FAPESP Logo

Análise histopatológica de órgãos viscerais de ratos Wistar experimentalmente infectados com Trypanosoma evansi

Beneficiário:

Instituição: Faculdade de Medicina Veterinária (FMVA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:

Daniela Bernadete Rozza

Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Processo: 13/07135-9
Vigência: 01 de junho de 2013 - 31 de maio de 2014
Assunto(s):

Trypanosoma

Histopatologia animal

Resumo
A tripanossomíase é uma doença de humanos e animais domésticos que resulta da infecção do parasita hemoflagelado do gênero Trypanosoma. O curso da infecção é variável e depende da espécie de trypanosoma envolvida e do hospedeiro afetado (WATKINS, 1971; BISWAS, et al., 2001; VERDILLO, et al., 2012). O T. evansi pode ser transmitido por insetos hematófagos das famílias Tabanidae e Stomoxidae e pelo morcego hematófago Desmodus rotundus (TUNTASUVAN, et al., 2000; SILVA, et al., 2012). A doença causada por T. evansi é caracterizada por rápida perda de peso, febre intermitente, graus variáveis de anemia, edema dos membros pélvicos e das partes baixas do corpo e fraqueza progressiva. Na necropsia podemos observar mucosas pálidas, edema do tecido subcutâneo e de órgãos linfóides e atrofia serosa da gordura, na microscopia, a maioria dos órgãos mostram alterações proliferativas acentuadas (OHAERI, 2010). Existem poucos relatos sobre as alterações histopatológicas observadas nos órgãos viscerais em animais infectados experimentalmente com T. evansi (BISWAS, et al., 2001) particularmente em ratos Wistar, que são modelos experimentais importantes para a melhor compreensão da doença (SILVA, et al., 2007; SILVA, et al., 2009). Este trabalho tem como objetivo analisar em ratos Wistar infectados experimentalmente com T. evansi as alterações histopatológicas nos seguintes órgãos: coração, pulmão, fígado, baço, rim, linfonodo poplíteo e adrenal e determinar a parasitemia dos animais infectados durante o período experimental. (AU)
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP