site da FAPESP
 

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
Auxílios à Pesquisa
Bolsas
Programas voltados a Temas Específicos
Programas de Pesquisa direcionados à Aplicação
Programas de Infraestrutura de Pesquisa
Área do conhecimento
Situação
Ano de início
Página 12 de 1.609 resultado(s)
|

5th international IUPAC conference on Green Chemistry

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Maria Fátima das Graças Fernandes da Silva
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reunião - Exterior
Processo:14/15684-5
Vigência: 17 de agosto de 2014 - 27 de agosto de 2014
Assunto(s):CitrusXylella fastidiosaProdutos naturais

30th anniversary educational symposium from OSAP (organization for safety, Assepsis and Prevention)

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Camila Pinelli
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reunião - Exterior
Processo:14/06318-5
Vigência: 05 de junho de 2014 - 08 de junho de 2014
Assunto(s):Estudantes de odontologiaExposição a agentes biológicosPesquisa qualitativaSaúde ocupacionalAcidentes de trabalho

55th annual american Society of Pharmacognosy Meeting & 14th annual Oxford International Conference on the Science of Botanicals

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Angela Regina Araújo
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reunião - Exterior
Processo:14/15579-7
Vigência: 02 de agosto de 2014 - 06 de agosto de 2014
Assunto(s):Química de produtos naturais

Componentes da biodiversidade, e seus caracteres metabólicos, de ilhas do Brasil - uma abordagem integrada

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Roberto Gomes de Souza Berlinck
Pesquisadores principais:

André Gustavo Tempone Cardoso ; Edson Rodrigues Filho

Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOTA - Temático
Processo:13/50228-8
Vigência: 01 de novembro de 2014 - 31 de outubro de 2019
Assunto(s):MetabolômicaBiodiversidadeMicrorganismos aquáticosProdutos naturaisIlhas

Plano anual de recursos para infraestrutura institucional de pesquisa do CPQBA 2014

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro Pluridisciplinar de Pesquisas Químicas, Biológicas e Agrícolas (CPQBA). Coordenadoria de Centros e Núcleos Disciplinares (COCEN). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Paulínia, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Ivo Milton Raimundo Junior
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reserva Técnica para Infra-estrutura Institucional de Pesquisa
Processo:14/22852-1
Vigência: 01 de dezembro de 2014 - 30 de novembro de 2015
Resumo
O plano anual de aplicação dos recursos da reserva técnica institucional contempla ações de suporte à infraestrutura do CPQBA, que beneficia todas as suas Divisões de Pesquisa (Química de Produtos Naturais; Química Orgânica e Farmacêutica; Agrotecnologia; Recursos Microbianos; Microbiologia; Farmacologia e Toxicologia; Bioprocessos e Química Analítica), que atuam nas seguintes linhas: atividades farmacológica e toxicológica de produtos naturais, fitotecnia e domesticação, melhoramento e cultivo de plantas medicinais, otimização pós-colheita, síntese e semi-síntese de compostos bioativos, moléculas bioativas de produtos naturais, ação antimicrobiana de produtos naturais, conservação de recursos genéticos vegetais e microbianos, genômica e metagenômica microbiana, microbiologia aplicada ao ambiente, agricultura e processos fermentativos, sistemática e ecologia molecular microbiana, resíduos de pesticidas em água, solo e alimentos, dentre outras.Este projeto tem por objetivo prover a infraestrutura de rede necessária para a conexão da Divisão de Farmacologia e Tecnologia à rede do CPQBA e a substituição da linha de gases do Laboratório de Instrumentação (LINST). (AU)

Desenvolvimento de sistemas integrados para a análise de compostos bioativos em produtos naturais utilizando tecnologia supercrítica

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Maurício Ariel Rostagno
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Engenharia de Alimentos
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Processo:13/04304-4
Vigência: 01 de julho de 2013 - 30 de junho de 2017
Assunto(s):Cromatografia com fluido supercríticoProdutos naturais
Resumo
Este projeto de pesquisa propõe o desenvolvimento de um sistema integrado de análise utilizando tecnologia supercrítica e da metodologia necessária para a determinação de diversos compostos bioativos em produtos naturais. O sistema integrado proposto consiste no acoplamento das etapas de preparação de amostras (extração e purificação) e da análise por cromatografia. A etapa de preparação de amostras é realizada através da combinação entre extração com Fluidos Supercríticos (SFE) ou extração com líquidos pressurizados (PLE) com ultrassom e do acoplamento em linha com a purificação por extração em fase sólida (SPE), que por sua vez são acoplados também em linha com a análise por cromatografia com fluidos supercríticos (SFC). O desenho do sistema integrado permitirá realizar diferentes procedimentos de extração, purificação e análise de forma individual (UAPLE; UASFE; SPE; SFC) ou como um único processo em linha (UAPLE/UASFE-SPE; SPE-SFC; UAPLE/UASFE-SPE-SFC). Este sistema será utilizado para o desenvolvimento de metodologias necessárias para a determinação de uma ampla variedade de compostos bioativos (ácidos fenólicos, catequinas, flavonoides, isoflavonas, alcaloides, turmeronas, curcuminóides, carotenóides e ecdisteróides) presentes em diferentes tipos de amostra (chá preto, mate, café, soja, champignon, sementes de urucum, rizomas de cúrcuma, rizomas de ginseng brasileiro e extratos comerciais destes produtos naturais). Finalmente será realizada uma avaliação econômica dos métodos desenvolvidos através de simulações no software SuperPro® Designer. (AU)

Estudo fitoquímico e avaliação da citotoxicidade e da atividade inibitória da lipoxigenase de plantas do Cerrado

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Patricia Mendonça Pauletti
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:13/09280-6
Vigência: 01 de agosto de 2013 - 31 de julho de 2015
Assunto(s):Química de produtos naturaisFitoquímicaCitotoxicidadeInibidores de lipoxigenasePlantasCerrado
Resumo
Neste projeto pretende-se realizar o estudo químico biomonitorado de espécies dos gêneros: Styrax, Arrabidaea e Anacardium com uso potencial como inibidores da lipoxigenase (LO). A pesquisa fitoquímica será bioguiada pela atividade inibitória da LO, empregando-se o ensaio in vitro de inibição da enzima 5-LO. As metodologias de análise a serem utilizadas, envolverão técnicas de separação cromatográfica (CC, CCDC, CG-EM, CLAE-DAD). A caracterização estrutural das substâncias isoladas será realizada empregando métodos espectroscópicos como experimentos de RMN 1D e 2D, IV, UV e EM. O objetivo principal deste projeto será identificar substâncias naturais com atividade inibitória da lipoxigenase, além de avaliar também as propriedades citotóxicas das espécies: S. ferrugineus, S. camporum, S. pohlii, Arrabidaea pulchra e Anacardium othonianum e outras que eventualmente sejam coletadas durante o período de vigência do mesmo. Este projeto contribuirá também com as pesquisas em produtos naturais em andamento no laboratório do GPNUF (Grupo de Pesquisa em Produtos Naturais UNIFRAN), com a formação de recursos humanos e com o Programa de Pós-graduação (mestrado e doutorado) em Ciências da UNIFRAN (Capes, conceito 5). (AU)

9th international Congress of Pharmaceutical Sciences - CIFARP 2013

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Maria Vitória Lopes Badra Bentley
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Processo:13/05602-9
Vigência: 20 de novembro de 2013 - 23 de novembro de 2013
Assunto(s):NanotecnologiaProdutos naturaisTecnologia FarmacêuticaControle da qualidade

61st international Congress and Annual Meeting of the Society for medicinal plant and natural product research (GA)

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Lucia Maria Xavier Lopes
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reunião - Exterior
Processo:13/16431-0
Vigência: 01 de setembro de 2013 - 05 de setembro de 2013
Assunto(s):Química de produtos naturais

61st international Congress and Annual Meeting of the Society for medicinal plant and natural product research (GA)

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Dulce Helena Siqueira Silva
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reunião - Exterior
Processo:13/18375-0
Vigência: 01 de setembro de 2013 - 12 de setembro de 2013
Assunto(s):BioprospecçãoEspectrometriaFitoquímicaFarmacognosiaProdutos naturais

4th Brazilian conference on Natural Products and XXX RESEM

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Dulce Helena Siqueira Silva
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Processo:13/20205-6
Vigência: 28 de outubro de 2013 - 31 de outubro de 2013
Assunto(s):BioprospecçãoEspectrometriaFitoquímicaMetabolômicaPlantas medicinaisQuímica de produtos naturais

Estratégicas para síntese de produtos naturais e análogos com atividade anti-cancerígenas envolvendo reações multi-componentes organocatalisadas

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Arlene Gonçalves Corrêa
Pesquisador visitante: Daniel Garcia Rivera
Instituição do pesquisador visitante: Universidad de La Habana (UH) (Cuba)
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Processo:13/21599-8
Vigência: 05 de abril de 2014 - 02 de agosto de 2014
Assunto(s):Química VerdeAntineoplásicos
Resumo
Este proposta descreve os objetivos, metas e resultados esperados da visita do Prof. Dr. Daniel García Rivera ao Departamento de Química da UFSCar. O Dr. Rivera é Professor Associado na Universidade de Havana e chefe do Laboratório de Química Bioorganica no Centro de Estudos de Produtos Naturais de Cuba. Nos últimos anos, ele também atuou como Pesquisador Visitante no Leibniz Institute of Plan Biochemistry, Alemanha, dirigindo projetos científicos e na supervisão de alunos de pós-graduação. Ele tem trabalhado nas seguintes linhas de pesquisa: reações multicomponentes, química de esteroides e síntese de pseudo-peptídeos derivados de produtos naturais e macrociclos com aplicações biológicas ou químicas. Esta presente proposta envolve a visita do Prof. Rivera por 4 meses no DQ-UFSCar. Durante este período ele irá atuar em pesquisa envolvendo reações multicomponentes organocatalisadas para a síntese de produtos naturais e análogos que serão posteriormente avaliados frente a atividade anticancerígena. Ele também irá atuar em ensino ministrando um minicurso para os alunos de pós-graduação. (AU)

Thinking BIG about small beings: recent advances on microbial diversity, ecology and biodiscovery

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Roberto Gomes de Souza Berlinck
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Processo:13/23076-2
Vigência: 28 de abril de 2014 - 30 de abril de 2014
Assunto(s):BiodiversidadeBiossínteseMetabolismoMetagenômicaQuímica de produtos naturais

Gordon research conference marine Natural Products: from discovery to human health

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Associação Brasileira de Tecnologia de Luz Síncrotron (ABTLuS). Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (Brasil). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Daniela Barretto Barbosa Trivella
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reunião - Exterior
Processo:14/01173-9
Vigência: 01 de março de 2014 - 10 de março de 2014
Assunto(s):BiossínteseProdutos naturais

Efeitos da Zingiber officinale rosc. (gengibre) sobre o desenvolvimento de lesões uroteliais (pré) neoplásicas induzidas pela n-butil-n-(4-hidroxibutil) nitrosamina

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Luís Fernando Barbisan
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Toxicologia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:03/00719-3
Vigência: 01 de abril de 2003 - 30 de junho de 2004
Assunto(s):Produtos naturaisQuimioprevenção

Efeitos da Zingiber officinale Roscoe (gengibre) sobre o desenvolvimento de focos de criptas aberrantes induzidos pela dimetilhidrazina em modelo experimental de carcinogênese no cólon..

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Luís Fernando Barbisan
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:03/08449-5
Vigência: 01 de outubro de 2003 - 30 de setembro de 2004
Assunto(s):Focos de criptas aberrantesProdutos naturaisQuimioprevenção

Estudo da diversidade e abundância do virioplancton no Rio Amazonas, AM - Brasil

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Dolores Ursula Mehnert
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Processo:04/11287-0
Vigência: 01 de julho de 2005 - 31 de outubro de 2010
Resumo
Os vírus são os agentes biológicos mais comuns em ambientes aquáticos, encontrados tipicamente no número de 10 milhões por litro, na água do mar. O virioplâncton influencia muitos processos ecológicos e biogeoquímicos, como ciclagem de nutriente, taxa de afundamento de partículas, diversidade e distribuição de espécies de algas e bactérias, controle de florações de fitoplâncton, formação de dimetilsulfeto e transferência genética horizontal. O objetivo deste trabalho é analisar o virioplâncton do rio Amazonas em termos de abundância e diversidade, durante ambas as estações seca e chuvosa, avaliando o impacto do lançamento de esgoto sobre esta comunidade. A quantificação viral será feita pelo método de contagem direta por epifluorescência e o estudo da diversidade por PCR, DGGE, sequenciamento e microscopia eletrônica de transmissão. Serão coletadas amostras em 5 estações, ao longo do curso do rio, entre as cidades de Manacapuru (AM) e Itaquatiara (AM), nos meses de março e outubro de 2005. Este é um estudo pioneiro no Brasil, que estará fornecendo dados fundamentais a um melhor entendimento da diversidade desses agentes biológicos, permitindo-nos começar a esboçar a complexa relação entre o virioplâncton e o ecossistema. Dados microbiológicos sobre o rio Amazonas virão complementar os estudos de larga escala de biosfera e atmosfera (LBA), que vêm sendo realizados na região amazônica. (AU)

Estudos sintéticos visando a síntese e determinação estrutural das an guinomicinas c e d e estudos sintéticos visando a síntese e determina cão estrutural da criptomoscatona D2 e epimero em C2

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Ronaldo Aloise Pilli
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:05/52976-5
Vigência: 01 de novembro de 2005 - 31 de julho de 2010
Resumo
O projeto visa alcançar a síntese estereosseletiva de um dos possíveis estereoisômeros das anguinomicinas C e D, produtos naturais isolados de Streptomyces sp responsáveis por indução de apoptose em células com a proteína supressora de tumor retinoblastoma (pRB) inativa e a inibição do ciclo-celular durante a fase G1 para células normais visando a comparação de suas propriedades espectroscópicas com aquelas descritas para o produto natural. A estereoquímica proposta para as anguinomicinas C e D está baseada naquela encontrada em outros policetídeos naturais e, em particular, (-)-delactomicina (I) isolada de outra linhagem de Streptomyces e cuja síntese estereosseletiva foi alcançada em nosso laboratório. Adicionalmente, pretendemos avaliar a atividade citotóxica de intermediários sintéticos e do produto final contra 8 linhagens de células de tumores humanos (melanoma-UACC62), mama (MCF-7), mama resistente a múltiplas drogas (NCI.ADR), rim (786-0), pulmão (NCI460), próstata (PCO.3), ovário (OVCAR03) e cólon (HT-29), em colaboração com o Dr. João Ernesto de Carvalho, CPQBA, Unicamp. (AU)

Avaliação do efeito do bloqueio de fator de necrose tumoral-a (TNF alfa) na resposta imune anti-Mycobacterium tuberculosis in vitro em pacientes com psoríase moderada a grave

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Gil Benard
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:05/57761-7
Vigência: 01 de setembro de 2006 - 31 de agosto de 2008
Assunto(s):Imunidade celularPsoríaseTuberculose
Resumo
Um crescente número de pacientes com condições autoimunes e/ou inflamatórias, como artrite reumatóide, doença de Crohn, espondilite anquilosante, psoríase etc., tem se beneficiado muito com a utilização de agentes biológicos, como anti-TNF-alfa. No entanto, tem sido relatado um aumento da incidência de reativação de tuberculose (TB) em pacientes tratados com estes agentes. O propósito de nosso estudo é avaliar, em uma área de alta endemicidade para TB, a resposta imune anti-Mycobacterium tuberculosis em pacientes portadores de psoríase moderada a grave, potenciais candidatos à terapia com agentes biológicos. Os pacientes serão agrupados de acordo com a reatividade ao teste de hipersensibilidade tardia à tuberculina (PPD) e a resposta imune anti-Mycobacterium tuberculosis será avaliada in vitro com a utilização de antígeno bruto (sonicado da Mycobacterium tuberculosis) e antígenos purificados (ESAT-6 e 85B) da micobactéria. Será utilizado um grupo controle de indivíduos sadios reatores ao PPD. Os parâmetros avaliados serão a resposta linfoproliferativa e a produção de IFN-gama e TNF-alfa in vitro por meio de duas metodologias complementares: ELISA e ELISPOT. Os ensaios in vitro serão realizados na presença ou ausência de inibidores do TNF-alfa como infliximab e eternacept, e os resultados das diferentes condições experimentais comparados entre si e entre os grupos controle e de pacientes. (AU)

Tafonomia como ferramenta interpretativa: elucidação de viés deposicional faunístico em sítios arqueológicos, a partir de comparações com sítios paleontológico e etnográfico

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Walter Alves Neves
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Arqueologia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:04/11484-0
Vigência: 01 de março de 2005 - 31 de julho de 2006
Assunto(s):Densidade ósseaSítios arqueológicosTafonomiaZooarqueologia
Resumo
Inserido no do projeto temático "Origens e micro-evolução do homem na América: uma abordagem paleoantropotógica, IIP (FAPESP Proc. 04/01321-6) este estudo visa à compreensão do registro faunístico arqueológico da região de Lagoa Santa, a fim de compreender as estratégias de subsistência, especificamente de caça, das sociedades forrageiras de Lagoa Santa. Para melhor entendimento do registro arqueológico, no que tange a estudos faunísticos, alguns processos tafonômicos que alteram os remanescentes ósseos devem ser reconhecidos e entendidos a fim de minimizar possíveis erros interpretativos. Agentes humanos e agentes naturais são os dois vetores que alteram um elemento qualquer em um contexto arqueológico. A partir de uma coleção paleontológica e uma coleção etnográfica, nos quais apenas um dos processos acima citados está agindo (em contexto paleontológico, apenas agentes naturais e em contexto etnográfico, apenas agentes humanos), levantaremos dados para aplicação em contextos arqueológicos. Para isto, caracterizaremos as coleções quanto à identificação de espécies, parte anatômica, número de elementos representados (NISP), número mínimo de indivíduos (MNI), grau de fragmentação, grau de queima, marcas de corte, e alterações naturais físicas e químicas. Como ferramentas analíticas para tratamento dos dados levantados, utilizaremos dados de densidade óssea e índices de utilidade. (AU)

Ensaios de bancada aplicados ao isolamento de substâncias com atividades antifúngica e antitumoral

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Vanderlan da Silva Bolzani
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:09/00312-7
Vigência: 01 de março de 2009 - 31 de agosto de 2010
Assunto(s):Mata atlânticaCerradoPlantas nativasBioquímica
Resumo
O programa de atividades descrito abaixo compreende atividades rotineiras que exigem trabalho cuidadoso por técnicos de nível superior. As atividades visam subsidiar as três metas principais do projeto "CONSERVAÇÃO E USO SUSTENTÁVEL DA DIVERSIDADE DO CERRADO E DA MATA ATLÂNTICA: DIVERSIDADE QUÍMICA E BIO PROSPECÇÃO DE FÁRMACOS - FASE II", financiado pela FAPESP e em andamento nos laboratórios de Produtos Naturais do Instituto de Química da UNESP/Araraquara e da Seção de Fisiologia e Bioquímica do Instituto de Botânica/SMA-SP: (1) Busca de produtos naturais bioativos em espécies de Cerrado e da Mata Atlântica do Estado de São Paulo; (2) seleção de extratos de plantas e fungos através de bioensaios para a detecção de substâncias com potencial anticancerígeno, antifúngico, anticolinesterásico, antioxidante e antimalárico; (3) cultivo de plantas selecionadas visando estudos fisiológicos e químicos. (AU)

Avaliação da atividade de quimioprevenção e genotoxicidade/antigenotoxicidade

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Dulce Helena Siqueira Silva
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise Toxicológica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:09/07497-2
Vigência: 01 de maio de 2009 - 28 de fevereiro de 2010
Assunto(s):BioprospecçãoGenotoxicidadeProdutos naturaisQuimioprevençãoCitologia
Resumo
A quimioprevenção do câncer é feita pela prevenção, atraso ou reversão do processo de carcinogênese através da ingestão de compostos na dieta ou fármacos. Estratégias para a proteção contra carcinogênese envolvem a diminuição de enzimas responsáveis pela geração de espécies reativas (enzimas de fase 1) enquanto aumentam enzimas de fase 2 com o uso de substâncias naturais. Danos causados ao DNA por mutagênicos ambientais podem ser nocivos para diversos organismos, incluindo seres humanos. O acúmulo de mutações está relacionado com o desenvolvimento da maioria dos tumores malignos e desordens degenerativas. A fim de prevenir o risco genotóxico, é pertinente tanto identificar os mutagênicos e diminuir a exposição a eles, bem como aumentar a exposição a compostos antigenotóxicos como os que ocorrem naturalmente nas plantas. O estudo de produtos naturais com o ensaio da quinona redutase (QR) e do cometa é de fundamental importância para o descobrimento e desenvolvimento de novas substâncias capazes de prevenir o câncer. Nesse contexo, sera implantada metodologia para avaliacao de atividade quimiopreventiva pela verificacao da inducao de quinona-redutase e pelo ensaio do cometa. Para tanto serao preparadas as soluções utilizadas nos ensaios; Cultivo/manutencao de células de hepatoma murino Hepa 1c1c7 e hepatoma humano HepG2 utilizadas nos ensaios; avaliacao de substancias naturais fornecidas pelos laboratorios associados ao projeto tematico. (AU)

Síntese fragmento c10-c26 da dictiostatina e síntese total da okinonelina b

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Luiz Carlos Dias
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:05/04537-2
Vigência: 01 de abril de 2006 - 31 de março de 2010
Assunto(s):AntibióticosSíntese orgânica
Resumo
A macrolactona dictiostatina apresenta potente atividade antitumoral, inibindo a proliferação de células cancerígenas em concentração nanomolar,3 exibindo atividade antiproliferativa superior a do (+)-discodermolideo (ED50 0,38nM, P388 células de leucemia).Nosso objetivo principal é promover uma síntese curta e eficiente para a dictiostatina, que possa fornecer maiores quantidades deste produto natural, além de derivados com potencial atividade farmacológica. O objetivo específico desta parte do projeto de pesquisas é a síntese do fragmento C10-C26 da dictiostatina. O aluno Ilton Barros Daltro de Castro estará trabalhando em conjunto com outra aluna de doutoramento, Caroline da Costa Silva Gonçalves, que estará trabalhando na síntese do fragmento C1-C17 da dictiostatina e cuja bolsa de doutorado está sendo solicitada na FAPESP. A segunda parte deste trabalho consiste em investigar uma rota sintética curta e eficiente para a obtenção da okinonelina-B. Este produto natural apresenta uma variedade de atividades biológicas, dentre elas antibacteriana, citotóxica e antiespasmódica (AU)

Técnicas de coleta, extração e análise aplicadas à obtenção de banco de extratos

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Vanderlan da Silva Bolzani
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:08/03507-0
Vigência: 01 de maio de 2008 - 30 de abril de 2009
Assunto(s):Mata atlânticaCerrado
Resumo
O programa de atividades descrito abaixo compreende atividades rotineiras que exigem trabalho cuidadoso por técnicos de nível superior. As atividades visam subsidiar as três metas principais do projeto "CONSERVAÇÃO E USO SUSTENTÁVEL DA DIVERSIDADE DO CERRADO E DA MATA ATLÂNTICA: DIVERSIDADE QUÍMICA E BIO PROSPECÇÃO DE FÁRMACOS - FASE II", financiado pela FAPESP e em andamento nos laboratórios de Produtos Naturais do Instituto de Química da UNESP/Araraquara e da Seção de Fisiologia e Bioquímica do Instituto de Botânica/SMA-SP: (1) Busca de produtos naturais bioativos em espécies vegetais de Cerrado e da Mata Atlântica do Estado de São Paulo; (2) seleção de extratos vegetais através de bioensaios para a detecção de substâncias com potencial anticancerígeno, antifúngico, anticolinesterásico, antioxidante e antimalárico; (3) cultivo de plantas selecionadas visando estudos fisiológicos e químicos. (AU)

Análise da atividade anticolinesterásica de extratos, frações e substâncias isoladas de plantas nativas

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Vanderlan da Silva Bolzani
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:08/03263-4
Vigência: 01 de maio de 2008 - 31 de agosto de 2010
Assunto(s):Mata atlânticaCerradoPlantas nativasBioquímica
Resumo
O programa de atividades compreende atividades rotineiras que exigem trabalho cuidadoso por tecnicos de nível superior. As atividades visam subsidiar as três metas principais do projeto "CONSERVAÇÃO E USO SUSTENTÁVEL DA DIVERSIDADE DO CERRADO E DA MATA ATLÂNTICA: DIVERSIDADE QUÍMICA E BIO PROSPECÇÃO DE FÁRMACOS - FASE II", financiado pela FAPESP e em andamento nos laboratórios de Produtos Naturais do Instituto de Química da UNESP/Araraquara e da Seção de Fisiologia e Bioquímica de Plantas do Instituto de Botânica/SMA-SP: (1) Busca de produtos naturais bioativos em espécies vegetais de Cerrado e Mata Atlântica do Estado de São Paulo; (2) seleção de extrator vegetais através de bioensaios para detecção de substâncias com potencial anticancerígeno, antifúngico, anticolinesterásico, antioxidante e antimalárico; (3) cultivo de plantas selecionadas visando estudos fisiológicos e químicos. (AU)

Aplicação de HSCCC na obtenção de inseticida e ou fungicida contra formigas cortadeiras e seu fungo simbionte a partir de Myroxylon peruiferum e Dimorphandra mollis

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:João Batista Fernandes
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:08/03135-6
Vigência: 01 de maio de 2008 - 30 de abril de 2009
Assunto(s):Formigas cortadeirasInseticidasProdutos naturais
Resumo
Espécies do gênero Atta causam desfolhamento de plantas, podendo causar grande perdas na agricultura e silvicultura. Portanto, elas estão entre as mais importantes pragas na agricultura, pastagens e programas de reflorestamento. Deste modo, o estudo de plantas que possam controlá-las de forma específica e com menor prejuízo ao meio ambiente é altamente recomendado.O presente projeto tem como objetivo principal obter produtos naturais inseticidas e ou fungitóxico a partir de Myroxylon peruiferum e Dimorphandra mollis. Este estudo deverá contribuir para controlar Atta sexdens rubropilosa.De um modo específico pretende-se: a) realizar o Estudo fitoquímico biomonitorado de Myroxylon peruiferum visando o isolamento de novos compostos com atividade inseticida e/ou fungitóxica; b) desenvolver metodologia de isolamento para ampliar o rendimento de isoflavonóides e flavonóides presentes nos extratos com atividades inseticidas utilizando principalmente cromatografia contra corrente em alta velocidade de giro (HSCCC); c) Isolar e caracterizar os compostos das plantas a serem estudadas que não apresentarem atividades supracitadas, contribuindo com informações sobre a quimiossistemática dos gêneros estudados e das famílias Leguminosae e Fabaceae. (AU)

Determinação do potencial antibacteriano de óleos essenciais frente a bactérias bucais potencialmente patogênicas

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Carlos Henrique Gomes Martins
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:10/01484-3
Vigência: 01 de maio de 2010 - 31 de dezembro de 2010
Assunto(s):Produtos naturaisAnti-infecciososÓleos essenciais
Resumo
Nas últimas décadas, a busca por produtos naturais tem envolvido não só os naturalistas, mas também pesquisadores e todos aqueles que procuram investigar e divulgar as propriedades benéficas desses produtos. A odontologia não se limita só aos dentes, ela amplia os horizontes de pesquisas e cuidados, com o objetivo de manter a saúde bucal e sistêmica já que pertencem a um só universo. Doenças bucais devem ser prevenidas e quando não tratadas, podem aumentar a prevalência de problemas cardiovasculares, cerebrais, diabetes, nascimento prematuro e bebês com baixo peso. Neste sentido esta pesquisa tem por objetivo avaliar o potencial antibacteriano de 21 óleos essenciais frente a bactérias anaeróbias e aeróbias. Para a avaliação do potencial antibacteriano, serão utilizados o método da diluição em caldo visando à determinação da Concentração Inibitória Mínima (CIM). A partir dos óleos essenciais mais promissores, serão ainda determinadas as respectivas Concentrações Bactericidas Mínimas (CBM). Outro aspecto da atividade antimicrobiana como determinação da cinética bactericida também será realizada. Espera-se com este projeto contribuir com dados necessários para futuros estudos de novos fármacos com ação antibacteriana com aplicação em odontologia. (AU)

Utilização de coculturas microbianas para a produção e descoberta de produtos naturais bioativos

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Roberto Gomes de Souza Berlinck
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo:08/00331-9
Vigência: 01 de novembro de 2008 - 31 de janeiro de 2012
Resumo
A exploração de culturas microbianas para a produção de produtos naturais (metabólitos secundários) bioativos é de extremo interesse, em decorrência da possibilidade de crescer microrganismos para a produção destas substâncias. Todavia, muitas vezes algumas linhagens produzem substâncias em pequenas concentrações, insuficientes para o seu isolamento, identificação e avaliação de atividades biológicas. Além disso, é possível se induzir a produção de novas substâncias por uma determinada linhagem microbiana, pela adição de indutores químicos ou outros microrganismos no meio de cultura. Neste projeto, propõe-se a selecionar culturas de fungos marinhos (já isolados e purificados), produtores de extratos bioativos, para serem crescidos na presença de linhagens de bactérias marinhas, já isoladas e purificadas. Tal processo, conhecido como cocultura para a produção de metabólitos secundários, foi muito pouco explorado. Poucos exemplos da literatura ilustram a potencialidade desta metodologia para a produção de substâncias de interesse farmacológico. Serão selecionadas 50 linhagens de fungos marinhos e 5 linhagens de bactérias marinhas para serem submetidos a experimentos de crescimento em cocultura. Estes experimentos serão avaliados por LC-ELSD-PDA-MS para se avaliar mudanças no perfil químico do extrato obtido do meio de cultura, bem como em bioensaios de atividade antimicrobiana, citotóxica, imunossupressora, antituberculose e de inibição enzimática de parasitas tropicais. Os resultados permitirão escolher coculturas específicas fungo/bactéria para serem novamente crescidas em escala semipreparativa, objetivando a produção, isolamento, identificação e avaliação biológica de substâncias produzidas em meio de cocultura. (AU)

Isolamento de produtos naturais bioativos de invertebrados marinhos

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Roberto Gomes de Souza Berlinck
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo:03/10805-4
Vigência: 01 de fevereiro de 2004 - 31 de janeiro de 2006
Resumo
Neste projeto, propomos o isolamento de produtos naturais bioativos de invertebrados marinhos. Pelo menos dois invertebrados marinhos deverão ser estudados, visando o isolamento de substâncias bioativas e estruturalmente interessantes (inéditas). Para isso, pretende-se avaliar os extratos brutos dos animais coletados em bioensaios, objetivando-se fornecer subsídios para a escolha das espécies a serem investigadas quimicamente. A escolha de extratos será também realizada por RMN de 1H, que ocorrerá paralelamente aos bioensaios. As substâncias químicas serão isoladas através de métodos cromatográficos e a determinação estrutural será realizada por métodos espectroscópicos. Modificações estruturais nas substâncias químicas isoladas poderão ser realizadas, se necessário, visando à correta determinação estrutural. Finalmente, as substâncias puras e identificadas serão avaliadas no bioensaio no qual o extrato bruto foi originalmente ativo. Os bioensaios a serem utilizados são de atividade anti-tuberculose, antimicrobiana contra linhagens resistentes de bactérias, antifumoral e de inibição da enzima adenosina fosforibosil transferase de Leishmania tarentolae. (AU)

Produtos naturais da ordem rutales como potenciais compostos de partida para o desenho racional de drogas antichagásicas e antileishmanioses e otimização por planejamento baseado em estruturas

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Paulo Cézar Vieira
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Processo:01/12689-6
Vigência: 01 de maio de 2002 - 30 de abril de 2006
Resumo
A leishmaniose e a doença de Chagas representam um grave problema de saúde pública, afetando anualmente milhares de pessoas, principalmente nos países de poucos recursos. Os agentes quimioterápicos atuais disponíveis para o tratamento dessas doenças apresentam altos graus de toxicidade, efeitos colaterais e não são totalmente eficientes. Com a abordagem moderna, do desenho racional de drogas, os produtos naturais extraídos de plantas podem vir a permitir a triagem de medicamentos mais efetivos e com os menores efeitos colaterais possíveis, a partir das informações estruturais das enzimas chave para a sobrevivência dos parasitas. No presente trabalho, as enzimas alvo serão a APRT, de L. tarentolae e a GAPDH de T.cruzi. Os vegetais são fontes de substâncias com grande potencial farmacológico, e de plantas da Ordem Rutales já foram isolados vários compostos com amplo espectro de atividades biológicas. Neste contexto, uma das propostas deste projeto se concentra na busca de compostos antileishmanioses e antichagásicos em plantas pertencentes à Ordem Rutales. A busca será biomonitorada, através de ensaios bioquímicos nas enzimas de L. tarentolae e de T. cruzi, além dos ensaios biológicos nos agentes etiológicos dessas parasitoses. (AU)
Página 12 de 1.609 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s) | Limpar seleção
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP