Busca avançada

X

Criar um alerta por e-mail


Novos resultados para a sua pesquisa em seu e-mail, semanalmente.

Seu e-mail:

Tamanho do e-mail:



Seu endereço de e-mail não será divulgado.

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
Publicações acadêmicas
  • Auxílios à Pesquisa
  • Bolsas
  • Programas voltados a Temas Específicos
  • Programas de Pesquisa direcionados a Aplicações
  • Programas de Infraestrutura de Pesquisa
  • Área do conhecimento
  • Situação
  • Ano de início
Excel (CSV)Alerta por e-mail   RSS
Página 6 de 2.547 resultado(s)
|
Resumo

A tecnologia usada em inventários florestais se mantém inalterada há décadas, apesar da enorme evolução observada no mesmo período em todas as áreas da ciência. A evolução da tecnologia, na forma de circuitos eletrônicos miniaturizados, distanciômetros óticos à laser, comunicação sem fio, telecomunicação com mobilidade, digitalização de imagens, compressão de dados e novos materiais, tem propiciado a eficiente captura e representação virtual 3D dos elementos alvo constituintes de uma paisagem, cena ou organismo. Apesar das tecnologias convergirem com grande intensidade para soluções integradas em diversas áreas, como na medicina e nas engenharias, o mesmo não tem ocorrido no monitoramento, quantificação e qualificação da cobertura vegetal. A gestão adequada dos recursos naturais de um país, públicos ou privados, depende da qualidade da informação gerada por inventários contínuos e/ou temporários. A coleta de dados em campo, da forma como é executada atualmente, apresenta baixo rendimento, elevado custo e pouca confiabilidade. Isso prejudica a capacidade de resposta rápida de empresas e governos na presença de anormalidades, tais como baixo crescimento, mortalidade e incêndios. Esta proposta tem como objetivo o desenvolvimento, produção e distribuição de soluções, sistemas e equipamentos voltados para as rotinas de inventário conduzidas por florestais, agrônomos, ecólogos, biólogos e outros profissionais gestores e pesquisadores de recursos naturais. As soluções desenvolvidas neste projeto se aproveitarão das novas tecnologias de automatização, escaneamento 3D, comunicação e processamento massivo de dados. A telemetria (com dispositivos descartáveis e permanentemente acoplados aos indivíduos alvo de monitoramento) se soma às nuvens de pontos (geradas por dispositivos de varredura a laser que se deslocam pendurados em um cabo suspenso) para avaliar com precisão a variação dimensional dos elementos que constituem as parcelas e os transectos lineares monitorados por esses dispositivos. O presente projeto de inovação visa estudar a viabilidade técnica dessas tecnologias convergentes e complementares. A fase preconizada neste projeto prevê o desenvolvimento de abordagens tecnológicas complementares, a eventual detecção de desafios técnicos, assim como a condução de estudos de mercado que mapeiem os potenciais clientes e o seu nível de aceitação das novas soluções. Espera-se que os resultados desta proposta demonstrem a viabilidade plena da proposta, que procura eliminar ou mitigar os problemas regularmente enfrentados por profissionais que trabalham com o monitoramento de importantes parâmetros da cobertura vegetal de uma região, como a biomassa, o conteúdo de carbono, a sanidade da vegetação, os aspectos estruturais e a capacidade de desempenhar as suas funções produtivas e ecológicas. Os resultados permitirão o monitoramento florestal em tempo real de qualquer lugar do mundo, fornecendo, aos gestores florestais e de recursos naturais, uma maior capacidade de resposta e de tomada de decisão. Se contemplado, o projeto terá impacto significativo entre pesquisadores e profissionais do agronegócio, da gestão e do manejo florestal, tanto no Brasil como no exterior, pois a automatização de sistemas de coleta de dados, praticamente inalterada há mais de um século, levará as técnicas de mensuração de campo para a era da Internet of Things (IoT) e da Modelagem 3D, tendência mundial em todos os setores da economia. (AU)

Resumo

A visita do pesquisador visitante (Dr. Bressmann) à UNESP/Marília está prevista por um período de duas semanas (de 01 a 16 de abril de 2016) que compreenderá a realização das seguintes atividades: 1) análise e discussão dos dados clínicos do Estudo 1; 2) coleta de dados do Estudo 2, envolvendo sujeitos que apresentam hipernasalidade de fala associada à fissura labiopalatina; 3) colaboração nos projetos dos pós-graduandos, envolvendo medidas ultrassonográficas quantitativas para os projetos 1 e 2 e medidas de nasalância para o projeto 3.Adicionalmente, prevê-se, ainda, um curso de capacitação técnica de 6 horas para todos os integrantes do LAAC - UNESP para abordar aspectos metodológicos envolvidos na análise ultrassonográfica quantitativa. A capacitação técnica poderá ser estendida aos demais grupos de pesquisa que tem trabalhado com a análise ultrassonográfica do movimento da língua no Brasil. (AU)

Resumo

Esse projeto visa dar continuidade e ampliar alguns objetivos de projetos anteriores [FAPESP 2009/11154-3 e FAPESP 2006/50435-0]. Há necessidade de um maior conhecimento sobre a reprodução da garoupa, Epinephelus marginatus, espécie em perigo de extinção pela lista vermelha da UICN (http://www.iucnredlist.org/ ) e de alta demanda comercial cuja pesca provem de comunidades pesqueiras artesanais na costa do Brasil. Usaremos métodos de ecologia e de etnoecologia (ecologia de pescadores) para obter os dados necessários a partir de: questionários semi-estruturados e entrevistas, bem como e analise macroscópica das gônadas, dentre outros. Ampliaremos as informações obtidas sobre a garoupa com estudos de genética, com a colaboracão da Dra. Priolli, de suas larvas, com a colaboração do Dr. Glamuzina e de seu manejo e baseline histórico, com a colaboração do Dr. Guidetti. Nossos colaboradores inter-institucionais e localizados em áreas de coleta de dados também serão de fundamental importancia para a obtenção de dados que subsidiem o manejo de E. marginatus na costa brasileira. Cabe ressaltar a importância do manejo da garoupa à segurança alimentar dos habitantes da costa da Mata Atlântica, dada a sua condição de espécie vulnerável. Essa importância associa-se as demandas econômico-gastronômicas que estão relacionadas à sustentabilidade da garoupa e à segurança alimentar das populações da costa. (AU)

Resumo

O aquecimento global é atribuído, entre outros fatores, a emissão de gases de efeito estufa na atmosfera. A geração de eletricidade no Brasil, apesar de ser predominantemente hidrelétrica, tem apresentado crescimento da termoeletricidade, quer seja para garantir suprimento nos períodos de estiagem (aumentar a segurança do suprimento) e/ou para usar reservas de gás/carvão disponíveis no Brasil. O uso eficiente dos combustíveis fósseis tem sido desenvolvido em diferentes países como uma forma de redução na emissão de gases de efeito estufa e para prolongar as reservas de combustíveis fósseis (ou reduzir a importação). Com a exploração de petróleo no pré-sal espera-se um aumento da oferta de gás natural no Brasil. A cogeração/trigeração é uma alternativa de geração termoelétrica de alta eficiência. O uso da energia residual da máquina motora pode promover a economia de energia primaria, mesmo quando comparada com a melhor tecnologia de plantas termoelétricas. Sistemas de cogeração/trigeração têm sido empregados em hospitais, shopping centers, aeroportos, hotéis, data centers, etc. O consumo de energia em uma edificação depende de características construtivas, ocupação, atividade desenvolvida e da sua intensidade, e de aspectos climáticos. As empresas que atuam no mercado de cogeração/trigeração normalmente desenvolvem as soluções utilizando: (i) a experiência de projetos anteriores, (ii) contas de eletricidade e combustível e (iii) avaliação dos equipamentos existentes (caldeira, chillers, boilers, etc.). O pesquisador proponente tem trabalhado em um software para o desenvolvimento de sistemas de cogeração/trigeração de alta eficiência utilizando motores de combustão a gás natural desde 2002. O software (COGMCI) emprega uma metodologia que prevê: (i) a implantação de sistema de coleta de demandas de energia (eletricidade, água quente, vapor e água gelada (ar condicionado)) durante um ano, (ii) avaliação e tratamento dos dados (perfis médios de demandas que representem a variação das demandas no ano), (iii) definição de um sistema de cogeração/trigeração para atender as demandas da edificação (configuração e potência do motor a gás), (iv) simulação da operação do sistema atendendo as demandas de energia usando o software COGMCI e (v) avaliação dos resultados. As etapas (iii), (iv) e (v) devem ser repetidas visando encontrar uma solução de alta eficiência. O projeto tem duas frentes de trabalho: 1ª) identificar e implantar dez sistemas de coleta de dados (demandas de energia) em empresas que apresentem potencial para a futura implantação de sistemas de cogeração/trigeração. Avaliação e tratamento dos dados. 2ª) continuidade no desenvolvimento do software, inserindo (i) novas rotinas de engenharia, (ii) aprimoramento de rotinas existentes, (iii) aprimoramento da interface Delphi, (iv) aprimoramento das telas de resultado, (v) aprimoramento dos algoritmos principais, etc. Desenvolver estudos de caso implantando a metodologia acima descrita nos dez clientes potenciais em que foram instalados o sistema de coleta de dados. Resultados esperados: a) viabilidade técnica e econômica para a implantação de sistemas de cogeração/trigeração de alta eficiência. b) Na fase III pretende-se encontrar investidores para a implantação dos sistemas. c) Tornar comercial o software COGMCI. d) O software poderá ser utilizado: (i) como ferramenta para viabilizar projetos e/ou (ii) para comercialização. e) Publicação de artigos em revistas técnicas/científicas. (AU)

Resumo

O gerenciamento do tempo em projetos se apresenta como uma das práticas mais complexas devido à elevada quantidade de fatores que intervém. Mesmo com técnicas desenvolvidas há mais de 50 anos, os projetos continuam falhando em atingir suas metas de prazo e custo.A presente pesquisa busca definir as variáveis mais importantes que influenciam no gerenciamento do tempo em ambiente de múltiplos projetos quando é usado o método da Corrente Crítica. Para tal, será estudada, em condições de ambiente real, a aplicação dos conceitos da Corrente Crítica por meio de um modelo que permitirá analisar o comportamento das variáveis de influencia definidas e o ambiente no qual se desenvolve, isto é, com uma visão sistêmica.Como parte da metodologia serão usados os procedimentos de revisão bibliográfica e estudo de campo para definir as variáveis de influência, e de pesquisa ação para coletar os dados que permitirão fazer as análises. O comportamento das variáveis e os resultados serão avaliados usando a técnica estatística conhecida como Regressão Logística.A validação dos resultados será realizada usando um modelo de métodos mistos dotipo: qualitativo-quantitativo-qualitativo. Espera-se que esta pesquisa contribua para odesenvolvimento da disciplina de gerenciamento de projetos como uma alternativa de modeloou técnica para gerenciamento do tempo em ambiente de múltiplos projetos, ao mesmotempo em que os resultados obtidos possam ser aplicados em outros contextos. (AU)

Determinantes situacionais do comportamento de doação do troco do consumidor em lojas varejistas

Processo:15/16217-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2016 - 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Administração - Administração de Empresas
Pesquisador responsável:Tania Modesto Veludo de Oliveira
Beneficiário:
Instituição-sede: Escola de Administração de Empresas (EAESP). Fundação Getúlio Vargas (FGV). São Paulo, SP, Brasil
Pesq. associados:

Edgard Elie Roger Barki ; Felipe Zambaldi

Assunto(s):Marketing
Resumo

Este projeto tem por objetivo testar o papel de variáveis situacionais no comportamento de doação. O foco do projeto é uma campanha institucional inédita no Brasil que estimula a cultura de doação no varejo, convidando os consumidores a arredondar o valor de sua compra e doar a diferença para causas e organizações sociais selecionadas. A campanha de doação será empreendida em 18 lojas varejistas na cidade de São Paulo, que serão sorteadas de um total de 258 lojas (mesma bandeira) de uma grande rede varejista brasileira. O projeto se utiliza do desenho sequencial explanatório de métodos mistos e conta com quatro etapas metodológicas. A primeira etapa compreende entrevistas não-estruturadas com a equipe da organização social que irá liderar a campanha e com a empresa varejista que a hospedará. A segunda etapa metodológica envolve o envio de um questionário para clientes frequentes dessas 18 lojas para mensurar construtos atitudinais e de predisposição a doar (atitude em relação a ajudar os outros, atitude em relação às ONGs, warm glow motive, envolvimento com a causa social). A campanha de doação será implementada nas lojas varejistas logo após a finalização da segunda etapa metodológica. A terceira etapa se iniciará logo após o lançamento da campanha e consiste na condução de um experimento natural de campo nas 18 lojas varejistas, abrangendo um mês contínuo de coleta de dados e a mensuração do comportamento real de centenas de consumidores. As lojas serão divididas em grupos de tratamento, de acordo com duas variáveis manipuladas: o tipo de beneficiário que receberá a doação e o nível de engajamento da loja com a campanha de doação. A técnica do comprador misterioso será empregada em apoio ao experimento natural de campo. As seguintes variáveis situacionais serão testadas quanto ao seu poder de explicação do comportamento de doação: valor total da compra, valor a ser doado, meio de pagamento utilizado para realizar a compra, tipo de beneficiário e engajamento da loja varejista. Serão coletados dados demográficos (gênero, idade e escolaridade) dos participantes dos experimentos. Os dados da segunda e terceira etapas serão combinados para testar o efeito das variáveis situacionais na predição do comportamento de doação frente a variáveis atitudinais e demográficas. A quarta e última etapa envolve três grupos de foco com consumidores das lojas varejistas participantes do experimento para compreender mais profundamente as razões de seus comportamentos de doação. As análises quantitativas serão conduzidas via Regressão Logística Binária e a análise qualitativa via Análise de Conteúdo. A busca pelo entendimento sobre os efeitos que campanhas dessa natureza exercem no comportamento do doador se configura como um campo complexo, fértil e inovador de pesquisa, com implicações teóricas e gerenciais substanciais para a área de Marketing e Sociedade e, principalmente, para a Pesquisa do Consumidor Transformativo. (AU)

Avaliação de procedimentos geoestatísticos para incremento da acurácia de modelos digitais de elevação

Processo:15/24676-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2016 - 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências
Pesquisador responsável:Carlos Alberto Felgueiras
Beneficiário:
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (Brasil). São José dos Campos, SP, Brasil
Pesq. associados:

Antonio Miguel Vieira Monteiro ; Camilo Daleles Rennó ; Eduardo Celso Gerbi Camargo ; João Ricardo de Freitas Oliveira ; Jussara de Oliveira Ortiz ; Laercio Massaru Namikawa ; Sergio Rosim ; Sidnei João Siqueira Sant Anna

Assunto(s):GeoestatísticaGeoprocessamento
Resumo

Esta pesquisa objetiva avaliar, investigar, desenvolver e validar, métodos e metodologias computacionais, baseados de procedimentos geoestatísticos, para melhorar a acurácia do atributo altimetria de Modelos Digitais de Elevação (MDEs). Os MDEs são componentes importantes em várias aplicações como, por exemplo, na elaboração de mapas de suscetibilidade a deslizamentos de terra, na extração de redes de drenagens, nas construções de gasodutos e estradas, em delimitações de bacias hidrográficas, e várias outras. Para atender a essa demanda é imprescindível que os MDEs tenham uma acurácia mínima e desejável, de tal forma, que os resultados produzidos possam orientar melhor as atividades de intervenções e tomadas de decisão. Neste sentido, a geração de MDEs requer o emprego de dados mais precisos e de técnicas computacionais adequadas. Para atender a estes requisitos esta pesquisa propõe o uso de procedimentos geoestatísticos lineares e não lineares. A geoestatística pode ser vista como uma ferramenta que engloba um conjunto de métodos estocásticos que possibilitam predições de variáveis que se distribuem sobre o espaço geográfico, simulações para construções de novos cenários e gerações de mapas de incertezas relacionadas com as predições e simulações, os quais são relevantes para qualificação dos resultados obtidos. Muitas pesquisas no Brasil, frequentemente fazem uso de dados de altimetria oriundos de fontes gratuitas, e posteriormente empregam procedimentos de modelagens, com uso desses dados, não adequados. Em geral, tais dados são gerados via processamento de imagens de satélite e posteriormente disponibilizados via internet. Apesar de esses dados serem densos e com boa distribuição espacial, comprometem no quesito acurácia. Para muitas aplicações a acurácia dessas informações pode ser inaceitável. Uma forma de amenizar esse problema é agregar esses dados de altimetria no banco de dados e empregá-los conjuntamente com outras informações, advindas de fontes confiáveis e de melhor qualidade, no processo de modelagem. Geralmente, dados de altimetria de alta acurácia e precisão são decorrentes do trabalho de coleta de dados em pontos localizados sobre a região investigada. Trata-se de uma tarefa custosa e necessária, que envolvem visitas e deslocamentos em campo com apoio de equipamentos de alta tecnologia. Nesse contexto, este trabalho objetiva integrar diferentes fontes de dados de elevação, através de métodos geoestatísticos, para se obter informação de altimetria de melhor qualidade. Serão explorados softwares específicos tais como R, Gstat, Gslib, SPRING, etc., e também serão desenvolvidos funções específicas segundo as necessidades das pesquisas. Serão feitas validações utilizando informações de alta acurácia de equipamento de posicionamento global de alta acurácia, em trabalhos de campo, e de dados de sensoriamento remoto de alta resolução. Também serão adotadas validações com dados resultantes de extração de características dos MDEs como, por exemplo, redes de drenagem, limites de bacias hidrográficas, mapas de isolinhas, mapas de declividade, etc.. As metodologias desenvolvidas neste trabalho de pesquisa serão aplicadas a estudos de caso em regiões geográficas do Sudeste do Brasil. (AU)

Resumo

Trata-se de um estudo descritivo-exploratório, com abordagem quantitativa, com objetivos gerais de: analisar a qualidade de vida, os sinais e sintomas de ansiedade e depressão, a funcionalidade do braço homolateral à cirurgia por câncer de mama e amplitude de movimento dos ombros homolaterais e contralaterais de mulheres com diagnóstico de câncer de mama submetidas à cirurgias conservadoras e/ou mastectomia. Os sujeitos serão mulheres que foram submetidas a cirurgias conservadoras e mastectomia no ambulatório do Hospital das Clínicas, Centro de Saúde Escola Vila Antártica e Vila Ferroviária e Unidades de Saúde da Família do Município de Botucatu. Para a coleta de dados serão utilizados os questionários EORTC QLQ- C30, QLQ-BR23 para avaliação da qualidade de vida, Frenchay Activities Index para avaliação das atividades de vida diárias e instrumento de Hamilton para avaliação da ansiedade e depressão. Para análise serão utilizados testes estatísticos. Serão propostas intervenções junto as mulheres que estiverem no pós operatório de câncer de mama de Botucatu e municípios referenciados pelo DRS VI. (AU)

Resumo

Grande parte da biodiversidade e dos processos ecológicos ocorrem na copa das árvores. Porém, o conhecimento científico nesse estrato das florestas é incipiente. Os raros estudos existentes coletam amostras insuficientes de dados ambientais para descrever os padrões e processos biológicos. A dificuldade de acesso é o principal impedimento para a obtenção desses dados, coletados atualmente por meio de escaladas, escadas, andaimes, gruas, pontes suspensas e uso de balões tripulados; todos de alto custo e/ou baixa eficiência. Essa dificuldade é ainda maior em estudos de visitantes florais e polinização. Drones para obtenção de imagens estão disponíveis no mercado e tem sido empregados em mapeamento, estimativas populacionais e distribuição de animais e plantas, contaminação do solo. No entanto, o uso de drones para instalação e retirada de dispositivos para coleta de animais e plantas, bem como sensores de dados ambientais, são aplicações pouquíssimo exploradas. Este projeto propõe o desenvolvimento de um modelo genérico de sonda, que se comunicará através de sinais de radio com uma rede de outras sondas distribuídas, tornando possível a coleta de dados em locais de difícil acesso. A sonda poderá ser adaptada através da acoplagem de sensores diversos e dispositivos de coleta de visitantes florais. A instalação e retirada do dispositivo poderá ser realizada com o uso de um drone aéreo que acessará o local desejado e alocará o dispositivo de forma que o mesmo possa ser retirado posteriormente e os visitantes florais coletados. Para a prototipagem destes dispositivos serão usados algoritmos de inovação sistemática utilizados em diversas indústrias, sendo as principais aeronáuticas e de alta tecnologia. O Método chama-se TRIZ, abreviação em russo de Teorija Resenija Isobretatelskih Zadac, ou Teoria de Resolução de Problemas Inventivos. Esta teoria foi desenvolvida pelo cientista Genrich Altshuller, a partir do estudo de milhares de patentes onde identificou padrões de contradições técnicas. TRIZ oferece ferramentas para identificar os padrões de evolução de tecnologias, e soluções práticas derivadas de outras soluções que resolveram problemas semelhantes anteriormente. As fases de pesquisa e desenvolvimento serão: 1. Levantamento de tecnologias de comunicação remota; 2. Estudo de métodos de atração e captura de visitantes florais; 3. Prototipagem de um mínimo produto viável da sonda genérica; 4. Desenvolvimento do modulo de coleta de visitantes florais; 5. Desenvolvimento dos métodos de instalação no dossel; 6. Analise da eficiência e qualidade dos dados coletados. Espera-se que com o uso destes dispositivos seja possível coletar dados atualmente de difícil coleta e até inacessíveis, podendo assim os modelos de sondas serem utilizados por pesquisadores das áreas ambientais que necessitam da coleta destes dados e não possuem métodos eficientes e seguros. O desenvolvimento dos dispositivos propostos provocará um avanço revolucionário na capacidade de pesquisa e monitoramento ambiental em florestas e outras áreas de difícil acesso. Este avanço trará consequências importantíssimas para a gestão ambiental e conservação dos serviços que os ecossistemas oferecem à sociedade. Tais dispositivos são de grande interesse para empresas privadas dedicadas à produção agrícola, ao licenciamento ambiental, bem como para institutos de pesquisa, universidades e órgãos ambientais. (AU)

Resumo

Diferente dos pacientes internados na UTI com controle da instabilidade e recuperação funcional, o paciente crítico crônico é aquele paciente que sobreviveu à fase aguda da doença e evoluiu cronicamente. Tem uma permanência prolongada na UTI associada à ventilação mecânica invasiva e muitas vezes de traqueostomia. Geralmente o paciente crítico crônico tem idade mais avançada, escores de gravidade mais elevados, complicações importantes com alta taxa de mortalidade. O retorno ao lar muitas vezes é sofrido em decorrência da mudança do estilo de vida, ou seja, requerem cuidados especiais devidos sua condição crítica de saúde, não raro se encontra dependente para os cuidados básicos, precisando de cuidadores. A família passa por situações de estresse, mudança na qualidade de vida com perda financeira e problemas no emprego. Por se tratar de um cenário relativamente novo, há poucos estudos realizados, principalmente no Brasil. Os objetivos deste estudo multicêntrico são: verificar o impacto da doença do paciente crítico crônico na qualidade de vida e no quadro emocional dos pacientes e de seus familiares durante e após internação na Unidade de Terapia Intensiva (30 e 90 e 180 dias após UTI); verificar o nível de dependência segundo o índice de KATZ em 30 e 90 e 180 dias após alta da UTI; caracterizar os pacientes críticos crônicos, por definições já estabelecidas na literatura, de acordo com o tratamento realizado, escores de prognóstico e desfechos na UTI; analisar a sobrevida em até 180 dias após UTI; comparar os grupos de pacientes críticos crônicos admitidos na UTI do Hospital Sírio-Libanês com os pacientes de Hospital Público terciário (Hospital das Clínicas e Grajaú) que atende uma população diferenciada assim como suas patologias. A população alvo deste estudo constitui de pacientes críticos crônicos e seus familiares, admitidos em quatro Unidades de Terapia Intensiva: UTI geral do Hospital Sírio-Libanês; UTI do Pronto Socorro do Hospital das Clínicas, UTI da Clínica Médica do Hospital das Clínicas e UTI geral do Hospital do Grajaú. Para compor o estudo, será entrevistado um total de mil famílias. Intrumentos: o HADS será usado para detectar sintomas de ansiedade e depressão; EQ-5 D para a qualidade de vida do paciente e WHOQOL-breve para saber a QOL do familiar. Os questionários serão aplicados para o familiar na UTI e o seguimento será feito por telefone em 30, 90 e 180 dias. A família responderá também o índice de dependência de atividade de vida diária - KATZ do paciente. Por se tratar de paciente crítico crônico, muitas vezes com dificuldade de comunicação, a família responderá por ela e também pelo paciente. Cada centro terá um responsável pela coleta de dados e um único pesquisador (RRLF, HSL) fará todos os telefonemas para que esta coleta seja a mais uniforme possível. Análise Estatística: Serão caracterizadas de forma descritiva as amostras obtidas e serão comparados os grupos de pacientes das quatro UTIs. Será realizado o teste t de Student para amostras independentes ou Mann Whitney, caso a variável não apresente distribuição normal. Para a comparação das médias nos diferentes momentos, será realizado a ANOVA de medidas repetidas ou o teste de Friedman. O valor de p<0,05 será considerado significativo. (AU)

Resumo

O projeto "Desenvolvimento de nova metodologia para batimetria multifeixe com o uso da moto aquática: rapidez e versatilidade na coleta de dados" propõe a utilização de um sistema de batimetria multifeixe - também conhecido como multibeam - instalado em uma moto aquática para a realização de levantamentos batimétricos em (i) áreas muito rasas, como canais, córregos, rios de pequeno porte e praias; (ii) em áreas de difícil acesso, como enseadas fechadas, canais de navegação em portos, lagoas restritas, lagos de reservatórios, berços de atracação, entre outros; (iii) e também em regiões de alta energia como a zona de arrebentação de praias. A batimetria multifeixe destas regiões trará benefícios a empresas atuantes na área, a órgãos ambientais e quaisquer outros interessados em um estudo de investigação rápido e eficiente, que proporciona alta velocidade de aquisição, confiabilidade dos dados, velocidade de processamento e qualidade dos dados. Estudos deste tipo são importantes para gerenciamento de reservatórios, hidrovias, portos, monitoramento ambiental, monitoramento morfológico de praias e avaliação de erosão e estabilidade de taludes. (AU)

Página 6 de 2.547 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s)
Marcar todos desta pagina | Limpar seleção