FAPESP Logo

Caracterização do corredor ecológico da Mata Atlântica costeira quanto a ocorrência da onça-pintada (Panthera onca)

Beneficiário:

Instituição-sede da pesquisa: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba, SP, Brasil
Pesquisador responsável:

Katia Maria Paschoaletto Micchi de Barros Ferraz

Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Conservação da Natureza
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Processo: 10/14293-1
Vigência: 01 de março de 2011 - 28 de fevereiro de 2013
Assunto(s):

Mata atlântica

Panthera onca

Ecologia animal

Resumo
Atualmente, existem 90 áreas identificadas como importantes para a sobrevivência da onça-pintada em longo prazo. A Mata Atlântica, um dos 5 hotspots mais ameaçados do mundo, é uma dessas áreas de altíssima prioridade para conservação da espécie. Devido à escassez de informações básicas sobre a onça-pintada nesse bioma, o objetivo principal deste estudo é fazer uma caracterização da situação da onça-pintada em uma faixa da Mata Atlântica e definir áreas prioritárias para conservação e posteriores estudos. O estudo está sendo baseado na aplicação de questionários com moradores locais. A área de estudo foi sobreposta com um grid contendo 264 quadrículas de 90km2 cada (área de vida de uma onça-pintada fêmea) e estratificada quanto ao tipo de habitat e quanto ao grau de fragmentação. Foram sorteadas 75 quadrículas para amostragem, e definido um mínimo de 5 entrevistas por quadrícula. Análises de ocupação para a onça-pintada serão executadas no programa PRESENCE. Para analisar se fatores como unidades de conservação, tipos de vegetação, distância de rodovias e municípios são determinantes na presença da espécie será realizada análise espacial utilizando o programa Arc View 9.3. Os indicativos de presença da espécie serão sobrepostos ao modelo de nicho ecológico gerado pela espécie. A partir disto será possível validar o modelo gerado, confirmando a situação de adequabilidade ambiental diagnosticada. A coleta de dados já foi iniciada e 53% dos dados já foram coletados em 64 dias. Indícios da presença da onça-pintada, foram registrados em 39,06% das entrevistas somando um total de 99 registros nos últimos 5 anos. Das quadrículas amostradas, 36 (90%) apresentaram pelo menos uma entrevista com registro de onça-pintada. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ERICA VANESSA MAGGIORINI. Caracterização do corredor ecológico da Mata Atlântica Costeira quanto à ocorrência da onça-pintada (Panthera onca). 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Piracicaba.
Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema:
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP