Busca avançada
Conteúdo relacionado

Habitação de interesse social em áreas urbanas adensadas: análise das políticas públicas e dos projetos elaborados, na última década, na Espanha

Processo: 11/17663-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 02 de janeiro de 2012
Vigência (Término): 01 de março de 2012
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Leandro Silva Medrano
Beneficiário:
Anfitrião: José María de Lapuerta Montoya
Instituição-sede : Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Local de pesquisa: Universidad Politécnica de Madrid (UPM), Espanha  
Assunto(s):Habitação social   Habitação comunitária   Urbanização

Resumo

A Espanha, nas últimas décadas, investiu em pesquisas e projetos em diversas modalidades de desenvolvimento urbano que contemplem questões relacionadas às habitações de interesse social. Tornando-se, assim, uma importante referência mundial na área. O estudo das recentes soluções para áreas adensadas da cidade de Madri e arredores, bem como das políticas públicas correlatas, deverá contribuir para o avanço das diretrizes metodológicas e científicas dos casos brasileiros. Essa pesquisa, que complementa outra em andamento com auxílio da FAPESP, tem como objetivo identificar e elaborar matrizes teóricas e metodológicas, relacionadas ao processo de projeto de habitações de interesse social em áreas adensadas, que correspondam às demandas urbanas da sociedade brasileira atual. Para tanto, será realizada uma análise crítica, nos termos indicados neste projeto de pesquisa, de propostas vinculadas aos programas: a) Minha Casa Minha Vida e Pró-moradia, ambos do Ministério das Cidades (Brasil); b) Plan Rehabilita e o Plan de Vivienda, da Consejería de Medio Ambiente, Vivienda y Ordenación del Territorio (Espanha) . A análise dos projetos, confrontada com suas matrizes teóricas e políticas, e com exemplos de outros países, deverá substanciar a criação de novas diretrizes metodológicas para a elaboração de projetos e políticas públicas, relacionados às HIS em áreas urbanas adensadas. (AU)