site da FAPESP
 

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Auxílios à Pesquisa
Bolsas
Programas voltados a Temas Específicos
Programas de Pesquisa direcionados à Aplicação
Programas de Infraestrutura de Pesquisa
Área do conhecimento
Situação
Ano de início
Página 8 de 7.783 resultado(s)
|

Pesquisa de linfocitose b monoclonal em filhos de pacientes com leucemia linfocítica crônica não familiar

Beneficiário:
Instituição: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Roberto Passetto Falcão
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:05/59209-0
Vigência: 01 de abril de 2006 - 31 de março de 2009
Assunto(s):Citometria de fluxo
Resumo
A leucemia linfocítica crônica (LLC) é uma doença neoplásica caracterizada pela proliferação e acúmulo de pequenos linfócitos B de aparência madura, sendo responsável por 40% de todas as leucemias em adultos acima de 65 anos. O termo linfocitose B monoclonai (LBM) refere-se à detecção, por citometria de fluxo, de um pequeno número de células B monoclonais com imunofenótipo semelhante a LLC, em indivíduos aparentemente sadios, com contagens normais do sangue periférico. Vários trabalhos têm demonstrado a presença de LBM na população geral, bem, como em indivíduos advindos de famílias com pelo menos dois membros com o diagnóstico de leucemia linfocítica crônica (LLC familiar). Até a presente data, não existe qualquer estudo sobre a prevalência de LBM em parentes de primeiro grau de pacientes com leucemia linfocítica crônica esporádica, isto é, com apenas um caso em uma mesma família O objetivo deste estudo é pesquisar a presença de LBM em filhos de pacientes com LLC esporádica, bem como comparar, naqueles indivíduos onde a LBM for detectada, as características imunofenotípicas e citogenéticas com os pacientes índices (país) em cada uma das famílias. Tendo em vista que as bases biológicas para o aumento do risco familiar na leucemia linfocítica crônica ainda não foram plenamente esclarecidas, é possível que esse risco possa ser também extensivo aos parentes de primeiro grau na situação onde apenas um membro da família seja portador da doença. (AU)

Dimensões da relação família-escola: programa de intervenção para professores como agentes de promoção do envolvimento parental

Beneficiário:
Instituição: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Claudia Maria Simões Martinez
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:05/50618-4
Vigência: 01 de abril de 2006 - 31 de março de 2010
Assunto(s):Educação especialEscolasProfessores
Resumo
Muitos estudos têm evidenciado a correlação entre aspectos do ambiente familiar e o desempenho acadêmico de crianças, sugerindo que a parceria entre os sistemas familiar e escolar pode ser uma das alternativas para a prevenção ou atenuação das dificuldades de aprendizagem. Nesse sentido, este estudo objetiva elaborar, implementar e avaliar um programa de intervenção para professores de Educação Especial, visando promover as relações cotidianas estabelecidas entre os professores e as famílias por meio da provisão de informações. As intervenções acontecerão em reuniões semanais de 2 horas de duração, por um período de aproximadamente 4 meses, e terão como meta sensibilizar o professor diante das características apresentadas pelas famílias, bem como instrumentalizá-lo por meio de suporte e material informacionais, buscando estabelecer um canal de comunicação entre ele e a família de seu aluno. Os participantes serão professores e famílias de crianças com dificuldades de aprendizagem que freqüentam o ensino público municipal de uma cidade do interior do Estado de São Paulo. A coleta de dados realizar-se-á por meio de questionários, protocolos e de entrevista semi-estruturada. Os dados quantitativos serão analisados com base no teste estatístico de Mann-Whitney e pela análise de variância, e os qualitativos, pela análise de conteúdo. (AU)

Histórias de vida de familiares de portadores de sofrimento mental

Beneficiário:
Instituição: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Regina Helena Lima Caldana
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:00/07458-2
Vigência: 01 de outubro de 2000 - 28 de julho de 2002
Assunto(s):FamíliaReforma psiquiátricaSaúde mentalEntrevistas (psicologia)
Resumo
Com a Reforma Psiquiátrica, a política de saúde mental brasileira tem priorizado curtas internações e tratamentos alternativos, nos quais a presença da família tem sido considerada como fundamental. Ao arcar com o cuidado do membro afetado que permanece em casa, a família pode sofrer sobrecarga financeira e emocional, o que deve ser levada em conta nos programas de intervenção. O objetivo deste estudo é conhecer melhor a situação destas famílias, a partir da visão dos cuidadores de usuários do Núcleo de Atenção Psicossocial (NAPS) do Centro de Atenção Integral à Saúde de Santa Rita do Passa Quatro. Mais especificamente pretende investigar o entendimento que as famílias têm sobre a doença mental do membro afetado e quão preparadas sentem-se para auxiliar no tratamento; compreender o significado da doença mental para a família e identificar alterações no relacionamento social após aparecimento da doença mental, assim como as dificuldades encontradas para cuidar do paciente. Serão entrevistados cuidadores que apresentem disponibilidade para fornecer entrevista longa e gravada, em número determinado pelo chamado "ponto de saturação". A modalidade de entrevista utilizada será a "história de vida sumária", que prevê uma etapa inicial em que a pessoa faz o relato de sua história de vida, seguida por sua complementação em função de um conjunto de tópicos previamente definidos. As entrevistas serão gravadas, transcritas na íntegra, e analisadas qualitativamente. (AU)

Relações filogenéticas na família Cichlidae bonaparte, 1840 (Perciformes: labroidei)

Beneficiário:
Instituição: Museu de Zoologia (MZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Mario Cesar Cardoso de Pinna
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:03/01059-7
Vigência: 01 de junho de 2003 - 28 de fevereiro de 2007
Resumo
O presente estudo visa elucidar as relações filogenéticas na família Cichlidae. Para isto, realizará uma análise cladística com uma abrangência taxonômica representativa da real diversidade da família, e a inclusão de caracteres que reflitam a sua ampla variabilidade morfológica. Cichlidae apresenta uma extraordinária diversidade, sendo uma das maiores famílias de vertebrados. Esta diversidade, associada à origem relativamente recente da família, fomentou muitos trabalhos de cenários evolutivos. Por outro lado, a grande diversidade morfológica e a ampla distribuição geográfica da família desencorajaram análises cladísticas extensas que resolvessem adequadamente as relações entre seus grandes grupos. Desta forma, os resultados das análises anteriores se mostram pouco conclusivos. A implementação de métodos moleculares para análises filogenéticas revelou hipóteses conflitantes com as hipóteses morfológicas. Uma abordagem morfológica global se torna necessária diante do cenário atual da sistemática do grupo. Na ausência de hipóteses filogenéticas robustas, cenários evolutivos não podem ser testados. O resultado deste estudo servirá de base para uma nova classificação da família e representará uma contribuição relevante para estudos de biogeografia e relações intercontinentais e para a história evolutiva do grupo. (AU)

Comunidades de Aprendizagem: participação escolar: comparando contextos Brasil - Espanha

Beneficiário:
Instituição: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Roseli Rodrigues de Mello
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Ensino-aprendizagem
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:03/12398-7
Vigência: 01 de maio de 2004 - 30 de abril de 2007
Assunto(s):Participação socialAprendizagem escolarPeriferiaRelação escola-família
Resumo
O objetivo desse projeto é analisar as mudanças ocorridas na relação entre familiares e profissionais da escola de periferia urbana, bem como na aprendizagem das crianças após o ingresso da escola no projeto de Comunidades de Aprendizagem (C. A). Tendo já investigado, na pesquisa de mestrado, propostas de aproximação entre familiares e escola sugeridas por mães, pais, professor e professora, foi possível perceber que existem muitas maneiras de se realizar esta aproximação (palestras, participação dos familiares dentro da sala de aula etc.) dentro de uma perspectiva de trabalho conjunto e de diálogo, em que todos estejam envolvidos para a melhoria da aprendizagem de seus filhos e filhas. Mas, para isto ocorrer, torna-se necessário que a escola "abandone" sua postura de um falar para ou um falar por, que muitas vezes assume, para um falar com (FREIRE, 2001). É nesta perspectiva que se apresenta o projeto de C. A, como uma alternativa de construção de uma relação mais dialógica entre familiares, profissionais da educação e alunos de grupos de periferia urbana (MELLO, 2002). Para tanto, esse estudo prevê a realização de observações e entrevistas com a direção, a coordenação, três familiares e três professores de duas escolas que estejam inseridas no projeto de C. A, com o intuito de buscar, nas suas falas, de maneira mais enfática, como veem a relação família-escola e quais foram às principais mudanças ocasionadas pelo projeto de C. A. nesta relação e na aprendizagem das crianças. (AU)

A apropriação mútua familia/crianca dos recursos pessoais de enfrentamento perante o câncer infantil

Beneficiário:
Instituição: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Elizabeth Ranier Martins do Valle
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:00/07344-7
Vigência: 01 de agosto de 2000 - 31 de maio de 2001
Assunto(s):Família
Resumo
Este projeto de doutorado está inserido em uma linha de pesquisa dentro da área de Psico-Oncologia Pediátrica que busca investigar os recursos e possibilidades de enfrentamento que podem se apresentar, tanto pela criança enferma como por sua família, perante a sofrida situação que é desencadeada a partir do diagnóstico de um câncer infantil. Tem-se como objetivo a descrição, a partir dos discursos de crianças com câncer e seus familiares, de modos pelos quais se revelam a construção e a apropriação mútuas de seus recursos internos no processo de enfrentamento desta grave doença. Os dados serão analisados através fio método fenomenológico e coletados a partir do acompanhamento e registro de um programa grupal de intervenção psicológica - CORELIM - estrategicamente elaborado no intuito de prestar assistência e orientação tanto à criança como às seus familiares mais próximos, que acompanham seu tratamento. Trata-se de um aprofundamento das questões, que emergiram durante o mestrado desenvolvido pelo bolsista, relativas ao acontecer do tratamento de- câncer e organização familiar. O que se almeja prioritariamente, enfim, é que a ampliação da compreensão acerca dos modos pelos quais se potencializam dentro do sistema familiar os recursos de enfrentamento frente ao câncer infantil possa subsidiar uma reflexão que contribua na direção do incremento qualitativo e do leque das intervenções em Psico-Oncologia Pediátrica. (AU)

Intervenções psicossociais com famílias em situações de vulnerabilidade: estágio no Child and Family Department da Clínica Tavistock

Beneficiário:
Instituição: Instituto de Psicologia (IP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Belinda Piltcher Haber Mandelbaum
Anfitrião: Margot Waddell
Local de pesquisa: Tavistock Clinic (Reino Unido)
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Processo:08/56613-2
Vigência: 01 de dezembro de 2008 - 31 de janeiro de 2009
Resumo
Em 2006, criamos no Instituto de Psicologia da USP um Serviço de Atendimento a Famílias e Casais, como parte das atividades do Laboratório de estudos da família, relações de gênero e sexualidade, sob minha coordenação. O serviço tem como objetivos: oferecer atendimentos psicológicos diversificados a família e casais; servir de campo de pesquisa sobre alternativas de intervenção psicossocial junto a famílias que vivem em condições sociais de vulnerabilidade, decorrentes de fatores sociais e psicológicos; e oferecer formação a alunos de graduação, pós-graduação e profissionais que lidam com famílias em diferentes contextos institucionais. O objetivo de nosso estágio no Child and Family Department da Clínica Tavistock é o de conhecer e acompanhar por dois meses um serviço de atendimento a famílias que tem longa tradição de atendimento à comunidade, aliando a formação de profissionais de diversos campos de atuação a uma produção científica consagrada no campo. Esperamos conhecer alternativas diversificadas de intervenção ali realizadas, bem como a dinâmica de funcionamento do serviço; acompanhar atendimentos e discussões de casos; obter ferramentas para a estruturação e organização de nosso serviço; aprofundar nossas habilidades de ... (AU)

O alcoolismo e uma doença da família: cultura e subjetividade no processo saúde-doença

Beneficiário:
Instituição: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Edemilson Antunes de Campos
Anfitrião: Sylvie Fainzang
Local de pesquisa: École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS) (França)
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Processo:08/55321-8
Vigência: 14 de dezembro de 2008 - 13 de fevereiro de 2009
Resumo
O objetivo desta pesquisa é o de analisar as representações e os significados da chamada alcoolização crônica e seus efeitos no âmbito da família, por meio de uma análise dos códigos culturais e sociais que operam no processo saúde-doença. Este estudo será desenvolvido através de etnografias locais e de pesquisas qualitativas em grupos de A.A. e com familiares de membros desses grupos, localizados na zona leste da cidade de São Paulo. Parte-se do pressuposto de que a saúde e a doença são realidades simbolicamente construídas tanto por condições físicas e coordenadas orgânicas quanto pelas relações sociais e culturais, no interior das quais os indivíduos inserem e modulam sua subjetividade. Nossa hipótese é a de que o alcoolismo pode ser considerado uma "doença da família", isto é, uma doença "física" e "moral" que afeta as relações familiares nas quais ele está envolvido. Em A.A., forja-se uma linguagem da doença cujas regras operam com os códigos e os valores próprios ao universo sociocultural no qual o doente e seus familiares estão envolvidos. Busca-se contribuir para enriquecer o repertório existente sobre as práticas de saúde para construídas para dar conta do alcoolismo e minorar os problemas que ele gera na organização e na estrutura familiar. (AU)

Análise do desenvolvimento floral em espécies arbóreas da família Meliaceae Juss.

Beneficiário:
Instituição: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Adriana Pinheiro Martinelli
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Botânica Aplicada
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:01/07008-0
Vigência: 01 de agosto de 2001 - 31 de julho de 2005
Resumo
A família Meliaceae Juss. compreende cerca de 51 gêneros e 550 espécies distribuídas principalmente na região Neotropical. Incluídas nesta família, estão espécies de elevado interesse comercial para a produção de madeiras nobres. Características florais como a morfologia do tubo estaminal e/ou de uma pseudo-corona, a presença de um androginóforo, bem como o número de lojas do ovário permitem a identificação de gêneros e espécies na família Meliaceae. Um dos entraves ao melhoramento genético das espécies de interesse econômico da família é o longo tempo de geração e a falta de conhecimento sobre a biologia floral. O presente projeto visa contribuir para o entendimento da biologia do desenvolvimento floral na família Meliaceae, com destaque para sete espécies de interesse econômico e/ou ecológico (Cedrela fissilis L. (cedro), Cedrela odorata L. (cedro cheiroso, cedro-do-brejo), Swietenia macrophylla King (mogno brasileiro), Trichilia catigua A. Juss (catiguá), Guarea guidonia (L.) Sleumer (camboatã, marinheiro), Toona ciliata M. Roemer e Melia azedarach L.J, através de estudos morfo-anatômicos e do padrão de expressão de genes relacionados ao desenvolvimento floral via hibridização in situ. Os resultados obtidos poderão esclarecer vários aspectos relativos à origem evolutiva de estruturas florais particulares à família, bem como colaborar para o entendimento dos sistemas reprodutivos observados nas diversas espécies de Meliaceae. (AU)

Direito plural: o pensamento feminista no campo jurídico da família

Beneficiário:
Instituição: Faculdade de Ciências e Letras (FCL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Lucila Scavone
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo:09/50598-4
Vigência: 01 de maio de 2009 - 30 de abril de 2012
Resumo
Este projeto tem como objetivo discutir as implicações dos estudos feministas e de gênero no campo jurídico. As interfaces entre gênero e direito são ainda pouco estudadas, mas é certo que muitos dos direitos de igualdade hoje reconhecidos no campo jurídico da família guardam influências diretas ou indiretas do feminismo. O projeto pretende estudar essas incidências e o significado das conexões entre estudos feministas/gênero e o campo jurídico da família no direito brasileiro atual, no que se refere às relações conjugais, ao parentesco, à filiação e uso das novas biotecnologias reprodutivas e à sexualidade. Especificamente, visa trazer essa interferência centrada nas seguintes indagações: o feminismo mudou o direito? E se mudou como dialogam? Quais as linhas teóricas do pensamento feminista que têm maior reconhecimento no direito? Pressupomos que as novas práticas sociais e vivências da vida privada levam ao direito outras dimensões da família e visibilizam relações de poder que são objeto da crítica dos estudos feministas/gênero ao paradigma hegemônico e naturalizado da família nuclear, bicategorizada e biológica. A evidência dos limites e exclusões clarifica a crise de paradigmas no campo jurídico, que principia a buscar contribuições de outros campos científicos para reconhecer a pluralidade familiar. As interconectividades entre gênero e direito na contemporaneidade serão investigadas sob o recorte da produção teórica do direito de família presente em artigos científicos publicados em revistas e em teses/dissertações realizadas no âmbito dos programas de pós-graduação em direito, das regiões Sul e Sudeste. (AU)

Ajustes cardiovasculares induzidos pelos exercícios resistidos em jovens com história familiar positiva de hipertensão,

