site da FAPESP
 

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
Auxílios à Pesquisa
Bolsas
Programas de Pesquisa direcionados à Aplicação
Programas de Infraestrutura de Pesquisa
Área do conhecimento
Situação
Ano de início
Página 22 de 987 resultado(s)
|

Exploração de modos funcionais na tomografia de impedância elétrica (TIE): diagnóstico de embolia pulmonar

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Marcelo Britto Passos Amato
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:03/07226-2
Vigência: 01 de outubro de 2003 - 31 de março de 2005
Vinculado ao auxílio:01/05303-4 - Novas estratégias em ventilação artificial: diagnóstico e prevenção do barotrauma/biotrauma através da tomografia de impedância elétrica (TIE), AP.TEM
Assunto(s):TomografiaEmbolia pulmonar
Resumo
Considerando-se uma estimativa de 160.000 a 270.000 pacientes/ano necessitando de ventilação artificial prolongada apenas no Brasil 6, dos quais aproximadamente 15% desenvolvem trombose venosa profunda com tromboembolismo pulmonar, chega-se à conclusão de que a possibilidade de um diagnóstico mais precoce de tromboembolismo pulmonar seria de grande importância clínica, principalmente se pudesse ser realizado dentro da terapia intensiva e a um baixo custo. O objetivo deste projeto é estudar a sensibilidade e especificidade da TIE no diagnóstico de Embolia Pulmonar, no contexto do diagnóstico diferencial com atelectasias pulmonares. Pretendemos também correlacionar alterações de pressão de artéria pulmonar, resistência pulmonar e índice cardíaco com alterações na TIE. Após anestesia e intubação; será induzida, no porco, uma embolia através do cateter de swan-ganz, que deverá causar uma alteração (aumento) na impedância elétrica regional, além de causar sérias perturbações nas imagens dinâmicas e funcionais. Esperamos também estimar a quantidade mínima de oclusão vascular necessária para que se observe uma variação nas imagens. Através da técnica de superposição de imagens, esperamos estabelecer o padrão de imagens na tomografia de impedância elétrica que melhor define um quadro de tromboembolismo pulmonar. (AU)

Monitorização da densidade mineral óssea e trofismo muscular por técnicas de Ressonância Magnética e Tomografia computadorizada Duran te o treinamento de marcha induzida por estimulação elétrica..

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Fernando Cendes
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Radiologia Médica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo:05/53530-0
Vigência: 01 de fevereiro de 2006 - 07 de dezembro de 2006
Assunto(s):Traumatismos da medula espinalRessonância magnéticaTomografia computadorizada
Resumo
Atrofia muscular e osteoporose são complicações comuns associadas à lesão medular, devido ao desuso. Nosso estudo anterior mostrou que o tratamento de marcha com estimulação elétrica neuromuscular (EENM) aumenta a taxa de formação óssea (avaliada através dos marcadores ósseos). Entretanto, a densitometria óssea não foi um método preciso. Este estudo tem o objetivo de investigar novas formas de monitoração da densidade mineral óssea (DMO), em indivíduos com lesão medular, além de avaliar as alterações musculares ocorridas após o treinamento. Será realizado um treinamento de marcha cem EENM, em tetraplégicos, para avaliar as alterações na massa óssea, através da tomografia computadoriza (TC) e ressonância magnética (RM), utilizando a análise de textura e volumetria. As alterações do músculo quadríceps serão analisadas através da RM. Os exames serão realizados no início, após 6 e 12 meses de treinamento. No primeiro grupo (n=10) será realizado um treinamento de marcha induzida pela EENM, com descarga de 60-70% do peso corpóreo, durante 12 meses consecutivos, 2 vezes por semana, por 20 minutos. No segundo grupo (n=10), os pacientes realizarão a marcha sem EENM. Espera-se que a técnica de textura seja eficaz para detectar alterações na DMO, e que a volumetria por RM possa quantificar aumento na massa óssea e muscular no grupo de marcha com EENM. (AU)

Classificação automática de tomografias computadorizadas de alta resolução para auxílio ao diagnóstico de lesões intersticiais de pulmão

