site da FAPESP
 

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
Auxílios à Pesquisa
Bolsas
Programas voltados a Temas Específicos
Programas de Pesquisa direcionados à Aplicação
Programas de Infraestrutura de Pesquisa
Área do conhecimento
Situação
Ano de início
Página 5 de 1.813 resultado(s)
|

Avaliação eletrofisiológica e psicofísica das funções visuais: estudo comparativo nas Doenças de Alzheimer, neuropatia glaucomatosa e degeneração macular relacionada à idade

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Psicologia (IP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Dora Selma Fix Ventura
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Experimental
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo:15/22227-2
Vigência: 01 de dezembro de 2015 - 30 de novembro de 2017
Vinculado ao auxílio:14/26818-2 - Desenvolvimento e implantação de métodos de avaliação visual: aplicações clínicas e em modelos animais, AP.TEM
Assunto(s):PsicofísicaEletrofisiologiaDegeneração macularGlaucomaDoença de AlzheimerOftalmologia
Resumo
Resumo: A perda das funções visuais parece ser o sinal mais precoce na doença de Alzheimer (DA) e apresenta características semelhantes a outras doenças neurodegenerativas como o glaucoma e a degeneração macular relacionada à idade (DMRI). Alguns estudos mostram que a incidência de glaucoma na DA é de 24-26%, enquanto que no grupo controle, idosos sem DA e na mesma faixa etária, é menor que 10%. É provável que alterações específicas na via magnocelular descritas tanto no glaucoma quanto na DA sejam responsáveis pelo mecanismo fisiopatológico em comum entre as doenças. Quanto a relação entre a DA e DMRI, existem similaridades na patogênese de ambas doenças, como alterações celulares provocadas por estresse oxidativo e alterações na função lisossomal levando ao acúmulo de agregados proteicos em placas no encéfalo e em drusas na retina na DA e na DMRI respectivamente. Embora, anormalidades no sistema visual pré-cortical na DA tenham sido questionadas no passado, dados de estudos recentes mostram que funções visuais avaliadas por testes psicofísicos como percepção de cores, sensibilidade ao contraste e campo visual, estão comprometidas na DA. Outras funções como adaptação ao escuro ainda não foram exploradas. Com relação aos estudos eletrofisiológicos em pacientes com DA, até o presente momento, um único estudo mostrou alterações no eleterorretinograma multifocal e alguns estudos com dados discrepantes entre si, utilizando o eletrorretinograma padrão. Também foram observados resultados conflitantes nos estudos utilizando testes de potencial visual evocado (PVE). A inconsistência dos resultados na literatura pode estar relacionada a diferentes metodologias utilizadas de forma não padronizada, assim como o fato de que na maioria desses estudos, os dados obtidos não foram comparados a um grupo controle pareado por sexo e idade. Logo, a realização do presente estudo é relevante para melhor compreensão da relação entre DA e outras doenças neurodegenerativas oculares como o glaucoma e DMRI. Além do que, a avalição do sistema visual de forma padronizada através dos diferentes testes psicofísicos e eletrofisiológicos pode ser uma ferramenta útil para detecção precoce da DA. O objetivo deste estudo é avaliar funções visuais como sensibilidade ao contraste, visão de cores, adaptação ao escuro e padrão das respostas eletrofisiológicas da retina e do córtex visual em pacientes com diagnóstico de DA, transtorno cognitivo leve, glaucoma e DMRI. Serão selecionados pacientes provenientes do Instituto de Psiquiatria da Universidade de São Paulo e no Núcleo de Oftalmologia Prevent Senior. De acordo com os critérios de inclusão e exclusão, os sujeitos serão divididos nos seguintes grupos:Grupo 1 - pacientes com diagnóstico de doença de Alzheimer estágio 1 e 2 e transtorno cognitivo leve sem histórico de doenças oftalmológicas como glaucoma, doença macular e cirurgia oftalmológica prévia.Grupo 2 - pacientes com diagnóstico de glaucoma de ângulo aberto, e sem histórico de doenças neurológicas e psiquiátricas.Grupo 3 - pacientes com diagnóstico de degeneração macular, e sem histórico de doenças neurológicas e psiquiátricas.Grupo 4- sujeitos saudáveis sem histórico de doença oftalmológicas , neurológicas e psiquiátricas pareados pela idade e sexo aos grupos anteriores.Desta forma, esperamos que o conhecimento dos prejuízos nas funções visuais através da eletrofisiologia e psicofísica possa ser uma ferramenta da detecção precoce da DA, e que estas avaliações possam ser adotadas de forma padronizada pelo oftalmologista na prática clínica, contribuindo assim, para uma melhor qualidade de vida do portador de DA. (AU)

Entre pensar, ver e filmar: a apropriação audiovisual por mulheres Xinguanas

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Antonio Roberto Guerreiro Júnior
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Etnologia Indígena
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:15/21031-7
Vigência: 01 de dezembro de 2015 - 31 de maio de 2017
Vinculado ao auxílio:13/26676-0 - Sistemas regionais ameríndios em transformação: o caso do Alto Xingu, AP.JP
Resumo
Propõem-se aqui uma investigação acerca da forma como tem se dado a apropriação da linguagem audiovisual por mulheres de diferentes povos xinguanos por meio de oficinas oferecidas pelo Instituto Catitu. Busca-se compreender como se dá em contexto xinguano o encontro entre convenções estéticas particulares - ligadas a uma ontologia específica - e a apropriação da linguagem audiovisual. Até que ponto esta forma específica de ver e de mostrar -relacionada a uma forma particular de pensar - transporta-se para as produções audiovisuais: em que medida ela se transforma e de que maneiras ela se atualiza? A partir da relação entre arte e agência - amplamente atestada na chamada "arte indígena" - busca-se compreender que efeitos são gerados pela produção audiovisual destas mulheres e quais as transformações que ela possa acarretar em seu protagonismo político e na socialidade xinguana de modo geral. Imbricado na investigação de tais efeitos está o contraste entre os lugares ocupados pelos homens e aqueles ocupados pelas mulheres na sociedade xinguana - contraste este que parece se replicar em suas respectivas formas de apropriação dos meios audiovisuais. (AU)

Utilização de piraclostrobina na cultura da amoreira para proteção de lagartas do bicho-da-seda contra doenças fúngicas e virais

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Agrárias e Tecnológicas. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Dracena. Dracena, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Daniel Nicodemo
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:15/18489-1
Vigência: 01 de dezembro de 2015 - 30 de novembro de 2016
Assunto(s):SericiculturaMorus
Resumo
A piraclostrobina é um fungicida que também é utilizado como retardante da senescência e do estresse oxidativo de várias culturas, além de contribuir para resistência ao ataque de vírus. O objetivo do presente trabalho é verificar se o tratamento de plantas de amoreira com piraclostrobina inibe a ocorrência de fungos e aumenta a resistência ao BmNPV de lagartas do bicho-da-seda, considerando-se a eventual disfunção bioenergética e o impacto na taxa de mortalidade nas lagartas. Em 2015 e 2016, em três épocas (verão, outono e primavera), será utilizado um amoreiral com plantas da cultivar IZ56/4 tratadas com piraclostrobina (0, 100, 200 e 300g/ha de princípio ativo), aplicada em 1.000L de calda/ha, aos 60 e 75 dias após cada poda. Quanto as lagartas do bicho-da-seda em quinto instar, alimentadas com folhas das plantas tratadas ou não, serão avaliados o consumo de folhas, a mortalidade de lagartas, a contaminação fúngica na cama de criação, a suscetibilidade ao BmNPV e a bioenergética mitocondrial "in vivo" e "in vitro" da cabeça e intestino das lagartas. Os dados serão submetidos a análise de variância, e para as comparações múltiplas será aplicado o teste de Tukey a 5%, exceto os dados de bioenergética mitocondrial, para os quais será realizado o desdobramento por contrastes para avaliar o efeito polinomial das doses na variável estudada, seguido do teste de Dunnet. (AU)

Envolvimento da nitrosilação protéica nos mecanismos antihipertensivos do tratamento com nitrito de sódio

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Jose Eduardo Tanus dos Santos
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo:15/22228-9
Vigência: 01 de dezembro de 2015 - 30 de novembro de 2017
Vinculado ao auxílio:14/23946-0 - Nitrito e nitrato de sódio: dos mecanismos à terapêutica anti-hipertensiva, AP.TEM
Assunto(s):HipertensãoCardiologia
Resumo
Contrariamente ao que se pensava há algumas poucas décadas, vários estudos realizados nos últimos anos demonstraram que os anions nitrato e nitrito não são produtos biologicamente inertes da oxidação do óxido nítrico (NO). Ao contrário, após a ingestão e absorção de nitratos, estes são secretados pelas glândulas salivares e reduzidos a nitritos por bactérias da cavidade oral, sendo então convertidos a NO no estômago. Isto constitui o ciclo entero-salivar dos nitratos e nitritos, alimentando a formação de NO de forma complementar às tradicionais vias enzimáticas (NO sintetases) de produção de NO. Embora diversos efeitos cardiovasculares destes íons tenham sido demonstrados, ainda permanecem pouco explorados os mecanismos envolvidos na bioativação dos mesmos. Estudos recentes de nosso grupo mostraram que o ambiente ácido do estômago tem papel fundamental nos efeitos anti-hipertensivos do nitrito de sódio, embora os mecanismos envolvidos nestes efeitos não estejam claros. Uma possibilidade muito interessante e quase inexplorada é de que a administração oral de nitrito de sódio cause a formação de espécies relacionadas ao NO, particularmente NO+, NO2 e N2O, capazes de gerar nitrosotióis (RSNO), potencialmente levando à nitros(il)ação de outras proteínas (enzimas) e receptores envolvidos na hipertensão arterial, reduzindo assim a pressão arterial. Este projeto visa identificar mecanismos ativados pelo tratamento com nitrito ou nitrato de sódio em modelos animais de hipertensão, bem como cultura de células, oferecendo, portanto, uma perspectiva interdisciplinar e "translacional". Além de 4 projetos claramente definidos e interrelacionados, pretendemos iniciar estudos de nitrosoproteomica vascular e cardíaca visando determinar quais proteínas são nitrosiladas após tratamento com nitrito de sódio por via oral. Assim, este projeto pretende contribuir para o conhecimento visando resolver os seguintes problemas específicos: 1) determinar mecanismos envolvidos nos efeitos anti-hipertensivos crônicos do nitrito de sódio em ratos, particularmente determinando o possível papel exercido por nitrosotióis (RSNO); 2) determinar se a formação de RNSO promove nitrosilação e inibição de elementos participantes do sistema renina-angiotensina, afetando sinalização intracelular; 3) determinar se o tratamento com nitrito ou nitrato de sódio reverte a disfunção erétil associada à hipertensão arterial; 4) determinar possíveis efeitos inibitórios do nitrito de sódio sobre a remodelação vascular associada à hipertensão arterial, possivelmente decorrente da inibição da metaloproteinase 2 da matriz extracelular (MMP-2); 5) determinar se o tratamento com nitrito de sódio reverte os danos e a disfunção mitocondrial verificados nos vasos e coração de animais hipertensos; 6) iniciar estudos visando determinar quais proteínas são nitrosiladas após tratamento de animais hipertensos com nitrito de sódio utilizando abordagem nitrosoproteomica e validação subsequente de achados. (AU)

Desenvolvimento de novos modelos de biorrefinarias empregando híbridos experimentais de cana-de-açúcar e cana energia submetidos a diferentes pré-tratamentos

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Associação Brasileira de Tecnologia de Luz Síncrotron (ABTLuS). Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (Brasil). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Antonio Maria Francisco Luiz Jose Bonomi
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Enzimologia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo:15/10756-0
Vigência: 01 de dezembro de 2015 - 31 de março de 2018
Vinculado ao auxílio:14/06923-6 - Recalcitrância da biomassa de cana-de-açúcar: fundamentos relacionados à formação da parede celular, ao pré-tratamento e à digestão enzimática, aplicados no desenvolvimento de novos modelos de biorrefinarias, AP.TEM
Assunto(s):EtanolBiomassa
Resumo
A crescente preocupação com as mudanças climáticas e a segurança energética e a prevista exaustão das reservas de petróleo têm motivado a busca por fontes alternativas de energia e a substituição de recursos de origem fóssil como matéria prima na obtenção de diversos produtos químicos. O bioetanol é um biocombustível com grande potencial para substituição de combustíveis fósseis, podendo ser produzido a partir de materiais lignocelulósicos, que apresentam menor custo e ampla disponibilidade na natureza. No caso da cana-de-açúcar, suas frações lignocelulósicas (bagaço e palha) já estão disponíveis na própria unidade de produção, ou perto dela. No entanto, a parede celular dessas plantas é recalcitrante ao rompimento das cadeias poliméricas. Métodos que convertem o bagaço de cana-de-açúcar em açúcares fermentescíveis são geralmente compostos por duas etapas principais: pré-tratamento para degradar a estrutura da planta e uma etapa de hidrólise enzimática para converter as cadeias poliméricas em açúcares. Cada tecnologia de pré-tratamento tem um mecanismo diferente de ação sobre a estrutura do bagaço, induzindo modificações físicas e/ou químicas, que são necessárias devido à presença de hemicelulose e lignina na parede celular da planta, o que impede o acesso das celulases nas frações do substrato. Neste programa de pós-doutorado, serão avaliados processos de pré-tratamento sulfito alcalino, sulfito-ácido, alcalino e ácido sobre bagaço de diferentes híbridos experimentais de cana-de-açúcar com conteúdos contrastantes de suas frações componentes, os quais estão inseridos em projetos de pesquisa que foram e estão sendo realizados (projeto temático 2014/06923-6) no LOT/EEL-USP. Será avaliada também a cana energia - variedade de cana que possui elevado teor de fibras, associado a um menor teor de açúcar. Os dados obtidos em laboratório serão empregados para o desenho e a simulação do processo e os resultados servirão de base para a análise técnico-econômica e ambiental para selecionar as melhores rotas na obtenção principalmente de etanol mas também de outros produtos que serão selecionados em uma biorrefinaria. A avaliação econômica e ambiental dos processos desenhados permitirá ainda verificar os benefícios obtidos com o emprego de biomassa diferenciada por apresentar baixa recalcitrância ou alto teor de fibras, e como a eficiência de cada pré-tratamento pode ser maximizada a partir do emprego destas variedades. Assim, este projeto de pesquisa tem como objetivo o desenvolvimento de simulações de processos de produção de etanol de primeira e segunda geração a partir da cana-de-açúcar, bem como a avaliação da viabilidade técnico-econômica e ambiental de diferentes rotas. A avaliação destes processos por meio de simulação, análise econômica e ambiental proposta neste trabalho é uma abordagem fundamental para a execução do projeto temático no qual este programa de pós-doutorado está inserido, e servirá de base para guiar estudos posteriores. (AU)

Achados multiparamétricos de ressonância magnética em tumores anexiais

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM). Hospital da Mulher Professor Doutor José Aristodemo Pinotti. Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Sophie Françoise Mauricette Derchain
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:15/17670-4
Vigência: 01 de dezembro de 2015 - 30 de novembro de 2016
Assunto(s):Ressonância magnéticaNeoplasias ovarianasTécnicas e procedimentos diagnósticosGinecologia
Resumo
O câncer de ovário corresponde a 2% dos cânceres em geral. Para detectar o câncer de ovário em estádios iniciais, o exame mais realizado é o ultrassom. Estima-se que de 2,7% a 8% das mulheres apresentarão cistos ovarianos ou massas pélvicas. Para caracterizar o tumor anexial em benigno ou maligno, é preciso utilizar critérios eficientes que podem ser baseados exclusivamente nos aspectos do ultrassom ou levar em conta marcadores tumorais, outros exames de imagem como ressonância magnética (RM) e dados clínicos. A avaliação pré-operatória das massas anexais contribui para que mulheres com neoplasias malignas tenham atendimento adequado em unidades de referência e mulheres com neoplasias benignas sejam abordadas de maneira mais conservadora, com laparoscopia. Este estudo faz parte de uma linha de pesquisa em que se avalia marcadores tumorais e métodos de imagem na discriminação das massas anexiais (Fapesp 2012/15059-8). ARM da pelve é uma ferramenta diagnóstica disponível na avaliação de lesões anexiais indeterminadas à ultrassonografia. Entretanto, os escores atuais dos achados morfológicos, padrão dinâmico de realce pelo contraste endovenoso e difusão, também denominados multiparamétricos, da RM ainda não estão validados em centros brasileiros, destacando-se a escassez de publicações científicas nacionais. O presente estudo tem por objetivo identificar os achados multiparamétricos da RM em mulheres com tumores anexiais e sua relação com escores de avaliação já estabelecidos. É um estudo de corte transversal. O tamanho amostral foi calculado em 200 mulheres com tumores anexiais, considerando-se 50 tumores malignos, baseado na acurácia obtida no estudo de Tomassin- Nagara (2013). As variáveis independentes são: sequências ponderadas em difusão a RM, aspectos morfológicos das massas anexiais baseados nos estudos de Thomassin-Naggaraet al (2009) e Timermman et al (2000), avaliação subjetiva das lesões anexiais e valor sérico do CA 125. A variável dependente é o resultado exame histopatológico. Serão incluídas todas as mulheres com tumoração anexial que necessitem de cirurgia para diagnóstico definitivo e/ou tratamento. Serão excluídas as mulheres que realizaram tratamento cirúrgico de câncer de ovário em outra instituição. Todas as informações necessárias ao estudo são registradas em uma planilha eletrônica para coleta de dados elaborada especificamente para este estudo. (AU)

Análises funcionais no patossistema cana-de-açúcar - Leifsonia xyli subsp. xyli: alterações metabólicas e celulares no hospedeiro e respostas a estresse oxidativo e osmótico no patógeno

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Luis Eduardo Aranha Camargo
Pesquisadores associados:Claudia Barros Monteiro Vitorello
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:15/18681-0
Vigência: 01 de dezembro de 2015 - 30 de novembro de 2017
Assunto(s):MetabolômicaGenômicaExpressão gênica
Resumo
O objetivo de nosso grupo de pesquisa é o de entender a gênese do raquitismo das soqueiras (RSD) da cana-de-açúcar, uma doença causada pela bactéria Leifsonia xyli subsp. xyli (Lxx). Análises recentes do transcritoma de plantas jovens infectadas por Lxx (Projeto Temático 2008/56296-2) sugeriram que a expressão diferencial durante o desenvolvimento da planta de genes envolvidos na regulação do ciclo celular e na produção de hormônios esteja intimamente associada aos sintomas do RSD. Todavia, como nossas análises foram realizadas com plântulas e os sintomas se manifestam somente em plantas adultas de soqueira, não foi possível correlacionar a expressão diferencial destes genes com as alterações morfológicas decorrentes doença. Presentemente, também não sabemos como estas alterações em expressão se traduzem em alterações metabólicas na planta. Além disto, por consideramos Lxx um organismo endofítico de cana que apresenta um relacionamento dual (parasítico/mutualístico) em relação ao seu hospedeiro, trabalhamos com a hipótese de que algumas destas alterações metabólicas podem também estimular o crescimento da bactéria e, para que isto aconteça, o patógeno deve ser capaz de reagir a estresses comumente impostos pelo hospedeiro. Desta forma, os objetivos desta proposta são o de comparar tanto os perfis metabólicos de folha e de seiva de xilema de plantas infectadas de duas variedades de cana contrastantes para o nível de multiplicação da bactéria em seus tecidos, como a anatomia de células meristemáticas de plantas infectadas. Além disto, a proposta contempla a análise funcional in vitro de genes de Lxx similares a genes bacterianos de resposta a estresse oxidativo e osmótico. (AU)

First insights on the retroelement Rex1 in the cytogenetics of frogs

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Luciana Bolsoni Lourenço
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Processo:15/22383-4
Vigência: 01 de dezembro de 2015 - 31 de maio de 2016
Assunto(s):AnuraRetroelementosCitogenética
Resumo
Elementos transponíveis têm sido encontrados em genomas de anuros já sequenciados, mas estudos detalhados acerca desses elementos ainda não estão disponíveis. Neste trabalho, nós investigamos a ocorrência do elemento Rex1, que está amplamente distribuído em peixes, em anuros do gênero Physalaemus. Nós isolamos e caracterizamos sequências codificadoras de transcriptase reversa de elementos Rex1 de cinco espécies desse gênero.As sequências de aminoácidos presumidas a partir de sequências nucleotídicas nos permitiram identificar regiões correspondentes aos domínios 3-7 da RT. Algumas das sequências nucleotídicas isoladas de Physalaemus ephippifer e P. albonotatus tiveram deleções internas, sugerindo que esses elementos não sejam mais TEs ativos. Quando hibridadas em cromossomos metafásicos, as sondas Rex1 detectaram regiões heterocromáticas pericentroméricas do cromossomo 3 de P. ephippifer. Nenhum outro sítio desse cariótipo ou dos cariótipos de P. albonotatus, P. spiniger e P. albifrons foram detectados por essas sondas.Elementos Rex1 foram encontrados nos genomas de cinco espécies de Physalaemus, mas foram observados em clusters apenas no cariótipo de P. ephippifer, diferindo das observações feitas em peixes, em cujos cariótipos grandes sítios portadores de Rex1 são comumente encontrados. (AU)

Criação de uma base de imagens contendo exames de mamografia, ultrassom e elastografia para segmentação de achados suspeitos

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Homero Schiabel
Supervisor no Exterior: Robert Nishikawa
Local de pesquisa: University of Pittsburgh (Pitt) (Estados Unidos)
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica - Bioengenharia
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Processo:15/17302-5
Vigência: 26 de novembro de 2015 - 25 de setembro de 2016
Assunto(s):Neoplasias mamáriasProcessamento de imagens
Resumo
As técnicas de triagem são de grande importância para a detecção precoce do câncer de mama. Os principais agravantes são: subjetividade do especialista na determinação das características da lesão (limites e textura, por exemplo) e quando elas não são vistas em determinada modalidade de imagem, como é o caso de mamas radiograficamente densas em mamografia ou devido a sobreposição de tecidos. Isso exige que sejam realizados outros exames por imagem, como a ultrassonografia e a elastografia. Além disso, especialistas da área tecnológica vem propondo ferramentas computacionais para a melhoria da qualidade da imagem, realce de contraste, segmentação e classificação de lesões e artefatos na mama, atuando como uma segunda opinião ao diagnóstico. Nesse sentido, a proposta desse projeto é criar uma ampla base de imagens contendo os exames de mamografia, ultrassom e elastografia e cadastra-los no sistema que vem sendo desenvolvido na proposta de doutorado vigente. Uma outra premissa é referente ao apoio de especialistas da área médica na determinação das lesões, desenho de suas bordas e descrição dos aspectos fisiológicos de modo que possa auxiliar em sua classificação computacional, sendo essas as grandes contribuições entre os grupos de pesquisa envolvidos. Pretende-se, ainda, aplicar as técnicas de pré-processamento e segmentação já estudadas, avaliar a precisão do procedimento e, caso haja a necessidade, estudar novas técnicas de segmentação automáticas. (AU)

Atlas linguístico parcial da região paulista do Médio Tietê

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Manoel Mourivaldo Santiago Almeida
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Sociolinguística e Dialetologia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo:15/14038-5
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 31 de março de 2016
Vinculado ao auxílio:11/51787-5 - Projeto de História do Português Paulista (PHPP - Projeto Caipira), AP.TEM
Assunto(s):Atlas linguístico
Resumo
A pesquisa de doutoramento de que se vai tratar aqui tem a tarefa de realizar um atlas linguístico parcial (níveis fonético-fonológico e léxico-semântico) da variedade da língua portuguesa falada na região do Médio Tietê, composta pelos municípios de Tietê, Santana de Parnaíba, Araçariguama, Itu, Sorocaba, São Roque, Porto Feliz, Pirapora do Bom Jesus, Capivari e Piracicaba, municípios paulistas cujo início de urbanização remonta ao século XVI.A perspectiva teórico-metodológica que o presente projeto adota é a dialetologia (ou geolinguística) pluridimensional e relacional (DP) (THUN & RADTKE, 1996), uma abordagem da variação linguística que concilia a preocupação de se estudarem os fenômenos espacialmente localizados (chamado aspecto "horizontal") em correlação com variáveis sociais (aspecto "vertical"). Thun (1998, p.704) define a DP como uma ciência geral da variação linguística e das relações entre variedades e variantes, e variantes e falantes.Para a coleta de dados, haverá um ponto de inquérito em cada uma das dez localidades, e cada qual contará com quatro informantes, dois homens e duas mulheres, divididos equitativamente em duas faixas etárias (GI: 18 a 36 e GII: 55 em diante) . Ainda, de maneira equitativa, os informantes serão divididos entre i) os que possuem escolaridade superior parcial ou completa e ocupação profissional autônoma/livre (Ca); e ii) os que possuem escolaridade básica até o ensino médio completo ou analfabetos que trabalhem na agricultura ou em atividade que não faça utilização da escrita (Cb). Todos cumprindo a condição de serem nascidos na localidade ou que viveram três quarto da vida nela (necessariamente os últimos cinco anos).Como instrumentos de coleta de dados, serão usados dois questionários (um semântico-lexical e outro fonético-fonológico) , uma conversa livre e a leitura de um etnotexto.Haverá assim um total de 40 informantes , separados segundo as dimensões de sexual (dimensão diassexual), de idade (diageracional) e de classe sociocultural (diastrática). Outras dimensões a serem controladas/observadas são a diatópica (informantes com domicílio fixo; topostática), a diatópica-cinética (contraste entre mudança de domicílio e domicílio fixo; topodinâmica), a diafásica (respostas aos questionários, conversa livre e leitura; três estilos de utilização da língua) e a diarreferencial (língua-objeto e metalíngua).Metodologicamente, os informantes serão considerados ainda em quatro grupos de fala, segundo os parâmetros definitórios das dimensões, em cada um dos pontos da rede de inquérito, a fim de propiciar posterior confronto e cotejo dos dados produzidos por esses grupos: 1) informantes da Ca e da GI (CaGI); 2) da Ca e da GII (CaGII); 3) da Cb e da GI (CbGI); e 4) da Cb e da GII (CbGII).Com esse estudo, visa-se a contribuir com os esforços dos pesquisadores cujas produções, tratadas coletivamente, buscam inventariar e descrever as diversas comunidades de fala, tornando mais e mais possível o estabelecimento do cenário geral da realidade linguística dos países.Esta pesquisa está inserida no Projeto de História do Português Paulista (PHPP - Projeto Caipira), Projeto Temático/FAPESP, processo 2011/51787-5 (AU).

Teores de clorofila e carotenóides e sua relação com parâmetros morfofisiológicos foliares de espécies do cerrado típico e do cerrado adensado

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Davi Rodrigo Rossatto
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Fisiologia Vegetal
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:15/21857-2
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 31 de maio de 2016
Vinculado ao auxílio:13/18049-6 - Diversidade de estratégias ecofisiológicas em comunidades herbáceas de cerrado sensu stricto: um estudo de caso envolvendo distintas condições ambientais, AP.BTA.JP
Assunto(s):CarotenoidesEcofisiologia vegetalSombreamentoCerrado
Resumo
A literatura sugere que a maioria das espécies ocorrentes em cerrado típico apresentam estratégias morfofuncionais foliares ligadas a tolerância as altas irradiâncias presentes neste sistema. Sendo assim, em condições de adensamento da vegetação tais espécies iriam desaparecer. O presente estudo se propõe a analisar as estratégias morfofuncionais de espécies típicas de cerrado e de espécies que conseguem sobreviver ao adensamento da vegetação em uma área de cerrado típico que passou por sucessão na Estação Ecológica de Assis - SP. Serão analisados parâmetros foliares relacionados a adaptação ao ambiente luminoso (área foliar, dimensões foliares e peso foliar específico), assim como respostas fisiológicas (conteúdo de clorofilas e carotenóides e taxas máximas de fotossíntese). Espera-se encontrar folhas menores, mais escleromórficas, com altos teores de clorofila e carotenóides, possuindo altas taxas fotossintéticas nos ambientes com alta luminosidade (cerrado típico). Em contrates, espécies de ambiente sombreado irão apresentar folhas maiores, com mairo conteúdo de clorofila b e menos taxas fotossintéticas. Estas diferentes estratégias indicariam o por quê de as espécies típicas de cerrado desaparecem em ambientes que sofreram adensamento. (AU)

Efeitos do hábito de vida e do tamanho na dispersão inicial e recrutamento em anfípodes (Crustacea: Gammaridea)

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Fosca Pedini Pereira Leite
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo:15/10797-9
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 31 de outubro de 2017
Assunto(s):AmphipodaDistribuição espacialEcologia marinhaSargassum
Resumo
Recrutamento refere-se à adição de novos indivíduos à uma determinada população e em ambientes marinhos, pode contribuir para a alta variabilidade na estrutura das populações locais. Para espécies epibentônicas móveis, o recrutamento pode ser identificado através de alterações no comportamento ou no habitat e a seleção de habitat pode ser afetada por hábitos de vida e alimentar, bem como pelo risco de predação sobre os animais. Além disso, o modo de desenvolvimento pode afetar diretamente a distribuição espacial de invertebrados marinhos. Crustáceos peracáridos são dominantes em diversas macroalgas do entremarés, a diversidade de hábitos de vida é alta e o modo de desenvolvimento é exclusivamente direto. Os juvenis se desenvolvem no marsúpio da fêmea e pouco se conhece sobre sua dispersão inicial e posterior recrutamento. Para o presente estudo, foram selecionadas duas espécies abundantes de anfípodes nos bancos naturais de Sargassum do litoral norte de São Paulo, porém com hábitos de vida e mobilidade contrastantes. Cymadusa filosa é uma espécie tubícola que se distribui de forma mais agregada, tem hábitos sedentários e atinge maiores tamanhos quando comparada à Hyale niger. Este hialídeo é livre-natante e, portanto, apresenta maior mobilidade, sendo capaz de selecionar diferentes locais para alimentação e proteção, embora fique mais exposto aos predadores visualmente orientados. Os anfípodes compõem um grupo ecologicamente importante principalmente pela sua abundância e pela conexão entre os ambientes pelágico e bentônico através da ciclagem de nutrientes. Sendo assim, avaliar o potencial dispersivo e o recrutamento destas espécies de anfípodes auxiliará o entendimento das relações intra e interespecíficas e a compreensão dos processos que regem a dinâmica da comunidade no fital. (AU)

Caracterização de um polimorfismo de nucleotídeo único no microRNA-146a e suscetibilidade ao câncer colorretal

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Universidade São Francisco (USF). Campus Bragança Paulista. Bragança Paulista, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Manoela Marques Ortega
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:15/19924-3
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 31 de outubro de 2016
Assunto(s):Neoplasias colorretais
Resumo
Mutações e polimorfismos de nucleotídeos únicos (SNPs) em genes envolvidos com o reparo do DNA foram descritos como envolvidos com o câncer colorretal (CCR). Uma das principais vias de reparo de erros do DNA é o reparo por recombinação homóloga (HR). Quando essa via é alterada por mutação em algum dos seus genes, a célula não pode reparar o erro no DNA e consequentemente resulta em apoptose ou tumorigênese. A metilação da lisina de proteínas histonas afeta vários aspectos da biologia do cromossomo, tais como silenciamento, transcrição, recombinação e resposta a erros do DNA. DOT1L produz uma proteína metiltransferase responsável pela metilação da histona H3K79, a qual foi descrita necessária tanto para o reparo por HR como para a prevenção de erros do DNA pelo recrutamento da proteína 53bp1 às quebras das fitas duplas do DNA (DSBs). Mutação do gene DOT1L resultou na elongação dos telômeros, aneuploidia e defeitos na proliferação celular. Um único SNP no gene DOT1L foi recentemente descrito em uma família com câncer gástrico hereditário. O gene XRCC3 codifica uma proteína da família Rad51 que participa na via de reparo por HR. O SNP g.21071C>T localizado no gene XRCC3 (rs861539) foi extensivamente estudado em CCR em diferentes populações e os resultados de associação ao risco para a doença foram contrastantes. Entretanto, não há estudos desse polimorfismo ou outros SNPs localizados no gene XRCC3 na população brasileira. O mecanismo pelo qual o reparo do DNA é mediado por Dot1L e a relação do mesmo com Xrcc3, ainda não foi completamente elucidado. Sabe-se que a proteína Xrcc3 interage fisicamente com Rad51C e células Dot1L-deficiente resultaram na deficiência de Rad51 nas DSBs. Não há estudos correlacionando SNPs identificados nos dois genes em conjunto e aumento do risco para o CCR. SNPs em microRNAs (miRNAs) foram descritos em câncer gastrointestinal e CCR. O polimorfismo localizado na sequência madura do miRNA-146a (rs2910164) foi estudado em CCR em diferentes populações com e sem aumento do risco para a doença, mas não na população brasileira. O miR-146a é considerado de interesse por regular os genes BRCA1 e BRCA2, ambos envolvidos com o reparo de DNA por HR. Dessa forma, o objetivo desse estudo é identificar e investigar o papel de SNPs nos genes DOT1L e XRCC3 por meio de análises da reação em cadeia da polimerase em tempo real (RT-PCR) e identificar e caracterizar o SNP rs2910164 no miRNA-146a por análises de polimorfismo de comprimento dos fragmentos de restrição (PCR-RFLP) e a suscetibilidade ao CCR na população brasileira. (AU)

Impacto da cana hidrolisada associada a diferentes tipos de uréia na dieta de vacas sobre a produção leiteira, parâmetros ruminais e sanguíneos

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Mauro Dal Secco de Oliveira
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:15/22709-7
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 30 de setembro de 2016
Vinculado ao auxílio:14/10675-8 - Impacto da cana hidrolisada associada a diferentes tipos de uréia na dieta de vacas sobre a produção leiteira, parâmetros ruminais e sanguíneos, AP.R
Assunto(s):Alimentação
Resumo
A necessidade em proporcionar alternativas de dietas para vacas leiteiras por meio do uso da cana-de-açúcar hidrolisada é cada vez maior. Várias pesquisas foram realizadas com a cana hidrolisada com cal virgem ou hidratada, porém são poucas visando a associação da cana hidrolisada com a silagem de milho, assim como com a uréia pecuária e a uréia protegida. A partir disto, o objetivo deste trabalho é avaliar a influência do tipo de uréia na hidrólise da cana-de-açúcar e na dieta sobre a produção e composição do leite, consumo de nutrientes, digestibilidade in vitro e in vivo dos nutrientes, parâmetros sanguíneos e custo do quilograma de leite. O experimento será realizado no setor de Bovinocultura de Leite da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias da UNESP, Campus de Jaboticabal, SP, com 8 vacas lactantes (pós-pico de lactação), distribuídas em dois quadrados latinos contemporâneos, em arranjo fatorial 2 x 2, ou seja, dietas constituídas de 50% de cana-de-açúcar hidrolisada : 50% de silagem de milho, com inclusão de uréia pecuária+sulfato de amonio ou uréia protegida ( Producote Feed ®) na hidrólise da cana e dietas com inclusão de uréia+sulfato de amonio ou uréia protegida fornecida no cocho. As médias serão comparadas por três contrastes, sendo um para efeito da forma de utilização da uréia, outro para efeito do tipo de uréia e outro para avaliar o efeito da interação entre forma de utilização e tipo de uréia. (AU)

Indivíduos com alto risco para desenvolvimento de injúria renal aguda em contextos clínicos relevantes: estudo prospectivo sobre aspectos epidemiológicos, diagnósticos e prognósticos

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Emmanuel de Almeida Burdmann
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:15/21041-2
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 31 de maio de 2017
Vinculado ao auxílio:14/19286-4 - Indivíduos com alto risco para desenvolvimento de injúria renal aguda em contextos clínicos relevantes: estudo prospectivo sobre aspectos epidemiológicos, diagnósticos e prognósticos, AP.TEM
Assunto(s):BiomarcadoresNefrologiaCisplatinoEpidemiologiaDesidratação
Resumo
Injúria renal aguda (IRA) é síndrome de prevalência e incidências crescentes, acarretando altas mortalidades hospitalar e tardia, prolongamento da internação, elevação do custo de tratamento e desenvolvimento de doença renal crônica (DRC). Considera-se que este fenômeno ocorra em nível mundial, embora dados epidemiológicos de países em desenvolvimento sejam relativamente escassos. De fato, a epidemiologia da IRA assume particularidades bimodais em países em desenvolvimento. Em grandes centros urbanos, os pacientes com IRA têm características semelhantes ao dos países desenvolvidos: pacientes graves, idosos, infectados e com múltiplas insuficiências orgânicas, usualmente internados em unidades de terapia intensiva (UTI). Em contraste, em áreas rurais e pequenos centros populacionais, a IRA acomete pacientes jovens, previamente saudáveis e sua etiologia está associada à desidratação, doenças infecciosas, acidentes por animais peçonhentos ou medicamentos naturais. Recentemente, três novas definições de IRA foram propostas (RIFLE, AKIN e KDIGO), todas fundamentadas em pequenos aumentos abruptos da creatinina sérica ou diminuição do volume urinário. No entanto, a elevação da creatinina frequentemente ocorre tardiamente em relação ao momento da lesão renal, prejudicando a instalação de manobras preventivas. Assim, tem-se procurado intensamente biomarcadores capazes de detecção precoce e sensível de lesão renal, de forma semelhante ao que ocorre com a troponina cardíaca. Visa-se também caracterizar se estes biomarcadores estão associados ao prognóstico destes pacientes. A detecção precoce de lesão renal e mensuração correta da função renal é particularmente importante em pacientes e/ou situações de alto risco de IRA. Este conjunto de projetos de pesquisa visa suprir lacunas importantes no conhecimento da IRA em pacientes de alto risco (UTI, Emergência Clínica, trauma, câncer, grandes cirurgias não cardíacas, uso de cisplatina, e desidratação associada a trabalho exaustivo). Eles incluem a comparação dos três novos critérios diagnósticos utilizados prospectivamente, análise da eficácia dos biomarcadores de lesão renal para detecção precoce de IRA e seu papel no prognóstico destes pacientes, estudo dos mecanismos de alteração da função renal em condições de desidratação associada a trabalho exaustivo e análise das fórmulas para determinar a função renal de pacientes com câncer. Será possível identificar a incidência e/ou prevalência de IRA entre populações socioeconomicamente vulneráveis na nossa realidade, incluindo pacientes graves da região norte e cortadores de cana. Os resultados obtidos constituirão importantes ferramentas para planejamento de alocação de recursos e desenvolvimento de campanhas preventivas de IRA em nosso meio e constituirão a maior amostra de IRA obtida prospectivamente no Brasil. (AU)

Genômica populacional de espécies arbóreas neotropicais: identificação de genes candidatos associados à seleção natural em diferentes fitofisionomias

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Departamento de Descentralização do Desenvolvimento (APTA Regional). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Maria Imaculada Zucchi
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Vegetal
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo:15/06349-0
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 31 de outubro de 2017
Assunto(s):Mata atlânticaSeleção naturalCerradoEvolução genéticaGenômicaEstudos de associação genética
Resumo
Apesar do papel central que a seleção natural teve na formulação da teoria sintética da evolução e da importância que continua exercendo no entendimento das histórias evolutivas das espécies, a identificação e estudo de genes sob seleção sempre foi de grande dificuldade, especialmente em espécies não-modelo. A pressão seletiva produz genótipos melhor adaptados às condições locais. Este mecanismo evolutivo nem sempre culmina na especiação, podendo ocorrer a formação de populações cujos genótipos sejam adaptados à condições ecológicas locais. Indícios desse tipo de adaptação já foram observadas entre espécies que ocorrem em regiões de Cerradão e Floresta Estacional Semidecidual (FES). Mas como se comportam populações de uma mesma espécie submetidas a condições ambientais distintas como as encontradas no Cerradão e na FES? Supomos que cada um desses ambientes apresentam pressões seletivas que podem favorecer diferentes conjuntos de alelos em cada localidade (hipótese 1); que a adaptação local é baseada em pequeno número de locos com alto efeito individual (hipótese 2); e que o efeito destes locos pode se manifestar no desenvolvimento inicial dos indivíduos, apresentando diferentes valores adaptativos de acordo com as condições ambientais de cultivo (hipótese 3). A comprovação e compreensão deste fenômeno é importante para o melhor entendimento de como indivíduos de uma mesma espécie podem sobreviver em diferentes realidades de temperatura, disponibilidade hídrica e de nutrição do solo. Esse entendimento é particularmente importante frente ao atual cenário de mudanças climáticas e escassez hídricas. Além disso, a identificação de alelos associados a essas condições em espécies nativas podem fornecer ferramentas para o melhoramento de espécies cultivadas de interesse econômico. O objetivo deste projeto é identificar locos que possam estar sofrendo pressões seletivas distintas em ambientes de Cerradão e FES. Para tanto, serão realizados experimentos de common garden com populações de Cerradão e FES de cinco espécies arbóreas, durante os quais serão avaliados a sobrevivência e o desenvolvimento das mudas ao logo de seis meses. A espécie que apresentar indícios de adaptação local, com medidas de desenvolvimento contrastantes entre as condições de cultivo que simulam cada um dos ambientes será selecionada para análise de genômica populacional com técnica de RADseq para identificação de locos com comportamento não-neutro (outliers) para os quais, as seguir, buscaremos identificar a função através de comparação com banco de dados de seqüências gênicas e a correlação com os parâmetros fenotípicos observados. (AU)

Uso de modelos de membrana para estudar o mecanismo de ação de peptídeos antimicrobianos e efeitos da dimerização e ciclização

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Osvaldo Novais de Oliveira Junior
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo:15/16857-3
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 10 de julho de 2016
Vinculado ao auxílio:13/14262-7 - Filmes nanoestruturados de materiais de interesse biológico, AP.TEM
Assunto(s):CiclizaçãoFísica experimentalDimerizaçãoPeptídeosNeoplasias
Resumo
Filmes de Langmuir e vesículas são úteis para mimetizar uma membrana celular, e investigar a interação com fármacos cuja atividade biológica pode ser correlacionada com os efeitos induzidos na membrana. Neste Projeto, estudaremos a atividade biológica de peptídeos antimicrobianos (PAMs) e seu mecanismo de ação com filmes de Langmuir e vesículas unilamelares de diferentes composições lipídicas para mimetizar biomembranas de bactérias e células de mamíferos. Os PAMs foram selecionados porque apresentam atividade contra microrganismos e células tumorais, com seletividade e baixa probabilidade de induzir resistência. Como peptídeo de partida será usado o dímero do peptídeo Magainina 2, (MG2)2K, que tem atividade 16 e 8 vezes a da sua versão monomérica para Escherichia coli e Stafilococos aureus, respectivamente. Versões diméricas e cíclicas deste e outros peptídeos serão sintetizadas, e estudadas em relação ao efeito dessas modificações na atividade contra patógenos nosocomiais multirresistentes e células tumorais. A interação dos peptídeos com as monocamadas será investigada obtendo-se isotermas de pressão de superfície, espectroscopia no infravermelho com modulação da polarização (PM-IRRAS) e microscopia no ângulo de Brewster, enquanto a interação com as vesículas será determinada com microscopia de contraste de fase e fluorescência. Com a combinação dessas técnicas espera-se contribuir com o desenvolvimento de novas moléculas bioativas e dados relevantes sobre seu mecanismo de ação. (AU)

Investigação da resposta imune durante a leishmaniose Canina por Leishmania infantum: papel dos receptores tipo toll em macrófagos ex vivo e no plexo coróide

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina Veterinária (FMVA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Gisele Fabrino Machado
Supervisor no Exterior: Laia Solano Gallego
Local de pesquisa: Universitat Autònoma de Barcelona (UAB) (Espanha)
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Processo:15/13865-5
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 31 de outubro de 2016
Resumo
A leishmaniose visceral é uma antropozoonose causada por Leishmania chagasi (=L. infantum). Nos cães, o principal reservatório, o parasita Leishmania é capaz de modificar a resposta imune do hospedeiro. O sistema imune inato detecta microorganismos por meio de receptores de reconhecimento padrão (PRRs), como os receptores tipo Toll (TLR) que reconhecem padrões moleculares associados a agentes patogênicos (PAMPs). Os TLRs regulam e ativam respostas pró-inflamatórias em macrófagos infectados por Leishmania, resultando na morte do parasita. Vários estudos são baseados principalmente em investigações sobre a infecção por L. major em camundongos. Em contraste, há um número limitado de estudos relativos aos TLRs durante a infecção por L. infantum em cães. Como a resposta imune do SNC seria sinalizada pela atividade da resposta imunitária periférica, propomos avaliar a expressão gênica de TLRs e citocina pró-inflamatória em macrófagos de sangue periférico de cães com leishmaniose. Além disso, em continuidade com a investigação anterior sobre a avaliação da expressão gênica de TLRs e citocinas no encéfalo de cães com leishmaniose, pretende-se detectar a expressão de TLR-2 em células do encéfalo e plexos coróides, por meio de imuno-histoquímica. (AU)

The time dependence of reversed archeomagnetic flux patches

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Ricardo Ivan Ferreira da Trindade
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geofísica
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Processo:15/20886-9
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 30 de abril de 2016
Assunto(s):Geomagnetismo
Resumo
Modelos do campo arqueomagnético podem fornecer importantes informações sobre o geodínamo. Neste trabalho, estudamos a existência e a mobilidade de lóbulos de fluxo reverso (RFPs, em inglês) em modelos do campo arqueomagnético. Para tanto, introduzimos algoritmos topológicos para definir, identificar e mapear os RFPs. Além disso, exploramos as relações entre RFPs e as variações do dipolo, e aplicamos testes de robustez em RFPs. Em oposição às definições anteriores, lóbulos que residem no equador geográfico são adequadamente identificados baseando-se em nossa nova definição de RFPs. A maioria dos RFPs exibem deriva para Oeste e migram em direção à altas latitudes. Ondulações do Equador Magnético e RFPs opõem o momento do dipolo axial (ADM, em inglês). Modelos filtrados apresentam resultados de mapeamento semelhantes à de modelos não-filtrados, e surpreendentemente novos RFPs surgem ocasionalmente. A advecção e a difusão de RFPs tem operado em conjunto causando o decréscimo do ADM nos últimos séculos. A ausência de RFPs no período de 550-1440 AD está relacionado à baixos valores nos graus intermediários do espectro de potência. Assim sugerimos que os RFPs são fortemente dependentes dos harmônicos esféricos de graus 4 e acima. (AU)

EMU concedido no processo 2014/03002-7: leitor multi-modo de imageamento celular (cell imaging multi-mode reader)

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Marcelo Bispo de Jesus
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Enzimologia
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Equipamentos Multiusuários
Processo:15/06134-4
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 31 de outubro de 2017
Vinculado ao auxílio:14/03002-7 - Internalização e tráfego intracelular de nanopartículas: atividade biológica e perfil nanotoxicológico, AP.JP
Assunto(s):NanotecnologiaMicroscopiaFluorescência
Resumo
O sistema de imageamento multi-modal (Cytation " 5) é um sistema configurável que combina microscopia de campo claro automatizado com leitura de microplacas convencional para fornecer informações celular fenotípicos e dados quantitativos bem fundamentados. Esta plataforma única é simples de configurar e de operar, além de poder processar fluxos de trabalho que tradicionalmente exigiriam múltiplos instrumentos e interfaces de software. Com até 60x de aumento, o módulo de microscopia fornece alta qualidade de imagem celular e sub-celular na fluorescência, campo claro e contraste de fase. Imagens de células vivas e ensaios multi-modo são otimizados com incubação a até 65° C e agitação, além de disponível CO2 controle / O2 e injetores de reagentes Módulos que podem ser adquiridos separadamente). A captura de imagem, coleta de dados e poderosa imagem e análise de dados projetado especificamente para o processamento simples, mesmo dos ensaios mais complexos, como por exemplo proliferação e viabilidade celular, avaliação dos níveis de estresse oxidativo, quantificação de proteínas e ácidos nucléicos, morte celular apoptose/necrose, expressão gênica, gene repórter, transdução de sinal, eficiência de transfecção, ciclo celular, translocação de proteínas para o núcleo, entre outros. A análise desses processos em tempo real possibilita avaliar a interação de células para as mais diversas finalidades (estudos de interação célula-célula, célula-bactérias, células-ativos, células-nanopartículas) e é de grande valia e interesse dos pesquisadores do Instituto de Biologia da UNICAMP. (AU)

Reconstrução filogenética de Gastrotricha baseada em dados moleculares e morfológicos

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:André Rinaldo Senna Garraffoni
Pesquisadores associados:Anete Pedro Lourenço; Richard Hochberg; Thiago Quintão Araújo; Maria Balsamo; Maikon Di Domenico
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOTA - Apoio a Jovens Pesquisadores
Processo:14/23856-0
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 31 de outubro de 2019
Assunto(s):FilogeniaMicroscopia eletrônica de varreduraMicroscopia eletrônica de transmissãoMeiofaunaChaetodontidaeInvertebrados aquáticos
Resumo
Os Gastrotricha são microinvertebrados aquáticos (com menos de 1 mm) e importantes componentes do bentos e fitofauna de habitats marinho e de agua doce. Apesar do grande número de espécimes em distintos ambientes, este táxon não é muito conhecido, possivelmente pelo seu diminuto tamanho e fragilidade de seus corpos, o que torna seu estudo difícil. Além disso, apesar da taxonomia desse táxon ter sido iniciada no final do século XIX, atualmente as relações filogenéticas dos subgrupos de Gastrotricha ainda estão longe de serem consideradas satisfatórias. Dessa forma, em virtude desta enorme carência, o presente projeto apresenta distintos objetivos: a) utilizar a técnica de microscopia eletrônica de varredura (MEV), microscopia eletrônica de transmissão (MET) e microscopia laser confocal para uma análise detalhada e comparativa das estruturas morfológicas externas das várias espécies deste grupo; b) compreender melhor a filogenia do táxon Gastrotricha integrando análises filogenéticas baseadas em dados morfológicos e moleculares (DNA nuclear e mitocondrial) com a finalidade de compreender sua história evolutiva; c) descrever formalmente as espécies de Gastrotricha coletadas por Garraffoni et al. (2010) e Araújo et al. (2013) que foram identificadas até o nível genérico; d) designar e documentar neótipos usando microscópio com Interferência diferencial contraste (DIC) e MEV das 12 espécies descritas como novas pelo pesquisador polonês Dr. Jacek Kisielewski para o estado de São Paulo no início da década de 1990; e) consolidar a coleção de meiofauna do Museu de Zoologia do Instituto de Biologia da Universidade Estadual de Campinas (ZUEC/Unicamp). Com tais objetivos, o presente projeto visa nuclear um grupo de pesquisa inédita na América Latina, que possuirá como foco principal a compreensão da sistemática, evolução e ecologia de gastrótricos. (AU)

Parcerias entre estado e organizações da sociedade Civil - OSCs - para a execução de políticas públicas no âmbito federal: estudo comparado das políticas de Saúde / AIDS assistência social/ deficiência e Cultura/ Pronac

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Patricia Maria Emerenciano de Mendonça
Pesquisadores associados:Euclides Pedrozo Junior; Paula Chies Schommer; Edgilson Tavares de Araújo; Mário Aquino Alves; Armindo dos Santos de Sousa Teodósio; Gabriela de Brelaz; Anny Karine de Medeiros; Sergio Goldbaum
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Administração - Administração Pública
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:15/02834-1
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 31 de outubro de 2017
Assunto(s):Políticas públicasEstado (política)Movimentos sociaisAssistência socialPolítica cultural
Resumo
Nos últimos 10 anos, muitas das agendas das OSCs- Organizações da Sociedade Civil- e movimentos sociais foram absorvidas pelas políticas públicas, nas suas mais diversas áreas. Nas relações de parcerias entre governo e OSCs que envolvem transferência de recursos, muitas dificuldades têm sido encontradas, gerando tensões para ambos os lados, dificultando não apenas o financiamento público para atividades das OSCs, como também colocando em cheque sua própria legitimidade. Há diferentes arranjos organizacionais e modalidades utilizados para transferências de recursos entre Governo Federal e OSCs; diferentes políticas públicas possuem históricos de relacionamento específicos com as OSCs em diferentes áreas de atuação. Este projeto tem como objeto de estudo as relações de parcerias entre Estado-OSCs, focando nas parcerias realizadas pelo governo federal, buscando compreender os modelos existentes, os resultados para as políticas públicas e para as OSCs, contrastando com o que a literatura sobre parcerias Estado -OSCs preconiza sobre fortalecimento da gestão pública, da cidadania e democracia maior flexibilidade, responsividade, eficiência no uso de recursos, complementaridade com o Estado, accountability e controle social. Tal estudo se justifica pela importância na relação entre Estado e sociedade civil na definição e execução de políticas públicas, que ganhou destaque a partir dos anos 1990, motivada pela redemocratização, pela aprovação da Constituição de 1988. Este projeto visa aprofundar e avançar buscando preencher o gap de estudos mais sistematizados no Brasil destas parcerias através da comparação de três políticas públicas bem documentadas no âmbito federal: na saúde, na política de DST/AIDS; na assistência social, no âmbito da política de deficiência; e na política de cultura, no âmbito do Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac). (AU)

Leibniz e Hobbes: causalidade e princípio de razão suficiente

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Celi Hirata
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - História da Filosofia
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros no Brasil
Processo:15/12782-9
Vigência: 01 de novembro de 2015 - 31 de outubro de 2016
Assunto(s):MetafísicaCausalidade
Resumo
O livro em questão é uma versão ligeiramente modificada da minha tese de doutorado, defendida em 2012 no Departamento de Filosofia da Universidade de São Paulo e financiada pela FAPESP. Nela examinei a relação entre a doutrina hobbesiana da causalidade e o princípio de razão suficiente em Leibniz, assinalando a aproximação e o distanciamento entre um e outro. Se, por um lado, o filósofo alemão é claramente influenciado por Hobbes na formulação de seu princípio, por outro, é por meio desse próprio princípio que ele critica alguns dos aspectos mais decisivos da filosofia de Hobbes, como o seu materialismo, necessitarismo, bem como a sua concepção de justiça divina e a sua tese de que Deus não pode ser conhecido pela luz natural. Em alguns textos de sua juventude, Leibniz prova que nada é sem razão pela identificação da razão suficiente com a totalidade dos requisitos, demonstração que praticamente reproduz aquela pela qual Hobbes defende que todo efeito tem a sua causa necessária. Entretanto, em oposição a Hobbes, que reduz a realidade a corpos em movimento, Leibniz utilizará o conceito de razão suficiente para demonstrar que somente um princípio incorpóreo pode dotar os corpos com movimento. É igualmente por meio do princípio de razão suficiente e da sua distinção em relação ao princípio de contradição que Leibniz defende que os eventos no mundo não são absolutamente necessários, mas contingentes. Por fim, é utilizando-se deste princípio que o autor da Teodiceia argumentará que Deus pode ser conhecido pela razão natural e que a justiça divina consiste na sua bondade guiada pela sua sabedoria, em contraste com a definição hobbesiana de justiça fundamentada no poder. Assim, se Leibniz se apropria de certos elementos da doutrina hobbesiana da causalidade é para submeter a causalidade eficiente e mecânica que é defendida pelo filósofo inglês a uma determinação essencialmente teleológica da realidade. (AU)

A construção do espaço dos mortos no mundo grego durante o Período Geométrico (900 a 700 A.C.): os casos contrastantes de Argos e Erétria

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Elaine Farias Veloso Hirata
Supervisor no Exterior: Sandrine Huber
Local de pesquisa: Ecole Française d'Athènes (Grécia)
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Arqueologia
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Processo:15/17533-7
Vigência: 04 de outubro de 2015 - 10 de março de 2016
Assunto(s):ErétriaPeríodo geométricoArgos
Resumo
A presente proposta de estágio de pesquisa pós-doutoral a ser realizado na École française d'Athènes sob a supervisão da Profa. Dra. Sandrine HUBER tem como objetivo desenvolver uma parte essencial do projeto principal desenvolvido no MAE-USP. As atividades de pesquisa constituem a análise in loco de material arqueológico não publicado, no museu de Argos, no Peloponeso, e no museu de Eretria, na ilha da Eubéia. Além disso, consultarei os arquivos da EfA a fim de acessar a documentação necessária para a catalogação e o estudo do material, como por exemplo, relatórios de escavações, fotos, desenhos e mapas. A pesquisa também se desenvolverá no acesso aos títulos especializados sobre o tema na biblioteca da EfA, que contém uma das maiores e mais bem equipadas coleções de referências em Arqueologia Clássica, e também nas bibliotecas das demais instituições estrangeiras de pesquisa em Atenas. Finalmente, o estágio no exterior ainda conta com a participação em atividades acadêmicas promovidas pela EfA e na Universidade de Lorraine à convite do supervisor estrangeiro, Profa. Sandrine Huber. (AU)

Efeitos isolados e combinados da fototerapia e crioterapia na recuperação muscular pós-exercício

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Campus Vergueiro. São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Ernesto Cesar Pinto Leal Junior
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo:14/04557-2
Vigência: 01 de outubro de 2015 - 29 de fevereiro de 2016
Vinculado ao auxílio:10/52404-0 - Laserterapia de baixa potência na fadiga muscular e recuperação muscular pós-exercício: parâmetros ideais de aplicação e efeitos em exercício de longa duração, AP.JP
Assunto(s):Crioterapia
Resumo
A recuperação pós-exercício é de fundamental importância no esporte de alto rendimento e atualmente vários recursos são utilizados com este intuito, dos quais podemos destacar a recuperação ativa, massagem, terapia de contraste com água fria e água quente, hidroterapia, anti-inflamatórios não esteroidais, crioterapia, laserterapia de baixa potência, entre outros. A crioterapia é um dos recursos mais utilizados e que consiste no uso de gelo ou de água em temperaturas baixas para acelerar a recuperação pós-exercício, contudo, a sua evidência científica é extremamente limitada e controversa. Estudos recentes envolvendo fototerapia têm demonstrado resultados positivos no retardo da fadiga muscular e na recuperação de marcadores bioquímicos relacionados a recuperação muscular. Contudo, diversos fatores ainda permanecem desconhecidos, tais como: doses e parâmetros ideais de aplicação, mecanismos de ação, os efeitos em exercícios de longa duração e os efeitos em longo prazo na recuperação musculoesquelética. Da mesma maneira, ainda não são totalmente conhecidos os efeitos da combinação de diferentes fontes de luz (lasers e LEDs) sobre a performance e recuperação muscular pós-exercício. Com estes fatores em mente, o presente projeto de pesquisa tem como objetivo determinar os efeitos da fototerapia com lasers e LEDs e da crioterapia utilizadas isoladamente ou combinadas na recuperação muscular pós-exercício excêntrico de extensores de joelho. Será realizado um ensaio clínico randomizado, placebo-controlado e duplo-cego, com a participação voluntária de indivíduos saudáveis. Analisaremos parâmetros relativos ao desempenho físico dos voluntários (pico de torque / contração voluntária máxima - CVM), dor muscular tardia (DMT) através da escala visual analógica (EVA), marcador bioquímico de dano muscular (creatina quinase - CK), e marcador inflamatório (interleucina-6 - IL-6). (AU)

Estudos das propriedades físico-químicas e mecânicas da membrana eritrocitária de indivíduos normais e com esferocitose hereditária

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Karin do Amaral Riske
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica Molecular
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo:15/09948-2
Vigência: 01 de outubro de 2015 - 30 de setembro de 2017
Assunto(s):BiomembranasFluorescênciaMicroscopiaEsferocitose hereditária
Resumo
A membrana eritrocitária é um ótimo modelo para o estudo de membranas biológicas devido a sua facilidade de obtenção, isolamento e possibilidade de monitoramento da desestabilização (hemólise) de sua estrutura. Apesar da sua composição e função serem bastante conhecidas, ainda há poucos relatos na literatura sobre a relação entre a organização de seus componentes, a estabilidade de sua estrutura e função. Defeitos na membrana eritrocitária incluem a esferocitose hereditária (EH), uma anemia hemolítica congênita causada pela deficiência de proteínas do citoesqueleto (±- ou ²- espectrina, anquirina ou proteína 4.2) ou integral (banda 3). A deficiência dessas proteínas desestabiliza a bicamada lipídica e, como consequência, os eritrócitos assumem uma forma esférica e com menor área de superfície, o que prejudica o tráfego na microcirculação, favorecendo o aumento do estresse oxidativo e hemólise. Para compreender o complexo comportamento das proteínas e lipídios nas membranas e o envolvimento destes na estabilidade e organização de sua estrutura, utilizaremos vesículas unilamelares gigantes (GUVs) e vesículas lipossomais compostas de membranas eritrocitárias de indivíduos normais e com EH, extratos lipídicos de membrana eritrocitária e composições lipídicas biomiméticas para obter informações sobre as propriedades físico-químicas e mecânicas das membranas. Além disso, o efeito protetor de agentes antioxidantes (±-tocoferol e ácido p-coumárico) e a solubilização por detergentes serão investigadas. Para isso, utilizaremos as técnicas biofísicas de microscopia ótica por contraste de fase e fluorescência, eletrodeformação e eletroporação, espalhamento de luz (DLS), rastreamento das vesículas (NTA) e ressonância paramagnética eletrônica (RPE). (AU)

Avaliação funcional e estrutural da retina e coróide de pacientes diabéticos pela tomografia de coerência óptica

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Rony Carlos Preti
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:15/17002-1
Vigência: 01 de outubro de 2015 - 30 de setembro de 2016
Assunto(s):OftalmologiaDoenças da coroideTomografia de coerência ópticaRetinopatia diabética
Resumo
Introdução: o acometimento da retina pelo diabetes melitos (DM), denominado retinopatia diabética(RD), é uma das principais causas de cegueira no mundo causando diminuição tanto da acuidade visual (AV) quanto da sensibilidade ao contraste (SC). Nos últimos anos, houve grande progresso no diagnóstico e acompanhamento das alterações da retina nesta afecção com o surgimento da Tomografia de Coerência Óptica (OCT). Mais recentemente, devido ao avanço tecnológico este exame tornou possível estudar também a coróide, outro tecido que pode ser acometido na DM levando à coroidopatia diabética (CD). Atualmente,acredita-se que a coróide está relacionada com o desenvolvimento da RD por esta estrutura ser afetada antes mesmo da retina; entretanto poucos são os estudos controlados que avaliaram-na em diabéticos sem ou com doença renal crônica (DRC)correlacionado-a com a função visual.Objetivos : Avaliar a espessura da coróide (EC) e da retina, em diabéticos tipo 1 e 2, nos diferentes estádios da RD, em indivíduos portadores ou não de DRC; correlacionar a EC com a espessura macular da retina e com a AV e a SC.Métodos: Pacientes diabéticos tipo 1 e 2, em acompanhamento e/ou tratamento nos Ambulatórios deOftalmologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo,receberão avaliação oftalmológica completa e serão submetidos, por investigadores mascarados, aos exames de AV com a tabela Early Treatment Diabetic Retinopahy Study, SC com a tabela Visual Contrast Test Sensitivity 6500, retinografia, OCT, biometria, peso corporal e exames laboratoriais. A fim de se estudar a espessura e a forma da retina e da coróide haverá um grupo controle que será composto de indivíduosnormais. Todos os exames citados acima serão realizados somente uma vez em ambos os grupos. Resultados esperados: Este estudo possibilitará avaliar a alteração que o DM provoca na coróide nos diversos estádios da RD e se esta influencia na função visual e no desenvolvimento ou piora da RD. Em princípio esperamos observar redução da EC nos olhos de pacientes diabéticos, principalmente naqueles com RD avançada ou que apresentam EMD, que provavelmente se correlacionará com aumento da espessura da retina causando redução da função visual, AV e SC. (AU)

Modernismo e vodu: relações entre etnografia, arte e literatura em Cuba e no Brasil

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Jorge Schwartz
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Línguas Estrangeiras Modernas
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo:15/03207-0
Vigência: 01 de outubro de 2015 - 30 de setembro de 2016
Resumo
Este projeto é um estudo comparativo que analisa as relações entre etnografia, arte e literatura em Cuba e no Brasil. Em Cuba, concentrar-se-á na produção intelectual de Fernando Ortiz e dois filmes de Tomás Gutiérrez Alea Memorias del subdesarrollo (1968) e Una pelea cubana contra los demonios (1971) no que diz respeito aos temas afro-cubanos, com o objetivo de delinear a passagem de uma abordagem vinculada ao "racismo científico" lombrosiano presente no primeiro livro de Ortiz (Los negros brujos, 1906) às práticas artísticas das vanguardas. Ortiz inicia sua carreira vinculado à "antropologia criminal", da qual ele se distância rumo à "antropologia cultural", culminando na publicação de seu último livro em vida, de viés histórico-literário, Historia de una pelea cubana contra los demonios (1959), usado como base para o filme de Alea de 1971. A comparação com o Brasil, será feita através da análise das leituras que o próprio Ortiz fez de psiquiatras e antropólogos brasileiros; contrapõe-se essas leituras à abordagem do psiquiatra e crítico modernista Osório César - figura importante dentro da vanguarda brasileira, sendo ele próprio leitor de Ortiz. Osório César funciona como um distanciamento do "racismo científico" ao equiparar o "fetiche" (trabalho escultural) negro às obras dos pintores vanguardistas na primeira metade do século XX. Como se fez com o binômio cubano Ortiz-Alea, veremos como a ideia de "misticismo", vista por César tanto nas vanguardas como na produção artística de afro-brasileiros, é abordado posteriormente no cinema brasileiro, em particular no filme Barravento (1961) de Glauber Rocha, com seus conceitos de "dialética da macumba" e "estética da fome", muito próximos ao de "cinema imperfeito" adotado pela geração de seu contemporâneo Gutiérrez Alea. Buscar-se-á, assim, traçar um mapa intelectual no que tange os temas afro-cubanos e afro-brasileiros nas quatro figuras supracitadas. (AU)

Edição digital de imagens para o projeto "taxonomia, filogenia, biogeografia e evolução de abelhas Neopasiphaeinae (Hymenoptera: Colletidae) utilizando dados moleculares e morfológicos"

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Eduardo Andrade Botelho de Almeida
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:15/20568-7
Vigência: 01 de outubro de 2015 - 31 de outubro de 2016
Vinculado ao auxílio:11/09477-9 - Taxonomia, filogenia, biogeografia e evolução de abelhas Neopasiphaeinae (Hymenoptera: Colletidae) utilizando dados moleculares e morfológicos, AP.JP
Assunto(s):EntomologiaAnatomiaSistemática
Resumo
Para um estudo taxonômico e sistemático é imprescindível a preparação de desenhos e fotografias das estruturas morfológicas (hábitos lateral e dorsal, cabeça, mesossoma, metassoma, pernas, asas, terminálias masculina e feminina etc.). Sendo assim, um tratamento final cuidadoso do desenho (arte final) e da fotografia é fundamental para sua publicação em periódicos bem conceituados. A edição digital de desenhos consiste na conversão dos desenhos (que são preparados manualmente com a utilização de estereomicroscópio com câmara clara acoplada) para o formato digital vetorial, além do tratamento qualitativo dos desenhos (tamanho, espessura dos traços, interpretação de estruturas com sobreposição, etc.). A edição digital de fotografias consiste no seu tratamento qualitativo (tamanho, enquadramento de imagem, brilho, contraste, eliminação de ruídos, curvas de tom e equalização, etc.). (AU)

Seleção assistida por marcadores moleculares visando a resistência a antracnose e mancha angular em feijoeiro comum

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Luciana Lasry Benchimol-Reis
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:15/18510-0
Vigência: 01 de outubro de 2015 - 30 de setembro de 2016
Vinculado ao auxílio:14/11145-2 - Seleção assistida por marcadores moleculares pelo método de AB-QTL e por genotipagem por sequenciamento (GBS) visando à resistência à mancha angular e antracnose em feijão comum, AP.R
Assunto(s):Marcador molecular
Resumo
O programa de melhoramento do feijoeiro do Instituto Agronômico iniciou o desenvolvimento de marcadores microssatélites (SSRs) em 2002, com o projeto de auxílio à pesquisa (Proc. FAPESP 02/03225-9) em colaboração com o CBMEG-UNICAMP, Programa de Primeiros Projetos (Proc. FAPESP 03/11471-2), Bolsa de Pós-Doutorado (Proc. FAPESP 02/00752-8). O grande número de SSRs desenvolvidos foi utilizado primeiramente na obtenção de um mapa genético a partir da população contrastante, IAC-UNA x CAL-143 (mapa UC) (Proc. FAPESP 05/53819-0). O mapa UC apresentou grande robustez (Campos et al., 2011) e em versão 'atualizada' (Proc. FAPESP 08/52541-7, Oblessuc et al., 2014), com 268 marcadores e uma media de 20,2 marcadores por cromossomo. Através do mapa UC, foi efetuado o mapeamento de locos de resistência a duas principais doenças que atacam a cultura do feijoeiro, mancha angular (ALS), causada pelo fungo Pseudocercospora griseola (Sacc.) Crous & U. Braun (2006) (Oblessuc et al., 2012; proc. FAPESP 06/58332-5; Oblessuc et al., 2013, proc. FAPESP 09/02411-2, 10/51673-7) e antracnose (ANT) (proc. FAPESP 05/59195-9, 08/52541-7), causada pelo fungo Colletotrichum lindemuthianum Sacc & Magnus. Paralelamente, por mapeamento associativo (proc. FAPESP 09/02502-8, 09/05284-1, CNPq 477239/2010-2) marcadores SSRs e SNPs foram associados a locos de resistência a mancha angular e antracnose em outros cromossomos. Em outra população [AND 277 x SEA 5 (AS)], locos de resistência à mancha angular foram também mapeados (Bassi et al, 2014).Um grande número de marcadores moleculares foi associado à QTLs de resistência a estas doenças. Como estas doenças mostraram herança complexa (quantitativa), vários QTLs devem ser introgredidos para produzir uma resistência duradoura (vertical) a diferentes raças dos patógenos. Propomos por isto, utilizar a técnica de AB-QTL (Advanced Backcross QTL Analysis, Tanksley & Nelson, 1996) que permite mapear, selecionar os QTLs com alelos favoráveis e transferi-los simultaneamente via retrocruzamentos. As outras metodologias de seleção assistida (SAM - Hospital et al., 1992; Hospital & Charcosset, 1997) se baseiam em primeiro se realizar o mapeamento de QTLs para em seguida se transferir os QTLs favoráveis. A técnica de AB-QTL agrega valor aos programas de melhoramento, pois as progênies ou linhagens são avaliadas fenotipicamente ao mesmo tempo com que se faz a introgressão de QTLs, diminuindo-se o problema do linkage drag (arraste gênico) e as interações epistáticas e/ou efeitos pleiotrópicos negativos. Uma vez que se realiza a seleção fenotípica, se elimina as progênies com desempenho inferior, mesmo sendo aquelas que possuem os QTL favoráveis introgredidos, mas que podem ter os seus valores genéticos alterados pelas interações epistáticas, efeitos pleiotrópicos ou pela interação genótipos x ambiente. (AU)
Página 5 de 1.813 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s) | Limpar seleção
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP