Busca avançada

Estudo epidemiológico dos transtornos psiquiátricos na Região Metropolitana de São Paulo: prevalência, fatores de risco e sobrecarga social e econômica

Processo: 08/53818-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2008
Vigência (Término): 30 de setembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Laura Helena Silveira Guerra de Andrade
Beneficiário:
Instituição-sede : Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:03/00204-3 - Estudo epidemiológico dos transtornos psiquiátricos na região metropolitana de São Paulo: prevalências, fatores de risco e sobrecarga social e econômica, AP.TEM

Resumo

O estudo epidemiológico "São Paulo Megacity: Pesquisa sobre Saúde, Bem-Estar e Estresse" faz parte de uma iniciativa internacional da Organização Mundial da Saúde da qual participam 28 países do mundo todo, o World Mental Health Survey. Trata-se de um estudo epidemiológico de base populacional que tem por objetivos identificar a prevalência (ao longo da vida e nos últimos 12 meses) dos transtornos mentais na população geral residente na região Metropolitana de São Paulo, determinar fatores de risco e correlatos, avaliar o uso de serviços de saúde e de saúde mental e o uso de psicofármacos e determinar a incapacitação associada aos transtornos mentais. Foi, ainda, coletado material que permitiu a extração de DNA para futuramente explorar correlações entre a ocorrência de transtornos mentais e a presença de genes candidatos. Foi utilizado o Composite International Diagnostic Interview (WMHS-CIDI) como instrumento de avaliação, traduzido e adaptado para o Português, em entrevistas face-a-face nos domicílios dos respondentes selecionados através de um rigoroso processo multi-estratificado. Foram entrevistados 5.037 indivíduos, com. uma taxa de recusa de 18%. O principal objetivo do Pós-Doutorado será a produção de artigos científicos a partir do Banco de Dados do estudo "São Paulo Megacity", que se encontra agora totalmente finalizado e já é parte integrante do banco de dados internacional do World Mental Health Survey, contribuindo, assim, para a finalização exitosa do Projeto Temático. Será ainda, objetivo da pesquisadora, juntamente com a Prof. Dra. Laura Andrade, coordenadora do Núcleo de Epidemiologia Psiquiátrica (NEP-IPq), investir na capacitação,dos pesquisadores colaboradores do NEP-IPq, especialmente no que concerne ao aprofundamento do estudo de metodologia científica e estatística médica, formando massa crítica e preparando os pesquisadores para a exploração do banco de dados do estudo "São Paulo Megacity", para a publicação de resultados e a orientação de teses de mestrado e doutorado, aumentando a produção cientifica do NEP-IPq. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Metade dos adultos com ansiedade ou depressão em São Paulo apresenta dor crônica 
Grande São Paulo tem alta prevalência de transtornos mentais