Busca avançada

As expedições contra os mocambos de Palmares e os dilemas do governo colonial em Pernambuco (1654-1695)

Processo: 11/04252-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Silvia Hunold Lara
Beneficiário:
Instituição-sede : Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas, SP, Brasil
Assunto(s):Período Colonial (1500-1822)   Expedições   Política e administração luso-brasileira

Resumo

A proposta deste projeto é discutir o modo como o governo colonial lidou com as ameaças identificadas como provenientes dos mocambos de Palmares, procurando compreender como as ações, decisões e discussões geradas pelas tentativas de destruição de Palmares estariam relacionadas aos modos como a Coroa governava a América portuguesa. Assim, procurar-se-á inserir a história das expedições enviadas pelo governo colonial contra os palmarinos nas discussões historiográficas atuais sobre a administração colonial, utilizando-a como caminho para analisar as relações entre as diferentes instâncias administrativas e militares, sejam elas centrais ou locais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
História de Palmares ganha nova cronologia com análise de fontes originais 

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
LAURA PERAZA MENDES. O serviço de armas nas guerras contra Palmares : expedições, soldados e mercês (Pernambuco, segunda metade do século XVII). 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Filosofia e Ciências Humanas.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.