Busca avançada

Estudo da discinese escapular por análise de componentes principais aplicada aos dados de cinemática tridimensional escapulotorácica

Processo: 14/09485-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2014
Vigência (Término): 09 de maio de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Anamaria Siriani de Oliveira
Beneficiário:
Instituição-sede : Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/02116-1 - Investigação das implicações musculoesqueléticas no uso de um exoesqueleto flexível, BE.EP.DR
Assunto(s):Ombro   Escápula   Análise de componente principal

Resumo

Considerando a ausência de evidência do completo papel da discinese escapular (DE) nas condições do ombro e o objetivo da Análise de Componentes Principais (ACP) de reduzir a dimensionalidade de dados multivariados maximizando a sua variância, este estudo propõe a aplicação de tal método aos dados de cinemática escapulo-torácica, para descrever as características das séries temporais de translação e rotação escapular em indivíduos saudáveis e indivíduos com DE associado ou não com sintomas no ombro. A amostra deste estudo será composta por participantes de ambos os sexos (n=75), sedentários ou irregularmente ativos, com idade entre 18 e 40 anos que serão classificados em três grupos: Grupo 1 (n=25, indivíduos controle, sem DE e sem sintomas), Grupo 2 (n= 25, indivíduos com DE e ausência de sintomas) e Grupo 3 (n=25, indivíduos com DE e presença de sintomas). A inclusão será determinada após a avaliação clínica e observacional da DE e presença de dor. Posteriormente, será realizada a análise tridimensional da escápula no plano escapular e sagital com o sistema eletromagnético Liberty® (Polhemus Inc.) conforme recomendações internacionais. Os dados serão processados e analisados por meio da ACP para a determinação das componentes principais de variação nas séries temporais e os escores de cada indivíduo serão analisados como variáveis dependentes para comparações entre os grupos. Em seguida, uma análise discriminante será realizada com os escores de cada indivíduo em cada uma das componentes principais. Dessa maneira, espera-se contribuir com um dado novo para literatura, acrescentando a informação sobre a existência ou não de um ou mais movimentos dessa articulação que diferencie os grupos a respeito da variabilidade do movimento. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre a bolsa:
Exoesqueleto têxtil auxilia indivíduos a caminharem com mais eficiência