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Alessandra Alaniz Macedo
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:07/08470-5
Vigência: 01 de fevereiro de 2008 - 31 de dezembro de 2008
Vinculado ao auxílio:04/12477-7 - Identificação automática de relacionamento entre informações similares, AP.JP
Assunto(s):Recuperação da informação
Resumo
Doenças Pulmonares Difusas (DPD) incidem sobre as mesmas regiões dos pulmões e possuem características clínicas, radiológicas e funcionais bastantes similares. Esse fato justifica sua inclusão em um único grupo, assim como explica as dificuldades encontradas em seus diagnósticos. A Tomografia Computadorizada de Alta Resolução (TCAR) pode ser capaz de detectar lesões que não aparecem em radiografias convencionais. Entretanto, a TCAR gera uma enorme quantidade de imagens, que devem ser analisadas pelo radiologista no processo de avaliação e de tomada de decisão diagnóstica. Todo esse processo é laborioso, complexo e, por vezes, tedioso, que pode trazer consigo uma alta probabilidade de erro humano e acentuada variabilidade intra e inter-pessoal. Técnicas computacionais de Recuperação de Imagens por Conteúdo (RIC) podem ser utilizadas para auxiliar em processos de diagnóstico e de tomada de decisão clínica. Este projeto propõe a exploração de técnicas computacionais de RIC apoiadas por informação textual de laudos médicos extraída via técnicas de Recuperação de Informação (RI), para classificar automaticamente exames radiológicos em tomografias computadorizadas de alta resolução de doenças pulmonares difusas. Serão verificadas oportunidades de reuso e de desenvolvimento de componentes de software voltados para o pré-processamento de exames de TCAR de enfermidades do tipo DPD e a criação de agrupamentos de exames de TCAR com padrões de características semelhantes. A partir da integração desses componentes de software, espera-se como resultado um software de classificação automática de imagens de exames TCAR para auxílio a radiologistas na avaliação e tomada de decisão diagnóstica de DPD. (AU)

Processamento de imagens médicas

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto do Coração Professor Euryclides de Jesus Zerbini (INCOR). Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Sergio Shiguemi Furuie
Anfitrião: Gabor Herman
Local de pesquisa: University of Pennsylvania (Estados Unidos)
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Bioengenharia
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Processo:92/00310-1
Vigência: 01 de setembro de 1992 - 31 de julho de 1994
Assunto(s):Processamento de imagensTomografia
Resumo
Pretendo me concentrar, essencialmente, em 3 aspectos envolvendo pesquisa em processamento de imagens médicas: a) Métodos rápidos para reconstrução tomográfica: Pesquisa em métodos e algoritmos para reconstrução rápida, visando viabilizar a reconstrução adequada de estruturas dinâmicas como o coração. A tomografia rápida é ainda um desafio em diversas frentes: fonte de informações, geometria do sistema de aquisição, arquitetura de hardware, algoritmos, software, e correção; b) Gerência de informações médicas (texto, sinais e imagens) e visualização (inclusive 3-D): Pesquisa e desenvolvimento em diversas áreas como: gerência de informações, compressão de dados, e PACS (Picture Archiving and Communication Systems); c) Reconhecimento de padrões: Pesquisa em reconhecimento de padrões em medicina com aplicações em Anatomia Patológica, cine-angio-cardiografia, Medicina Nuclear e outros. As técnicas de reconhecimento de padrões devem levar em conta a variabilidade das estruturas e do seu posicionamento (efeito do formato, escala, rotação e translação). (AU)

Avaliação comparativa entre enxertos alógenos e autógenos "onlay". estudo histológico, imunihistoquimico e tomográfico em coelhos

