site da FAPESP
 

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
Auxílios à Pesquisa
Bolsas
Programas voltados a Temas Específicos
Programas de Pesquisa direcionados à Aplicação
Programas de Infraestrutura de Pesquisa
Área do conhecimento
Situação
Ano de início
917 resultado(s)
|

Para além da representação: conexões entre educação e estudos de cinema e vídeo experimentais

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Educação (FE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Antonio Carlos Rodrigues de Amorim
Anfitrião: Pasi Valiaho
Local de pesquisa: Goldsmiths, University of London (Inglaterra)
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Processo:15/25656-1
Vigência: 01 de agosto de 2016 - 31 de janeiro de 2017
Assunto(s):Cinema experimental
Resumo
Este projeto refere-se a estágio de pesquisa no exterior, a ser desenvolvido no Departamento de Mídia e Comunicação, do Goldsmiths College, Universidade de Londres, sob supervisão do Professor Pasi Väliaho. Nele, buscam-se aproximações entre educação e as teorizações de Gilles Deleuze e demais filósofos pela via das visualidades, a fim de compreender os múltiplos sentidos derivados especialmente da relação entre a classificação da educação como produção científica ou estético-artística e filosófica. A teorização é construída dentro do campo dos conceitos de Gilles Deleuze e demais filósofos, questionando o poder da representação, por sua vinculação com a verdade e a identidade, a partir de férteis, instigantes e potencialmente originais intercessões com o campo de estudos audiovisuais, especialmente as produções artísticas em vídeo e cinema experimentais, que configurarão um conjunto de materiais a serem analisados. (AU)

Uma tecitura narrativa sobre a história da geografia escolar: livros escolares, currículo e produção cultural no Brasil entre 1930 e 1969

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro, SP, Brasil
Pesquisador responsável:João Pedro Pezzato
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:16/04813-4
Vigência: 01 de junho de 2016 - 31 de maio de 2019
Assunto(s):CurrículoEscola novaCultura escolar
Resumo
O livro escolar é contextualizado de acordo com suas características de produção editorial, de atualização técnica, de ser apontado como veículo de transmissão ideológica, de representar uma materialidade histórico-cultural das disciplinas escolares e de se constituir culturalmente a partir das oscilações imprimidas pelas políticas curriculares ao longo do tempo. Nesse sentido, este trabalho está inserido no âmbito da história da disciplina escolar de Geografia no Brasil a partir da produção de livros e manuais escolares, a qual apresenta algumas lacunas no que tange à sua constituição histórico-cultural, curricular e por finalidades em relação ao movimento da Escola Nova. Diante disso, temos como objetivo central tecer uma narrativa argumentativa e interpretativa sobre aspectos da história da disciplina Geografia a partir da relação entre as políticas curriculares e a produção dos livros escolares enquanto produção cultural escolar no período entre 1930 e 1969. Para tanto, pretendemos realizar uma pesquisa e análise documental, segundo os pressupostos qualitativos de Bacellar e Bogdan e Biklen aos manuais escolares e currículos oficiais do período, levando em conta as produções e currículos em nível nacional e regional. Enquanto referencial teórico, nos pautamos em Escolano, Lestegás e Choppin para o estudo dos livros e manuais escolares enquanto materialização cultural da escola; Saviani e Romanelli para a contextualização do movimento escolanovista no Brasil; bem como Almeida, Pontuschka, Moraes, Santos e Ferracini para a questão da constituição da Geografia acadêmica e escolar no Brasil bem como suas representações nos livros escolares. (AU)

Avaliação dos efeitos de um programa de ensino individualizado na aquisição de leitura e escrita de alunos com deficiência intelectual

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Lidia Maria Marson Postalli
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Experimental
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:15/23136-0
Vigência: 01 de junho de 2016 - 31 de maio de 2017
Assunto(s):Ensino individualizadoDeficiência intelectual
Resumo
A aprendizagem de leitura e escrita é considerada indispensável para a sobrevivência em uma sociedade que privilegia o código escrito. Com a inclusão escolar, o aluno com deficiência intelectual tem garantida a matrícula na rede regular de ensino e condições de ensino para aprendizagem dos conteúdos curriculares. Entretanto, o aluno com deficiência intelectual desafia a escola em suas práticas frente a um aluno que demanda uma maneira própria de aprender. Diante desses aspectos, mostra-se importante um ensino de modo sequencial e individualizado para que o processo seja realizado conforme a demanda e ritmo do aluno. O objetivo da presente pesquisa será ampliar a amostra de alunos com deficiência intelectual expostos ao Módulo 1 de ensino individualizado de leitura e escrita, desenvolvido por de Rose e colaboradores, e avaliar os efeitos na aquisição de um repertório inicial de leitura de palavras dissílabas e trissílabas por alunos com deficiência intelectual incluídos em escola regular de ensino. Após a avaliação inicial das habilidades alvo, três participantes (com repertório de leitura igual ou inferior a 50% de acertos na avaliação inicial) serão expostos individualmente a sessões de ensino, intercaladas com sessões de avaliações. O programa prevê o ensino de 51 palavras, ensinadas três a três (distribuídas em 17 passos). Serão medidas de desempenho os índices de acertos, a quantidade de exposição para alcançar o critério de aprendizagem em cada passo e a quantidade de palavras de ensino e de palavras novas lidas. (AU)

Reflexos do PIBID na prática pedagógica de licenciandos em química envolvendo o conteúdo oxirredução

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Carmen Fernandez
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Ensino-aprendizagem
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Processo:16/08677-8
Vigência: 01 de junho de 2016 - 31 de maio de 2018
Vinculado ao auxílio:13/07937-8 - Redoxoma, AP.CEPID
Resumo
Neste projeto pretende-se documentar o desenvolvimento do conhecimento pedagógico do conteúdo (PCK) relativo a reações de oxirredução de licenciandos em química inseridos no programa PIBID (Iniciação à Docência). Como parte do projeto PIBID os licenciandos desenvolvem sequências de ensino referentes ao conteúdo oxirredução para os alunos do Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos das escolas campo em que eles estão inseridos. Esse processo pressupõe uma análise epistemológica do conteúdo redox, das concepções alternativas comuns, dos materiais curriculares, dos objetivos dos alunos, dos propósitos de ensino desse conteúdo e das estratégias de ensino para que, a seguir, a seleção, adaptação e planejamento de atividades didáticas possam acontecer. As aulas planejadas serão aplicadas em contextos reais nas escolas campo e todo o processo de planejamento, intervenção e aplicação será registrado em áudio e vídeo. Os dados serão coletados por meio dos registros audiovisuais, questionários, entrevistas semiestruturadas e Representações de Conteúdo (CoRes). A análise será baseada na documentação do desenvolvimento do PCK desses licenciandos utilizando a análise de conteúdo, por meio das categorias do modelo de Conhecimento Base de Grossman e as categorias do modelo de PCK de Park e Oliver. Este trabalho pretende documentar o desenvolvimento do conhecimento docente de licenciandos em formação inicial no contexto do PIBID ao longo de suas trajetórias como bolsistas. (AU)

A construção curricular do Liceu literário português no Segundo Reinado no Brasil

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Educação (FE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Alexandro Henrique Paixão
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:16/00923-0
Vigência: 01 de junho de 2016 - 31 de maio de 2017
Assunto(s):História da educaçãoSociologia educacional
Resumo
Este projeto propõe conhecer a composição curricular presente no Liceu Literário Português do Rio de Janeiro, durante o final do Império Brasileiro, pensando-o como fruto da necessidade da construção de um currículo a fim de atender determinadas demandas sociais da época. Trata-se, a princípio, de uma análise do desenrolar das reformas políticas voltadas à função da educação nesse período, partindo, posteriormente, ao estudo da evolução do currículo escolar do Liceu Português no Município da Corte. Portanto, cabe observar a organização didático-curricular do citado estabelecimento no período do Segundo Reinado do Brasil, buscando identificar a trajetória de sua composição curricular. O projeto estará pautado em fontes primárias constituídas pelos arquivos do Liceu Literário Português e em fontes secundárias representadas pelos estudos realizados acerca do tema em diferentes instituições nesse mesmo período histórico, estabelecendo paralelos entre o currículo do Liceu e dos demais estabelecimentos de ensino que coexistiram até o final do Império. (AU)

Análise de viabilidade técnica e científica para ferramenta de roteirização e inteligência educacional com mapeamento de métricas e indicadores

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Cross Reality Sistemas Ltda
Pesquisador responsável:Reginaldo Aparecido Gotardo
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:16/06353-0
Vigência: 01 de maio de 2016 - 31 de outubro de 2016
Vinculado ao auxílio:13/50882-0 - Ferramenta de roteirização e inteligência educacional com mapeamento de métricas e indicadores, AP.PIPE
Assunto(s):Matemática
Resumo
Vários fatores influenciam o desempenho escolar, interferindo e empobrecendo as relações de ensino e aprendizagem, dentre eles: o número de alunos em sala de aula, a indisciplina, intensa jornada de trabalho dos professores, e o uso indevido do celular, ou da própria internet pelos alunos. Assistese a uma dificuldade crescente do professor em atender com qualidade as necessidades de seus alunos, inviabilizando intervenções didáticopedagógicas eficazes. Nós propomos o uso da tecnologia em sala de aula (tablets, celulares, internet e jogos) como aliada do desempenho escolar, além de incrementar o letramento digital. Até pouco tempo atrás, buscou-se a adaptação da escola às novas tecnologias, hoje a busca é por uma inserção da tecnologia no ambiente escolar, adaptando também o uso de ferramentas pensadas para esses ambientes, integrando alunos, professores, gestores e pais. De acordo com reportagem publicada no jornal Estadão 75% dos professores desenvolvem menos de 80% do conteúdo necessário no ano letivo. Isto influência nos baixos índices avaliativos demonstrados nas avaliações externas realizadas pelo Ministério da Educação (MEC) e amplamente divulgados pelas mídias. No entanto cabe ao professor, no dia a dia da sala de aula, o trabalho de aferir conceitos, de acompanhar e avaliar os alunos e propor novos encaminhamentos. Essa complexa tarefa, necessita de tempo eanálise crítica dos resultados com os quais ele se depara para melhor obtenção do desempenho do aluno/classe.Defendemos a necessidade de uma prática avaliativa formativa e/ou processual e do uso de diferentes instrumentos avaliativos dinâmicos e tecnológicos, contudo sem prescindir da análise e reflexão crítica, além dos habituais meios como as notas de avaliações escritas, e trabalhos (avaliação somativa). Oferecemos uma ferramenta de suporte ao professor na preparação das aulas, e acompanhamento do desempenho do aluno/classe (competências e habilidades). Através de atividades significativas e lúdicas os alunos cumprirão o conteúdo curricular, que o professor precisa aplicar no dia a dia, com avaliação contínua do desempenho. Esta ferramenta é a Plataforma de Educação Inteligente educacross (www.educacross.com.br). A plataforma educacross visa auxiliar no processo de ensino e aprendizagem, tanto na escolha analítica das atividades oferecidas na plataforma, quanto no acompanhamento sistemático dos resultados, redirecionando o papel da tecnologia na sala de aula. Essa plataforma visa incrementar o ambiente pedagógico tornando-o mais significativo e dinâmico através de jogos, atividades e desafios planejados e organizados auxiliando o professor em sua jornada. Todas as atividades desenvolvidas são monitoradas, auxiliando os atores desse processo (professores, alunos, pais e gestores). Quanto aos professores, poderão otimizar seu tempo em replanejamentos e intervenções a favor da aprendizagem. Já aos alunos, pais e gestores será possibilitada maior democratização dos resultados, normalmente restritos na relação aluno/professor. A plataforma educacross é composta de jogos indexados segundo os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) acompanhados de tutoriais em vídeos abordando aspectos pedagógicos, ferramentas para monitoramento das atividades e ferramenta para planejamento de atividades (que chamamos de roteiros). Nesse sentido, esse projeto visa a criação de ferramentas para autoria de roteiros na Plataforma e sincronização com a aplicação do aluno. Além disto, visa identificar indicadores de utilização dos roteiros e prover recursos de visualização de dados para os professores, inicialmente (posteriormente, prover visualização para outros atores no processo educacional também). (AU)

Educação estética na formação inicial

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Laura Noemi Chaluh
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:15/19446-4
Vigência: 01 de maio de 2016 - 31 de dezembro de 2016
Assunto(s):LinguagemArtes
Resumo
O projeto de pesquisa pretende contribuir para uma melhor sistematização e análise da produção científica que trata da educação estética na formação inicial de professores (Pedagogia e Licenciaturas). Para isso pretendo fazer um levantamento de artigos localizados: a) nos Anais da ANPEd (2012, 2013, 2015) no Grupo de Trabalho: Didática, Formação de Professores, Currículo e Educação e Arte; b) nos Anais do EDUCERE (2011-2013-2015) em todos os eixos; c)nos Anais do ENDIPE (2010-2012-2014).Assim, pretendo desenvolver uma pesquisa bibliográfica (GIL, 1991) para, a partir desta, compreender as propostas de trabalho promovidas em relação à educação estética no contexto da formação de futuros professores. (AU)

Perspectivas para a integração das tecnologias na educação básica: ambientes tecnológicos e programação para o Ensino de Ciências

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Santo André, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Marcelo Zanotello
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Ensino Público
Processo:16/07378-7
Vigência: 01 de maio de 2016 - 30 de abril de 2017
Vinculado ao auxílio:15/24068-9 - Perspectivas para a integração das tecnologias na educação básica: ambientes tecnológicos e programação para o Ensino de Ciências, AP.EP
Assunto(s):Linguagem de programaçãoEnsino e aprendizagemEnsino de ciências
Resumo
Com relação à inserção das tecnologias na educação, ainda é frequente observar-se um uso descontextualizado, reproduzindo-se práticas pedagógicas estritamente instrucionais que não contribuem para o letramento midiático dos alunos e a integração efetiva das tecnologias ao currículo, em prol de uma educação criativa e colaborativa. A simples introdução de aparatos tecnológicos na escola é insuficiente para promover avanços significativos nas relações de ensino e aprendizagem. É preciso garantir uma formação docente específica, na qual o professor possa contar com uma parceria experiente em relação ao uso destes recursos para desenvolver seu potencial pedagógico. Diante deste contexto, buscamos compreender como a inserção das tecnologias no cotidiano educacional, integrada ao currículo de maneira contínua e contextualizada, pode transformar as práticas através de uma formação com vistas ao uso autônomo e consciente da tecnologia. Caracterizando-se como uma pesquisa colaborativa, de caráter qualitativo e que propicie a troca de saberes e a reflexão conjunta entre professores da escola e pesquisadores, este projeto tem por objetivos analisar a apropriação tecnológica educacional docente e discente, bem como os impactos nos processos de ensino e aprendizagem a partir de estratégias metodológicas e recursos variados em um ambiente adequado. Espera-se que as ações a serem realizadas propiciem relações frutíferas entre o oferecimento de um ambiente tecnológico adequado e as práticas pedagógicas desenvolvidas a partir dele por professores e alunos do ensino fundamental no âmbito da unidade escolar envolvida. (AU)

Perspectivas para a integração das tecnologias na educação básica: ambientes tecnológicos e programação para o Ensino de Ciências

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Santo André, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Marcelo Zanotello
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Ensino Público
Processo:16/07377-0
Vigência: 01 de maio de 2016 - 30 de abril de 2017
Vinculado ao auxílio:15/24068-9 - Perspectivas para a integração das tecnologias na educação básica: ambientes tecnológicos e programação para o Ensino de Ciências, AP.EP
Assunto(s):Linguagem de programaçãoEnsino e aprendizagemEnsino de ciências
Resumo
Com relação à inserção das tecnologias na educação, ainda é frequente observar-se um uso descontextualizado, reproduzindo-se práticas pedagógicas estritamente instrucionais que não contribuem para o letramento midiático dos alunos e a integração efetiva das tecnologias ao currículo em prol de uma educação criativa e colaborativa. A simples introdução de aparatos tecnológicos na escola é insuficiente para promover avanços significativos nas relações de ensino e aprendizagem. É preciso garantir uma formação docente específica, na qual o professor possa contar com uma parceria experiente em relação ao uso destes recursos para desenvolver seu potencial pedagógico. Diante deste contexto, buscamos compreender como a inserção das tecnologias no cotidiano educacional, integrada ao currículo de maneira contínua e contextualizada, pode transformar as práticas através de uma formação com vistas ao uso autônomo e consciente da tecnologia. Caracterizando-se como uma pesquisa colaborativa, de caráter qualitativo e que propicie a troca de saberes e a reflexão conjunta entre professores da escola e pesquisadores, este projeto tem por objetivos analisar a apropriação tecnológica educacional docente e discente, bem como os impactos nos processos de ensino e aprendizagem a partir de estratégias metodológicas e recursos variados em um ambiente adequado. Espera-se que as ações a serem realizadas propiciem relações frutíferas entre o oferecimento de um ambiente tecnológico adequado e as práticas pedagógicas desenvolvidas a partir dele por professores e alunos do ensino fundamental no âmbito da unidade escolar envolvida. (AU)

Interdisciplinaridade na educação básica: a experiência de uma instituição de ensino básico da rede estadual paulista

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCHS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Franca. Franca, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Hilda Maria Gonçalves da Silva
Pesquisadores associados:Ricardo Ribeiro; Célia Maria David
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Ensino Público
Processo:15/23589-5
Vigência: 01 de maio de 2016 - 30 de abril de 2017
Assunto(s):Estudos interdisciplinares
Resumo
A proposta deste trabalho consiste em desenvolver atividades interdisciplinares, na área de humanidades, em uma escola de educação básica, com especial atenção para as séries finais do ensino fundamental. Parte-se do entendimento de que a fragmentação, provocada pela distribuição das disciplinas como atividades isoladas de diferentes professores, tem prejudicado uma produção do conhecimento mais coerente e integrada pelo aluno. Desse modo, acredita-se que a articulação do trabalho entre os docentes que atendem a um mesmo grupo de alunos seja fundamental para a sistematização e a otimização do processo de aprendizagem. Nessa perspectiva é objetivo da pesquisa promover junto aos docentes de Língua Portuguesa, Geografia e História um trabalho articulado no acompanhamento de algumas das atividades acadêmicas dos estudantes, por meio da idealização e do desenvolvimento interdisciplinar de algumas das atividades do currículo. Tais atividades serão desenvolvidas tendo como recursos: a música, os filmes e a literatura. A dinâmica e os impactos dessas atividades devem ser revisitados periodicamente, num processo de orientação e reorientação promovido pelos docentes, sempre numa perspectiva de efetivação da integração dos saberes. O método dialético comporá este estudo na medida em que parte-se da ideia de que o diálogo, a reflexão e as ações colaborativas entre as equipes de pesquisa e docente serão capazes de promover uma maior integração entre os saberes das diferentes disciplinas do currículo. Propõe-se a partir daí um trabalho de intervenção junto à escola, orientado por alguns paradigmas propostos por estudiosos da temática (Charlot, Saviani, Orsolon, Thiesen, Moreira entre outros) procurando confirmar, ou refutar a tese levantada. Finalmente, a proposição dialética da mudança qualitativa ganha destaque, uma vez que o resultado do trabalho de intervenção, orientado pelas pesquisas atuais sobre a matéria, oferecerá uma síntese das potencialidades, bem como dos limites da hipótese inicial. Dessa forma, busca-se a contribuição no sentido de fazer avançar o trabalho da equipe escolar envolvida, potencializar a difusão dos resultados da proposta e a ampliação dos conhecimentos na área, em função dos resultados obtidos. (AU)

Sistema educacional online para o ensino híbrido

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Mupi Tecnologia e Serviços de Informação Ltda
Pesquisador responsável:Paula Rodrigues Furtado
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:16/02680-7
Vigência: 01 de abril de 2016 - 31 de outubro de 2016
Vinculado ao auxílio:14/22660-5 - Sistema educacional online para o ensino híbrido, AP.PIPE
Resumo
A necessidade da presença das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDICs) na educação não é mais novidade no momento atual. Há pouco tempo não era possível imaginar a dimensão das mudanças sociais consequentes do uso da internet e agora , devido a ela, temos a grande demanda do ensino e da aprendizagem de novas habilidades como desafio. Nas últimas décadas, muitos foram os estudos e as tentativas de encontrar o melhor caminho de fazer uso das TDICs no contexto escolar, passando pela inserção de aparatos tecnológicos na sala de aula até a alteração nos modos de pensar metodologias e estratégias pedagógicas. Hoje, em uma vertente das mais inovadoras, algumas escolas do mundo inteiro tentam alinhar-se à abordagem do Ensino Híbrido a qual, através de diferentes metodologias de ensino que atuam de maneira conjunta, busca a melhor mescla entre online e presencial, entre digital e físico, objetivando a personalização do caminho de aprendizagem de cada indivíduo mas sempre o situando socialmente. O presente projeto propõe a pesquisa e o desenvolvimento de um sistema educacional online que auxilie e também incentive a melhoria continua no processo de inovação do ensino e da instituição escolar. O sistema será composto por ferramentas que facilitem a adequação da abordagem do Ensino Híbrido e o processo de personalização do ensino. Atualmente, para que isso seja efetuado no corpo escolar, são utilizadas ferramentas digitais de diversas origens, causando confusão no momento da escolha e muitas vezes trazendo o desgaste devido à variedade disponível na rede. Além disso, o professor é sobrecarregado ao passo que além de acompanhar seus alunos, precisa aprender a sempre lidar com diferentes ferramentas e preparar aulas considerando todas essas variáveis. Assim, o sistema aqui proposto quer facilitar ao professor a utilização de metodologias condizentes com os objetivos de aprendizagem demandados pelas práticas sociais atuais, o acompanhamento individual de cada aluno, através da oferta de dados já transformados em informações pertinentes, e o processo de inovação das instituições de ensino que precisam estar condizentes com os parâmetros curriculares nacional. (AU)

Perspectivas para a integração das tecnologias na educação básica: ambientes tecnológicos e programação para o Ensino de Ciências

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Santo André, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Marcelo Zanotello
Pesquisadores associados:Elaine Silva Rocha Sobreira; Sandra Estefânia de Almeida; Flavia Aparecida da Silva Zocoler; Verônica Gomes dos Santos; Eliete de Moura Beserra Esturari; Andressa Cristina Catapani Torel; Nelson Studart Filho
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Ensino Público
Processo:15/24068-9
Vigência: 01 de abril de 2016 - 31 de março de 2018
Assunto(s):Linguagem de programaçãoEnsino e aprendizagemEnsino de ciências
Resumo
Com relação à inserção das tecnologias na educação, ainda é frequente observar-se um uso descontextualizado, reproduzindo-se práticas pedagógicas estritamente instrucionais que não contribuem para o letramento midiático dos alunos e a integração efetiva das tecnologias ao currículo, em prol de uma educação criativa e colaborativa. A simples introdução de aparatos tecnológicos na escola é insuficiente para promover avanços significativos nas relações de ensino e aprendizagem. É preciso garantir uma formação docente específica, na qual o professor possa contar com uma parceria experiente em relação ao uso destes recursos para desenvolver seu potencial pedagógico. Diante deste contexto, buscamos compreender como a inserção das tecnologias no cotidiano educacional, integrada ao currículo de maneira contínua e contextualizada, pode transformar as práticas através de uma formação com vistas ao uso autônomo e consciente da tecnologia. Caracterizando-se como uma pesquisa colaborativa, de caráter qualitativo e que propicie a troca de saberes e a reflexão conjunta entre professores da escola e pesquisadores, este projeto tem por objetivos analisar a apropriação tecnológica educacional docente e discente, bem como os impactos nos processos de ensino e aprendizagem a partir de estratégias metodológicas e recursos variados em um ambiente adequado. Espera-se que as ações a serem realizadas propiciem relações frutíferas entre o oferecimento de um ambiente tecnológico adequado e as práticas pedagógicas desenvolvidas a partir dele por professores e alunos do ensino fundamental no âmbito da unidade escolar envolvida. (AU)

Filosofia no Ensino de Ciências: problematizando discursos no pensamento científico contemporâneo

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Educação (FE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Maurício Pietrocola Pinto de Oliveira
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:15/21926-4
Vigência: 01 de março de 2016 - 28 de fevereiro de 2019
Assunto(s):Análise do discursoEnsino de ciênciasFilosofia da ciência
Resumo
A partir deste projeto de pesquisa objetiva-se investigar os pressupostos filosóficos que fundamentam o ensino de ciências, almejando compreender o pensamento científico que se sustenta na sociedade e problematizar a ciência com base em referenciais da filosofia contemporânea, especialmente Foucault e Nietzsche. Além disso, analisar os discursos na construção do conhecimento presentes nas produções acadêmicas, buscando entender as constituições de verdades científicas no campo educacional. A pesquisa, de natureza qualitativa, terá abordagem bibliográfica a partir da busca de literatura científica nas bases bibliográficas online: Web of Science, Google Acadêmico e Banco de Teses da CAPES, a fim de encontrar percepções, entendimentos e categorias analíticas que permitam construir outros sentidos para os discursos presentes nas temáticas. Outrossim, será realizado uma pesquisa documental sobre os PCN e livros didáticos (BRASIL, 1998; 2012), esperando considerar a temática frente às propostas de mudanças curriculares e metodológicas das práticas escolares. A análise dos dados se dará de forma teórico-conceitual, acerca do discurso (FOUCAULT, 2012) presente nas relações entre a filosofia e o ensino de ciências, investigando e problematizando mecanismos, por meio dos quais, práticas presentes nos referencias encontrados na pesquisa constroem verdades científicas. Acredita-se que a partir desta pesquisa é possível desestruturar algumas ligações que existem entre as ciências e a produção de conhecimento em uma visão positivista, trazendo distintos caminhos para essa temática. (AU)

Sistema educacional online para o ensino híbrido

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Mupi Tecnologia e Serviços de Informação Ltda
Pesquisador responsável:Paula Rodrigues Furtado
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:16/00619-9
Vigência: 01 de março de 2016 - 31 de outubro de 2016
Vinculado ao auxílio:14/22660-5 - Sistema educacional online para o ensino híbrido, AP.PIPE
Resumo
A necessidade da presença das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDICs) na educação não é mais novidade no momento atual. Há pouco tempo não era possível imaginar a dimensão das mudanças sociais consequentes do uso da internet e agora , devido a ela, temos a grande demanda do ensino e da aprendizagem de novas habilidades como desafio. Nas últimas décadas, muitos foram os estudos e as tentativas de encontrar o melhor caminho de fazer uso das TDICs no contexto escolar, passando pela inserção de aparatos tecnológicos na sala de aula até a alteração nos modos de pensar metodologias e estratégias pedagógicas. Hoje, em uma vertente das mais inovadoras, algumas escolas do mundo inteiro tentam alinhar-se à abordagem do Ensino Híbrido a qual, através de diferentes metodologias de ensino que atuam de maneira conjunta, busca a melhor mescla entre online e presencial, entre digital e físico, objetivando a personalização do caminho de aprendizagem de cada indivíduo mas sempre o situando socialmente. O presente projeto propõe a pesquisa e o desenvolvimento de um sistema educacional online que auxilie e também incentive a melhoria continua no processo de inovação do ensino e da instituição escolar. O sistema será composto por ferramentas que facilitem a adequação da abordagem do Ensino Híbrido e o processo de personalização do ensino. Atualmente, para que isso seja efetuado no corpo escolar, são utilizadas ferramentas digitais de diversas origens, causando confusão no momento da escolha e muitas vezes trazendo o desgaste devido à variedade disponível na rede. Além disso, o professor é sobrecarregado ao passo que além de acompanhar seus alunos, precisa aprender a sempre lidar com diferentes ferramentas e preparar aulas considerando todas essas variáveis. Assim, o sistema aqui proposto quer facilitar ao professor a utilização de metodologias condizentes com os objetivos de aprendizagem demandados pelas práticas sociais atuais, o acompanhamento individual de cada aluno, através da oferta de dados já transformados em informações pertinentes, e o processo de inovação das instituições de ensino que precisam estar condizentes com os parâmetros curriculares nacional. (AU)

Sistema educacional online para o ensino híbrido

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Mupi Tecnologia e Serviços de Informação Ltda
Pesquisador responsável:Paula Rodrigues Furtado
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:16/00638-3
Vigência: 01 de março de 2016 - 31 de outubro de 2016
Vinculado ao auxílio:14/22660-5 - Sistema educacional online para o ensino híbrido, AP.PIPE
Resumo
A necessidade da presença das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDICs) na educação não é mais novidade no momento atual. Há pouco tempo não era possível imaginar a dimensão das mudanças sociais consequentes do uso da internet e agora , devido a ela, temos a grande demanda do ensino e da aprendizagem de novas habilidades como desafio. Nas últimas décadas, muitos foram os estudos e as tentativas de encontrar o melhor caminho de fazer uso das TDICs no contexto escolar, passando pela inserção de aparatos tecnológicos na sala de aula até a alteração nos modos de pensar metodologias e estratégias pedagógicas. Hoje, em uma vertente das mais inovadoras, algumas escolas do mundo inteiro tentam alinhar-se à abordagem do Ensino Híbrido a qual, através de diferentes metodologias de ensino que atuam de maneira conjunta, busca a melhor mescla entre online e presencial, entre digital e físico, objetivando a personalização do caminho de aprendizagem de cada indivíduo mas sempre o situando socialmente. O presente projeto propõe a pesquisa e o desenvolvimento de um sistema educacional online que auxilie e também incentive a melhoria continua no processo de inovação do ensino e da instituição escolar. O sistema será composto por ferramentas que facilitem a adequação da abordagem do Ensino Híbrido e o processo de personalização do ensino. Atualmente, para que isso seja efetuado no corpo escolar, são utilizadas ferramentas digitais de diversas origens, causando confusão no momento da escolha e muitas vezes trazendo o desgaste devido à variedade disponível na rede. Além disso, o professor é sobrecarregado ao passo que além de acompanhar seus alunos, precisa aprender a sempre lidar com diferentes ferramentas e preparar aulas considerando todas essas variáveis. Assim, o sistema aqui proposto quer facilitar ao professor a utilização de metodologias condizentes com os objetivos de aprendizagem demandados pelas práticas sociais atuais, o acompanhamento individual de cada aluno, através da oferta de dados já transformados em informações pertinentes, e o processo de inovação das instituições de ensino que precisam estar condizentes com os parâmetros curriculares nacional. (AU)

Opiniões de estudantes do ensino médio sobre argumentos desengajadores possíveis de consideração para definição de voto eleitoral

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Educação (FE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Roberta Gurgel Azzi
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:15/26265-6
Vigência: 01 de março de 2016 - 28 de fevereiro de 2017
Assunto(s):Ensino médioTeoria social cognitiva
Resumo
O presente projeto, parte de um estudo maior intitulado JOVENS E POLÍTICA: DISCUSSÕES A PARTIR DA TEORIA SOCIAL COGNITIVA, investigará o que estudantes do ensino médio de escolas públicas pensam sobre argumentos desengajadores utilizados como possíveis justificativas para definição de voto eleitoral.Os argumentos desengajadores a serem analisados são associados à corrupção e venda de voto e teoricamente referem-se a mecanismos de desengajamento moral presentes na Teoria Social Cognitiva desenvolvida por Albert Bandura. Os dados serão coletados por meio de instrumento tipo Likert construído para a pesquisa maior da qual esta proposta é parte, além de questões de cunho sócio demográficos que permitirão identificar o que pensam alunos de séries e idades diferentes a respeito dos argumentos desengajadores relativos à definição de voto. Participarão da pesquisa 300 jovens estudantes do ensino médio com idade superior a 16 anos (a completar até 4 de maio). Os resultados serão analisados por meio de estatística descritiva e podem contribuir para a compreensão do pensamento juvenil sobre definição de voto e para discussão de temas curriculares relacionados à democracia e eleição. (AU)

Necessidades formativas de professores para o uso de tecnologias digitais: uma análise curricular

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Deise Aparecida Peralta
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Currículo
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:15/26166-8
Vigência: 01 de março de 2016 - 31 de dezembro de 2016
Assunto(s):Formação de professores
Resumo
Esta pesquisa busca identificar no currículo de Projetos Pedagógicos de Cursode licenciaturas em matemática de universidades públicas do estado de SãoPaulo características da formação de professores para o uso de tecnologiasdigitais no ensino de conteúdos curriculares. Guiandose pela análisedocumental e quantitativa, pretende-se constituir informações acerca daorganização curricular dos cursos de licenciatura em matemática, dascaracterísticas dos currículos destes cursos em relação a formação para o usode tecnologias digitais em sala de aula, da predominância da carga horária dasdisciplinas relacionadas aos conhecimentos específicos em matemática emdetrimento aos conhecimentos relativos aos fundamentos da educação, daformação para docência e de tecnologias digitais como recurso à práticapedagógica. (AU)

Formação continuada de professores de matemática em um ambiente integrado às tecnologias digitais

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Sueli Liberatti Javaroni
Supervisor no Exterior: Jaime Maria Monteiro de Carvalho e Silva
Local de pesquisa: Universidade de Coimbra (UC) (Portugal)
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Processo:15/10536-0
Vigência: 06 de fevereiro de 2016 - 06 de abril de 2016
Assunto(s):Educação matemáticaComunicação
Resumo
Nesse projeto de pesquisa temos o objetivo de investigar as potencialidades da comunicação para a reorganização do pensamento matemático em um curso semipresencial de formação de professores de Matemática, que foi desenvolvido em um ambiente integrado às tecnologias digitais, em particular ao GeoGebra. A partir dessa investigação, buscaremos aprofundar o estudo teórico sobre comunicação e tecnologias digitais no tocante à formação de professores de Matemática. Esse curso foi desenvolvido na cidade de Bauru e planejado por uma equipe formada por colaboradores vinculados a um projeto de maior envergadura, do qual este de doutorado faz parte. A pesquisa é de natureza qualitativa e os dados foram produzidos da seguinte forma: por meio da observação da pesquisadora ao longo de todo o processo; a partir de relatos de cada encontro, os quais foram feitos pela doutoranda e também pelos outros membros da equipe; registro de todas as atividades e discussões no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA); gravações das discussões coletivas acerca das atividades matemáticas realizadas e aplicação de questionário. A análise dos dados será feita sob a ótica do referencial teórico escolhido, ou seja, pela visão de conhecimento pautada na perspectiva de que ele é centrado em uma unidade constituída por Seres-humanos-com-mídias e na ideia de que a formação de professores está sempre em movimento. Assim, buscamos cumprir esse objetivo, bem como fomentar o uso das tecnologias digitais dentro das escolas públicas paulistas de Bauru, de forma que tal uso esteja articulado com o currículo do Ensino Fundamental II. (AU)

Políticas públicas de educação ambiental, sustentabilidade e ambientalização curricular no ensino superior

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências e Engenharia. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Tupã. Tupã, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Angélica Góis Morales
Anfitrião: Marta Susana Julia
Local de pesquisa: Universidad Nacional de Córdoba (UNC) (Argentina)
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Processo:15/13689-2
Vigência: 03 de fevereiro de 2016 - 02 de outubro de 2016
Assunto(s):Políticas públicasSustentabilidadeEducação ambientalUniversidade
Resumo
A educação ambiental pode ser compreendida como um componente educativo que busca uma ação consciente, crítica e transformadora das posturas em relação ao modo de conceber o ambiente, o mundo e sua relação com o sujeito, de forma a promover uma possível articulação entre as ciências naturais, humanas e sociais. A universidade, como promotora e responsável pelo processo de construção do conhecimento e da formação de valores, possui um papel importante na inserção da dimensão ambiental em suas diversas atuações. Dentre elas, a formação de profissionais preparados para atuarem na educação ambiental e na formulação e implantação de suas políticas públicas. Frente ao exposto, essa pesquisa tem como objetivo analisar a inserção da dimensão da educação ambiental nos cursos de graduação da Universidade Nacional de Córdoba (UNC/ Argentina), com foco em ambientalização curricular, sustentabilidade e políticas públicas no ensino superior. A abordagem metodológica caracteriza-se pelo enfoque qualitativo, com base em estudo de caso na Universidade Nacional de Córdoba. As etapas de pesquisa serão levantamento bibliográfico e documental, seguido de estudo descritivo e exploratório, pesquisa de campo e análise de conteúdo. As técnicas de pesquisa para coleta de dados serão: - entrevistas semiestruturadas para coordenadores dos cursos de graduação que apresentarem disciplinas ambientalizadas e para os responsáveis pela Unidade de Gestão Ambiental, e mais especificamente pelo Programa de Gestão Ambiental Sustentável da UNC; - questionários online para professores dos cursos que estão lidando diretamente com as questões ambientais em suas disciplinas. No ensino superior, sabe-se que iniciativas e novas experiências institucionais são constantes, incluindo novas propostas de ambientalização e sustentabilidades, principalmente na América Latina. Assim, com a execução desse projeto, esperam-se novas releituras e análises sobre a formação ambiental no contexto da educação superior, avaliação dessas experiências na América Latina, contribuindo em comparações futuras com o Brasil, geração de subsídios para políticas públicas e institucionais de ambientalização e sustentabilidade e, ainda, possibilidades para as parcerias e intercâmbio de conhecimento entre pesquisadores dos grupos de pesquisa envolvidos, ao compartilhar saberes e vivências ambientais no contexto universitário. (AU)

Sistema educacional online para o ensino híbrido

Beneficiário:
Pesquisador responsável:Paula Rodrigues Furtado
Empresa:Mupi Tecnologia e Serviços de Informação Ltda
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE  
Processo:16/00679-1
Vigência: 01 de fevereiro de 2016 - 31 de outubro de 2016
Vinculado ao auxílio:14/22660-5 - Sistema educacional online para o ensino híbrido, AP.PIPE
Assunto(s):Tecnologia educacionalEducação a distânciaInovaçãoEnsino e aprendizagemTecnologia da comunicaçãoTecnologia da informação
Resumo
A necessidade da presença das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDICs) na educação não é mais novidade no momento atual. Há pouco tempo não era possível imaginar a dimensão das mudanças sociais consequentes do uso da internet e agora, devido a ela, temos a grande demanda do ensino e da aprendizagem de novas habilidades como desafio. Nas últimas décadas, muitos foram os estudos e as tentativas de encontrar o melhor caminho de fazer uso das TDICs no contexto escolar, passando pela inserção de aparatos tecnológicos na sala de aula até a alteração nos modos de pensar metodologias e estratégias pedagógicas. Hoje, em uma vertente das mais inovadoras, algumas escolas do mundo inteiro tentam alinhar-se à abordagem do ensino híbrido a qual, através de diferentes metodologias de ensino que atuam de maneira conjunta, busca a melhor mescla entre online e presencial, entre digital e físico, objetivando a personalização do caminho de aprendizagem de cada indivíduo, mas sempre o situando socialmente. O presente projeto propõe a pesquisa e o desenvolvimento de um sistema educacional online que auxilie e também incentive a melhoria continua no processo de inovação do ensino e da instituição escolar. O sistema será composto por ferramentas que facilitem a adequação da abordagem do ensino híbrido e o processo de personalização do ensino. Atualmente, para que isso seja efetuado no corpo escolar, são utilizadas ferramentas digitais de diversas origens, causando confusão no momento da escolha e muitas vezes trazendo o desgaste devido à variedade disponível na rede. Além disso, o professor é sobrecarregado ao passo que além de acompanhar seus alunos, precisa aprender a sempre lidar com diferentes ferramentas e preparar aulas considerando todas essas variáveis. Assim, o sistema aqui proposto quer facilitar ao professor a utilização de metodologias condizentes com os objetivos de aprendizagem demandados pelas práticas sociais atuais, o acompanhamento individual de cada aluno, através da oferta de dados já transformados em informações pertinentes, e o processo de inovação das instituições de ensino que precisam estar condizentes com os parâmetros curriculares nacional. (AU)

Sistema educacional online para o ensino híbrido

Beneficiário:
Pesquisador responsável:Ana Rute Cavalcanti Vaz Mendes
Empresa:Mupi Tecnologia e Serviços de Informação Ltda
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE  
Processo:16/00683-9
Vigência: 01 de fevereiro de 2016 - 31 de outubro de 2016
Vinculado ao auxílio:14/22660-5 - Sistema educacional online para o ensino híbrido, AP.PIPE
Assunto(s):Tecnologia educacionalEducação a distânciaInovaçãoTecnologia da comunicaçãoTecnologia da informação
Resumo
A necessidade da presença das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDICs) na educação não é mais novidade no momento atual. Há pouco tempo não era possível imaginar a dimensão das mudanças sociais consequentes do uso da internet e agora, devido a ela, temos a grande demanda do ensino e da aprendizagem de novas habilidades como desafio. Nas últimas décadas, muitos foram os estudos e as tentativas de encontrar o melhor caminho de fazer uso das TDICs no contexto escolar, passando pela inserção de aparatos tecnológicos na sala de aula até a alteração nos modos de pensar metodologias e estratégias pedagógicas. Hoje, em uma vertente das mais inovadoras, algumas escolas do mundo inteiro tentam alinhar-se à abordagem do ensino híbrido a qual, através de diferentes metodologias de ensino que atuam de maneira conjunta, busca a melhor mescla entre online e presencial, entre digital e físico, objetivando a personalização do caminho de aprendizagem de cada indivíduo, mas sempre o situando socialmente. O presente projeto propõe a pesquisa e o desenvolvimento de um sistema educacional online que auxilie e também incentive a melhoria continua no processo de inovação do ensino e da instituição escolar. O sistema será composto por ferramentas que facilitem a adequação da abordagem do ensino híbrido e o processo de personalização do ensino. Atualmente, para que isso seja efetuado no corpo escolar, são utilizadas ferramentas digitais de diversas origens, causando confusão no momento da escolha e muitas vezes trazendo o desgaste devido à variedade disponível na rede. Além disso, o professor é sobrecarregado ao passo que além de acompanhar seus alunos, precisa aprender a sempre lidar com diferentes ferramentas e preparar aulas considerando todas essas variáveis. Assim, o sistema aqui proposto quer facilitar ao professor a utilização de metodologias condizentes com os objetivos de aprendizagem demandados pelas práticas sociais atuais, o acompanhamento individual de cada aluno, através da oferta de dados já transformados em informações pertinentes, e o processo de inovação das instituições de ensino que precisam estar condizentes com os parâmetros curriculares nacional. (AU)

Greg: acessibilidade ao currículo na sala de aula

Beneficiário:
Pesquisador responsável:Marilene Lima Santos
Empresa:Engrenar Engenharia e Projetos Ltda
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Ensino-aprendizagem
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE  
Processo:16/01922-7
Vigência: 01 de fevereiro de 2016 - 31 de outubro de 2016
Vinculado ao auxílio:15/08244-1 - Greg: acessibilidade ao currículo na sala de aula, AP.PIPE
Assunto(s):AcessibilidadeTecnologia educacionalEquipamentos de autoajudaCurrículos e programasDesign universal
Resumo
O dispositivo Greg tem como objetivo contemplar os princípios do design universal, como meio de favorecer o desenvolvimento de atividades interativas no currículo escolar que possibilitem a participação de todos os alunos, inclusive os que apresentam algum tipo de deficiência. A princípio possui um formato de uma coruja e tem como objetivo contribuir para que educadores e alunos criem seus próprios dispositivos de interatividade e acessibilidade ao currículo na sala de aula comum, por meio de integração da possibilidade de ampliar a extensão do teclado e mouse integrando dispositivos encontrados no cotidiano da escola. Esta coruja permite, por exemplo, criar um teclado de frutas, massinhas e transformar espaços estáticos em propostas interativas. A metodologia tem como referencial o conceito de design universal aplicado à aprendizagem, de modo que as áreas de mecânica e elétrica também possam ser planejadas a partir desta mesma perspectiva na concepção do produto. Espera-se oferecer ao mercado um dispositivo que facilite o trabalho de educadores, psicopedagogos e psicólogos em projetos servindo como uma tecnologia acessível do ponto de vista financeiro (baixo custo) e também de facilidade de uso em diferentes propostas educacionais, especialmente as que podem valorizar a educação em uma perspectiva inclusiva. Considerando o alto custo de tecnologia assistiva e que muitas vezes são concebidas de modo a perpetuar a segregação, atendendo alunos de forma isolada, o Greg, como próprio nome diz virá para agregar todos em um mesmo projeto. Terá como impacto mostrar o quanto é possível de maneira simples e lúdica promover atividades acessíveis a todos os alunos, valorizando a criatividade, colaboração e interatividade dentro da sala de aula. (AU)

A psicologia ensinada aos professores: uma análise dos discursos dirigidos a professores em formação

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Educação (FE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Ana Laura Godinho Lima
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Fundamentos da Educação
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:15/17890-4
Vigência: 01 de fevereiro de 2016 - 31 de janeiro de 2018
Assunto(s):Análise do discursoHistória da educação
Resumo
A investigação incide sobre a psicologia ensinada aos professores, a partir da perspectiva de uma história crítica. Justifica-se em razão da crescente demanda escolar por formação psicológica para os professores e atendimento psicológico aos alunos, paralelamente à emergência, no campo acadêmico, de perspectivas críticas ao excesso de interferência da psicologia na escola. Recorre aos escritos de Michel Foucault e outros autores contemporâneos relativos aos discursos para caracterizar os enunciados sobre a psicologia e sua importância para a formação docente, bem como para descrever os conteúdos da disciplina considerados necessários aos professores e as recomendações para a sua prática derivadas desses conhecimentos. Toma-se como fontes nucleares manuais de psicologia empregados nas escolas normais e cursos de pedagogia e licenciatura publicados no decorrer do século XX. Frequentemente, esses livros foram escritos a partir da experiência de seus autores como professores dessa disciplina e alguns consistem na publicação de suas aulas, ministradas conforme os programas então vigentes. Dentre os conteúdos veiculados nesses compêndios, sobressaem, conforme o período: a psicologia dos testes para a avaliação dos alunos quanto à sua inteligência e suas aptidões; a psicanálise e os efeitos das relações familiares nos comportamentos desajustados da criança-problema; as teorias psicogenéticas e a determinação das etapas do desenvolvimento infantil. A pesquisa pretende oferecer subsídios para as reflexões atuais sobre o ensino da psicologia a professores em formação. Para isso, pretende evidenciar os modos de emergência desse tema e suas transformações nos discursos da psicologia destinados aos professores no decorrer do século XX. (AU)

Greg: acessibilidade ao currículo na sala de aula

Beneficiário:
Pesquisador responsável:Mauricio Andrea Andrioli
Empresa:Engrenar Engenharia e Projetos Ltda
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Ensino-aprendizagem
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Processo:15/08244-1
Vigência: 01 de fevereiro de 2016 - 31 de outubro de 2016
Assunto(s):Equipamentos de autoajudaTecnologia educacional
Resumo
O dispositivo Greg, tem como objetivo contemplar os princípios do Design Universal, como meio de favorecer o desenvolvimento de atividades interativas no currículo escolar que possibilitem a participação de todos os alunos, inclusive os que apresentam algum tipo de deficiência. A princípio possui um formato de uma coruja e tem como objetivo contribuir para que educadores e alunos criem seus próprios dispositivos de interatividade e acessibilidade ao currículo na sala de aula comum, por meio de integração da possibilidade de ampliar a extensão do teclado e mouse integrando dispositivos encontrados no cotidiano da escola. Esta coruja permite por exemplo criar um teclado de frutas, massinhas e transformar espaços estáticos em propostas interativas. A metodologia tem como referencial o conceito de Design Universal aplicado à aprendizagem, de modo que as áreas de mecânica e elétrica também possam ser planejadas a partir desta mesma perspectiva na concepção do produto. Espera-se oferecer ao mercado um dispositivo que facilite o trabalho de educadores, psicopedagogos e psicólogos em projetos servindo como uma tecnologia acessível do ponto de vista financeiro (baixo custo) e também de facilidade de uso em diferentes propostas educacionais, especialmente as que podem valorizar a educação em uma perspectiva inclusiva. Considerando o alto custo de tecnologia assistiva e que muitas vezes são concebidas de modo a perpetuar a segregação, atendendo alunos de forma isolada, o Greg, como próprio nome diz virá para agregar todos em um mesmo projeto. Terá como impacto mostrar o quanto é possível de maneira simples e lúdica promover atividades acessíveis a todos os alunos, valorizando a criatividade, colaboração e interatividade dentro da sala de aula. (AU)

Sistema educacional online para o ensino híbrido

Beneficiário:
Pesquisador responsável:Paula Rodrigues Furtado
Pesquisadores principais:

Ana Rute Cavalcanti Vaz Mendes

Empresa:Mupi Tecnologia e Serviços de Informação Ltda
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Processo:14/22660-5
Vigência: 01 de fevereiro de 2016 - 31 de outubro de 2016
Resumo
A necessidade da presença das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDICs) na educação não é mais novidade no momento atual. Há pouco tempo não era possível imaginar a dimensão das mudanças sociais consequentes do uso da internet e agora , devido a ela, temos a grande demanda do ensino e da aprendizagem de novas habilidades como desafio. Nas últimas décadas, muitos foram os estudos e as tentativas de encontrar o melhor caminho de fazer uso das TDICs no contexto escolar, passando pela inserção de aparatos tecnológicos na sala de aula até a alteração nos modos de pensar metodologias e estratégias pedagógicas. Hoje, em uma vertente das mais inovadoras, algumas escolas do mundo inteiro tentam alinhar-se à abordagem do Ensino Híbrido a qual, através de diferentes metodologias de ensino que atuam de maneira conjunta, busca a melhor mescla entre online e presencial, entre digital e físico, objetivando a personalização do caminho de aprendizagem de cada indivíduo mas sempre o situando socialmente. O presente projeto propõe a pesquisa e o desenvolvimento de um sistema educacional online que auxilie e também incentive a melhoria continua no processo de inovação do ensino e da instituição escolar. O sistema será composto por ferramentas que facilitem a adequação da abordagem do Ensino Híbrido e o processo de personalização do ensino. Atualmente, para que isso seja efetuado no corpo escolar, são utilizadas ferramentas digitais de diversas origens, causando confusão no momento da escolha e muitas vezes trazendo o desgaste devido à variedade disponível na rede. Além disso, o professor é sobrecarregado ao passo que além de acompanhar seus alunos, precisa aprender a sempre lidar com diferentes ferramentas e preparar aulas considerando todas essas variáveis. Assim, o sistema aqui proposto quer facilitar ao professor a utilização de metodologias condizentes com os objetivos de aprendizagem demandados pelas práticas sociais atuais, o acompanhamento individual de cada aluno, através da oferta de dados já transformados em informações pertinentes, e o processo de inovação das instituiçõs de ensino que precisam estar condizentes com os parâmentros curriculares nacional. (AU)

História e Filosofia da Biologia: elaboração e análise de uma proposta de formação docente

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Thais Gimenez da Silva Augusto
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:15/20479-4
Vigência: 01 de fevereiro de 2016 - 31 de janeiro de 2018
Assunto(s):Ensino e aprendizagemEnsino médioEnsino de biologiaEnsino de ciênciasFormação de professores
Resumo
O ensino de História e Filosofia da Ciência é fortemente recomendado pelos currículos oficiais, diretrizes para a formação de professores da área e pela literatura. No entanto, pesquisas têm mostrado que essa temática está pouco presente no cursos de formação inicial e continuada para professores, nos materiais didáticos e na educação básica e que professores e alunos apresentam visões distorcidas sobre a natureza da Ciência e o saber científico. Por esses motivos, o presente estudo tem como objetivo elaborar uma proposta de um curso de formação continuada para professores de Biologia sobre a História e Filosofia da Ciência, desenvolvê-la junto aos docentes vinculados à Diretoria Regional de Ensino de Jaboticabal e analisar os resultados dessa formação. As etapas de desenvolvimento da proposta compreendem: 1) a análise do Currículo Estadual de São Paulo de Biologia e dos materiais didáticos vinculados a ele, buscando verificar se esta temática está presente e como é abordada; 2) elaboração de um questionário para a coleta das concepções dos professores sobre a temática; 3) aprofundamento teórico e construção de sequências e materiais didáticos para serem apresentados e discutidos com os professores. Trata-se, portanto, de uma pesquisa qualitativa. Os dados serão coletados através de análise documental (do material didático da rede pública estadual), questionário e registro dos encontros através de filmagem e posterior transcrição. Para a análise, serão utilizadas as técnicas de análise de conteúdo. (AU)

Implicações da abordagem corpórea no ensino de filosofia e um projeto de webdocumentário participativo

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Campus Santo Amaro. Centro Universitário Senac. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial São Paulo (SENAC-SP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Fernanda Carlos Borges
Anfitrião: Jose Maria Goncalves da Silva Ribeiro
Local de pesquisa: Universidade Aberta (UAb) (Portugal)
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Processo:15/10483-4
Vigência: 20 de janeiro de 2016 - 19 de julho de 2016
Assunto(s):Ciências humanasNarrativa
Resumo
A inserção da disciplina de filosofia no currículo do ensino médio trouxe à tona o problema sobre "o que ensinar", envolvido nas dificuldades de articulação entre a história da filosofia e um filosofar situado. Um problema que envolve os cursos de graduação, já que há uma "sensação mais ou menos viva de desconforto experimentada por quem cuida de filosofia no Brasil, um certo sentimento íntimo de andar meio à deriva, justamente à procura de assunto" (Arantes. 1995, pg.27), que atinge, portanto, tanto o estudante de licenciatura quanto o de bacharelado em filosofia. Considera-se que a história da filosofia não consegue, sozinha, responder quanto ao assunto necessário, que deveria estar, também, associado a um filosofar situado. A Filosofia do Ensino de Filosofia nasceu para favorecer a crítica sobre filosofia, filosofar e sua história no ensino. Esta pesquisa verifica as implicações teóricas da abordagem corpórea (embodied) na Filosofia do Ensino de Filosofia levando em consideração, especialmente, os estados disposicionais do corpo nas relações complexas, especialmente no que pode favorecer a compreensão da emergência de um assunto situado e suscetível à reflexão filosófica. Propõe, a partir da fundamentação teórica, uma investigação experimental na realização de um webdocumentário colaborativo, cujo pretexto é resolver um mistério do romance-histórico Torres em Transe (2011), com os alunos da escola pública da cidade na qual se passa a história. Verifica o quanto o processo colaborativo e criativo transmídia pode favorecer a emergência do assunto favorável ao ensino situado de filosofia. (AU)

O processo de entrevista familiar para doação de órgãos e tecidos para transplante sob o enfoque da bioética principialista, do cuidado e da virtude

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Escola de Enfermagem (EE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Marcelo José dos Santos
Anfitrião: Lidia Feito Grande
Local de pesquisa: Universidad Complutense de Madrid (UCM) (Espanha)
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Processo:15/23119-9
Vigência: 15 de janeiro de 2016 - 14 de julho de 2016
Assunto(s):TransplantesBioética
Resumo
Os progressos científico, tecnológico e organizacional têm colaborado para o aumento mundial do número de transplantes de órgãos e tecidos permitindo que inúmeras pessoas possam beneficiar-se dessa terapêutica. No entanto, o número insuficiente de doadores para atender à crescente demanda de pacientes em lista de espera passou a ser o maior obstáculo para a realização desse procedimento. A falta de órgãos reflete não apenas um déficit de potenciais doadores, mas, também, e principalmente, falha no processo de doação de órgãos e tecidos, evidenciada pela reduzida conversão de potenciais doadores em doadores efetivos. Vários fatores contribuem para a não efetivação da doação, no entanto, a entrevista familiar quando realizada de forma inadequada é apontada como a principal razão. A entrevista familiar é definida como uma reunião entre os familiares do potencial doador e um ou mais profissionais da equipe de captação, ou outro profissional treinado, a fim de informar esses parentes sobre a possibilidade da doação. O complexo processo de entrevista envolve aspectos relativos à dimensão técnica, legal, política e ética. A dimensão ética abrange, dentre outros, aspectos referentes à autonomia, beneficência, não maleficência, justiça, bem como, veracidade, privacidade, confidencialidade, fidelidade, virtudes, entre outros. A discussão envolvendo o consentimento para a doação é um dos pilares fundamentais no estudo bioético dos transplantes de órgãos. Assim, o objetivo deste trabalho é analisar o processo de entrevista familiar sob o enfoque da bioética principialista, da virtude e do cuidado e a partir da análise desta, alicerçar o currículo do curso de formação de coordenador intra-hospitalar de doação de órgãos e tecidos para transplante que possui a ética em doação e transplante como uma de suas diretrizes conforme estabelece a Portaria GM 1262 de 16 de junho de 2006. (AU)

Professor coordenador: contribuição de sua ação na comunidade escolar

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Laura Noemi Chaluh
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:15/18794-9
Vigência: 01 de janeiro de 2016 - 31 de dezembro de 2016
Assunto(s):Educação continuada
Resumo
O projeto de pesquisa objetiva contribuir para uma melhor sistematização e análise da produção científica que discute a temática do professor coordenador no contexto escolar da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I. Para isso pretendo fazer um levantamento de artigos localizados: a) nos Anais do ENDIPE (Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino) no período 2012-2014, b) nos Anais do Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Professores dos anos de 2011 e de 2014 (promovidos pela UNESP), c) nos Anais do EDUCERE (Congresso Nacional de Educação) nos anos de 2013 e 2015. Pretendo desenvolver uma pesquisa bibliográfica (GIL, 2002) para, a partir desta, compreender quais as atribuições do professor coordenador e suas implicações para o desenvolvimento do seu trabalho no contexto escolar da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I. (AU)

Educação como poiesis

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Educação (FE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Marcos Ferreira Santos
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Fundamentos da Educação
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo:15/10493-0
Vigência: 01 de janeiro de 2016 - 31 de dezembro de 2017
Assunto(s):Formação de professores
Resumo
O projeto visa investigar a contribuição do trabalho sobre si (GURDJIEFF, 1990, 1993, 2002, 2003; OUSPENSKY, 1995, 2009; SHAH, 1999; STANISLAVSKI, 1977; TOPORKOV, 1991, GROTOWSKI, 1997; BROOK, 1997, 2000; ETIEVAN, 1996) na formação inicial de educadores por meio da dramatização de contos filosóficos (CARRIÈRE, 2004, 2008) com o mitema (DURAND, 1988) iniciático (ELIADE, 2004, 2010; GUSDORF, 2003) do herói de estrutura mythica de sensibilidade dramática (FERREIRA-SANTOS, 1998). Visando uma contribuição à filosofia da educação e à composição dos curricula de formação inicial de educadores, recorre-se à perspectiva hermenêutico-fenomenológica (RICOEUR, 1988, 2006, 2013, 2014) da mitohermenêutica (ORTIZ-OSÉS, 2003; FERREIRA-SANTOS, 2005; FERREIRA-SANTOS & ALMEIDA, 2012) e à teoria geral do imaginário de Gilbert Durand (1988, 1995, 1997, 1998). Propõe-se a vivência curricular e de extensão universitária como forma de reflexão e formação ético-poética na ressignificação de conteúdos técnico - didáticos. Ao mesmo tempo, propomos vivências curriculares complementares à esta formação acadêmica inicial, registrando procedimentos e fundamentando a práxis. (AU)

Lousa digital interativa e objetos de aprendizagem: a convergência de tecnologias para melhoria da educação

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências e Letras (FCL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Jose Luis Bizelli
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:14/25460-7
Vigência: 01 de janeiro de 2016 - 31 de dezembro de 2018
Assunto(s):Políticas públicasInteratividade
Resumo
A proposta da pesquisa é investigar o uso associado da Lousa Digital Interativa (LDI) com Objetos de Aprendizagem (OA) para a melhoria do processo de aprendizagem em sala de aula. O campo escolhido para a análise é uma escola municipal de Araraquara, São Paulo, particularmente, os resultados obtidos através do uso dos dispositivos em conteúdos de Matemática e Língua Portuguesa. Conforme indicado na Dissertação de Mestrado Barreiras para Implementação da Lousa Digital Interativa: um estudo de caso (Processo FAPESP 2012/06526-1), embora haja esforços para incorporação, apropriação e uso da LDI em Araraquara, os indicadores apontam para um conjunto de barreiras ao desenvolvimento de trabalhos significativos que conduzam o processo de ensino-aprendizagem a um patamar desejável. Nesse contexto, os OA ganham destaque, pois ajudam a superar a falta de softwares adequados. Enquanto unidades de conteúdo instrucional com objetivo de aprendizagem e destinados a ensinar um conceito focado - que inclui, mas não se limita a: simulações, cálculos eletrônicos, animações, tutoriais, vídeos, ilustrações, diagramas, mapas e combinações desses tipos de recursos com a finalidade de apresentar exemplos intercambiáveis, argumentos, casos e exercícios práticos - os AO podem ser utilizados pelo professor para mediar o ensino ou pelo aluno para apoiar a aprendizagem de um determinado conteúdo curricular. A abordagem metodológica da investigação está fundamentada pela pesquisa-ação no campo determinado através de atividades que permitam o desenvolvimento de metodologias e de práticas pedagógicas que associem o uso dos AO à LDI. Compreender-se-ão as necessidades da escola e dos professores para a utilização dos AO e da LDI, construindo, de forma colaborativa, alternativas para a prática docente, tanto na exposição dos conteúdos quanto no suporte individual ao aluno. A tese afirma, portanto, que o uso associado dessas tecnologias tem maior potencial para melhorar a aprendizagem dos alunos. (AU)

Diálogos intercruzados sobre trabalho coletivo nas dissertações e teses produzidas no GEPEC - Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação continuada - FE/UNICAMP: análise compreensivo-interpretativa de princípios, lições, limites e necessidades

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Educação (FE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Ana Maria Falcão de Aragão
Pesquisadores associados:RENATA CRISTINA OLIVEIRA BARRICHELO CUNHA
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:15/13909-2
Vigência: 01 de dezembro de 2015 - 30 de novembro de 2017
Assunto(s):Formação de professoresEducação continuadaTrabalho colaborativoGrupo de trabalho
Resumo
O Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Continuada (GEPEC), da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas (SP), iniciou suas atividades informalmente no ano de 1984, reunindo professores, estudantes e profissionais da educação da escola básica, com o intuito de, nesses encontros, serem problematizadas questões relativas à formação de professores. Com sua formalização como grupo de pesquisa em 1996, a temática da formação de professores, associada aos estudos de currículo numa perspectiva cotidiana, afirmou a dimensão do trabalho coletivo enquanto constituidor de uma formação pessoal e profissional numa perspectiva mais ampliada e multirreferenciada. Neste ínterim, a formação de professores, no GEPEC, consolidou-se no diálogo com uma perspectiva de trabalho pautado no professor-pesquisador como foco de compreensão dos processos de educação profissional inicial e continuado. Atualmente, o GEPEC integra o Programa de Pós-Graduação da UNICAMP e tem como perspectiva de formação docente a busca da compreensão dos saberes e práticas cotidianas dentro da complexidade da organização do trabalho pedagógico escolar coletivo, tomando a pesquisa como eixo da formação do professor e na (re)constituição do seu fazer docente. A maneira como o professor atribui sentido à sua prática e reelabora os conhecimentos nela contidos, seja por seus pares, pelas situações do cotidiano escolar, pelos materiais que utiliza, pelas leituras que faz, não existe em si mesma como algo pronto, acabado. Muito pelo contrário, vai sendo elaborada nas suas relações com os estudos teóricos e com o seu fazer, que se mediatizam reciprocamente, como aceitação e/ou recusa. Suas leituras, seu fazer, as discussões de que parte seu planejamento e sua ação junto aos alunos estão sempre em relação, mesmo que o professor não tenha disso plena consciência. Os professores que trabalham colaborativamente apoiam-se de maneira mútua vislumbrando alcançar objetivos comungados pelo coletivo. Constituem-se, assim, as indagações dessa pesquisa: que pesquisas têm sido produzidas pelas Dissertações de Mestrado e Teses Doutorado realizadas por alunos do Gepec, desde a sua origem, em 1996, até hoje acerca da temática do trabalho coletivo? Que conceitos e que autores têm fundamentado essas pesquisas? Que metodologias têm sido utilizadas? Que análises são sugeridas nessas pesquisas sobre trabalho coletivo? Quais são os princípios e as lições apontados nas pesquisas? Quais são os limites dessas pesquisas e as necessidades sugeridas que mostram o que ainda não se sabe e o que é necessário investigar? Esta pesquisa objetiva: inventariar e analisar as produções de pesquisadores do GEPEC que tenham ênfase no trabalho coletivo, buscando arrolar conceitos, metodologias, análises, princípios e lições, além de suas limitações e apontar o que ainda merece ser investigado acerca dessa temática. Os dados serão produzidos a partir da análise das Dissertações e Teses produzidas pelos alunos do Grupo, buscando satisfazer aos objetivos da pesquisa a partir do Paradigma Indiciário e dos Núcleos de Significação. (AU)

Desigualdades Intraescolares no Brasil e na Inglaterra: estudo sobre currículos e práticas pedagógicas relacionadas às diferenças de resultados no IDEB entre alunos

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Educação (FE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Adriana Bauer
Anfitrião: Michael Francis Dykes Young
Local de pesquisa: University of London (Inglaterra)
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Currículo
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Processo:15/16419-6
Vigência: 15 de novembro de 2015 - 29 de fevereiro de 2016
Resumo
O projeto de pesquisa que origina este pedido de Bolsa de Pesquisa no Exterior (BPE) se articula ao projeto "Análise das desigualdades de desempenho intraescolar" , e visa a propiciar a compreensão de aspectos do currículo e das práticas pedagógicas que influenciam as desigualdades de desempenho entre alunos no interior de escolas brasileiras e inglesas e que se relacionem, complementarmente, a práticas educacionais mais equitativas. Para tanto, pretende-se: a) analisar como têm sido tratadas, na literatura inglesa e brasileira, as características da organização curricular e das práticas pedagógicas que incidem sobre a desigualdade de resultados apresentada por alunos no interior de uma mesma escola; b) analisar e compreender possíveis influências do Equity Act, recentemente aprovado na Inglaterra, sobre o currículo nacional inglês, em especial em relação às proposições realizadas para o enfrentamento das desigualdades entre os alunos, comparando-as com as proposições dos documentos sobre a base nacional comum que estão sendo discutidos atualmente em âmbito nacional; c) apreender as dificuldades e limites das ações realizadas no contexto inglês, a partir da legislação estudada, para o combate às desigualdades de desempenho entre alunos das mesmas escolas. Pretende-se que a investigação a ser desenvolvida no exterior contribua com a análise das informações levantadas no contexto brasileiro para responder à seguinte questão de pesquisa: quais são os elementos envolvidos no currículo e nas práticas pedagógicas que acirram ou minimizam as desigualdades existentes no interior das escolas e, até mesmo, em uma mesma sala de aula? (AU)

Avaliação clínica, funcional e inflamatória em pacientes asmáticos submetidos a intervenção educativa

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão. Universidade Cidade de São Paulo (UNICID). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Beatriz Mangueira Saraiva
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:15/20518-0
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 31 de outubro de 2016
Vinculado ao auxílio:14/26829-4 - Avaliação clínica, funcional e inflamatória em pacientes asmáticos submetidos a intervenção educativa, AP.R
Assunto(s):AsmaÓxido nítricoEspirometria
Resumo
O bolsista deverá auxiliar em atividades tais como organização, separação e preparação de material a serutilizado nas atividades do projeto de pesquisa, assim como digitação de dados coletados ou outras atividadesque forem necessárias ou essenciais para a execução do projeto. A proposta de trabalho é de 40 horassemanais, divididas em 8 horas diárias. Será selecionado aluno(a) de graduação ou pós graduação de ciênciasda saúde ou biológicas/biomedicina, ou formados em áreas afins. Pretende­se analisar currículo, históricoescolar e realizar entrevista com os candidatos. As atividades propostas para o projeto não deverão prejudicar aexecução das tarefas acadêmicas do candidato, se for o caso. O bolsista deverá cumprir 20 horas semanais detrabalho, dividas em 4 horas diárias de atividades, que incluirão: ­ Organização e separação do material para serutilizado no protocolo de pesquisa ~ ­ Separação e corte de filtros para utilização na coleta do óxido nítrico e nacitocentrífuga~ ­ Montagem e preparação de acessórios para coleta do ar condensado, encaminhamento paradesinfecção~ ­ Pesagem de DTT (10 mcg, para ser utilizado na preparação das lâminas do escarro induzido)~ ­Identificação e armazenamento do sobrenadante do escarro induzido e do ar condensado em freezer~ ­ Digitaçãodos dados da coleta da pesquisa em planilha~ ­ Auxílio na coleta de dados (questionários) junto aos pacientes~ ­Auxílo para captação de pacientes para o protocolo~ ­ Ajudar na preparação das lâminas do escarro induzido separação e lavagem de material~ ­ Cooperar no encamihamento dos balões com a coleta do óxido nítrico paraanálise no computador~ ­ Auxiliar em demais atividades necessárias ao projeto e que não envolvam riscos aobolsista, com a orientação prévia e treinamento e supervisão de um dos pesquisadores. (AU)

A percepção de alunos e professores sobre o processo de conceitualização em ciências por cegos congênitos: um estudo para a construção de propostas curriculares inclusivas e interdisciplinares

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro de Ciências Agrárias (CCA). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Araras, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Estéfano Vizconde Veraszto
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:15/04945-5
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 31 de outubro de 2017
Assunto(s):Educação inclusivaEnsino de ciênciasFormação de professores
Resumo
Este projeto apresenta uma proposta de pesquisa para investigar como alunos de licenciaturas em Física, Química e Biologia entendem a percepção de cegos congênitos sobre fenômenos naturais e o processo de conceitualização em ciências. Além disso, esta proposta também investigará a concepção de professores atuantes no ensino regular, confrontando os resultados com as concepções de alunos cegos congênitos e videntes, os quais também serão investigados. Este propósito fundamenta-se no fato de que todo processo inclusivo deve levar em consideração que as diferenças individuais devem ser reconhecidas e aceitas por toda a sociedade, sendo este um dos pilares para a construção de uma nova abordagem didática e pedagógica no ambiente escolar. Para que tal objetivo se cumpra, o projeto adotará tanto a metodologia qualitativa como a quantitativa nas etapas investigativas. Em um primeiro momento, através de análise de conteúdo, serão analisadas as concepções de licenciandos em física, química e biologia, professores de ciências do ensino regular e alunos cegos congênitos e videntes a respeito da formação de conceitos científicos em cegos congênitos. A partir dos dados, uma escala de valores será desenvolvida com o mesmo propósito investigativo. Essa segunda etapa consistirá em uma metodologia quantitativa de análise fatorial. Com este trabalho, espera-se trazer novas luzes acerca da compreensão do processo de conceitualização em ciências por cegos, bem como estabelecer relações sobre como professores em formação trabalham essas questões. Os resultados serão empregados na formulação de propostas de ensino com características inclusivas para o ensino de ciências. (AU)

O lugar do lugar no ensino de geografia: um estudo em escolas públicas do Vale do Ribeira-SP

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Lisângela Kati do Nascimento
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros no Brasil
Processo:15/16580-1
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 31 de outubro de 2016
Assunto(s):Ensino de geografiaCurrículoFormação de professores
Resumo
Este trabalho se propôs a compreender os sentidos do Lugar para alunos e professores do município de Cajati, na região do Vale do Ribeira, São Paulo. O objetivo principal foi investigar se a categoria de lugar é utilizada como referência para a contextualização de conteúdos das aulas de Geografia e se contribui para aprendizagens significativas dos alunos e compreensão complexa do lugar. Outro objetivo foi analisar a proposta curricular de Geografia dos Anos Finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio para as escolas estaduais a fim de verificar se este currículo possibilita relacionar os conteúdos propostos com a realidade do município e da região.Os múltiplos olhares dos diferentes sujeitos desta pesquisa indicam que o Lugar vivido ainda não é objeto de conhecimento na escola. O lugar parece estar desconectado do mundo estudado e ser uma realidade imutável, naturalizada e não uma construção social histórica, passível de ser compreendida e transformada. Se falta conhecimento por parte dos alunos sobre a geografia do município e da região do Vale do Ribeira, falta também para os professores que, em sua formação inicial, não tiveram a oportunidade de estudar o seu Lugar e não se apropriaram das teorias para compreender o Lugar como pressuposto do ensino de Geografia, bem como de metodologias para tornar o Lugar objeto de conhecimento.A experiência das Oficinas Pedagógicas realizadas com professores nos mostra que um processo de formação continuada pode contribuir decisivamente para ressignificar o mundo vivido dos alunos, condição fundamental para o Lugar se transformar em objeto de conhecimento e estudo nas práticas de ensino de Geografia. (AU)

Currículos da Educação Física em escolas públicas de tempo integral da Cidade de São Paulo

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Educação (FE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Marcos Garcia Neira
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Currículo
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:14/26681-7
Vigência: 01 de outubro de 2015 - 25 de abril de 2016
Assunto(s):Educação integralEducação física
Resumo
Atualmente passamos por uma expansão de vagas na escola de tempo integral decorrente do Plano Nacional de educação que prevê a oferta dessa jornada estendida para metade dos alunos matriculados na rede pública até 2020. Esta diretriz requer grandes esforços e recursos que devem partir da reflexão sobre as finalidades da escola de tempo integral. Dentre as várias propostas de educação de tempo integral em construção nos estados e municípios brasileiros, muitas carecem de diretrizes claras e de pressupostos teóricos para elaboração do seu currículo. Independente do momento histórico, da abordagem pedagógica ou das intenções políticas, as propostas de educação em tempo integral no Brasil geralmente contemplam os conhecimentos da Educação Física, não raro, como forma de expansão da jornada do aluno. Partindo do pressuposto que o currículo do componente vem se transformando mediante o diálogo com a função social da escola, o presente estudo pretende analisar suas características nas escolas públicas de tempo integral da cidade de São Paulo. A metodologia adotada entrelaçará a análise documental e o estudo de caso do tipo etnográfico baseado na significação do material coletado através da observação, análise de documentos pedagógicos e entrevistas com gestores, docentes e alunos. (AU)

A fórmula de Hamilton-Cayley

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Jaime Edmundo Apaza Rodriguez
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Matemática - Geometria e Topologia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:15/15219-3
Vigência: 01 de outubro de 2015 - 30 de setembro de 2016
Resumo
Este projeto tem como objetivo geral mostrar que existe uma forte interação entre a Geometriae a Álgebra, usando a linguagem dos Quatérnions. Em geral, nos currículos dos cursos de graduação em Matemática, as disciplinas de Álgebra Abstrata (Anéis, Corpos e Grupos), assim comoas disciplinas de Geometria (incluindo a Geometria Diferencial) são apresentadas de maneira"isolada", sem que sejam apresentadas suas interrelações. Os quatérnios são definidos e estudados por um enriquecimento gradual da estrutura matemática: Do produto cartesiano de conjuntos os quatérnios consecutivamente são transformados em um espaço vetorial real 4D e em uma Álgebra de divisão associativa, não comutativa, sobre os reais e com elemento identidade. Uma relação dos quatérnios com a Geometria Euclidiana 4D é estabelecida. Oespaço euclidiano 4D é apresentado com coordenadas cartesianas, a fim de poder aplicar aálgebra matricial. Os principais resultados são uma representação dos quatérnios de Rotações4D e uma prova da fórmula Hamilton-Cayley para rotações 3D. (AU)

A atual Proposta Curricular de Geografia do estado de São Paulo e sua recontextualização em sala de aula

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Rafael Straforini
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia - Geografia Humana
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:15/14493-4
Vigência: 01 de outubro de 2015 - 30 de setembro de 2016
Assunto(s):Sala de aulaCurrículos e programas
Resumo
Ao reconhecer que o currículo hoje assume papel central nas políticas educacionais do mundo globalizado, deve-se pensar como e por quem é construído o discurso nele disseminado. Para Basil Bernstein, autor chave para o desenvolvimento desse projeto, o currículo é resultado do intercâmbio, junção e realocação de partes de outros discursos, que são combinados formando um novo texto, outro discurso, nesse caso, o pedagógico. Portanto, podemos afirmar que o currículo é fruto do processo de recontextualização, conceito ao qual essa pesquisa se apoiará. Porém, esse processo pode também se dar na escala da sala de aula, recorte este assumido neste projeto, a ser investigado por meio da pesquisa etnográfica em que se busca compreender os efeitos das políticas em contextos locais, favorecendo situar os discursos em táticas e relações de poder específicas, a fim de analisar os processos de recontextualização pelo qual o currículo prescritivo - no caso a Atual Proposta Curricular de Geografia do Estado de São Paulo - pode passar nesse contexto micro, por professores e alunos. (AU)

Análise comparativa da percepção dos estudantes de odontologia sobre a disciplina de periodontia da Faculdade de Odontologia de Bauru (USP) antes e depois da restruturação curricular

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Mariana Schutzer Ragghianti Zangrando
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Currículo
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:15/07343-6
Vigência: 01 de outubro de 2015 - 30 de setembro de 2016
Assunto(s):PeriodontiaAvaliação da educaçãoEnsinoQuestionários
Resumo
O sistema de ensino deve ser dinâmico e acompanhar as mudanças no contexto social dos alunos. Uma das formas mais conhecidas de avaliação da qualidade e do ambiente de ensino é o questionário Dundee Ready Education Environment Measure (DREEM). Nosso grupo avaliou as percepções dos estudantes de Odontologia da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB-USP) face ao ambiente educativo da mesma, especificamente na disciplina de Periodontia antes da restruturação curricular. No início de 2013, foi implementado o currículo integrado no ensino de Odontologia desta Faculdade. Sendo assim, os objetivos deste trabalho são avaliar a percepção dos estudantes face ao ambiente educativo na disciplina de Periodontia após o processo de restruturação curricular e comparar esses dados aos obtidos na avaliação prévia. A amostra do estudo consistirá de estudantes do curso de Odontologia da Faculdade de Odontologia de Bauru, do 2º, 3º e 4º anos, os quais cursam as disciplinas de Periodontia. No total serão aplicados 150 questionários. Serão excluídos do estudo aqueles que responderem o questionário de forma incorreta ou que se negarem a respondê-lo. Após avaliados os novos dados, estes serão comparados aos resultados dos anteriores, considerando-se as turmas de Odontologia, homens e mulheres e a relação com as notas na disciplina de Periodontia. Os resultados serão avaliados por testes paramétricos ou não paramétricos com um nível de significância de 5% (p<0,05). (AU)

Efeitos plasmônicos e não-lineares em grafeno acoplado a guias de onda ópticos

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro de Pesquisas Avançadas em Grafeno, Nanomateriais e Nanotecnologia (MackGrafe). Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM). Instituto Presbiteriano Mackenzie. São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Christiano José Santiago de Matos
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Áreas Clássicas de Fenomenologia e suas Aplicações
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Processo:15/11779-4
Vigência: 01 de outubro de 2015 - 30 de setembro de 2019
Assunto(s):Fibra ópticaGrafenosFotônicaÓptica não linearPlasmons
Resumo
Este projeto está sendo submetido na linha Projetos Temáticos por orientação da Coordenação de Área da FAPESP, e consiste no mesmo projeto previamente submetido e bem avaliado na linha Jovens Pesquisadores [processo no 2012/18400-2]. Não há qualquer alteração no orçamento e pequenas adequações do texto foram feitas apenas nesta folha de rosto e na seção 6 (marcadas em azul). A equipe foi atualizada apenas para refletir o pessoal (bolsistas) disponíveis atualmente. Quanto à documentação necessária, foram apenas atualizadas a súmula curricular, a descrição do parque de equipamentos e da infraestrutura disponível, e a descrição de auxílios anteriores, além dos formulários. A proposta aqui apresentada visa a estudar efeitos plasmônicos e efeitos ópticos não-lineares, obtidos em grafeno e outros cristais bidimensionais, excitados e observados a partir de guias de onda ópticos. Dois tipos de guias serão abordados: fibras ópticas e guias de onda integrados em substratos planares. Os cristais bidimensionais serão incorporados à estrutura de guia de onda de duas maneiras: deposição em superfície próxima ao núcleo ou introdução em canais microfluidicos dos cristais em suspensão. No caso de deposição, fibras ópticas com perfil transversal em "D" e guias de onda em substratos planares serão utilizados. Já no caso de cristais bidimensionais em suspensão, fibras ópticas microestruturadas serão utilizadas. Para aumento da eficiência de efeitos plasmônicos e de efeitos ópticos não-lineares, nanopartículas metálicas poderão ser depositadas sobre o grafeno. Além disso, métodos de dopagem, para o deslocamento do nível de Fermi do grafeno, e de padronização serão estudados, visando ao ajuste das propriedades plasmônicas e ópticas. Os guias de onda resultantes contribuirão para um melhor entendimento da interação da luz guiada com os nanomateriais estudados, além de apresentarem um imenso potencial tecnológico para o desenvolvimento de dispositivos para telecomunicações, processamento de sinais e sensoriamento. (AU)

Sistema de inteligência para prospecção e monitoramento de informações tecnológicas: capacitação de usuários em prospecção tecnológica e divulgação técnica de ferramenta computacional avançada

Beneficiário:
Pesquisador responsável:Eduardo Henrique de Pontes Ellery
Empresa:Elabora Consultoria e Participações Ltda (Elabora)
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Metodologia e Técnicas da Computação
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Processo:13/50798-9
Vigência: 01 de outubro de 2015 - 30 de setembro de 2017
Convênio/Acordo de cooperação com a FAPESP: FINEP - PIPE/PAPPE Subvenção
Assunto(s):Sistemas de informaçãoCapacitação tecnológicaInovação tecnológicaProspecção tecnológicaCompetitividadeDireito industrialPatenteSoftwares
Resumo
O Programa FAPESP Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas proporcionou uma valiosa contribuição para o desenvolvimento de um sistema de inteligência ágil de informações tecnológicas, como patentes, artigos, projetos e currículos. Seu diferencial em relação às ferramentas existentes no mercado está no fato de que ele supere os elementos artesanais que marcam os métodos empregados atualmente, utilizando-se de recursos técnicos complexos que lidam de maneira dinâmica e consistente com grande número de documentos, muitos deles de grandes dimensões e, ademais, com graus de padronização muito limitados. As bases de informação já disponíveis para o uso do software, Mapper, são algumas das principais bases mundiais de patentes além de outras inéditas, com conteúdo brasileiro, geralmente não disponível nas grandes bases de dados mais conhecidas. A lista de bases inclui a United States Patent and Trademark Office, o escritório norte-americano de registros de patentes e marcas, que é um dos mais importantes órgãos mundiais de registro de Propriedade Industrial; EPO, o escritório europeu de patentes, que engloba documentos de mais de trinta países; INPI, o escritório brasileiro de patentes; Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, um dos principais fundos brasileiros de apoio a projetos tecnológicos e de inovação; projetos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, que apoia projetos inovadores em diferentes áreas do conhecimento e é um dos órgãos brasileiros mais importantes de estímulo à pesquisa, desenvolvimento e inovação; Currículo Lattes, a principal base de dados brasileira de currículos científicos; e diversos outros, disponíveis sob demanda. Atualmente o software trabalha com bases de dados disponíveis publicamente. A equipe técnica faz um trabalho minucioso de coleta, tratamento e organização destas informações que, em geral, estão disponíveis em bases de dados muito grandes e desestruturadas, de difícil recuperação, com duplicações, poluição, erros e graus de padronização muito limitados. O presente projeto pretende realizar atividades técnicas de apoio à comercialização do software Mapper, produto de desenvolvimento do projeto PIPE FAPESP fase II. O projeto possui como principal objetivo a capacitação de usuários e instituições brasileiras no uso de ferramentas de prospecção tecnológica, com o apoio do Mapper, software da Elabora especializado em mapeamento de informações tecnológicas. Os objetivos serão concretizados por meio do fornecimento de cursos a instituições brasileiras focadas em desenvolvimento tecnológico e inovação em diversos setores com o objetivo de aprofundar o conhecimento de seus membros sobre o tema de prospecção tecnológica e capacitá-los na formulação de projetos tecnológicos e planos de comercialização mais consistentes, com a utilização da ferramenta Mapper de mapeamento de informações tecnológicas. (AU)

Estudo comparativo sobre o ensino de matemática em currículos de educação profissional técnica: Brasil e Estados Unidos

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Harryson Júnio Lessa Gonçalves
Pesquisadores associados:Ana Lúcia Braz Dias; Deise Aparecida Peralta
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Currículo
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:15/00957-9
Vigência: 01 de outubro de 2015 - 30 de setembro de 2017
Assunto(s):Educação matemáticaEducação comparadaEnsino profissional e técnico
Resumo
O presente projeto de pesquisa se configura a partir do seguinte problema de pesquisa: quais diferenças e similaridades sobre o papel da Matemática em currículos de Educação Profissional do Brasil e dos Estados Unidos da América diante a formação laboral técnica? Delineiam-se os seguintes objetivos: analisar semelhanças e singularidades da organização dos sistemas de ensino brasileiro e estadunidense, bem como seus marcos legais e arcabouços curriculares, ressaltando as possíveis orientações específicas sobre o ensino de Matemática na formação laboral; analisar semelhanças e singularidades inerentes às necessidades, dificuldades e estratégias de formação matemática presentes na formação profissional no contexto dos cursos da área da indústria das instituições pesquisadas. Para tanto, será realizado um estudo comparativo em duas instituições públicas de educação profissional (brasileira e estadunidense). No âmbito brasileiro será analisada a organização e desenvolvimento curricular de uma escola pública de Educação Profissional do estado de São Paulo e, no âmbito estadunidense, uma análise semelhante em uma escola pública de Educação Profissional do estado de Michigan. O interesse pelo tema se viabiliza ainda pela necessidade de compreensão sobre o papel da educação profissional no sistema educacional dessas nações. A metodologia delineia-se como "pesquisa qualitativa em Educação", natureza exploratória, em que se utiliza pressupostos teórico-metodológicos da Educação Comparada, construída a partir de quatro fases: (1ª) Fase descritiva - observações e descrições; (2ª) Fase explicativa - introduz interpretação, com o objetivo de explicar e compreender; (3ª) Fase de justaposição - primeira tentativa de comparação, oferecendo a constatação nacional definida no contexto dos critérios de comparação selecionados para avaliação e análise de lado-a-lado; isto permite, por exemplo, homólogos, análogos e diversos fenômenos a ser derivado, juntamente com possíveis hipóteses comparativas; (4ª) Fase comparativa - as hipóteses comparativas são testadas usando a comparação sistemática, as relações entre os países são avaliadas por referência ao critério de comparação e conclusões, podem ser tiradas para o assunto a ser pesquisado. Para tanto, têm-se como procedimentos metodológicos: análise bibliográfica - contextualizar condicionantes históricos, econômicos e socioculturais das nações investigadas; análise documental - arcabouço curricular das nações investigadas; entrevistas (semiestruturadas) - profissionais de educação das instituições de ensino. Os resultados serão analisados e interpretados a partir da Análise de Conteúdo. (AU)

Educação inclusiva de surdos com proposta bilíngue: formação e reflexão das estratégias tradutórias e pedagógicas na atuação de intérpretes educacionais

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Vanessa Regina de Oliveira Martins
Pesquisadores associados:Lara Ferreira dos Santos
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:15/09357-4
Vigência: 01 de outubro de 2015 - 30 de setembro de 2017
Assunto(s):SurdezEducação inclusiva
Resumo
A educação de pessoas surdas tem sido alvo de muitas discussões e constantes embates teóricos sobre o seu fazer. Diante da política nacional de educação inclusiva e pela necessidade de revisão da mesma, por meio do desenvolvimento de programas de educação bilíngue para surdos, - conquista legal da comunidade surda, obtida através do Decreto 5.626/05 - torna-se urgente repensar a organização escolar para atender tal demanda. Atualmente a educação de surdos tem sido "suprida", ou acompanhada, pela presença de intérpretes de língua de sinais, profissionais ainda muito novos no cenário, e muitos sem formação específica. Além disso, sabe-se que a transformação de uma escola regular em escola bilíngue vai além da simples contratação de intérpretes, há que se mudar na composição curricular entre outros fatores. Desta forma, tal pesquisa pretende acompanhar a atuação de intérpretes educacionais no ensino fundamental II, bem como analisar estratégias tradutórias e pedagógicas que facilitam o acesso ao conhecimento dos alunos surdos. O foco do trabalho é o de perceber as implicações das escolas com salas bilíngues nos anos iniciais do ensino fundamental I, ao analisar o percurso quando estes alunos surdos chegam ao fundamental II. Será que com o domínio da língua de sinais nos anos iniciais a atuação do intérprete se torna mais harmônica? Sobretudo, quais as particularidades da atuação deste profissional intérprete de língua de sinais quando o universo de alunos acompanhados tem conhecimentos lexicais distintos? Analisar o contexto escolar e ao mesmo tempo oferecer formação em serviço são tarefas a ser desdobradas neste projeto de pesquisa. (AU)

O impacto do currículo oculto na formação da identidade profissional do médico: um estudo qualitativo

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Marco Antonio de Carvalho Filho
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:15/06534-2
Vigência: 01 de setembro de 2015 - 31 de janeiro de 2017
Assunto(s):Identidade profissionalEducação médica
Resumo
O processo de formação médica é complexo e envolve a aquisição e o desenvolvimento de diferentes habilidades, competências e atitudes. Neste contexto, devemos contemplar também o ensino da bioética, da relação médico-paciente e do trabalho em equipe. Por isso, o trabalho de aperfeiçoamento curricular deve ser contínuo e abordar a formação da identidade profissional do médico. Em diversas escolas médicas, esta dimensão tem sido denominada como o ensino do profissionalismo. Várias práticas pedagógicas foram propostas para lidar com esta questão. No entanto, tais práticas ainda são objeto de grande debate, pois o foco tem sido na assimilação de uma lista de regras e comportamentos desejáveis que não são, muitas vezes, vivenciados. Para uma nova abordagem do ensino do profissionalismo, alguns autores e educadores médicos acreditam que seja importante que o currículo médico se aproprie do processo de formação da identidade médica que acontece através da socialização na escola médica. Além dos aspetos formais, aspectos não formais são aprendidos durante este processo, denominados currículo oculto. O currículo oculto consiste em um conjunto de influências e vivências não programadas, que compreendem as dimensões culturais, organizacionais, rituais, afetivas e profissionais que podem influenciar a formação do aluno. Estes aspectos são especialmente importantes na educação profissional. Objetivo geral: Compreender os significados atribuídos por alunos de Medicina do último ano da UNICAMP às vivências profissionais curriculares e não curriculares durante o curso de graduação e seu impacto na formação e consolidação de suas identidades profissionais. Metodologia: trata-se de um estudo qualitativo, de abordagem de investigativa denominada 'teoria fundamentada' (grounded theory). Os alunos serão divididos em 10 grupos focais de no máximo 10 participantes. A análise de dados seguirá as etapas da teoria fundamentada. Resultados: elaboração de uma teoria a respeito da influência do currículo oculto no processo de formação da identidade profissional médica. Espera-se que as publicações sejam úteis para a Educação em Saúde. (AU)

O ancestral e o contemporâneo nas escolas: reconhecimento e afirmação de histórias e culturas afro-brasileiras

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Educação (FE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Monica Guimaraes Teixeira do Amaral
Instituição parceira: Secretaria da Educação (São Paulo - Estado). Município de São Paulo. Escola Municipal de Ensino Fundamental Saturnino Pereira
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Antropologia das Populações Afro-brasileiras
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa em Políticas Públicas
Processo:15/50120-8
Vigência: 01 de setembro de 2015 - 31 de agosto de 2017
Assunto(s):Cultura afro-brasileiraIdentidade culturalMulticulturalismo
Resumo
O objetivo deste projeto de pesquisa é contribuir para a melhoria do ensino público de São Paulo, promovendo o intercâmbio entre a cultura escolar e expressões estéticas ancestrais e contemporâneas e, assim, construir com professores e alunos estratégias pedagógicas renovadas para a efetivação das Leis 10.639/03 e 11:645/08. A ideia é introduzir, no interior do currículo escolar das escolas públicas do ensino fundamental, conteúdos da história da África e das culturas afro-brasileiras por meio de culturas urbanas e, com isso, estabelecer relações com toda uma história sucessiva de opressões e de lutas, sobre as quais os jovens possam obter uma compreensão crítica pela via estética de resistência e de afirmação étnica. (AU)

A prática do currículo cultural da Educação Física na perspectiva dos professores

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Educação (FE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Marcos Garcia Neira
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Currículo
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:15/08168-3
Vigência: 01 de setembro de 2015 - 31 de agosto de 2017
Assunto(s):Educação física escolarMulticulturalismoDiversidade culturalHerança culturalHermenêuticaEstudos culturais
Resumo
A diversidade cultural impõe novas responsabilidades à escola. Longe de constituir-se em obstáculo ou problema, o convívio com as diferenças é uma riqueza. A existência de pessoas com variadas heranças culturais no mesmo espaço obriga a escola a elaborar um currículo que reconheça as diferentes culturas. Em geral, a pertença a um determinado grupo faz-se acompanhar de especificidades que moldam a sua identidade cultural. Dentre as inúmeras formas, as diferenças culturais se expressam também pelos textos produzidos pelas manifestações da cultura corporal. Comumente, o repertório de gestos e práticas corporais cultivados nas comunidades populares é desvalorizado pelos currículos hegemônicos. Tal quadro ocasiona descompasso, afastamento e resistência por parte dos alunos, ou fixação distorcida de signos de classe, etnia e gênero presentes nas brincadeiras, danças, lutas, ginásticas e esportes tradicionalmente privilegiados na escola. Atentos à problemática, um grupo de docentes atuantes nas redes públicas da região metropolitana de São Paulo têm cotidianamente colocado em ação uma proposta sensível às diferenças culturais e comprometida com a formação de identidades democráticas, o denominado currículo cultural da Educação Física. O presente projeto objetiva reconhecer suas principais características por meio da interpretação da produção discursiva dos professores acerca da própria prática. Com o apoio nos conceitos dos Estudos Culturais, do multiculturalismo crítico e da teorização curricular do componente, recorrer-se-á a uma bricolagem entre a pesquisa descritiva e a entrevista narrativa. A hermenêutica crítica inspirará as interpretações do material recolhido e seu entretecimento. (AU)

O aluno com altas habilidades: formas de atendimento educacional especializado e instrumentos de identificação

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Carina Alexandra Rondini
Anfitrião: Nielsen de Lima e Silva Pereira
Local de pesquisa: Purdue University (Estados Unidos)
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Tópicos Específicos de Educação
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Processo:15/02667-8
Vigência: 14 de agosto de 2015 - 13 de agosto de 2016
Assunto(s):Educação especialEducação para superdotadosDesenvolvimento intelectualSuperdotadosEstatística aplicada
Resumo
A legislação brasileira, voltada ao atendimento ao aluno com altas habilidades, preconiza o enriquecimento e o aprofundamento curricular como ações a serem feitas. Todavia, embora em 2005 tenha sinalizado, com a implantação dos Núcleos de Atividades de Altas Habilidades/Superdotação, um possível caminho para esse enriquecimento, ainda estamos longe de um efetivo atendimento a esse alunado. Mais ainda, se quer o sistema de ensino brasileiro consegui incluir em seu senso anual, Educasenso, esses alunos, evidenciando que eles não estão sendo vistos no contexto escolar. Assim, coloca-se dois problemas nessa área - a) a falta, a não divulgação, a falta de acesso, entre outros fatores, de instrumentos de identificação de sinais de capacidade elevada, que auxiliem o professor nesse processo de desmistificação que envolve esse tipo de aluno, favorecendo assim, que eles sejam "vistos" nas salas de aulas das escolas de nosso país; b) a falta de atendimento educacional especializado desses alunos, tanto no contexto escolar quanto em centros especializados, como preconiza a lei. Possivelmente isso se deve pela formação docente. Nos cursos de graduação dos cursos de licenciatura e pedagogia esse assunto não é abordado. Resta então a formação complementar para ajudar esses professores nesse processo. Todavia isso acontece, infelizmente, de forma lenta. Mas é preciso trazer ao professor instrumentos de identificação e, posteriormente, ajuda-los no processo de enriquecimento curricular para atender as especificidades dos alunos mais capazes. Desta forma, analisar vários desses instrumentos e métodos de enriquecimento é fundamental. Assim, proponho nesse projeto uma imersão nos trabalhos do Gifted Education Resource Institute (GERI), que possui um histórico de sucesso nessa área, oferecendo nos limites da Purdue University e fora dele, atendimento educacional especializado a esse alunado, além de, ser responsável por vários instrumentos de identificação dos mesmos. Trata-se de proposta de pós-doutoramento alicerçada na metodologia de observação participante. (AU)
917 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s) | Limpar seleção
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP