site da FAPESP
 

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
Auxílios à Pesquisa
Bolsas
Programas voltados a Temas Específicos
Programas de Pesquisa direcionados à Aplicação
Programas de Infraestrutura de Pesquisa
Área do conhecimento
Situação
Ano de início
Página 12 de 2.481 resultado(s)
|

Estudo fitoquímico de Styrax pohlii A.DC. (Styracaceae)

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Patricia Mendonça Pauletti
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:09/02535-3
Vigência: 01 de junho de 2009 - 30 de novembro de 2009
Assunto(s):Química de produtos naturaisStyracaceaeStyraxLignanas
Resumo
Styrax pertence à Styracaceae e compreende cerca de 130 espécies, sua composição química revela o acúmulo de saponinas, lignanas, triterpenos e compostos fenólicos. As lignanas benzofurânicas, homoegonol e egonol, isoladas de espécies deste gênero apresentaram principalmente atividades antimicrobiana e citotóxica. O estudo fitoquímico de Styrax pohlii torna-se atrativo pois esta espécie não foi ainda investigada quimicamente e além disso experimentos preliminares realizados, pelo nosso grupo GPNUF (Grupo de Pesquisa em Produtos Naturais da UNIFRAN), por CLAE-DAD evidenciaram a presença de pelo menos três picos com espectro de UV semelhantes aos de lignanas benzofurânicas, sendo que um deles apresentou o mesmo tR do padrão egonol. Deste modo, este projeto visa realizar o isolamento de lignanas de S. pohlii utilizando técnicas cromatográficas e contribuir também com o projeto "Estudo fitoquímico e avaliação da mutagenicidade, antimutagenicidade e da atividade inibitória da ciclooxigenase de Styrax (Styracaceae)" (Processo no 2008/10283-1). (AU)

Epoxidação de alquenos terminais e produtos naturais catalisada por Mn(IV)-TMTACN-ácido oxálico-H2O2 na ausência de solvente

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Química. Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-CAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Dalmo Mandelli
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:04/05503-1
Vigência: 01 de julho de 2004 - 30 de junho de 2005
Resumo
A maioria dos processos químicos em fase líquida requer o uso de solventes Neste trabalho pretende-se efetuar a epoxidação de 1-deceno, além de produtos naturais como limoneno e carvona, utilizando-se como catalisador o complexo de Mn (IV) [L2Mn2O3](PF6)2 (L=1,4,7-trimetil-1,4,7-triazociclononano, TMTACN). Recentemente observamos que este sistema é ativo na ausência de solvente, desde que se adicione pequenas quantidades de acetonitrila ao meio. Desta forma, as reações serão efetuadas na ausência de solvente, utilizando-se ácido oxálico como catalisador e H2O2 aquoso como oxidante, que possui a vantagem de gerar água como sub-produto, não causando danos ao meio-ambiente. Serão estudados os efeitos da concentração de catalisador, substrato, oxidante e acetonitrila, bem como da temperatura na quantidade de produtos e na velocidade inicial da reação. Pretende-se estimar a energia de ativação da reação e propor um mecanismo para a mesma. (AU)

Ácido abiético como sinton quiral em síntese orgânica: síntese do eperuol para confirmação da configuração absoluta do produto natural e conversão do esqueleto abietano em derivados terpênicos..

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Paulo Mitsuo Imamura
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:98/15615-9
Vigência: 01 de abril de 1999 - 31 de maio de 2003
Assunto(s):Síntese orgânicaDiterpenos
Resumo
O objetivo do projeto é a utilização do ácido abiético como sinton quiral em síntese orgânica. Pretendemos sintetizar a partir deste ácido, o eperuol, um dinor-diterpeno isolado da Eperua purpúrea com o objetivo de confirmação da configuração absoluta do produto natural. Pretendemos ainda fazer a transformação química do esqueleto abietano em sistema tricarbocíclico do tipo espongiano e isocopalano, esqueletos estes que vem sendo encontrados com freqüência, nos dias de hoje, entre os novos produtos de origem marinho. É interessante ressaltar que muitos destes compostos (possuído esqueleto carbocíclico do tipo espongiano e isocopalanos) apresentam atividades biológicas como: antiviral, citotóxica, antifúngica, antialimentar (antifeedant), etc. Faz parte do projeto a utilização do intermediário obtido em síntese de produtos como conulosins A e B e de outros diterpênicos labdanólicos como indicados no projeto em anexo. (AU)

Inativação da peroxidase e da polifenoloxidase presentes na água de coco verde (Cocos nucifera L.) por processo térmico, através de micro-ondas

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Carmen Cecilia Tadini
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Engenharia de Alimentos
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:03/08815-1
Vigência: 01 de março de 2004 - 30 de junho de 2006
Assunto(s):Micro-ondasPeroxidasePolifenoloxidaseÁgua de coco
Resumo
A crescente busca por alimentos naturais que possam trazer benefícios à saúde vem elevando o consumo da água de coco. Quando exposta ao ambiente, além de estar sujeita a ação dos microrganismos pode sofrer perdas nutricionais, alterações na aparência e no sabor devido à ação das enzimas presentes na própria água de coco. O método mais empregado para prolongar a vida de prateleira de um alimento líquido é a pasteurização por trocadores de calor a placas que tem a finalidade de destruir microrganismos patogênicos, deterioradores e inativar enzimas que possam alterar, de forma negativa, as características do produto processado. O emprego da pasteurização geralmente ocorre a temperaturas elevadas, podendo proporcionar perdas nutricionais e alterações indesejáveis nas características sensoriais do produto final. Segundo a literatura, o emprego do tratamento através das micro-ondas em alimentos líquidos, vem promovendo maiores taxas de inativação enzimática com menores perdas de nutrientes e de flavor, produzindo um produto com características próximas ao natural. Os objetivos desse projeto são: estudar o comportamento da atividade das enzimas peroxidase e polifenoloxidase presentes na água de coco verde, quando submetidas ao tratamento através das micro-ondas em fluxo contínuo; ajustar os dados experimentais a modelos de cinética propostos na literatura: avaliar a qualidade do produto final e sua aceitação pelo consumidor. (AU)

Algas marinhas da costa brasileira: isolamento e caracterização de substâncias bioativas com potencial uso para formulações cosméticas

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Pio Colepicolo Neto
Empresa parceira:Natura Inovação e Tecnologia de Produtos Ltda
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Biológica
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Parceria para Inovação Tecnológica - PITE
Processo:03/08735-8
Vigência: 01 de fevereiro de 2004 - 31 de outubro de 2006
Assunto(s):Algas marinhasAntioxidantesCosméticos
Resumo
Embora dispondo de vasta extensão litorânea e grande diversidade de algas, os investimentos da iniciativa privada e/ou do Governo do Estado de São Paulo no cultivo de algas e sua exploração comercial são escassos; apenas o turismo, a atividade pesqueira e a exploração racional da Mata Atlântica são incentivadas nessa região. No contexto nacional, poucos são os grupos de pesquisa ou empresas que se dedicam ao estudo, isolamento e caracterização química de produtos naturais ativos extraídos de algas marinhas. Portanto, estudos que permitam a investigação de novos produtos naturais bioativos extraídos destes organismos são de extrema importância. Este projeto visa o estudo de ativos isolados de algas marinhas da costa brasileira com potencial para aplicações nas áreas cosmética e farmacêutica. Para isso, micro e macroalgas coletadas e/ou cultivadas em laboratório terão seus extratos de diferentes polaridades testados em ensaios para que deles sejam determinados o potencial antioxidante, antibiótico, antiinflamatório e capacidade de absorção de radiação UV (chamadas genericamente de micosporinas; MAA). Os fracionamentos dos extratos ativos serão biomonitorados até que um composto ativo possa ser isolado e identificado. Estudaremos, dentre outras espécies, o dinoflagelado Lingulodinium polyedrom, que apresenta enorme concentração de peridinina, cujas propriedades antioxidantes foram por nós evidenciadas; e a Prasinophyceae Tetraselmis gracilis, muito explorada comercialmente, no cultivo de organismos marinhos, por apresentar grande quantidade de carotenóides e ácidos graxos poliinsaturados (PUFA) necessários às fases larvais de peixes e invertebrados marinhos. Ainda, serão elaborados protocolos de estudo para avaliação de segurança de produto cosmético segundo recomendado pela legislação vigente e com reconhecidas boas práticas de laboratório. (AU)

Identificação de antioxidantes naturais em resíduos agroindustriais: isolamento e aplicação em matriz alimentar de base lipídica

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Severino Matias de Alencar
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:11/12640-9
Vigência: 01 de abril de 2012 - 30 de setembro de 2015
Assunto(s):Resíduos agroindustriaisCompostos fenólicos
Resumo
A geração de resíduos sólidos pelas atividades agroindustriais, em especial no Brasil que tem sua economia fortemente baseada no agronegócio, tem criado a demanda por um reaproveitamento tecnológico desses materiais. Acredita-se que sua reutilização resultaria na consequente diminuição do impacto da disposição desses resíduos ao meio ambiente e, ao reinseri-los na indústria, no aumento da eficiência da cadeia produtiva industrial, sendo também fundamental para a sustentabilidade da atividade agroindustrial. Aliado a isso, a crescente demanda do mercado consumidor por produtos de origem natural atrelada às evidências sobre a possível toxicidade de antioxidantes sintéticos propulsionam pesquisas sobre produtos naturais. Assim, o objetivo deste trabalho será avaliar o potencial bioativo e tecnológico de resíduos agroindustriais, como fontes de compostos antioxidantes, para a indústria de alimentos. Para tanto, serão analisados resíduos agroindustriais vinícolas (bagaço e engaço), das indústrias produtoras de polpas congeladas de frutas (cajá, cupuaçu, graviola e umbu) e beneficiamento de café. As análises englobarão, inicialmente, a caracterização química e o screening, baseado na atividade antioxidante, dos extratos hidroalcoólicos destes resíduos. O(s) resíduo(s) que apresentar(em) maior potencial bioativo seguirá(ão) para o isolamento bioguiado de sua(s) molécula(s) com alto poder antioxidante. Extrato do resíduo, frações e composto(s) isolado(s) serão aplicados em óleos de soja e linhaça e sua efetividade como antioxidante em matriz lipídica será comparada com a apresentada por antioxidantes sintéticos. A partir das informações geradas, espera-se criar subsídios para a reinserção industrial de subprodutos agroindustriais pela obtenção de extratos ricos em antioxidantes ou pela extração de antioxidantes naturais de uso pelas indústrias farmacêutica e/ou de alimentos. (AU)

Análise de perfis de metabólitos obtidos por espectrometria de massas utilizando grafos

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Norberto Peporine Lopes
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo:14/01884-2
Vigência: 01 de julho de 2014 - 30 de junho de 2016
Convênio/Acordo de cooperação com a FAPESP: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Assunto(s):Espectrometria de massasMetabolômicaBioinformática
Resumo
A bioprospecção de produtos naturais é um processo complexo e trabalhoso que demanda alto investimento monetário e intensa inspeção manual para isolar e identificar compostos ativos a partir de uma fonte de produtos naturais. Espécies endêmicas brasileiras de Lychnophora (Asteraceae) figuram como um rico gênero de plantas que têm sido utilizadas como fonte para prospecção de produtos naturais. Os compêndios públicos de informações moleculares, com organização biológica hierárquica do potencial catalítico e regulatório do genoma, vias metabólicas e compostos potencialmente produzidos, são incipientes, muitas vezes inexistentes, para espécies de Lychnophora. Estudos recentes de reconstrução do metabolismo realizam buscas exaustivas de informações genéticas e bioquímicas de um determinado organismo, reconstruindo o metabolismo conhecido para o mesmo. Esta abordagem permite melhores inferências do potencial químico do organismo, potencializando sua exploração biotecnológica. Além da ausência de compêndios organizados para inferência do metabolismo para espécies de Lychnophora, com os métodos convencionais de prospecção, analisando extratos vegetais, a informação espacial de metabólitos no tecido, células e organelas celulares é perdida. A técnica de IMS (Imaging Mass Spectrometry) permite a coleta de espectros de massas em centenas de milhares de pontos, em coordenadas predefinidas de área de tecido. Com estes espectros é possível confeccionar um mapa de distribuição tecidual da substância alvo sobre uma imagem to tecido obtida, por exemplo, a partir de um scanner. Utilizar um compêndio biologicamente hierarquizado de compostos conhecidos em Lychnophora, e sua compartimentalização em reações e vias metabólicas, permite a busca de produtos naturais em regiões espacialmente delimitadas do tecido vegetal e pode ser muito útil para a compreensão da sua função biológica, bem como orientar a melhoria do seu isolamento. Diante da grande complexidade dos conjuntos de dados produzidos nos experimentos de MALDI-imaging e da carência de bases de comparação para anotação dos metabólitos e inferência de processos bioquímicos, o presente projeto tem como objetivos construir uma base de dados hierarquizada com informações genéticas e bioquímicas de espécies filogeneticamente relacionadas a Lychnophora e realizar a inferência computacional de grafos de vias metabólicas espacialmente específicas, utilizando dados obtidos a partir de IMS. (AU)

Monitoramento das propriedades tecnológicas da borracha natural de novos clones de seringueira

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Embrapa Instrumentação Agropecuária. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Maria Alice Martins
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:14/07470-5
Vigência: 01 de junho de 2014 - 31 de dezembro de 2014
Assunto(s):Seringueira
Resumo
A borracha natural proveniente da seringueira é uma matéria-prima agrícola estratégica utilizada na manufatura de uma grande quantidade de produtos. Visando o desenvolvimento desta cultura, pesquisadores em todo o mundo têm estudado o melhoramento genético da seringueira para obtenção de novos clones com o intuito de incrementar a produtividade no seringal e a qualidade do produto pós-colheita. Apesar de já ter sido o maior produtor mundial de borracha, atualmente, o Brasil contribui com apenas 1,5% da produção mundial, tendo um consumo em torno de 3,5%. Da produção nacional, atualmente, menos de 5% vêm de seringais nativos na Amazônia e os 95% são provenientes de seringais de cultivo em diferentes estados do país, sendo o estado de São Paulo o maior produtor nacional. Estes dados demonstram que novas variedades clonais de seringueira adaptadas a diferentes regiões constituem um ponto importante para o sucesso da heveicultura no Brasil. Dentro deste contexto, este projeto tem como objetivo a caracterização e avaliação da qualidade da borracha natural dos novos clones visando auxiliar no estudo para recomendação do plantio em larga escala. A avaliação da borracha natural será realizada através das propriedades tecnológicas: índice de retenção de plasticidade, plasticidade Wallace, viscosidade Mooney, extrato acetônico, porcentagem de cinzas e nitrogênio. Serão feitos também ensaios de espectroscopia na região do infravermelho, ressonância magnética nuclear, análise elementar, termogravimetria e calorimetria exploratória diferencial para a caracterização das propriedades físico-químicas e térmicas da borracha. (AU)

Estudo do processo de destilação molecular para a obtenção de b-caroteno (pró-vitamina a) a partir do óleo de palma

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Engenharia Química (FEQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Maria Regina Wolf Maciel
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Operações Industriais e Equipamentos para Engenharia Química
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:07/06200-0
Vigência: 01 de março de 2008 - 28 de fevereiro de 2010
Assunto(s):Óleo de palma
Resumo
As principais indústrias nacionais e internacionais existentes têm atualmente procurado alternativas e fontes naturais para seus insumos e matérias primas, buscando uma imagem positiva frente a seus consumidores e procurando por estratégias que viabilizem a redução de seus custos. Porém, uma das grandes dificuldades de se trabalhar com matérias primas e insumos oriundos de fontes naturais está na própria obtenção de tais materiais e, principalmente, no isolamento e purificação dos mesmos. Assim, técnicas e estratégias de processamento que possibilitem a preservação dos compostos bioativos, bem como a minimização de sub-produtos tóxicos são fundamentais para garantir a qualidade e, portanto, a segurança na utilização em produtos de consumo humano, quer seja em alimentos, cosméticos ou mesmo medicinal. Neste contexto, o presente projeto vem propor o estudo experimental da utilização da destilação molecular para extrair, -carotenos oriundos do óleo de palma, uma vez que a destilação molecular possibilita a obtenção e purificação de materiais instáveis termicamente, como é o caso da maioria dos produtos naturais, com ênfase aos óleos essenciais, e, ainda, sem a necessidade da utilização de solventes. Além disso, será realizada uma simulação para otimizar a vazão mássica de alimentação e a temperatura de operação. (AU)

Estudo químico das folhas de Vochysia divergens e avaliação do seu potencial esquistossomicida

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Ana Helena Januário
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:11/23451-2
Vigência: 01 de fevereiro de 2012 - 31 de dezembro de 2012
Assunto(s):VochysiaceaeProdutos naturaisQuímica de produtos naturaisMetabolismo secundário
Resumo
Neste projeto de iniciação científica pretende-se realizar a investigação química das folhas de Vochysia divergens Pohl (Vochysiaceae), uma espécie alimentícia nativa do bioma Pantanal. Esta região foi selecionada para estudo, dentro do Projeto de Regular de Pesquisa "Compostos Bioativos de Plantas Medicinais e Alimentícias do Cerrado e Pantanal e de sua Microbiota Endofítica." (Fapesp Processo n. 2011/00631-5) A abordagem química será biomonitorada quanto atividade esquistossomicida. O ensaio esquistossomicida será realizado avaliando-se o ciclo de vida do vetor Schistosoma mansoni. As metodologias de análise a serem utilizadas, envolverão técnicas de separação cromatográfica (CC, CCDP, CG/EM, CLAE/DAD) e a caracterização estrutural dos compostos isolados será realizada empregando métodos espectroscópicos como RMN1H e RMN13C uni e bi-dimensionais. O objetivo principal deste projeto será identificar substâncias naturais com potencial esquitossomicida, além de contribuir para a formação de recursos humanos na área de produtos naturais no Nordeste do Estado de São Paulo. (AU)

Estudo químico da microbiota endofítica de Vochysia divergens e avaliação do seu potencial esquistossomicida

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Ana Helena Januário
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:11/22333-6
Vigência: 01 de fevereiro de 2012 - 30 de novembro de 2013
Assunto(s):VochysiaceaeProdutos naturaisQuímica de produtos naturaisMetabolismo secundário
Resumo
Neste projeto de iniciação cientítica pretende-se realizar a investigação química da microbiota endofítica de Vochysia divergens Pohl (Vochysiaceae), uma espécie alimentícia nativa do bioma Pantanal. Esta região foi selecionada para estudo, dentro do Projeto de Regular de Pesquisa "Compostos Bioativos de Plantas Medicinais e Alimentícias do Cerrado e Pantanal e de sua Microbiota Endofítica." (Fapesp Processo n. 2011/00631-5) A abordagem química será biomonitorada quanto atividade esquistossomicida. O ensaio esquistossomicida será realizado avaliando-se o ciclo de vida do vetor Schistosoma mansoni. As metodologias de análise a serem utilizadas, envolverão técnicas de separação cromatográfica (CC, CCDP, CG/EM, CLAE/DAD) e a caracterização estrutural dos compostos isolados será realizada empregando métodos espectroscópicos como RMN1H e RMN13C uni e bi-dimensionais. O objetivo principal deste projeto será identificar substâncias naturais com potencial esquitossomicida, além de contribuir para a formação de recursos humanos na área de produtos naturais no país. (AU)

Processo biotecnológico visando o desenvolvimento de novos colorantes naturais microbianos para aplicação industrial

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Valéria de Carvalho Santos Ebinuma
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Processo:14/01580-3
Vigência: 01 de janeiro de 2015 - 31 de dezembro de 2018
Assunto(s):BioprocessosLíquidos iônicosCorantes naturaisCromatografiaExtração líquido-líquido
Resumo
Nos últimos anos há uma tendência em substituir colorantes sintéticos por colorantes naturais devido a forte demanda dos consumidores por produtos mais naturais. Assim, a pesquisa por novos colorantes naturais, como os produzidos por fungos, para serem aplicados como bioaditivos em diversos segmentos industriais tem crescido. Dentro deste cenário, a otimização e o incremento não somente dos parâmetros de produção como os de extração são importantes para reduzir o custo global de produção e acelerar a entrada dos mesmos no mercado consumidor. O objetivo deste projeto é estudar todas as fases para o desenvolvimento de novos colorantes naturais, nomeadamente produção, extração, identificação molecular e atividade biológica visando sua aplicação industrial. Para tanto, inicialmente será avaliada a produção destes bioprodutos por cultivo submerso de Penicilllium purpurogenum DPUA 1275 empregando meios alternativos (farelo de arroz, farelo de trigo e bagaço de cana de açúcar) em agitador rotativo (shaker). A seguir, a produção dos colorantes em biorreator será avaliada utilizando a condição otimizada de nutrientes em agitador rotativo, mas adequando a velocidade de agitação e a taxa de aeração do biorreator. Na etapa de purificação, extração líquido-líquido com solventes orgânicos será empregada visando isolar os compostos colorantes e posteriormente, determinar sua estrutura química por métodos espectrofotométricos. Adicionalmente, a técnica de extração líquido-líquido em sistemas aquosos bifásicos (SABs) baseados em líquidos iônicos será aplicada na partição dos colorantes naturais como técnica alternativa de purificação, seguida de cromatografia contra corrente para aumentar a pureza dos colorantes extraídos. Além disso, a atividade biológica dos colorantes será avaliada como etapa final do projeto. Neste contexto, a presente proposta aborda diferentes aspectos biotecnológicos não somente para produção e extração de colorantes naturais microbianos, mas também visando sua futura aplicabilidade. (AU)

Estudo fitoquímico biomonitorado de Picramnia bahiensis e Thyrsodium schomburgkianum - obtenção de inseticida, fungicida contra formigas cortadeiras e seu fungo simbionte e microencapsulação de compostos ativos

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:João Batista Fernandes
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Processo:07/07196-7
Vigência: 01 de maio de 2008 - 31 de março de 2013
Assunto(s):Produtos naturaisInseticidasQuímica de produtos naturaisFormigas cortadeiras
Resumo
As formigas cortadeiras dos gêneros Atta e Acromyrmex são consideradas entre as mais importantes pragas na agricultura, pastos e programas de reflorestamento, devido ao desfolhamento a que as plantas são submetidas. Os fatores como abundância de recursos naturais como fonte de alimentos, escassez de inimigos naturais e competições entre outras espécies, promovem o ataque e, consequentemente, danos à plantação, gerando sérios prejuízos econômicos, já que a densidade dos ninhos de formigas cortadeiras pode aumentar de 5 a 10 vezes em relação a um ambiente de equilíbrio ecológico.A ordem Sapindales é composta pelas famílias Staphyceaceae, Melianthaceae, Bretschneideraceae, Akaniceae, Sapindaceae, Hippocastanaceae, Aceraceae, Burseraceae, Anacardiaceae, Julianiceae, e Zygophyllaceae. Dentro destas famílias, diversos compostos com atividade inseticida, fungicida e inibidores de enzimas têm sido obtidos.O presente projeto tem como objetivo principal obter: produtos naturais inseticidas e/ou fungitóxicos e metodologias de aplicação dos mesmos para controlar Atta sexdens rubropilosa.De um modo específico pretende-se: a) realizar o estudo fitoquímico biomonitorado das plantas Picramnia bahiensis e Thyrsodium schomburgkianum visando o isolamento de novos compostos com atividade inseticida e/ou fungitóxica e/ou inibidores de pectinase; b) Isolar e caracterizar os compostos das plantas a serem estudadas que não apresentarem atividades supracitadas, contribuindo com informações sobre a quimiossistemática dos gêneros estudados, por estes serem pouco conhecidos sobre o ponto de vista químico; e c) A partir do(s) composto(s) ativo(s), formular um inseticida através da técnica de microencapsulamento e comparando com padrões de iscas tradicionais existentes no mercado. (AU)

Investigação da atividade de biofármacos, agonistas de PPARs e produtos naturais com potencial terapêutico na aterosclerose

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Dulcineia Saes Parra Abdalla
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Processo:12/51316-5
Vigência: 01 de maio de 2013 - 30 de abril de 2018
Assunto(s):NanotecnologiaAnticorposAteroscleroseTerapêuticaFármacosProdutos naturais
Resumo
As doenças cardiovasculares, que ocorrem como conseqüência da aterosclerose, constituem uma das principais causas de mortalidade e morbidade mundial, causando atualmente cerca de 30% do total de mortes em todo o mundo, inclusive no Brasil, com gastos elevados para saúde pública devido ao comprometimento de grande parte da população economicamente ativa. A aterosclerose é uma doença crônica imuno-inflamatória e multifatorial, cuja única estratégia terapêutica considerada efetiva é o controle dos seus fatores de risco, visando proporcionar aumento da expectativa de vida com maior qualidade e a prevenção das complicações graves como infarto do miocárdio, acidente vascular isquêmico e morte. Uma vez que a terapêutica atual da aterosclerose apenas proporciona a redução da progressão da placa aterosclerótica, a busca por novos fármacos para o tratamento desse processo é essencial. Neste contexto, nosso grupo de pesquisa tem desenvolvido diferentes estratégias focando a descoberta de candidatos a fármacos e bio-fármacos que possam atuar no processo aterosclerótico. Neste projeto, propomos diferentes abordagens para o estudo da ação anti-aterogênica de fragmentos de anticorpos recombinantes, peptídeos, produtos naturais e compostos sintéticos em sistemas in vitro, ex vivo e in vivo, utilizando ensaios celulares e modelos experimentais. Serão avaliadas as ações destes compostos sobre a resposta imune, o processo inflamatório e a angiogênese, que são relevantes na aterogênese e na progressão das lesões ateroscleróticas, com o objetivo maior de contribuir para o desenvolvimento de novas estratégias terapêuticas para a aterosclerose. (AU)

Desenvolvimento de alimentos prontos para servir (PPS), com pescado de cultivo (peixe, camarão e rã)

Beneficiário:
Pesquisador responsável:Samuel Lopes Lima
Empresa:Ranaville Agroindústria Ltda. - ME
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Tecnologia de Alimentos
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Processo:09/50707-8
Vigência: 01 de dezembro de 2009 - 31 de agosto de 2010
Assunto(s):AlimentosCozimentoPasteurizaçãoPescadoPeixesCamarão
Resumo
Com a presente proposta se objetiva viabilizar a agregação de valor às principais atividades da aquicultura brasileira (criação de peixes, camarões e rãs), cujos produtos 'in natura' encontram severas restrições por parte do consumidor final. A dona de casa brasileira não tem o hábito de consumir regularmente o peixe, o camarão ou a rã, entre outros argumentos, por não saber prepará-los, apresentarem aspecto e odor desagradáveis, além de considerá-los caros. Quando compram, a maioria prefere estes animais já porcionados, tais como o filé do peixe, o camarão descascado ou a coxa da rã. Raros são os estabelecimentos especializados (bares e restaurantes) que conseguem servir estes produtos, com padrão de qualidade e uniformidade satisfatório a seus clientes, que acabam recebendo-os em forma de 'frituras' ou 'petiscos'. A finalidade será oferecer ao mercado, um mix de produtos prontos para servir, bastando aquecê-los (3 min.), tendo como base, o pescado (preferencialmente de cultivo). A maioria dos produtos hoje oferecidos são 'semi-prontos': necessitam de um tempo para sua finalização (30 a 40 min.), o que não atende a expectativa do consumidor exigente, que quer mais facilidade, conciliada à qualidade. Com os PPS - Pescado Pronto para Servir, objetiva-se atender estas características, mantendo as qualidades nutricionais do produto. A matéria prima (pescado 'in natura') receberá ingredientes naturais (legumes, ervas e sal) para compor receitas diversas de boa aceitação pelo consumidor. O processo fabril consiste em uma cocção em parâmetros específicos (binômio tempo x temperatura), para cada matéria prima, seguida da pasteurização e congelamento rápido, preservando os produtos durante 12 a 18 meses, dependendo da formulação. Esta tecnologia é de domínio de empresas concorrentes (no mercado externo), porém ainda não utilizam o pescado de cultivo brasileiro, cujos parâmetros necessitam ser identificados (principal desafio desta proposta). Alguns produtos encontram-se em desenvolvimento pela equipe, ainda como 'protótipos' e serão novidades para o mercado caso haja sucesso neste empreendimento. As pesquisas com os 'protótipos' consistirão na composição do elenco de ingredientes de cada produto, seguidos na identificação dos parâmetros operacionais do processo, para cada matéria-prima. As pesquisas e supervisão técnica das operações técnicas serão executadas por equipe composta de especialistas em Ciência e tecnologias de alimentos, higiene veterinária e tecnologia de produtos de origem animal, aquicultura, tecnólogo de processos em indústrias de alimento e gerência de produção, todos com um histórico profissional ligado ao desenvolvimento de produtos a base de pescado. Os novos produtos que devem ser gerados passarão por avaliações de aceitação do mercado, antes de serem lançados comercialmente (na segunda fase do projeto), além das análises físico-químicas, sensórias e tempos de vida em prateleira. O impacto esperado deverá dinamizar a cadeia produtiva da aquicultura do estado e com ressonância nos agentes de outros estados, em particular os do nordeste, onde se localizam a maioria dos produtores de camarão, pois a empresa proponente (Indústria de Conservas LAS) estará formulando parcerias com os principais produtores para garantir o fornecimento de matéria prima padronizada. O processo de produção de cada empresa parceira deverá passar por um rigoroso controle de qualidade e de rastreabilidade, para atender às exigências do mercado consumidor. (AU)

Síntese e atividades antimicrobianas de sesquiterpenos drimanos e diterpenos labdanos

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Timothy John Brocksom
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:99/09385-3
Vigência: 01 de novembro de 1999 - 11 de fevereiro de 2000
Resumo
Os sesquiierpenos do grupo drimano e os diterpenos do grupo labdano incluem inúmeros exemplos de compostos naturais com importantes atividades biológicas. Neste plano de pesquisa, propõe-se a continuação do estudo da síntese de membros destas duas classes de produtos naturais a partir do quíron R-(-)-carvona, por meio de hexanelação a uma octalona tetrametilada de quatorze cabornos. Adição nucleofílica de mais um ou seis carbonos no grupo carbonílico presente, leva a drimanos e labdanos (naturais e não-naturais) respectivamente. Os resultados obtidos até o presente momento se referem à adição de nucleófilos fortes, porém simples que demonstram a eficácia da proposta em sintetizar drimanos não-naturais. Todos os intermediários sintéticos estão sendo e serão testados para a atividade antimicrobiana, num "screening" clássico, o que deve dirigir inclusive os estudos sintéticos futuros visando aprimorar a relação estrutura-atividade. Alguns intermediários já obtidos apresentam alguma atividade relevante. (AU)

Lazzaro Spallanzani e os estudos sobre os seres vivos no século XVIII

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Maria Elice Brzezinski Prestes
Anfitrião: David Rabouin
Local de pesquisa: Université Paris Diderot - Paris 7 (França)
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História das Ciências
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Processo:10/08163-8
Vigência: 27 de dezembro de 2010 - 14 de março de 2011
Resumo
O projeto de pesquisa aqui proposto tem como objetivo promover uma síntese da obra do naturalista italiano Lazzaro Spallanzani, tomando-a no contexto das pesquisas e ensino de História Natural em sua época. A perspectiva da pesquisa realizada por Spallanzani será analisada em dois grandes eixos. No primeiro eixo, serão identificadas as contribuições de Spallanzani ao conhecimento do funcionamento dos seres vivos, seguindo o amplo leque temático que alimentou suas observações e experiências em "laboratório". No segundo eixo, será discutida a sua contribuição ao inventário dos três reinos da natureza, minerais, plantas e animais, com base em coletas empreendidas em suas viagens naturalísticas e na organização de duas coleções, uma em sua casa, em Scandiano, e outra no Museu de História Natural da Universidade de Pavia. A perspectiva da docência, focada especialmente na disciplina de História Natural ministrada na Universidade de Pavia, fechará o quadro abrangente da obra de Spallanzani. As contribuições de Spallanzani para a História da Biologia e as perspectivas divergentes que lhe foram atribuídas pela historiografia da Biologia foram as motivações para o desenvolvimento do presente estudo. Como produto final, esta pesquisa visa à publicação de um livro sobre o conjunto da obra do autor. Além de contribuição à área de História da Ciência, pretende-se que o livro sirva de subsídio à utilização de tópicos da História da Biologia no ensino de Biologia, no Ensino Médio e Superior. Para cumprir essa meta, o livro a ser publicado também contará com uma discussão sobre as implicações do estudo de caso em questão, a obra de Lazzaro Spallanzani, na educação científica. (AU)

Utilização de taninos como macromonômeros na sistese de polímeros fenólicos e poliuretanas visando a preparação de compósitos reforçados com fibra vegetais

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Elisabete Frollini
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:05/57990-6
Vigência: 01 de março de 2006 - 28 de fevereiro de 2007
Assunto(s):Fibras naturaisMateriais compósitos
Resumo
Ultimamente, tem se tentado desenvolver materiais que tenham uma performance superior aos materiais tradicionalmente utilizados, com um custo relativamente baixo e, principalmente, que agridam menos o meio ambiente. O presente trabalho está inserido nesse contexto, pois a utilização de fibras vegetais (matéria-prima biodegradável) como agente de reforço de diversos polímeros (matrizes, no caso fenólica e poliuretana) consiste em uma tentativa de viabilização de um produto baseado principalmente em componentes de origem natural, provenientes de fontes renováveis, que acarretam uma menor agressão ao meio ambiente que as fibras sintéticas normalmente utilizadas. O tanino é uma macromolécula natural, com estrutura do tipo polifenol, podendo por isso ser incorporado à formulação de polímeros do tipo fenólico e poliuretana. Assim, pretende-se usar taninos na preparação de resinas fenólicas e poliuretânicas, as quais serão utilizadas na preparação de compósitos reforçados com fibras naturais. Desta forma, um material com alta proporção de componentes oriundos de matéria prima renovável será obtido, pois estas estarão presentes tanto na matriz (tanino-fenólica ou tanino-uretana) como no agente de reforço. Os compósitos reforçados com fibras naturais (tratadas e não tratadas, previamente caracterizadas) obtidos serão analisados via análise térmica, espectroscopia na região do infravermelho, resistência ao impacto, absorção de água e microscopia eletrônica de varredura. (AU)

Moléculas de interesse: isolamento, identificação, modificações estruturais e avaliação em diversos ensaios biológicos

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Reitoria. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Wilson Roberto Cunha
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:09/00604-8
Vigência: 01 de maio de 2009 - 30 de abril de 2011
Assunto(s):Produtos naturaisBioensaioÁcidos
Resumo
A química de produtos naturais representa, dentro da área de pesquisa com espécies vegetais, um ponto de grande importância e valor, na medida em que somente por meio da utilização de métodos fitoquímicos pode-se isolar novas substâncias, obter a correta determinação estrutural destas e, posteriormente, obter derivados por síntese total ou parcial. Os avanços nessa área são enormes, especialmente nas últimas décadas, e o futuro das descobertas de novos medicamentos passa obrigatoriamente por esse campo da ciência. A maioria dos fármacos disponíveis na terapêutica moderna é sintetizada, mas muitos deles foram originalmente extraídos de plantas ou se utilizou um protótipo que, por sua vez, também foi extraído de plantas. O presente projeto visa à obtenção de algumas moléculas de interesse, previamente selecionadas (ácido ursólico, ácido oleanólico, ácido rosmarínico e ácido úsnico), a realização de ensaios biológicos e a preparação de derivados para uma possível otimização dos resultados obtidos nestes ensaios biológicos. Alguns ensaios biológicos foram previamente selecionados para o projeto, porém outros poderão ser acrescentados ao longo do desenvolvimento deste. Este projeto está inserido na linha de pesquisa do grupo de pesquisas de produtos naturais da Universidade de Franca (GPNUF) que conta atualmente com 13 professores pesquisadores. Dentro desta linha, nosso grupo de pesquisa tem investigado as atividades biológicas de várias lignanas, neolignanas tetraidrofurânicas, triterpenos, diterpenos e outras classes de produtos naturais extraídos de espécies vegetais. A análise dos resultados obtidos evidenciou acentuadas atividades in vitro e in vivo para várias destas classes de substâncias, resultando na obtenção de patentes. (AU)

Implantação de ensaios para triagem em maior escala utilizando leitor de microplaca multi-detecção para análise de extratos vegetais e substâncias

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Dulce Helena Siqueira Silva
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo:06/57114-4
Vigência: 01 de janeiro de 2007 - 31 de dezembro de 2007
Assunto(s):FitoquímicaProdutos naturais
Resumo
O ensaio de substâncias sintéticas, semi-sintéticas e naturais, em alvos biológicos, é o ponto de partida para a busca de novos protótipos de fármacos, com o objetivo de identificar substâncias ativas promissoras. Nas triagens em larga escala (HTS, high-throughput screening) é possível testar muitas substâncias por dia em diferentes tipos de ensaios acelerando a descoberta de novos fármacos. No caso dos extratos vegetais, o HTS pode indicar a presença de atividade no extrato e ajudar na pré-seleção de espécies promissoras. O NuBBE (Núcleo de Bioensaios, Biossíntese e Ecofisiologia de Produtos Naturais) vem realizando pesquisa de bioprospecção da flora paulista e conta com um banco de extratos vegetais com cerca de 1700 espécies. Os objetivos do NuBBE incluem dar continuidade às pesquisas pela ampliação dos ensaios simples, automatizados, rápidos e reprodutíveis visando à obtenção de substâncias bioativas, para futuro investimento como protótipos de fármacos, cosméticos e agroquímicos oriundos de nossa biodiversidade. A aquisição pelo NuBBE de um leitor de microplacas foi planejada para ampliação da capacidade de avaliação das bioatividades e, nesse momento, estamos aptos para implantar ensaios de triagem em maior escala. Os ensaios de avaliação da capacidade antioxidante (ORAC, ABTS e DPPH) e da atividade antimalárica (ensaio de polimerização de heme e ensaio de interação GSH-heme) são ensaios adequados para serem utilizados numa primeira triagem. A proposta deste projeto de pós-doutoramento é a implantação desses ensaios para acelerar a avaliação de atividades biológicas de extratos e produtos naturais contribuindo de maneira marcante com as pesquisas de bioprospecção em curso no NuBBE, disponibilizando a realização dos testes para os pesquisadores usuários do subprograma BIOprospecTA. Além disso, espécies previamente selecionadas, dentre as quais Myrciaria cauliflora, serão submetidas a estudo fitoquímico direcionado para o isolamento e determinação estrutural de substâncias bioativas, que serão avaliadas tios referidos ensaios. (AU)

Produtos naturais do NuBBE, fonte de diversidade micromolecular para o planejamento racional de novos agentes antitumorais

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Vanderlan da Silva Bolzani
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:10/17329-7
Vigência: 01 de agosto de 2011 - 31 de março de 2013
Assunto(s):Produtos naturaisFármacosAntineoplásicos
Resumo
O presente projeto de doutorado tem como objetivo a identificação de novas entidades químicas com propriedades antitumorais, integrando aspectos multidisciplinares modernos do campo da pesquisa científica por novos fármacos nas áreas de produtos naturais e de química medicinal. Desta forma, o projeto de pesquisa tem como objetivos fundamentais: (i) Organização das informações micromoleculares arquivadas no NuBBE para a criação de uma base de dados útil para química medicinal; (ii) seleção dos compostos a serem utilizados nos estudos computacionais, a partir da base de dados NuBBE e da base de dados ZINC de compostos comercialmente disponíveis; (iii) modelagem molecular da proteína fascina e triagem virtual baseada na estrutura do receptor para a identificação de ligantes com atividade anticâncer; (iv) avaliação biológica in vitro das substâncias selecionadas por modelagem molecular utilizando a proteína fascina e linhagens celulares de carcinoma humano (MDA-MB-231, MCF-7 e DU-145) empregando ensaios como o wound healing, e de migração e invasão celular em Câmara de Boyden; (v) planejamento de novas estruturas químicas a partir dos dados computacionais e dos ensaios biológicos;(vi) síntese da substância mais promissora deste planejamento e derivados; (vii) avaliação biológica e estudo das relações entre a estrutura e atividade (SAR) das séries de compostos bioativos. Os objetivos propostos neste projeto de pesquisa serão alcançados através do estabelecimento de bases apropriadas para o seu o desenvolvimento pleno, fazendo uso da forte infraestrutura de nosso grupo no NuBBE (IQ/UNESP), coordenado pela Profa. Vanderlan da S. Bolzani, em colaboração com o Laboratório de Química Medicinal e Computacional (LQMC) do Instituto de Física de São Carlos (IFSC) da Universidade de São Paulo (USP), coordenado pelo Prof. Adriano D. Andricopulo. (AU)

Hypoglicemic effect of leandra lacunosa Cogn. (Melastomataceae) in normal and alloxan-induced diabetic rats

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Wilson Roberto Cunha
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reunião - Exterior
Processo:08/02850-3
Vigência: 03 de agosto de 2008 - 08 de agosto de 2008
Assunto(s):FarmacognosiaQuímica de produtos naturais

Thinking BIG about small beings: recent advances on microbial diversity, ecology and biodiscovery

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Roberto Gomes de Souza Berlinck
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Processo:13/23076-2
Vigência: 28 de abril de 2014 - 30 de abril de 2014
Assunto(s):BiodiversidadeMetabolismoBiossínteseMetagenômicaQuímica de produtos naturais

Estudo do efeito combinado do processo de irradiação, da temperatura e da embalagem sob diferentes atmosferas na conservação de carne bovina

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Mariza Landgraf
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:98/02577-1
Vigência: 01 de maio de 1998 - 30 de junho de 2000
Assunto(s):Conservação de alimentosArmazenagem em atmosfera modificadaCarnes e derivadosEmbalagens de alimentosEfeitos da temperaturaIrradiação de alimentos
Resumo
O Brasil exporta 10% do total de carne bovina produzida que, em 1994, totalizou, 4,5 milhões de toneladas o que o torna o quinto país produtor. O consumo anual desse tipo de carne foi de 20 Kg/habitante nesse mesmo período (35). O Brasil exporta carne de frango e bovina para vários países, seja como carne fresca ou congelada, em pedaços e sub-processadas, de acordo com as especificações definidas pelo cliente. Portanto, os produtores e as indústrias de carne estão em constante procura de novas tecnologias e novos tipos de embalagem que mantenham a qualidade e confiram melhor aparência aos seus produtos (35). A deterioração de alimentos é um processo químico ou biológico que torna um produto inaceitável para o consumo humano. Entre as características organolépticas afetadas podem ser citadas defeitos na cor ou mudanças na textura, desenvolvimento de "off flavors", "off odors", e limosidade (15). A deterioração é mais rápida e evidente em alimentos como a carne que, além do alto conteúdo de proteínas, possuem pH ligeiramente ácido e elevada atividade de água o que permite, consequentemente, o crescimento de uma ampla variedade de microrganismos. Inicialmente, a bactéria deteriorante encontra-se em pequenas quantidades como parte natural da microbiota mas, durante a estocagem, cresce rapidamente produzindo metabólitos responsáveis pelos "off-odours", "off-flavours" e limosidade, ocasionando a rejeição do produto (14). (AU)

Estudo e aplicação sintética da arilação de Heck-Matsuda de desidrohidróxi ésteres e desidroamino ésteres

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Carlos Roque Duarte Correia
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:08/01985-2
Vigência: 01 de setembro de 2008 - 28 de fevereiro de 2010
Assunto(s):PaládioSíntese orgânica
Resumo
O acoplamento cruzado envolvendo alcenos-alcenos e alcenos-sistemas aromáticos sofreu uma grande revolução a partir da descoberta da reação de Heck. Em especial, o acoplamento de alcenos e sais de arenodiazônio vêm apresentando particular utilidade para obtenção de produtos naturais e compostos bioativos de interesse. Por outro lado, aminoácidos arilados (naturais ou análogos) são normalmente obtidos via reação de Heck com vários halobenzenos e estas unidades estruturais estão presentes em inúmeros peptídeos de interesse farmacológico, tais como fármacos e produtos naturais. Neste contexto, propõe-se uma inédita investigação metodológica da reação de arilação de Heck entre desidroamino ésteres ou desidrohidróxi ésteres e sais de arenodiazônio. No desenvolvimento do processo serão avaliados parâmetros tais como: catalisadores apropriados, temperatura ideal de reação, estequiometria entre olefina e sal de diazônio, base (ou ausência desta) e solventes mais indicados para realização da reação de acoplamento. (AU)

Avaliação da atividade anticâncer de extratos e frações de Pothomorphe umbellata (l.) Miquel (Piperaceae) microencapsulados e livres

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro Pluridisciplinar de Pesquisas Químicas, Biológicas e Agrícolas (CPQBA). Coordenadoria de Centros e Núcleos Disciplinares (COCEN). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Paulínia, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Rodney Alexandre Ferreira Rodrigues
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:12/07197-1
Vigência: 01 de junho de 2012 - 31 de maio de 2013
Assunto(s):Pothomorphe umbellataMicroencapsulação
Resumo
O câncer é a segunda principal causa de mortes em todo o mundo, perdendo apenas para as doenças cardiovasculares. Muitos estudos têm sido desenvolvidos em busca de novos quimioterápicos e nesse contexto, as pesquisas de diversos produtos naturais têm sido apontadas como um caminho para a descoberta de novas drogas anticâncer. Alguns levantamentos demonstram que do total de fármacos anticâncer introduzidos na terapêutica no período de 1981-2006, 63% são ou produtos naturais per si ou compostos, sintéticos ou semi-sintéticos, baseados em produtos naturais O CPQBA/UNICAMP, através de auxílio anterior da FAPESP (Atividade antiproliferativa e mecanismo de morte celular dos extratos brutos e frações ativas de Anacardium humile St. Hill. (Anacardiaceae) e Pothomorphe umbellata (L.) Miquel -Piperaceae) e bolsa da aluna Juliana Lessa Sacoman (Processo FAPESP 2004/11632-9) associada ao projeto, avaliou a espécie Pothomorphe umbellata, conhecida popularmente como pariparoba, capeba, caapeba e caapeba. Além disto, o CPQBA através de corpo técnico especializado, participou em vários outros projetos ligados à área de química de produtos naturais, dentre eles o de Bioprospecção de extratos e princípios ativos obtidos de espécies vegetais do Estado de São Paulo (Projeto Processo FAPESP 2004/07943-9), dentro do programa Bioprospecta.Pretende-se, portanto, com este pedido de bolsa dar continuidade ao trabalho de Sacoman (2008), cujo resultado prévio permitiu que um grande passo tenha sido dado com o objetivo de obter-se um fitoterápico com ação antiproliferativa. Desta vez, para autenticar sua atividade antitumoral, novos testes serão realizados em modelos tumorais in vitro e in vivo e avaliar o mecanismo de morte tumoral através da citometria de fluxo empregando sistema Guava EasyCiteTMMiniSystem, porém utilizando a microencapsulação, uma ferramenta cuja atuação permitirá a proteção do princípio ativo contido no extrato, devido a formação de uma camada polimérica que atuará como um filme protetor com função primordial na estabilidade da molécula ao longo do período de armazenamento em condições pré estabelecidas, simulando sua vida de prateleira. (AU)

Óleo-resina de duas espécies de Copaifera: isolamento de metabólitos secundários e desenvolvimento e validação de metodologia analítica por CLAE

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Rodrigo Cassio Sola Veneziani
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Processo:11/23493-7
Vigência: 01 de março de 2012 - 01 de julho de 2015
Assunto(s):Ácido copálicoCopaifera langsdorffiiQuímica de produtos naturaisDiterpenos
Resumo
A candidata Ariana Borges Souza está estagiando no Grupo de Pesquisas em Produtos Naturais da UNIFRAN (GPNUF - UNIFRAN) desde janeiro de 2008. Foi bolsista de Iniciação FAPESP durante praticamente todo o ano de 2009 e atualmente está finalizando seu projeto de mestrado iniciando em 2010, também na condição de bolsista FAPESP. Nestes anos, a aluna vem adquirindo experiência no isolamento de metabólitos secundários, especialmente diterpenos a partir de óleo-resina de Copaifera langsdorffii, bem como também no desenvolvimento e validação de metodologias analíticas. O conhecimento do potencial químico e biológico representado pelos óleos-resina das várias espécies de Copaifera brasileiras é fundamental para o melhor aproveitamento deste valioso recurso natural, entretanto há muito para se realizar neste sentido. Assim sendo, dada a necessidade de maior aprofundamento no estudo químico-biológico de espécies de Copaifera e para melhor aproveitamento da competência e experiência adquirida ao longo dos anos pela candidata, é bastante oportuno sugerir a migração de Ariana para o Doutorado Direto. Nesta proposta sugere-se que este aprofundamento seja realizado com a adição de mais uma espécie (Copaifera trapezifolia) à proposta inicial do mestrado. Com este intuito, o presente projeto de pesquisa constitui-se numa reformulação do projeto original do mestrado da candidata onde, além das informações e justificativas acerca da espécie C. langsdorffii, foram acrescentadas outras pertinentes à outra espécie que se pretende estudar (C. trapezifolia). (AU)

Apoio técnico no estudo e desenvolvimento de suspensões coloidais a partir de Nanopartículas de TiO2 e ZnO obtidas por moagem de alta energia para aplicações como aditivos com ação bactericida e absorção UV no setor do agronegócio e tintas

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Mhnano Indústria e Desenvolvimento de Materiais Nanoestruturados Ltda. - ME
Pesquisador responsável:José Fernando Ribeiro de Castro
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:09/15900-1
Vigência: 01 de novembro de 2009 - 31 de agosto de 2010
Assunto(s):NanopartículasNanotecnologia
Resumo
O estudo e o desenvolvimento a partir da nanotecnologia dos óxidos de zinco e titânio tem apresentado grande interesse tanto na forma de filmes nanoestruturados como na forma de pó, por apresentarem importantes propriedades de ação bactericida e absorção de raios ultra violeta (UV).O mecanismo de atuação do TiO2 como um agente bactericida ocorre pela atuação da chamada fotocatálise heterogênea que utiliza a radiação UV para aumento da eficiência de desinfecção. O processo envolve a geração de radicais hidroxila (OH*) na superfície do catalizador (TiO2) pela ação da radiação UV. Os radicais hidroxila gerados atacam a superfície microbiana, danificando componentes importantes das células, como o DNA. Entretanto, para que a degradação microbiana ocorra, o microorganismo deve estar em contato com a superfície do catalisador. A própria radiação UV (200-290 nm) é um agente bactericida comumente utilizado em tratamentos de água e ar. Entretanto, a radiação UV não elimina a massa microbiana após a sua inativação. A ação da fotocatálise heterogênea combina dois mecanimos sinergéticos: pelo efeito da radiação UV e pelos sítios altamente oxidantes formados na superfície do catalisador, de modo que pode ocorrer a mineralização completa dos microorganismos resultando como produtos da reação o CO2 e H2O.Exemplo importante da aplicação de absorção de raios UV é encontrada nos filtros solares em que tanto o óxido de zinco como o dióxido de titânio propiciam proteção contra esta radiação (UVA e UVB). A ação combinada de ambos é utilizada uma vez que cada composto absorve em faixas de comprimentos de onda diferentes, resultando em proteção em larga escala de comprimentos de onda. Outro grande potencial de aplicação destas nanopartículas ainda pouco explorado é quanto a preservação fotocatalítica e anti-microbiana de extratos inseticidas naturais. Os inseticidas naturais constituem como uma opção e/ou complemento ao controle pragas, reduzindo ou eliminando o uso de agrotóxicos sintéticos. Entretanto, estudos preliminares realizados pela empresa PDA Inovações vêm demonstrando pouca estabilidade dos produtos quando armazenados devido ação microbiana. Visando a inativação dos microrganismos e aumentando assim o tempo de vida útil destes produtos, foram realizados testes em extratos naturais da Azadirachta indica (Neem) que é um inseticida natural, utilizando nanopartículas de TiO2. Como resultado, foi observado que para o óleo isento de nanopartículas de TiO2 a taxa de degradação 4,1 vezes mais rápido que no óleo contendo nanopartículas de TiO2 indicando a ocorrência de degradação de origem microbiana mais a irradiação de luz.A Empresa MH NANO desenvolveu uma metodologia de preparação de nanopartículas através de moagem de alta energia e possui um estudo e caracterização detalhados do processo de síntese de nanopartículas de ZnO e TiO2. Neste contexto, a motivação deste projeto é o desenvolvimento de um aditivo a base de nanopartículas aditivadas para serem testadas quanto a sua ativividade anti-microbiana e de absorção de UV em produtos nos setores mercado do agronegócio e tintas. Testes deste novo aditivo em tintas serigráficas e em pesticidas naturais estão sendo programados por meio de parcerias com as Empresas TEC-SCREEN de tintas e a PDA Inovações de pesticidas naturais. (AU)

Exportações brasileiras de recursos naturais não renováveis: competitividade e padrões de especialização

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro de Ciências e Tecnologias para a Sustentabilidade (CCTS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Sorocaba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Rosane Nunes de Faria
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Economia Internacional
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:12/05891-8
Vigência: 01 de novembro de 2012 - 31 de outubro de 2013
Assunto(s):Vantagem comparativaCompetitividadeComércio internacional
Resumo
O presente projeto tem como objetivo analisar a evolução das exportações brasileiras de recursos naturais não renováveis no período de 2000 a 2010 com o intuito de verificar se o país apresentou ganhos de competitividade no período. Para atingir o objetivo proposto serão empregados o modelo Constant Market Share (CMS), o indicador de Vantagem Comparativa Revelada (VCR) e o Índice de Orientação Regional (IOR). Serão utilizadas as bases de dados referentes ao comércio internacional do sistema Aliceweb desenvolvido pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e a Estatística de Comércio Internacional de Mercadorias (International Merchandise Trade Statistics Section - IMTSS), da Divisão Estatística das Nações Unidas (United Nations Statistics Division - UNSD). Pretende-se evidenciar com o modelo Constant Market Share (CMS) se a competitividade foi responsável pela expansão das exportações brasileiras de recursos naturais não renováveis, ou se essa expansão ficou a cargo de outros fatores como o crescimento do comércio mundial, a composição da pauta de exportações ou mesmo o destino das exportações. O indicador de Vantagem Comparativa Revelada (VCR) mostrará as vantagens competitivas de produtos classificados como recursos naturais não renováveis exportados pelo Brasil e os padrões de especialização. Finalmente, o Índice de Orientação Regional (IOR) será utilizado para medir o grau de penetração dos recursos naturais não renováveis no mercado dos principais blocos econômicos. (AU)
Página 12 de 2.481 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s) | Limpar seleção
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP