Busca avançada

Introdução à Ressonância Magnética Nuclear e Síntese de Novos Materiais Intermetálicos

Processo: 14/14710-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2014
Vigência (Término): 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Ricardo Rodrigues Urbano
Beneficiário:
Instituição-sede: Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/05903-6 - Ressonância magnética nuclear de novos materiais complexos e avançados em física da matéria condensada, AP.JP
Assunto(s):Ressonância magnética   Ressonância magnética nuclear

Resumo

Neste plano de trabalho, pretendo orientar o aluno Gabriel Weiderpass na área de Física Experimental, com foco na preparação e pré-requisitos necessários à realização de experimentos de Ressonância Magnética Nuclear (RMN) de novos materiais intermetálicos. Para isso, utilizaremos como motivo de investigação algumas amostras relacionadas com o Projeto Jovem Pesquisador FAPESP (Proc. 2012/05903-6) sob minha responsabilidade, e de grande interesse do nosso grupo (GPOMS) no IFGW-Unicamp, como é o caso da família RMBi2 (R = Ce, Pr, Nd, Gd, Sm and M = Pt and Cu). O aluno deverá participar do processo de síntese pelo método de fluxo metálico e caracterização básica (raios-x e identificação de fases cristalográficas além de medidas magnéticas e termodinâmicas complementares) das amostras sob investigação. A idéia principal porém não está restrita apenas à síntese e caracterização macroscópica de um sistema físico, mas também que o aluno se familiarize com os fundamentos da técnica espectroscópica de RMN (e RQN), desde os fundamentos da teoria relacionada ao fenômeno de ressonância até a preparação e montagem das amostras monocristalinas nas sondas (com gôniometro), construção de bobinas detectoras de sinal (pick up coil) para o núcleo ativo em questão, sintonização da frequência de ressonância, utilização do osciloscópio e do network analyzer, construção de uma tuning box, etc.Espera-se que o aluno também aprenda a lidar com os programas de aquisição de dados: TNMR e MagRes 2000 - desenvolvendo as sequências de pulsos de rf, calibrando o pulso de rf, e preparando as sequências para as medidas dos tempos de relaxação spin-rede (T1) e spin-spin (T2). Também pretende-se que o aluno se familiarize com programas de análise de dados fundamentais em sua formação como o Origin, Mathematica, Igor, Matlab, etc., tendo sempre em mente a limitação de um iniciante. (AU)