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Luiz Antonio Salata
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Cirurgia Buco-maxilo-facial
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:08/51358-4
Vigência: 01 de agosto de 2008 - 31 de julho de 2010
Resumo
A reconstrução dos maxilares em implantodontia através de métodos de enxertia óssea constitui o procedimento cirúrgico mais utilizado frente à perda fisiológica ou traumática a que estes ossos estão sujeitos. O emprego de enxertos autógenos mostra vantagens em relação às demais técnicas de reconstrução no que se refere ao potencial regenerador ósseo. Estes são considerados padrão "gold standard" por suas características de osteocondução, osteoindução e osteogênese. Entretanto a sua remoção para reconstrução de maxilares atróficos implica obrigatoriamente na necessidade de áreas doadoras como enxertos intra-orais, crista do osso ilíaco ou calota craniana, entre outros. Uma opção em que a literatura tem mostrado ser de grande potencial reabilitador são os enxertos alógenos de banco de tecidos músculo-esquelético (BTME), onde o tecido ósseo é um dos tipos que podem ser utilizados, caracterizado como doação de órgãos. O propósito do estudo é avaliar o comportamento dos enxertos alógenos comparado aos autógenos, frente aos eventos observados em imunohistoquímica, histologia e análise tomográfica. Trinta coelhos, subdivididos em dois grupos, serão submetidos a cirurgias para enxertia de osso autógeno e alógeno em lados diferentes da mandíbula e receberão de maneira padronizada o tratamento de reconstrução (Grupo I - enxerto autógeno/controle; Grupo II - enxerto alógeno). Os animais serão sacrificados aos 5, 7, 10, 20 e 60 dias após as cirurgias para avaliações histológicas, imunoistoquímicas e tomográfica. Os resultados numéricos serão submetidos à análise estatística pela análise de variância (ANOVA). (AU)

Estudo tomográfico do colapso alveolar durante a aplicação de PEEP e posição prona na síndrome do desconforto respiratório agudo

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Marcelo Britto Passos Amato
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:98/06771-7
Vigência: 01 de agosto de 1998 - 31 de julho de 2002
Resumo
Dados experimentais e clínicos indicam que a ventilação mecânica na SDRA deve utilizar pressões não muito altas durante a inspiração e pressões não muito baixas durante a expiração. A titulação da PEEP para respeitar este compromisso necessita de melhores estudos sobre os seus efeitos regionais. A posição prona pode ter um efeito benéfico aditivo à PEEP na identificação dessa janela segura de pressões. O objetivo deste estudo é correlacionar medidas de mecânica pulmonar, oxigenação e avaliações tomográficas em pacientes com SDRA, buscando-se a identificação da pressão mínima expiratória a partir da qual começa a ocorrer colapso pulmonar, e sua modulação pela mudança de postura. Após uma manobra de homogeneização da história pulmonar, será feita uma curva pressão-volume do sistema respiratório obtida pela técnica do fluxo contínuo. Em seguida, será realizada uma curva PEEP-complacência, durante a qual será realizada a aquisição de imagens tomográficas, nas posições supina e prona. (AU)

Detecção de injúrias mecânicas em abacates Hass e Prince usando-se tomografia de ressonância magnética e efeitos fisiológicos destas injúrias

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal, SP, Brasil
Pesquisador responsável:José Fernando Durigan
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Tecnologia de Alimentos
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:02/08828-3
Vigência: 01 de abril de 2003 - 17 de março de 2005
Assunto(s):AbacateQualidade dos alimentosPós-colheita
Resumo
Este trabalho tem como objetivo avaliar os efeitos das injúrias mecânicas, por impacto, compressão e corte, na fisiologia de abacates 'Hass' e 'Prince', através de análises físico-químicas, bioquímicas e sensoriais, assim como testar a detecção das mesmas, usando-se a tomografia de ressonância magnética. O trabalho será dividido em três experimentos. A) Desenvolvimento de metodologia para o estabelecimento controlado das injúrias por impacto, compressão e corte; B) Avaliação dos efeitos destas injúrias através de análises físico-químicas, bioquímicas e sensoriais (massa fresca, coloração da casca e da polpa, aparência, textura, acidez total titulável, pH, atividade da peroxidase, polifenoloxidase, pectinametilesterase e poligalacturonase, teores de pectina total e solúvel, atividade respiratória e avaliação sensorial; C) Avaliação das injúrias mecânicas através de tomografia de ressonância magnética, com formação de imagens (MRI). Serão avaliadas amostras para cada tratamento (impacto, compressão e corte). De cada fruto serão obtidos 9 tomogramas simétricos, a partir do centro do fruto, em cortes sagitais. Serão realizadas imagens do tipo coronal, para as injúrias por impacto e por compressão e sagital para as injúrias por corte. Para analisar os resultados obtidos com a avaliação das variáveis físico-químicas, bioquímicas e sensoriais e suas variações, ao longo do tempo de armazenamento, utilizar-se-á a análise estatística multivariada. (AU)

Análise de um novo agente na oclusão de vazamentos pós tratamento endovascular de aneurisma de aorta abdominal: estudo experimental

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:José Guilherme Mendes Pereira Caldas
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Radiologia Médica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:99/10065-3
Vigência: 01 de fevereiro de 2000 - 31 de dezembro de 2003
Assunto(s):Aneurisma da aorta abdominalPrótese
Resumo
Neste estudo utilizaremos 12 cães pesando entre 20 a 30 Kg nos quais criaremos aneurisma de aorta abdominal através de dilatação por balão e colocação de endoprótese fazendo com que as respectivas aortas dilatem para o dobro do tamanho original. A seguir colocaremos endopróteses no interior destes aneurismas contendo um furo em sua parede a fim de simular um vazamento ou escape da endoprótese para o interior do saco aneurismático previamente excluído. Tomografias e angiografias serão realizadas para confirmar a presença do vazamento. Uma semana após, iremos cateterizar este furo da endoprótese a fim de injetar um novo agente embolizante para fechar o vazamento. Será realizado tomografia e angiografia no intuito de observar a oclusão do vazamento, uma semana após. Na quinta semana do início do estudo os animais serão submetidos à nova tomografia e angiografia para depois serem sacrificados e suas aortas removidas e enviadas para estudo anátomo-patológico. (AU)

Reconstrução facial para identificação humana por meio da tomografia computadorizada em 3D

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Odontologia (FO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Marcelo de Gusmão Paraíso Cavalcanti
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontologia Social e Preventiva
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:01/05700-3
Vigência: 01 de março de 2002 - 28 de fevereiro de 2003
Assunto(s):Computação gráficaAntropologia forenseFace
Resumo
A reconstrução facial é um método muito importante utilizado para se determinar tridimensionalmente a aparência de um indivíduo com base nas estruturas ósseas. O projeto propõe um método de reconstrução da face associado à tomografia computadorizada (TC), estudando a aplicabilidade da computação gráfica em três dimensões (3D) para a reconstrução facial com fins de identificação humana forense. Para isso serão estudadas e utilizadas técnicas avançadas de visualização volumétrica. Os dados serão obtidos por meio da TC em espiral, de especimens já previamente submetidos a este exame radiográfico com o objetivo de pesquisa (Departamento de Radiologia da Faculdade de Medicina da Universidade de lowa, lowa City, EUA, Pós Doutorado Prof. Cavalcanti pela FAPESP, 1997-1998). A análise dos dados será feita através do estudo comparativo entre os pontos ósseos e tegumentares obtidos pela tomografia computadorizada em 3D e entre as medidas físicas já colhidas anteriormente no Departamento acima citado, por meio da utilização de uma escala de cores e transparência. (AU)

Modelagem de estrutura óssea mandibular a partir da imagem de tomográfica

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Engenharia (FE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Edson Antonio Capello Sousa
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Bioengenharia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:04/01448-6
Vigência: 01 de julho de 2004 - 30 de junho de 2005
Assunto(s):Método dos elementos finitos
Resumo
Atualmente as pesquisas em bioengenharia se beneficiam dos avanços tecnológicos e recursos computacionais. Nas áreas que envolvem próteses, tem-se uma grande necessidade de se desenvolver modelos tridimensionais de ossos com boa precisão aplicada a cada indivíduo, para se obter um correto dimensionamento das próteses. O objetivo deste trabalho é gerar, a partir de imagens fornecidas por uma tomografia computadorizada, um modelo tridimensional de uma mandíbula humana. A partir da tomografia computadorizada deve-se obter as imagens produzidas para as seções transversais do osso. Algumas técnicas de reconstrução de imagem são aplicadas para defini-la com a máxima precisão. Procedimentos de constituição de malhas, incluindo o método de Delaunay deve permitir a criação de um modelo geométrico preciso. Este modelo será incluído em um modelo de Elementos Finitos, o qual possibilitará melhor avaliação das características estruturais do conjunto biomecânico prótese e osso mandibular. Com esse modelo, que inclui as características ósseas do indivíduo, será possível a realização de projetos mais eficientes de próteses, envolvendo desde sua geometria até o posicionamento mais adequado dos implantes. Desta forma pode-se obter próteses mais apropriadas melhorando assim sua durabilidade. (AU)
Página 22 de 987 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s) | Limpar seleção
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP