FAPESP Logo

Efeitos da poluição atmosférica no sistema respiratório de indivíduos praticantes de exercício físico aeróbio em ambiente aberto e fechado

Beneficiário:

Instituição: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente, SP, Brasil
Pesquisador responsável:

Dionei Ramos

Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo: 12/07959-9
Vigência: 01 de julho de 2012 - 28 de fevereiro de 2014
Assunto(s):

Poluição atmosférica

Exercício físico

Resumo
O Estado de São Paulo é o maior produtor de cana-de-açúcar e etanol do Brasil. Em vista dessa intensa atividade no Estado, muitas regiões, entre elas a região de Presidente Prudente -SP sofrem influências de poluentes gerados pela queima da cana-de-açúcar durante o período de safra, e podem ter os níveis de poluição aumentados neste período em associação à poluição veicular. A exposição crônica a esses poluentes mostraram danos em todos os sistemas do organismo e especialmente ao sistema respiratório. No entanto, estudos têm mostrado que o efeito da poluição atmosférica no sistema respiratório sofre influência da atividade física realizada pelo indivíduo. Os objetivos do presente estudo serão avaliar os efeitos adversos da exposição à poluição atmosférica causada pela emissão de poluentes veiculares e provenientes da queima de biomassa na cidade de Presidente Prudente - SP sobre a função pulmonar, capacidade funcional, sistema de defesa pulmonar, sintomas respiratórios e mediadores inflamatórios de adultos não-tabagistas praticantes de exercício físico em ambiente aberto e fechado. Para isso, os indivíduos serão avaliados quanto à capacidade funcional, função pulmonar, questionário de sintomas nasais, nível de monóxido de carbono no ar expirado, transporte mucociliar nasal e contagem de células inflamatórias nasais. O nível de poluição atmosférica será captado por amostragem ativa e analisados por reflectância e fluorescência de raios-X. Os dados serão posteriormente analisados pelo programa estatístico Graphpad Instat®. A análise estatística descritiva será utilizada para a caracterização clínica dos indivíduos estudados e a distribuição dos dados será avaliada por meio do teste de Kolmogorov-Smirnov. Se comprovada a normalidade dos dados será realizada análise de variância para medidas repetidas seguida de teste de Tukey. Caso não seja verificada a normalidade dos dados será aplicado o teste Friedman seguido do pós-teste de Dunn. A comparação entre os grupos expostos em ambiente aberto e expostos em ambiente fechado para todas as variáveis avaliadas será avaliada por meio do teste t não pareado ou teste de Mann-Whitney, dependendo da distribuição dos dados. O nível de significância utilizado será de p<0.05. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
RAFAELA CAMPOS CUISSI. Efeitos da poluição atmosférica no sistema respiratório de indivíduos praticantes de exercício físico aeróbio em ambiente aberto e fechado. 2014. 75 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciências e Tecnologia..
Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema:
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP