site da FAPESP
 

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
Auxílios à Pesquisa
Bolsas
Programas de Pesquisa direcionados a Aplicações
Programas de Infraestrutura de Pesquisa
Área do conhecimento
Situação
Ano de início
Página 22 de 1.026 resultado(s)
|

Hamartoma hipotalâmico e epilepsia: aspectos clínicos, videoeletroencefalograficos e de neuroimagem em uma série de casos

Processo:03/12920-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência: 01 de março de 2004 - 30 de junho de 2005
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Luiz Henrique Martins Castro
Beneficiário:
Instituição-sede: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):HipotálamoEpilepsiaRessonância magnéticaTomografia computadorizada por emissão de fóton únicoHamartoma
Resumo
Hamartoma hipotalâmico (HH) é uma rara má formação congênita que pode cursar com puberdade precoce e/ou epilepsia de difícil controle (mais particularmente, crises gelásticas), além de alterações cognitivas e comportamentais (frequentemente agressividade). Os traçados de EEG não têm padrão definido. A ressonância magnética (RM) é o exame de escolha para o diagnóstico, permitindo definir sua localização, tipo de ligação ao hipotálamo e tamanho. Alguns estudos com SPECT sugerem o HH como foco epiléptico. A literatura carece de relatos de casos com longo curso clínico e há poucos estudos a respeito dos aspectos vídeo eletroencefalográficos de crises não gelásticas. Neste trabalho serão descritos seis casos de pacientes adultos com HH e epilepsia, caracterizando os aspectos clínicos, eletroencefalográficos e de monitorização por vídeo-EEG, além de correlacioná-los com os achados exames de neuroimagem estrutural e funcional (RM e SPECT). (AU)

Avaliação da ressonância magnética de 3 Tesla como método de localização de alvos encefálicos em Neurocirurgia Funcional Estereotáctica

Processo:09/17945-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência: 01 de março de 2010 - 28 de fevereiro de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Erich Talamoni Fonoff
Beneficiário:
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Tomografia computadorizadaComputação gráficaNeurocirurgiaRessonância magnética
Resumo
O advento da ressonância magnética trouxe grande progresso no diagnóstico de afecções do sistema nervoso, adicionando maior resolução anatômica, possibilidades de análise de conteúdo de limites mais nítidos entre estruturas e a possibilidade de visibilidade de núcleos diencefálicos e no tronco cerebral, e seu uso, portanto, tem grande potencial na neurocirurgia funcional.No entanto o risco de distorção espacial das imagens em ambientes não homogêneos e na presença de metais no campo magnético fizeram a sua utilização como método guia para cirurgia estereotáxica ser postergada até a melhoria técnica de aparelhos de ressonância assim como adequação de aparelhos estereotáxicos ao ambiente magnético.O intuito desta pesquisa é de viabilizar em nosso meio, a utilização da ressonância magnética como método de imagem superior à tomografia computadorizada, que atualmente é o método de imagem mais utilizado, e procedimentos estereotácticos, em termos anatômicos sem que haja distorção de imagem. Para tanto, utilizaremos um modelo (Phantom) com halo estereotáctico para aplicação de ressonância nuclear magnética e tomografia computadorizada. Faremos análises estatísticas para mensurar a precisão de ressonância magnética - corrigida por algoritmos para corrigir as distorções - na determinação de alvos estereotácticos. Deste modo, poderemos determinar a viabilidade de utilização da ressonância nuclear magnética em procedimentos neurocirúrgicos funcionais, o que poderia levar a ganho em qualidade, precisão e melhoria dos resultados para os pacientes nas cirurgias realizadas em nossa instituição. (AU)

O fenômeno de Gibbs e detecção de descontinuidades a partir de dados espectrais: aplicações em tomografia

Processo:05/60892-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência: 01 de junho de 2006 - 31 de março de 2007
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Matemática - Matemática Aplicada
Pesquisador responsável:Alvaro Rodolfo De Pierro
Beneficiário:
Instituição-sede: Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica (IMECC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:02/07153-2 - Algoritmos para a reconstrução tomográfica: otimização, restauração, quantificação e aplicação, AP.TEM
Assunto(s):Fenômeno de GibbsSplineTransformada de FourierTomografiaReconstrução de imagens
Resumo
Recentemente foram desenvolvidos novos filtros polinomiais para reconstruir funções contínuas por partes a partir dos coeficientes de Fourier. Esses filtros foram usados para desenvolver métodos iterativos para detecção das descontinuidades. Em [1] os filtros polinomiais, assim como os métodos iterativos foram generalizados com filtros "splines", possibilitando melhores aproximações. Neste projeto, estenderemos os resultados de [1] para "splines" adaptados [2], assim como para o caso bidimensional para poder aplicar os novos métodos em reconstrução de Fourier em tomografia de transmissão, e na detecção de bordas em ressonância magnética nuclear. [1] Martínez, A.G. "Detecção de Descontinuidades e Reconstrução de Funções a partir de Dados Espectrais: Filtros Splines e Métodos Iterativos", Tese de Doutorado, IMECC-UNICAMP, fevereiro 2006. [2] M. Unser, "Splines: A Perfect Fit for Signal and Image Processing", IEEE Signal Processing Magazine, vol. 16, no. 6, pp. 22- 38, November 1999. (AU)

Métodos em otimização e viabilidade: aplicações em tomografia

Processo:08/10030-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência: 01 de maio de 2009 - 30 de junho de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Matemática - Matemática Aplicada
Pesquisador responsável:Alvaro Rodolfo De Pierro
Beneficiário:
Instituição-sede: Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica (IMECC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Assunto(s):TomografiaOtimização matemáticaProblemas inversos
Resumo
Na nossa tese de doutoramento apresentamos um esquema geral que inclui muitos métodos, conhecidos e novos, para resolver problemas de viabilidade convexa e otimização não diferenciável com restrições. Esses métodos generalizam tanto os métodos de projeções ortogonais para a viabilidade convexa como os métodos subrelaxados para otimização convexa não diferenciável. Este projeto trata da extensão desses métodos em duas direções: a resolução de problemas inconsistentes e o uso de conceitos de dualidade. Também temos como objetivo fundamental a aplicação desses métodos em problemas de tomografia, tomando como ponto de partida os novos princípios de incerteza. (AU)

Classificação automática de tomografias computadorizadas de alta resolução para auxílio ao diagnóstico de lesões intersticiais de pulmão

Processo:07/08470-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência: 01 de fevereiro de 2008 - 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica
Pesquisador responsável:Alessandra Alaniz Macedo
Beneficiário:
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/12477-7 - Identificação automática de relacionamento entre informações similares, AP.JP
Assunto(s):Recuperação da informação
Resumo
Doenças Pulmonares Difusas (DPD) incidem sobre as mesmas regiões dos pulmões e possuem características clínicas, radiológicas e funcionais bastantes similares. Esse fato justifica sua inclusão em um único grupo, assim como explica as dificuldades encontradas em seus diagnósticos. A Tomografia Computadorizada de Alta Resolução (TCAR) pode ser capaz de detectar lesões que não aparecem em radiografias convencionais. Entretanto, a TCAR gera uma enorme quantidade de imagens, que devem ser analisadas pelo radiologista no processo de avaliação e de tomada de decisão diagnóstica. Todo esse processo é laborioso, complexo e, por vezes, tedioso, que pode trazer consigo uma alta probabilidade de erro humano e acentuada variabilidade intra e inter-pessoal. Técnicas computacionais de Recuperação de Imagens por Conteúdo (RIC) podem ser utilizadas para auxiliar em processos de diagnóstico e de tomada de decisão clínica. Este projeto propõe a exploração de técnicas computacionais de RIC apoiadas por informação textual de laudos médicos extraída via técnicas de Recuperação de Informação (RI), para classificar automaticamente exames radiológicos em tomografias computadorizadas de alta resolução de doenças pulmonares difusas. Serão verificadas oportunidades de reuso e de desenvolvimento de componentes de software voltados para o pré-processamento de exames de TCAR de enfermidades do tipo DPD e a criação de agrupamentos de exames de TCAR com padrões de características semelhantes. A partir da integração desses componentes de software, espera-se como resultado um software de classificação automática de imagens de exames TCAR para auxílio a radiologistas na avaliação e tomada de decisão diagnóstica de DPD. (AU)

Avaliação da acurácia da tomografia de impedância elétrica na mensuração do volume corrente em pacientes submetidos a suporte ventilatório mecânico invasivo no modo volume controlado

Processo:08/51285-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência: 01 de outubro de 2008 - 30 de setembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Carlos Roberto Ribeiro de Carvalho
Beneficiário:
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):TomografiaRespiração artificial
Resumo
Introdução: A tomografia de impedância elétrica (TIE) é um método não invasivo capaz de medir diferenças de voltagem a partir da aplicação de corrente elétrica em torno de uma secção do corpo. Dentre suas aplicações clínicas destaca-se a capacidade de monitorar variações locais nos pulmões, permitindo otimizar a estratégia de ventilação. Objetivo: O objetivo primário deste estudo é avaliar, em estudo prospectivo, a acurácia da TIE em quantificar o volume corrente durante a ventilação mecânica no modo volume controlado. Secundariamente, avaliar se diferentes níveis de PEEP e posições corporais interferem na eficiência dessa mensuração. Metodologia: O estudo será realizado nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. Os sujeitos serão 15 pacientes consecutivos ou todos aqueles internados nas unidades acima em um período de seis meses (o que ocorrer primeiro). O protocolo baseia-se na ventilação mecânica no modo volume controlado e captação de variações de volume pela TIE. O mesmo será realizado com os pacientes em decúbito horizontal, elevação de 45º e variação da PEEP. Análise estatística: As comparações entre variáveis serão feitas através da análise de variância (ANOVA) para medidas repetidas. (AU)

Avaliação das vias aéreas superiores utilizando tomografia computadorizada 3-D na síndrome da apneia obstrutiva do sono após a utilização de avanços maxilimandibulares

Processo:05/02681-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência: 02 de fevereiro de 2006 - 01 de julho de 2006
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Cassio Edvard Sverzut
Beneficiário:
Anfitrião: Adalberto Luiz Rosa
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Washington (Estados Unidos)
Resumo
A Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS) é uma desordem potencialmente fatal. Esta desordem tem sido descrita por décadas, mas seu diagnóstico ainda permanece como um problema. Sob todos os aspectos a SAOS tem importância significativa em saúde publica A prevalência da SAOS esta entre 2% a 6% da população em geral e permanece não diagnosticada em 80% dos casos. A prevalência em pessoas com mais de 65 anos de idade tem sido relatada ser em torno de 62%. Todas as vias aéreas superiores (VAS) devem ser examinada metódica e meticulosamente para a determinação correta do sitio ou sítios que possam ser locais de fechamento. Estes sítios contribuem significativamente na patofisiologia da SAOS, podendo variar muito de um paciente para o outro. Vários exames têm sido propostos na determinação destes locais, como radiografias cefalométricas, tomografias computadorizadas, ultrassom, nasofibroscopia, cada qual com suas vantagens e desvantagens. Recentemente a tomografia computadorizada com reconstrução 3D tem sido usada com sucesso, permitindo a analise linear e de área das vias aéreas superiores. Este trabalho visa analisar as vias aéreas de 10 pacientes portadores da Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono aproximadamente 6 meses antes da realização de avanço maxilomandibular e 3 meses após. Serão analisadas medidas lineares e de área no pré e pós-operatório. Para analise estatística será utilizado o método não-paramétrico de Wilcoxon. Os resultados serão expressos em médias com desvio padrão. A analise estatística será completada com 5% de significância. (AU)

Exploração de modos funcionais na tomografia de impedância elétrica (TIE): diagnóstico de atelectasia e vasoconstrição hipóxica

Processo:03/07228-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência: 01 de outubro de 2003 - 31 de março de 2005
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Marcelo Britto Passos Amato
Beneficiário:
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/05303-4 - Novas estratégias em ventilação artificial: diagnóstico e prevenção do barotrauma/biotrauma através da tomografia de impedância elétrica (TIE), AP.TEM
Assunto(s):Atelectasia pulmonarRespiração artificialMecânica respiratória
Resumo
O projeto de pesquisa tem como meta estudar a aplicação da tomografia de impedância elétrica (TIE) no diagnóstico de atelectasia e vasoconstricção hipóxica pulmonar. Os objetivos do projeto são: 1. Avaliar qual a sensibilidade da imagem estática e dinâmica em detectara presença de atelectasia pulmonares; 2. Avaliar o processo de vasoconstricção hipóxica em um pulmão normal e um com inflamação. A importância desse estudo reside no fato de que essa nova ferramenta diagnóstica permite diagnósticos a beira do leito, aumentando assim a segurança do paciente, e protegendo o paciente dos riscos relacionados a ventilação mecânica, em especial o colapso alveolar (Atelecasia), e distúrbios de ventilação/perfusão (alteração do mecanismo de vacoconstricção hipóxica). O estudo será realizado com porcos que serão submetidos às condições supracitadas, e em seguida serão coletadas imagens dinâmicas (oscilações respiratórias e circulatórias) e imagens estáticas pela tomografia de impedância elétrica, a partir das quais esperamos fazer o diagnóstico de tais condições. (AU)

Influência do procedimento anestésico sobre a ocorrência de complicações pos-mielografia em cães

Processo:06/56140-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência: 01 de abril de 2007 - 31 de dezembro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Silvia Renata Gaido Cortopassi
Beneficiário:
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):IohexolMielografiaAnestesiaCães
Resumo
A realização de mielografia seguida de tomografia computadorizada tem-se tornado procedimento de rotina, havendo necessidade de adequações para que tais métodos sejam realizados com a segurança máxima. Serão utilizados 30 animais da espécie canina, machos ou fêmeas, de idades e raças variadas, atendidos pelo Serviço de Diagnóstico por Imagem do Hospital Veterinário da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo que serão submetidos ao exame de mielografia seguido de tomografia computadorizada. Todos os animais receberão morfina como medicação pré-anestésica; decorridos 10 a 15 minutos, serão distribuídos, aleatoriamente, em dois grupos: GP - indução da anestesia será realizada com a utilização de propofol, e GDP - indução com o auxílio de diazepam seguido de propofol na quantidade necessária para promover relaxamento mandibular. Para manutenção da anestesia, será utilizado isofluorano em oxigênio a 100%. Serão avaliados: freqüências cardíaca e respiratória; pressão arterial sistólica, média e diastólica; oximetria de pulso. Durante a realização da mielografia, serão observadas as ocorrências de apnéia, de bradicardia ou taquicardia, superficialização da anestesia e alterações pressóricas (hipotensão ou hipertensão arterial). No período de recuperação, será verificada a ocorrência de convulsões, vômitos, hipotermia e agravamento dos sinais neurológicos. Serão observados os seguintes períodos: intervalo de tempo de realização da mielografia, intervalo de tempo de realização da tomografia, intervalo de tempo de recuperação (desde o término da administração do agente inalatório até a presença de tônus muscular suficiente para que o animal se mantenha em decúbito estemal). (AU)

Análise semiquantitativa da perfusão cerebral em indivíduos normais utilizando SPECT cerebral com ecd-99mtc

Processo:01/14204-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência: 01 de abril de 2002 - 31 de março de 2003
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Radiologia Médica
Pesquisador responsável:Edwaldo Eduardo Camargo
Beneficiário:
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Assunto(s):CintilografiaTomografia computadorizada por emissão de fóton único
Resumo
O SPECT cerebral utilizando ECD-99mTc é, hoje, o procedimento de rotina em estudos de integridade funcional do cérebro devido a sua excelente qualidade de imagem e grande estabilidade in vivo e in vitro. Métodos de análise quantitativa são fundamentais para avaliar objetivamente o grau de alteração funcional do cérebro. Os métodos atualmente disponíveis para tal são demasiadamente complexos, o que impossibilita seu uso e difusão na prática clínica diária. Esse estudo tem como objetivos determinar os padrões normais de perfusão cerebral com ECD-99mTc através de um método de análise semiquantitativa que utiliza o córtex cerebelar ou, o tálamo como referência e comparar os resultados com os valores obtidos com o mesmo método utilizando HMPAO-99mTc. Trinta voluntários normais, de ambos os sexos, serão selecionados. Os voluntários receberão uma injeção endovenosa de 740 MBq (20 mCi) de ECD-99mTc. Após um prazo mínimo de 45 minutos, serão obtidas imagens a partir de uma câmara de cintilação equipada com colimador fan beam. As imagens, após correção, serão reconstruídas nos planos transversal, coronal, sagital, temporal e trans-supraórbito-meatal. Para a análise semiquantitativa, serão obtidas as contagens per pixel de cada região estudada e divididas por contagens per pixel dos tálamos e hemisférios cerebelares. Os dados serão, então, comparados com aqueles obtidos para o HMPAO-99mTc. (AU)
Página 22 de 1.026 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s) | Limpar seleção
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP