site da FAPESP
 

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
Auxílios à Pesquisa
Bolsas
Programas voltados a Temas Específicos
Programas de Pesquisa direcionados à Aplicação
Programas de Infraestrutura de Pesquisa
Área do conhecimento
Situação
Ano de início
Página 11 de 352 resultado(s)
|

Nanopartículas de alginato/quitosana como sistema carreador de herbicidas imazapyr e impazapic: do preparo, caracterização à avaliação da genotoxicidade

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Pró-Reitoria Acadêmica. Universidade de Sorocaba (UNISO). Sorocaba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Renata De Lima
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:13/07002-9
Vigência: 01 de julho de 2013 - 28 de fevereiro de 2015
Assunto(s):NanopartículasGenotoxicidadeHerbicidas
Resumo
A demanda de alimentos vem crescendo anualmente, e para supri-la os produtores utilizam diferentes métodos que visam o aumento da produção agrícola. Um desses métodos é o uso de herbicidas, que evitam que ervas daninhas infestem as plantações, diminuindo assim, a competição por nutrientes do solo. No entanto, o aumento no uso de agrotóxicos é alarmante já que muitas vezes estes são usados indiscriminadamente e aplicados de maneira incorreta, podendo acarretar problemas de saúde nos agricultores e danos ao ambiente. O uso de agrotóxicos ao longo dos anos tem provocado o acúmulo de resíduos de compostos químicos nocivos, levando a contaminação da água, do solo e do ar. Em busca de soluções a nanotecnologia vem desenvolvendo diversas alternativas para aumento da produção agrícola, com o intuito de melhorar a aplicação de defensivos agrícolas nas plantações e assim diminuir os danos causados à saúde humana e ao ambiente. No entanto, o uso da nanotecnologia demanda uma investigação dos possíveis efeitos tóxicos advindos desta tecnologia, principalmente com relação a contaminação de solos e aguas. Assim, este trabalho tem por objetivo preparar e caracterizar um sistemas carreador composto por nanopartículas de alginato/quitosana para os herbicidas imazapyr e imazapic, muito utilizados em culturas de cana-de-açúcar, amendoim e pinus, bem como, analisar a cito e genotoxicidade destes novos sistemas, utilizando para isso ensaios de viabilidade celular, ensaio do cometa e teste de Allium cepa, a fim de verificar o potencial de aplicação destes sistemas. Ainda neste projeto será avaliado o efeito da exposição de herbicidas encapsulados ou não sobre a microbiota de solos através do uso técnicas moleculares do microbiota para verificação dos efeitos do sistema sobre a comunidade do solo, garantindo desta maneira a segurança da utilização do sistema utilizado. (AU)

Alterações no metabolismo do nitrogênio em folhas de cana-de-açúcar expostas ao déficit hídrico e sua relação com a assimilação de CO2

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Victor Alexandre Vitorello
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:13/07665-8
Vigência: 01 de julho de 2013 - 30 de junho de 2016
Assunto(s):Deficiência hídrica
Resumo
A água e o nitrogênio são os fatores mais limitantes na produção agrícola mundial. Na planta, ambos estão fortemente associados à assimilação fotossintética do CO2 (A). O déficit hídrico diminui A devido a reduções na condutância estomática que limitam a difusão de CO2 ou também, com a progressão do estresse, devido a reduções na capacidade do aparelho fotossintético (Apot) resultantes de alterações metabólicas na folha. A inibição metabólica é mais prejudicial durante a recuperação de plantas reidratadas e seu desenvolvimento depende de fatores como níveis da irradiância e a intensidade e duração da seca. O metabolismo do N foliar, o qual é bastante afetado pelo déficit hídrico, provavelmente exerce papel chave no desenvolvimento da inibição metabólica de A. No entanto, existem poucas informações sobre a inibição metabólica de A em plantas C4, principalmente com relação ao metabolismo e o status nutricional de N da folha. Esta lacuna de informações é particularmente marcante no caso de cana-de-açúcar. Assim, o objetivo deste trabalho é examinar o papel de alterações no metabolismo do N e do status nutricional de N na redução de Apot em folhas recém-expandidas de plantas de cana-de-açúcar submetidas ao déficit hídrico. Para tanto serão realizados três experimentos. Primeiramente, serão buscados genótipos de cana-de-açúcar contrastantes quanto à eficiência fotossintética do uso de N (PNUE; a relação A sob luz saturante/N-total na folha). Em um segundo experimento, com dois materiais selecionados serão examinadas relações temporais entre diversas variáveis do metabolismo do N com aqueles relacionados com a fotossíntese, metabolismo do C, estresse oxidativo, e estado redox e energético da célula, durante a progressão do déficit hídrico. Estes dados serão utilizados para realizar uma análise da coordenação entre o metabolismo do C e N. Em um terceiro experimento, será examinada a influência do suprimento de N, bem como da fonte de N (NO3- ou NH4+), no desenvolvimento da inibição metabólica de A. (AU)

Mudanças climáticas, agricultura e crescimento econômico de longo prazo no Brasil

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Humberto Francisco Silva Spolador
Pesquisador visitante: Rodney B. William Smith
Instituição do pesquisador visitante: University of Minnesota (U of M) (Estados Unidos)
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Economias Agrária e dos Recursos Naturais
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Processo:13/06669-0
Vigência: 28 de junho de 2013 - 06 de agosto de 2013
Assunto(s):AgriculturaMudança climáticaCrescimento econômico
Resumo
O objetivo desta visita é desenvolver e implementar um projeto de pesquisa para avaliar os principais determinantes do crescimento da agricultura brasileira, e suas relações com o restante da economia. Usando um modelo dinâmico de crescimento, pretende-se comparar o crescimento do PIB per capita, entre outras variáveis, sob diferentes cenários do aquecimento global, calcular o valor presente da diferença entre o PIB per capita estimado pelo modelo básico e o PIB per capita estimado levando-se em conta mudanças climáticas, e avaliar os potenciais impactos do aquecimento global sobre a produção agrícola brasileira. (AU)

Desenvolvimento de sistema, avaliação da densidade de plantas e condutividade elétrica da solução nutritiva na produção de batata semente em aeroponia

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Departamento de Descentralização do Desenvolvimento (APTA Regional). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Thiago Leandro Factor
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:12/50786-8
Vigência: 01 de junho de 2013 - 30 de setembro de 2015
Convênio/Acordo de cooperação com a FAPESP: CNPq - Programa Primeiros Projetos
Assunto(s):Produção agrícolaBatataSementesHidroponiaAeroponiaDensidade de plantioCondutividade Elétrica
Resumo
Os métodos tradicionais de produção de batata semente básica atualmente utilizados no Brasil, normalmente substrato, apresentam como principal desvantagem à baixa eficiência produtiva, o que contribui sobremaneira para elevar os custos de produção da cultura da batata. Assim, boa parte da batata semente básica ainda é importada. Além do alto custo e da dependência de material propagativo proveniente de outros países, corre-se o risco de introduzir organismos fitopatogênicos exóticos em nosso território. Recentemente, uma das principais estratégias para aumentar a taxa de multiplicação e produção de batata semente de alta sanidade é o uso de sistemas hidropônicos, dentre os quais destaca-se a aeroponia. Nesse sistema pode se alcançar produtividade até 5 vezes maior do que o verificado nos sistemas tradicionais em substrato. Entretanto, pela recente introdução no país, avaliado somente na forma de protótipo, ainda há necessidade de aprimoramento e adaptação para escala comercial de cultivo, assim como a necessidade de estudos sobre manejo cultural e nutricional da cultura nesse sistema, visando a disseminação e adoção por produtores e empresas especializadas em produção de batata semente do Estado de São Paulo e Brasil. Assim sendo, o objetivo deste projeto será o de desenvolver sistema aeropônico, assim como avaliar a influência da densidade (100, 66, 44, 25 plantas m2) e condutividade elétrica da solução nutritiva (1,0, 2,0, 3,0 e 4,0 dS m"1) sobre a produtividade de minitubérculos de batata semente, em duas épocas de cultivo, na região Nordeste do Estado de São Paulo. (AU)

Capitalismo cognitivo e a dinâmica da pequena produção agrícola alternativa no contexto local de Araraquara: o caso do SAI (Sistema Agroindustrial Integrado do Sebrae-SP)

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências e Letras (FCL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Ricardo Luiz Sapia de Campos
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Sociologia Rural
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:13/08291-4
Vigência: 01 de maio de 2013 - 28 de fevereiro de 2014
Vinculado ao auxílio:10/50857-7 - Capitalismo cognitivo e a dinâmica da pequena produção agrícola "alternativa" no contexto "local" de Araraquara - o caso do SAI Sistema Agroindustrial Integrado do Sebrae/SP, AP.JP
Assunto(s):Desenvolvimento econômico regionalAgricultura alternativa
Resumo
Os bolsistas acompanharam todas as fases de desenvolvimento do projeto de pesquisa, participando ativamente no grupo de estudos e discussões ainda que responsáveis e com a incumbência da realização de entrevistas, e preparação destas, bem como eventuais transcrições etc., e principalmente na aplicação de questionários de pesquisa. Os objetivos e resultados esperados com o desenvolvimento do trabalho dos bolsistas visam por um lado à produção de material, banco de dados, informações e indicadores de produção. Todo resultado deverá ser produzido tendo em vista o levantamento estatístico e as informações em geral que servirão à realização do projeto maior em que estarão envolvidos os vários pesquisadores de diferentes níveis e formação. Deve também, contribuir com a formação técnica e acadêmica dos bolsistas. Proporemos primeiramente trabalho a ser realizado dentro do grupo de estudo, quando passaremos a orientar os bolsistas (também aqueles de IC) para o mapeamento do "território" (local - campo) a ser investigado. Esta primeira imersão "prática" por parte dos bolsistas visa facilitar ou provocar o rápido conhecimento do local (meio social) com o qual trabalharão. Após este primeiro contato, e concomitante as discussões propostas no interior do grupo de estudo, elaboraremos (com a participação dos bolsistas) questionário a ser aplicado, e que contemplará questões fechadas e abertas. Portanto, em termos de planejamento do trabalho a ser realizado pelos bolsistas pode-se considerar três períodos: um primeiro deles mais voltado para a preparação dos pesquisadores e do questionário; um segundo período da aplicação dos questionários e coleta de material e informações; e um terceiro e último período de finalização dos resultados obtidos para o projeto maior, e que também os bolsistas considerados individualmente apresentaram seus relatórios, que demonstraram os resultados que seguramente avaliaram os seus trabalhos. As bolsas são importantes e imprescindíveis uma vez que o projeto exige um amplo e completo levantamento de dados extraídos principalmente por meio da aplicação de questionário, que demandará trabalho que é técnico - aplicação dos questionários - e ao mesmo tempo acadêmico exigindo envolvimento interpretativo de dados e informações. (AU)

Metodologia para utilização de VANT no monitoramento de cana-de-açúcar para fins de agricultura de precisão

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Engenharia Agrícola (FEAGRI). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Jansle Vieira Rocha
Empresa parceira:ETH Energia S/A
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Engenharia Agrícola
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Parceria para Inovação Tecnológica - PITE
Processo:12/50048-7
Vigência: 01 de março de 2013 - 31 de março de 2015
Convênio/Acordo de cooperação com a FAPESP: Odebrecht Agroindustrial
Assunto(s):BiomassaCana-de-açúcarAgricultura de precisãoProdução agrícola
Resumo
A Agricultura de Precisão (AP) é um sistema de manejo localizado baseado em informação e tecnologia que utiliza uma ou mais fontes de informações para minimizar custos e/o maximizar a produção considerando sustentabilidade e proteção ao meio ambiente. Este sistema de manejo deve ser aplicado à produção de cana-de-açúcar, dada a complexidade das operações agrícolas envolvidas na sua produção, bem como a necessidade constante de acompanhamento do ciclo vegetativo. Dentre as tecnologias disponíveis o sensoriamento remoto é a que apresenta o maior potencial de uso em AP. O desenvolvimento e disponibilidade de veículos aéreos não tripulados (VANT) de baixa altitude possibilitaram a aquisição de imagens de alta resolução espacial sem a interferência de cobertura de nuvens, além da vantagem de custos mais baixos em relação a imagens de satélites. O VANT passou a ser uma interessante alternativa para a coleta de dados, podendo gerar informações do comportamento da vegetação e sua correlação com outros parâmetros, essenciais para o acompanhamento do ciclo vegetativo e gerenciamento de operações agrícolas. Apesar do seu potencial, o uso desta tecnologia ainda é incipiente na agricultura, havendo necessidade de mais pesquisa e desenvolvimento metodológico para a utilização destes veículos de uma forma operacional e em larga escala. O objetivo principal deste projeto é desenvolver metodologia de uso de VANT associado as dados de solo, clima e planta, para geração de boletins mensais de monitoramento da biomassa visando à agricultura de precisão em cana-de-açúcar. (AU)

Capitalismo cognitivo e a dinâmica da pequena produção agrícola alternativa no contexto local de Araraquara: o caso do SAI - Sistema Agroindustrial Integrado do SEBRAE/SP

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências e Letras (FCL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Ricardo Luiz Sapia de Campos
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Sociologia Rural
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:13/04478-2
Vigência: 01 de março de 2013 - 31 de janeiro de 2014
Vinculado ao auxílio:10/50857-7 - Capitalismo cognitivo e a dinâmica da pequena produção agrícola "alternativa" no contexto "local" de Araraquara - o caso do SAI Sistema Agroindustrial Integrado do Sebrae/SP, AP.JP
Assunto(s):Desenvolvimento econômico regionalAgricultura alternativa
Resumo
Plano de Atividades para Bolsa de TT - Treinamento Técnico: os bolsistas acompanharam todas as fases de desenvolvimento do projeto de pesquisa, participando ativamente no grupo de estudos e discussões ainda que responsáveis e com a incumbência da realização de entrevistas, e preparação destas, bem como eventuais transcrições etc., e principalmente na aplicação de questionários de pesquisa. Os objetivos e resultados esperados com o desenvolvimento do trabalho dos bolsistas visam por um lado à produção de material, banco de dados, informações e indicadores de produção. Todo resultado deverá ser produzido tendo em vista o levantamento estatístico e as informações em geral que servirão à realização do projeto maior em que estarão envolvidos os vários pesquisadores de diferentes níveis e formação. Deve também, contribuir com a formação técnica e acadêmica dos bolsistas. Proporemos primeiramente trabalho a ser realizado dentro do grupo de estudo, quando passaremos a orientar os bolsistas (também aqueles de IC) para o mapeamento do território (local - campo) a ser investigado. Esta primeira imersão "prática" por parte dos bolsistas visa facilitar ou provocar o rápido conhecimento do local (meio social) com o qual trabalharão. Após este primeiro contato, e concomitante as discussões propostas no interior do grupo de estudo, elaboraremos (com a participação dos bolsistas) questionário a ser aplicado, e que contemplará questões fechadas e abertas. Portanto, em termos de planejamento do trabalho a ser realizado pelos bolsistas pode-se considerar três períodos: um primeiro deles mais voltado para a preparação dos pesquisadores e do questionário; um segundo período da aplicação dos questionários e coleta de material e informações; e um terceiro e último período de finalização dos resultados obtidos para o projeto maior, e que também os bolsistas considerados individualmente apresentaram seus relatórios, que demonstraram os resultados que seguramente avaliaram os seus trabalhos. As bolsas são importantes e imprescindíveis uma vez que o projeto exige um amplo e completo levantamento de dados extraídos principalmente por meio da aplicação de questionário, que demandará trabalho que é técnico - aplicação dos questionários - e ao mesmo tempo acadêmico exigindo envolvimento interpretativo de dados e informações. (AU)

Estudo do genoma da Pseudomonas putida (isolado 103), identificação de genes da resistência à salinidade e expressão heteróloga do gene pqq da solubilização de fosfato

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Embrapa Meio-Ambiente. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). Jaguariúna, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Itamar Soares de Melo
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo:12/16623-4
Vigência: 01 de março de 2013 - 29 de fevereiro de 2016
Assunto(s):Microbiologia agrícola
Resumo
O Brasil é um dos principais produtores agrícolas do mundo e importa 7 % (déficit de U$ 700 milhões de dólares) do fosfato de rocha para suprir a baixa qualidade do fosfato brasileiro e o atual crescimento agrícola. Outra limitação para a agriculta brasileira é a redução da disponibilidade de água para irrigação e a necessidade de investimento agrícola nas regiões nordestinas, que sofre com falta de água e salinização do solo. A utilização de microrganismos pode ser uma ferramenta biotecnológica para reduzir custos na produção agrícola e os impactos ambientais e estimular a produção em solos salinos. Além de solubilizar fósforo, algumas bactérias rizosféricas são capazes de estimular o crescimento das plantas por meio da produção de hormônios, e de protegê-las contra os efeitos de estresse osmótico e patógenos. A solubilização do fosfato de rocha por essas bactérias ocorre, em geral, a partir da produção de ácidos (p.ex. ácido glucónico). Esse mecanismo de produção tem sido melhorado geneticamente para estimular a solubilização de fosfato de rocha por bactérias e produzir biofertilizantes. Contudo, o procedimento tem sido feito por meio de plasmídeos e ainda nenhum trabalho buscou a inserção de genes da solubilização de fosfato no genoma, de modo a reduzir a necessidade de marcadores de seleção e as chances de perdas desse gene. Ao contrário dos genes da solubilização de fosfato, aqueles envolvidos com a resistência a salinidade ainda precisam ser melhor estudados. A segunda geração de seqüenciadores e o avanço da bioinformática facilitam o estudo e a comparação de genomas em banco de dados, possibilitam a busca por genes de interesse biotecnológico e ainda facilitam no desenvolvimento de microrganismos recombinantes. Essas novas técnicas ainda facilitam a busca por promotores (p. ex. promotores rap - root-activated promoters) envolvidos na interação planta x microrganismos que podem ser utilizados como ferramentas para controlar a expressão de genes de interesse, como o gene pqq importante para a solubilização de fosfato. Esse procedimento pode ser uma alternativa ao desenvolvimento de uma bacteria com maior competitividade na região rizosferica. O objetivo desse trabalho é: 1- estudar o genoma da Pseudomonas putida (103) resistente a altas concentrações de sal, isolado da região de mangue e promotora do crescimento de plantas de milho em solo salino e II- desenvolver uma bactéria recombinante capaz de expressar o gene pqq e de solubilizar fosfato de rocha, sobreviver e competir pelo ambiente rizosférico e de promover o crescimento de plantas em solos salinos e com baixa concentração de fósforo disponível. (AU)

Desenvolvimento de nanopartículas como sistema carreador para os fungicidas Carbendazim e tebuconazol visando aplicações em agricultura

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental de Sorocaba. Sorocaba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Leonardo Fernandes Fraceto
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:12/16989-9
Vigência: 01 de março de 2013 - 28 de fevereiro de 2015
Vinculado ao auxílio:09/00294-9 - Sistemas de liberação micro/nanoestruturados para herbicidas triazínicos visando aplicações agrícolas, AP.JP
Assunto(s):NanopartículasCompostos bioativosNanopartículas lipídicas sólidasNanobiotecnologia
Resumo
Os sistemas de produção agrícola empregam grandes quantidades de defensivos agrícolas, visando aumentar a quantidade e a qualidade dos produtos. O Brasil tornou-se um dos maiores consumidores desses defensivos no mundo e, embora possuam uma função importante na produtividade agrícola, os agroquímicos estão presentes em quantidades alarmantes em corpos hídricos superficiais e subterrâneos. Embora possuam uma importante função na produtividade agrícola através de minimização da atuação de pragas, alguns agroquímicos podem gerar sérios impactos ambientais. Neste contexto, diversos mecanismos estão sendo estudados a fim de minimizar estes danos, como exemplo, o desenvolvimento de sistemas de liberação sustentado, utilizando nanopartículas, no qual permite um aumento no desempenho/eficiência do produto. Portanto, o presente projeto visa o desenvolvimento de novos sistemas de liberação sustentada para fungicidas (o carbendazim e o tebuconazol) mundialmente utilizados, visando a minimização de impactos causados por estes no ambiente, aumentando da eficiência fungicida e levando a diminuição de processos de degradação físico-químicos. No presente projeto, além do desenvolvimento de novas formulações para liberação de sustentada de fungicidas, bem como a avaliação de aspectos genotóxicos e de atividade antifúngica das formulações a serem preparadas.. A importância deste projeto reside na dimensão que o mercado de fungicidas representa na economia Brasileira e no mundo. O mercado brasileiro é um dos maiores do mundo, com mais de 100 empresas aptas a registrar produtos na área de agroquímicos. Desta forma, a área de agroquímicos apresenta um grande campo de pesquisas e desenvolvimento de novas tecnologias que possam ser menos impactantes ao ambiente e por consequência à sociedade. (AU)
Página 11 de 352 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s) | Limpar seleção
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP