site da FAPESP
 

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Auxílios à Pesquisa
Área do conhecimento
5.047 resultado(s)
|

O toque terapêutico como intervenção redutora da ansiedade em estudantes

Beneficiário:Vanessa Miranda Gomes
Instituição: Escola de Enfermagem (EE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Maria Julia Paes da Silva
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Médico-cirúrgica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:06/50185-3
Vigência: 01 de maio de 2006 - 31 de dezembro de 2007
Assunto(s):AnsiedadeToque terapêutico

Tratamento de dependência do álcool de acordo com a opção terapêutica escolhida pelo próprio paciente

Beneficiário:Elisaldo Luiz de Araujo Carlini
Instituição: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Elisaldo Luiz de Araujo Carlini
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:06/59323-0
Vigência: 01 de abril de 2008 - 30 de abril de 2011
Assunto(s):Alcoolismo
Resumo
Autores tem estudado a efetividade do tratamento a partir da motivação do paciente, mas não baseada na livre escolha pelo mesmo da terapêutica a ser utilizada. As abordagens terapêuticas que detém evidências científicas comprovadas de efetividade é modesta em avaliar o desejo do paciente como fonte de incremento nos resultados do tratamento. Avaliar a efetividade dos tratamentos em nosso país é escassa e praticamente limita-se às pesquisas universitárias, não permitindo um estudo de seguimento de longa duração.O presente projeto tem por finalidade avaliar a hipótese de que a efetividade do tratamento possa estar associada à escolha do tipo de terapêutica peio próprio paciente. Visa avaliar os resultados do tratamento para indivíduos portadores de transtornos por uso de álcool a partir da escolha terapêutica formulada pelo próprio paciente em comparação com indivíduos cuja terapêutica foi indicada por um profissional. (AU)

Imagens mentais e psicoterapia: os efeitos da habilidade de formar imagens e controlá-los no processo terapêutico

Beneficiário:Nilce Pinheiro Mejias
Instituição: Instituto de Psicologia (IP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Nilce Pinheiro Mejias
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:92/02749-0
Vigência: 01 de outubro de 1992 - 30 de setembro de 1993
Assunto(s):Psicoterapia
Resumo
Pretende-se verificar neste projeta a existência de associações entre a habilidade de formar o controlar imagens mentais e o sucesso terapêutico obtido com determinados procedimentos terapêuticos. Além disso, pretende-se investigar como as imagens influenciam o processo terapêutico. Para tanto, serão atendidos estudantes universitários mostram ansiedade excessiva ao realizar provas e exames. O atendimento será feito através de grupos de vivência, com o emprego de imagens mentais. Serão aplicados testes e escalas para avaliar a capacidade dos estudantes de formar e controlar imagens, bem como o decréscimo de sua ansiedade após o processo terapêutico, para verificar se tal capacidade está associada a esse decréscimo. Será feita ainda uma análise do conteúdo filmado das sessões para investigar como as imagens influem no referido processo. (AU)

O processo terapêutico de crianças deficientes auditivas: princípios e métodos em movimento

Beneficiário:Daniela Moreira Nery
Instituição: Programa de Estudos Pós-Graduados em Fonoaudiologia. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Beatriz Cavalcanti de Albuquerque Caiuby Novaes
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:98/03748-4
Vigência: 01 de junho de 1998 - 31 de maio de 2000
Assunto(s):AudiçãoAudiologiaDeficiência auditivaLinguagem
Resumo
Este projeto propõe uma reflexão sobre o método clínico-terapêutico e tem como objetivo: o registro e análise do processo terapêutico de crianças deficientes auditivas numa abordagem oral, explicitando e discutindo aspectos do trabalho que envolvem a percepção auditiva através do uso do aparelho de amplificação sonora, articulando fundamentos de disciplinas envolvidas nas dimensões de corpo, da linguagem e da subjetividade. (AU)

Efeito de células-tronco mesequimais provenientes de cordão umbilical humano na regeneração do miocárdio após infarto

Beneficiário:Daniela Mara de Oliveira
Instituição: Hospital Israelita Albert Einstein. Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein (SBIBAE). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Daniela Mara de Oliveira
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Apoio a Jovens Pesquisadores
Processo:07/56125-5
Vigência: 01 de novembro de 2007 - 28 de fevereiro de 2009
Assunto(s):Cardiologia
Resumo
O infarto do miocárdio causa perda irreversível de cardiomiócitos e tecido vascular, causando comprometimento da função cardíaca. O miocárdio não possui capacidade intrínseca de reparo fisiologicamente significante e mesmo com o arsenal terapêutico disponível, a morbidade e a mortalidade da insuficiência cardíaca resultante ainda representam problema sério de saúde pública. Dessa forma, o transplante de células-tronco ou progenitoras é uma modalidade terapêutica com potencial para uso em pacientes com disfunção cardíaca. Estudos mostram que células-tronco mesenquimais (CTMs) provenientes de medula óssea quando transplantadas em corações que sofreram infarto promovem melhora da função da cardíaca. As vantagens teóricas do uso terapêutico de CTMs provenientes de sangue de cordão umbilical (SCU) humano são a imaturidade celular e o aumento da disponibilidade de doadores compatíveis. Utilizando um modelo pré-clinico de infarto do miocárdio em suínos, investigaremos: a) o potencial terapêutico do uso de CTMs de SCU humano na regeneração cardíaca; b) a capacidade de implantação de CTMs de SCU humano no miocárdio infartado, c) se a pré-diferenciação cardiomiogênica e endotelial in vitro dessas células melhora a ação terapêutica. Adicionalmente, testaremos diferentes parâmetros para o transplante celular e manipularemos células a serem transplantadas visando à otimização do uso terapêutico de CTMs de SCU humano (AU)

Toxoplasmose experimental em coelhas gestantes: observações clínicas, obstétricas, patológicas, prasitoloicas, imunológicas e terapêuticas

Beneficiário:Luciana Ellner Parra
Instituição: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Alvimar José da Costa
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:97/06049-7
Vigência: 01 de dezembro de 1997 - 31 de dezembro de 1999
Assunto(s):FitoterapiaTerapêuticaToxoplasma gondiiToxoplasmose congênita

Toxoplasmose experimental em coelhas gestantes. obervacoes clínicas, obstétricas, patológicas, parasitológicas, imunológicas e terapêuticas

Beneficiário:Ludmila Diez Aires
Instituição: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Alvimar José da Costa
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:97/06050-5
Vigência: 01 de dezembro de 1997 - 31 de dezembro de 1999
Assunto(s):FitoterapiaTerapêuticaToxoplasma gondiiToxoplasmose congênita

Mudança em psicoterapias breves: características de personalidade, conflito interpessoal e estratégia terapêutica

Beneficiário:Elisa Frederich Penteado
Instituição: Faculdade de Psicologia. Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-CAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Elisa Medici Pizão Yoshida
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:05/50715-0
Vigência: 01 de julho de 2005 - 31 de dezembro de 2006
Assunto(s):DepressãoEstratégias terapêuticasMecanismos de defesa

As contradições entre a noção de atividades terapêuticas e as práticas cotidianas efetivadas junto a pacientes com transtorno mental severo e persistente em um serviço residencial terapêutico

Beneficiário:Mariana Carraro Alonso
Instituição: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Débora Isane Ratner Kirschbaum Nitkin
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Psiquiátrica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:05/54614-3
Vigência: 01 de agosto de 2005 - 31 de dezembro de 2005
Assunto(s):ReabilitaçãoServiços de saúde mentalTranstornos mentais

Tempo de tratamento da tuberculose: variáveis que interferem em 24 coortes de doentes em terapêutica ( 1998-2000) em um serviço de saúde de Ribeirão Preto

Beneficiário:Ricardo Alexandre Arcêncio
Instituição: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Tereza Cristina Scatena Villa
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem de Saúde Pública
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:02/00471-9
Vigência: 01 de maio de 2002 - 30 de novembro de 2003
Assunto(s):TerapêuticaTuberculose

Tratamento ambulatorial com radioiodo em pacientes portadores de bócio multinodular, precedido por estímulo por hormônio tireotrofico humano recombinante

Beneficiário:Geraldo Antônio de Medeiros Neto
Instituição: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Geraldo Antônio de Medeiros Neto
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:02/06892-6
Vigência: 01 de dezembro de 2002 - 31 de agosto de 2006
Assunto(s):HipertireoidismoHipotireoidismo
Resumo
A terapêutica actínica com RAI, visando reduzir bócios multinodulares (BM) de longa duração, é realizada, na Europa e Estados Unidos, há mais de vinte anos. Muitos pacientes, no entanto, apresentam quadro de hipertireoidismo subclínico com TSH sérico suprimido e, conseqüentemente, baixa captação do radionuclídeo. Recentemente, se propôs à terapêutica estimulatória da tireóide, c/hormônio tireotrófico humano recombinante, precedendo em 24h a administração do radiofármaco. Propomos a terapêutica ambulatorial do BM com a combinação de hrTSH (THYROGEN) e dose fixa de RAI (30 mCi) para pacientes com BM, ao qual se agregam co-morbidades que elevam o risco cirúrgico. No protocolo proposto, o paciente é orientado para seguir dieta pobre em iodo (3-4 m), verificando-se a excreção urinaria de iodo, mensalmente. Constatando-se hipertireoidismo, indica-se medicação anti-tireóidea (Metimazol). Os pacientes terão acompanhamento endocrinológico e cardiológico, a prazos regulares, durante 12m após a dose terapêutica. (AU)

O impacto da aliança terapêutica em psicoterapia psicodinâmica breve

Beneficiário:Sergio Luís Blay
Instituição: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Sergio Luís Blay
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:99/05517-2
Vigência: 01 de dezembro de 1999 - 30 de novembro de 2001
Assunto(s):PsicodinâmicaPsicoterapiaPsicoterapia breve
Resumo
A aliança terapêutica tem sido considerada a variável mais essencial do processo psicoterápico, independente das especificações das diferentes escolas de pensamento. Para a realização deste estudo será usada a Escala de Aliança Psicoterápica da Califórnia CALPAS, versão do paciente, que avaliar a partir das respostas dadas pelo paciente, o grau em que está havendo aliança terapêutica, de trabalho, compreensão e envolvimento do terapeuta e acordo do paciente e do terapeuta em relação aos objetivos e estratégias da psicoterapia. O objetivo desta pesquisa é avaliar o impacto inicial da aliança terapêutica nos resultados de um programa de psicoterapia breve psicodinâmica. (AU)

Variantes genéticas da n-acetiltransferase:relacao com a respsota terapêutica e isoniazida em pacientes com tuberculose

Beneficiário:Rosario Dominguez Crespo Hirata
Instituição: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Rosario Dominguez Crespo Hirata
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:04/08406-7
Vigência: 01 de novembro de 2004 - 31 de outubro de 2007
Assunto(s):PolimorfismoIsoniazidaTuberculose
Resumo
Diferenças no perfil de metabolização de drogas, como a isoniazida, têm sido observadas em portadores de variantes da enzima N-acetiltransferase 2 (NAT2). Com a finalidade de avaliar a relação entre variantes do gene NAT2 e o perfil de resposta terapêutica à isoniazida, serão estudados 80 pacientes com tuberculose tratados com o esquema terapêutico (Ministério da Saúde). A resposta terapêutica será avaliada pela negativação da baciloscopia e da cultura de M. tuberculosis durante o tratamento. As variantes genéticas da NAT2 serão analisadas por PCR-RFLP, SSCP e seqüenciamento de DNA. Também serão avaliados o fenótipo de acetilação, a taxa de abandono da terapia e o aparecimento das cepas de M. tuberculosis resistentes. Os resultados deste estudo contribuirão para o conhecimento do perfil de acetiladores da isoniazida na nossa população, que poderá ser útil para adequação da terapia com isoniazida e para a redução das taxas de efeitos adversos e de cepas resistentes. (AU)

Controle terapêutico e modelagem farmacocinética de antimicrobianos em pacientes queimados da unidade de terapia intensiva utilizando a cromatografia líquida de alta eficiência, clae-uv

Beneficiário:Silvia Regina Cavani Jorge Santos
Instituição: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Silvia Regina Cavani Jorge Santos
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Clínica
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:07/55770-4
Vigência: 01 de novembro de 2007 - 31 de outubro de 2009
Resumo
O controle terapêutico dos antimicrobianos (AM) cefepime, imipenem e vancomicina é de relevância clínica em pacientes grandes queimados, uma vez que a farmacocinética varia de forma imprevisível. Assim, o sucesso terapêutico nesses pacientes exige a individualização de dose através do monitoramento das concentrações plasmáticas desses AM. Adicionalmente, o estudo da farmacocinética desses agentes nesses pacientes tem sido negligenciado, e até o momento as informações terapêuticas não prevêem as alterações que ocorrem na depuração plasmática e volume aparente de distribuição. O objetivo do presente estudo será desenvolver e validar método analítico para análise simultânea de cefepime, imipenem e vancomicina no plasma para o monitoramento das concentrações, obedecendo inicialmente a administração (empírica) com infusão intermitente em 40 pacientes queimados em fase de Tesão ativa e no seguimento durante a internação, incluindo os diversos debridamentos. A farmacocinética será investigada para avaliação das alterações. (AU)

Avaliação da resposta terapêutica do interferon alfa 2B em indivíduos com Hepatite C, através da expressão do receptor do interferon alfa (IFNAR), utilizando a Técnica de RT-PCR

Beneficiário:Katlin Brauer Massirer
Instituição: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Rosario Dominguez Crespo Hirata
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:97/06726-9
Vigência: 01 de novembro de 1997 - 29 de fevereiro de 2000
Assunto(s):Avaliação terapêuticaExpressão gênicaHepatite C
Resumo
O interferon alfa (IFNα) é o agente terapêutico de escolha no tratamento da hepatite por vírus C (HCV) devido, principalmente, à sua potente atividade antiviral. Entretanto, cerca de 50% dos pacientes tratados não respondem adequadamente ao tratamento. Essa falha na resposta tem sido atribuída a vários fatores que podem atuar individualmente ou combinados. Os defeitos estruturais e o nível de expressão do receptor do IFNα (IFNAR), assim como a presença de anticorpos anti-IFNα circulantes, parecem desempenhar papel fundamental nesse processo. Este projeto visa avaliar a resposta terapêutica do IFNα 2b em pacientes com hepatite C, através do nível de expressão gênica do IFNAR em células mononucleares periféricas, utilizando a técnica de RT-PCR. (AU)

A ética do desejo: estudo etnográfico da formação de psicanalistas em uma instituição lacaniana de psicanálise

Beneficiário:Maria Carolina de Araujo Antonio
Instituição: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Marcos Pazzanese Duarte Lanna
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Teoria Antropológica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:10/51180-0
Vigência: 01 de outubro de 2010 - 31 de agosto de 2014
Resumo
Esta pesquisa tem como objeto entender uma versão da noção de pessoa implícita na concepção de sujeito desejante produzida pela teoria psicanalítica lacaniana e operacionalizada pelos psicanalistas no processo terapêutico. O objetivo é apreender de que forma esta psicanálise opera com uma concepção específica de desejo e como esta concepção orienta uma ética da psicanálise na construção de modelos de subjetivação articulados pela terapêutica. Por meio de etnografia em instituições de formação de psicanalistas, procuro descrever e analisar como os próprios psicanalistas concebem a articulação entre teoria e prática psicanalítica e como tal articulação favorece a produção de uma noção de pessoa e de realidades psicológicas. Enquanto desenvolvimento de pesquisa precedente, em que realizei etnografia da clínica lacaniana em Londrina, Pr., busco aprofundar os questionamentos suscitados sobre a prática terapêutica e o saber psicanalítico, observando como as instituições de formação se organizam, como se forma um analista e como este apreende uma prática terapêutica baseada em uma ética do desejo. Com isso, pretende-se acessar quais relações o saber psicanalítico lacaniano estabelece com o contexto social e intelectual em que se insere. (AU)

Ação sinérgica de fármaco fotossensibilizador e fluidos magnéticos biocompatíveis no tratamento de neoplasias e outras doenças cutâneas

Beneficiário:Marcilene Machado de Andrade Rodrigues
Instituição: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Antonio Claudio Tedesco
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:07/01548-9
Vigência: 01 de setembro de 2007 - 31 de março de 2009
Assunto(s):Terapia fotodinâmica
Resumo
A terapia fotodinâmica (TFD), é uma modalidade terapêutica, que depende do acumulo de um composto fotossensível exógeno nas células tumorais e posterior irradiação dessas células com luz visível em um comprimento de onda adequado (dentro da janela terapêutica; 600-800 nm). A TFD tem sido usada em combinação com diferentes terapias como a radioterapia, hipertermia, quimioterapia, etc., para o tratamento de diversas doenças, como o câncer, tuberculose, epilepsia, etc. A Hipertermia (HPT) se baseia na utilização de partículas magnéticas para conseguir um efeito térmico em sistemas biológicos por meio da aplicação de um campo magnético externo, levando a morte celular. Nosso estudo se baseará no uso do sinergismo, com ação combinada da TFD e da HPT, introduzindo uma nova classe de materiais sinérgicos (fármacos fotossensíveis associados a fluidos magnéticos biocompativéis) podendo assim levar a uma redução tumoral depois com doses mínimas de aplicação de luz e/ou luz + campo magnético, potencializando, assim o efeito terapêutico com a combinação destas duas modalidades terapêuticas, estando a TFD e HPT em fase clinica. (AU)

Software de apoio a equipe multidisciplinar no planejamento terapêutico de tumores cerebrais

Beneficiário:Ricardo da Silva Santos
Pesquisador responsável:Ricardo da Silva Santos
Empresa:Compumédica Informática Ltda
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Sistemas de Computação
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Processo:12/50394-2
Vigência: 01 de abril de 2013 - 31 de março de 2015
Assunto(s):Mineração de dadosOntologiaNeoplasiasSoftwares
Resumo
Tumores cerebrais malignos estão entre os mais devastadores tipos de câncer e as decisões terapêuticas são particularmente complexas e dispendiosas. A abordagem multidisciplinar para o planejamento terapêutico dos tumores, em especial dos tumores cerebrais, é uma prática cada vez mais utilizada mundialmente. Do ponto de vista prático, essa abordagem é concretizada por meio das reuniões multidisciplinares para discussão dos casos, conhecida pelo acrônimo MDTM (Multidisciplinary Team Meetings). Nessas reuniões, neuro-oncologistas, neurocirurgiões, radiologistas, patologistas, clínicos gerais, enfermeiros e outros profissionais envolvidos discutem o caso e decidem conjuntamente o plano terapêutico para o paciente. Não obstante a existência de estudos ressaltando a importância da abordagem multidisciplinar, alguns trabalhos apresentam algumas barreiras que dificultam a maximização da eficiência do MDTM, dentre elas duas se destacam: a insuficiência de informações sobre o caso e a apresentação inadequada dos dados disponíveis aos membros da equipe. As dificuldades citadas constituem a motivação deste projeto de pesquisa, cujo objetivo principal é o desenvolvimento de um sistema computacional capaz de suprir a equipe multidisciplinar de informação relevante ao planejamento terapêutico de tumores cerebrais. A premissa do sistema é a integração dos diversos dados do paciente e, por meio de técnicas computacionais sofisticadas, a identificação automática das informações essenciais, ou seja, aquelas que podem influenciar o plano terapêutico e a adequada apresentação das mesmas aos membros da equipe. O principal benefício é evitar que algum detalhe importante seja desconsiderado no momento do planejamento terapêutico, contribuindo, conseqüentemente, para a elaboração do melhor plano de tratamento para o paciente. Do ponto de vista empresarial, além da lucratividade, a empresa proponente pretende, com esse produto, se consolidar no desenvolvimento de soluções de mineração de dados para o segmento médico-hospitalar. (AU)

Novos alvos terapêuticos no câncer de pulmão associado a mutações no oncogênese K-Ras

Beneficiário:Daniela Sanchez Bassères
Instituição: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Daniela Sanchez Bassères
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Processo:10/52685-9
Vigência: 01 de outubro de 2011 - 30 de setembro de 2015
Assunto(s):Neoplasias pulmonares
Resumo
As alterações genéticas mais frequentes em tumores de pulmão são mutações pontuais que ativam o oncogene K-Ras. Apesar destas mutações estarem causalmente ligadas à oncogênese, diferentes abordagens para inibir as proteinas Ras diretamente fracassaram na clínica. Portanto, para que melhores alvos terapêuticos para o câncer de pulmão se tornem disponíveis, será necessário identificar as vias sinalizadoras ativadas pela proteína K-Ras, que são críticas para a oncogênese. Uma destas vias culmina com a ativação do fator de transcrição NF-KB. Todavia, existe uma lacuna fundamental no nosso conhecimento sobre (1) como a ativação do NF-KB contribui para a transformação maligna pela K-Ras e (2) como a K-Ras ativa o NF-KB no pulmão. A falta deste conhecimento impossibilita a identificação de alvos terapêuticos potenciais nesta via, impedindo avanços no desenvolvimento de novas terapias para pacientes com câncer de pulmão. O objetivo deste projeto é identificar novos alvos terapêuticos relacionados ao NF-KB na oncogênese pulmonar induzida pela K-Ras. A hipótese deste projeto é que (1) o NF-KB, através de sua subunidade p65, regula a expressão de alvos terapêuticos potenciais no pulmão e (2) a ativação do NF-KB pela K-Ras envolve um alvo terapêutico promissor: a quinase IKKJ3. Esta hipótese foi formulada com base em estudos anteriores mostrando que a perda da subunidade p65 em um modelo animal reduz a formação de tumores pulmonates induzidos pela K-Ras e ainda, estudos mostrando que a quinase IKKJ3 não só ativa o NF-KB, mas funciona como um oncogene importante em tumores com alta atividade de Ras. A justificativa que rege o programa de pesquisa aqui proposto é que espera-se que ele contribuirá para um melhor entendimento dos mecanismos moleculares acionados pela K-Ras no câncer de pulmão, enquanto que, ao mesmo tempo, espera-se que este projeto permita validar uma nova estratégia terapêutica. (AU)

Efeito de células-tronco mesenquimais provenientes do cordão umbilical humano na regeneração do miocárdio após infarto

Beneficiário:Daniela Mara de Oliveira
Instituição: Hospital Israelita Albert Einstein. Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein (SBIBAE). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Daniela Mara de Oliveira
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Processo:06/59063-8
Vigência: 01 de novembro de 2007 - 28 de fevereiro de 2009
Assunto(s):Células-troncoTerapia tissularDiferenciação celularCardiologiaSangue fetalMiocárdio
Resumo
O infarto do miocárdio causa perda irreversível de cardiomiócitos e tecido vascular, causando comprometimento da função cardíaca. O miocárdio não possui capacidade intrínseca de reparo fisiologicamente significante e mesmo com o arsenal terapêutico disponível, a morbidade e a mortalidade da insuficiência cardíaca resultante ainda representam problema sério de saúde pública. Dessa forma, o transplante de células-tronco ou progenitoras é uma modalidade terapêutica com potencial para uso em pacientes com disfunção cardíaca não controlável inteiramente por métodos tradicionais. Células-tronco mesenquimais (CTMs) expandem-se facilmente ex vivo e têm capacidade de diferenciação em células endoteliais e cardiomiócitos in vitro. O uso de CTMs na recuperação cardíaca vem sendo investigado em estudos experimentais e clínicos. A maioria desses estudos mostra que CTMs provenientes de medula óssea quando transplantadas em corações que sofreram infarto promovem melhora da função cardíaca. No entanto, os mecanismos envolvidos nesse fenômeno ainda não foram esclarecidos. As vantagens teóricas do uso terapêutico de CTMs provenientes de sangue de cordão umbilical (SCU) humano são a imaturidade celular, que contribui para a diminuição na incidência da doença do enxerto versus hospedeiro, e o aumento da disponibilidade de doadores compatíveis, devido à existência de bancos públicos de SCU para transplantes alogênicos. Utilizando um modelo pré-clinico de infarto do miocárdio em suínos, investigaremos: a) o potencial terapêutico do uso de CTMs de SCU humano na regeneração cardíaca; b) capacidade de implantação de CTMs de SCU humano no miocárdio infartado; c) se a pré-diferenciação cardiomiogênica e/ou endotelial in vitro dessas células melhora a ação terapêutica. Adicionalmente, testaremos diferentes parâmetros para o transplante celular (tempo pós-infarto e quantidade celular) e manipularemos células a serem transplantadas visando a otimização do uso terapêutico de CTMs de SCU humano. Ao final desse trabalho, teremos avaliado o potencial terapêutico de CTMs de SCU humano na recuperação cardíaca pós-infarto do miocárdio em um modelo pré-clínico. (AU)

Novos alvos terapêuticos no câncer de pulmão associado a mutações no oncogene K-Ras

Beneficiário:Amanda Carolina Padilha Salviatto
Instituição: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Daniela Sanchez Bassères
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:12/16487-3
Vigência: 01 de setembro de 2012 - 31 de julho de 2013
Assunto(s):Transformação celular neoplásica
Resumo
As alterações genéticas mais frequentes em tumores de pulmão são mutações pontuais que ativam o oncogene K-Ras. Apesar destas mutações estarem causalmente ligadas à oncogênese, diferentes abordagens para inibir as proteínas Ras diretamente fracassaram na clínica. Portanto, para que melhores alvos terapêuticos para o câncer de pulmão se tornem disponíveis, será necessário identificar as vias sinalizadoras ativadas pela proteína K-Ras, que são críticas para a oncogênese. Uma destas vias culmina com a ativação do fator de transcrição NF-ºB. Todavia, existe uma lacuna fundamental no nosso conhecimento sobre (1) como a ativação do NF-kB contribui para a transformação maligna pela K-Ras e (2) como a K-Ras ativa o NF-kB no pulmão. A falta deste conhecimento impossibilita a identificação de alvos terapêuticos potenciais nesta via, impedindo avanços no desenvolvimento de novas terapias para pacientes com câncer de pulmão. O objetivo deste projeto é identificar novos alvos terapêuticos relacionados ao NF-ºB na oncogênese pulmonar induzida pela K-Ras. A hipótese deste projeto é que (1) o NF-ºB, através de sua subunidade p65, regula a expressão de alvos terapêuticos potenciais no pulmão e (2) a ativação do NF-ºB pela K-Ras envolve um alvo terapêutico promissor: a quinase IKK². Esta hipótese foi formulada com base em estudos anteriores mostrando que a perda da subunidade p65 em um modelo animal reduz a formação de tumores pulmonares induzidos pela K-Ras e ainda, estudos mostrando que a quinase IKK² não só ativa o NF-ºB, mas funciona como um oncogene importante em tumores com alta atividade de Ras. A justificativa que rege o programa de pesquisa aqui proposto é que espera-se que ele contribuirá para um melhor entendimento dos mecanismos moleculares acionados pela K-Ras no câncer de pulmão, enquanto que, ao mesmo tempo, espera-se que este projeto permita validar uma nova estratégia terapêutica. (AU)

Potencial terapêutico da administração de inibidor de DPP-4 e de células mesenquimais estromais no diabetes mellitus tipo 1 experimental induzido por estreptozotocina

Beneficiário:Mariana Rodrigues Davanso
Instituição: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Júlio César Voltarelli
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:10/02074-3
Vigência: 01 de agosto de 2010 - 31 de janeiro de 2012
Assunto(s):Células mesenquimais estromaisDiabetes mellitus tipo 1EstreptozotocinaTerapia tissular
Resumo
O diabetes mellitus do tipo 1 (DM1) é uma doença autoimune caracterizada pela destruição seletiva de células ² pancreáticas produtoras de insulina. Existem diversas formas de tratamento do DM1, tais como administração de insulina, imunossupressores, transplantes de pâncreas ou ilhotas pancreáticas, porém todos se mostram ineficientes em algum aspecto. Esse cenário estimula novas pesquisas acerca de alternativas terapêuticas para o tratamento do DM1, tais como a diferenciação in vitro de células-tronco humanas em células ² pancreáticas para transplante e tratamento do DM1 com células-tronco adultas. Nesse contexto, as células estromais mesenquimais (MSCs) representam uma fonte de células-tronco adultas ideal para terapia celular em virtude de seu fácil isolamento, expansão in vitro e capacidade imunossupressora, imunomoduladora e regenerativa. Trabalhos recentes demonstraram um efeito terapêutico satisfatório após infusões de MSCs em modelos animais de DM1, embora os mecanismos de ação das MSCs ainda não sejam completamente esclarecidos. Recentemente, uma nova classe de medicamentos, os inibidores da enzima dipeptidil peptidase 4 (DPP-4), demonstrou eficiência terapêutica e segurança no tratamento de pacientes com diabetes mellitus do tipo 2 por via oral. Além disso, o uso de inibidores de DPP-4 em modelos experimentais de DM1 tem demonstrado proteção das células pancreáticas contra apoptose, estimulação de neogênese de ilhotas pancreáticas e melhora do controle homeostático da glicose. Nossa hipótese é que o uso concomitante de inibidores de DPP-4 e infusões de MSCs no tratamento do DM1 experimental tenha um efeito terapêutico sinérgico na evolução clínica do DM1, se comparado ao uso individual de inibidores de DPP-4 ou de MSCs. O inibidor de DPP-4 seria responsável pelo restabelecimento do equilíbrio metabólico no microambiente pancreático, enquanto as MSCs atuariam na restauração da autotolerância através da supressão das células T autorreativas e possivelmente pela indução de células T reguladoras, bem como promover a regeneração de células beta. Esse presente projeto tem como objetivo avaliar se a administração de inibidor de DPP-4 pode potencializar o efeito das células estromais mesenquimais multipotentes (MSCs) no tratamento de DM1 experimental quimicamente induzido em camundongos C57BL/6 pela administração de estreptozotocina. Avaliaremos grupos de animais tratados somente com inibidor de DPP-4, tratados somente com MSCs e grupos de animais tratados com inibidor de DPP-4 e infusão das células. Neste trabalho estudaremos a resposta terapêutica clínica bem como os mecanismos imunológicos e regenerativos envolvidos na resposta terapêutica do DM1 à administração de inibidor de DPP-4 e MSCs na fase inicial da doença. Os resultados obtidos neste projeto contribuirão para avaliação da eficácia terapêutica da administração de inibidor de DPP-4 e MSCs no tratamento do diabetes experimental, bem como os mecanismos imunológicos e regenerativos envolvidos. Se demonstrada uma boa eficácia terapêutica, sem a ocorrência de efeitos tóxicos relevantes, o uso de inibidores de DPP-4 visando potencializar a terapia regenerativa e imunomoduladora com MSCs pode se tornar uma alternativa terapêutica para o tratamento do DM1 em humanos, que constitui uma doença associada à baixa qualidade de vida em longo prazo e necessidade de tratamento crônico de alto custo. (AU)

Identificação de potenciais marcadores de resposta terapêutica para o tumor de wilms através do microarray usando plataforma de cDNA contendo genes pertencentes a via do ácido retinóico

Beneficiário:Fábio de Simone Piccoli
Instituição: Hospital A C Camargo. Fundação Antonio Prudente (FAP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Dirce Maria Carraro
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:05/05184-6
Vigência: 01 de julho de 2006 - 30 de junho de 2009
Assunto(s):OncologiaExpressão gênicaTumor de Wilms
Resumo
O tumor de Wilms (TW) é a neoplasia renal maligna mais freqüente na população pediátrica e apresenta atualmente, altos índices de cura mesmo para os casos de doença metastática, mostrando que os TW são, na maioria das vezes, sensíveis ao tratamento. No entanto, cerca de 20% dos pacientes são refratários aos esquemas terapêuticos disponíveis e acabam por sucumbir à doença, sendo a resistência quimioterápica a principal responsável pelas falhas terapêuticas. Neste contexto, a identificação de pacientes potencialmente bons e maus respondedores ao tratamento quimioterápico torna-se de extrema importância por permitir uma estratificação destes indivíduos em grupos de risco de falha terapêutica e com isso, um tratamento mais individualizado. Dentre os tipos histológicos que compõem o TW, o componente blastematoso é o que melhor se aplica ao estudo da resposta terapêutica uma vez que tem um alto potencial invasivo e pode ser tanto sensível quanto resistente à QT. Buscando analisar o perfil de expressão gênica dos TW de componente blastematoso, identificamos, através de um estudo anterior, 14 genes diferencialmente expressos entre variantes sensíveis e resistentes à quimioterapia, envolvidos em processos biológicos que puderam ser relacionados, à resposta quimioterápica. Frente a estes achados, este atual estudo tem como objetivo principal validar a expressão diferencial dos genes selecionados no estudo anterior e verificar se esta expressão gênica diferencial está realmente relacionada à resposta quimioterápica nestes tumores. (AU)

Proposição de estratégias para controle profilático e terapêutico da encefalite autoimune experimental baseadas no efeito imunorregulador da hsp65

Beneficiário:Sofia Fernanda Gonçalves Zorzella
Instituição: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Alexandrina Sartori
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:08/58218-3
Vigência: 01 de março de 2009 - 28 de fevereiro de 2013
Assunto(s):ImunorregulaçãoAuto-imunidade
Resumo
A hipótese deste projeto de doutorado baseia-se na possibilidade de que a vacina DNAhsp65 sozinha ou associada à proteína hsp65 recombinante induza células T reguladoras (Tregs) e que desta forma possa ser utilizada como estratégia profilática ou terapêutica na esclerose múltipla. Esta pressuposição é baseada em dados clássicos da literatura que mostram de forma evidente o potencial antiinflamatório da hsp65 e em dados mais recentes que indicam que a inoculação simultânea de vacina de DNA e proteína recombinante também determina indução de células T com potencial regulador (Tregs). Neste contexto, o objetivo geral desta investigação é avaliar o efeito profilático e/ou terapêutico da DNAhsp65 ou da co-inoculação DNAhsp65/rhsp65 no desenvolvimento encefalite auto-imune experimental (EAE) induzida por MOG em camundongos fêmeas C57BL/6, que reproduz a cronicidade da esclerose múltipla humana. Os objetivos do projeto são: caracterizar a resposta imune específica, humoral e celular, desencadeada pela vacina gênica para tuberculose (DNAhsp65) em camundongos C57BL/6; avaliar o efeito profilático e terapêutico do protocolo clássico de imunização com DNAhsp65 (3 doses /100 µg / via im) e da co-inoculação DNA/proteína nas características clinicas, imunológicas e histológicas da EAE e esclarecer o possível mecanismo imunológico envolvido nos protocolos profilático e terapêutico mais eficazes através da análise histológica do SNC e caracterização de células T reguladoras no SNC e linfonodos regionais. (AU)

Proposição de estratégias para controle profilático e terapêutico da encefalite autoimune experimental baseadas no efeito imunorregulador da hsp65

Beneficiário:Larissa Camargo da Rosa
Instituição: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Alexandrina Sartori
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:12/16788-3
Vigência: 01 de setembro de 2012 - 28 de fevereiro de 2013
Assunto(s):Auto-imunidadeLinfócitos T reguladoresImunomodulação
Resumo
A hipótese de trabalho deste projeto baseia-se na possibilidade de que a vacina DNAhsp65 sozinha ou associada à proteína hsp65 recombinante induza células T reguladoras (Tregs) e que desta forma possa ser utilizada como estratégia profilática ou terapêutica na esclerose múltipla. Esta pressuposição é baseada em dados clássicos da literatura que mostram de forma evidente o potencial antiinflamatório da hsp65 e em dados mais recentes que indicam que a inoculação simultânea de vacina de DNA e proteína recombinante também determina indução de células T com potencial regulador (Tregs). Neste contexto, o objetivo geral desta investigação é avaliar o efeito profilático e/ou terapêutico da DNAhsp65 ou da co-inoculação DNAhsp65/rhsp65 no desenvolvimento encefalite autoimune experimental (EAE) induzida por MOG em camundongos fêmeas C57BL/6. Os objetivos específicos do projeto são: caracterizar a resposta imune específica, humoral e celular, desencadeada pela vacina gênica para tuberculose (DNAhsp65) em camundongos C57BL/6; avaliar o efeito profilático e terapêutico do protocolo clássico de imunização com DNAhsp65 (3 doses / 100 µg / via im) e da co-inoculação DNA/proteína nas características clínicas, imunológicas e histológicas da EAE e esclarecer o possível mecanismo imunológico envolvido nos protocolos profilático e terapêutico mais eficazes através da análise histológica do SNC e caracterização de células T reguladoras no SNC e linfonodos regionais. (AU)

Alterações genéticas como fatores prognósticos em adultos e crianças portadoras de leucemia linfóide aguda b (LLA)

Beneficiário:Bernardo Garicochea
Instituição: Hemocentro de São Paulo. Fundação Pró-Sangue. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Bernardo Garicochea
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:96/05691-4
Vigência: 01 de setembro de 1996 - 31 de março de 2000
Resumo
Anormalidades cromossômicas tem sido cada vez mais associadas à resposta a terapêutica em câncer. Em LLA alguma anomalia como a T (9:22), T(1, 19) e anomalias na região 11q23 conferem mau prognóstico aos seus portadores sinalizando que protocolos mais intensivos de quimioterapia são necessários. pretendemos avaliar por análise citogenética e molecular a freqüência de anomalias cariotípicos com potencial prognóstico na nossa população de adultos e crianças com LLA além de correlacionarmos a presença da mesma com resposta aos protocolos terapêuticos em uso presente. (AU)

Análise do processo terapêutico: um estudo sobre a psicoterapia breve

Beneficiário:Sergio Luís Blay
Instituição: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Sergio Luís Blay
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:96/08177-0
Vigência: 01 de dezembro de 1996 - 31 de março de 1998
Assunto(s):Psicoterapia
Resumo
O objetivo do presente trabalho é realizar estudo qualitativo exploratório sobre o processo terapêutico. Nossa amostra consistirá de 10 pacientes com distúrbios neuróticos que participaram de grupo psicoterápico breve no Ambulatório do Departamento de Psiquiatria da Unifesp. Foram realizadas entrevistas individuais semi-abertas, focalizando a visão destes pacientes sobre o processo psicoterápico. As entrevistas foram gravadas e no atual trabalho serão transcritas e analisadas de acordo com o método de análise de conteúdo. (AU)
5.047 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s) | Limpar seleção
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP