FAPESP Logo

Dieta hiperlipídica materna durante a lactação: avaliação neurodesenvolvimental e morfocomportamental da prole

Beneficiário:

Instituição: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos, SP, Brasil
Pesquisador responsável:

Alexandre Valotta da Silva

Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo: 11/15329-2
Vigência: 01 de março de 2012 - 30 de novembro de 2012
Assunto(s):

Lactação

Depressão

Dieta hiperlipídica

Resumo
A manipulação nutricional durante os períodos de gestação e/ou lactação, pode causar alterações morfofuncionais ao crescimento/desenvolvimento do sistema nervoso, sendo considerada importante indutor do "programming". Assim, o presente estudo objetiva investigar eventuais alterações: no desenvolvimento somático (peso corporal, eixo longitudinal (EL) e eixos cranianos látero-lateral (ELLC) e ântero-posterior (EAPC)); na maturação de características físicas (dia da abertura do conduto auditivo (ACA) e dos olhos (AO) e da erupção dos dentes incisivos (EI)) e no desenvolvimento sensório-motor (análise dos reflexos de preensão palmar (PP), colocação pelas vibrissas (CV), geotaxia negativa (GN), resposta ao susto (RS) e na aceleração (AC)) em ratos neonatos amamentados por ratas alimentadas com dietas controle ou hiperlipídica durante o período de lactação (1º ao 21º dia pós-natal). Aos 60 e 90 dias, os filhotes serão submetidos aos modelos experimentais de depressão e agressividade, através dos testes comportamentais de nado forçado e choque nas patas, respectivamente. Após o término dos testes comportamentais, os animais serão perfundidos, os encéfalos serão retirados da caixa craniana e será aferido: o peso do encéfalo (PE), os eixos encefálicos látero-lateral (ELLE) e ântero-posterior nos hemisférios direito (EAPE HD) e esquerdo (EAPE HE). Uma em cada três fatias será corada pelo método de Nissl como controle citoarquitetônico para avaliação morfométrica (área em mm2, diâmetros máximo, médio e mínimo e perímetro, todos em micrômetros) dos neurônios do núcleo dorsal da rafe. (AU)
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP