Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da possível implicação de p53 nos efeitos do fator de necrose tumoral-alfa (TNF-alfa) sobre células imortalizadas por Papilomavírus Humano (HPV)

Processo: 98/07087-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 1998
Vigência (Término): 31 de julho de 2002
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Luisa Lina Villa
Beneficiário:Enrique Mario Boccardo Pierulivo
Instituição-sede: Instituto Ludwig de Pesquisa sobre o Câncer (ILPC). São Paulo, SP, Brasil

Resumo

O fator de necrose tumoral-alfa (TNF-α) possui efeito inibidor sobre a proliferação de queratinócitos humanos normais e imortalizados com HPV 16, enquanto que as mesmas células imortalizadas com HPV 18, SV 40 e células derivadas de tumores ocasionados por HPV, são resistentes à ação desta citoquina. Estes fatos sugerem que a aquisição de resistência ao TNF-α poderia ser um passo importante na progressão tumoral. Existem estudos quê evidenciam que tal resistência poderia estar vinculada à ausência da forma ativa da proteína p53. Portanto, é necessário determinar se existe relação entre a presença da proteína p53 em forma ativa e a resposta ao TNF-α. O estado de p53 (gene/proteína) será determinado por seqüenciamento de alguns exons deste gene, determinação dos móveis de mRNA, estudo da cinética de degradação de p53 e análise da expressão de p21. Determinada a presença da proteína p53 na forma funcional, serão analisados os efeitos do TNF-α em linhagens celulares transformadas com o genoma completo de HPV 16 ou HPV 18, ou com apenas E7 ou apenas E6 de HPV 16 ou HPV 18. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre a bolsa:
Pele de laboratório 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.