Busca avançada

X

Criar um alerta por e-mail


Novos resultados para a sua pesquisa em seu e-mail, semanalmente.

Seu e-mail:

Tamanho do e-mail:



Seu endereço de e-mail não será divulgado.

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
Publicações acadêmicas
  • Auxílios à Pesquisa
  • Bolsas
  • Programas voltados a Temas Específicos
  • Programas de Pesquisa direcionados a Aplicações
  • Programas de Percepção Pública da Ciência
  • Programas de Infraestrutura de Pesquisa
  • Área do conhecimento
  • Situação
  • Ano de início
Excel (CSV)Alerta por e-mail   RSS
Página 12 de 1.982 resultado(s)
|
Resumo

O plano anual de aplicação dos recursos da reserva técnica institucional contempla ações de suporte à infraestrutura do CPQBA, que beneficia todas as suas Divisões de Pesquisa (Química de Produtos Naturais; Química Orgânica e Farmacêutica; Agrotecnologia; Recursos Microbianos; Microbiologia; Farmacologia e Toxicologia; Bioprocessos e Química Analítica), que atuam nas seguintes linhas: atividades farmacológica e toxicológica de produtos naturais, fitotecnia e domesticação, melhoramento e cultivo de plantas medicinais, otimização pós-colheita, síntese e semi-síntese de compostos bioativos, moléculas bioativas de produtos naturais, ação antimicrobiana de produtos naturais, conservação de recursos genéticos vegetais e microbianos, genômica e metagenômica microbiana, microbiologia aplicada ao ambiente, agricultura e processos fermentativos, sistemática e ecologia molecular microbiana, resíduos de pesticidas em água, solo e alimentos, dentre outras.Este projeto tem por objetivo prover a infraestrutura de rede necessária para a conexão da Divisão de Farmacologia e Tecnologia à rede do CPQBA e a substituição da linha de gases do Laboratório de Instrumentação (LINST). (AU)

Resumo

Esta proposta descreve os objetivos, metas e resultados esperados da visita do Prof. Dr. Daniel García Rivera ao Departamento de Química da UFSCar. O Dr. Rivera é Professor Associado na Universidade de Havana e chefe do Laboratório de Química Biorgânica no Centro de Estudos de Produtos Naturais de Cuba. Nos últimos anos, ele também atuou como Pesquisador Visitante no Leibniz Institute of Plan Biochemistry, Alemanha, dirigindo projetos científicos e na supervisão de alunos de pós-graduação. Ele tem trabalhado nas seguintes linhas de pesquisa: reações multicomponentes, química de esteroides e síntese de pseudo-peptídeos derivados de produtos naturais e macrociclos com aplicações biológicas ou químicas. Esta presente proposta envolve a visita do Prof. Rivera por 4 meses no DQ-UFSCar. Durante este período ele irá atuar em pesquisa envolvendo reações multicomponentes organocatalisadas para a síntese de produtos naturais e análogos que serão posteriormente avaliados frente a atividade anticancerígena. Ele também irá atuar em ensino ministrando um minicurso para os alunos de pós-graduação. (AU)

Sintese do heritol: estudo modelo.

Processo:96/00950-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência: 01 de abril de 1996 - 31 de dezembro de 1999
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Helena Maria Carvalho Ferraz
Beneficiário:
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Resumo

Pretende-se realizar estudos-modelo para uma posterior aplicação à síntese do produto natural heritol, um pesticida biocompatível. A etapa-chave da síntese consiste de uma reação de ciclização utilizando sais de tálio. O candidato deverá, portanto testar esta reação em compostos-modelo, para verificar sua viabilidade. Numa segunda etapa, pretende-se sintetizar modelos análogos ao heritol. (AU)

Resumo

Neste projeto pretende-se realizar o estudo químico biomonitorado de espécies dos gêneros: Styrax, Arrabidaea e Anacardium com uso potencial como inibidores da lipoxigenase (LO). A pesquisa fitoquímica será bioguiada pela atividade inibitória da LO, empregando-se o ensaio in vitro de inibição da enzima 5-LO. As metodologias de análise a serem utilizadas, envolverão técnicas de separação cromatográfica (CC, CCDC, CG-EM, CLAE-DAD). A caracterização estrutural das substâncias isoladas será realizada empregando métodos espectroscópicos como experimentos de RMN 1D e 2D, IV, UV e EM. O objetivo principal deste projeto será identificar substâncias naturais com atividade inibitória da lipoxigenase, além de avaliar também as propriedades citotóxicas das espécies: S. ferrugineus, S. camporum, S. pohlii, Arrabidaea pulchra e Anacardium othonianum e outras que eventualmente sejam coletadas durante o período de vigência do mesmo. Este projeto contribuirá também com as pesquisas em produtos naturais em andamento no laboratório do GPNUF (Grupo de Pesquisa em Produtos Naturais UNIFRAN), com a formação de recursos humanos e com o Programa de Pós-graduação (mestrado e doutorado) em Ciências da UNIFRAN (Capes, conceito 5). (AU)

Resumo

A piperina é um produto natural, extraído de sementes de pimenta do reino, e apresenta excelentes qualidades anti fúngicas e de controle de insetos. O presente projeto visa estudar os efeitos de diferentes concentrações de macerado de pimenta do reino, em solução oleosa, para o tratamento da "madeira" do bambu. (AU)

Resumo

O presente projeto visa ao estudo de reações de ciclização de substratos insaturados, contendo um nucleófilo interno, com reagentes eletrofilicos de tálio, telúrio e iodo. Pretende-se estudar a aplicação destas reações à síntese de produtos naturais, como, por exemplo, lactonas, éteres cíclicos e alcalóides. (AU)

Resumo

Neste trabalho serão utilizados sete machos ovinos, adultos de três raças distintas, em atividade sexual, com objetivo de verificar a integridade ou não do acrosoma e da membrana plasmática da célula espermática através da utilização de corantes biológicos em amostras de sêmen fresco e descongelado, além de relacionar com o perfil hormonal da testosterona. (AU)

Resumo

O projeto visa o planejamento e a construção de um gerador de estruturas baseado em dados de RMN 13C, dados biogenéticos e usando informações botânicas para auxiliar o sistema. Deverão ser juntadas duas técnicas de interpretação espectral, uma desenvolvida pelo nosso grupo e outra na França, pelo projeto DARC. (AU)

Resumo

Pretende-se adquirir e instalar aparelhagem de difração de raios-X de monocristais no Instituto de Química da USP, para utilização de grupos de pesquisa nas áreas de Química Inorgânica, Síntese Orgânica, Química de Organometálicos, Produtos Naturais, etc. além da determinação das estruturas cristalinas, estamos propondo a implementação de um plano de formação de recursos humanos. (AU)

Resumo

Neste trabalho pretende-se dar continuidade aos trabalhos de desenvolvimento de práticas para ensino de química analítica usando corantes naturais derivados de espécies vegetais e fotometria de chama aplicada à amostras de origem vegetal, mineral e ambiental. (AU)

Resumo

Produtos naturais sempre foram uma importante fonte de novos compostos bioativos, porém, nos últimos anos o interesse de muitas industrias tem diminuido, por conta do decréscimo na descoberta de novos fármacos, talvez, devido ao conhecimento dos principais quimiotipos e o uso de abordagens reducionistas que incentivam a pesquisa por mecanismos químicos e farmacológicos em nível molecular. Na tentativa de resolver esse problema, a química de produtos naturais bem como o NuBBe (Núcleo de Bioensaios, Biossíntese e Ecofisiologia de produtos naturais) tem buscado como alternativa fontes ainda pouco exploradas, como exemplo, a rizosfera e suas interações microbianas, e metodologias ágeis na identificação de compostos bioativos, como exemplo, a quimiometria (PCA, PLS-DA e, etc) e a desreplicação associadas às técnicas espectroscópicas e espectrométricas. Além disto, surge a incorporação de novas metodologias de pesquisa, que estimulam a variabilidade química, como a OSMAC (One Strain MAny Compounds), em que os meios de cultura e nutrientes são sistematicamente variados para simular diferentes ambientes e, consequentemente, induzir a produção de diferentes metabolitos. Este projeto visa o estudo do fungo Rhinocladiella similis, pertencente na rizosfera de Senna spectabilis, visando a procura de compostos inibidores da acetilcolinesterásica. (AU)

Resumo

Os produtos naturais, quando empregados como herbicidas, destroem o tecido vegetal através da ação de contato, apresentando ação rápida e em alguns casos, requerem menos de meia hora para que a planta alvo se torne vulnerável a estes compostos. O uso de produtos naturais como protótipos para descoberta de herbicidas é uma área que está sendo explorada lentamente, talvez pela pequena quantidade de pesquisadores na área, falta de trabalhos em biotecnologia de produção de herbicidas naturais, ou mesmo falta de ensaios que permitam conhecer o mecanismo de ação dos metabólitos. Nessa proposta, estudar-se-á o potencial fitotóxico de substâncias produzidas e isoladas a partir das raízes de plantas presentes em áreas de mineração da região da Mina do Sossego - Canaã dos Carajás - PA. O objetivo principal será a obtenção de modelos para novos herbicidas naturais que poderão ser patenteados e com possibilidade de abrir novas perspectivas de negócios. Alguns relatos mostram que metais presentes no solo podem alterar o metabolismo dos vegetais, aumentando ou diminuindo o potencial fitotóxico de exsudados radiculares, devendo este aspecto ser alvo de estudo. As substâncias isoladas serão submetidas a uma série de reações enzimáticas que esclarecerão seu (s) mecanismo (s) de ação frente à fotossíntese em cloroplastos de espinafre e aquelas com potenciais herbicidas para serem aplicadas em campo deverão sofrer modificações estruturais e/ou formulações para sua utilização. (AU)

Resumo

Através do desenvolvimento do presente plano de atividades, o bolsista será treinado e aperfeiçoado nas técnicas de extração e isolamento de compostos orgânicos provenientes de diferentes plantas da flora brasileira para que possa dar suporte ao Projeto Temático vinculado. (AU)

Resumo

Os produtos naturais representam uma alternativa de sucesso na busca por novos fármacos. Propõe-se neste projeto uma abordagem chamada "biossíntese dirigida pelo precursor" (BDP), na qual gera-se produtos naturais análogos. O produto natural alvo desta diversificação estrutural é da classe dos alcalóides oxindólicos pentacíclicos (AOP) e tetracíclicos (AOT), acumulados na espécie U. guianensis. Estudos anteriores mostraram com sucesso a incorporação de precursores fluorados da triptamina na biossíntese dos AOP e AOT em U. guianensis. Porém a incorporação de precursores fluorados do triptofano parece ser tóxica as plantulas. Dessa forma, propõe-se uma investigação química (HPLC-DAD-MS/MS) e molecular (cDNA-SRAP) das plântulas incubadas com o L-5-fluor-triptofano e/ou DL-5-fluor-triptofano e (DL)-5-fluor-triptamina. Estas investigações, especialmente a abordagem molecular, trarão informações importantes sobre a expressão diferenciadas dos genes que podem estar relacionados com o metabolismo primário e/ou secundário de U. guianensis. (AU)

Resumo

Produtos naturais têm fornecido valiosos protótipos para o planejamento e desenvolvimento de fármacos, com o destaque recente que micro-organismos simbiontes podem produzir valiosos e promissores candidatos a protótipos. Este projeto ICBG é altamente focado na descoberta de agentes antifúngicos, antiparasitários e anticancerígenos. Desde sua descoberta, há várias décadas, a doença de Chagas e as leishmanioses apresentam vários desafios terapêuticos. Apesar de seus elevados impactos, milhões de pessoas são infectadas e milhares morrem anualmente, os poucos fármacos disponíveis apresentam diversas desvantagens, incluindo sérios efeitos colaterais e baixa eficácia.Portanto, existe uma necessidade urgente para o desenvolvimento de novos fármacos seguros e efetivos para atingir as necessidades terapêuticas dos indivíduos afetados. Este projeto de Pós-Doutorado irá priorizar linhagens bacterianas (principalmente isoladas de formigas) que foram previamente identificadas como ativas, em ensaios primários usando Trypanosoma cruzi e Leishmania donovani, como fontes de compostos antiparasitários. As linhagens bacterianas serão re-cultivadas em escala ampliada, os extratos serão preparados e os compostos serão isolados usando diferentes métodos cromatográficos. Esforços serão concentrados na caracterização estrutural de novos produtos naturais, usando extensivamente métodos de RMN e MS, além de outros que forem necessários. (AU)

Resumo

Existe um pequeno grupo de bactérias resistentes a antibióticos ao qual nos referimos como patógenos "ESKAPE" que requerem atenção mundialmente. Em hospitais, de países desenvolvidos ou subdesenvolvidos, este pequeno grupo incluindo Enterococcus faecium, Staphylococcus aureus, Klebsiella pneumoniae, Acinetobacter baumannii, Pseudomonas aeruginosa, e Enterobacter species (ESKAPE) é o mesmo. Estes são extraordinariamente importantes porque representam paradigmas da patogênese, transmissão e resistência e são responsáveis por uma porcentagem substancial de infecções nosocomiais no hospital moderno. Se aprendermos controlar estes microrganismos, nossos hospitais serão imensuravelmente mais seguros, porque as lições aprendidas poderão ser aplicadas a praticamente todas as espécies que tente tomar seu lugar. Dos seis patógenos ESKAPE que tem sido apontados como particularmente importantes, dois são cocos Gram positivos: Enterococcus faecium e Staphylococcus aureus. Vários estudos têm demonstrado maior mortalidade, prolongamento do tempo de internação e custos mais elevados associados à S. aureus resistente à meticilina a infecções, bem como com os enterococos resistentes à vancomicina em infecções da corrente sanguínea, em comparação com infecções causadas por S. aureus sensível à meticilina e enterococos vancomicina-sensível.Entre os poucos agentes antimicrobianos mais recentes aprovados para o tratamento de bacteremia e endocardite causada por enterococos resistentes à vancomicina, entre outras infecções e infecções da pele e tecidos moles causadas por Staphylococcus aureus é Daptomicina. Este é um antibiótico lipopeptídico aprovado no Brasil em 2008. Apesar de rara, a resistência à daptomicina foi encontrada nestes patógenos e o mecanismo de resistência preciso está sob investigação. Enterococos e Staphylococcus aureus também formam biofilme, que é uma estrutura formada por células bacterianas densamente empacotados incorporados na matriz de polissacarídeo extracelular em superfícies bióticas ou abióticas que mostra muitas características morfológicas e fisiológicas específicas em comparação com as células planctônicas. A formação de biofilme por bactérias pode ser considerado um modo de proteção adotado pelos organismos para superar o estresse ambiental, além de ser um mecanismo de proteção contra o anticorpo e da resposta fagocítica do hospedeiro. Os biofilmes podem ser formados em dispositivos implantados, como cateteres urinários e venosos e, devido à sua presença, o tratamento de pacientes com infecções da corrente sanguínea associada a cateter muitas vezes não tem sucesso. Biofilmes de bactérias são mais resistentes ao tratamento antimicrobiano, quando comparado com os seus homólogos planctônicos. Os mecanismos desta resistência em geral são explicados pelas seguintes hipóteses: 1) fraca penetração das drogas; 2) Limitação de nutrientes e crescimento lento; 3) as respostas ao estresse adaptativas de bactérias; 4) a formação de células persistentes. Os objetivos deste estudo são determinar a concentração inibitória mínima (CIM) de produtos naturais em linhagens brasileiras selecionadas a partir de estudos epidemiológicos realizados pelo nosso grupo e verificar se esses produtos podem destruir o biofilme. Produtos naturais serão enviados durante todo o projeto, pelos colaboradores do CIBFar. Além disso, vamos selecionar in vitro uma linhagem resistente à daptomicina mutante a partir da linhagem brasileira S. aureus SA16 para explorar o mecanismo de resistência à daptomicina, para testar os produtos naturais e peptídeos desenvolvidos por outros pesquisadores do grupo, a fim de buscar novas terapias alternativas. (AU)

Resumo

Os produtos naturais, quando empregados como herbicidas, destroem o tecido vegetal através da ação de contato, apresentando ação rápida e em alguns casos, requerem menos de meia hora para que a planta alvo se torne vulnerável a estes compostos. O uso de produtos naturais como protótipos para descoberta de herbicidas é uma área que está sendo explorada lentamente, talvez pela pequena quantidade de pesquisadores na área, falta de trabalhos em biotecnologia de produção de herbicidas naturais, ou mesmo falta de ensaios que permitam conhecer o mecanismo de ação dos metabólitos. Nessa proposta, estudar-se-á o potencial fitotóxico de substâncias produzidas e isoladas a partir das raízes de plantas presentes em áreas de mineração da região da Mina do Sossego - Canaã dos Carajás - PA. O objetivo principal será a obtenção de modelos para novos herbicidas naturais que poderão ser patenteados e com possibilidade de abrir novas perspectivas de negócios. Alguns relatos mostram que metais presentes no solo podem alterar o metabolismo dos vegetais, aumentando ou diminuindo o potencial fitotóxico de exsudados radiculares, devendo este aspecto ser alvo de estudo. As substâncias isoladas serão submetidas a uma série de reações enzimáticas que esclarecerão seu (s) mecanismo (s) de ação frente à fotossíntese em cloroplastos de espinafre e aquelas com potenciais herbicidas para serem aplicadas em campo deverão sofrer modificações estruturais e/ou formulações para sua utilização. (AU)

Resumo

O aroma é responsável por grande parte do sabor de um alimento, sendo considerado um dos atributos mais importantes na aceitação do produto pelo consumidor. Atualmente, a crescente demanda do mercado consumidor por produtos naturais e saudáveis tem levado a maior utilização e pesquisa de processos biotecnológicos para síntese dos chamados bioaromas, que são aromas classificados como naturais. Os processos de biocatálise e biotransformação seletiva por micro-organismos possibilitam a conversão de terpenos em compostos de aroma de alto valor agregado, com possível aplicação nas indústrias de alimentos, cosmética e farmacêutica. Os terpenos são os responsáveis pelo aroma dos óleos essenciais, além de serem ótimos substratos para conversões estereoespecíficas. Estes já vêm sendo utilizados pela indústria de aromas, sendo geralmente rejeitos industriais que não possuem alto valor agregado, economicamente viável para aplicação em bioconversões. Enquanto que os micro-organismos são capazes de se adaptar a novos ambientes e metabolizar substâncias estranhas em fontes de carbono e nitrogênio pela transformação de grupos funcionais da molécula, resultando na formação de novos compostos de interesse. Os estudos pioneiros da utilização de terpenos como única fonte de carbono utilizaram linhagens de Pseudomonas sp. como agentes biológicos, sendo posteriormente utilizados em outros estudos de bioconversão de terpenos com resultados significativos. Assim essa classe de micro-organismos representa um grande potencial na produção de bioaromas. Desta forma, os objetivos do projeto serão isolar micro-organismos em meio seletivo para Pseudomonas sp. bem como avaliar seu potencial na biotransformação de monoterpenos (a-pineno, R-limoneno e citronelol), e avaliar os compostos obtidos através da Cromatografia Gasosa acoplada a Espectrometria de Massa (CG-EM). (AU)

Resumo

Este projeto trata do uso de corantes naturais em produtos de moda de origem têxtil para atender ao apelo mais do que necessário da sustentabilidade. No Brasil, apesar das discussões sobre ecologia e sustentabilidade serem relativamente recentes, tem despertado, cada vez mais, o interesse de diversos tipos de pessoas, o que leva a crer que investir nestas causas não é algo utópico, sendo que todos os setores existentes podem contribuir, como é o caso da moda e, mais especificamente da indústria têxtil, com um produto que implique em um menor impacto ambiental na sua produção. Assim, se estará colaborando efetivamente para a continuidade da vida na Terra. (AU)

Resumo

As cianobactérias são micro-organismos fotossintéticos oxigênicos pertencentes ao domínio Bacteria, apresentando distribuição cosmopolita na Terra. Estudos realizados no Laboratório de Ecologia Molecular de Cianobactérias (CENA/USP), com espécies originárias de diversas regiões terrestres e de água doce brasileiras, tem demonstrado a grande diversidade metabólica desses organismos para produção de cianopeptídeos sintetizados pela via não-ribossômica. A biossíntese cianobacteriana de peptídeos não-ribossômicos é catalisada por enzimas denominadas policetídeo sintase (PKS) e peptídeo sintetase não ribossômica (NRPS), sendo que muitas possuem sequências gênicas conhecidas. O objetivo geral desse estudo é a bioprospecção de produtos naturais bioativos de cianobactérias inéditas isoladas de ambientes marinhos da costa brasileira, ainda não exploradas, tendo como alvo a aplicação farmacêutica e biotecnológica. Para isso, propõe-se detectar e sequenciar genes envolvidos na biossíntese de NRPSs e PKSs, que indicarão as linhagens potencialmente capazes de produzir substâncias ativas. Em seguida, as linhagens com resultados positivos serão analisadas quanto à produção de metabólitos por meio da extração e purificação de cianopeptídeos. Esses cianopeptídeos serão identificados usando-se técnicas avançadas, tais como LC-MS, Q-TOF, MALDI-TOF e FTICR-MS. Cianopeptídeos ainda não descritos na literatura serão elucidados pela análise de dados espectroscópicos. Alguns genes envolvidos na síntese de cianotoxinas (mcyE, cyrJ e sxtI) também serão investigados. Desta forma, a contribuição pretendida com esse trabalho é gerar informações sobre moléculas bioativas produzidas por cianobactérias marinhas isoladas da costa do Estado de São Paulo e que apresentem potencial para aplicações biotecnológicas. (AU)

Resumo

As doenças do sistema cardiovascular são as únicas que superam o câncer em mortalidade da população na maioria dos paises desenvolvidos. Por meio de produtos naturais, nas últimas décadas, a pesquisa de drogas anticâncer através da triagem de extratos e princípios ativos possibilitou a descoberta e o desenvolvimento de diversos quimioterápicos que hoje são utilizados no tratamento do câncer. Com o aprimoramento dos métodos de cultivo celular o National Cancer Institute (NCI-USA) desenvolveu metodologia de triagem in vitro utilizando células tumorais oriundas de tumores humanos. O CPQBA implantou essa metodologia que vem sendo utilizada para triagem de extratos e princípios ativos obtidos de produtos naturais. Este projeto tem como objetivo avaliar a atividade anticâncer de extratos obtidos de Bidens sulphurea. Após a coleta da espécie será obtido extrato bruto e frações desse extrato, utilizando hexano e diclorometano como solventes. Com esse extrato será realizado teste de atividade anticâncer em nove linhagens celulares obtidas de tumores humanos. Os extratos com o melhor perfil de atividade serão submetidos a um processo de fracionamento que será monitorado pelo teste de atividade. (AU)

Resumo

Neste projeto, propõe-se estudo para a prospecção químico-farmacológica de fotossensibilizadores naturais em espécies vegetais (principalmente, Amaranthaceae - tribo Gomphreneae e Myrtaceae - gêneros Campomanesia, Eugenia e Myrcia) para aplicação em terapia fotodinâmica (PDT) antimicrobiana e antitumoral. Para tanto, proceder-se-á adequação de metodologia de ensaios biológicos e de procedimentos para terapia fotodinâmica (PDT) antimicrobiana (frente a bactérias e fungos) e antiproliferativa (frente a linhagens de células tumorais), bem como o desenvolvimento de procedimentos analíticos, incluindo o estudo fitoquímico monitorado pela análise de absorção na região do visível de interesse em PDT e pelos bioensaios. O auxilio técnico dar-se-á no apoio ao preparo de material para os experimentos, manutenção das cepas microbianas e culturas de células, bem como na etapa fitoquímica e de irradiação das amostras com laser (Tabela 1). Assim, o bolsista terá um treinamento técnico multidisciplinar tanto na parte biológica, quanto na parte química. Terá a oportunidade de aprender a trabalhar em sistema asséptico, com sistemas celulares e métodos cromatográficos utilizados em estudos fitoquimicos. Com este treinamento o bolsista terá um treinamento que permitirá integrar conhecimento e aprender como proceder para realizar suas atividades com o rigor necessário. (AU)

Resumo

O programa de atividades do bolsista inclue: Preparação dos extratos brutos das espécies vegetais em estudo; Recuperação de sílica gel 60 para cromatografia em coluna; Preparação de placas para Cromatografia em Camada Delgada Comparativa e preparativa (CCDC e CCDP); Preparo de soluções, Preparação de reveladores para Cromatografia em Camada Delgada; Gerenciamento dos equipamentos do Laboratório de Produtos Naturais tais como: rotaevaporadores, banho de refrigeração e banho de ultrasom; Recebimento, estocagem e controle de reagentes e solventes; Treinamento na operação do Cromatógrafo Líquido de Alta Eficiência Shimadzu, Modelo Prominence LC-6AD com detector UV-visível SPA-20 A e Treinamento na operação do Espectrofotômetro DAD UV-visível HP modelo 8453 (AU)

Resumo

A variabilidade das regiões geográficas brasileiras favorece o desenvolvimento de diferentes espécies vegetais, o que estimula o estudo na busca de novos agentes bioativos. Dentre as espécies escolhidas para investigação de seu possível efeito quimiopreventivo estão as que pertencem ao gênero Eugenia e Alchornea, que por sua vez são amplamente reconhecidas por conter substâncias fenólicas com potencial efeito antioxidante, antiinflamatório, analgésico, antipirético, antifúngico e efeitos citotóxicos no desenvolvimento de algumas linhagens de células cancerígenas. A outra espécie escolhida (Garcinia) para o presente estudo pertencente a família Clusiaceae, e seu perfil químico revela a presença de xantonas, flavonóides, fenóis e acridonas como principais grupos de metabólitos especiais, apresentando atividade analgésica, antibacteriana, antioxidante, antiviral e antitumoral. O presente estudo tem por objetivo realizar o rastreamento bioguiado para atividade de quimioprevenção em extratos, frações semipurificadas e principalmente, de substâncias puras isoladas de Eugenia jambolana, Garcinia xanthochymus e Alchornea glandulosa como parte da bioprospecção de produtos naturais. Até o momento não existem estudos sobre a capacidade de quimiprevenção dessas espécies vegetais. No presente estudo será avaliada a indução da enzima quinona-redutase em células de hepatocarcinoma murino (Hepa 1c1c7); e a genotoxicidade/antigenotoxicidade em células de hepatocarcinoma humano (HepG2) competentes para metabolização de xenobióticos, através do ensaio do cometa. (AU)

Resumo

BOLSA TT-2Bolsista 4:O bolsista 4 deverá atuar nos laboratórios de bioensaios e criação de formigas do Centro de Estudos de Insetos Sociais da UNESP - Rio Claro sob a responsabilidade do professor Dr. Odair Corrêa Bueno.PLANO DE TRABALHO, METODOLOGIA:O bolsista deverá contribuir na execução dos estudos em andamento no Centro de Estudos de Insetos Sociais (CEIS) da UNESP - Rio Claro relacionado ao projeto temático de equipe "CONTROLE DE FORMIGAS CORTADEIRAS, ESTUDOS INTEGRADOS" sendo treinada nas tarefas abaixo:1. Contribuir para realização de ensaios de produtos naturais e sintéticos baseados em produtos naturais em formigas cortadeiras, Atta sexdens rubropilosa, e participar da manutenção dos ninhos das formigas.2. Na tarefa de ensaios o bolsista deverá ser treinado em preparações das dietas artificiais e naturais e na realização dos ensaios. 3. Realizar análise estatística dos resultados obtidos, recebendo treinamento nesta área.4. Organizar os laboratórios de ninhos e ensaios de formigas, mantendo os ninhos diariamente e preparando soluções e dietas de uso comum. Neste treinamento espera-se que ao final do mesmo o bolsista possa ser responsável pelo andamento técnico do laboratório Espera-se também que ele tenha completo domínio em prepara de soluções inorgânicas e orgânicas.5. Manter organizado o almoxarifado. O bolsista deverá neste tópico poder, ao final do treinamento, controlar o almoxarife tanto em estoque quanto informando os materiais a serem adquiridos, assim como fazer levantamento de preços. (AU)

Resumo

A quimioprevenção do câncer é feita pela prevenção, atraso ou reversão do processo de carcinogênese através da ingestão de compostos na dieta ou fármacos. Estratégias para a proteção contra carcinogênese envolvem a diminuição de enzimas responsáveis pela geração de espécies reativas (enzimas de fase 1) enquanto aumentam enzimas de fase 2 com o uso de substâncias naturais. Danos causados ao DNA por mutagênicos ambientais podem ser nocivos para diversos organismos, incluindo seres humanos. O acúmulo de mutações está relacionado com o desenvolvimento da maioria dos tumores malignos e desordens degenerativas. A fim de prevenir o risco genotóxico, é pertinente tanto identificar os mutagênicos e diminuir a exposição a eles, bem como aumentar a exposição a compostos antigenotóxicos como os que ocorrem naturalmente nas plantas. O estudo de produtos naturais com o ensaio da quinona redutase (QR) e do cometa é de fundamental importância para o descobrimento e desenvolvimento de novas substâncias capazes de prevenir o câncer. Nesse contexo, sera implantada metodologia para avaliacao de atividade quimiopreventiva pela verificacao da inducao de quinona-redutase e pelo ensaio do cometa. Para tanto serao preparadas as soluções utilizadas nos ensaios; Cultivo/manutencao de células de hepatoma murino Hepa 1c1c7 e hepatoma humano HepG2 utilizadas nos ensaios; avaliacao de substancias naturais fornecidas pelos laboratorios associados ao projeto tematico. (AU)

Resumo

O programa de atividades descrito abaixo compreende atividades rotineiras que exigem trabalho cuidadoso por técnicos de nível superior. As atividades visam subsidiar as três metas principais do projeto "CONSERVAÇÃO E USO SUSTENTÁVEL DA DIVERSIDADE DO CERRADO E DA MATA ATLÂNTICA: DIVERSIDADE QUÍMICA E BIO PROSPECÇÃO DE FÁRMACOS - FASE II", financiado pela FAPESP e em andamento nos laboratórios de Produtos Naturais do Instituto de Química da UNESP/Araraquara e da Seção de Fisiologia e Bioquímica do Instituto de Botânica/SMA-SP: (1) Busca de produtos naturais bioativos em espécies de Cerrado e da Mata Atlântica do Estado de São Paulo; (2) seleção de extratos de plantas e fungos através de bioensaios para a detecção de substâncias com potencial anticancerígeno, antifúngico, anticolinesterásico, antioxidante e antimalárico; (3) cultivo de plantas selecionadas visando estudos fisiológicos e químicos. (AU)

Resumo

O programa de atividades compreende atividades rotineiras que exigem trabalho cuidadoso por tecnicos de nível superior. As atividades visam subsidiar as três metas principais do projeto "CONSERVAÇÃO E USO SUSTENTÁVEL DA DIVERSIDADE DO CERRADO E DA MATA ATLÂNTICA: DIVERSIDADE QUÍMICA E BIO PROSPECÇÃO DE FÁRMACOS - FASE II", financiado pela FAPESP e em andamento nos laboratórios de Produtos Naturais do Instituto de Química da UNESP/Araraquara e da Seção de Fisiologia e Bioquímica de Plantas do Instituto de Botânica/SMA-SP: (1) Busca de produtos naturais bioativos em espécies vegetais de Cerrado e Mata Atlântica do Estado de São Paulo; (2) seleção de extrator vegetais através de bioensaios para detecção de substâncias com potencial anticancerígeno, antifúngico, anticolinesterásico, antioxidante e antimalárico; (3) cultivo de plantas selecionadas visando estudos fisiológicos e químicos. (AU)

Página 12 de 1.982 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s)
Marcar todos desta pagina | Limpar seleção