FAPESP Logo

Fenologia da cana-de-açúcar (Saccharum spp. ) sob efeito do fósforo

Autor(es):

Suguitani, Carlos

Tipo de documento: Dissertação de Mestrado
Imprenta: Piracicaba. [2001]. xiv,79 f., gráficos, tabelas.
Instituição: Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz
Data de defesa:
Orientador:

Matsuoka, Sizuo

Área do conhecimento: Ciências Agrárias - Agronomia
Indexada em:

Banco de Dados Bibliográficos da USP-DEDALUS

Localização:

Universidade de São Paulo. Biblioteca Central da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz; t633.61; S947f; 78885

Assunto(s):

Fenologia

Crescimento vegetal

Cana-de-açúcar

Saccharum

Fósforo

Resumo
A interação harmoniosa ambiente x variedade é que determina e a produtividade da cana-de-açúcar. Apesar de haver muitos trabalhos relacionados à adubação, há carência de dados biométricos relacionados à fenologia da cana-de-açúcar sob diferentes níveis de P, e total deficiência em se tratando das modernas variedades dessa cultura. Esse conhecimento é importante para se determinar a ecofisiologia da planta e para o correto manejo da cultura, dessa forma buscou-se estabelecer biometricamente a fenologia de quatro modernas variedades de cana-de-açúcar, RB835486, RB835054, RB855113 e RB855536, sob dosagens diferenciadas de fósforo e estabelecer índices fisiológicos resultantes da interação genótipo x ambiente. Os parâmetros avaliados foram altura, perfilhamento, dinâmica foliar (folhas verdes e surgidas, área foliar e índice de área foliar), produtividade, brix, pol%cana e fibra. Os ensaios foram instalados em dois locais, na UFSCar-campus Araras e na estação experimental da UFSCar em Valparaíso. Não houve interação significativa entre doses e variedades em estudo, na quase totalidade das avaliações. As diferenças encontradas no experimento estão relacionadas com médias de variedades. De forma geral, verificou-se que o maior crescimento vegetativo, em cana planta, ocorre de novembro a abril e o perfilhamento mais intenso de agosto a novembro. O perfilhamento, em cana planta, foi mais intenso de julho a novembro e as variedades RB8551153 e RB855536 foram as que apresentaram maior população. Essas mesmas variedades foram as que obtiveram maior produtividade em Araras, já em Valparaíso a RB855536 apresentou produção menor que as demais. Em relação à soca, o maior crescimento das plantas foi no período de dezembro a março, devido às chuvas que antecedem e ocorrem neste intervalo de meses... (AU)

Processo FAPESP: 00/00927-7 - Fenologia da cana-de-açúcar sob efeito do fósforo
Beneficiário:Carlos Suguitani
Linha de fomento: Bolsas no Brasil - Mestrado
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP