Busca avançada

X

Criar um alerta por e-mail


Novos resultados para a sua pesquisa em seu e-mail, semanalmente.

Seu e-mail:

Tamanho do e-mail:



Seu endereço de e-mail não será divulgado.

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
Publicações acadêmicas
  • Auxílios à Pesquisa
  • Bolsas
  • Programas voltados a Temas Específicos
  • Programas de Pesquisa direcionados a Aplicações
  • Programas de Infraestrutura de Pesquisa
  • Área do conhecimento
  • Situação
  • Ano de início
Excel (CSV)Alerta por e-mail   RSS
Página 22 de 1.058 resultado(s)
|
Resumo

O projeto de pesquisa tem como meta estudar a aplicação da tomografia de impedância elétrica (TIE) no diagnóstico de atelectasia e vasoconstricção hipóxica pulmonar. Os objetivos do projeto são: 1. Avaliar qual a sensibilidade da imagem estática e dinâmica em detectara presença de atelectasia pulmonares; 2. Avaliar o processo de vasoconstricção hipóxica em um pulmão normal e um com inflamação. A importância desse estudo reside no fato de que essa nova ferramenta diagnóstica permite diagnósticos a beira do leito, aumentando assim a segurança do paciente, e protegendo o paciente dos riscos relacionados a ventilação mecânica, em especial o colapso alveolar (Atelecasia), e distúrbios de ventilação/perfusão (alteração do mecanismo de vacoconstricção hipóxica). O estudo será realizado com porcos que serão submetidos às condições supracitadas, e em seguida serão coletadas imagens dinâmicas (oscilações respiratórias e circulatórias) e imagens estáticas pela tomografia de impedância elétrica, a partir das quais esperamos fazer o diagnóstico de tais condições. (AU)

Resumo

Considerando-se uma estimativa de 160.000 a 270.000 pacientes/ano necessitando de ventilação artificial prolongada apenas no Brasil 6, dos quais aproximadamente 15% desenvolvem trombose venosa profunda com tromboembolismo pulmonar, chega-se à conclusão de que a possibilidade de um diagnóstico mais precoce de tromboembolismo pulmonar seria de grande importância clínica, principalmente se pudesse ser realizado dentro da terapia intensiva e a um baixo custo. O objetivo deste projeto é estudar a sensibilidade e especificidade da TIE no diagnóstico de Embolia Pulmonar, no contexto do diagnóstico diferencial com atelectasias pulmonares. Pretendemos também correlacionar alterações de pressão de artéria pulmonar, resistência pulmonar e índice cardíaco com alterações na TIE. Após anestesia e intubação; será induzida, no porco, uma embolia através do cateter de swan-ganz, que deverá causar uma alteração (aumento) na impedância elétrica regional, além de causar sérias perturbações nas imagens dinâmicas e funcionais. Esperamos também estimar a quantidade mínima de oclusão vascular necessária para que se observe uma variação nas imagens. Através da técnica de superposição de imagens, esperamos estabelecer o padrão de imagens na tomografia de impedância elétrica que melhor define um quadro de tromboembolismo pulmonar. (AU)

Resumo

Na nossa tese de doutoramento apresentamos um esquema geral que inclui muitos métodos, conhecidos e novos, para resolver problemas de viabilidade convexa e otimização não diferenciável com restrições. Esses métodos generalizam tanto os métodos de projeções ortogonais para a viabilidade convexa como os métodos subrelaxados para otimização convexa não diferenciável. Este projeto trata da extensão desses métodos em duas direções: a resolução de problemas inconsistentes e o uso de conceitos de dualidade. Também temos como objetivo fundamental a aplicação desses métodos em problemas de tomografia, tomando como ponto de partida os novos princípios de incerteza. (AU)

Resumo

Recentemente foram desenvolvidos novos filtros polinomiais para reconstruir funções contínuas por partes a partir dos coeficientes de Fourier. Esses filtros foram usados para desenvolver métodos iterativos para detecção das descontinuidades. Em [1] os filtros polinomiais, assim como os métodos iterativos foram generalizados com filtros "splines", possibilitando melhores aproximações. Neste projeto, estenderemos os resultados de [1] para "splines" adaptados [2], assim como para o caso bidimensional para poder aplicar os novos métodos em reconstrução de Fourier em tomografia de transmissão, e na detecção de bordas em ressonância magnética nuclear. [1] Martínez, A.G. "Detecção de Descontinuidades e Reconstrução de Funções a partir de Dados Espectrais: Filtros Splines e Métodos Iterativos", Tese de Doutorado, IMECC-UNICAMP, fevereiro 2006. [2] M. Unser, "Splines: A Perfect Fit for Signal and Image Processing", IEEE Signal Processing Magazine, vol. 16, no. 6, pp. 22- 38, November 1999. (AU)

Resumo

O advento da ressonância magnética trouxe grande progresso no diagnóstico de afecções do sistema nervoso, adicionando maior resolução anatômica, possibilidades de análise de conteúdo de limites mais nítidos entre estruturas e a possibilidade de visibilidade de núcleos diencefálicos e no tronco cerebral, e seu uso, portanto, tem grande potencial na neurocirurgia funcional.No entanto o risco de distorção espacial das imagens em ambientes não homogêneos e na presença de metais no campo magnético fizeram a sua utilização como método guia para cirurgia estereotáxica ser postergada até a melhoria técnica de aparelhos de ressonância assim como adequação de aparelhos estereotáxicos ao ambiente magnético.O intuito desta pesquisa é de viabilizar em nosso meio, a utilização da ressonância magnética como método de imagem superior à tomografia computadorizada, que atualmente é o método de imagem mais utilizado, e procedimentos estereotácticos, em termos anatômicos sem que haja distorção de imagem. Para tanto, utilizaremos um modelo (Phantom) com halo estereotáctico para aplicação de ressonância nuclear magnética e tomografia computadorizada. Faremos análises estatísticas para mensurar a precisão de ressonância magnética - corrigida por algoritmos para corrigir as distorções - na determinação de alvos estereotácticos. Deste modo, poderemos determinar a viabilidade de utilização da ressonância nuclear magnética em procedimentos neurocirúrgicos funcionais, o que poderia levar a ganho em qualidade, precisão e melhoria dos resultados para os pacientes nas cirurgias realizadas em nossa instituição. (AU)

Resumo

Hamartoma hipotalâmico (HH) é uma rara má formação congênita que pode cursar com puberdade precoce e/ou epilepsia de difícil controle (mais particularmente, crises gelásticas), além de alterações cognitivas e comportamentais (frequentemente agressividade). Os traçados de EEG não têm padrão definido. A ressonância magnética (RM) é o exame de escolha para o diagnóstico, permitindo definir sua localização, tipo de ligação ao hipotálamo e tamanho. Alguns estudos com SPECT sugerem o HH como foco epiléptico. A literatura carece de relatos de casos com longo curso clínico e há poucos estudos a respeito dos aspectos vídeo eletroencefalográficos de crises não gelásticas. Neste trabalho serão descritos seis casos de pacientes adultos com HH e epilepsia, caracterizando os aspectos clínicos, eletroencefalográficos e de monitorização por vídeo-EEG, além de correlacioná-los com os achados exames de neuroimagem estrutural e funcional (RM e SPECT). (AU)

Resumo

A Medicina Nuclear foi a primeira modalidade de diagnóstico médico por imagens que incorporou o processamento digital no seu desenvolvimento. Atualmente, no âmbito da rotina clínica, os sistemas comerciais são providos com um pacote de programas que controlam a aquisição de imagens segundo protocolos específicos e as processam para fins diagnósticos já estabelecidos. Entretanto, esse software nem sempre são adequados, principalmente quando se deseja uma quantificação mais confiante, ou uma modelagem do processo fisiológico em estudo. Assim, há a necessidade contínua de sé desenvolver programas e protocolos de processamento que permitam obter resultados cada vez mais confiáveis para o diagnóstico médico. O presente projeto objetiva a introdução do bolsista à área de processamento digital de imagens em Medicina Nuclear. Para tanto, será realizado um programa de estudos dos fundamentos de processamento digital de imagens, que incluirá a elaboração de rotinas destinadas a tarefas específicas. O bolsista também deverá estudar a base da formação de imagens em Medicina Nuclear e, na aplicação prática, participará do projeto de SPECT Quantitativa, desenvolvido no Instituto do Coração, colaborando na parte relativa ao estudo da dinâmica do miocárdio por meio da SPECT sincronizada com os eventos elétricos. (AU)

Resumo

Introdução: A tomografia de impedância elétrica (TIE) é um método não invasivo capaz de medir diferenças de voltagem a partir da aplicação de corrente elétrica em torno de uma secção do corpo. Dentre suas aplicações clínicas destaca-se a capacidade de monitorar variações locais nos pulmões, permitindo otimizar a estratégia de ventilação. Objetivo: O objetivo primário deste estudo é avaliar, em estudo prospectivo, a acurácia da TIE em quantificar o volume corrente durante a ventilação mecânica no modo volume controlado. Secundariamente, avaliar se diferentes níveis de PEEP e posições corporais interferem na eficiência dessa mensuração. Metodologia: O estudo será realizado nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. Os sujeitos serão 15 pacientes consecutivos ou todos aqueles internados nas unidades acima em um período de seis meses (o que ocorrer primeiro). O protocolo baseia-se na ventilação mecânica no modo volume controlado e captação de variações de volume pela TIE. O mesmo será realizado com os pacientes em decúbito horizontal, elevação de 45º e variação da PEEP. Análise estatística: As comparações entre variáveis serão feitas através da análise de variância (ANOVA) para medidas repetidas. (AU)

Resumo

Dados experimentais e clínicos indicam que a ventilação mecânica na SDRA deve utilizar pressões não muito altas durante a inspiração e pressões não muito baixas durante a expiração. A titulação da PEEP para respeitar este compromisso necessita de melhores estudos sobre os seus efeitos regionais. A posição prona pode ter um efeito benéfico aditivo à PEEP na identificação dessa janela segura de pressões. O objetivo deste estudo é correlacionar medidas de mecânica pulmonar, oxigenação e avaliações tomográficas em pacientes com SDRA, buscando-se a identificação da pressão mínima expiratória a partir da qual começa a ocorrer colapso pulmonar, e sua modulação pela mudança de postura. Após uma manobra de homogeneização da história pulmonar, será feita uma curva pressão-volume do sistema respiratório obtida pela técnica do fluxo contínuo. Em seguida, será realizada uma curva PEEP-complacência, durante a qual será realizada a aquisição de imagens tomográficas, nas posições supina e prona. (AU)

Resumo

Pretendo me concentrar, essencialmente, em 3 aspectos envolvendo pesquisa em processamento de imagens médicas: a) Métodos rápidos para reconstrução tomográfica: Pesquisa em métodos e algoritmos para reconstrução rápida, visando viabilizar a reconstrução adequada de estruturas dinâmicas como o coração. A tomografia rápida é ainda um desafio em diversas frentes: fonte de informações, geometria do sistema de aquisição, arquitetura de hardware, algoritmos, software, e correção; b) Gerência de informações médicas (texto, sinais e imagens) e visualização (inclusive 3-D): Pesquisa e desenvolvimento em diversas áreas como: gerência de informações, compressão de dados, e PACS (Picture Archiving and Communication Systems); c) Reconhecimento de padrões: Pesquisa em reconhecimento de padrões em medicina com aplicações em Anatomia Patológica, cine-angio-cardiografia, Medicina Nuclear e outros. As técnicas de reconhecimento de padrões devem levar em conta a variabilidade das estruturas e do seu posicionamento (efeito do formato, escala, rotação e translação). (AU)

Página 22 de 1.058 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s) | Limpar seleção