Beneficiário:
Instituição: Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde. Universidade São Judas Tadeu (USJT). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Kátia De Angelis
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:06/53738-3
Vigência: 01 de março de 2007 - 31 de julho de 2008
Resumo
Diversos estudos familiares demonstraram a agregação familiar da hipertensão arterial. Trabalhos demonstraram que jovens filhos de hipertensos, apresentam aumento da PA, dos níveis séricos de catecolaminas, redução da resposta baroreflexa e anormalidades metabólicas e endócrinas quando comparados a filhos de normotensos. O objetivo deste projeto será avaliar as alterações hemodinâmicas, autonômicas e metabólicas induzidas por exercícios isotônicos e isométricos em jovens com história familiar positiva de hipertensão. Serão sujeitos da pesquisa 24 homens, com idade variando entre 18 e 35 anos, e com pressão arterial (PA) >140/90 mmHg, divididos em 2 grupos: 1) História Familiar Positiva de Hipertensão: indivíduos que pelo menos um dos pais faz uso de medicamento para controle da hipertensão e 2) História Familiar Negativa de Hipertensão: os pais são normotensos e não fazem uso de medicação para controle da hipertensão. O protocolo será composto por três fases: 1. coleta de sangue para avaliações hematológicas, bioquímicas e dosagem de catecolaminas; medidas de composição corporal; respostas hemodinâmicas e autonômicas (análise espectral da FC) ao teste de estresse mental; 2. avaliação carga voluntária máxima (CVM) no dinamômetro isocinético (cotovelo e joelho); 3. respostas hemodinâmicas e autonômicas (análise espectral da FC), e metabólicas (catecolaminas, lactato, glicemia, colesterol e triglicerídeos) a sessões de exercícios isométricos e isotônicos (joelho e cotovelo) com 50% da CVM obtida na fase 2. A deteções precoce da elevação da PA ou o entendimento das disfunções correlacionadas em resposta ao exercício pode ser muito importante para a prevenção da hipertensão em jovens com história familiar positiva de hipertensão, possibilitando a… (AU)

As transformações da família nas políticas de enfrentamento da violência contra a mulher do Município de Campinas a partir das noções de seus profissionais

Beneficiário:
Instituição: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Maria Filomena Gregori
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Antropologia Urbana
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:08/56880-0
Vigência: 01 de março de 2009 - 28 de fevereiro de 2011
Assunto(s):FamíliaPolíticas públicas
Resumo
A proposta deste projeto é observar os reflexos da mudança no foco das políticas públicas de enfrentamento à violência de gênero em âmbito doméstico, na década de 1990, da mulher para a família e as implicações em sua implementação. Propõe-se observar tais implicações a partir da prática cotidiana dos profissionais dos "Centros de Atendimento à Mulher Vítima de Violência", da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e dos Juizados Especiais Criminais (Jecrins), no município de Campinas (São Paulo). Será efetuado um estudo documental das políticas públicas sobre a violência de gênero e um estudo etnográfico nos espaços onde estas políticas são implementadas. O trabalho partirá da análise documental da "Norma Técnica de Uniformização - Centros de Referência e Atendimento à Mulher em Situação de Violência" (Brasil, 2004), "Normas Técnicas de Padronização - Delegacias Especializadas de atendimento à Mulher" (Brasil, 2003), a atual configuração da Lei 9099/95 (Brasil, 1995) e a Lei Maria da Penha nº. 11.340/06 (2006). Articulado a essa análise, propõe-se um estudo etnográfico no SOS-Ação Mulher e Família de Campinas (SP), na DDM e nos Jecrins de Campinas, Estado de São Paulo. O esforço será em desvendar como as categorias de violência de gênero, família e mulher articulam-se nesses espaços. Sustenta-se como hipótese que a mudança de foco dessas políticas da mulher para a família na década de 1990, diluiu a especificidade e a problemática da violência contra a mulher. Sustenta-se, ainda, a percepção de que o enfrentamento da violência por parte dos profissionais dos espaços citados parte de noções próprias sobre família, mulher e violência, respaldas por seus valores morais e religiosos. (AU)

Pintura e identidade: Pernambuco e suas representações artísticas, de 1930 a 1970

Beneficiário:
Instituição: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Lilia Katri Moritz Schwarcz
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:08/58676-1
Vigência: 01 de abril de 2009 - 28 de fevereiro de 2014
Resumo
Este projeto de doutorado busca compreender as relações entre produção artística e as disputas políticas travadas por grandes famílias no Estado de Pernambuco entre os anos de 1930 e 1980. O agenciamento do parentesco e o estabelecimento de alianças familiares para o domínio político de Estados do Nordeste, já foi objeto de outros autores. Neste projeto, procura-se compreender como a produção artística produzida ou financiada por membros destas mesmas famílias se relacionam com as disputas políticas travadas por suas parentelas. Dito de outro modo pretende-se compreender de que maneira os embates familiares na política determinam e são determinados pelas opções estéticas e imagens construídas por artistas que “são integrantes ou são financiados por ramos dessas famílias. Não se trata de condicionar a arte à política, mas sim de compreender como a construção de uma estética, que diz sobre Pernambuco e sobre o Nordeste, está imbricada em disputas familiares mais amplas. Para tanto se optou por focar nas artes plásticas produzidas por artistas pernambucanos entre os anos de 1930 e 1980. Este longo período é importante para que, em uma análise diacrônica, seja possível perceber os movimentos das alianças políticas e, ao mesmo tempo, as inovações estéticas que cada artista ou grupo de artistas, propôs em cada contexto. A partir daí, identificar-se-á as disputas simbólicas no interior da elite pernambucana na forma de representar as famílias, a parentela e o Estado. (AU)

A família e a obesidade mórbida: um estudo da dinâmica familiar a partir do discurso de pacientes submetidos a cirurgia bariátrica

Beneficiário:
Instituição: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Francisco Hashimoto
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:07/57258-9
Vigência: 01 de março de 2008 - 28 de fevereiro de 2010
Assunto(s):Cirurgia bariátricaFamíliaObesidade mórbida
Resumo
A presente pesquisa objetiva uma investigação compreensiva da dinâmica familiar dos pacientes obesos mórbidos, que passaram pela cirurgia de redução de estômago. Visando contribuições que este estudo pode trazer para o referido tema, pretende-se pesquisar como são vivenciadas as possíveis e prováveis transformações ocorridas em suas relações familiares, assim como as limitações às quais o sujeito se vê forçado a encarar a partir da perda de parte do estômago. Tal objetivo será alcançado através de estudo com 4 pacientes do ambulatório de obesidade mórbida junto a Faculdade de Medicina de Marília (FAMEMA), hospital esse que é referência regional. A incidência da obesidade entre as populações cresce a cada dia e se torna um grave problema de saúde pública. Além da modificação dos hábitos alimentares e estilo de vida das famílias, outra solução encontrada para este problema foi à cirurgia bariátrica; alternativa essa que vem sendo muito utilizada nos últimos anos. Considerando o indivíduo e o meio em que está inserido, a obesidade é vista como sendo produzida a partir de fatores culturais, biológicos e psicológicos diversos; o recorte no qual está centrada a pesquisa é de ordem psicológica tomando por base o referencial teórico psicanalítico com enfoque nos pressupostos da teoria de família. (AU)

A família e a morte: estudo fenomenológico com adolescentes, genitores e avós

Beneficiário:
Instituição: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Lígia Ebner Melchiori
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia do Desenvolvimento Humano
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:08/52180-4
Vigência: 01 de março de 2009 - 31 de agosto de 2010
Assunto(s):FamíliaFenomenologiaMorte
Resumo
Poucas são as pesquisas brasileiras que buscam compreender a morte sob a perspectiva do ser humano saudável ao longo de sua existência no mundo, bem como do ponto de vista da família. Desse modo, considera-se a necessidade de estudos que propiciem a abordagem e a reflexão sobre este tema que ainda é um tabu em muitas culturas, permitindo a ampliação da compreensão, não apenas sobre a morte em si, mas também sobre a própria vida de cada ser humano, uma vez que vida e morte circunscrevem-se mutuamente na existência humana. As concepções presentes na vida de cada indivíduo são desenvolvidas ao longo do ciclo vital e os genitores desempenham um papel muito importante em relações à transmissão de valores e crenças a seus filhos, o que repercutirá no modo pelo qual a vida e a morte serão compreendidas e significadas pelos diferentes membros do grupo familiar, em cada etapa de seu desenvolvimento. Neste sentido, o presente projeto de pesquisa tem como objetivo compreender as concepções e significados familiares do fenômeno da morte em três gerações distintas, de modo que participarão do estudo seis famílias que tenham filhos adolescentes, ambos os genitores vivendo juntos e, pelo menos, dois avós vivos. Trata-se de um estudo de natureza qualitativa, que utilizará o método fenomenológico para a coleta e compreensão das vivências dos participantes. A possibilidade de compreender as vivências individuais dos componentes de uma mesma família, em fases diferentes do ciclo de vida, oferece uma maior compreensão sobre como tais vivências se entrelaçam trigeracionalmente, lançando um novo olhar sobre o fenômeno e buscando dar uma contribuição ao estudo da morte em nossa cultura, bem como uma possível contribuição à elaboração e implementação de trabalhos psico-educativos e preventivos em diversos contextos da "existência humana e da prática de diferentes profissionais. (AU)

Caprinocultura: pesquisas aplicadas ao desenvolvimento rural familiar da região de Itapetininga, estado de São Paulo, Brasil

Beneficiário:
Instituição: Instituto de Economia Agrícola (IEA). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Elizabeth Alves e Nogueira
Instituição parceira: Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Instituto de Economia Agrícola (IEA)
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Demografia - Política Pública e População
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa em Políticas Públicas
Processo:01/12933-4
Vigência: 01 de novembro de 2002 - 30 de abril de 2003
Publicação FAPESP sobre o auxílio:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Pesquisa...publicas_60_67_68.pdf
Assunto(s):Produção animalCaprinoculturaDesenvolvimento ruralItapetininga (SP)
Resumo
O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) destinou em 1999 recursos para três estudos sobre a região sudoeste paulista (que envolve Itapetininga), mas a continuidade dos projetos foi prejudicada, pois o programa financiou só o primeiro ano das pesquisas. Com resultados parciais e a mobilização dos agricultores familiares locais obtida, pretende-se dar continuidade às pesquisas iniciadas sobre a caprinocultura, trabalhando de forma interinstitucional, multidisciplinar e em parceria com entidade que se comprometa a implementar a atividade local. O objetivo do projeto é dar sustentabilidade à produção familiar regional, adequando a criação aos moldes familiares, em bases técnico-científicas de pesquisas sistêmica e analítica. A premissa básica é que todas as atividades previstas sejam realizadas de forma participativa e que os produtores familiares tornem- se questionadores das técnicas e práticas modernas e reivindiquem informações e ações adequadas ao seu interesse. Especificamente visa: à caracterização zootécnica/ socioeconômica dos caprinocultores; à avaliação técnico- econômica de alternativas alimentares dos caprinos; às novas formas de organização dos produtores familiares; à promoção, capacitação e treinamento para facilitar a incorporação de tecnologias produtivas apropriadas; aos estudos de mercados e da infraestrutura de produção, beneficiamento e comercialização; e à validação das pesquisas para o sistema produtivo familiar regional. O perfil dos produtores será elaborado a partir do Sistema de Suporte à Elaboração do Plano Diretor Agrícola Municipal e Diagnóstico Rápido Participativo, envolvendo produtores familiares/representantes locais; os cadastros e acompanhamento do rebanho a partir de exames laboratoriais; a viabilidade técnica econômica de volumosos a partir de tratamentos experimentais; as especificidades dos mercados pela revisão de literatura e dados secundários; a capacitação e treinamento para incorporação de novas tecnologias pela realização de cursos, dias de campo e extensão. (AU)

Avaliação das terras do estado de São Paulo visando o apoio de decisões ligadas a agricultura familiar

Beneficiário:
Instituição: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Gerd Sparovek
Instituição parceira: Ministério de Desenvolvimento Agrário (Brasil). Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA)
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa em Políticas Públicas
Processo:01/13143-7
Vigência: 01 de janeiro de 2003 - 31 de maio de 2006
Publicação FAPESP sobre o auxílio:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Pesquisa...publicas_6_27_27.pdf
Assunto(s):Economia agrícolaTerra públicaAgricultura familiarReforma agráriaBanco de dadosSão Paulo (SP)
Resumo
O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária INCRA desenvolveu durante 1999 a 2001 um projeto de cooperação com a Universidade de São Paulo (http://www.mda.gov.br/incra/fao/defaulthtm disponível sob Sist de Informações) no qual foram desenvolvidos métodos de avaliação de terras específicas para agricultura familiar. A equipe proposta para o projeto aqui descrito é parte da mesma equipe que executou o projeto de cooperação citado anteriormente. O SIATe (Sistema de Avaliação da Viabilidade de Terra para Agricultura Familiar) que resultou desta cooperação foi desenhado para a avaliação de imóveis rural (fazendas) e esta em fase de implantação no INCRA. O projeto proposto tem como objetivo aplicar os conceitos utilizados no SIATe num banco de dados digital para o estado de São Paulo. O resultado desta ampliação de escala (imóvel rural para estado) será uma melhor definição da aptidão das terras do estado para agricultura familiar. Estas informações são importantes para a atividade de planejamento estratégico dos órgãos responsáveis pela reforma agrária no estado (INeRA e ITESP), bem como para a definição de outras ações governamentais de incentivo da agricultura familiar (Pronaf, Proger-Rural, Banco da Terra). A melhor definição da aptidão das terras para agricultura familiar será decorrente da incorporação no SIATe de diversas variáveis conhecidas por influenciar o desenvolvimento da agricultura familiar mas que não são consideradas atualmente nos métodos de avaliação de terras utilizados pelo INCRA. As novas variáveis são uma ampliação dos atributos do meio físico e a incorporação de diversas variáveis regionais (vizinhança, entorno, mercado entre outras) avaliadas em sistemas de produção identificados como viáveis em sistemas de produção familiar. Além disto, pretende-se capacitar os técnicos do INCRA (SP) e ITESP na utilização e gerenciamento deste sistema, adicionando assim mais uma importante ferramenta ao processo de tomada de decisão destes órgãos públicos. As informações geradas também devem ficar disponíveis ao público através de um site. (AU)

Dinâmicas familiares na perspectiva de crianças abrigadas

Beneficiário:
Instituição: Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Guarulhos. Guarulhos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Fernanda Müller
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:09/51738-4
Vigência: 01 de fevereiro de 2010 - 14 de outubro de 2010
Assunto(s):AbrigoEducação infantilEnsino fundamentalInfância
Resumo
O presente projeto de pesquisa tem por objetivo principal investigar concepções de crianças abrigadas sobre as suas famílias biológicas ou de origem. O campo de pesquisa definido é um abrigo do município de Guarulhos/São Paulo. Serão considerados sujeitos principais da investigação aquelas crianças que mantêm vínculos com suas famílias e inclusive as visitam. O estudo se valerá de um corpus teórico interdisciplinar. O método etnográfico será utilizado, combinado com outros dados produzidos com as crianças, como o uso da fotografia, sessões de gravação de vídeo, produção de desenhos e conversas. Os dados serão analisados em duas etapas: a) escrita de perfis das crianças e suas famílias; b) análise de categorias emergentes da produção de dados com as crianças. O estudo pretende apresentar resultados que contribuam com políticas públicas que apóiem famílias e a qualidade de atendimento nos abrigos. Também, espera contribuir para construção de políticas que garantam a qualidade do atendimento às crianças na Educação Infantil e no Ensino Fundamental. (AU)

A prisão no cotidiano das famílias de presidiários

Beneficiário:
Instituição: Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCHS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Franca. Franca, SP, Brasil
Pesquisador responsável:José Fernando Siqueira da Silva
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Serviço Social - Fundamentos do Serviço Social
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:10/00632-9
Vigência: 01 de abril de 2010 - 31 de dezembro de 2010
Assunto(s):Auxílio-reclusãoPrisõesFamíliaServiço social
Resumo
Este projeto tem como proposta analisar como as famílias dos reclusos vivenciam as conseqüências sociais da prisão na sua vida cotidiana considerando as mudanças decorrentes da prisão e a situação de vulnerabilidade do núcleo familiar após a retirada de um de seus membros. Vale destacar que a negativa do benefício previdenciário Auxílio-Reclusão também influi nesse processo, assunto que será tratado mais especificamente pela pesquisa. Sendo assim, a pesquisa será realizada com as famílias dos reclusos atendidas pelo Projeto Auxílio-Reclusão que é desenvolvido na Unidade Auxiliar Centro Jurídico Social - UNESP/Franca (CJS) através de entrevistas por meio da técnica da gravação. O CJS é campo de estágio curricular da proponente e servirá de celeiro empírico para desenvolver o estudo. (AU)

Variações tipográficas: parâmetros para o desenvolvimento de famílias tipográficas digitais

Beneficiário:
Instituição: Campus Santo Amaro. Centro Universitário Senac. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial São Paulo (SENAC-SP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Priscila Lena Farias
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Desenho Industrial - Programação Visual
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:08/02143-5
Vigência: 01 de março de 2009 - 30 de novembro de 2010
Assunto(s):Comunicação visualDesign gráficoTipografia
Resumo
Esta proposta de pesquisa tem como objetivo a definição de parâmetros para o desenvolvimento de famílias tipográficas digitais a partir de uma fonte digital em versão romana. Entende-se por família tipográfica um conjunto de fontes com caracteres análogos em estrutura formal, mas com diferenças de estilo (por exemplo, romano e itálico), peso (por exemplo, regular e negrito) e largura (por exemplo, normal e condensado), aqui identificadas como variações tipográficas. O trabalho envolverá levantamento bibliográfico,entrevista com profissionais ligados ao design de tipos e testes de aplicação. Entre os resultados esperados, encontra-se a proposição de recomendações para o desenvolvimento de variações tipográficas, que serão aplicadas em fontes romanas não serifadas. A validação destes parâmetros será feita através da comparação entre variações presentes em famílias tipográficas já existentes e os resultados da aplicação dos parâmetros na versão romana destas famílias. (AU)
Página 8 de 7.783 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s) | Limpar seleção
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP