site da FAPESP
 

Refine sua pesquisa

Pesquisa
  • Uma ou mais palavras adicionais
Publicações científicas
Auxílios à Pesquisa
Bolsas
Programas voltados a Temas Específicos
Programas de Pesquisa direcionados à Aplicação
Programas de Infraestrutura de Pesquisa
Área do conhecimento
Situação
Ano de início
Página 3 de 833 resultado(s)
|

Estimativa da ocupação das aves de hábitos terrestres de uma área contínua de Mata Atlântica e seu uso como indicador de recursos para felídeos

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Eleonore Zulnara Freire Setz
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Processo:15/01797-5
Vigência: 01 de março de 2015 - 31 de agosto de 2015
Assunto(s):Ecologia animal
Resumo
O estudo da relação entre filtros ambientais e atributos funcionais permite determinar as características do habitat que interferem na ocorrência das espécies locais, contribuindo para o entendimento da distribuição de espécies e para a predição de adequação de habitat. Para carnívoros, um importante filtro ambiental é a abundância de presas. Para os felídeos Neotropicais, as aves e os pequenos mamíferos representam o seu principal recurso. Nesse contexto, nossos objetivos são determinar a ocupação de aves de hábitos terrestres e os filtros ambientais (co-variáveis ecogeográficas) que as influenciam e usar esta ocupação como um dos índices de recurso alimentar para os felídeos de pequeno e médio porte de uma área contínua de Mata Atlântica. (AU)

Avaliação de um novo alimento funcional a base de proteínas do soro de queijo, quitosana e galactooligossacarídeos na modulação da via inflamatória, microbiota intestinal e perfil lipídico em camundongos com obesidade induzida por dieta

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São José dos Campos. São José dos Campos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Elisa Esposito
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição - Bioquímica da Nutrição
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:14/15423-7
Vigência: 01 de março de 2015 - 28 de fevereiro de 2017
Assunto(s):Dieta hiperlipídicaObesidadeÁcidos graxosLipopolissacarídeosSoro de leiteProteínas do leitePrebióticosMicrobiota intestinal
Resumo
O consumo de uma dieta hiperlipídica, conhecida como um dos fatores que levam a obesidade, pode levar, concomitantemente, a alterações da microbiota intestinal através do desbalanço entre os dois principais filos de microorganismos colonizadores: os Firmicutes e Bacteroidetes. A alteração da microbiota pode gerar a endotoxemia devido à grande produção de LPS (lipopolissacarídios) pelas bactérias intestinais gram-negativas. O LPS aumentado pode gerar resposta inflamatória a partir do intestino atingindo nível sistêmico pela ativação de receptores da via toll-like e secreção de todas as adipocinas envolvidas nesse processo, caracterizando a inflamação subclínica característica à obesidade. Propriedades físicas das membranas celulares, como fluidez e formação de balsas lipídicas ou microdomínios, são influenciadas por ácidos graxos específicos de fosfolipídios de membrana. O intestino, principalmente o cólon, é um dos tecidos que possuem maior influência do perfil de ácidos graxos da dieta na composição de fosfolipídios de membrana. Além disso, dieta hiperlipídica pode gerar alterações no perfil de ácidos graxos dos fosfolipídios das membranas intestinais. Essa alteração de composição pode levar a alteração de diversos receptores de membrana, entre eles os da família toll-like já que estes receptores estão ancorados nas membranas. Vários estudos demonstram que as proteínas do soro do leite têm atividade bioativa na prevenção da obesidade, assim como fibras prebióticas como galactooligossacarídeos GOS, induzem a proliferação de bactérias benéficas no cólon. No entanto, a proposta deste projeto é o estudo da associação das proteínas do soro de queijo/leite coacervadas em quitosana e galactooligossacarideos (GOS) sobre a modulação imunometabólica e perfil de ácidos graxos dos fosfolipídios de membrana em animais com obesidade induzida por dieta. (AU)

Rotas intracelulares e intercelulares durante a foliculogênese e maturação oocitária in vivo e in vitro

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Felipe Perecin
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:14/21034-3
Vigência: 01 de março de 2015 - 28 de fevereiro de 2017
Assunto(s):Biotecnologia da reproduçãoEmbriogêneseMicroRNAsMaturação in vitroOócitosCumulus
Resumo
A produção in vitro de embriões (PIVE) bovinos é uma biotecnologia amplamente difundida no Brasil. Todavia o sistema de produção in vitro, embora viável tecnicamente, ainda provoca alterações celulares e moleculares nos oócitos e embriões, resultando em uma eficiência abaixo da desejável, com taxas que variam de 30 a 50% na produção embrionária. Assim, gerar metodologias que levem à maior conversão de oócitos a embriões e compreender os mecanismos que determinam a competência oocitária é de interesse estratégico para o mercado nacional de produção in vitro de embriões. O microambiente folicular e o metabolismo da célula oocitária são fundamentais para determinar a aquisição da competência pelo oócito. Experimentos avaliando rotas intracelulares ou intercelulares durante a maturação oocitária e desenvolvimento embrionário serão conduzidas com objetivos finais de investigar mecanismos associados com a competência oocitária e de gerar incremento nas taxas de PIVE bovinos. A primeira estratégia de pesquisa terá foco no metabolismo oxidativo de lipídeos e atividade mitocondrial. Estudos prévios conduzidos por nosso grupo de pesquisas demonstraram deficiência em relação à migração e quantidade de mitocôndrias ativas e gotas lipídicas durante a maturação in vitro (MIV) comparado ao processo in vivo. Considerando que as mitocôndrias oocitárias são responsáveis pelo aporte energético até o estádio de blastocisto, e que a oxidação dos ácidos graxos nas mitocôndrias é o principal mecanismo celular responsável pelo fornecimento energético para o desenvolvimento oocitário e embrionário, a atividade de mitocôndrias e gotas lipídicas é determinante para o sucesso da PIVE. Há relatos de que substâncias moduladoras da beta-oxidação, como a L-carnitina e o bezafibrato, possam estimular o processo oxidativo e levar a incremento nas taxas da produção de embriões. Portanto, esta linha de experimentação visa comparar a atividade mitocondrial e o metabolismo lipídico entre a produção in vivo de embriões e a PIVE, bem como determinar o efeito da adição de moduladores da oxidação mitocondrial (L-carnitina e bezafibrato) durante a MIV nas taxas de produção in vitro. Para esse fim, (1) serão avaliadas tanto o comportamento lipídico e mitocondrial e a beta-oxidação, quanto fatores de estresse celular durante a maturação e desenvolvimento embrionário em sistemas in vivo e in vitro. A segunda e terceira estratégias de pesquisa terão foco nas rotas extracelulares de comunicação entre células do microambiente folicular. Será investigada a hipótese que proteínas presentes em vesículas secretadas por células (VSC) foliculares e presentes no líquido folicular (LF) e miRNAs presentes nas células do cumulus modulam a qualidade oocitária. Para este fim, (2) será feita a identificação e quantificação de proteínas no LF presentes em VSCs (microvesículas e exossomos) relacionando-as à competência oocitária; e (3) determinação do perfil dos miRNAs das células do cumulus correlacionando-os com a competência oocitária. Para os miRNAs relacionados ao potencial de desenvolvimento oocitário, testes funcionais serão realizados através da adição de replicadores (miRNA mimics) ou inibidores (miRNA inhibitors) destes miRNAs alvos, e posterior avaliação do efeito nas taxas de PIVE. A partir dos resultados deste projeto espera-se compreender os efeitos dos sistemas in vitro sobre a beta-oxidação e metabolismo lipídico-mitocondrial, bem como esclarecer os mecanismos de comunicação intercelular dentro no folículo ovariano, caracterizar o perfil de miRNAs nas células do cumulus, e identificar possíveis miRNAs e proteínas biomarcadores de qualidade oocitária. Ainda, espera-se desenvolver novas ferramentas para intensificar a produção in vitro de embriões bovinos, através do incremento na produção embrionária pela adição de moduladores da oxidação mitocondrial que não aumentem o estresse oxidativo celular, ou pela mimetização de um perfil de miRNAs associado à competência oocitária. (AU)

Estudo da produção de pão francês funcional durante o processo de assamento: um estudo local para melhor compreensão das propriedades tecnológicas e sensoriais do produto final

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Fernanda Maria Vanin
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Tecnologia de Alimentos
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:13/12693-0
Vigência: 01 de março de 2015 - 28 de fevereiro de 2017
Assunto(s):Análise sensorial de alimentosPãoAlimentos funcionaisArrozBanana verdeMilho
Resumo
Pão francês é um alimento altamente consumido por todas as classes sociais, porém sua produção feita a partir de farinha de trigo é muitas vezes questionada. Dessa forma, o uso de diferentes farinhas na produção de pães tem sido amplamente explorado nos últimos anos. Porém, de maneira geral, o que pode ser observado é que as pesquisas, e produtos desenvolvidos no mercado, têm como produto alvo os pães de forma, enquanto que a produção de pão francês funcional ainda é um mercado a ser amplamente explorado. Além disso, as pesquisas nesta área caracterizam apenas o produto final, ou seja, pouca informação a respeito da criação e desenvolvimento da estrutura alveolar, principal responsável pela textura e outras propriedades do produto final, está disponível na literatura. Desta forma, o objetivo deste projeto é avaliar o efeito da adição de diferentes farinhas, milho, arroz, banana verde e casca de maracujá, em substituição parcial a farinha de trigo, na criação da estrutura alveolar (crosta e miolo) de pães franceses durante o processo de assamento. Diferentes formulações de pão francês, que proporcionem diferentes estruturas, serão estudadas, a fim de compreender como e quando as microestruturas são criadas e desenvolvem-se, e sua relação com as propriedades tecnológicas e sensoriais finais do produto. Um estudo in-situ será realizado para caracterizar não apenas a estrutura celular final, mas também para seguir todo o processo de desenvolvimento do produto durante etapa de assamento. O estudo será de extrema importância na área tecnológica, pois: (1) visa à produção de alimentos com atributos funcionais; (2) envolve a valorização e utilização de alguns dos principais grãos produzidos no Brasil, e também a utilização de resíduos da indústria de alimentos, o que poderá representar uma importante alternativa para a independência econômica do país frente às importações de trigo. (AU)

Plano anual de aplicação da parcela para custos de infraestrutura institucional para pesquisa - RTI - 2014

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Adalberto Pessoa Junior
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reserva Técnica para Infra-estrutura Institucional de Pesquisa
Processo:14/22863-3
Vigência: 01 de março de 2015 - 29 de fevereiro de 2016
Assunto(s):Reserva técnica
Resumo
A FCFUSP ocupa um lugar de destaque pelo desenvolvimento de estudos sobre novos medicamentos, farmacogenética, avaliação de bioequivalência e biodisponibilidade dos genéricos, nutracêuticos ou alimentos funcionais, reagentes para diagnóstico, entre outros. Todo desenvolvimento científico da Faculdade tem propiciado o oferecimento de um ensino de qualidade, verticalizado em novos conhecimentos, propiciando aos alunos, tanto de graduação como de pós-graduação, a transmissão do conhecimento centrado na pesquisa. Outro aspecto de destaque é a qualidade dos serviços de extensão, os quais são aprimorados pelo desenvolvimento técnico e científico do quadro funcional da Faculdade, também estimulado pela pesquisa científica.Com alguns dos destaques aqui apresentados, que caracterizam a FCFUSP, podemos afirmar que a mesma está preparada para enfrentar os desafios do novo século, contribuindo de forma efetiva com o desenvolvimento da ciência e da tecnologia, com a formação de novos profissionais e com a prestação de serviços à coletividade. (AU)

Genômica aplicada à produção de ruminantes

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga, SP, Brasil
Pesquisador responsável:José Bento Sterman Ferraz
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Processo:14/07566-2
Vigência: 01 de março de 2015 - 28 de fevereiro de 2018
Assunto(s):ReproduçãoBiologia de sistemasQualidade da carneRuminantes
Resumo
A pecuária de corte é um dos principais destaques do agronegócio nacional, e tem grande importância no mercado mundial, pois o Brasil possui um dos maiores rebanhos de bovinos do mundo, com mais de 200 milhões de cabeças. Esse rebanho é composto, predominantemente por animais de origem Bos indicus, sendo que a raça Nelore e seus cruzamentos compõe aproximadamente 90% do total. Os dados efetivos de produção de carne bovina em 2012 indicam que 16,5% foram exportadas e a maior parte da produção (83,5%) abasteceu o mercado interno. (Foram retirados os dados informativos do rebanho de Ovinos). Devido à importância, interesse econômico e aumento da produção de alimentos, melhorias são necessárias para maior eficiência de produção, como, por exemplo, a seleção de animais geneticamente superiores e resistentes ao ambiente adverso dos trópicos. O uso de painéis contendo centenas de milhares de polimorfismos de nucleotídeo único (SNP - Single Nucleotide Polymorphisms) tem possibilitado aos programas de melhoramento genético animal traçar estratégias para identificação de genes ou regiões genômicas responsáveis pelas características de interesse, tornando mais eficiente o processo de seleção. A metodologia de Genome-wide Association Study (GWAS) compara os resultados dos painéis de alta densidade disponíveis em indivíduos não relacionados, que possuam uma condição fenotípica de interesse, para identificar marcadores associados a tal fenótipo, e pode apontar regiões de interesse no genoma que possam influenciar em características quantitativas. O objetivo deste projeto é realizar um estudo de genética de sistemas, abordando análises de associação genômica, desequilíbrio de ligação, variações do número de cópias de regiões genômicas (CNVs) e enriquecimento funcional em medidas de crescimento, reprodução, qualidade de carne e eficiência alimentar em bovinos da raça Nelore (Foram retirados os objetivos dos estudos de Ovinos). Adicionalmente, realizar um estudo de expressão gênica global (sequenciamento do RNA mensageiro total - RNA-Seq) e dos mecanismos epigenéticos de controle da expressão da eficiência alimentar em bovinos da raça Nelore. Com o expertise gerado, as metodologias poderão, ainda dentro da abrangência deste projeto temático, ser aplicadas a outras espécies animais. (AU)

Desenvolvimento de bioprocessos para a obtenção de produtos com aplicações potenciais nas indústrias de bioenergia e ração animal a partir de resíduos agroindustriais

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Pedro de Oliva Neto
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Processo:14/24188-1
Vigência: 01 de março de 2015 - 28 de fevereiro de 2017
Assunto(s):Resíduos agroindustriaisBioprocessosBioenergiaBiocombustíveisBiomassaHidróliseRação animal
Resumo
A utilização tecnológica de resíduos agroindustriais lignocelulósicos tem tido muito interesse em todo o mundo por ser uma nova fonte para a produção de alimentos, produtos químicos e biocombustíveis. No cenário nacional existem inúmeros resíduos disponíveis, entre os quais se destacam o bagaço de cana-de-açúcar, bagaço de mandioca, farelo de trigo e polpa cítrica, provenientes de atividades agrícolas. Essas matérias-primas podem servir como substrato para a obtenção de produtos de alto valor agregado, através de bioprocessos realizados por micro-organismos selecionados. Além disso, consistem em abundante fonte de carboidratos complexos, sob a forma de celulose, hemicelulose, amido, mas com baixo teor de proteínas. O desafio é a obtenção de açúcares fermentescíveis a partir destes resíduos através de bioprocessos econômicos e seguros. O desenvolvimento de bioprocessos incluindo a definição dos micro-organismos, parâmetros de cultivo, formulação de meios de cultura econômicos e eficientes usando resíduos lignocelulósicos, e a otimização da produção, separação e purificação de biomoléculas para adicionar valor estes processos são objetivos importantes para obter sucesso na aplicação desta pesquisa em conversão de de resíduos em bioprodutos para as indústrias de alimentos, ração e energia. O conhecimento das reações hidrolíticas com complexos enzimáticos incluindo celulases, xilanases e amilases também são é fundamental para o sucesso na degradação da celulose, hemicelulose e amido, respectivamente. As aplicações destas enzimas são diversas, podendo ser encontradas no setores de bioenergia, produção de alimentos funcionais, papel e celulose, ração animal e química fina. Outro tipo utilização importante dos resíduos lignocelulósicos é o seu enriquecimento protéico, transformando-os em proteína unicelular através de leveduras específicas. Visando a implantação de bioprocessos integrados é possível a produção de enzimas, açúcares, etanol e proteína unicelular, com redução de investimentos devido às sinergias de infra-estrutura já instaladas, evitando assim custos com logística devido à produção "in loco". Neste projeto de pesquisa são propostos bioprocessos para a produção de carboidrases, açúcares e proteínas a fim de contribuir para o desenvolvimento de novas tecnologias de produção de nutrientes e biocombustíveis a partir de resíduos agroindustriais. (AU)

Modulação do zinco na dieta durante o período de morfogênese prostática e as consequências sobre o desenvolvimento e diferenciação glandular

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Wellerson Rodrigo Scarano
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Embriologia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo:14/25932-6
Vigência: 01 de fevereiro de 2015 - 30 de novembro de 2015
Assunto(s):ZincoDietaPróstata
Resumo
O zinco é um elemento traço essencial para os organismos vivos devido às suas inúmeras atividades biológicas. Ele atua como fator de crescimento e imunorregulador, além de apresentar propriedades antioxidantes e antiinflamatórias. Por estar envolvido em muitos aspectos da fisiologia celular, incluindo condições estruturais e funcionais, a alteração em seus níveis durante o desenvolvimento sexual normal pode modular uma série de eventos que se iniciam na vida fetal e continuam após o nascimento. Dessa forma, a modulação de fatores ambientais, como a dieta, pode acarretar modificações importantes no desenvolvimento, inclusive sobre a morfogênese prostática. O presente projeto objetiva investigar se a exposição a dietas com deficiência ou suplementação de zinco durante a gestação, lactação e fase juvenil interfere no desenvolvimento prostático nas fases púbere e adulta. O presente projeto é dividido em duas etapas: Etapa 1: Etapa cumprida pelo aluno durante sua Iniciação Científica com Bolsa PIBIC; Etapa 2: Etapa a ser cumprida no período proposto. Etapa 1: Ratas prenhes da linhagem Sprague-Dawley (n= 10/grupo) foram expostas à dieta padrão (AIN 93G) com níveis normais (0,012mg/g), deficiência (0,005mg/g) ou suplementação (0,18mg/g) de zinco. As ratas prenhes receberam as rações experimentais ad libitum do dia gestacional 10 até o dia pós-natal 21 (DPN 21). Após o desmame, a prole masculina foi distribuída em três grupos (20 animais/grupo) que receberam as mesmas dietas até o DPN 53 (G1: dieta padrão; G2: dieta com deficiência de zinco; G3: dieta com suplementação de zinco). No DPN53 e no DPN115 os animais foram pesados e eutanasiados por decapitação, procedendo-se a coleta do sangue para a dosagem hormonal. A próstata ventral foi pesada, o hemilobo direito destinado à rotina histológica e o hemilobo esquerdo congelado . Os cortes histológicos do hemilobo direito foram corados pela H&E , Picrossírius e Reticulina de Gömöri e destinados para análise estereológica. Reações imunohistoquímicas para o receptor de andrógenos (AR) e Ki67 foram realizadas. Etapa 2 Projeto Proposto: O índice de proliferação celular (Ki67), morte celular (fenótipos apoptóticos) e a proporção de colágeno estromal serão quantificados por meio dos cortes histológicos. Os hemilobos prostáticos esquerdos coletados e congelados serão destinados à extração de proteínas e quantificação pela metodologia de Bradford. Para a análise da atividade das metaloproteinases 2 e 9 será realizado o ensaio de Zimografia para digestão das gelatinases. As proteínas AR (receptor de andrógeno) e SIRT1 (estresse celular) serão analisadas pelo ensaio semiquantitativo de Western Blot. Dessa forma, espera-se gerar dados importantes e consistentes na área de biologia da reprodução e programação alimentar visando publicação em periódico indexado da área. Protocolo Experimental CEUA/IBB (492/2013). (AU)

Avaliação da permeação cutânea de bromelina usando experimentos de difusão in vitro

Beneficiário:
Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Pesquisador responsável:Priscila Gava Mazzola
Supervisor no exterior: Xiaochen Gu
Local de pesquisa: University of Manitoba (Canadá)
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Processo:14/26304-9
Vigência: 01 de fevereiro de 2015 - 30 de abril de 2015
Resumo
Bromelina é um conjunto de enzimas proteolíticas encontrado em vários tecidos, como casca, talo, fruto e folhas, do abacaxi (Ananas comosus), e de demais espécies da família Bromeliaceae. Devido as suas propriedades fibrinolítica, antiinflamatória e cicatrizante, é utilizada em tratamento de doenças relacionadas à coagulação sanguínea, angina, indigestão e problemas respiratórios. Hidrogéis são redes tridimensionais, capazes de reter moléculas menores, como proteínas e fármacos, em sua estrutura. Os hidrogéis exibem muitas propriedades funcionais que têm sido propostas para aplicações biomédicas e farmacêuticas. Entre essas aplicações, o hidrogel como sistema carreador de medicamentos (drug delivery) é objeto de maior interesse nas pesquisas científicas. Tem sido demonstrado que os hidrogéis são excelentes candidatos para encapsulação de biomoléculas, como peptídeos e proteínas, podendo fornecer um sistema de liberação controlada e sustentável para medicamentosA nanocelulose bacteriana, assim como os hidrogéis, apresenta propriedades que tornam seu uso nas áreas de biomedicina e farmácia bastante interessante. Devido a seu processo de produção, a celulose bacteriana pode ser considerada um material biocompatível. Sua estrutura nanofibrilar a torna uma matriz ideal para ser utilizada em dispositivos médicos, seja como auxiliar na cura de lesões dérmicas ou na engenharia de tecidos, auxiliando a regeneração celular.A incorporação de bioprodutos com propriedades biológicas nos hidrogéis e nas membranas de celulose bacteriana tem uma extensa aplicabilidade no campo biotecnológico, em especial, na microbiologia, médico-farmacêutico (através da recuperação de lesões cutâneas), químico, cosmético, alimentar, dentre outros. Portanto, estudos que objetivam aplicar a bromelina em hidrogéis e membranas de nanocelulose são altamente promissores do ponto de vista científico e tecnológico. (AU)
Página 3 de 833 resultado(s)
|
Exportar 0 registro(s) selecionado(s) | Limpar seleção
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP