FAPESP Logo

Comunidades de micro-organismos extremófilos em ambientes de mar profundo do Atlântico Sul

Beneficiário:

Instituição: Instituto Oceanográfico (IO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Pesquisador responsável:

Vivian Helena Pellizari

Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Biológica
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo: 13/09159-2
Vigência: 01 de setembro de 2013 - 30 de novembro de 2014
Resumo
Os micro-organismos extremófilos são adaptados a viver e se desenvolver em extremos de um ou mais parâmetros físicos (radiação, temperatura e pressão) e geoquímicos (pH, umidade e salinidade) de um determinado ambiente. Considerando os ecossistemas marinhos, boa parte deles encontram-se em profundidades superiores a 1000 metros, dessa forma consideram-se os ambientes de mar profundo como os mais comuns da Terra. Os principais ecossistemas encontrados em mar profundo são o assoalho oceânico (sedimentos e subseafloor), fumarolas e cold-seeps, diferentes tipos de micro-organismos habitam esses ambientes, sendo eles em sua grande maioria extremófilos. O objetivo deste estudo é avaliar a diversidade de micro-organismos extremófilos presentes nos habitats de mar profundo do oceano Atlântico Sul. Para avaliar as comunidades de micro-organismos serão utilizados métodos independentes de cultivo baseados no gene 16S rRNA, como eletroforese em gel gradiente desnaturante (DGGE), amplificação de DNA e pirossequenciamento, além disso será realizada a contagem total de células nas amostras através da microscopia. Os dados serão correlacionados à parâmetros ambientais das amostras a fim de determinar quais variáveis são relevantes na estrutura de comunidade. Tais análises serão suportadas por diferentes métodos de bioinformática e de estatística. Os resultados esperados desse estudo irão compor os primeiros estudos microbiológicos na região, os quais devem ser intensificados visando o avanço na pesquisa de micro-organismos extremófilos presentes em ambientes de mar profundo. (AU)
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP