site da FAPESP
 

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
Auxílios à Pesquisa
Bolsas
Programas voltados a Temas Específicos
Programas de Pesquisa direcionados à Aplicação
Programas de Infraestrutura de Pesquisa
Área do conhecimento
Situação
Ano de início
Página 9 de 2.841 resultado(s)
|

Avaliação da hemodiafiltração no período peri-operatório da ovariosalpingohisterectomia, em cadelas com piometra e refratárias ao tratamento conservador da insuficiência renal aguda

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Angelo João Stopiglia
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:04/03957-5
Vigência: 01 de agosto de 2004 - 31 de julho de 2006
Assunto(s):CãesDiáliseHemodiafiltraçãoLesão renal agudaPiometra
Resumo
A Insuficiência Renal Aguda (IRA) em cães com sepse apresenta grande morbidade e mortalidade. O tratamento conservador da IRA nestes casos não tem se mostrado efetivo em virtude da alta mortalidade. Uma opção nesses casos seria a Hemodiafiltração,utilizada no homem e com resultados satisfatórios. Este estudo utilizará cadelas com piometra e IRA que não responderam ao tratamento conservador da IRA. Para tanto utilizar-se-ão 10 animais da espécie canina, fêmea, de diferentes raças e idades que entrarão no projeto no caso de preencherem os pré-requisitos de inclusão. Serão aplicadas 3 sessões de hemodiafiltração, com intervalos de 24 horas e 2 horas de duração e avaliar-se-ão os seguintes parâmetros: avaliação da hemodinâmica central; oxigenação; ventilação, equilíbrio ácido-básico e eletrólitos; hemograma; perfusão renal; função renal; peso corpóreo; tempo de coagulação ativada e adequação ao tratamento, antes e após cada sessão de hemodiafiltração. (AU)

Estudo multicêntrico sobre a prematuridade no Brasil

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:José Guilherme Cecatti
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa em Políticas Públicas para o SUS
Processo:09/53245-5
Vigência: 01 de julho de 2010 - 31 de dezembro de 2012
Convênio/Acordo de cooperação com a FAPESP: CNPq - PPSUS
Publicação FAPESP sobre o auxílio:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Pesquisa...publicas_219_167_167.pdf
Assunto(s):Nascimento prematuroGravidezMortalidade perinatalTrabalho de partoMembranas fetais
Resumo
A prematuridade é a principal causa de mortalidade neonatal no Brasil e está aumentando a cada ano. Há necessidade de estudos avaliando a epidemiologia da prematuridade de forma ampla, buscando aspectos obstétricos e neonatais que possam contribuir para o entendimento de suas causas e permitir a adoção de políticas públicas de controle do nascimento de pré-termos. Foi formada uma rede com 27 instituições de grande porte do país, das quais 12 do estado de São Paulo, que pretende estudar o nascimento pré-termo, seus fatores causais e fatores associados. Através de um estudo de prevalência e de um estudo caso-controle, um total de 3.600 partos prematuros será avaliado num período de 18 meses nas instituições participantes. (AU)

Perda dentária em adultos: avaliação do impacto na qualidade de vida através da aplicação de índices de perda dentária

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Maria da Luz Rosario de Sousa
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontologia Social e Preventiva
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:11/00545-1
Vigência: 01 de setembro de 2011 - 31 de maio de 2013
Assunto(s):Saúde bucalSaúde públicaQualidade de vidaAdultos
Resumo
As perdas dentárias ainda constituem um agravo à saúde bucal de adultos, sendo assim, é um assunto de grande relevância na Odontologia. Objetivo: A proposta deste estudo será mensurar a perda dentária através da aplicação de índices específicos de perda dentária, e assim verificar os fatores associados a esta condição, enfatizando o impacto na qualidade de vida em adultos. Metodologia: O estudo transversal aplicará o índice de mortalidade dentária, e o índice de mortalidade dentária modificado em duas etapas. As condições avaliadas na amostra serão a experiência de cárie dentária, necessidades de tratamento, condição periodontal (OMS), questões socioeconômicas, de autopercepção, de uso de serviços de saúde e de qualidade de vida (OHIP 14). A etapa 1 utilizará para a aplicação dos índices, dados que foram obtidos de 386 adultos, de 20 a 64 anos, inseridos no mercado de trabalho. A etapa 2, aplicará os índices, após realizar uma nova coleta de dados domiciliar, conforme foi realizado na etapa1, em adultos da mesma faixa etária, residentes de Piracicaba. A variável de desfecho será a perda dentária a partir dos valores obtidos nos índices, a ser analisada como variável discreta e em classes, sendo os demais fatores as variáveis independentes. Será construído um modelo conceitual teórico para as perdas dentárias. Para as análises serão utilizados modelos de regressão, segundo o modelo teórico hierárquico e log binomial, através do programa SPSS. Resultados esperados: Espera-se avaliar o impacto da perda dentária na qualidade de vida, através da aplicação dos índices, em adultos com diferentes níveis socioeconômicos e uso de serviços, e identificar os fatores associados à mesma. (AU)

Avaliação das alterações histológicas ósseas e cardiovasculares em ratos urêmicos tireoparatireoidectomizados submetidos a dieta rica e pobre em fósforo associada a infusão de paratormônio

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Vanda Jorgetti
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:01/01789-0
Vigência: 01 de agosto de 2001 - 31 de julho de 2004
Assunto(s):Insuficiência renal crônicaOsteodistrofia renal
Resumo
O estudo das alterações do Hormônio da Paratireóide(PTH) nos portadores de Insuficiência Renal Crônica(IRC) centra-se nas alterações ósseas determinadas pelo Hiperparatireoidismo Secundário(HPTH). Para controlar a Osteodistrofia Renal (OR), preconiza-se a manutenção de fósforo (P) sérico < 5,5 mg/dl, produto CaxP < 55mg2/dl2 e valores de PTH entre 2 a 3 X o valor normal. Sabe-se que excesso de mortalidade por Doença Cardiovascular (DCV) também acomete a população de portadores de IRC. Explicando parte disto, temos os distúrbios metabólicos do HPTH e dos íons Ca e P. Existe demonstração de que P e produto Cax P elevados determinam maior mortalidade na IRC. O PTH também é responsabilizado por alterações cardiovasculares vistas na IRC. Conjectura-se, que valores de P, Ca e PTH aceitáveis para OR, talvez não sejam adequados para prevenir ou reverter a DCV da IRC. Este estudo propõe correlacionar achados histológicos com diferentes taxas de infusão de PTH e dieta rica e pobre em P em ratos com IRC. (AU)

Manejo alternativo de Zabrotes subfasciatus (bohemann, 1833) (Coleoptera: Bruchidae) em feijão armazenado com espécies botânicas aplicadas em diferentes formulações

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Edson Luiz Lopes Baldin
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:09/52008-0
Vigência: 01 de setembro de 2009 - 31 de agosto de 2010
Assunto(s):Mortalidade
Resumo
A espécie Zabrotes subfasciatus Bohemann, 1833 (Coleoptera: Bruchidae), conhecida vulgarmente como caruncho-de-feijão, é apontada como uma das pragas mais prejudiciais durante o armazenamento de grãos dessa leguminosa. Estes insetos prejudicam ou, até mesmo, inviabilizam o comércio dos produtos, pelo fato de completarem seu ciclo reprodutivo nos armazéns, promovendo grandes infestações sobre os grãos e causando danos diretos e indiretos. Seu controle normalmente é feito através de métodos químicos convencionais. Contudo, esta prática pode prejudicar o ambiente e principalmente a saúde humana, devido à elevada toxicidade destes produtos, quando utilizados de forma inadequada. Torna-se, portanto, necessário o incentivo à pesquisa por métodos alternativos de controle desse inseto, como por exemplo, a utilização de materiais de origem vegetal, em diferentes formulações, cujas pesquisas têm sido bastante promissoras. Assim, o projeto terá por objetivo avaliar a bioatividade das espécies vegetais Azadirachta indica A. Juss., Pfaffia glomerata (Spreng.) Pedersen., Toona ciliata M. Roem., Ruta graveolens L:, Mentha pulegium L.( Chenopodium ambrosioides L., Trichilia catigua A. Juss., Piper aduncum L. e Piper tuberculatum Jacq., aplicadas em duas formulações (pós misturados aos grãos e sachês contendo pós) sobre o caruncho Z. subfasciatus, em condições de laboratório (T = 25 2º C; U.R.= 70 5% e fotofase = 12h). Serão efetuados testes de repelência e mortalidade, além do acompanhamento de diversos parâmetros biológicos do inseto, visando determinar a espécie vegetal mais efetiva dentro de cada formulação avaliada. (AU)

Efeitos da poluição do ar de São Paulo sobre o epitélio ciliado da rã - Subprojeto 2: efeitos do material particulado (PM10) sobre o batimento ciliar

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Paulo Hilário Nascimento Saldiva
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:96/12518-7
Vigência: 01 de abril de 1997 - 31 de março de 1999
Assunto(s):Fisiologia respiratória e circulatóriaDoenças respiratóriasDepuração mucociliarMaterial particuladoPoluição atmosféricaMortalidade
Resumo
Diversos estudos epidemiológicos têm mostrado grande associação entre poluição atmosférica e doenças respiratórias, tanto em termos de mortalidade, quanto de morbidade. Assim, o presente projeto visa dar plausibilidade biológica a estes dados epidemiológicos através de 4 subprojetos. Subprojeto 2: Este subprojeto pretende verificar em que medida a frequência de batimento ciliar (que remove partículas que entram no aparelho respiratório) é prejudicada frente a concentração crescentes de material particulado da poluição (PM10). (AU)

Efeitos da poluição do ar de São Paulo sobre o epitélio ciliado da rã - Subprojeto 3: efeitos do pH e potencial oxidante do PM10 na velociadade de transporte mucociliar

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Paulo Hilário Nascimento Saldiva
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:96/12516-4
Vigência: 01 de julho de 1997 - 30 de junho de 1999
Assunto(s):Fisiologia respiratória e circulatóriaDoenças respiratóriasDepuração mucociliarMaterial particuladoPoluição atmosféricaMortalidade
Resumo
Diversos estudos epidemiológicos têm mostrado grande associação entre poluição atmosférica e doenças respiratórias, tanto em termos de mortalidade, quanto de morbidade. Assim, o presente projeto visa dar plausibilidade biológica a estes dados epidemiológicos através de 4 subprojetos. Este subprojeto (3) visa determinar as alterações de velocidade de transporte mucociliar sob o efeito oxidante e pH do PM10 (material particulado) e após a sua neutralização. (AU)

Efeitos da poluição do ar de São Paulo sobre o epitélio ciliado da rã - Subprojeto 1: estudo da influência do material particulado (PM10) no transporte mucociliar e na diferença de potencial transepitelial

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Paulo Hilário Nascimento Saldiva
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:96/12519-3
Vigência: 01 de abril de 1997 - 31 de março de 1999
Assunto(s):Fisiologia respiratória e circulatóriaDoenças respiratóriasDepuração mucociliarMortalidadeMaterial particuladoPoluição atmosférica
Resumo
Diversos estudos epidemiológicos têm mostrado grande associação entre a poluição atmosférica e doenças respiratórias, tanto em termos de morbidade, quanto de mortalidade. Assim, o presente projeto visa dar plausibilidade biológica a estes dados epidemiológicos através de 4 subprojetos: O primeiro subprojeto estudará a influência do material particulado atmosférico na velocidade de transporte mucociliar e diferença de potencial transepitelial do epitélio ciliado, usando a preparação isolada do palato de rã, que apresenta um epitélio muito semelhante ao da árvore respiratória humana. (AU)

Avaliação da produtividade de fêmeas Nelore sexualmente precoces nas diferentes fases da vida

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Lucia Galvão de Albuquerque
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:07/55966-6
Vigência: 01 de novembro de 2007 - 31 de outubro de 2008
Resumo
O objetivo do projeto é verificar a existência de diferenças no decorrer da vida produtiva entre as fêmeas sexualmente precoces e não precoces por meio das taxas de mortalidade neo e pós-natal, pesos e alturas em diferentes idades e habilidade de permanência no rebanho. Os dados são provenientes de fêmeas pertencentes a Agropecuária Jacarezinho Ltda., fazenda localizada em Valparaiso, São Paulo, que utiliza como critério de seleção características de crescimento, precocidade sexual e de terminação. As análises para pesos e altura do posterior serão conduzidas utilizando-se a metodologia REML, utilizando programas computacionais disponíveis gratuitamente. Sendo utilizado o efeito de ser ou não precoce sexualmente em conjunto com o procedimento de contrastes dentro do programa. Desta forma, pode ser verificado a existência do efeito significativo ou não desta variável sobre os pesos e a altura do posterior, com obtenção do erro da estimativa, pelo Teste T. A análise estatística da taxa de mortalidade será realizada no programa SAS, utilizando o procedimento GLM, com o intuito de verificar o efeito classificatório da fêmea ser ou não sexualmente precoce (concebeu na estação de monta antecipada). Para o estudo da produtividade da fêmea em termos de vida útil (habilidade de permanência), a análise estatística será realizada no programa SAS, utilizando o procedimento CATMOD, que analisa características categóricas por meio de regressão múltipla e distribuição não normal. (AU)

Efeito da associação do carbonato de magnésio com acetato de cálcio (osvaren) no controle do fósforo, no hiperparatiroidismo secundário e no remodelamento ósseo em ratos urêmicos

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Rosa Maria Affonso Moysés
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:09/52608-7
Vigência: 01 de setembro de 2009 - 31 de agosto de 2010
Assunto(s):Calcificação vascularInsuficiência renal crônicaHiperfosfatemiaParatormônioQuelantes
Resumo
A híperfosfatemia é uma das conseqüências da Doença Renal Crônica (DRC) e está associada a maior mortalidade nesta população. Provavelmente, um dos mecanismos pelos quais a hiperfosfatemia aumenta a mortalidade é através da calcificação vascular, a qual está diretamente relacionada aos níveis de cálcio (Ca) e fósforo (P). Portanto, o tratamento da hiperfosfatemia é imprescindível. A restrição dietética de P, a diálise, o controle do PTH e uso de quelantes de P são as opções atualmente disponíveis para o tratamento da hiperfosfatemia. Os quelantes disponíveis são os sais de alumínio, os sais de Ca, o hidrocloreto de sevelamer e o carbonato de lantânio. O OsvaRen® é um novo quelante de P que constitui-se em uma associação de acetato de Ca com carbonato de magnésio. A vantagem desta associação seria potencializar o efeito quelante e diminuir os efeitos indesejáveis decorrentes da administração de cada uma destas substâncias separadamente. Porém, nenhum estudo avaliou de maneira significativa o efeito do OsvaRen® diretamente sobre a remodelação óssea ou procurou avaliar qual seria o mecanismo relacionado à maior supressão do PTH. Portanto, mesmo diante de várias opções, ainda há dúvidas se este poderia ser mais uma opção de quelante de fósforo ou se há efeitos colaterais que necessitam ser estudados mais cuidadosamente. O presente estudo avaliará o efeito do OsvaRen® no controle do Ca, P, PTH e magnésio séricos, na remodelação óssea e na proliferação celular das paratireóides de ratos urêmicos. (AU)

Estudo do remodelamento pulmonar na endotoxemia induzida por lipopolissacarídeo

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Francisco Garcia Soriano
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:07/07375-9
Vigência: 01 de maio de 2008 - 31 de dezembro de 2008
Assunto(s):FibroseColágenoPulmãoSepseTerapia intensiva
Resumo
Os gastos no Brasil com pacientes de UTI no ano de 2003 somaram R$ 17,34 bilhões, o que representa aproximadamente entre 30 a 35% dos gastos globais com a área de saúde. No Brasil dados do estudo BASES mostraram que sepse é a principal geradora de custos nos setores público e privado (1). As bactérias Gram-positivas e Gram-negativas são as responsáveis pela maioria dos casos da sepse (36% e 35%, respectivamente) (2). A sepse grave e o choque séptico estão associados a taxas de mortalidade de 40 a 60%. A mortalidade não tem se modificado nas últimas duas décadas apesar do desenvolvimento de novos antibióticos e aprimoramento de medidas de tratamento intensivo (3).O pulmão esta entre os primeiros órgãos a serem atingidos durante a sepse. A falência respiratória está entre as mais freqüentes complicações da sepse severa, ocorrendo em quase 85% dos casos (26-31). A sepse causa uma lesão do endotélio vascular pulmonar, acarretando um desequilíbrio entre a ventilação e a perfusão pulmonar.(32) Cerca de 40% dos pacientes com sepse desenvolvem a SARA a qual é caracterizada principalmente pela alteração da função respiratória, surgimento de edema intersticial pulmonar e deposição de fibronectina e colágeno nos pulmões. A caracterização da deposição de colágeno e a possível relação com a diminuição da capacidade respiratória em pacientes com sepse é fundamental para o entendimento dos mecanismos fisiopatológicos envolvidos nessa doença. (AU)

Transtornos psiquiátricos e comorbidades associadas em pacientes internados no Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Neury José Botega
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Psiquiatria
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:08/57219-6
Vigência: 01 de janeiro de 2009 - 31 de dezembro de 2009
Assunto(s):Transtornos relacionados ao uso de substânciasDepressãoTranstornos mentais
Resumo
Os transtornos psiquiátricos mais predominantes no hospital geral são a depressão, a ansiedade, os estados confussionais, o abuso de álcool, o tabagismo e o risco de suicídio. A depressão leva a prejuízos nas esferas pessoal e familiar, é o transtorno psiquiátrico mais comum em idosos e aumenta o tempo de internação no hospital. O abuso de álcool é um dos principais problemas de nossa sociedade e é responsável por mais de 90% das internações hospitalares por dependência. O tabagismo é a principal causa evitável de mortalidade e morbidade no mundo e se relaciona a diversas patologias, como câncer e doenças cardiovasculares e respiratórias. Nos últimos 45 anos, a mortalidade por suicídio aumentou 60% e o risco de suicídio é maior nos pacientes com doença física em relação à população geral. Entretanto, há uma escassez de estudos que associem distúrbios psiquiátricos, faixas etárias, sexo e comorbidades em pacientes de hospitais gerais no Brasil. O objetivo deste estudo comparativo será determinar as faixas etárias e as comorbidades mais prevalentes por sexo entre pacientes de diferentes enfermarias do Hospital de Clínicas da UNICAMP detectados com um ou mais desses transtornos psiquiátricos. O presente trabalho utilizará dados de um estudo maior, apoiado pela FAPESP (processo nº 06/61885), denominado Estudos de Intervenção Breve Oportuna - EIBO, o qual promove um pleno rastreamento de pacientes adultos internados no hospital supracitado. (AU)

Avaliação da osteoporose, calcificação vascular e polimorfismo do gene da osteoprotegerina em uma população de indivíduos com 65 anos ou mais

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Rosa Maria Rodrigues Pereira
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:08/50084-8
Vigência: 01 de abril de 2008 - 31 de março de 2010
Assunto(s):Calcificação vascularOsteoporoseOsteoprotegerinaPolimorfismo
Resumo
Durante muito tempo a osteoporose e a aterosclerose foram consideradas doenças distintas, cuja característica comum era o aumento da incidência com a idade. Atualmente há evidências crescentes da correlação entre doença cardiovascular e osteoporose, independente da idade. Alguns trabalhos mostram uma relação direta e individual dessas duas patologias e um aumento nas taxas de mortalidade. A osteoporose e a aterosclerose são doenças crônico-degenerativas com alta incidência na população geral, sendo considerados os dois maiores problemas em saúde pública. Após a descoberta da molécula de osteoprotegerina (OPG), proteína pertencente à família de receptores do fator de necrose tumoral (TNF), a associação entre osteoporose e calcificação vascular ficou cada vez mais evidente. A osteoprotegerina é uma citocina solúvel produzida por células estromais da medula óssea, osteoblastos, células do sistema imunológico, células musculares lisas dos vasos e endotélio. Camundongos knockout para o gene da OPG apresentam osteoporose e calcificação da parede vascular da aorta e das artérias renais. Essas alterações podem regredir com a restauração transgênica da osteoprotegerina, enquanto a administração intravenosa de OPG reverte apenas o fenótipo osteoporótico. Estudo recente realizado em mulheres com osteoporose mostrou uma correlação significativa entre níveis séricos aumentados de OPG, diabetes mellitus, acidente vascular cerebral e mortalidade por doença cardiovascular. Alguns estudos têm mostrado que polimorfismos no gene da osteoprotegerina estão associados com baixa densidade mineral óssea, fraturas osteoporóticas e calcificação vascular. O objetivo deste projeto é estudar a presença dos polimorfismos do gene da osteoprotegerina e sua correlação com osteoporose e calcificação vascular em indivíduos com 65 anos ou mais, provenientes de uma região do Butantã. (AU)

Prevalência de osteoporose, fraturas vertebrais e não vertebrais em população de indivíduos com 65 anos ou mais na área do Butantã

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Rosa Maria Rodrigues Pereira
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:07/50518-5
Vigência: 01 de maio de 2007 - 30 de abril de 2008
Assunto(s):EpidemiologiaIdososOsteoporose
Resumo
Com o crescimento da população de idosos, o número de doenças crônicas degenerativas aumentará muito nas próximas décadas, bem como, as seqüelas e despesas de tratamentos ambulatoriais, intra-hospitalares e seguros sociais. Entre estas doenças, a osteoporose destaca-se devido a sua elevada prevalência, bem como pela presença das fraturas traumáticas, responsáveis pela morbidade e mortalidade associada a esta síndrome. Metade de todas as mulheres após a menopausa irá ter fratura relacionada à osteoporose durante suas vidas, incluindo um quarto que irão desenvolver deformidade vertebral. As fraturas estão associadas com alta taxa de mortalidade e perda da independência. Poucos são os estudos que avaliaram a prevalência de osteoporose e fraturas vertebrais secundárias a esta patologia no Brasil e na população acima de 64 anos estes estudos são ainda mais escassos. O objetivo principal deste estudo é estimar a prevalência de osteoporose, fraturas vertebrais em uma população de idosos residentes na área do Butantã. Para isto iremos analisar a massa óssea e as fraturas vertebrais (VFA) pela densitometria óssea. Os objetivos secundários são correlacionar os valores de vitamina D e PTH com a prevalência de OP e fraturas vertebrais. (AU)

Efeitos da injeção de solução bicarbonatada de ácido acetil salicílico em mucosa colorretal de ratos e coelhos, com vistas a aplicação no preparo pré opreatorio do cólon

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Rogério Saad Hossne
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:06/52337-5
Vigência: 01 de julho de 2006 - 30 de junho de 2007
Assunto(s):Ácido acetilsalicílicoRecidiva
Resumo
O número de indivíduos afetados pelo câncer tem aumentado a cada ano; atualmente as neoplasias são a segunda causa de morte na população adulta. Dentre as principais neoplasias destaca-se o câncer colorretal pela sua alta incidência e mortalidade. Um dos fatores responsáveis pela mortalidade e recidiva local dos tumores colorretais é o implante de células tumorais livres no momento da realização da anastomose. Neste sentido diversos autores já demostraram a presença destas células tumorais livres na luz colônica como sendo responsáveis por este implante. Estes autores tem estudado medidas profiláticas visando a evitar este implante; dentre elas destaca-se a lavagem intestinal com diversas soluções como a fisiológica, de iodo e daquim. A solução bicarbonatada de ácido acetil salicilico já foi estudada por nós em trabalhos anteriores (mestrado e doutorado) quando pudemos comprovar o seu efeito anti tumoral e citolitico; desta forma, como está solução tem este efeito destruidor sobre células tumorais, achamos oportuno saber se esta solução poderia ser usada no preparo intestinal nas cirurgias oncológicas colorretal, para isso objetivamos estudar no presente trabalho os seus efeito sobre a mucosa colonica normal em animais de experimentação, e a partir destes resultado embasar eventual aplicação clínica em seres humanos. (AU)

Existem diferenças entre os gêneros com relação à hora de admissão, à gravidade da doença e ao tratamento na Unidade de Emergência para síndromes coronárias agudas?

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Antonio de Padua Mansur
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:06/52367-1
Vigência: 01 de dezembro de 2006 - 30 de novembro de 2007
Assunto(s):AteroscleroseSíndrome coronariana agudaFatores de risco
Resumo
Introdução: estudos mostram controvérsias em relação à hora de admissão à unidade clínica de emergência em mulheres e homens com síndromes coronárias agudas (SCA) e também em relação ao tratamento usado. Sabe-se que as mulheres são tratadas mais tarde e inadequadamente, o que explica maior mortalidade por infarto agudo do miocárdio no sexo feminino. O objetivo desse estudo é analisar a diferença entre homens e mulheres com relação à hora de admissão na unidade de emergência e ao tratamento utilizado, em uma população de pacientes admitidos ao Instituto do Coração em São Paulo, com SCA. Métodos: nós analisaremos a hora de admissão, características clínicas, achados laboratoriais e angiográficos e mortalidade intra-hospitalar em 1000 pacientes com SCA admitidos numa unidade de emergência a partir de janeiro de 2004. A hora de admissão será categorizada em quatro períodos diários, cada um de seis horas. Serão analisados os fatores de risco tradicionais para doença coronariana. A gravidade da aterosclerose será baseada no número de coronárias acometidas com mais de 50% de redução da luz, evidenciada pela angiografia. O tratamento utilizado será classificado em clínico, angioplastia com colocação de stent e cirurgia de revascularização miocárdica. Serão realizadas análises estatísticas uni e multi variadas. (AU)

Alterações induzidas pela dieta na toxicidade do metotrexato

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Lewis Joel Greene
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Bioquímica da Nutrição
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:98/00610-1
Vigência: 01 de maio de 1998 - 30 de abril de 2000
Assunto(s):AsparaginaEnterocoliteGlutaminaMetotrexatoQuimioterapia
Resumo
A administração de dose única de 20 mg/kg de peso corporal de metotrexato por via intraperitonial em ratos adultos, alimentados com dieta elementar (mistura de aminoácidos), induz enterocolite difusa aguda e sepsis, com 100% de mortalidade em ate 5 dias. Este modelo experimental será utilizado na avaliação do efeito da forma de apresentação dos nutrientes e de suplementos nutricionais específicos, na toxicidade do metotrexato. Mais especificamente, iremos avaliar o efeito da forma de apresentação da proteína caseína (mistura de aminoácidos, hidrolisado ou proteína intacta) e da suplementação de nutrientes do tipo Gln, Gly, Asn, Asp e alfa-cetoglutarato na enterocolite induzida pelo metotrexato. A dieta experimental em teste será ministrada durante todo o período de estudo (pré e pós-metotrexato). A avaliação do efeito das alterações dietéticas será feita através de cultura sangüínea para identificação de bacteremia, da medida da permeabilidade intestinal ao 51Cr-EDTA e da taxa de mortalidade. (AU)

Estudo histomorfométrico do pulmão de ratos adultos e idosos submetidos a ventilação mecânica

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Itamar Souza de Oliveira-Júnior
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:08/51508-6
Vigência: 01 de julho de 2008 - 31 de dezembro de 2008
Assunto(s):MorfometriaRespiração artificial
Resumo
Os avanços científicos e tecnológicos aumentaram a expectativa de vida diminuindo a mortalidade de pacientes com doenças com alta mortalidade, aumentando o número de idosos que necessitam de cuidados especiais. As observações clínicas e diagnósticas, principalmente no que tange a esta população, requerem um esforço não apenas de caráter preventivo, como também nas intervenções cirúrgicas que necessitam manter o paciente sob ventilação mecânica. Este projeto pretende avaliar a infiltração celular, o volume, superfície e diâmetro dos alvéolos pulmonares de ratos adultos e idosos, uma vez que estes parâmetros devem ser diferenciados entre estes dois grupos submetidos ou não a ventilação mecânica com baixo volume corrente. O estudo será desenvolvido em conjunto com a Disciplina de Morfologia e Biologia Estrutural da Universidade Federal de São Paulo que tem sólida experiência na área de morfometria. Utilizaremos ratos Wistar (EPM-1), machos (n=30) e os mesmos serão divididos em dois grupos principais, sendo os adultos (n=15; com 12 semanas de idade) e idosos (n=15; com 24 meses de idade). Estes animais serão subdivididos em 6 grupos (n=5 por grupo), sendo: G1 - adulto controle não ventilado; G2: adulto ventilado por 3 horas; G3: idoso controle não ventilado; G4: idoso ventilado por 3 horas; G5: adulto ventilado por 6 horas; e G6: idoso ventilado por 6 horas Os animais, dos grupos ventilados,-receberão a mesma estratégia ventilatória. As repercussões na estrutura pulmonar serão avaliadas por parâmetros gravimétricos e histomorfológicos. (AU)

Avaliação do perfil de metilação do gene claudin-7 em carcinoma epidermóide de cabeça e pescoço

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Andre Luiz Vettore de Oliveira
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:09/51127-5
Vigência: 01 de novembro de 2009 - 31 de outubro de 2011
Assunto(s):NeoplasiasMarcador molecular
Resumo
O carcinoma epidermóide de cabeça e pescoço (CECP) é uma doença com alta incidência e mortalidade, sendo a sexta neoplasia mais freqüente no mundo. Apesar das diferentes estratégias utilizadas em seu tratamento, a taxa de sobrevida global encontra-se próxima a 50%, sendo que as altas taxas de mortalidade estão associadas principalmente à detecção tardia. A identificação de marcadores moleculares pode contribuir para a maior compreensão das alterações biológicas associadas a estes tumores. Claudinas (CLDNs) são proteínas transmembrânicas responsáveis pela adesão célula-célula em tecidos epiteliais com expressão alterada em diversos carcinomas. Estas proteínas já foram descritas em outros estudos que a relacionaram com diversos processos carcinogênicos. Análises prévias feitas por IHQ e PCR em tempo real mostraram a proteína CLDN7 foi encontrada hipoexpressa na maioria dos casos de CECP avaliados. Sabe-se que em cânceres, a hipermetilação do DNA impede a transcrição de genes supressores tumorais, inibindo a sua expressão. Então, foi feito o tratamento de uma linhagem celular de cabeça e pescoço com o agente desmetilante 5-aza-citidina que mostrou re-expressão do gene após utilização da droga, sugerindo que o processo de metilação aberrante pode estar envolvido com o silenciamento do gene em CECP. O objetivo do presente estudo é avaliar o perfil de metilação do gene CLDN7 em CECP e amostras normais pela técnica de MSP convencional, a fim de confirmar o papel da metilação no silenciamento do gene nestes tumores. (AU)

Uso da Valeriana officinalis na alimentação de codornas nas fases de recria e de postura

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Vera Maria Barbosa de Moraes
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:05/50151-9
Vigência: 01 de junho de 2005 - 30 de novembro de 2006
Assunto(s):Comportamento animalAlimentação animalCodornasValeriana
Resumo
A Valeriana é uma erva indicada no tratamento da ansiedade e da insônia, e devido a isso, pode contribuir contra o comportamento agressivo das aves. Como não existem relatos na literatura sobre o efeito da valeriana sobre o estresse de codornas, o objetivo deste estudo é de estabelecer o nível adequado desta planta para codornas nas fases de recria e postura. No Experimento I serão utilizadas 192 codornas com 28 dias de idade, distribuídas em um delineamento inteiramente ao acaso e serão submetidas a 4 tratamentos (0 -controle; 0.250; 0.500 e 0,750mg de valeriana/kg de ração) com 8 repetições e 6 aves por parcela. Serão avaliados os parâmetros de desempenho (consumo de ração, ganho de peso, conversão alimentar e mortalidade) e de comportamento. No Experimento II serão utilizadas 192 codornas com 35 dias de idade, distribuídas em um delineamento inteiramente ao acaso e submetidas a 4 tratamentos (0.250 - controle; 0.500; 0.750mg de valeriana/kg de ração) com 8 repetições e 6 aves por parcela. Serão avaliados os parâmetros de desempenho (consumo de ração, ganho de peso, conversão alimentar (produção/kg e dz de ovos), mortalidade, qualidade dos ovos), bem como parâmetros comportamentais. (AU)

Investigação dos óbitos por doença respiratória em idosos de botuca tu, 2003

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Maria Rita Donalisio Cordeiro
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:03/12915-1
Vigência: 01 de abril de 2004 - 31 de março de 2006
Assunto(s):IdososMortalidadeVigilância epidemiológica
Resumo
Tendo em vista o aumento da população idosa no país, notifica-se a elevação da mortalidade e morbidade por doenças respiratórias. O objetivo deste estudo é investigar os óbitos em idosos do município de Botucatu SP, em 2003, no sentido de identificar variáveis preditoras do risco de morrer nesta faixa etária. Será estudada a totalidade dos atestados de óbitos em maiores de 60 anos em Botucatu -SP, onde serão selecionados os óbitos por doenças respiratórias como causa básica ou associada. Também serão analisados os prontuários dos casos internados nos três hospitais da cidade, identificando a evolução clínica, as circunstancias e o local do óbito. Os dados deste estudo poderão complementar a pesquisa sobre etiologia, incidência e gravidade das infecções virais em coorte de idosos de Botucatu(N=400) (PROCESSO FAPESP 2003/02821-0). Será ajustado um modelo de regressão logística onde serão identificadas possíveis variáveis preditoras do risco de morrer (variável dependente). Entre as variáveis estudadas estão: sexo, idade, condições sócio-econômicas, antecedentes mórbidos, de internação e vacinais. (AU)

Termoretificação de madeiras de eucalipto como barreira ao ataque do cupim Cryptotermes brevis

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Evoneo Berti Filho
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Tecnologia e Utilização de Produtos Florestais
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:00/07039-0
Vigência: 01 de outubro de 2000 - 30 de setembro de 2002
Resumo
Os danos causados pelo cupim Cryptotermes brevis aos produtos de madeira são consideráveis. Para o controle destes insetos são usados tratamentos à base de produtos químicos. A termorretificação é uma forma de tratamento térmico de madeiras podendo ser uma barreira ao ataque destes insetos. O objetivo do presente trabalho é verificar as possibilidades deste processo para a madeira de Eucalyptus grandis submetidas ao ataque de C. brevis. Serão realizados 5 tratamentos: T1-madeira não termorretificada (Testemunha, madeira seca ao ar); T2 - madeira termorretificada a 120oC; T3 - madeira termorretificada a 140oC; T4 - madeira termorretificada a 160oC; T5 - madeira termorretificada a 180oC; com três repetições por tratamento. Para cada termorretificação será determinada a densidade das ladeiras antes e após as termorretificações. Para cada tratamento com cupins serão realizados 15 repetições, sendo 40 cupins / repetição, atribuindo-se notas para o desgaste ocasionado pelos cupins, além de avaliação da mortalidade destes insetos. Os resultados de desgaste serão analisados segundo a metodologia de análise categórica ordinal, através da obtenção de tabelas de contingência e ajuste de modelos de regressão logística. A mortalidade dos cupins será analisada estatisticamente, ao nível de significância 5% e as diferenças entre as médias obtidas serão avaliadas a partir do teste Tukey. (AU)

Criar ao peito - permanências e mudanças no ato de amamentar, São Paulo - 1899-1930

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Sociais. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Maria Izilda Santos de Matos
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:01/09466-5
Vigência: 01 de dezembro de 2001 - 31 de maio de 2005
Assunto(s):FemininoMortalidade infantil
Resumo
O índice crescente e assustador da mortalidade infantil constatados pelos médicos no final do século XIX e início do XX, apresentava-se como um grave problema que necessitava de soluções. A amostra destes dados estatísticos foi um dos argumentos utilizados pelos médicos para construir modelos e ao mesmo tempo condenar outros. Como ponto de partida para o trabalho, tomaremos o momento em que o discurso médico se insere no seu campo de referências sobre a, tradicional prática do aleitamento remunerado. Contudo, no início do século XX, as amas passam a ser encaradas pelo olhar médico como um dos principais agentes transmissores de doenças relacionada à morte dos recém-nascidos, e a partir de então passam a ser alvo de um enquadramento legal- promovido por várias instituições- que visou estabelecer regras muito bem delimitadas par o exercício da profissão. Um das conseqüências dessa refiguração das representações associadas ao aleitamento diz respeito às fortes articulações que foi se forjando, desde então, a respeito do "papel" a ser desenvolvido pela mãe com relação à criança. Com isso; a "condição feminina" ganha o investimento de um novo dispositivo de poder, sendo modelada por uma trama discursiva que reserva ao feminino o papel preponderante de ser mãe, com todas as implicações políticas e sociais que esse fato pôde acarretar para as mulheres. (AU)

Avaliação dos custos de saúde devido a poluição atmosférica no município de São Paulo

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Gyorgy Miklos Bohm
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:98/15617-1
Vigência: 01 de março de 1999 - 31 de agosto de 2002
Assunto(s):Saúde públicaPoluição do arPoluição atmosféricaImpactos na saúdeAnálise de custosSão Paulo (SP)
Resumo
Os efeitos da poluição do ar na saúde têm sido relatados através de estudos que demonstram a associação entre poluição do ar e morbidade e mortalidade. Um aspecto importante a fim de avaliar os efeitos da poluição na saúde é a sua quantificação monetária. Uma vez que diversos estudos relacionando os efeitos da poluição na saúde foram desenvolvidos para o município de São Paulo, seria interessante conhecer o montante que esse impacto representa para os cofres públicos. Este trabalho envolverá a análise de estudos que relacionam poluição atmosférica à saúde pública (Saldiva e cols, 1994; Braga, 1998; Pereira e cols, 1998; El Khouri Miraglia e cols, 1997) e a quantificação de seus respectivos custos em termos de morbidade e mortalidade, ampliando uma primeira tentativa na avaliação desse impacto monetário (El Khouri Miraglia e cols, 1998). (AU)

Emprego de gonadotrofinas na indução da puberdade em fêmeas suínas e seus efeitos na eficiência reprodutiva

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Anibal de Sant'Anna Moretti
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:99/08240-1
Vigência: 01 de novembro de 1999 - 31 de outubro de 2001
Resumo
O experimento visa estudar os efeitos da utilização de gonadotrofinas na indução da puberdade em marrãs pré-púberes, acompanhamento da dinâmica folicular através da ultra-sonografia e averiguação da fertilidade da fêmea pela taxa de ovulação, mortalidade embrionária, tamanho da leitegada ao nascimento. Serão empregados no experimento 90 fêmeas, num delineamento em blocos casualizados, caracterizando 10 grupos homogêneos de 9 fêmeas cada, distribuídas em 3 tratamentos: emprego de PMSG e HCG em uma única aplicação: PMSG e, 72 h após, HCG e grupo controle com solução salina. As fêmeas serão observadas a partir dos 120d. de idade, com período de adaptação prévio, determinando-se até os 154d. o peso, consumo de ração e espessura de toucinho. A partir da indução de cio com gonadotrofinas, aos 154d., será utilizada a ultra-sonografia, visando a observação da dinâmica folicular até o momento da ovulação, com acompanhamento do diagnóstico de estro e inseminação artificial. Um grupo de fêmeas, aos 35d. de gestação será abatido para a determinação das taxas de ovulação, contagem de embriões e mortalidade embrionária. O grupo restante levará a gestação a termo, para a avaliação do tamanho da leitegada ao nascimento. O estudo realizar-se-á no Laboratório de Pesquisa em ... (AU)

Avaliação da atividade inseticida dos produtos técnicos ACETAMIPRID e IMIDACLOPRID em iscas tóxicas para Atta sexdens rubropilosa Forel, 1908 (Hymenoptera, Formicidae)

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Luiz Carlos Forti
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:08/05730-9
Vigência: 01 de outubro de 2008 - 30 de setembro de 2009
Assunto(s):Controle químicoSaúvaFormigas cortadeiras
Resumo
Durante o desenvolvimento do projeto será avaliado o efeito inseticida dos ingredientes ativos acetamiprid e imidacloprid, que possuem características desejáveis como baixo coeficiente de partição e baixa pressão de vapor, para confeccionar iscas tóxicas, tendo em vista que a sulfluramida, o ingrediente ativo mais comercializado atualmente, será retirado do mercado nos próximos anos, devido a problemas de bioacumulação e por estar incluída na lista de poluentes orgânicos persistentes. As formigas serão coletadas em Botucatu-SP e mantidas no Laboratório de Insetos Sociais-Praga, Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA)-UNESP. Os ingredientes ativos (i.a.s) serão formulados em pastas palatáveis feitas com farelo de polpa de cítrica. Serão realizados experimentos com concentrações de 1; 0,1 e 0,01% dos i.a.s comparadas com sulfluramida e polpa cítrica sem ingrediente ativo. O experimento será composto de 10 tratamentos e 4 repetições, sendo cada repetição constituída de um recipiente com 20 operárias isoladas das colônias. A mortalidade e os sintomas de intoxicação serão avaliados até 21 dias após a aplicação. Os sintomas de intoxicação serão analisados pela atribuição de notas e as taxas de mortalidade medianas serão corrigidas pela fórmula de Abbott, ajustando os resultados obtidos com a classificação que será utilizada. A análise de dados será realizada com base na classificação utilizada para Atta sexdens rubropilosa, descrita por NAGAMOTO et al. (2004), com as classes determinadas pela atividade inseticida ao longo do tempo. (AU)

Análise da participação da proteína de transferência de colesterol esterificado (CETP) na resposta inflamatória em modelo experimental de sepse polimicrobiana

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Patricia Miralda Cazita
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:09/53349-5
Vigência: 01 de dezembro de 2009 - 31 de agosto de 2010
Assunto(s):InflamaçãoLipoproteínas
Resumo
A proteína de transferência de colesterol esterificado (CETP) é uma glicoproteína secretada por vários órgãos e encontra-se associada à HDL na circulação sangüínea. A atividade plasmática da CETP é inversamente correlacionada com a concentração plasmática de HDL-colesterol e apesar de inúmeros estudos o seu papel no processo aterosclerótico permanece controverso. Estudos recentes do nosso laboratório apontam pela primeira vez que a CETP está envolvida na - resposta inflamatória. Os resultados foram decorrentes da redução da mortalidade e das concentrações plasmáticas de citocinas (TNF-alfa e IL-6) após dose letal de lipopolissacarídeo (LPS) bacteriano em camundongos transgênicos para CETP humana. Esta hipótese foi levantada devido à homologia estrutural entre a CETP e a LBP (lipopolysaccharide binding Protein) proteína transportadora de LPS que atua na resposta imune inata. O objetivo atual é avaliar a participação da CETP na sepse polimicrobiana. Isto permitirá demonstrar se a sobrevida dos animais transgênicos para CETP observada no estudo anterior é específica para o LPS, considerado um agonista lipídico de TLR4, ou comum à sepse. Utilizaremos camundongos C57BL6/J que expressam ou não o gene da CETP humana submetidos a sepse polimicrobiana por ligadura e perfuração do ceco (CLP) onde avaliaremos: a mortalidade, liberação de mediadores inflamatórios, perfil de LP, e migração de leucócitos para a cavidade peritoneal e a análise da expressão dos receptores TLR4 e scavengers SR-B1 em macrófagos. Considerando-se ainda a deficiência dos esquemas terapêuticos no adequado controle da sepse, a importância de se compreender esta interface entre infecção/inflamação e LP e a interação entre estas e a proteína de transferência de colesterol esterificado (CETP) poderá contribuir para estabelecer novas perspectivas de tratamento da sepse polimicrobiana. (AU)

Desenvolvimento do método de microdiálise in vivo para estudo do microambiente uterino: efeitos na duração do ciclo estral e na manutenção da prenhez inicial em bovinos

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Mario Binelli
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:03/10128-2
Vigência: 01 de março de 2004 - 28 de fevereiro de 2006
Assunto(s):BovinosMicrodiáliseProteínas
Resumo
Nos bovinos o estabelecimento da gestação entre os dias 15 e 17 do ciclo estral é definido como "período critico", sendo que nesta fase ainda ocorrem cerca de 30% de mortalidade embrionária. A mudança de estado reprodutivo cíclico para o prenhe depende de um mecanismo efetivo de bloqueio da luteólise. Este bloqueio, por sua vez é conseqüência de um diálogo bioquímico materno-fetal, onde o concepto em desenvolvimento secreta no lúmen uterino algumas proteínas, dentre as quais, o interferon-tau, que atua sobre receptores endometriais inibindo a liberação de prostaglandina pelo útero. Porém essa comunicação materno-fetal freqüentemente não é bem sucedida resultando em mortalidade embrionária e conseqüentemente repercutindo negativamente na lucratividade da pecuária. Com o objetivo de diminuir essas perdas embrionárias torna-se essencial compreender o diálogo materno-fetal durante o período crítico. O presente projeto tem como objetivo desenvolver a técnica de microdiálise intrauterina para monitoração deste microambiente na vaca tomando possível no futuro coletar e investigar proteínas candidatas a estarem participando do diálogo bioquímico materno-fetal. (AU)

Hérnias de parede abdominal em pacientes cirróticos: qual o melhor tratamento?

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Wellington Andraus
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:09/53043-3
Vigência: 01 de abril de 2010 - 31 de março de 2011
Assunto(s):AsciteCirrose hepáticaHérnia abdominal
Resumo
Hérnias de Parede Abdominal em pacientes cirróticos configuram um grande desafio. O tratamento cirúrgico era considerado uma exceção, com altas taxas de morbidade e de mortalidade. Contudo seguimentos recentes ac/vogam em favor do tratamento cirúrgico anteriores às possíveis complicações, com menores taxas de mortalidade. Nosso elevado número de pacientes em lista de espera leva-nos, freqüentemente, ao confronto com essa questão. O projeto tem por objetivo comparar o tratamento cirúrgico com tratamento conservador de hérnias de parede abdominal em pacientes cirróticos. Trata-se de um trabalho prospectivo, analítico, ramdomizado, baseado no seguimento de pacientes cirróticos com hérnia de parede abdominal que estão em acompanhamento no Ambulatório de Transplante Hepático do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Esses pacientes, após assinatura do termo de consentimento livre e esclarecido, serão ramdomizados em dois grupos, sendo um composto de pacientes que serão submetidos à cirurgia eletiva para correção da hérnia de parede abdominal segundo técnica padronizada e o outro composto por pacientes que manterão acompanhamento clínico ambulatorial, sendo submetidos a tratamento cirúrgico de sua hérnia somente no caso de indicação de cirurgia de urgência. Ambos os grupos serão acompanhados pelo período mínimo de 12 meses. (AU)

Síndrome ascítica em frangos de corte machos de 7 linhagens comerciais: desempenho pela mortalidade e níveis plasmáticos de hormônios

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Elisabeth Gonzales
Anfitrião: Eddy Decuypere
Local de pesquisa: Katholieke Universiteit Leuven (Bélgica)
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Processo:96/01366-1
Vigência: 01 de julho de 1996 - 31 de agosto de 1997
Assunto(s):Hormônios
Resumo
As doenças metabólicas (síndromes da morte súbita - SMS e ascítica - SA) têm determinado perdas econômicas significativas em lotes de frangos de corte machos criados sob condições de manejo e sanidade bem controladas. Existem evidências suficientes para set supor que a SMS e SA tem como origem um problema metabólico decorrente de um programa de seleção dos frangos de corte com prioridade para incremento do ganho de peso e melhor conversão alimentar, o que determinaria diferente suscetibilidade à SMS e SA entre as linhagens de frangos de corte. O objetivo do estudo é caracterizar as doenças metabólicas. (SMS e SA) em frangos de corte machos de sete linhagens comerciais (Arbor Acres, Avian Farm, Cobb-500, Hubbard-Peterson, ISA-Vedette, Label Rouge e Ross), determinando-se, além do desempenho, incidência de mortalidade (total, SMS e SA) e Índice de hipertrofia cardíaca, os níveis plasmáticos dos hormônios da tireóide (T3 e T4), hormônio de crescimento, IGF-1 e insulina. (AU)
Página 9 de 2.841 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s) | Limpar seleção
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP