site da FAPESP
 

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
Auxílios à Pesquisa
Bolsas
Programas voltados a Temas Específicos
Programas de Pesquisa direcionados à Aplicação
Programas de Infraestrutura de Pesquisa
Área do conhecimento
Situação
Ano de início
Página 5 de 1.762 resultado(s)
|

Determinação do papel dos cementócitos na homeostasia do cemento dental

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Francisco Humberto Nociti Junior
Pesquisadores associados:Kamila Rosamilia Kantovitz; Cristiane Ribeiro Salmon
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:15/06372-2
Vigência: 01 de agosto de 2015 - 31 de julho de 2017
Assunto(s):Cemento dentárioCementócitoRNA-seqMetabolismo celular
Resumo
Os cementócitos não apenas dividem características morfológicas com osteócitos, mas também expressam inúmeros reguladores do metabolismo de tecidos duros em comum. Entretanto o conhecimento a nível celular e molecular dos cementócitos e seu papel na homeostasia do cemento dental ainda não estão esclarecidos. Desta forma, a hipótese da presente proposta será de que os cementócitos desempenham um papel importante na manutenção do periodonto de sustentação, em especial no cemento dental. Uma análise comparativa de expressão gênica de cementócitos, estimulados ou não a aposição de tecido, será feita pela combinação das técnicas de LCM/RNA-Seq. Adicionalmente, alterações morfológicas e ultraestruturais nos cementócitos serão investigadas por meio de microscopia eletrônica de transmissão e microscopia confocal em amostras marcadas com fluorosceína isotiocianato. Por fim, utilizando experiência anterior na obtenção de uma linhagem "cementocyte-like" (IDG-CM6) a partir de dentes de camundongos, será nossa meta obter e caracterizar cementócitos de dentes humanos com o objetivo de estabelecer um modelo in vitro para proposição de ensaios funcionais. Com os resultados da presente proposta, espera-se definir qual a participação dos cementócitos no controle da homeostasia do cemento dental, identificando biomoléculas com potencial utilização no controle da formação e regeneração desse tecido. (AU)

Utilização de zinco, na forma de óxido de zinco nanoparticulado, em dietas para leitões recém-desmamados

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Valdomiro Shigueru Miyada
Pesquisadores associados:Natália Cristina Milani; Natália Yumi Ikeda
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:15/05943-6
Vigência: 01 de agosto de 2015 - 31 de julho de 2017
Assunto(s):SuinoculturaLeitõesDesmameDigestibilidadeZincoSuplementos minerais para animais
Resumo
O período imediatamente após o desmame é crítico para os leitões devido a sua maior susceptibilidade ao estabelecimento de infecções e desenvolvimento de doenças, principalmente a diarreia, podendo comprometer o desempenho do animal. O zinco (Zn), na forma de óxido de Zn, é um eficiente agente antimicrobiano, tendo sido amplamente utilizado em doses farmacológicas em dietas de leitões recém-desmamados para o controle da diarreia pós-desmame e para a melhoria do desempenho. Entretanto, devido à baixa absorção, grande parte do Zn ingerido na forma de óxido de Zn é eliminada nas excretas, podendo causar contaminação ambiental e efeitos adversos na diversidade microbiana ambiental. Desta forma, estudos vêm avaliando novas formas de suplementação de Zn, dentre eles, o óxido de Zn nanoparticulado, normalmente utilizado na indústria química e farmacêutica. O óxido de Zn nanoparticulado, devido ao seu menor tamanho de partícula e maior área superficial específica, possui maior atividade química e antimicrobiana e maior taxa de absorção. Porém os estudos científicos sobre sua utilização na nutrição animal são escassos, sobretudo na de leitões recém-desmamados. O objetivo deste estudo é avaliar os efeitos da suplementação de óxido de Zn nanoparticulado em dietas para leitões recém-desmamados sobre o desempenho zootécnico, a frequência de diarreia, a digestibilidade da dieta, os parâmetros sanguíneos, a morfometria e pesos de órgãos, a histologia do epitélio intestinal, a contagem bacteriana no intestino e a excreção de Zn nas fezes. Serão utilizados 192 leitões recém-desmamados em um experimento em blocos completos (definidos pelo peso inicial e sexo) casualizados, com 6 tratamentos, 8 repetições (blocos) por tratamento e 4 animais por unidade experimental (baia). Os tratamentos serão: controle negativo - dieta basal com 100 mg de Zn/kg (na forma de óxido de Zn convencional) para atender as exigências metabólicas dos leitões; controle positivo (dieta basal suplementada com óxido de Zn convencional em dose farmacológica utilizada na prática para a melhoria do desempenho - 3000 mg de ZnO/kg); e níveis de 15, 30, 60 e 120 mg de Zn/kg, na forma de óxido de Zn nanoparticulado, adicionados on top à dieta basal. As rações e a água serão fornecidas à vontade durante o período experimental de 35 dias. Os animais serão pesados no 1º, 7º, 21º e 35º dia do experimento. A ocorrência de diarreia será registrada diariamente. Amostras de fezes serão coletadas para determinação da digestibilidade da dieta e quantificação do Zn excretado. 2 dias antes do abate, serão coletadas amostras de sangue para quantificação de parâmetros sanguíneos. No 21° dia do experimento, 1 animal de cada baia será abatido para a realização do estudo histológico do epitélio intestinal e da morfometria e pesos dos órgãos. Amostras de conteúdo do jejuno e do ceco serão coletadas para contagem bacteriana. Os dados serão submetidos à análise de variância, utilizando o procedimento MIXED do SAS®, e à regressão polinomial. Contrastes ortogonais serão utilizados para comparar o tratamento controle positivo com cada um dos níveis de óxido de Zn nanoparticulado. (AU)

Teste em esteira e teste do degrau para avaliação do broncoespasmo induzido pelo exercício: eles são intercambiáveis?

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Campus Vergueiro. São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Simone Dal Corso
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:15/06964-7
Vigência: 01 de agosto de 2015 - 31 de janeiro de 2017
Convênio/Acordo de cooperação com a FAPESP: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Assunto(s):CriançasAsmaFisioterapia
Resumo
Os testes de broncoprovocação com exercícios mais utilizados e citados na literatura são os testes em cicloergômetro e esteira ergométrica. O teste do degrau é um teste simples, com a vantagem de poder ser realizado em qualquer ambiente. O objetivo deste estudo é comparar o teste do degrau incremental (TDI) com o teste cardiopulmonar incremental em esteira para avaliação do broncoespasmo induzido pelo exercício (BIE) em pacientes com diagnóstico de asma; secundariamente, contrastar a demanda cardiorrespiratória durante o exercício entre ambos os testes. Serão avaliados 53 pacientes com asma, provenientes do Ambulatório de Asma da Disciplina de Alergia, Imunologia Clínica e Reumatologia do Departamento de Pediatria da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), com idade entre 7 e 18 anos, de ambos os gêneros, estáveis clinicamente e com ausência de sintomatologia compatível com quadro de infecção viral (resfriado ou gripe) nas últimas seis semanas. Os critérios de exclusão serão: escore 5 de gravidade, segundo Global Initiative for Asthma (GINA), presença de outras doenças pulmonares crônicas, comorbidades e tabagismo. O protocolo constará de duas visitas, separadas por pelo menos 72 horas, e a ordem dos testes será randomizada. Em ambas as visitas os pacientes realizarão a seguinte sequência: espirometria pré exercício, teste de exercício de broncoprovocação (segundo a randomização) juntamente com a análise dos gases expirados e espirometria nos tempos 5, 10, 15, 20 e 30 minutos após o exercício. A hipótese do nosso estudo é que o teste do degrau incremental e o teste em esteira serão equivalentes em induzir o BIE, pois as demandas cardiopulmonares serão similares entre esses testes. Se nossa hipótese se confirmar, o TDI poderá ser utilizado como teste de broncoprovocação por exercício, com a vantagem de ser mais acessível e de baixo custo para ser realizado em consultório ou ambulatório. (AU)

O papel dos inflamassomas no controle e na patogênese da leishmaniose causada por Leishmania amazonensis e sua relação com a gravidade da doença em hospedeiros com fundo genético susceptível ou resistente

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Dario Simões Zamboni
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:15/10378-6
Vigência: 01 de agosto de 2015 - 28 de fevereiro de 2018
Vinculado ao auxílio:14/04684-4 - O inflamassoma na resposta contra patógenos intracelulares e os mecanismos microbianos relacionados à evasão, AP.TEM
Convênio/Acordo de cooperação com a FAPESP: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Assunto(s):InflamassomosLeishmania amazonensis
Resumo
Leishmania amazonensis é o agente etiológico da Leishmaniose tegumentar americana no Brasil. Os indivíduos infectados podem desenvolver formas distintas da doença, como: 1) forma benigna, com lesões localizadas e cura espontânea (chamada Leishmaniose Cutânea Localizada, LCL), 2) a forma difusa, onde se observa grande quantidade de lesões não-ulceradas, em formato de pápula, com alta densidade de parasitos, que, geralmente, apresenta alguma resistência aos tratamentos convencionais (Leishmaniose Cutânea Difusa, LCD) ou 3) a mucocutânea, forma mais grave da doença, que apresenta acometimento das cavidades nasal e oral. O papel da imunidade inata, especificamente de receptores como os Nod-like-receptors (NLRs), na infecção por Leishmania spp. ainda é não completamente conhecido. Recentemente, nosso grupo demonstrou que NLRP3, um receptor associado com a ativação da plataforma molecular inflamassoma e produção de IL-1b, está relacionado com resistência à infecção por Leishmania spp. em hospedeiros resistentes. Posteriormente, foi observado que o inflamassoma pode favorecer a patogênese de L. major quando foram utilizados camundongos com fundo genético susceptível. Desta forma, uma das hipóteses a serem testadas nesse projeto é que o inflamassoma participa do direcionamento de respostas protetoras ou deletérias frente à infecção por L. amazonensis de maneira dependente fundo genético do hospedeiro. É possível que a ativação do inflamassoma por hospedeiros geneticamente suscetíveis à infecção leva ao desenvolvimento de formas graves da doença, como por exemplo, a forma LCD. Por outro lado, espera-se que em hospedeiros geneticamente resistentes, a ativação do inflamassoma culmina em resistência à Leishmaniose, gerando as formas benignas, como a LCL. Além disso, pretende-se avaliar o papel de outros receptores relacionados com os inflamassomas na infecção por L. amazonensis, como NLRP6 e NLRP12. Finalmente, pretendemos avaliar os mecanismos que levam ao controle da infecção que operam de maneira influenciada pelo inflamassoma, incluindo o processo de autofagia que parece exercer um papel importante no controle da infecção por L. amazonensis. O desenvolvimento deste trabalho permitirá o conhecimento de moléculas e mecanismos relacionados com resistência e suscetibilidade à Leishmaniose cutânea, estabelecendo possíveis marcadores para o desenvolvimento das formas clínicas, assim como novos alvos para futuras terapias contra esta doença. (AU)

Desenvolvimento e avaliação de organogéis de óleo de soja estruturados com fitoesteróis e monoestearato de sorbitana

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Ana Paula Badan Ribeiro
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Tecnologia de Alimentos
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:15/09171-8
Vigência: 01 de agosto de 2015 - 31 de julho de 2016
Assunto(s):Óleo de soja
Resumo
No Brasil, as questões controversas acerca do papel dos ácidos graxos trans na alimentação ocasionaram modificações progressivas na legislação, visando a inclusão de maiores informações para os consumidores. Em resposta, as indústrias brasileiras optaram pela substituição progressiva da gordura trans em diversos produtos, através do desenvolvimento de bases gordurosas com funcionalidade e viabilidade econômica equivalente às gorduras parcialmente hidrogenadas, acarretando, entretanto, aumento substancial do teor de ácidos graxos saturados nos alimentos. No momento atual, a ciência de lipídios visa definir alternativas para um problema extensamente discutido pelas organizações de saúde no mundo, que consiste em limitar o teor de gordura saturada nos alimentos disponíveis à população. O uso de agentes estruturantes, como triacilgliceróis específicos, glicerídeos parciais, lipídios minoritários e alguns emulsificantes, tem sido indicados como a única alternativa viável para a obtenção de gorduras semi-sólidas com redução do conteúdo de ácidos graxos saturados, e propriedades compatíveis à aplicação em alimentos. Neste contexto, os fitoesteróis, reconhecidos como potentes hipocolesterolêmicos naturais, apresentam-se como uma opção para estruturação de matrizes lipídicas. A literatura técnica também indica, em especial, o emulsificante monoestearato de sorbitana (SMS) como potencial gelificante para obtenção de bases lipídicas estruturadas. Este projeto tem como objetivo o desenvolvimento de bases lipídicas zero trans com teores reduzidos de ácidos graxos saturados, a partir do óleo de soja, utilizando misturas de fitoesteróis livres (FL) e SMS como potenciais agentes estruturantes. (AU)

As "guerras púnicas" de Sílio Itálico e a épica Vergiliana: tradução e estudo do canto i das púnicas

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Marcelo Vieira Fernandes
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literaturas Clássicas
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:15/06514-1
Vigência: 01 de agosto de 2015 - 31 de julho de 2016
Assunto(s):Literatura latinaTradução
Resumo
O projeto tem por objetivo a tradução integral e direta, do latim ao português, do canto I (694 versos) do poema épico Punica (em português: As Guerras Púnicas, ou simplesmente Púnicas) de Sílio Itálico (c. 26-102 d.C.), a partir do texto latino da edição de L. Bauer (Leipzig: Teubner, 1890), usada por J. D. Duff em sua tradução para série Loeb Classical Library (Harvard University Press, 1961). Além da tradução, será feito um estudo introdutório de certos elementos em comum com a tradição da épica vergiliana, a Eneida, já que o canto I das Púnicas apresenta diversos aspectos em consonância com o poema de Vergílio, principalmente na apropriação dos valores éticos e na construção da noção de heroísmo. Mais precisamente, assim como, na Eneida, a ira e o furor eram rechaçados na construção ética de um herói romano, devido ao fato de os grandes inimigos dos dárdanos, Turno e Mezêncio, possuírem tais características e dialogarem com o ideal de heroísmo na obra, assim também, nas Púnicas, as mesmas paixões são negadas na construção do caráter heroico exemplar, em razão de Aníbal, típico inimigo do povo romano, já apresentar desde o início do poema essas mesmas características adversas em contraposição aos romanos. Dessa forma, tendo-se por base, por exemplo, as observações de Gossage (1994) e Boyle (1991) que veem o opus literário das Púnicas mais como criação única do poeta do que como simples aemulatio de Vergílio o estudo introdutório, que acompanhará a tradução desse primeiro canto, versará sobre a maneira particular como o poeta do período flaviano herdou e modificou a tradição épica vergiliana em que se insere. (AU)

Ocorrência e caracterização molecular de Cryptosporidium spp. em cervídeos brasileiros de vida livre

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina Veterinária (FMVA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Katia Denise Saraiva Bresciani
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo:15/10086-5
Vigência: 01 de agosto de 2015 - 31 de julho de 2017
Convênio/Acordo de cooperação com a FAPESP: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Assunto(s):Técnicas de genotipagemCervosOocistosCriptosporidioseProtozoologia
Resumo
A criptosporidiose é uma doença entérica grave, sendo responsável por desordens intestinais principalmente em ruminantes jovens, com manifestação clínica variada e eventual mortalidade. Este projeto de pesquisa tem como objetivo avaliar a ocorrência e caracterizar geneticamente as infecções por Cryptosporidium em cervídeos brasileiros de vida livre. A presença de oocistos deste protozoário nas amostras fecais de cervídeos será observada pelas técnicas de coloração negativa com verde malaquita e a microscopia com contraste de fase em solução de Sheather. O DNA genômico de cada amostra fecal será extraído, possibilitando por meio da reação em cadeia da polimerase (nested-PCR) a amplificação do DNA do parasito (gene 18S RNA e GP 60). As amostras positivas quanto à presença do DNA de Cryptosporidium spp. serão sequenciadas, possibilitando a caracterização molecular deste coccídeo. A análise estatística consistirá no teste Qui-Quadrado para verificar a associação da presença do referido enteroparasito em relação á origem das amostras fecais. (AU)

Habitação coletiva contemporânea: análise crítica do processo de projeto no Brasil e na Holanda

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Leandro Silva Medrano
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:15/08104-5
Vigência: 01 de agosto de 2015 - 31 de julho de 2018
Assunto(s):HolandaBrasil
Resumo
Atualmente, grande parte da produção habitacional no Brasil é resultante de forças de mercado, despreocupadas com questões arquitetônicas e urbanas essenciais. Por outro lado, a Holanda há muito tempo se destaca frente ao tema da produção habitacional, em diversos aspectos, como qualidade, quantidade, inovação, normativas e estruturação de um processo de projeto. Tem-se como hipótese que na Holanda houve construção crítica disciplinar, que envolveu teoria, práticas e métodos, resultando em um processo de projeto bem estruturado, o que contribuiu para possibilitar a construção de uma arquitetura habitacional relevante, enquanto que no Brasil, por outro lado, esta construção crítica disciplinar não foi efetivada, ou ela se restringiu ao meio acadêmico e intelectual, o que resultou posteriormente na fragilização generalizada da qualidade dos projetos de habitação coletiva no país. Portanto, o objetivo desta pesquisa é analisar criticamente o processo de projeto, especialmente em suas fases iniciais de concepção, das habitações coletivas contemporâneas controladas pelo poder público, considerando as possíveis intervenientes e condicionantes do processo, objetivos, fundamentação crítica e teórica, e metodologias de análise e avaliação, no Brasil e na Holanda, buscando similaridades e, principalmente, diferenças entre os dois países. Para tanto, serão analisados casos de habitação coletiva contemporâneos no Brasil, reunindo e organizando documentos sobre o tema do processo de projeto, do repertório crítico e teórico de arquitetura, das diretrizes projetuais, metodológicas e teóricas para elaboração de edifícios habitacionais, e metodologias de análise e avaliação de projetos. Complementarmente, será feita a análise e comparação de base projetual, teórica e metodológica de tais projetos com outros, de natureza semelhante, apresentados na Holanda. Desta forma, busca-se contribuir para o desenvolvimento de um corpo disciplinar e de crítica teórica e projetual no Brasil, e com a discussão sobre a produção habitacional no país, em contraste com a realidade na Holanda. (AU)

Um Elísio Muito Melhor: emulação e intertextualidade no poema Olímpia de Giovanni Boccaccio

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Estudos da Linguagem (IEL). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Isabella Tardin Cardoso
Supervisor no Exterior: Stephen Harrison
Local de pesquisa: University of Oxford (Inglaterra)
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literaturas Clássicas
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Processo:15/00202-8
Vigência: 05 de julho de 2015 - 04 de dezembro de 2015
Assunto(s):Literatura latina
Resumo
O objetivo deste projeto BEPE é desenvolver uma pesquisa sobre recepção nos Estudos Clássicos, a ser realizada na Universidade de Oxford - Corpus Christi College, de julho a dezembro de 2015, sob a supervisão do Prof. Dr. Stephen Harrison. Como parte de nosso projeto regular de Mestrado, intitulado "«Olympia» de Giovanni Boccaccio: Estudo introdutório, tradução e notas" (Fapesp 2014/01868-7), durante o período de estágio em Oxford pretendemos investigar a recepção que as obras do poeta romano Virgílio (70-19 a.C.) tiveram na produção do autor italiano Giovanni Boccaccio (1313-1375). Mais especificamente, interessam-nos as relações intertextuais que podem ser observadas entre os textos do livro VI da «Eneida» e de «Olímpia». Além de apontar as afinidades temáticas e formais (bem como os contrastes) entre os Campos Elísios de Anquises (En. 6, 637-665) e o paraíso celestial de Olímpia (Olímp., vv. 159-196), procuraremos explorar outros tipos de associações, como a presença de topoi das «Bucólicas» de Virgílio na écloga boccacciana, que pertence ao mesmo gênero poético. Nosso interesse neste estágio de pesquisa no exterior é motivado pelos trabalhos mais recentes do Prof. Harrison sobre recepções da literatura latina, os quais são pautados em seus inúmeros estudos acerca de Virgílio e de questões de gêneros poéticos em geral. Por fim, consultar as bibliotecas da Universidade de Oxford também nos dará a oportunidade de acessar uma extensa bibliografia que, apesar de fundamental para nossa dissertação de Mestrado, não se encontra disponível no Brasil. (AU)

Análise da relação entre distribuição e market share em diferentes canais, regiões e linhas de produto em um mercado emergente

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Escola de Administração de Empresas (EAESP). Fundação Getúlio Vargas (FGV). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Leandro Angotti Guissoni
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Administração - Administração de Empresas
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:14/27393-5
Vigência: 01 de julho de 2015 - 30 de junho de 2016
Assunto(s):MarketingVarejoCanais de distribuiçãoMétricas
Resumo
Apesar do interesse e potencial, muitas empresas buscam identificar estratégias adequadas para os mercados emergentes. A literatura de marketing, por sua vez, tem buscado preencher lacunas importantes com estudos aplicados a esse tipo de mercado. Especificamente, empresas de consumo têm o desafio de gerenciar seus produtos existentes e lançar novos produtos oferecidos aos consumidores em diferentes tipos de varejistas e regiões. Em virtude do varejo ser menos concentrado nos mercados emergentes, compreender a relação de variáveis de marketing em diferentes tipos de varejistas é relevante. Além disso, um mercado emergente, como o Brasil, apresenta diferentes características demográficas em regiões distintas (como sudeste e nordeste). Portanto, pesquisas em marketing devem buscar compreender o comportamento das variáveis de marketing em regiões diversas para uma melhor compreensão desses mercados. Sobre as variáveis de marketing, especificamente, a de distribuição tem ganho destaque. Isso ocorre, também, em função da sua elevada elasticidade nas vendas. Há evidências de pesquisas anteriores mostrando que o efeito de um aumento na distribuição sobre as vendas é maior do que o efeito do aumento de propaganda e promoções. No presente projeto propõe-se estudar a relação entre distribuição e participação de mercado no varejo no Brasil. Especificamente, investigando essa relação ao comparar quatro formatos varejistas diferentes (grandes supermercados, pequenos supermercados, padarias e mercearias, bares e restaurantes) em duas regiões diferentes no mercado emergente estudado (nordeste e sudeste). A base de dados disponível, a partir de auditorias no varejo, apresenta dados das variáveis estudadas de mais de 170 marcas e 1.000 stock-keeping units (SKUs). (AU)

Sevoflurane induces DNA damage whereas isoflurane leads to higher antioxidative status in anesthetized rats

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Carlos Alan Candido Dias Junior
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Toxicologia
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Processo:15/09884-4
Vigência: 01 de julho de 2015 - 31 de outubro de 2015
Resumo
Há evidências controvérsias quanto ao efeitos antioxidantes mediados pelos anestésicos inalatórios isoflurano e sevoflurano, bem como a ausência de comparação de genotoxicidade dos dois anestésicos em modelo animal, o objetivo deste estudo foi comparar os danos ao DNA e a capacidade antioxidante em ratos Wistar (expostos a uma única vez) ao anestésico isoflurano ou sevoflurano. O ensaio de cometa (alkaline single-cell gel electrophoresis assay) foi realizado para avaliar os danos ao DNA de células de sangue total de animais controles (não-exposta; n = 6) ou expostos a 2% de isoflurano (n = 6) ou a 4% de sevoflurano (n = 6), durante 120 minutos. O "antioxidant status" no plasma foi determinado pelo método de MTT (3-(4,5-dimethylthiazol-2-yl)-2,5-diphenyltetrazolium bromide). Não houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos expostos ao isoflurano ou ao sevoflurano quanto às variáveis hemodinâmicas e de temperatura (P> 0,05). O sevoflurano aumentou significativamente os danos ao DNA em comparação com animais do grupo controle (não-expostos, P = 0,02). Além disso, os ratos anestesiados com isoflurano mostraram maior "antioxidant status" (MTT) comparada ao grupo controle (P = 0,019). Não houve diferenças significativas nos danos ao DNA ou "antioxidant status" entre os grupos isoflurano e o sevoflurano (P> 0,05). Portanto, os nossos resultados sugerem que, em contraste com a exposição ao sevoflurano, o anestésico isoflurano aumenta o "antioxidant status" sistêmico, protegendo as células de danos ao DNA em ratos. (AU)

Regimes internacionais e os níveis doméstico, regional e global: uma análise multidimensional nos campos do mercado e da sociedade

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Relações Internacionais (IRI). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Janina Onuki
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Política Internacional
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo:14/26455-7
Vigência: 01 de julho de 2015 - 30 de junho de 2017
Convênio/Acordo de cooperação com a FAPESP: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Assunto(s):Relações internacionais
Resumo
Este projeto propõe investigar o mútuo impacto entre os níveis doméstico, regional e global na percepção de Estados soberanos quanto à adesão a regimes internacionais, assim como desenvolver um modelo teórico para tal análise. Tal modelo fundamenta-se no conceito sociológico de campos, brevemente definidos como espaços sociais em que atores competem e cooperam com o objetivo de manter e, se possível, ampliar seu poder. Identificamos no mundo contemporâneo dois campos que estruturam os níveis doméstico, regional e global: o mercado, no qual atores sociais expressam seus interesses econômico-materiais, e a sociedade, em que eles disputam pela primazia de seus valores normativos. Assim, nossa principal hipótese é que os Estados, ao definirem sua participação em regimes internacionais, levam em conta a dinâmica de ambos os campos. Porém, diferentemente dos modelos atualmente empregados pelas várias escolas teóricas de Relações Internacionais, não trabalhamos com a dicotomia entre os níveis doméstico e internacional. Propomos a existência de um terceiro nível, o regional. Portanto, com base na dinâmica dos campos do mercado e da sociedade nesse nível, Estados definiriam prioridades domésticas e internacionais e, por conseguinte, a adesão ou não a regimes. Para desenvolver o modelo teórico, propomos comparar a atuação de Brasil e Índia nos regimes comercial e nuclear desde os anos 1990, argumentando que suas respectivas escolhas decorrem da dinâmica regional na qual cada um desses Estados está inserido. Com uma vizinhança pacificada e economicamente integrada, o Brasil percebeu os regimes da Organização Mundial do Comércio (OMC) e de Não-Proliferação (NPT) de maneira mais benigna que a Índia, país que ainda enfrenta tensões militares e político-econômicas em seu contexto regional. (AU)

Novas tecnologias e ensino de História: uma relação possível e necessária

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCHS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Franca. Franca, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Célia Maria David
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Ensino-aprendizagem
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Ensino Público
Processo:15/12466-0
Vigência: 01 de julho de 2015 - 30 de junho de 2016
Vinculado ao auxílio:15/04316-8 - Novas tecnologias e ensino de história: uma relação possível e necessária, AP.EP
Assunto(s):Ensino de históriaInternetTecnologia educacionalPrática de ensino
Resumo
Este trabalho insere-se no âmbito da pesquisa- ação (THILOLLENT, 2002) e tem como meta primordial contribuir para com a melhoria do Ensino Público do Estado de São Paulo. Terá curso por meio de um projeto de ação- pedagógica, referenciada pelo Currículo de História do Estado de São Paulo, e será desenvolvido em duas salas de 8° ano do Ensino Fundamental da Rede Pública Estadual de Ensino, valendo-se das tecnologias da informação e comunicação. Contará com a participação dos membros do Grupo de Pesquisa: "Políticas públicas e democratização do ensino no Brasil" coordenado pela proponente, e como não poderia deixar de ser, pelos professores de História e equipe gestora da escola loco da pesquisa. O motivo que o move é a percepção de que a escola não pode ficar à margem e tão pouco resistir aos avanços das Tecnologias da Informação e Comunicação - TICs, principalmente da internet, tendo-se que estes avanços compõem o repertório e a maneira de ser dos jovens atualmente, numa dinâmica que contrasta totalmente com a da escola; posicionamento sustentado, entre outros, por teóricos como PRENSKY (2001), SANTOS, B.S. & RADTKE (2005), CASTELLS (2005), MORAN (2000). Não se trata de substituir as práticas pedagógicas em curso, pelo contrário, objetiva-se ampliar e aprofundar o uso dos recursos da tecnologia de informação e comunicação de forma significativa no espaço escolar e na sala de aula visando tornar as aulas de História mais dinâmicas, atrativas e participativas para os alunos. Trata-se, ademais de uma proposta que visa colaborar para a consolidação do já implantado "Programa Acessa Escola", proposto pelo Governo do Estado, em 2008, com "o objetivo de promover a inclusão digital, social e estimular o uso da internet pelos usuários das escolas da rede estadual de ensino". (AU)

Novas tecnologias e ensino de História: uma relação possível e necessária

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCHS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Franca. Franca, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Célia Maria David
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Ensino-aprendizagem
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Ensino Público
Processo:15/12470-7
Vigência: 01 de julho de 2015 - 30 de junho de 2016
Vinculado ao auxílio:15/04316-8 - Novas tecnologias e ensino de história: uma relação possível e necessária, AP.EP
Assunto(s):Ensino de históriaInternetTecnologia educacionalPrática de ensino
Resumo
Este trabalho insere-se no âmbito da pesquisa- ação (THILOLLENT, 2002) e tem como meta primordial contribuir para com a melhoria do Ensino Público do Estado de São Paulo. Terá curso por meio de um projeto de ação- pedagógica, referenciada pelo Currículo de História do Estado de São Paulo, e será desenvolvido em duas salas de 8° ano do Ensino Fundamental da Rede Pública Estadual de Ensino, valendo-se das tecnologias da informação e comunicação. Contará com a participação dos membros do Grupo de Pesquisa: "Políticas públicas e democratização do ensino no Brasil" coordenado pela proponente, e como não poderia deixar de ser, pelos professores de História e equipe gestora da escola loco da pesquisa. O motivo que o move é a percepção de que a escola não pode ficar à margem e tão pouco resistir aos avanços das Tecnologias da Informação e Comunicação - TICs, principalmente da internet, tendo-se que estes avanços compõem o repertório e a maneira de ser dos jovens atualmente, numa dinâmica que contrasta totalmente com a da escola; posicionamento sustentado, entre outros, por teóricos como PRENSKY (2001), SANTOS, B.S. & RADTKE (2005), CASTELLS (2005), MORAN (2000). Não se trata de substituir as práticas pedagógicas em curso, pelo contrário, objetiva-se ampliar e aprofundar o uso dos recursos da tecnologia de informação e comunicação de forma significativa no espaço escolar e na sala de aula visando tornar as aulas de História mais dinâmicas, atrativas e participativas para os alunos. Trata-se, ademais de uma proposta que visa colaborar para a consolidação do já implantado "Programa Acessa Escola", proposto pelo Governo do Estado, em 2008, com "o objetivo de promover a inclusão digital, social e estimular o uso da internet pelos usuários das escolas da rede estadual de ensino". (AU)

Novas tecnologias e ensino de História: uma relação possível e necessária

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCHS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Franca. Franca, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Célia Maria David
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Ensino-aprendizagem
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:15/12471-3
Vigência: 01 de julho de 2015 - 31 de maio de 2017
Vinculado ao auxílio:15/04316-8 - Novas tecnologias e ensino de história: uma relação possível e necessária, AP.EP
Assunto(s):Ensino de históriaInternetTecnologia educacionalPrática de ensino
Resumo
Este trabalho insere-se no âmbito da pesquisa- ação (THILOLLENT, 2002) e tem como meta primordial contribuir para com a melhoria do Ensino Público do Estado de São Paulo. Terá curso por meio de um projeto de ação- pedagógica, referenciada pelo Currículo de História do Estado de São Paulo, e será desenvolvido em duas salas de 8° ano do Ensino Fundamental da Rede Pública Estadual de Ensino, valendo-se das tecnologias da informação e comunicação. Contará com a participação dos membros do Grupo de Pesquisa: "Políticas públicas e democratização do ensino no Brasil" coordenado pela proponente, e como não poderia deixar de ser, pelos professores de História e equipe gestora da escola loco da pesquisa. O motivo que o move é a percepção de que a escola não pode ficar à margem e tão pouco resistir aos avanços das Tecnologias da Informação e Comunicação - TICs, principalmente da internet, tendo-se que estes avanços compõem o repertório e a maneira de ser dos jovens atualmente, numa dinâmica que contrasta totalmente com a da escola; posicionamento sustentado, entre outros, por teóricos como PRENSKY (2001), SANTOS, B.S. & RADTKE (2005), CASTELLS (2005), MORAN (2000). Não se trata de substituir as práticas pedagógicas em curso, pelo contrário, objetiva-se ampliar e aprofundar o uso dos recursos da tecnologia de informação e comunicação de forma significativa no espaço escolar e na sala de aula visando tornar as aulas de História mais dinâmicas, atrativas e participativas para os alunos. Trata-se, ademais de uma proposta que visa colaborar para a consolidação do já implantado "Programa Acessa Escola", proposto pelo Governo do Estado, em 2008, com "o objetivo de promover a inclusão digital, social e estimular o uso da internet pelos usuários das escolas da rede estadual de ensino". (AU)

Novas tecnologias e ensino de História: uma relação possível e necessária

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCHS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Franca. Franca, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Célia Maria David
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Ensino-aprendizagem
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Ensino Público
Processo:15/12472-0
Vigência: 01 de julho de 2015 - 30 de junho de 2016
Vinculado ao auxílio:15/04316-8 - Novas tecnologias e ensino de história: uma relação possível e necessária, AP.EP
Assunto(s):Ensino de históriaInternetTecnologia educacionalPrática de ensino
Resumo
Este trabalho insere-se no âmbito da pesquisa- ação (THILOLLENT, 2002) e tem como meta primordial contribuir para com a melhoria do Ensino Público do Estado de São Paulo. Terá curso por meio de um projeto de ação- pedagógica, referenciada pelo Currículo de História do Estado de São Paulo, e será desenvolvido em duas salas de 8° ano do Ensino Fundamental da Rede Pública Estadual de Ensino, valendo-se das tecnologias da informação e comunicação. Contará com a participação dos membros do Grupo de Pesquisa: "Políticas públicas e democratização do ensino no Brasil" coordenado pela proponente, e como não poderia deixar de ser, pelos professores de História e equipe gestora da escola loco da pesquisa. O motivo que o move é a percepção de que a escola não pode ficar à margem e tão pouco resistir aos avanços das Tecnologias da Informação e Comunicação - TICs, principalmente da internet, tendo-se que estes avanços compõem o repertório e a maneira de ser dos jovens atualmente, numa dinâmica que contrasta totalmente com a da escola; posicionamento sustentado, entre outros, por teóricos como PRENSKY (2001), SANTOS, B.S. & RADTKE (2005), CASTELLS (2005), MORAN (2000). Não se trata de substituir as práticas pedagógicas em curso, pelo contrário, objetiva-se ampliar e aprofundar o uso dos recursos da tecnologia de informação e comunicação de forma significativa no espaço escolar e na sala de aula visando tornar as aulas de História mais dinâmicas, atrativas e participativas para os alunos. Trata-se, ademais de uma proposta que visa colaborar para a consolidação do já implantado "Programa Acessa Escola", proposto pelo Governo do Estado, em 2008, com "o objetivo de promover a inclusão digital, social e estimular o uso da internet pelos usuários das escolas da rede estadual de ensino". (AU)

Novas tecnologias e ensino de História: uma relação possível e necessária

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCHS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Franca. Franca, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Célia Maria David
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Ensino-aprendizagem
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Ensino Público
Processo:15/12473-6
Vigência: 01 de julho de 2015 - 30 de junho de 2016
Vinculado ao auxílio:15/04316-8 - Novas tecnologias e ensino de história: uma relação possível e necessária, AP.EP
Assunto(s):Ensino de históriaInternetTecnologia educacionalPrática de ensino
Resumo
Este trabalho insere-se no âmbito da pesquisa- ação (THILOLLENT, 2002) e tem como meta primordial contribuir para com a melhoria do Ensino Público do Estado de São Paulo. Terá curso por meio de um projeto de ação- pedagógica, referenciada pelo Currículo de História do Estado de São Paulo, e será desenvolvido em duas salas de 8° ano do Ensino Fundamental da Rede Pública Estadual de Ensino, valendo-se das tecnologias da informação e comunicação. Contará com a participação dos membros do Grupo de Pesquisa: "Políticas públicas e democratização do ensino no Brasil" coordenado pela proponente, e como não poderia deixar de ser, pelos professores de História e equipe gestora da escola loco da pesquisa. O motivo que o move é a percepção de que a escola não pode ficar à margem e tão pouco resistir aos avanços das Tecnologias da Informação e Comunicação - TICs, principalmente da internet, tendo-se que estes avanços compõem o repertório e a maneira de ser dos jovens atualmente, numa dinâmica que contrasta totalmente com a da escola; posicionamento sustentado, entre outros, por teóricos como PRENSKY (2001), SANTOS, B.S. & RADTKE (2005), CASTELLS (2005), MORAN (2000). Não se trata de substituir as práticas pedagógicas em curso, pelo contrário, objetiva-se ampliar e aprofundar o uso dos recursos da tecnologia de informação e comunicação de forma significativa no espaço escolar e na sala de aula visando tornar as aulas de História mais dinâmicas, atrativas e participativas para os alunos. Trata-se, ademais de uma proposta que visa colaborar para a consolidação do já implantado "Programa Acessa Escola", proposto pelo Governo do Estado, em 2008, com "o objetivo de promover a inclusão digital, social e estimular o uso da internet pelos usuários das escolas da rede estadual de ensino". (AU)

Novas tecnologias e ensino de História: uma relação possível e necessária

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCHS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Franca. Franca, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Célia Maria David
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Ensino-aprendizagem
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Ensino Público
Processo:15/12464-7
Vigência: 01 de julho de 2015 - 30 de junho de 2016
Vinculado ao auxílio:15/04316-8 - Novas tecnologias e ensino de história: uma relação possível e necessária, AP.EP
Assunto(s):Ensino de históriaInternetTecnologia educacionalPrática de ensino
Resumo
Este trabalho insere-se no âmbito da pesquisa- ação (THILOLLENT, 2002) e tem como meta primordial contribuir para com a melhoria do Ensino Público do Estado de São Paulo. Terá curso por meio de um projeto de ação- pedagógica, referenciada pelo Currículo de História do Estado de São Paulo, e será desenvolvido em duas salas de 8° ano do Ensino Fundamental da Rede Pública Estadual de Ensino, valendo-se das tecnologias da informação e comunicação. Contará com a participação dos membros do Grupo de Pesquisa: "Políticas públicas e democratização do ensino no Brasil" coordenado pela proponente, e como não poderia deixar de ser, pelos professores de História e equipe gestora da escola loco da pesquisa. O motivo que o move é a percepção de que a escola não pode ficar à margem e tão pouco resistir aos avanços das Tecnologias da Informação e Comunicação - TICs, principalmente da internet, tendo-se que estes avanços compõem o repertório e a maneira de ser dos jovens atualmente, numa dinâmica que contrasta totalmente com a da escola; posicionamento sustentado, entre outros, por teóricos como PRENSKY (2001), SANTOS, B.S. & RADTKE (2005), CASTELLS (2005), MORAN (2000). Não se trata de substituir as práticas pedagógicas em curso, pelo contrário, objetiva-se ampliar e aprofundar o uso dos recursos da tecnologia de informação e comunicação de forma significativa no espaço escolar e na sala de aula visando tornar as aulas de História mais dinâmicas, atrativas e participativas para os alunos. Trata-se, ademais de uma proposta que visa colaborar para a consolidação do já implantado "Programa Acessa Escola", proposto pelo Governo do Estado, em 2008, com "o objetivo de promover a inclusão digital, social e estimular o uso da internet pelos usuários das escolas da rede estadual de ensino". (AU)

Estudo prospectivo de embolização transarterial percutânea no tratamento da hiperplasia prostática benigna

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Marcone Lima Sobreira
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:13/13603-5
Vigência: 01 de julho de 2015 - 30 de junho de 2016
Assunto(s):Embolização terapêuticaPróstataDoenças prostáticasHiperplasia prostáticaProcedimentos cirúrgicos vasculares
Resumo
A Hiperplasia Prostática Benigna (HPB) é uma doença comum em homens idosos e seus cuidados aumentam à medida que a população envelhece. Cerca de 25% dos homens com mais de 40 anos e 90% daqueles com idade superior a 80 anos apresentarão alguma sintomatologia relacionada ao trato urinário inferior devido à HPB.Atualmente, as alternativas terapêuticas incluem o tratamento medicamentoso(conservador) e as cirurgias, indicadas na falha do tratamento farmacológico ou napresença de complicações. Em geral, o tratamento cirúrgico apresenta bons resultados,particularmente nas formas minimamente invasivas, como a ressecção transuretral de próstata (RTUP), ainda considerada a terapia de referência, com melhora em cerca de 70% dos casos. Para glândulas maiores, a prostatectomia a céu aberto, seja pelo acesso transvesical (PTV) seja pela via retropúbica a Millin, constitui uma excelente opção de tratamento. Entretanto, considerando-se a alta prevalência da HPB em pacientes idosos,frequentemente portadores de comorbidades graves, a cirurgia nesta faixa etária pode apresentar restrições. Neste cenário, a Embolização Transarterial Percutânea da Próstata (ETPP) surge como uma alternativa à terapia cirúrgica clássica, particularmente em pacientes que não responderam ao tratamento medicamentoso e a cirurgia está contraindicada,por risco proibitivo . Objetivo: Pretende-se avaliar clinicamente os efeitos daETPP com microesferas neste grupo de pacientes, atendidos no Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB-UNESP). Métodos: O projeto deverá ser aprovado pelo CEP. Serão recrutados cerca de 10 pacientes consecutivos seguidos no ambulatório de Doenças Prostáticas do Serviço de Urologia da FMB-UNESP e comdiagnóstico definitivo de HBP. A amostra será de conveniência. Os pacientes serão avaliados quanto ao risco cardíaco por cardiologista, usando o critério da AHA. Os critérios de inclusão serão: pacientes portadores de Hiperplasia Prostática Benigna com indicação cirúrgica, sem condições clínicas para serem operados pelo tratamento dereferência , que não responderam à terapia medicamentosa clássica e que consentiremem assinar o TCLE. Os critérios de exclusão serão: pacientes com idade menor que 40 anos; submetidos previamente à cirurgia (endoscópica ou aberta) para tratamento de HPB (recidiva) ; com neoplasia de próstata: exclusão pelo antígeno prostático específico (PSA); toque e biopsia, quando necessário; que não concordarem com o tratamento em questão; portadores de outras doenças urológicas concomitantes como estenose deuretra, bexiga neurogênica, insuficiência renal crônica, etc; que apresentarem contraindicação ao procedimento terapêutico proposto, como alergia ao contraste,insuficiência renal crônica e dificuldade de acesso pela artéria femoral.Em resumo, o procedimento proposto será cateterizar superseletivamente a artéria prostática e provocar isquemia na próstata com o uso de microesferas.As variáveis estudadas serão: avaliação da qualidade de vida pelo IPSS (EscoreInternacional de Sintomas Prostáticos; avaliação objetiva do fluxo urinário;caracterização do volume prostático, por USG e ressonânica magnética e avaliação do volume residual pós miccional. (AU)

Estudo global da estrutura da zona de transição do manto a partir de anomalias do geóide e da propagação de ondas SS

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Naomi Ussami
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geofísica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo:14/17779-3
Vigência: 01 de julho de 2015 - 30 de junho de 2017
Vinculado ao auxílio:09/50493-8 - Modelos da crosta e litosfera sob as bacias do Paraná e Chaco-Paraná integrando gradiometria gravimétrica por satélite, gravimetria terrestre e sondagens magnéticas e eletromagnéticas, AP.TEM
Convênio/Acordo de cooperação com a FAPESP: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Assunto(s):Geodinâmica
Resumo
O entendimento sobre a estrutura da zona de transição pode trazer importantes informações sobre o estilo de convecção predominante no manto da Terra, um problema ainda não resolvido em geodinâmica. Essa região do manto que é caracterizada por mudanças de fase do mineral olivina, o mais abundante no manto, desempenha um papel chave no mecanismo de convecção, se em camadas ou envolvendo todo o manto. Esta proposta de pós-doutorado foca na determinação da topografia das descontinuidades de 410 km e 660 km e na estimativa de suas estruturas de densidade em escala global a partir do estudo da propagação das precursoras da onda SS no manto e da inversão de anomalias do geoide. Nós iremos fazer uma avaliação crítica dos atuais métodos utilizados para derivar tais topografias e ver como simplificações teóricas no uso da teoria do raio afetam a estimativa da espessura da zona de transição. Utilizando a teoria da frequência finita e explorando os vários modelos globais de tomografia existentes, nós pretendemos gerar mapas mais precisos das ondulações das descontinuidades de 410 e 660 km. Esses mapas serão utilizados como informação a priori na inversão das anomalias do geoide, removendo-se inicialmente o efeito das massas litosféricas, para determinação de um modelo de distribuição de densidade. A interpretação conjunta da variação da topografia das descontinuidades na zona de transição, amplamente utilizada como um "termômetro" do manto, do sinal do contraste de densidade e dos resultados laboratoriais fornecido pela física de minerais trará resultados mais confiáveis sobre o real estado térmico do manto sob zonas de subducção ou regiões de hot-spots. Nós também iremos correlacionar os resultados obtidos para o manto sob a Província Magmática do Paraná (PMP) com os de outras grandes províncias ígneas (LIP) ao redor da Terra em busca assinaturas em comum, tal que possamos ter um melhor conhecimento do manto sob a PMP. Essa análise será integrada aos resultados provenientes do Projeto Temático FAPESP Processo 09/50493-8, intitulado "Modelos da crosta e litosfera sob as Bacias do Paraná e Chaco-Paraná integrando gradiometria gravimétrica por satélite, gravimetria terrestre e sondagens geomagnéticas e eletromagnéticas.", coordenado pelo Professor Ícaro Vitorello (INPE-MCT) e tendo como pesquisadora principal a Professora Naomi Ussami do IAG-USP. (AU)

Avaliação do papel de hormônios vegetais envolvidos na resposta diferencial de tomateiro cv. Micro-Tom a fungos do gênero Alternaria e Oidium por meio da alteração de transcritos

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Antonio Vargas de Oliveira Figueira
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Vegetal
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:15/00060-9
Vigência: 01 de julho de 2015 - 28 de fevereiro de 2017
Convênio/Acordo de cooperação com a FAPESP: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Assunto(s):TomateHormônios vegetais
Resumo
O tomateiro (Solanum lycopersicum L.) é uma planta modelo para estudos fisiológicos e genéticos relacionados ao estresse biótico, pois este é afetado por uma enorme diversidade de patógenos. A cultivar Micro-Tom, em especial, apresenta vantagens em relação às demais pelo seu tamanho e ciclo reduzidos. Patógenos de plantas são frequentemente divididos em biotróficos, necrotróficos e hemibiotróficos de acordo com seu mecanismo de infecção e, consequentemente, distintas respostas do hospedeiro são ativadas. Entre as doenças fúngicas, a pinta preta causada por espécies de Alternaria (necrotrófico) e o biotrófico oídio (Oidium sp.) apresentam mecanismos de infecção pouco conhecidos podendo servir como modelos da interação planta-patógeno de estilos de vida contrastantes. A resposta da planta a patógenos são reconhecidamente reguladas por hormônios vegetais. Classicamente, considera-se que a sinalização por ácido salicílico é requerida para resistência a patógenos biotróficos, enquanto que a combinação de ácido jasmônico e etileno são requeridos para a resistência a necrotróficos. Porém, foi observado em nosso laboratório que giberelina parece participar na sinalização à infecção por Oidium, visto que um número reduzido e tardio de sintomas foi observado nos mutantes para sinalização deste hormônio. Mesmo assim, existem poucas informações sobre os mecanismos moleculares destas respostas regulados por estes e outros hormônios, particularmente no caso destes fungos. Assim, o objetivo deste trabalho é investigar o papel dos hormônios vegetais, que respondam diferencialmente à infecção, na alteração do perfil transcricional de folhas destacadas de mutantes e transgênicos de 'Micro-Tom' com percepção ou síntese hormonais alterada em resposta a infecção por Alternaria e Oidium. O projeto será desenvolvido em três etapas. A primeira será realizada com objetivo de caracterizar os sintomas de 'Micro-Tom' em resposta à infecção por Oidium e Alternaria e através da expressão de genes marcadores hormonais determinar o tempo de coleta para avaliação de transcritos. Na segunda etapa, mutantes e linhagens transgênicas hormonais de 'Micro-Tom' serão avaliados com base no grau de severidade dos sintomas e dois mutantes mais contrastantes serão selecionados. Na terceira, será avaliado o papel destes hormônios na expressão diferencial de transcritos em resposta à infecção. Com análise deste conjunto de informações, pretende-se oferecer conhecimento dos possíveis mecanismos de resistência via sinalização hormonal que as plantas podem possuir em resposta à defesa a patógenos com estilos de vida contrastantes no início do processo de infecção. (AU)

Métodos de otimização multiobjetivo aplicados a problemas inversos e à separação cega de fontes

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Limeira, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Leonardo Tomazeli Duarte
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:14/27108-9
Vigência: 01 de julho de 2015 - 31 de março de 2017
Convênio/Acordo de cooperação com a FAPESP: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Assunto(s):Processamento de sinaisSeparação cega de fontes
Resumo
Em processamento de sinais e imagens há uma ampla gama de problemas que podem ser formulados como um problema inverso ou como um problema de separação de sinais. Via de regra, tais problemas são resolvidos a partir da otimização de um critério, que, no caso de um problema inverso, pode ser uma medida de distância entre os dados observados e as saídas do modelo considerado, ou, no caso da separação de sinais, um critério de separação (função contraste). No entanto, em muitas situações práticas, há um conjunto de informações a priori adicionais cuja incorporação ao problema de otimização proporciona resultados melhores. Tipicamente, o uso dessas informações é feito adicionando termos à função custo adotada, ou seja, de um modo mono-objetivo. No presente trabalho, investigaremos uma abordagem alternativa na qual o uso de informações a priori será feito por meio de uma abordagem multiobjetivo. A vantagem neste caso é que, ao invés de uma solução ótima, o método fornece um conjunto de soluções (Pareto-ótimas) que podem ser submetidas para análise do especialista responsável pela tomada de decisão do processo. Nosso estudo focará em métodos evolutivos de otimização multiobjetivo e considerará experimentos com dados sintéticos e com dados reais provenientes de problemas de arranjos de sensores químicos e sísmicos. (AU)

Revisão taxonômica e distribuição dos representantes do gênero Pulsatrix Kaup, 1848 (Aves: Strigiformes: Strigidae)

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Luís Fábio Silveira
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:15/00370-8
Vigência: 01 de julho de 2015 - 29 de fevereiro de 2016
Convênio/Acordo de cooperação com a FAPESP: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Assunto(s):BioacústicaMorfologia animalTaxonomia animal
Resumo
O gênero Pulsatrix Kaup, 1848 pertence à família Strigidae, que abriga as corujas, mochos e caburés. Pulsatrix possui distribuição Neotropical e compreende pelo menos 9 táxons, caracterizados pelo grande porte, cabeça de cor escura e arredondada, sem "orelhas" e um supercílio ou "óculos" claro, contrastante em formato de "X" e característico do grupo. Dentre as três espécies, Pulsatrix koeniswaldiana é monotípica e restrita a mata atlântica, Pulsatrix melanota é limitada aos Andes tropicais, com duas subespécies, e Pulsatrix perspicillata é amplamente bem distribuída nas américas central e sul, e possui uma grande variação morfológica ao longo de sua distribuição, representada por seis subespécies. Uma revisão taxonômica para o gênero nunca foi proposta e os limites de distribuição entre os táxons são divergentes na literatura. Com o apoio de espécimes taxidermizados e gravações de vocalizações, pretende-se realizar pela primeira vez a revisão taxonômica do gênero Pulsatrix com base em caracteres de plumagem, morfometria e vocalizações, atualizando a distribuição de cada táxon válido. (AU)

O jovem e a internet: laços e embaraços no mundo virtual

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências e Letras (FCL). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Claudia Dias Prioste
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros no Brasil
Processo:15/04036-5
Vigência: 01 de junho de 2015 - 31 de maio de 2016
Assunto(s):AdolescênciaPsicanáliseInclusão digitalTeoria crítica
Resumo
Essa obra apresenta os principais resultados de uma pesquisa empírica sobre a relação do jovem com a internet, analisando os possíveis efeitos do uso das Tecnologias da Informação e Comunicação na constituição subjetiva do sujeito contemporâneo. O estudo procurou, de um lado, conhecer os hábitos e os interesses dos jovens no ciberespaço, e do outro, realizar um percurso etnográfico na cibercultura visando desvendar os interesses econômicos e ideológicos subjacentes às websites mais visitadas. Após identificar os hábitos dos adolescentes, procurou-se analisar de que maneira as redes sociais, os jogos online e o cibersexo interferem em suas vidas, considerando o papel da escola e da família nesse contexto. O livro foi divido em três partes. Na primeira parte, intitulada "Indústria cultural e a hipótese de uma nova economia psíquica na pós-modernidade" discute-se o paradoxo do progresso tecnológico com base na Psicanálise e na Teoria Crítica, analisando também a emergência da internet e a passagem do mal-estar na cultura ao mal-estar dos desejos desmedidos na sociedade de consumo. Na segunda parte, intitulada "Cibercultura juvenil: os laços e os embaraços no mundo virtual" são descritos os procedimentos da pesquisa tanto na escola pública quanto na escola privada, apresentando seus principais resultados. Primeiramente, são analisados os laços e os embaraços dos adolescentes nas redes sociais, com destaque para o Facebook; as comunidades suicidas no Orkut; as revoltas no Twitter; os blogs imagéticos do Tumblr e também os embaraços do cyberbulling. Em segundo lugar, são analisados jogos virtuais e a ciberdependência. Ao final do capítulo sobre jogos, são apresentadas possíveis consequências do hábito de jogar na vida dos adolescentes. No último capítulo da segunda parte, intitulado "Vídeos na internet: o humor, o terror e a pornografia" destacam-se as seguintes problemáticas: o humor no YouTube; o estranho gosto pelo terror; a pornografia na internet; a pedofilia nas salas de bate-papo; a pseudossegurança do cibersexo e, por fim, as possíveis consequências da iniciação sexual no ciberespaço. A terceira parte, "O Mito dos Nativos Digitais e as Fantasias Virtuais" é dedicada aos desdobramentos dos resultados da pesquisa nos campos da educação e da psicologia. No capítulo dez realiza-se uma análise da concepção de inteligência coletiva cotejando com as respostas dos jovens referente ao que eles têm aprendido na internet. Nesse capítulo também é abordada a importância de uma reflexão crítica sobre o uso das tecnologias nas escolas. No capítulo nove é apresentado o caso de um estudante da escola pública, ressaltando seus laços com a internet, bem como o papel da família e da escola nesse processo. A partir do capítulo doze são analisados os efeitos das fantasias virtuais na constituição subjetiva dos adolescentes, iniciando-se com o conceito de fantasia na psicanálise, discutindo-se, em seguida, o uso das próteses tecnológicas de fantasias. O capítulo treze é dedicado às fantasias virtuais dos meninos, destacando: o terrorista-policial, o herói-sobrenatural e o hacker-expert. Nesse capítulo também é abordado o Complexo de Édipo contemporâneo e as fantasias destrutivas nos ambientes digitais. O capítulo quatorze é dedicado às fantasias virtuais das meninas, com destaque às temáticas: a amada-escolhida, a mãe-bebê, e a celebridade. Nele também são discutidos os aspectos edípicos das fantasias femininas. No último capítulo, intitulado: "Voyeurismo e exibicionismo: algumas implicações das próteses de fantasias na subjetividade juvenil" é realizada uma síntese sobre os possíveis efeitos do uso da internet na constituição subjetiva do adolescente. O livro é finalizado com algumas considerações que visam sintetizar seus principais argumentos e conclusões. (AU)

Softwares de código aberto contendo ferramentas estatísticas para análise e integração de conjuntos de dados epigenômicos produzidos em alta escala, a fim de decifrar e entender redes reguladoras de câncer

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Houtan Noushmehr
Pesquisadores associados:Tathiane Maistro Malta Pereira; Eduardo Magalhães Rego; Camila Ferreira de Souza; Luciano Neder Serafini; Carlos Gilberto Carlotti Junior; Miriam Galvonas Jasiulionis; Ana Valeria Barros de Castro; Daniela Pretti da Cunha Tirapelli
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Processo:15/07925-5
Vigência: 01 de junho de 2015 - 31 de maio de 2019
Assunto(s):EpigenômicaGenômicaTranscriptômicaNeoplasiasSequenciamento de DNAMetilação de DNABiologia computacionalRNA-seq
Resumo
Características genômicas e epigenômicas nas regiões codificadoras e não-codificadoras do DNA têm sido recentemente descobertas através de avanços das tecnologias de sequenciamento do DNA. Grandes consórcios internacionais (The Cancer Genome Atlas (TCGA), NIH Roadmap e ENCODE) têm investido milhões de dólares na esperança de avançar nosso entendimento acerca do genoma humano utilizando linhagens celulares comumente utilizadas (por exemplo, MCF-7, HMEC, etc), linhagens celulares primárias de tecidos normais (como células-tronco) e patológicos (por exemplo, câncer de cérebro ). Os dados genômicos multi-dimensionais disponíveis são derivados de mais de 10.000 experimentos (mais de 100 terabases de dados desde Projeto 1000 genomas, RNA-seq, ChIP-seq até Metil-seq) obtidos em mais de10.000 linhagens de células/tecidos.Todos estes dados vêm sendo depositados em bancos de dados de domínio público, proporcionando um recurso inestimável para laboratórios de investigação, uma vez que permitem a comparação e a validação de características genômicas e epigenômicas entre seus experimentos de sequenciamento gerados e os disponíveis publicamente. Apesar da sua significativa disponibilidade, os dados são depositados em diferentes repositórios, que apresentam diferentes formatos, tornando-se um desafio localizarem-se e identificarem-se características relevantes. Muitos pesquisadores computacionais iniciantes ou avançados, incluindo a nossa própria equipe, têm aproveitado com sucesso alguns destes dados livremente disponíveis integrando-os e produzindo insights científicos que permitiram a identificação de alterações epigenômicas biologicamente relevantes (Berman et al Natureza Genética 2012 , Coetzee et al. NAR 2012 e Noushmehr et al. Springer 2013). No entanto, entre os muitos problemas enfrentados pela maioria dos pesquisadores nessa área estão a falta de ferramentas adequadas de bioinformática e/ou de habilidade para integrar efetivamente os seus dados de sequenciamento com esses dados públicos de sequenciamento biológicos de valor inestimável. Em parceria com nossos colaboradores nacionais (Life Science/Health), que gerarão mais de 200 dados de metiloma e transcriptomas e com os nossos colaboradores internacionais, iremos desenvolver ferramentas automatizadas para unificar as diversas bases de dados contendo genes regulatórios dos genes, e desenvolver pipelines de metilação poderosas, no entanto de fácil utilização, usando a estrutura de código aberto R / Bioconductor, Rstudio Shiny e do sistema Galaxy baseado na web. (AU)

Novas tecnologias e ensino de história: uma relação possível e necessária

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Humanas e Sociais (FCHS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Franca. Franca, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Célia Maria David
Pesquisadores associados:Hilda Maria Gonçalves da Silva; Vânia de Fátima Martino; Márcia Pereira da Silva
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Ensino-aprendizagem
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Ensino Público
Processo:15/04316-8
Vigência: 01 de junho de 2015 - 31 de maio de 2017
Assunto(s):Ensino de históriaNovas tecnologias da comunicaçãoInternetPrática de ensinoEnsino públicoQualidade da educaçãoInclusão digitalInclusão social
Resumo
Este trabalho insere-se no âmbito da pesquisa- ação (THILOLLENT, 2002) e tem como meta primordial contribuir para com a melhoria do Ensino Público do Estado de São Paulo. Terá curso por meio de um projeto de ação- pedagógica, referenciada pelo Currículo de História do Estado de São Paulo, e será desenvolvido em duas salas de 8° ano do Ensino Fundamental da Rede Pública Estadual de Ensino, valendo-se das tecnologias da informação e comunicação. Contará com a participação dos membros do Grupo de Pesquisa: "Políticas públicas e democratização do ensino no Brasil" coordenado pela proponente, e como não poderia deixar de ser, pelos professores de História e equipe gestora da escola loco da pesquisa. O motivo que o move é a percepção de que a escola não pode ficar à margem e tão pouco resistir aos avanços das Tecnologias da Informação e Comunicação - TICs, principalmente da internet, tendo-se que estes avanços compõem o repertório e a maneira de ser dos jovens atualmente, numa dinâmica que contrasta totalmente com a da escola; posicionamento sustentado, entre outros, por teóricos como PRENSKY (2001), SANTOS, B. S. & RADTKE (2005), CASTELLS (2005), MORAN (2000). Não se trata de substituir as práticas pedagógicas em curso, pelo contrário, objetiva-se ampliar e aprofundar o uso dos recursos da tecnologia de informação e comunicação de forma significativa no espaço escolar e na sala de aula visando tornar as aulas de História mais dinâmicas, atrativas e participativas para os alunos. Trata-se, ademais de uma proposta que visa colaborar para a consolidação do já implantado "Programa Acessa Escola", proposto pelo Governo do Estado, em 2008, com "o objetivo de promover a inclusão digital, social e estimular o uso da internet pelos usuários das escolas da rede estadual de ensino". (AU)

A flecha do ciúme. o parentesco e seu avesso segundo os Aweti do Alto Xingu

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Marina Vanzolini Figueiredo
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Etnologia Indígena
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros no Brasil
Processo:15/06510-6
Vigência: 01 de junho de 2015 - 31 de maio de 2016
Assunto(s):ParentescoFeitiçariaXamanismo
Resumo
O livro apresenta uma etnografia da feitiçaria e suas imbricações com o parentesco no sistema multilíngüe do Alto Xingu (MT), sob a perspectiva um dos povos que o integram, os Aweti (tupi). Mostrando que o feitiço ocorre geralmente entre pessoas muito próximas, o que contrasta com a imagem, nativa e antropológica, do pacifismo como marca da relação entre os povos xinguanos, a etnografia permite descrever como a feitiçaria pode ser uma antítese do parentesco e, ao mesmo tempo, dele derivada. Ao incorporar desenvolvimentos recentes das teorias do parentesco, a análise conduz não apenas a uma revisão da imagem do Alto Xingu na etnologia da área, como também à discussão de aspectos ainda pouco explorados das socialidades ameríndias pela literatura amazonista. (AU)

Impacto de corticoterapia no processo inflamatório de biópsia muscular de dermatomiosite e polimiosite

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Samuel Katsuyuki Shinjo
Pesquisadores associados:Sueli Mieko Oba Shinjo; Suely Kazue Nagahashi Marie
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:14/09079-1
Vigência: 01 de junho de 2015 - 31 de maio de 2017
Assunto(s):ReumatologiaDoenças muscularesPolimiositeDermatomiositeBiologia molecularBiópsia
Resumo
As miopatias inflamatórias idiopáticas são um grupo heterogêneo de miopatia autoimune rara, crônica, sistêmica, associada a uma alta morbidade e incapacidade funcional. São subdivididas em dermatomiosite (DM), polimiosite (PM), miosite por corpúsculo de inclusão (MCI), dermatomiosite juvenil (DMJ), miopatia necrotizante autoimune, entre outras. Cada uma apresenta características epidemiológicas, histológicas, imuno-histoquímicas, patológicas e evolutivas distintas.Para o diagnóstico definitivo de DM/PM, além da presença de fraqueza muscular simétrica proximal dos membros, aumento de enzimas musculares, eletromiografia evidenciando a presença de miopatia dos membros, é fundamental a identificação de processo inflamatório em amostra de biópsia muscular destes pacientes. Neste caso, de um modo geral, verifica-se predomínio de infiltrado de células CD8+ em tecidos musculares de PM e MCI, e infiltrado de células CD4+ associado a linfócitos B, em DM. A função destes linfócitos T (CD4+ e CD8+), por sua vez, é determinada pelo complexo maior de histocompatibilidade (MHC). Essas células reconhecem um antígeno ligado ao MHC classes I ou II. No caso de moléculas de MHC I, há apresentação de antígenos derivados de uma proteina endógena ou peptídeos para linfócitos T, expressando glicoproteinas CD8+, enquanto que as moléculas MHC II apresentam antígenos derivados de proteinas exógenas ou endógenas para linfócitos T, expressando CD4+. MHC II está expressa principalmente nos macrófagos, nos monócitos e nos linfócitos B, enquanto que a MHC I, na maioria das células.De um modo geral, o tratamento de DM/PM se baseia em corticosteroide e de diferentes tipos de imunossupressores (metotrexato, azatioprina, ciclosporina, entre outros). Introdução precoce destas medicações, particularmente de corticosteroide, pode permitir um controle mais rápido e efetivo da atividade destas doenças e, assim, mudando o seu prognóstico e minimizando a morbimortalidade. Em contrapartida, embora não comprovada cientificamente, acredita-se que uma introdução precoce de corticosteroide pode interferir imediatamente no processo inflamatório encontrado em tecidos musculares de pacientes com DM/PM. Para contornar este obstáculo, tem se postergado na prática clínica a introdução de terapia medicamentosa antes da realização das biópsias musculares. Seguindo este mesmo raciocínio, na prática médica, têm se evitado realizar as biópsias musculares em indivíduos já em vigência de corticosteroides, com o receio de que não visualizassem mais sinais sugestivos de miopatias inflamatórias e, assim, evitando submeter desnecessariamente os pacientes a uma intervenção cirúrgica.Além disto, não se sabe o impacto do uso de corticosteroide na expressão gênica de proteínas relacionadas com processo inflamatório e na expressão de MHC I e II e de fenotipagem encontrada nas biópsias musculares. (AU)

A persistência do passado: patrimônio e memoriais da ditadura em São Paulo e Buenos Aires

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Maria Helena Rolim Capelato
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História da América
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros no Brasil
Processo:15/06037-9
Vigência: 01 de junho de 2015 - 31 de maio de 2016
Assunto(s):Governo militar
Resumo
A prática de preservação de bens móveis e imóveis como patrimônio cultural existe, de maneira institucionalizada no Brasil e na Argentina desde a década de 1930, vinculada a uma ideia de nacionalidade e de nação, a partir de uma origem comum a todos. As décadas de 1960 e 1970 ficaram marcadas pelos sucessivos golpes militares que levaram à implantação de ditaduras por toda a América Latina. A década de 1980, por outro lado, marcou o retorno da Democracia a muitos países, e com isso, a reivindicação por distintas memórias sobre os anos de terror que foram impostos às suas sociedades. O presente trabalho visa analisar, em perspectiva comparada, de que forma alguns edifícios simbólicos da ditadura civil militar de São Paulo e de Buenos Aires foram declarados patrimônio cultural de suas sociedades, como prática de reparação ou de reconhecimento de valores subjetivos intrínsecos àqueles lugares. Para tanto, foram estudadas as atuações do Condephaat e da Comisión para la Preservación del Patrimonio Histórico Cultural (CPPHC) na preservação dos prédios da Maria Antônia e do Presídio Tiradentes, no Brasil e do Club Atletico e do Olimpo, na Argentina. Em análise destacada, foram estudados os processos de tombamento do Antigo DOPS pelo Condephaat e da ESMA pela CNMMyLH, que tiveram suas reformas mais recentes examinadas em profundidade. Essa abordagem permitiu identificar se as reformas seguiram critérios técnicos preconizados em Cartas Patrimoniais, além de identificar como impactaram na conversão desses em memoriais que remetem a uma memória sobre a ditadura (a memória de pessoas diretamente atingidas pela violência dos órgãos de repressão), e, portanto, em sítios de consciência.Essa pesquisa aborda a questão da prática de preservação de memórias difíceis por parte desses órgãos e identifica alguns dos conflitos sociais que permearam tais processos. O patrimônio, entendido como portador de valores simbólicos que permeiam uma sociedade e, portanto, objeto de disputas, não é reflexo de um consenso, e a preservação desses locais é essencial para que o debate se mantenha na sociedade, estimulando reflexões sobre os sentidos do presente e as perspectivas para o futuro por meio do patrimônio cultural. (AU)

Cuida melhor da prole porque é o pai ou é o pai porque cuida melhor da prole? co-evolução entre esforço paternal e características que enviesam a paternidade

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Glauco Machado
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Comportamento Animal
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo:14/21790-2
Vigência: 01 de junho de 2015 - 31 de maio de 2017
Convênio/Acordo de cooperação com a FAPESP: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Assunto(s):Teoria dos jogosSeleção sexual
Resumo
Uma questão central em ecologia comportamental é como o custoso cuidado parental dos machos pode ter evoluído e se mantido por seleção natural, apesar da promiscuidade das fêmeas. Avanços teóricos baseados em hipóteses amplamente aceitas sobre investimento parental, história de vida e seleção sexual predizem que machos incapazes de ajustar seu esforço parental em resposta a variações no nível de paternidade esperado deveriam ter sido penalizados ao longo do tempo evolutivo. Resultados empíricos, entretanto, não apontam para um padrão generalizado de ajustes comportamentais a pistas que denotem mudanças na promiscuidade das fêmeas. Levando em conta uma variação natural dos custos do cuidado entre espécies, propomos que o esforço paternal deva, na verdade, ter modulado a paternidade adquirida pelos machos, em um processo mediado por seleção sexual. Neste projeto, utilizaremos uma abordagem teórica para contrastar essas duas hipóteses alternativas. Formalizaremos a nossa hipótese matematicamente, incorporando realidades biológicas de espécies com cuidado paternal em modelos de teoria dos jogos (jogos de competição espermática) e de genética quantitativa (modelos de fenótipos iterativos). Assim, construiremos um novo corpo teórico para investigar a coevolução entre esforço paternal e paternidade que reverte conceitualmente a relação de causa e efeito de variáveis que são amplamente utilizadas na área de ecologia comportamental. (AU)
Página 5 de 1.762 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s) | Limpar seleção
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP