FAPESP Logo

Conteúdo relacionado

    A hidrogeologia e a recarga de aquíferos em áreas urbanas: estudo de caso no Município de São Paulo

    Beneficiário:

    Instituição-sede da pesquisa: Instituto de Geociências (IGC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
    Pesquisador responsável:

    Ricardo César Aoki Hirata

    Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências
    Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
    Processo: 02/10751-9
    Vigência: 01 de março de 2003 - 31 de maio de 2004
    Assunto(s):

    Águas subterrâneas

    Resumo
    É crescente a importância das águas subterrâneas no abastecimento complementar privado na Bacia do Alto Tietê (BAT). Dados de 2000 demonstram que tal recurso é explorado através de mais de 7 mil poços, extraindo um volume de 7,9 mA3/s (249 MmA3/a), que é capaz de suprir as necessidades equivalentes ao consumo de 3,5 milhões de pessoas. Ao manejo efetivo do recurso, porém, não é dada a devida importância. A quantificação da recarga é parâmetro fundamental para estimar a exploração máxima sustentável do aqüífero. Este projeto de mestrado tem como objetivo estimar a recarga dos aqüíferos na BAT em duas áreas com diferentes tipos de ocupação (uma área com alta e outra com baixa densidade de residências), utilizando-se de diversos métodos (hidráulicos e hidrogeoquímicos), comparando-os entre si e determinar a origem da água de recarga (perda das redes de água e de esgoto e infiltração natural da chuva), definindo a proporção da contribuição de cada um destes processos na recarga real. (AU)
    CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

    R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
    cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP