Busca avançada

Relações de homologia em Medusozoa (Cnidaria) com base na anatomia dos diferentes estágios do ciclo de vida

Processo: 15/23695-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2016
Vigência (Término): 30 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:André Carrara Morandini
Beneficiário:
Instituição-sede : Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/50242-5 - Dimensões da vida marinha: padrões e processos de diversificação em cnidários planctônicos e bentônicos, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Evolução animal   Cnidários   Cifozoários   Cubomedusas   Hidrozoários

Resumo

Estudos filogenéticos baseados em diferentes fontes de informação mostram que não há um consenso sobre as relações evolutivas entre as classes de Cnidaria. Consequentemente, diferentes hipóteses de relacionamento apontam para interpretações contrastantes sobre a evolução do ciclo de vida no filo, com implicações diretas para a compreensão de inovações importantes incluindo a origem e metamorfose da medusa. O objetivo deste projeto é estabelecer relações de homologia entre os diferentes estágios do ciclo de vida para as classes de Medusozoa, inferindo a evolução morfológica a partir de hipóteses de relacionamento dissonantes. Para atingir este objetivo, iremos: (1) caracterizar comparativamente alterações anatômicas ao longo do desenvolvimento para os diferentes estágios do ciclo de vida de Medusozoa; (2) inferir a correspondência de estágios do ciclo de vida de Staurozoa com os estágios de pólipo e medusa de outros Medusozoa, o que permitirá verificar se/quando ocorre metagênese em Staurozoa; (3) comparar a evolução dos principais sistemas morfológicos entre as classes; (4) identificar, nestes modelos, expressões de diversidade morfológica com origem histórica (e sinapomórficas) em contraste àquelas com origem meramente funcional (e homoplástica), contextualizando-as nas propostas filogenéticas recentes para Cnidaria. Ao atingirmos o objetivo proposto, teremos uma visão integrada e comparada sobre a evolução morfológica de Medusozoa. O estudo é pioneiro por caracterizar as mudanças na anatomia interna durante os diferentes estágios do ciclo de vida, contribuindo para a compreensão dos padrões e processos envolvidos na evolução e diversificação morfológica em Cnidaria. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Desastre de Mariana pode ter afetado animais marinhos pouco conhecidos 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MIRANDA, LUCILIA S.; BRANCH, GEORGE M.; COLLINS, ALLEN G.; HIRANO, YAYOI M.; MARQUES, ANTONIO C.; GRIFFITHS, CHARLES L. Stalked jellyfishes (Cnidaria: Staurozoa) of South Africa, with the description of Calvadosia lewisi sp nov.. Zootaxa, v. 4227, n. 3, p. 369-389, FEB 3 2017. Citações Web of Science: 0.
MIRANDA, LUCILIA S.; COLLINS, ALLEN G.; HIRANO, YAYOI M.; MILLS, CLAUDIA E.; MARQUES, ANTONIO C. Comparative internal anatomy of Staurozoa (Cnidaria), with functional and evolutionary inferences. PeerJ, v. 4, OCT 27 2016. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.