site da FAPESP
 

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
Auxílios à Pesquisa
Bolsas
Programas voltados a Temas Específicos
Programas de Pesquisa direcionados à Aplicação
Programas de Infraestrutura de Pesquisa
Área do conhecimento
Situação
Ano de início
Página 11 de 354 resultado(s)
|

Avaliação da interação de leveduras promotoras de crescimento vegetal com fungos micorrízicos e rizobactérias

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro de Ciências Agrárias (CCA). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Araras, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Márcia Maria Rosa Magri
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:13/02421-3
Vigência: 01 de agosto de 2013 - 31 de julho de 2014
Assunto(s):LevedurasMicrobiologia ambiental
Resumo
O solo é um ecossistema extremamente complexo e com alta biodiversidade microbiana, ainda bastante desconhecida. Estudos sobre a função dos micro-organismos presentes no solo indicam a presença de espécies benéficas para o desenvolvimento vegetal, grupo conhecido como micro-organismos promotores de crescimento vegetal. Dentre esses podemos destacar as rizobactérias e os fungos micorrízicos. As leveduras também habitam o solo, porém em número inferior às bactérias e fungos filamentosos; devido a este fato, pouco é conhecido sobre sua função neste ecossistema. Considerando estes aspectos, o projeto tem como finalidade a avaliação da interação de leveduras promotoras de crescimento vegetal com rizobactérias e fungo micorrízico arbuscular na produção de AIA e na solubilização de minerais. O projeto prevê a realização de experimentos in vitro e in vivo para a avaliação global, com a análise de competência, permanência no solo e colonização de raízes. Com a realização deste trabalho espera-se contribuir para o conhecimento das leveduras e suas funções no solo, com o objetivo de desenvolver tecnologias para a aplicação em agroecossistemas visando uma produção agrícola mais sustentável. (AU)

Nanopartículas de alginato/quitosana como sistema carreador de herbicidas imazapyr e impazapic: do preparo, caracterização à avaliação da genotoxicidade

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Pró-Reitoria Acadêmica. Universidade de Sorocaba (UNISO). Sorocaba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Renata De Lima
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:13/07002-9
Vigência: 01 de julho de 2013 - 28 de fevereiro de 2015
Assunto(s):NanopartículasGenotoxicidadeHerbicidas
Resumo
A demanda de alimentos vem crescendo anualmente, e para supri-la os produtores utilizam diferentes métodos que visam o aumento da produção agrícola. Um desses métodos é o uso de herbicidas, que evitam que ervas daninhas infestem as plantações, diminuindo assim, a competição por nutrientes do solo. No entanto, o aumento no uso de agrotóxicos é alarmante já que muitas vezes estes são usados indiscriminadamente e aplicados de maneira incorreta, podendo acarretar problemas de saúde nos agricultores e danos ao ambiente. O uso de agrotóxicos ao longo dos anos tem provocado o acúmulo de resíduos de compostos químicos nocivos, levando a contaminação da água, do solo e do ar. Em busca de soluções a nanotecnologia vem desenvolvendo diversas alternativas para aumento da produção agrícola, com o intuito de melhorar a aplicação de defensivos agrícolas nas plantações e assim diminuir os danos causados à saúde humana e ao ambiente. No entanto, o uso da nanotecnologia demanda uma investigação dos possíveis efeitos tóxicos advindos desta tecnologia, principalmente com relação a contaminação de solos e aguas. Assim, este trabalho tem por objetivo preparar e caracterizar um sistemas carreador composto por nanopartículas de alginato/quitosana para os herbicidas imazapyr e imazapic, muito utilizados em culturas de cana-de-açúcar, amendoim e pinus, bem como, analisar a cito e genotoxicidade destes novos sistemas, utilizando para isso ensaios de viabilidade celular, ensaio do cometa e teste de Allium cepa, a fim de verificar o potencial de aplicação destes sistemas. Ainda neste projeto será avaliado o efeito da exposição de herbicidas encapsulados ou não sobre a microbiota de solos através do uso técnicas moleculares do microbiota para verificação dos efeitos do sistema sobre a comunidade do solo, garantindo desta maneira a segurança da utilização do sistema utilizado. (AU)

Alterações no metabolismo do nitrogênio em folhas de cana-de-açúcar expostas ao déficit hídrico e sua relação com a assimilação de CO2

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Victor Alexandre Vitorello
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:13/07665-8
Vigência: 01 de julho de 2013 - 31 de outubro de 2016
Assunto(s):Deficiência hídrica
Resumo
A água e o nitrogênio são os fatores mais limitantes na produção agrícola mundial. Na planta, ambos estão fortemente associados à assimilação fotossintética do CO2 (A). O déficit hídrico diminui A devido a reduções na condutância estomática que limitam a difusão de CO2 ou também, com a progressão do estresse, devido a reduções na capacidade do aparelho fotossintético (Apot) resultantes de alterações metabólicas na folha. A inibição metabólica é mais prejudicial durante a recuperação de plantas reidratadas e seu desenvolvimento depende de fatores como níveis da irradiância e a intensidade e duração da seca. O metabolismo do N foliar, o qual é bastante afetado pelo déficit hídrico, provavelmente exerce papel chave no desenvolvimento da inibição metabólica de A. No entanto, existem poucas informações sobre a inibição metabólica de A em plantas C4, principalmente com relação ao metabolismo e o status nutricional de N da folha. Esta lacuna de informações é particularmente marcante no caso de cana-de-açúcar. Assim, o objetivo deste trabalho é examinar o papel de alterações no metabolismo do N e do status nutricional de N na redução de Apot em folhas recém-expandidas de plantas de cana-de-açúcar submetidas ao déficit hídrico. Para tanto serão realizados três experimentos. Primeiramente, serão buscados genótipos de cana-de-açúcar contrastantes quanto à eficiência fotossintética do uso de N (PNUE; a relação A sob luz saturante/N-total na folha). Em um segundo experimento, com dois materiais selecionados serão examinadas relações temporais entre diversas variáveis do metabolismo do N com aqueles relacionados com a fotossíntese, metabolismo do C, estresse oxidativo, e estado redox e energético da célula, durante a progressão do déficit hídrico. Estes dados serão utilizados para realizar uma análise da coordenação entre o metabolismo do C e N. Em um terceiro experimento, será examinada a influência do suprimento de N, bem como da fonte de N (NO3- ou NH4+), no desenvolvimento da inibição metabólica de A. (AU)

Mudanças climáticas, agricultura e crescimento econômico de longo prazo no Brasil

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Humberto Francisco Silva Spolador
Pesquisador visitante: Rodney B. William Smith
Instituição do pesquisador visitante: University of Minnesota (U of M) (Estados Unidos)
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Economias Agrária e dos Recursos Naturais
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Processo:13/06669-0
Vigência: 28 de junho de 2013 - 06 de agosto de 2013
Assunto(s):AgriculturaMudança climáticaCrescimento econômico
Resumo
O objetivo desta visita é desenvolver e implementar um projeto de pesquisa para avaliar os principais determinantes do crescimento da agricultura brasileira, e suas relações com o restante da economia. Usando um modelo dinâmico de crescimento, pretende-se comparar o crescimento do PIB per capita, entre outras variáveis, sob diferentes cenários do aquecimento global, calcular o valor presente da diferença entre o PIB per capita estimado pelo modelo básico e o PIB per capita estimado levando-se em conta mudanças climáticas, e avaliar os potenciais impactos do aquecimento global sobre a produção agrícola brasileira. (AU)

Desenvolvimento de sistema, avaliação da densidade de plantas e condutividade elétrica da solução nutritiva na produção de batata semente em aeroponia

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Departamento de Descentralização do Desenvolvimento (APTA Regional). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Thiago Leandro Factor
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:12/50786-8
Vigência: 01 de junho de 2013 - 30 de setembro de 2015
Convênio/Acordo de cooperação com a FAPESP:
Assunto(s):Produção agrícolaBatataSementesHidroponiaAeroponiaDensidade de plantioCondutividade Elétrica
Resumo
Os métodos tradicionais de produção de batata semente básica atualmente utilizados no Brasil, normalmente substrato, apresentam como principal desvantagem à baixa eficiência produtiva, o que contribui sobremaneira para elevar os custos de produção da cultura da batata. Assim, boa parte da batata semente básica ainda é importada. Além do alto custo e da dependência de material propagativo proveniente de outros países, corre-se o risco de introduzir organismos fitopatogênicos exóticos em nosso território. Recentemente, uma das principais estratégias para aumentar a taxa de multiplicação e produção de batata semente de alta sanidade é o uso de sistemas hidropônicos, dentre os quais destaca-se a aeroponia. Nesse sistema pode se alcançar produtividade até 5 vezes maior do que o verificado nos sistemas tradicionais em substrato. Entretanto, pela recente introdução no país, avaliado somente na forma de protótipo, ainda há necessidade de aprimoramento e adaptação para escala comercial de cultivo, assim como a necessidade de estudos sobre manejo cultural e nutricional da cultura nesse sistema, visando a disseminação e adoção por produtores e empresas especializadas em produção de batata semente do Estado de São Paulo e Brasil. Assim sendo, o objetivo deste projeto será o de desenvolver sistema aeropônico, assim como avaliar a influência da densidade (100, 66, 44, 25 plantas m2) e condutividade elétrica da solução nutritiva (1,0, 2,0, 3,0 e 4,0 dS m"1) sobre a produtividade de minitubérculos de batata semente, em duas épocas de cultivo, na região Nordeste do Estado de São Paulo. (AU)

Capitalismo cognitivo e a dinâmica da pequena produção agrícola alternativa no contexto local de Araraquara: o caso do SAI (Sistema Agroindustrial Integrado do Sebrae-SP)

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências e Letras (FCL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Ricardo Luiz Sapia de Campos
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Sociologia Rural
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:13/08291-4
Vigência: 01 de maio de 2013 - 28 de fevereiro de 2014
Vinculado ao auxílio:10/50857-7 - Capitalismo cognitivo e a dinâmica da pequena produção agrícola "alternativa" no contexto "local" de Araraquara - o caso do SAI Sistema Agroindustrial Integrado do Sebrae/SP, AP.JP
Assunto(s):Desenvolvimento econômico regionalAgricultura alternativa
Resumo
Os bolsistas acompanharam todas as fases de desenvolvimento do projeto de pesquisa, participando ativamente no grupo de estudos e discussões ainda que responsáveis e com a incumbência da realização de entrevistas, e preparação destas, bem como eventuais transcrições etc., e principalmente na aplicação de questionários de pesquisa. Os objetivos e resultados esperados com o desenvolvimento do trabalho dos bolsistas visam por um lado à produção de material, banco de dados, informações e indicadores de produção. Todo resultado deverá ser produzido tendo em vista o levantamento estatístico e as informações em geral que servirão à realização do projeto maior em que estarão envolvidos os vários pesquisadores de diferentes níveis e formação. Deve também, contribuir com a formação técnica e acadêmica dos bolsistas. Proporemos primeiramente trabalho a ser realizado dentro do grupo de estudo, quando passaremos a orientar os bolsistas (também aqueles de IC) para o mapeamento do "território" (local - campo) a ser investigado. Esta primeira imersão "prática" por parte dos bolsistas visa facilitar ou provocar o rápido conhecimento do local (meio social) com o qual trabalharão. Após este primeiro contato, e concomitante as discussões propostas no interior do grupo de estudo, elaboraremos (com a participação dos bolsistas) questionário a ser aplicado, e que contemplará questões fechadas e abertas. Portanto, em termos de planejamento do trabalho a ser realizado pelos bolsistas pode-se considerar três períodos: um primeiro deles mais voltado para a preparação dos pesquisadores e do questionário; um segundo período da aplicação dos questionários e coleta de material e informações; e um terceiro e último período de finalização dos resultados obtidos para o projeto maior, e que também os bolsistas considerados individualmente apresentaram seus relatórios, que demonstraram os resultados que seguramente avaliaram os seus trabalhos. As bolsas são importantes e imprescindíveis uma vez que o projeto exige um amplo e completo levantamento de dados extraídos principalmente por meio da aplicação de questionário, que demandará trabalho que é técnico - aplicação dos questionários - e ao mesmo tempo acadêmico exigindo envolvimento interpretativo de dados e informações. (AU)

Estudo do genoma da Pseudomonas putida (isolado 103), identificação de genes da resistência à salinidade e expressão heteróloga do gene pqq da solubilização de fosfato

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Embrapa Meio-Ambiente. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). Jaguariúna, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Itamar Soares de Melo
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo:12/16623-4
Vigência: 01 de março de 2013 - 29 de fevereiro de 2016
Assunto(s):Microbiologia agrícola
Resumo
O Brasil é um dos principais produtores agrícolas do mundo e importa 7 % (déficit de U$ 700 milhões de dólares) do fosfato de rocha para suprir a baixa qualidade do fosfato brasileiro e o atual crescimento agrícola. Outra limitação para a agriculta brasileira é a redução da disponibilidade de água para irrigação e a necessidade de investimento agrícola nas regiões nordestinas, que sofre com falta de água e salinização do solo. A utilização de microrganismos pode ser uma ferramenta biotecnológica para reduzir custos na produção agrícola e os impactos ambientais e estimular a produção em solos salinos. Além de solubilizar fósforo, algumas bactérias rizosféricas são capazes de estimular o crescimento das plantas por meio da produção de hormônios, e de protegê-las contra os efeitos de estresse osmótico e patógenos. A solubilização do fosfato de rocha por essas bactérias ocorre, em geral, a partir da produção de ácidos (p.ex. ácido glucónico). Esse mecanismo de produção tem sido melhorado geneticamente para estimular a solubilização de fosfato de rocha por bactérias e produzir biofertilizantes. Contudo, o procedimento tem sido feito por meio de plasmídeos e ainda nenhum trabalho buscou a inserção de genes da solubilização de fosfato no genoma, de modo a reduzir a necessidade de marcadores de seleção e as chances de perdas desse gene. Ao contrário dos genes da solubilização de fosfato, aqueles envolvidos com a resistência a salinidade ainda precisam ser melhor estudados. A segunda geração de seqüenciadores e o avanço da bioinformática facilitam o estudo e a comparação de genomas em banco de dados, possibilitam a busca por genes de interesse biotecnológico e ainda facilitam no desenvolvimento de microrganismos recombinantes. Essas novas técnicas ainda facilitam a busca por promotores (p. ex. promotores rap - root-activated promoters) envolvidos na interação planta x microrganismos que podem ser utilizados como ferramentas para controlar a expressão de genes de interesse, como o gene pqq importante para a solubilização de fosfato. Esse procedimento pode ser uma alternativa ao desenvolvimento de uma bacteria com maior competitividade na região rizosferica. O objetivo desse trabalho é: 1- estudar o genoma da Pseudomonas putida (103) resistente a altas concentrações de sal, isolado da região de mangue e promotora do crescimento de plantas de milho em solo salino e II- desenvolver uma bactéria recombinante capaz de expressar o gene pqq e de solubilizar fosfato de rocha, sobreviver e competir pelo ambiente rizosférico e de promover o crescimento de plantas em solos salinos e com baixa concentração de fósforo disponível. (AU)

Preparo e caracterização de Nanoparticulas Lipídicas Sólidas como sistema carreador conjunto para os herbicidas atrazina e simazina visando futuras aplicações em agricultura

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental de Sorocaba. Sorocaba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Leonardo Fernandes Fraceto
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:12/20076-9
Vigência: 01 de março de 2013 - 28 de fevereiro de 2015
Vinculado ao auxílio:09/00294-9 - Sistemas de liberação micro/nanoestruturados para herbicidas triazínicos visando aplicações agrícolas, AP.JP
Assunto(s):NanopartículasCompostos bioativosNanopartículas lipídicas sólidasHerbicidasNanobiotecnologia
Resumo
Para aumentar a quantidade e a qualidade dos produtos agrícolas, hoje o sistema de produção agrícola utiliza além de equipamentos e ferramentas de alta tecnologia, uma grande quantidade de defensivos agrícolas a fim de minimizar os impactos causados por pragas e desta forma aumentar a produtividade agrícola. Embora apresentem uma importante função na produção agrícola, os defensivos agrícolas causam um grande impacto ambiental, pois são um dos principais contaminantes dos recursos hídricos, sendo encontrados nos corpos hídricos superficiais assim como nos subterrâneos. Devido a sua grande produção agrícola, o Brasil se tornou um dos maiores consumidores destes defensivos agrícolas, dentre eles encontram-se os herbicidas. Os herbicidas triazínicos como a atrazina e a simazina são amplamente utilizados nas plantações de cana-de-açúcar e milho, sendo o Brasil um dos líderes no cultivo. Levando em consideração todos esses fatores, muito tem se estudado a fim de minimizar os danos causados por esses herbicidas, a exemplo, o desenvolvimento de sistemas nanoestruturados para liberação modificada, os quais podem permitir um aumento no desempenho/eficiência destes produtos, assim como minimizar os impactos ambientais e a saúde humana. O objetivo deste projeto de mestrado é desenvolver um sistema de liberação modificada, baseado em nanopartículas lipídicas sólidas, para a encapsulação conjunta de dois herbicidas triazínicos, a atrazina e a simazina, visando minimizar os impactos causados por ele e também para o aumento da sua eficiência herbicida. A importância deste projeto esta ligada ao grande mercado de herbicidas no Brasil e desta forma, pesquisas no setor de defensivos agrícolas que possam agregar valor tecnológico e minimização de impactos ambientais são extremamente importantes para o setor produtivo agrícola em nosso País, trazendo assim grandes benefícios para o setor, ambiente e para a sociedade. (AU)

Capitalismo cognitivo e a dinâmica da pequena produção agrícola alternativa no contexto local de Araraquara: o caso do SAI - Sistema Agroindustrial Integrado do SEBRAE/SP

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências e Letras (FCL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Ricardo Luiz Sapia de Campos
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Sociologia Rural
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:13/04478-2
Vigência: 01 de março de 2013 - 31 de janeiro de 2014
Vinculado ao auxílio:10/50857-7 - Capitalismo cognitivo e a dinâmica da pequena produção agrícola "alternativa" no contexto "local" de Araraquara - o caso do SAI Sistema Agroindustrial Integrado do Sebrae/SP, AP.JP
Assunto(s):Desenvolvimento econômico regionalAgricultura alternativa
Resumo
Plano de Atividades para Bolsa de TT - Treinamento Técnico: os bolsistas acompanharam todas as fases de desenvolvimento do projeto de pesquisa, participando ativamente no grupo de estudos e discussões ainda que responsáveis e com a incumbência da realização de entrevistas, e preparação destas, bem como eventuais transcrições etc., e principalmente na aplicação de questionários de pesquisa. Os objetivos e resultados esperados com o desenvolvimento do trabalho dos bolsistas visam por um lado à produção de material, banco de dados, informações e indicadores de produção. Todo resultado deverá ser produzido tendo em vista o levantamento estatístico e as informações em geral que servirão à realização do projeto maior em que estarão envolvidos os vários pesquisadores de diferentes níveis e formação. Deve também, contribuir com a formação técnica e acadêmica dos bolsistas. Proporemos primeiramente trabalho a ser realizado dentro do grupo de estudo, quando passaremos a orientar os bolsistas (também aqueles de IC) para o mapeamento do território (local - campo) a ser investigado. Esta primeira imersão "prática" por parte dos bolsistas visa facilitar ou provocar o rápido conhecimento do local (meio social) com o qual trabalharão. Após este primeiro contato, e concomitante as discussões propostas no interior do grupo de estudo, elaboraremos (com a participação dos bolsistas) questionário a ser aplicado, e que contemplará questões fechadas e abertas. Portanto, em termos de planejamento do trabalho a ser realizado pelos bolsistas pode-se considerar três períodos: um primeiro deles mais voltado para a preparação dos pesquisadores e do questionário; um segundo período da aplicação dos questionários e coleta de material e informações; e um terceiro e último período de finalização dos resultados obtidos para o projeto maior, e que também os bolsistas considerados individualmente apresentaram seus relatórios, que demonstraram os resultados que seguramente avaliaram os seus trabalhos. As bolsas são importantes e imprescindíveis uma vez que o projeto exige um amplo e completo levantamento de dados extraídos principalmente por meio da aplicação de questionário, que demandará trabalho que é técnico - aplicação dos questionários - e ao mesmo tempo acadêmico exigindo envolvimento interpretativo de dados e informações. (AU)
Página 11 de 354 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s) | Limpar seleção
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP