Busca avançada
Ano de início
Entree

Evolução em Staurozoa: subsídios moleculares, morfológicos, de cnidoma e desenvolvimento

Processo: 10/07362-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2010
Vigência (Término): 31 de agosto de 2014
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Antonio Carlos Marques
Beneficiário:Lucília Souza Miranda
Instituição-sede : Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Ciclo de vida   Expressão gênica   Evolução animal   Zoologia (classificação)

Resumo

Análises filogenéticas recentes baseadas em dados de ciclo de vida, morfologia e moléculas resultaram na proposta de uma nova classe para Cnidaria, Staurozoa. Devido ao seu posicionamento na topologia do filo, na base de Medusozoa, e a particularidades do seu ciclo de vida, durante o qual ocorre metamorfose do pólipo para medusa sem fissão transversal ou brotamento lateral, estudos com estauromedusas contribuem para uma melhor compreensão sobre a evolução do ciclo de vida em Cnidaria. Entretanto, considerações evolutivas que lidem com o relacionamento entre os componentes da classe são raras e restritas a poucas espécies. Visando abordar diferentes aspectos relacionados à evolução de Staurozoa, este projeto tem como objetivo inferir (1) a evolução do plano corporal de Staurozoa; (2) o significado taxonômico/evolutivo do cnidoma para classe; (3) a natureza polipóide e/ou medusóide de uma estauromedusa. Os resultados serão inseridos em um contexto evolutivo proveniente de uma ampla análise filogenética molecular para a classe. Dessa forma, propomos um estudo integrado acerca da evolução em Staurozoa, subsidiando inferências para a evolução do ciclo de vida em Cnidaria. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Desastre de Mariana pode ter afetado animais marinhos pouco conhecidos 

Publicações científicas (6)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MIRANDA, LUCILIA S.; GARCIA-RODRIGUEZ, JIMENA; COLLINS, ALLEN G.; MORANDINI, ANDRE C.; MARQUES, ANTONIO C. Evolution of the claustrum in Cnidaria: comparative anatomy reveals that it is exclusive to some species of Staurozoa and absent in Cubozoa. ORGANISMS DIVERSITY & EVOLUTION, v. 17, n. 4, p. 753-766, DEC 2017. Citações Web of Science: 0.
MIRANDA, LUCILIA S.; BRANCH, GEORGE M.; COLLINS, ALLEN G.; HIRANO, YAYOI M.; MARQUES, ANTONIO C.; GRIFFITHS, CHARLES L. Stalked jellyfishes (Cnidaria: Staurozoa) of South Africa, with the description of Calvadosia lewisi sp nov.. Zootaxa, v. 4227, n. 3, p. 369-389, FEB 3 2017. Citações Web of Science: 0.
MIRANDA, LUCILIA S.; COLLINS, ALLEN G.; HIRANO, YAYOI M.; MILLS, CLAUDIA E.; MARQUES, ANTONIO C. Comparative internal anatomy of Staurozoa (Cnidaria), with functional and evolutionary inferences. PeerJ, v. 4, OCT 27 2016. Citações Web of Science: 1.
MIRANDA, LUCILIA S.; HIRANO, YAYOI M.; MILLS, CLAUDIA E.; FALCONER, AUDREY; FENWICK, DAVID; MARQUES, ANTONIO C.; COLLINS, ALLEN G. Systematics of stalked jellyfishes (Cnidaria: Staurozoa). PeerJ, v. 4, MAY 5 2016. Citações Web of Science: 8.
MIRANDA, LUCILIA S.; COLLINS, ALLEN G.; MARQUES, ANTONIO C. Internal Anatomy of Haliclystus antarcticus (Cnidaria, Staurozoa) with a Discussion on Histological Features Used in Staurozoan Taxonomy. Journal of Morphology, v. 274, n. 12, p. 1365-1383, DEC 2013. Citações Web of Science: 11.
MIRANDA, LUCILIA S.; MORANDINI, ANDRE C.; MARQUES, ANTONIO C. Do Staurozoa bloom? A review of stauromedusan population biology. Hydrobiologia, v. 690, n. 1, p. 57-67, JUL 2012. Citações Web of Science: 6.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
LUCÍLIA SOUZA MIRANDA. Evolução de Staurozoa (Cnidaria): inferências moleculares, morfológicas e de cnidoma. 2014. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Biociências São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.