Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de indicadores populacionais de ambiente construído para a promoção da atividade física no Município de São Paulo

Processo: 14/12682-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 22 de fevereiro de 2016
Vigência (Término): 20 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Alex Antonio Florindo
Beneficiário:Alex Antonio Florindo
Anfitrião: Billie Giles Corti
Instituição-sede: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Melbourne, Austrália  
Assunto(s):População   Austrália   São Paulo

Resumo

Diversas evidências científicas de países de alta renda têm mostrado que indicadores populacionais de ambiente construído podem influenciar a prática de atividade física no lazer ou como forma de deslocamento das pessoas nas cidades, sendo que a Austrália é uma das grandes referências. No entanto, ainda existem poucos estudos sobre esta temática no Brasil. A cidade de São Paulo é uma das maiores metrópoles do mundo, teve um crescimento desordenado ao longo do seu desenvolvimento e não foi planejada adequadamente. Indicadores epidemiológicos têm mostrado que é baixa a prevalência de prática de atividade física no tempo de lazer ou como forma deslocamento dos adultos paulistanos. Mas nos últimos anos a cidade de São Paulo vem passando por mudanças, como a ampliação da extensão de ciclovias, aumento do número de clubes públicos, maior valorização para preservação de áreas verdes e campanhas e programas para maior respeito aos ciclistas e pedestres. Neste sentido, os objetivos deste plano de pesquisas no exterior serão: 1. Estudar métodos de avaliação e formas de análise de indicadores de ambiente construído para promoção da atividade física desenvolvidos na Austrália; 2. Estudar indicadores populacionais de ambiente construído e seus limiares para promoção da caminhada e do uso da bicicleta como forma de deslocamento e para a prática de atividade física no tempo de lazer com bancos de dados populacionais da Austrália; 3. Desenvolver indicadores populacionais de ambiente construído para a promoção caminhada e do uso da bicicleta como forma de deslocamento e para a prática de atividade física no tempo de lazer para a população adulta do município de São Paulo. Este plano será desenvolvido no Centre for Research Excellence in Healthy and Liveable Communities, na Universidade de Melbourne, Austrália, sob a supervisão da Professora Billie Giles-Corti. Pretende-se produzir pelo menos quatro artigos científicos e iniciar uma discussão baseada em evidências para a promoção da atividade física no município de São Paulo tendo como base indicadores populacionais de ambiente construído. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Construção de ciclovias em São Paulo incentiva uso de bicicletas 
Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre a bolsa:
Para tirar as cidades do pronto-socorro 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.