Busca avançada

Literatura colonial: reinventando terras e gentes

Processo: 00/00651-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 10 de agosto de 2000
Vigência (Término): 09 de agosto de 2001
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Outras Literaturas Vernáculas
Pesquisador responsável:Rita de Cássia Natal Chaves
Beneficiário:
Anfitrião: Lourenco Joaquim da Costa Rosario
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Local de pesquisa: Universidade Eduardo Mondlane (UEM), Moçambique  
Assunto(s):Literatura colonial   Ficção (literatura)   Relações de trabalho   Colonialismo   Angola   Moçambique

Resumo

Tendo como objeto a chamada literatura colonial, a pesquisa pretende, através de reflexões sobre o problema do espaço e dás relações de trabalho que se projetam nesse repertório, analisar os dilemas e contradições que se impunham aos atores da colonização portuguesa em países como Angola e Moçambique entre os anos 30 e a década de 60. Desse modo, o texto literário é visto como um dos vetores da dimensão simbólica do colonialismo como experiência histórica e como expressão de uma vivência subjetiva gerada no contato com a diferença. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ABDALLA‚ MCB; GADELHA‚ AL; VANCEA‚ IV. Duality between coordinates and Dirac field. Physics Letters B, v. 484, n. 3-4, p. 362-366, 2000.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.