Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do perfil de microRNAs e metabólitos plasmáticos em pacientes com Síndrome dos Ovários Policísticos

Processo: 16/23253-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de abril de 2017
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Gustavo Arantes Rosa Maciel
Beneficiário:Giovana de Nardo Maffazioli
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Ginecologia   Obstetrícia   Síndrome do ovário policístico   Diabetes mellitus tipo 2   Biomarcadores   MicroRNAs   Resistência à insulina   Perfil metabólico   Espectrometria de massas em Tandem   Espectrometria de massas por ionização por electrospray

Resumo

A Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) é uma endocrinopatia complexa que apresenta alterações reprodutivas e metabólicas. Frequentemente, associa-se à resistência à insulina, obesidade e dislipidemia, conferindo um aumento do risco cardiovascular. Entretanto, um subgrupo de pacientes não apresenta tais distúrbios metabólicos, sendo considerado 'metabolicamente saudável'. Estudos com a finalidade de diferenciar tais pacientes são raros e apresentam resultados conflitantes. O presente estudo tem como objetivo estudar pacientes com SOP metabolicamente comprometidas e metabolicamente saudáveis, comparando com controles, por meio de aspectos clínicos, laboratoriais, epigenéticos e metabólicos. Serão obtidos dados clínicos, antropométricos, e amostras de sangue periférico de 60 pacientes (20 em cada grupo). Um painel de expressão de MicroRNAs plasmáticos selecionados relacionados à SOP, metabolismo, resistência à insulina e risco para Diabetes Melitos do tipo 2 será analisado por meio de PCR array quantitativo em tempo real (qRT-PCR). Além disso, será analisado perfil metabolômico de 186 metabólitos plasmáticos (targeted metabolomic) relacionados ao metabolismo de carboidratos, lipídeos, aminoácidos e proteínas por meio de espectrometria de massa em tandem (MS/MS) com ionização por electrospray (ESI). Realizaremos análise estatística, buscando diferenciar os três grupos quanto aos dados clínicos, laboratoriais e quanto ao perfil de miRNAs e metabólitos estudados. Também buscaremos identificar correlações entre outros fatores como ingesta nutricional, grau de atividade física, padrões menstruais, perfil de esteróides sexuais, perfil lipídico e glicêmico com o perfil de miRNAs e metabólitos plasmáticos. Análise multivariada buscará identificar potenciais preditores de SOP com e sem comprometimento metabólico. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Biomarcador de doença hepática gordurosa não alcoólica é identificado 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.