FAPESP Logo

Filogenia e biogeografia de tabanomorpha (Diptera, Brachycera), com ênfase na determinação de áreas de endemismo e das relações biogeográficas da fauna neotropical

Beneficiário:

Instituição-sede da pesquisa: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Pesquisador responsável:

Dalton de Souza Amorim

Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Processo: 08/50404-2
Vigência: 01 de julho de 2008 - 31 de janeiro de 2009
Vinculado ao auxílio:03/10274-9 - Limites geográficos e fatores causais de endemismo na Mata Atlântica em Diptera, AP.BTA.TEM
Assunto(s):

Biogeografia

Diptera

Sistemática

Resumo
Os Tabanomorpha constituem um dos maiores subgrupos de Díptera, incluindo mais de 5200 espécies em ca. de 210 gêneros descritos. Os limites da infraordem ainda não estão completamente estabelecidos, assim como as relações internas entre as famílias que a compõem. A escassez do conhecimento sobre as relações filogenéticas entre os principais subgrupos de Tabanomorpha, especialmente da fauna Neotropical, somado a inexistência de estudos biogeográficos amplos da infraordem, impedem uma delimitação adequada de áreas de endemismo, o que, conseqüentemente, dificulta o estabelecimento de áreas para unidades conservação da diversidade biológica. Este projeto tem como objetivos principais: (1) realizar um estudo amplo das relações filogenéticas dos subgrupos de Tabanomorpha; e (2) realizar uma análise biogeográfica - o que demanda uma discussão sobre questões metodológicas - para delimitar áreas de endemismo e relações biogeográficas entre os Tabanomorpha na região Neotropical. Tais objetivos permitirão: (1) maior compreensão das relações filogenéticas entre os subgrupos de Tabanomorpha; (2) aproveitamento de grande quantidade de material coletado em projetos recentes, em particular o Biota-Diptera (FAPESP), em um contexto filogenético; (3) criação dos capítulos sobre as famílias de Tabanomorpha para a Home Page dos Díptera Neotropicais, construída no contexto do projeto Biota-Diptera (FAPESP); (4) compreensão da evolução espacial dos Tabanomorpha, com a reconstrução das relações biogeográficas da infraordem; (5) estabelecimento de uma delimitação prática para o conceito de área de endemismo no que tange aos objetivos do projeto Biota-Diptera da FAPESP; e (6) delimitação de métodos biogeográficos, dentro de um contexto filogenético, viáveis para o estabelecimento das relações entre as áreas de endemismo da região Neotropical, especialmente aquelas da Mata Atlântica. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CHARLES MORPHY DIAS DOS SANTOS. On the role of assumptions in cladistic biogeographical analyses. Papéis Avulsos de Zoologia (São Paulo), v. 51, n. 19, p. 295-306, 2011.
SANTOS‚ C.M.D.; CAPELLARI‚ R.S. On reciprocal illumination and consilience in biogeography. Evolutionary Biology, v. 36, n. 4, p. 407-415, 2009.
Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema:
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP