FAPESP Logo

Conteúdo relacionado

    Caracterização, isolamento e identificação de compostos com atividade antioxidante de abacates das cultivares Hass e Fuerte

    Beneficiário:

    Instituição-sede da pesquisa: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba, SP, Brasil
    Pesquisador responsável:

    Severino Matias de Alencar

    Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
    Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
    Processo: 10/52671-8
    Vigência: 01 de agosto de 2011 - 31 de outubro de 2014
    Assunto(s):

    Abacate

    Compostos fenólicos

    Antioxidantes

    Resumo
    As frutas são alimentos importantes na dieta, visto que seu consumo está associado à prevenção de algumas doenças crônicas não transmissíveis. São fontes importantes de substâncias nutricionais e apresentam em sua constituição compostos com características funcionais, podendo ser apontadas como boas fontes de antioxidantes naturais. O abacate é uma fruta tropical com características nutricionais e organolépticas atrativas, destacando- se a quantidade de lipídeos com alto teor de ácidos graxos insaturados que trazem benefícios à saúde. Porém, muito pouco se sabe sobre sua composição fenólica e propriedades antioxidantes, conforme a literatura científica. Por ser uma fonte de ácidos graxos poli-insaturados, esta fruta deve possuir uma grande variedade de antioxidantes, dentre os quais compostos fenólicos, para proteção e integridade do óleo contra oxidação. Os antioxidantes possuem vasta aplicação industrial, podendo ser utilizado na indústria de alimentos, que se beneficiaria da aplicação de substâncias naturais em substituição às sintéticas, tais quais são empregadas atualmente. Portanto o objetivo desse trabalho será caracterizar, isolar e identificar substâncias com atividade antioxidante da casca, semente e polpa de abacates das cultivares 'Hass' e 'Fuerte'. Espera-se que os resultados gerados por este trabalho sirvam de subsídios à indústria de alimentos para a utilização de antioxidantes naturais em substituição aos sintéticos, resultando em benefícios à saúde humana e ao mesmo tempo, colaborando para a diminuição do descarte destes resíduos ao meio ambiente. (AU)
    CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

    R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
    cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP