Zacarias Machado
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:11/17594-5
Vigência: 01 de março de 2012 - 28 de fevereiro de 2014
Assunto(s):Imunologia veterináriaParasitologia veterináriaLeishmaniose visceralProteínas recombinantesImunoensaio
Resumo
A leishmaniose visceral é uma zoonose, considerada como uma das seis doenças tropicais mais importantes nos países em desenvolvimento. O agente etiológico da enfermidade no Brasil, a Leishmania chagasi, é transmitida aos seres humanos pela picada do vetor, um flebotomíneo da espécie Lutzomyia longipalpis, que adquire o parasito ao realizar o hematofagismo em animais infectados. Anteriormente descrita como uma enfermidade silvestre ou de ambiente rural, atualmente, observa-se um grande número de casos da doença em áreas urbanas. No ambiente doméstico, o cão é considerado o principal reservatório da leishmaniose visceral e, em consequência disso, é também o principal alvo das campanhas de controle da forma humana da doença. Os cães também sofrem com a doença, sendo que, uma vez iniciados os sinais clínicos nessa espécie, invariavelmente o animal vem a óbito. Porém, vários animais podem permanecer infectados pelo parasito, sem apresentar sinais clínicos por um longo período e transmitindo L. chagasi aos vetores. O presente projeto tem como objetivo estudar melhor a resposta imune de camundongos BALB/c imunizados com a proteína recombinante produzido a partir do gene A2 de L. chagasi, amostra isolada de um cão atendido no Hospital Veterinário da FCAV-UNESP, campus de Jaboticabal-SP, e avaliar a capacidade dessa proteína recombinante em induzir imunoproteção nos animais, após desafio com o parasito. Parâmetros da resposta imune humoral (classe IgG e subclasses IgG1 e IgG2) e celular (células CD4+, CD8+, macrófagos, iNOS, IL-4, IL-2, IFN-³, TNF-± e IL-10) serão avaliados. Também serão avaliados pelo ensaio imunoenzimático (ELISA-indireto) utilizando a enzima recombinante como antígeno, soros de cães (n=1000) de áreas endêmicas, comprovadamente positivos para leishmaniose, gentilmente doados pelo Centro de Zoonose de Araçatuba-SP, Belo Horizonte-MG, Recife-PE e do estado de Tocantins. (AU)

Avaliar a prevalência das encefalites não sazonais por arbovírus na Cidade de São Paulo

Beneficiário:Ester Cerdeira Sabino
Instituição: Instituto de Medicina Tropical de São Paulo (IMT). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Ester Cerdeira Sabino
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:11/52094-3
Vigência: 01 de março de 2012 - 28 de fevereiro de 2014
Assunto(s):AlphavirusArbovirusEnterovirusFlavivirus
Resumo
Arboviroses são zoonoses (doenças primárias de animais que podem ser transmissíveis ao homem, ou primárias do homem que podem ser transmissíveis aos animais) causadas por vírus das famílias Togaviridae, Flaviviridae, Bunyaviridae, Reoviridae e Rhabdoviridae. São mantidas por complexos ciclos naturais envolvendo vetores artrópodes hematófagos; mais freqüentemente mosquitos e carrapatos. Depois de infectados, esses vetores transmitem os microrganismos ao picar outros animais. O ciclo será completado quando um novo artrópode se infectar ao se alimentar com o sangue de um animal em viremia. No Brasil, o risco de aparecimento de novas arboviroses também está relacionado com o fato de que o país possui grandes centros urbanos com alta densidade populacional, infestados por mosquitos dos gêneros Culex e Aedes, os quais, além de serem vetores de arbovírus, são altamente antropofílicos. Em nosso pais, a maioria dos arbovirus causadores de doenças em humanos pertencem às famílias Togaviridae (gênero Alphavirus) e Flaviviridae, (gênero Flavivírus). As manifestações clínicas das doenças causas por estes arbovírus variam desde um quadro viral comum até quadros graves de encefalite. As encefalites virais que têm um arbovírus como agente etiológico são predominantemente os casos de aparecimento em áreas rurais ou de surtos epidêmicos. O diagnóstico clínico diferencial das arboviroses é muito difícil, principalmente na fase aguda da infecção quando os sintomas das doenças virais em geral são muito similares. O diagnóstico da arbovirose é feito por isolamento do vírus ou por testes sorológicos. Resultados sorológicos falso-negativos nos primeiros dias da doença e reação cruzada dos anticorpos com antígenos de outros vírus pertencentes ao mesmo gênero, são comuns. Para resolver tais problemas ao diagnóstico, ensaios baseados na reação em cadeia da polimerase (PCR) usando primers espécie-específicos têm sido descritos para alguns vírus dos gêneros Alphavirus e Flavivirus. Sendo o objetivo principal deste estudo é avaliar a prevalência de encefalite viral esporádica (não sazonal) decorrente de infecção por arbovírus das famílias Togaviridae, Flaviviridae e Picornaviridae, em pacientes da cidade de São Paulo. (AU)

O método da reciprocidade dual aplicado às integrais de domínio usando a solução fundamental dinâmica no domínio da frequência

Beneficiário:Leandro Palermo Junior
Instituição: Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Leandro Palermo Junior
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Civil - Estruturas
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:11/21500-6
Vigência: 01 de fevereiro de 2012 - 31 de janeiro de 2014
Assunto(s):Transferência de calorMétodo dos elementos de contornoElementos estruturaisPlacas (engenharia civil)
Resumo
Aplicação do Método da Reciprocidade Dual em formulações do Método dos Elementos de Contorno (MEC) usando a solução fundamental dinâmica nos seguintes problemas planos: a) Transferência de calor com controle de temperatura associada ao problema de hipertermia. O estudo ocupa-se de um processo de otimização incluindo um conjunto acoplado de equações integrais de contorno associadas às equações de Pennes e de Maxwell. A quantidade de calor introduzida no sistema é dependente dos campos elétrico e magnético e requer a introdução de seus valores na função objetivo. O alvo do processo de optimização é conseguir uma distribuição estacionária de temperatura específica nas regiões estudadas sem que temperaturas altas (44 ºC) ocorram nos tecidos sadios e temperaturas inadequadas ao tratamento (41 ºC) nos tecidos doentes. As análises com o MEC são feitas com soluções fundamentais obtidas da solução da equação de Helmholtz.b)Flexão de placas com o efeito da deformação por cortante sob cargas harmônicas. As rotações da solução fundamental são decompostas em dois campos potenciais, um escalar e outro vetorial, derivados da solução da equação de Helmholtz. O efeito da deformação por cortante na flexão permite melhor precisão na determinação de tensões, bem como melhor avaliação das frequências naturais em função da espessura. A maioria das análises de placas nos problemas de engenharia inclui carregamentos distribuídos no domínio, perpendiculares à placa, que são ponderados nas soluções do MEC pelos deslocamentos associados à solução fundamental. A decomposição das rotações nos dois campos citados mostra intrínseca relação entre a função deslocamento e àquelas para o potencial escalar. (AU)

Mosquito (Diptera: Culicidae) assemblages associated with Nidularium and Vriesea bromeliads in Serra do Mar, Atlantic Forest, Brazil

Beneficiário:Maria Anice Mureb Sallum
Instituição: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Maria Anice Mureb Sallum
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Processo:11/22088-1
Vigência: 01 de fevereiro de 2012 - 31 de julho de 2012
Assunto(s):EcologiaBiodiversidadeCulicidaeMata atlânticaMalária
Resumo
A área mais importante e mais bem preservada de Mata Atlântica está dentro da sub-região biogeográfica da Serra do Mar. A complexidade topográfica da região cria uma gama de microclimas, o que pode afetar a distribuição de espécies e diversidade dentro da floresta. Dado que a Mata Atlântica inclui ambientes altamente heterogêneos, uma comunidade de mosquitos diversificada e de importância médica e a possível co-ocorrência de espécies, avaliamos a assembléia de mosquitos presente em fitotelmatas de bromélias na Serra do Mar (sudeste do Brasil). (AU)

Geoprocessamento e recursos hídricos - aplicações práticas

Beneficiário:Ademir Paceli Barbassa
Instituição: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Ademir Paceli Barbassa
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Recursos Hídricos
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros no Brasil
Processo:11/21119-0
Vigência: 01 de janeiro de 2012 - 31 de dezembro de 2012
Assunto(s):GeoprocessamentoRecursos hídricos
Resumo
Dentre os diferentes objetivos do projeto destaca-se o desenvolvimento de aplicação direcionada aos profissionais de engenharia e de ciências ambientais, bem como às instituições públicas envolvidas na gestão de recursos hídricos. Com a idéia de apoiar o cálculo de parâmetros hidrológicos com o uso do Software SPRING como ferramenta de geoprocessamento foram incluídos conceitos fundamentais destas áreas conforme os seguintes tópicos:-Conceitos de utilização de geoprocessamento para aquisição eanálise de dados;-Manipulação de dados vetoriais no SPRING, como exemplo de aplicação;-Manipulação de dados raster no SPRING, como exemplo de aplicação;-Utilização de dados altimétricos para geração de curvas de nível, mapa dedeclividades, perfis, cálculo de volumes, com exemplo de aplicação;-Integração e cruzamento de informações espaciais e análise espacial;-Extração de parâmetros físiográficos de uma bacia hidrográfica como base dedados;-Automatização de processos hidrológicos, geração de grades de acumulação edireção de fluxo, extração da rede de drenagem e identificação de áreas deinundação.A produção desta obra contribui para a desenvolvimento tecnológico, com reflexos importantes no desenvolvimento do próprio software e também de todas as áreas que se utilizam destes recursos. (AU)

Morcegos como reservatórios de Leishmania spp. em área endêmica para leishmaniose visceral

Beneficiário:Caris Maroni Nunes
Instituição: Faculdade de Medicina Veterinária (FMVA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Caris Maroni Nunes
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:11/19087-3
Vigência: 01 de dezembro de 2011 - 30 de novembro de 2013
Assunto(s):ZoonosesLeishmanioseEpidemiologia veterináriaMorcegos
Resumo
A leishmaniose visceral é uma doença em franca expansão no Brasil, com novas regiões endêmicas, cujos fatores predisponentes incluem migrações e modificações ambientais que favorecem a presença do vetor. Com o desmatamento de florestas, o movimento migratório de morcegos para regiões urbanas e peri-urbanas tem sido crescente, em busca de abrigo e alimento das cidades. Esses mamíferos voadores são importantes agentes polinizadores e fundamentais para o equilíbrio ambiental, porém também transmitem enfermidades para homens e animais por este contato mais próximo, tornando-se uma importante questão em termos de saúde pública. Até o momento, os quirópteros não têm sido considerados reservatórios na leishmaniose, apesar de já existirem relatos da presença do protozoário Leishmania nesta espécie. Assim sendo o presente trabalho tem como objetivo avaliar a presença de DNA de Leishmania em morcegos de região endêmica (Noroeste do Estado de São Paulo) buscando-se entender a relevância dos mesmos na manutenção desta zoonose. (AU)

Teoria qualitativa de campos de vetores polinomiais

Beneficiário:Cláudio Gomes Pessoa
Instituição: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Cláudio Gomes Pessoa
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Matemática - Geometria e Topologia
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:11/13152-8
Vigência: 01 de dezembro de 2011 - 30 de novembro de 2013
Assunto(s):Sistemas dinâmicos
Resumo
A teoria dos sistemas dinâmicos é uma das ferramentas mais importantes no estudo qualitativo e quantitati-vo dos modelos matemáticos de ciências aplicadas. A maioria destes modelos são formulados usando-se equações diferenciais (sistemas dinâmicos contínuos). Desde os primeiros trabalhos publicados por Poincaré no final do século XIX, a teoria qualitativa das equações diferenciais tem experimentado uma expansão significativa. Enquanto velhos problemas ainda resis-tem, novas técnicas foram desenvolvidas para resolver alguns dos antigos problemas, assim como deram origem a novas questões tão intrigantes e fascinantes quanto as antigas. Um dos objetos mais estudados são os campos de vetores definidos por equações diferenciais ordinárias no plano ou em superfícies. Entretanto estes tópicos estão longe de serem totalmente entendidos e ainda restam muitos problemas por resolver, como o 16º problema de Hilbert, o problemado Centro-Foco, o problema da Integrabilidade, etc. Este projeto visa estudar a teoria qualitativa das equações diferenciais ordinárias em várias linhas de pes-quisa. Estas envolvem: a) Campos de vetores polinomiais em duas ou mais variáaveis, bem como em superfícies ou hipersuperfícies; b) Estudo do problema do Centro-Foco no plano ou em superfícies; c) Campos de vetores descontínuos. Cada uma das linhas de pesquisa e seus objetivos estão descritas detalhadamente no projeto de pesquisa. (AU)

Eletrodinâmica variacional

Beneficiário:Jayme Vicente de Luca Filho
Instituição: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Jayme Vicente de Luca Filho
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física dos Fluídos, Física de Plasmas e Descargas Elétricas
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:11/18343-6
Vigência: 01 de dezembro de 2011 - 30 de novembro de 2013
Assunto(s):EletrodinâmicaEquações diferenciais com retardamentoMétodo dos elementos finitos
Resumo
Estudaremos o problema de dois corpos eletromagnético com um princípio variacional. O princípio variacionalcompleta e generaliza a eletrodinâmica de Wheeler-Feynman ao incorporar trajetórias com velocidades descontínuas, necessárias para que o problema de fronteira tenha solução, e naturais para o funcional de ação envolvendo integral sobre as velocidades. A generalização é também necessária para descrever órbitas sem campos de radiação do problema de dois corpos eletromagnético. A eletrodinâmica de cargas puntiformes é um problema aberto na física, pois as versões existentes até hoje prevêm sistemas dinâmicos com soluções explosivas. Ao contrário, a eletrodinâmica variacional de cargas puntiformes coloca um problema variacional de valor na fronteira que pode ser estudado numericamente. Vamos construir integradores usando a teoria moderna de elementos finitos para problemas variacionais de valor na fronteira, o que também representa novidade de aplicação de integradores variacionais para resolver equações diferenciais com retardo neutras.Exploraremos a novidade física da existência de equações de movimento por trechos envolvendo a força de Lorentz mais uma condição de continuidade de correntes de longo alcance envolvendo o potencial vetor criado pelas outras cargas. (AU)

Estrutura de populações e inoculações recíprocas de Xylella fastidiosa subsp. pauca com ocorrência em cultivos vizinhos de Citrus sinensis e Coffea arabica sob condições do estado de São Paulo

Beneficiário:Helvecio Della Coletta Filho
Instituição: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Helvecio Della Coletta Filho
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:11/13803-9
Vigência: 01 de novembro de 2011 - 31 de outubro de 2013
Assunto(s):Ecologia molecularXylella fastidiosaDiversidade genéticaInoculaçãoCitriculturaCafeicultura
Resumo
A pouco mais de uma década a bactéria X. fastidiosa passou de um organismo pouco conhecido a uns dos mais conhecidos, ao menos em termos de genômica. Muito tem-se avançado no conhecimento molecular desta bactéria. Por outro lado o acúmulo de conhecimento sobre a ecologia desta bactéria multihospedeira cuja disseminação se da por um vetor polífago tem sido limitado. No Brasil esta bactéria afeta culturas de importância econômica como citros onde causa a clorose variegada dos citros (CVC) e café (causando a atrofia do ramo do cafeeiro ou escaldadura da folha - EFC), alem de ameixeiras. A citricultura ocupa expressiva área em São Paulo (H 600.000 ha) com uma taxa de ocorrência de CVC ao redor de 35% dos talhões. Por outro lado, embora a cafeicultura ocupe uma área menor (H 200.000 ha), esta atividade ainda permanece importante em inúmeras unidades de produção agrícola (UPA) nas regiões Central, Leste e Oeste do Estado, compartilhando áreas com a cultura de laranja dentro das UPAs. Como ambas as culturas são afetadas subsp. pauca de X. fastidiosa, ainda é incerta as informações se o isolado que causa a CVC pode colonizar café e causar doença. O inverso também é válido. A principal razão para estas incertezas, segundo apontado pelos trabalhos já publicados, foi o baixo número de isolados utilizados nos ensaios, assim como as discrepâncias na concentração dos inóculos utilizados naqueles trabalhos. A ocorrência de inoculações recíprocas, sob condições naturais, entre plantas de laranja doce e de café cultivadas proximamente é a hipótese Ho que será testada neste projeto. A hipótese alternativa, H1, é que inoculações recíprocas destes isolados nos hospedeiros teste terão sucesso, em condições controladas, somente quando soluções com altas concentração bacteriana (>109 UFC/mL) forem usadas nos experimentos. Coleções de isolados de X. fastidiosa com ocorrência em cultivos próximos de citros e café nas regiões Central, Leste e Oeste do Estado serão estabelecidas em meio axênico. Após analisadas por meio de marcadores moleculares para determinação de clusters genéticos, estirpes representantes destes clusters serão usadas em ensaios de inoculações artificiais, em condições de casa-de-vegetação. (AU)

Estudo dos efeitos endócrinos e parácrinos na administração de DNA plasmidial em modelos animais de terapia gênica

Beneficiário:Cibele Nunes Peroni
Instituição: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN). Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (São Paulo - Estado). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Cibele Nunes Peroni
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:10/51116-0
Vigência: 01 de novembro de 2011 - 31 de outubro de 2013
Assunto(s):QueratinócitosTerapia genética
Resumo
Nosso grupo de pesquisa tem recentemente utilizado uma administração direta "in vivo" de DNA plasmidial no músculo quadríceps de camundongos anões (lit/lit) e anões imunodeficientes (lit/scid). A princípio esta estratégia tinha a finalidade de realizar uma comparação com um modelo de terapia gênica cutânea ex vivo, baseado na transdução, mediante vetores retrovirais, de queratinócitos humanos primários para serem implantados em camundongos lit/scid, onde investimos esforços substanciais. No nosso caso específico, foram utilizados os genes do hormônio de crescimento humano (hGH) e de camundongo (mGH) para a transdução dos queratinócitos, os quais apresentaram níveis elevados e estáveis de expressão in vitro, mas foram detectados na circulação dos animais por um máximo de 12 dias. Quando foi realizada a administração intramuscular de um plasmídeo contendo o gene do hGH seguida de eletroporação, foram obtidos pela primeira vez níveis circulatórios de 1,5 a 3,0 ng hGH/ml durante 60 dias. Foi também obtido um aumento de peso altamente significativo de 33,1% para o grupo de lit/scid tratado, comparado a uma queda de peso de 4,2% no grupo controle. A partir destes resultados iniciais bastante promissores, nós pretendemos agora estudar mais profundamente os efeitos endócrinos e parácrinos do hGH após a administração de DNA plasmidial em nossos modelos animais, analisando outros parâmetros, tais como: peso do músculo tratado e não tratado, peso de outros órgãos (fígado, rins, coração, baço), comprimento dos animais, determinação de mIGF-I e de glicose. Outras comparações de promotores e seqüências gênicas (DNA genômico ou complementar) também serão realizadas, além de um estudo similar em camundongos anões imunocompetentes (lit/lit) com a injeção do DNA do mGH. Nós acreditamos que este trabalho, realizado em colaboração com a Unidade de Endocrinologia Genética da FMUSP, será de grande valia para o planejamento futuro de protocolos pré-clínicos e clínicos de terapia gênica, baseada em administração de DNA, para pacientes com deficiência de GH (GHD). (AU)

Epidemiologia e manejo do Cowpea aphid-borne mosaic virus na cultura do maracujazeiro: análise da afidofauna associada à transmissão, efeito nutricional e interferência sobre dois princípios farmacológicos

Beneficiário:Marcelo Eiras
Instituição: Instituto Biológico (IB). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Marcelo Eiras
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:11/11796-5
Vigência: 01 de novembro de 2011 - 31 de outubro de 2013
Assunto(s):Vírus de plantas
Resumo
O "endurecimento dos frutos do maracujazeiro" (EFM) é a virose mais importante da cultura do maracujá em todo o mundo, inclusive no Brasil onde perdas significativas são observadas nas principais regiões produtoras. A doença não discrimina o tipo de produção e sua alta incidência transformou a cultura, originalmente semiperene, em anual, levando produtores de maracujá a migrar para novas regiões ou abandonar o cultivo. Inicialmente, os isolados virais associados ao EFM foram identificados por técnicas biológicas e sorológicas como Passion fruit woodiness virus (PWV). Porém, nos últimos anos, verificou-se que dois outros Potyvirus também estavam associadas à doença: o Cowpea aphid-borne mosaic virus (CABMV), presente na África e Brasil, e o East Asian passiflora virus (EAPV), restrito ao Japão. A não disponibilidade de variedades de maracujazeiro resistentes aos vírus associados ao EFM levanta a possibilidade de desenvolvimento de táticas de manejo da cultura, como: o cultivo de variedades tolerantes; adubação diferenciada das mudas antes de serem levadas a campo; o escape dos períodos de maior concentração das populações de afídeos vetores; e o controle de espécies da vegetação espontânea. O presente projeto tem como objetivos: (i) Realizar um levantamento, identificar e caracterizar isolados do CABMV nas principais regiões produtoras do estado de São Paulo; (ii) Avaliar a distribuição temporal e espacial das espécies e populações de afídeos associadas à cultura do maracujazeiro e que apresentam potencial para atuarem como vetores; (iii) Avaliar o comportamento de mudas de maracujazeiro com diferentes níveis nutricionais frente à infecção pelo CABMV; (iv) Realizar um levantamento de espécies da vegetação espontânea associadas à cultura do maracujazeiro e desafiar espécies de Fabaceae que possam atuar como reservatório do CABMV. Será avaliada também a interferência do CABMV na composição fitoquímica de duas importantes classes de metabólitos secundários citados como princípios ativos: flavonoides e alcaloides. (AU)

RTI - 2011 - parcela da reserva técnica para custos de infraestrutura institucional para pesquisa

Beneficiário:Horacio Manuel Santana Teles
Instituição: Superintendência de Controle de Endemias (SUCEN). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Horacio Manuel Santana Teles
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Entomologia e Malacologia de Parasitos e Vetores
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reserva Técnica para Infra-estrutura Institucional de Pesquisa
Processo:11/51480-7
Vigência: 01 de outubro de 2011 - 30 de setembro de 2012
Assunto(s):DengueFebre amarelaFebre maculosaMalária

Estudo de polimorfismos genéticos em genes relacionados com a imunidade inata em população de área de baixa endemicidade para malária

Beneficiário:Karin Kirchgatter
Instituição: Superintendência de Controle de Endemias (SUCEN). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Karin Kirchgatter
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:11/50492-1
Vigência: 01 de outubro de 2011 - 31 de março de 2014
Assunto(s):MaláriaPlasmodiumPolimorfismoSorologia
Resumo
No Estado de São Paulo, cerca de 20 casos são transmitidos anualmente em trechos de Mata Atlântica causados por P. vivax e, sobretudo, por P. malariae. Além da transmissão vetorial, casos de malária transfusional, embora raros, ainda são descritos no Estado, principalmente porque essa região de Mata Atlântica normalmente não é considerada área endêmica para malária e não participa dos locais eleitos em critérios de exclusão de doadores de sangue. Um desses casos de malária transfusional gerou uma investigação em residentes de um município desta região (Projeto de Políticas Públicas, FAPESP). Por métodos moleculares de diagnóstico foram detectados 36 casos de malária, uma positividade de 10% (80% P. malariae e 20% P. vivax). Também foi realizada sorologia nestes indivíduos e verificou-se que 70% dos indivíduos com PCR negativo apresentava sorologia positiva para CSP. A maior parte desses positivos (tanto para sorologia quanto por PCR) era assintomática. Sabe-se que nem todos os indivíduos infectados desenvolvem a doença, mas inúmeros fatores podem estar relacionados, desde a variabilidade genética do hospedeiro até o genótipo do parasito. Entretanto, imunidade inata é a primeira linha de defesa do hospedeiro. Os TLRs ("Toll-like receptors") são uma família de receptores de reconhecimento de patógenos que têm uma importante função neste sentido. Em humanos, 10 TLRs funcionais foram descritos. Variações genéticas nos genes que codificam os TLRs estão associadas à resistência ou susceptibilidade aumentada a uma variedade de doenças infecciosas, inclusive malária. Qualquer mutação genética (polimorfismo) que altere a estrutura da proteína afetando a habilidade dos TLRs ou seus co-receptores de se ligar a seus padrões moleculares associados à patógenos irá provavelmente afetar a susceptibilidade do hospedeiro em relação à infecção. Este estudo pretende gerar informação acerca da presença de SNPs ("single nucleotide polymorphism") em TLRs e no gene da proteína adaptadora MAL/TIRAP de residentes de área de baixa endemicidade para malária e relacionar os dados com dados já disponíveis de estudo anterior (presença de Plasmodium detectada por métodos moleculares de diagnóstico e presença de anticorpos detectados por ELISA). (AU)

Autointerseção de imersões, via bordismo normal

Beneficiário:Alice Kimie Miwa Libardi
Instituição: Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Alice Kimie Miwa Libardi
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Matemática - Geometria e Topologia
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:11/13479-7
Vigência: 01 de outubro de 2011 - 30 de setembro de 2012
Assunto(s):Topologia algébrica
Resumo
Os invariantes clássicos à existência de interseções de aplicações estão definidos em grupos de homologia ou cohomologia. O estudo de interseção de funções desenvolvido por nós e por Koschorke, envolvendo a princípio bordismo de aplicações, no sentido de Conner e Floyd, nos leva a crer que é possível obter um invariante à existência de interseção de funções em grupos de bordismo normal, que deve ser o mais forte de todos, porém em muitos casos difíceis de serem calculados. Um dos objetivos deste projeto é obter condições para a existência de interseção de aplicações através de um invariante nos grupos de bordismo de aplicações, que é o de dificuldade média tanto em sua definição como em seu calculo, definir o invariante via bordismo normal e compará-los utilizando resultados de alguns artigos, citados na referência. Como consequência faremos um estudo sobre autointerseção de imersões, usando resultados de imersões obtidos em diversos artigos nossos. Um estudo sobre imersões com campo vetorial normal não nulo será desenvolvido paralelamente, com técnicas semelhantes. (AU)

Elucidação dos mecanismos moleculares que mediam a resposta da células de melanoma para a atividade combinada das vias de p53/arf e ifnb

Beneficiário:Bryan Eric Strauss
Instituição: Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Octavio Frias de Oliveira (ICESP). Coordenadoria de Serviços de Saúde (CSS). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Bryan Eric Strauss
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:11/50911-4
Vigência: 01 de outubro de 2011 - 31 de março de 2014
Assunto(s):NeoplasiasAdenovirusExpressão gênicaImunomodulaçãoTerapia genética
Resumo
Relatos da literatura e os resultados do Setor de Vetores Virais (SW, InCor, FMUSP) têm mostrado que a morte celular pode ser induzida pela combinação de atividades das vias de p53/ARF e interferon tipo-I Especificamente, o SVV mostrou que o tratamento combinado, mas não individual, com vetores virais codificando p19Arf e interferon-ß (IFNß) induziu morte em células B16, melanoma de camundongo. Poucos dados existem para explicar exatamente como estes fatores distintos podem cooperar. Sabendo que ambas as vias de p53/ARF e IFNß têm impacto em expressão gênica, o SW propõe a implementação de novos estudos que têm como alvo a identificação de genes críticos que são ativados pelo tratamento combinado e que agem como mediadores da resposta celular para a estratégia de transferência gênica. A importância funcional dos fatores identificados será avaliada in vitro utilizando knockdawn e/ou super-expressão do fator seguido por análise do ciclo celular, proliferação, atividade de p53 e morte de células BI6. Em contraste a estes experimentos exploratórios, a localização subcelular, modificação pós-traducional e interação de proteínas que são conhecidas como críticas para p53/ARF (p53, mdm2, ASPP) ou IFNß (IFNα, IRF3, IRF7, Stat1 e Stat2) serão avaliadas após tratamento viral. O estabelecimento de um modelo humano para o estudo das interações de p53/ARF-IFN também está sendo proposto aqui. A elucidação dos mecanismos moleculares que mediam a resposta de células de melanoma para a atividade combinada das vias de p53/ARF e IFNß contribuirá para nosso conhecimento da biologia tumoral e, possivelmente, revelará oportunidades para intervenção terapêutica. (AU)

Protein expression in animal cells Conference - 10th PEACE

Beneficiário:Geraldo Santana Magalhães
Instituição: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Geraldo Santana Magalhães
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reunião - Exterior
Processo:11/09137-3
Vigência: 25 de setembro de 2011 - 29 de setembro de 2011
Assunto(s):Expressão de proteínasVetores

38.a reunião anual pesq básica doença Chagas | Foz do Iguaçu - PR

Beneficiário:Angela Kaysel Cruz
Instituição: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Angela Kaysel Cruz
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Processo:11/51176-6
Vigência: 19 de setembro de 2011 - 21 de setembro de 2011
Assunto(s):Doença de ChagasImunologiaProtozoologiaTrypanosoma cruziVetores

Metapneumovírus aviário (aMPV): desenvolvimento de recombinantes expressando as glicoproteínas F e G

Beneficiário:Clarice Weis Arns
Instituição: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Clarice Weis Arns
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:11/09919-1
Vigência: 01 de setembro de 2011 - 31 de agosto de 2013
Assunto(s):Virologia veterinária
Resumo
Metapneumovírus aviário (aMPV) é o agente etiológico da Rinotraqueíte dos perus (TRT, do inglês Turkey rhinotracheitis) e está associado à Síndrome da Cabeça Inchada (SHS, do inglês Swollen head syndrom) em galinhas. O aMPV é reconhecido como um dos principais patógenos de doenças respiratórias em aves e pertence à família Paramyxoviridae, subfamília Pneumovirinae, gênero Metapneumovirus. O presente projeto tem como finalidade construir recombinantes de adenovírus expressando as proteínas F e G do aMPV, utilizando a amostra viral ch/A/BR/668/03. O vírus será multiplicado em células da linhagem CER (chicken embryo related cells), e os adenovírus recombinantes serão testados e cultivados em células da linhagem HEK-293. Será extraído RNA total dos cultivos, seguido da síntese de cDNA e padronização das reações de PCR para o gene G a partir de primers descritos na literatura e para o gene F os primers serão desenhados pela equipe do laboratório de virologia. Serão utilizados dois sistemas de plasmídeos, um plasmídeo do tipo pShuttle e um segundo plasmídeo contendo o genoma de adenovírus com deleções dos genes E1 e E3. Os candidatos de vetores adenovirais carreando as proteínas F e G do aMPV serão testados quanto aos níveis de expressão de tais proteínas através da quantificação da transcrição dos genes F e G pela técnica PCR em tempo real (RRT-PCR) previamente estabelecido para a detecção do aMPV. (AU)
593 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s) | Limpar seleção
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP