FAPESP Logo

Monitoramento limnológico de ambientes lótico e lêntico

Beneficiário:

Instituição: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente, SP, Brasil
Pesquisador responsável:

Renata Ribeiro de Araujo

Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo: 13/02838-1
Vigência: 01 de agosto de 2013 - 31 de julho de 2014
Assunto(s):

Rio Paraná

Qualidade da água

Monitoramento ambiental

Limnologia

Resumo
O monitoramento de qualidade das águas é a verificação sistemática dos aspectos qualitativos e quantitativos das águas, a fim de obter informações que são destinadas à comunidade científica, ao público em geral e, principalmente, às diversas instâncias decisórias. Nesse sentido, o monitoramento é um dos fatores determinantes no processo de gestão dos recursos hídricos, uma vez que fornece uma percepção sistemática e integrada da realidade ambiental. A pesquisa propõe o monitoramento de variáveis limnológicas através de amostragens trimestrais, durante um ciclo sazonal completo, na superfície de oito seções amostrais em ambientes da Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) "Foz do Rio Aguapeí". As variáveis limnológicas a serem amostradas em campo serão o oxigênio dissolvido (OD), pH, condutividade elétrica (CE), nitrato (N-NO3), temperatura da água (T), turbidez (Turb) e N-amoniacal (N-NH4). Estas variáveis serão amostradas através de uma multisonda paramétrica da marca Hanna Modelo HI9829. Em protocolos laboratoriais serão determinadas as variáveis clorofila a de acordo com Golterman et al. (1978), material em suspensão total de acordo com Wetzel & Likens (1991), fósforo dissolvido, fósforo reativo solúvel e fósforo total de acordo com (Mackereth et al., 1978) e nitrogênio Kjeldahl será quantificado de acordo com metodologia descrita em APHA (2005). Os resultados do monitoramento serão tabulados e a análise de componentes principais (ACP) (ver GAUCH, 1994) será aplicada com o objetivo de reduzir a dimensionalidade dos dados e avaliar padrões na ordenação quanto aos diferentes ambientes (ambientes lênticos e ambientes lóticos e, por fim, os diferentes períodos amostrados. Os valores dos parâmetros limnológicos, exceto os do pH, serão log-transformados (base dez), para linearizar as relações e reduzir o efeito de valores elevados. Para avaliar os eixos a serem retidos para interpretação, será utilizado o modelo de "broken-stick" (JACKSON, 1993). Espera-se que os resultados permitam verificar as oscilações apresentadas pelos ambientes aquáticos frente às alterações naturais ou antrópicas, no tempo e no espaço. (AU)
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP