FAPESP Logo

Adubação fosfatada em cultivares de batata (Solanum tuberosum l.)

Beneficiário:

Instituição: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu, SP, Brasil
Pesquisador responsável:

Rogério Peres Soratto

Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Processo: 10/04987-6
Vigência: 01 de junho de 2010 - 31 de janeiro de 2013
Assunto(s):

Produtividade

Solanum tuberosum

Fósforo

Resumo
A batata (Solanum tuberosum L.) é uma importante fonte de alimento e normalmente altas doses de fertilizantes fosfatados são utilizadas no seu cultivo. Uma opção para reduzir a quantidade de fertilizantes fosfatados aplicados na cultura é utilizar cultivares com maior eficiência de absorção e utilização de fósforo (P). O objetivo deste trabalho é comparar em casa de vegetação diferentes cultivares de batata quanto a capacidade de absorção e utilização do P, quando submetidas a condições distintas de disponibilidade e carência do elemento, procurando relacioná-las a parâmetros fisiológicos de absorção, parâmetros morfológicos de raízes e eficiência de utilização deste mineral. Além disso, busca-se em campo estabelecer curvas de resposta a adubação fosfatada na cultura da batata e com isso propor a possível redução das doses de P tradicionalmente utilizadas. Serão realizados experimentos independentes, um em solução nutritiva em casa de vegetação e três experimentos em campo em área produtora de batata. Em casa de vegetação, o delineamento experimental será o de blocos ao acaso, no esquema fatorial 5x2, composto por cinco cultivares de batata (Ágata, Asterix, Atlantic, Markies e Mondial) e dois níveis de fornecimento de P nas soluções de crescimento (insuficiente e suficiente) em quatro repetições. No campo, o delineamento experimental será o de blocos casualizados, em esquema fatorial 5x5, composto por cinco cultivares de batata e cinco doses de P2O5 (0, 125, 250, 500 e 1.000 kg ha-1). Em casa de vegetação serão avaliados: a) área foliar; b) comprimento, superfície e diâmetro médio radicular; c) acúmulo de matéria seca na parte aérea, nas raízes e na planta inteira; d) teor e acúmulo de P; e) parâmetros cinéticos de absorção e f) índices de eficiência de absorção e utilização de fósforo. No campo, serão avaliados: a) diagnose foliar; b) acúmulo de matéria seca e extração de nutrientes; c) número, produtividade e classificação de tubérculos; d) porcentagem de matéria seca nos tubérculos; e) teor e exportação de nutrientes; f) teores de P residual no solo após a colheita; g) Produtividade relativa de tubérculos; h) porcentagem de recuperação do P aplicado; e i) dose de máxima eficiência técnica e dose de máxima eficiência econômica. Os dados obtidos serão submetidos à análise de variância. As médias dos cultivares serão comparadas pelo teste Tukey a 5% de probabilidade, enquanto os efeitos das doses de P2O5 serão avaliados por meio de análise de regressão. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ADALTON MAZETTI FERNANDES. Adubação fosfatada em cultivares de batata (Solanum tuberosum L.). 2013. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Ciencias Agronomicas (Campus de Botucatu) Botucatu.
Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
X

Reporte um problema na página


Detalhes do problema:
CDi/FAPESP - Centro de Documentação e Informação da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

R. Pio XI, 1500 - Alto da Lapa - CEP 05468-901 - São Paulo/SP - Brasil
cdi@fapesp.br - Converse com a FAPESP