Busca avançada

Influência dos estilos parentais na efetividade do programa de prevenção ao uso de drogas #Tamojunto

Processo: 16/11971-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Zila van der Meer Sanchez Dutenhefner
Beneficiário:
Instituição-sede : Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Adolescentes

Resumo

O uso de álcool e de outras drogas é considerado um problema global, pois desencadeia uma série de comprometimentos na saúde da população. Com os adolescentes estes prejuízos podem ser ainda mais graves, uma vez que o cérebro juvenil ainda em processo de desenvolvimento, não se encontra preparado para lidar com o efeito das substâncias psicoativas. Considerando os pais como tendo um papel imprescindível nesta etapa do desenvolvimento de seus filhos, este projeto tem por objetivo investigar o impacto que os estilos parentais têm na trajetória do uso de drogas dos estudantes brasileiros. Além disso, objetiva-se avaliar o efeito moderador dos estilos parentais na efetividade do programa governamental #Tamojunto de prevenção ao uso de drogas por adolescentes. Os dados analisados serão provenientes da pesquisa intitulada: "Avaliação de resultados do programa escolar de prevenção ao uso de drogas #Tamojunto (Unplugged): um ensaio controlado randomizado em 6 cidades brasileiras". O presente projeto se propõe a analisar 6.637 educandos, com idades entre 11-15 anos, de 72 escolas públicas. O resultado esperado é a produção de 3 artigos científicos. O artigo 1 utilizará a modelagem por equações estruturais (Structural Equation Modeling) para analisar o efeito moderador dos estilos parentais na efetividade do programa escolar de prevenção ao uso de drogas #Tamojunto. O artigo 2 será sobre o modelo de moderação do início do uso de álcool na adolescência considerando o sexo do adolescente, os estilos parentais, o status socioeconômico, o consumo de álcool e outras drogas pelos pares e pelos pais. O artigo 3 visa avaliar o impacto dos estilos parentais na trajetória de consumo dos adolescentes uso de drogas dos adolescentes, através da análise de transição latente (Latent Transition Analysis). Assim, poder-se-á aprimorar o conhecimento necessário para o desenvolvimento de programas de prevenção mais efetivos, bem como auxiliar na compreensão dos moderadores envolvidos na efetividade destes programas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Atenção dos pais pode reduzir risco de abuso de drogas na adolescência