Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos efeitos fototóxicos e fotobiomoduladores de diferentes comprimentos de onda de radiações de Diodo Emissor de Luz (LED) sobre células humanas e micro-organimos

Processo: 16/13868-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2016
Vigência (Término): 30 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Ana Cláudia Pavarina
Beneficiário:Juliana Cabrini Carmello
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07276-1 - CEPOF - Centro de Pesquisa em Óptica e Fotônica, AP.CEPID
Assunto(s):Prótese parcial removível   Fototerapia   Candida albicans

Resumo

O uso generalizado de diodos emissores de luz (LED) como fonte de luz em aplicações médicas, tem ocasionado preocupações em relação a segurança desta tecnologia, especialmente quando radiações de alta energia são utilizadas. Dessa forma, o objetivo do presente estudo será avaliar os efeitos biológicos e antimicrobianos da luz LED em diferentes comprimentos de onda e doses de luz visando proporcionar novas aplicações com maior eficácia e segurança em fototerapia. Para isso, este projeto está dividido em 2 etapas, descritas a seguir: Objetivo 1: avaliar os efeitos da fototerapia mediada por luz LED nos comprimentos de onda azul (420 nm), vermelho (630 nm), amarelo (590 nm) e branco (multicromático) sobre células humanas; e objetivo 2: avaliar a atividade antimicrobiana da fototerapia mediada por luz LED nos mesmos comprimentos de onda utilizados no objetivo 1. Para alcançar o objetivo 1 queratinócitos da pele (HaCat), fibroblastos orais (FGH) e queratinócitos da mucosa oral (Nok-si) serão cultivadas em microplacas e submetidos às sucessivas aplicações dos LEDs (azul, vermelho, amarelo e branco), em seguida serão realizados testes para avaliação da viabilidade celular, dano de membrana, análise de ciclo celular, estresse oxidativo e detecção de citocinas pró e anti-inflamatórias. Para a realização do objetivo 2 suspensões celulares padronizadas de Candida albicans e Staphylococcus aureus serão submetidas a sucessivas aplicações de luz nos comprimentos de onda estabelecidos em um screening. Em seguida, as células serão semeadas em meio de cultura específico para análise da viabilidade celular por meio da contagem de colônias. Para os tratamentos que resultarem em redução significativa na viabilidade, um conjunto de análises posteriores será realizada tais como: a) análise da produção de espécies reativas de oxigênio (ROS), b) peroxidação lipídica, c) genotoxicidade e d) análise da expressão gênica da enzima relacionada a reparação de DNA - Topoisomerase II. Os dados desta investigação serão analisados pelo teste estatístico mais apropriado. (AU)