Busca avançada

Evolução, morfologia e desenvolvimento da região do pterigóide em Testudines com foco em Pleurodira

Processo: 14/25379-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2015
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Paleozoologia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Max Cardoso Langer
Beneficiário:
Instituição-sede : Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/03825-3 - A origem e irradiação dos dinossauros no Gondwana (Neotriássico - Eojurássico), AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):16/03934-2 - Evolução e desenvolvimento da câmara adutora da mandíbula em tartarugas, BE.EP.DR
Assunto(s):Paleontologia   Pleurodira   Testudines   Paleontologia de vertebrados   Anatomia animal

Resumo

Devido à grande quantidade de modificações anatômicas existentes nestes animais, os Testudines (tartarugas, jabutis e cágados) oferecem uma excelente oportunidade para o estudo da evolução do plano corporal nos vertebrados. Além do posicionamento incerto do grupo dentre os Amniota, as relações entre os Testudines também permanecem pouco resolvidas, sendo fundamental conhecer a morfologia das diferentes linhagens para se compreender melhor a história evolutiva do grupo. Neste sentido, a abordagem integradora de paleontologia, anatomia comparada e desenvolvimento embrionário, desenvolvida na disciplina conhecida como "Evo-Devo", é promissora para se investigar os padrões de modificação morfológica dos Testudines. Entre as principais linhagens de Testudines, Pleurodira é a menos estudada, mas tem recebido, recentemente, maior atenção de pesquisadores. Adicionalmente, hipóteses concorrentes acerca do posicionamento desta linhagem oferecem diferentes modelos para se entender a história evolutiva da mesma. Assim, este projeto se propõe a utilizar dados de anatomia de tecidos moles, histologia, desenvolvimento embrionário e paleontologia para melhor compreender o surgimento e estabelecimento de padrões morfológicos durante a história evolutiva de Pleurodira. Para tanto, serão estudados fósseis, bem como o desenvolvimento embrionário do grupo, com foco especial em duas estruturas da região do pterigóide, de grande interesse para considerações funcionais e taxonômicas, o mecanismo troclear do M. adductor mandibulae externus, existente em Pleurodira e Cryptodira (outra grande linhagem de Testudines), mas com estruturação diferenciada, e o cavum pterygoidei, estrutura característica da região palatal de Pan-Podocnemidae, uma das linhagens de Pleurodira. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
HERMANSON, GUILHERME; FERREIRA, GABRIEL S.; LANGER, MAX C. The largest Cretaceous podocnemidoid turtle (Pleurodira) revealed by an isolated plate from the Bauru Basin, south-central Brazil. HISTORICAL BIOLOGY, v. 29, n. 6, p. 833-840, 2017. Citações Web of Science: 0.
FERREIRA, GABRIEL S.; RINCON, ASCANIO D.; SOLORZANO, ANDRES; LANGER, MAX C. Review of the fossil matamata turtles: earliest well-dated record and hypotheses on the origin of their present geographical distribution. NATURWISSENSCHAFTEN, v. 103, n. 3-4 2016. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.