Busca avançada

Análises filogeográficas de duas espécies de cupins (Isoptera) neotropicais com diferentes biologias

Processo: 14/14581-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de agosto de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Eliana Marques Cancello
Beneficiário:
Instituição-sede : Museu de Zoologia (MZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/20068-9 - Análises filogeográficas de duas espécies de cupins (Isoptera) neotropicais com diferentes biologias, AP.R
Assunto(s):Biologia molecular   Filogeografia   Zoologia (classificação)   Isoptera   Cupim

Resumo

Essa proposta tem por objetivo realizar estudos filogeográficos das espécies cupins Heterotermes tenuis (Hagen, 1858) e Cornitermes cumulans (Kollar in Pohl, 1832). Essas duas espécies já foram estudadas anteriormente em meu laboratório, durante meu doutorado (Revisão de Cornitermes), e o doutorado do meu aluno Tiago F. Carrijo (Genética de populações de H. tenuis do Alto Madeira, em Rondônia). Heterotermes tenuis é uma espécie subterrânea, e os resultados das análises moleculares indicam que existam ao menos duas linhagens independentes dentro do que estávamos chamando de H. tenuis (Ht. A e Ht. B), sugerindo que sejam espécies morfologicamente crípticas. Já Cornitermes cumulans constrói ninhos epígeos, conspícuos, e apresenta uma grande variação morfológica entre as populações de diferentes localidades; mas não se sabe se essa variação seria uma plasticidade em resposta aos ambientes, ou pelas diferenciações genéticas intrapopulacionais devido à interrupção ou redução do fluxo gênico entre diferentes populações. Essas duas espécies são consideradas pragas, e os estudos filogeográficos propostos contribuirão para: 1) auxiliar no entendimento da taxonomia destes grupos, estabelecendo limites para as possíveis espécies crípticas e populações dentro desses grupos; 2) compreender a história evolutiva e demográfica das populações naturais de cada grupo; 3) e auxiliar no entendimento dos eventos macroevolutivos que podem ter influenciado evolução dos cupins na região Neotropical de uma forma geral. A análise filogeográfica de H. tenuis já está sendo realizada por meu aluno T.F. Carrijo, com bolsa de pós-doutorado da Fapesp (Processo: 2013/03767-0), e a presente proposta tem por finalidade dar suporte a esse projeto, assim como ao projeto de minha aluna de doutorado Rafaella G. Santos, que consiste na Filogeografia de C. cumulans e está submetido para análise de bolsa da Fapesp (Processo: 2013/19869-7). (AU)