Busca avançada

Integrando a biologia na arquitetura

Processo: 13/06761-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2013
Vigência (Término): 31 de maio de 2014
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Projeto de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Anja Pratschke
Beneficiário:
Instituição-sede : Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos (IAU). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos, SP, Brasil
Assunto(s):Projeto de arquitetura   Complexidade   Processos biológicos

Resumo

As crises energéticas e ambientais consequentes das transformações ocorridas no planeta levam a um pensamento de como realizar uma arquitetura que não impacte o meio-ambiente, mas que, pelo contrário, interaja com seu contexto ecológico e evolua com ele. Esse pensamento demanda estudos sobre a lógica dos processos biológicos em relação à concepção de uma arquitetura mais próxima da organização do mundo natural. O uso das mídias digitais e o constante desenvolvimento de software paramétrico e generativo possibilita uma revisão de processos projetuais, inspirados na biologia, contribuindo para a criação de espaços mais compatíveis com o funcionamento da natureza e de uma arquitetura auto-organizável, adaptativa e evolutiva. O arquiteto e seu contexto histórico, entretanto, entendem a relação entre os processos da arquitetura e da biologia de uma forma distinta. O objetivo da pesquisa é, enfim, levantar e entender a relação entre arquitetura e biologia no momento atual através da seleção qualitativa de referências arquitetônicas, entre eles Buckminster Fuller, Christopher Alexander, Frei Otto, Santiago Calatrava, Emergent architects e Lars Spuybroek, para citar alguns previamente pesquisados. A pesquisa é vinculada ao Design-Lab, junto ao grupo de pesquisa Nomads.usp, e se dará por meio de pesquisas bibliográficas, da criação de um banco de dados de projetos com atenção voltada ao processo projetual, da familiarização com sistemas computacionais generativos e de experimentações exploratórias. (AU)