Busca avançada
Ano de início
Entree

Bases para programação lógica paraconsistente em lógicas multivaloradas

Processo: 13/04555-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2013
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Filosofia - Lógica
Pesquisador responsável:Marcelo Esteban Coniglio
Beneficiário:Kleidson Êglicio Carvalho da Silva Oliveira
Instituição-sede: Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência (CLE). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/51038-0 - Logical consequence, reasoning and computation - LOGCONS, AP.TEM
Assunto(s):Lógica paraconsistente

Resumo

A partir da interação entre áreas como Ciência da Computação, Lógica e Dedução Automática nasce uma importante nova área denominada Programação Lógica. Esta vem sendo utilizada continuamente no estudo teórico e em aplicações concretas em diversos ramos da Inteligência Artificial. Após o aumento do número de tipos de lógicas não-clássicas e com a certeza de que o pensamento humano não se limita a lógica clássica de primeira ordem surgiu a necessidade de fazer programação lógica com outros tipos de raciocínios além do clássico. Um dos tipos que vem sendo bastante estudado é o raciocínio paraconsistente, porém, apesar de existirem inúmeras lógicas paraconsistentes com semânticas variadas, a sua aplicação a programação lógica é mais delicada do que pode parecer, sendo necessário um profundo estudo sobre o que pode ou não ser transferido diretamente da lógica clássica de primeira ordem para outros tipos de lógica. Com base nos estudos de [Rod10] sobre os fundamentos da Programação Lógica Paraconsistente para algumas LFIs, este trabalho tem o intuito de retomar a pesquisa de [Rod10] e situá-la em um contexto mais geral de LFIs com semântica de matrizes finitas, incluindo a pesquisa em lógicas tri e tetra-valoradas que resultam interessantes do ponto de vista computacional, como as apresentadas em [Sil11] e [CF13]. Este estudo visa definir, a partir de técnicas originais, sistemas de programação lógica paraconsistente bem fundados baseados em lógicas já conhecidas, contrastando com as abordagens ad hoc existentes na literatura para esta questão. (AU)