FAPESP Logo

A educação permanente como estratégia da gestão dos serviços de urgência / emergência: revisão integrativa da literatura

Beneficiário:

Instituição: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:

Carmen Silvia Gabriel

Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo: 09/16219-6
Vigência: 01 de janeiro de 2010 - 31 de dezembro de 2010
Resumo
Historicamente, o atendimento às urgências no Brasil é incipiente, tendo em vista a insuficiência da qualificação profissional, baixa capacidade pedagógica e ausência de espaços descentralizados e tecnologicamente equipados para a formação específica nesta área (BRASIL, 2003). Os trabalhadores de saúde integram organicamente os serviços de urgência e emergência que requerem profissionais qualificados, uma vez que o atendimento deve ser rápido e eficaz, de forma que se garanta a redução da morbimortalidade. Para tanto, foram criados os Núcleos de Educação em Urgências que têm uma das finalidades promover profundo processo de capacitação e de educação permanente dos trabalhadores da saúde para o adequado atendimento às urgências e emergências, em todos os níveis de atenção do sistema. O estudo objetiva analisar as contribuições das pesquisas produzidas sobre a educação permanente em saúde como estratégia da gestão dos serviços de urgência / emergência tomando por base as publicações em periódicos nacionais nos últimos dez anos. Adotou-se como procedimento metodológico a Revisão Integrativa da Literatura que é um método de revisão da literatura que permite a busca, a avaliação crítica e a síntese das evidências disponíveis do tema investigado. (AU)
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP