Busca avançada
Ano de início
Entree

Tessituras numéricas

Processo: 09/11518-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2010
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2011
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Artes do Vídeo
Pesquisador responsável:Gilberto dos Santos Prado
Beneficiário:Tania Regina Fraga da Silva
Instituição-sede: Escola de Comunicações e Artes (ECA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Arte tecnológica

Resumo

O presente projeto propõe-se a pesquisar sistemas computacionais afetivos integrando poeticamente objetos físicos e virtuais em simbiose criativa com as pessoas, investigando tipos de obras artísticas capazes de miscigenar pessoas e processos autônomos computacionais de forma não invasiva. Aplicará recursos artísticos e computacionais para intensificar a relação do público com as tecno-poéticas. Focará sistemas computacionais, complexos e inovadores, aplicando conhecimentos e processos artísticos agregando-os às tecnologias computacionais de modo a ofertar resultados interessantes e criativos; resultados que possibilitem implementar ações integrando arte, ciência e tecnologia com finalidades estéticas e poéticas; resultados que explorem as noções de emergência e agenciamento ao integrar compromisso e cooperação nesses sistemas. Tais resultados são obtidos com a apropriação das novas tecnologias computacionais para a construção, o design e a montagem dos sistemas estudados. Sistemas que se caracterizarão como agenciadores dos conceitos 'realidade virtual', 'inteligência artificial', 'computação afetiva e 'computação física' explorando áreas de interseção entre arte e ciência para, a seguir, realizar e explorar qualidades artísticas dos sistemas pesquisados aplicando-os, ou a projetos de autoria, ou a projetos para a divulgação científica, ou a jogos educativos que possam ser disponibilizados na Internet. As pesquisas para integrar a tecnologia computacional com objetos físicos começaram em 2004 com o desenvolvimento de um organismo artificial comissionado pelo Instituto Itaú Cultural: Membrana Estimulável. Esse organismo é parte de um conjunto de objetos que tecem procedimentos robóticos com ambientes virtuais buscando resultados expressivos com movimentos máximos a partir de ações mínimas. Para atingir esse objetivo foi criado um framework em Java usando a API Java3D assim como um conjunto de ensaios e estudos usando Processing para testar as hipóteses formuladas.